sexta-feira - 07/12/2018 - 20:19h
Depoimentos

A banalidade da delinquência na Dama de Espadas


Numa semana puxada para o juiz titular da 6ª Vara Criminal do Natal, Ivanaldo Bezerra, que cuida do nauseante processo da “Operação Dama de Espadas”, ele ouviu relatos estarrecedores do nível de corrupção na Assembleia Legislativa do RN.

E ainda falta muita gente “grossa” abrir a boca.

Interessante nos depoimentos coletados até o momento, é como esse esquema – dos vários que são manufaturados na Casa do Povo – banalizou o uso delinquente do dinheiro público.

A grana servia para tudo: de pagamento de de rifa a prestação de condomínio; viagens familiares ou mensalinhos para patricinhas e madames.

À próxima semana os depoimentos serão retomados e prometem ser ainda mais emocionantes.

Aguardemos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Procuro um lado para olhar sem que esteja envolvida a palavra corrupção que espalhou-se de maneira doentia.
    É o slime, goma feita em casa, pelas crianças. Há slime por toda parte, coqueluche do nomento.

  2. joao de deus maia de oliveira diz:

    enquanto isso boa parte dos servidores nao receberam o decimo terceiro do ano 2017.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.