sábado - 07/04/2018 - 09:10h
Hoje

A perda de Diêgo Áxel Freire Nogueira


Diêgo: descanse em paz (Foto: arquivo)

Noticio o falecimento de Diêgo Axel Freire Nogueira, 27, à madrugada de hoje (sábado, 7) na UTI do Hospital Wilson Rosado (HWR) em Mossoró.

Ele acidentou-se no dia 18 do mês passado, quando fazia trilha numa moto em área rural de Mossoró.

Era filho de Almeri Júnior-Kátia, casal amigo, bacharel em direito e servidor da Universidade do Estado do RN (UERN).

Velório no Centro de Velório Sempre (na rua Melo Franco, perto do Tiro de Guerra), a partir das 9h30.

Sepultamento às 16h no Cemitério São Sebastião (Centro de Mossoró).

Nota do Blog - Sem muito a falar, digo-lhes: estamos juntos na dor, mesmo que possa parecer pouco diante dessa perda. Estou com vocês. Valeu, Diego!

Leia também: Ainda nos sobrou um pouco de humanidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais

Comentários

  1. Marcos Pinto. diz:

    Todas as vezes que um jovem recebe o chamado do Pai Eterno aumenta-me a dor que há 19 anos carrego em meu peito, causada pela perda da minha filhinha de 6 anos e 10 meses de idade. Sei a exata dimensão da dor que flagela e mutila os corações dos seus genitores. Só DEUS mesmo para nos transmitir o bálsamo atenuador. Eu queria encontrar neste momento as palavras certas para confortar o coração de vocês, mas não é fácil saber o que dizer para quem teve uma perda tão dolorosa. É injusto e contra as regras da natureza os filhos partirem primeiro que os pais, e eu tenho certeza que vocês fariam tudo para poder trazer de volta o príncipe que agora tanta falta faz.
    Tenham muita força para suportar cada momento de angústia que naturalmente surgirá nestes primeiros tempos. Vocês foram pais maravilhosos que não mereciam que isto acontecesse, mas nunca desistam da vida e continuem firmes contando sempre com a ajuda de todos aqueles que estarão sempre por perto. Não há dor no mundo que supere a dor da perda de um filho, a dor de arrumar o quarto de um filho que já não está aqui, e saber que o futuro para ele já não existirá. Parece anti-natural que os pais enterrem um filho.

    Mas aos olhos de Deus somos todos iguais. Aos olhos de Deus somos todos Seus filhos. E Ele dá a cada um de nós uma missão para cumprir na Terra. O seu filho fez parte da sua vida pelo tempo que Deus quis, pelo tempo suficiente para cumprir a nobre missão dele; para escrever uma história, para deixar lições de amor e dor.
    Nada podemos contra a vontade de Deus a não ser tentar entender. É preciso buscar conforto. Não podemos nos entregar à tristeza, porque nós mesmos ainda temos muito para fazer até terminarmos nossa missão. É preciso força e coragem, e nessas horas devemos buscar apoio nos nossos familiares e amigos. Eu oro para que o seu filho esteja em paz, que tenha sido recebido com amor pelos anjos do Senhor, e que tenha a sua alma iluminada. E oro para que você e a sua família encontrem também paz e consolo nos tempos felizes que viveram ao lado do filho amoroso de vocês.
    Coragem e força para enfrentar este momento de sofrimento! Recebam os meus mais sinceros pêsames.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.