domingo - 29/06/2008 - 18:41h

Areia Branca ferve com “times” definidos à campanha 2008


Foi dada a largada, oficial, à campanha municipal deste ano na sempre efervescente Areia Branca. Os dois blocos que eternizam uma bipolarização de décadas, preservando características do radicalismo e romantismo político dos anos 60, definiram seus "times."

No governismo, o prefeito Manoel Cunha Neto, o Souza (PP), vai à reeleição com a companhia a vice do médico e ex-prefeito duas vezes Bruno Filho (PMDB). Um leque de partidos terá 28 candidatos a vereador em duas coligações distintas com sete partidos.

A convenção terminou às 18h20 sem a presença de qualquer liderança estadual na "Churrascaria Tropical". Isso irritou os "bacuraus",  oriundos do movimento aluizista.

Já a oposição conseguiu se unir na "25a hora". Partia para ter três candidatos a prefeito, mas convergiu para o vereador Francisco Macedo (PPS), tendo como vice Sueli Souto (PTB), irmã do ex-prefeito Ruidemberg Souto, o Beguinho (PTB).

Macedo fez sua convenção na Câmara Municipal.

A princípio, os oposicionistas conhecidos como "bicudos" e "encarnados" estavam fracionados em três pedaços. Mas hoje mesmo chegaram a um ponto consensual.

Beguinho desistiu de tentar outra vez a prefeitura. Tinha sido derrotado em 2004, mas empossado por força de decisão judicial liminar no ano passado, ficando sete meses no governo.

A terceira via era o advogado Mauro Gusmão (PRB), sobrinho do ex-prefeito José Alfredo Rebouças (DEM). Recuou também.

Assim, a oposição fuma o "cachimbo da paz". Tornaram a competição pelo voto em Areia Branca mais realista, não obstante o claro favoritismo da binômio Souza-Bruno.

Categoria(s): Sem categoria

Comentários

  1. MArlene Costa diz:

    Carlos, Moro aqui em Mossoró mas sou de Areia Branca e discordo de voce quando afirma que existe favoritismo de Souza pois entendendo que candidato Macedo representa o novo, tem raizes firmadas em Areia Branca.

  2. João Antonio Rosendo diz:

    Prevaleceu o bom senso da oposição. Parabéns.

  3. Ana Gabana diz:

    Carlos, hoje senti falta da letra de música que voce sempre nos envia com maior maestria. Então eu te envio a que estou ouvindo nesse momento, início de noite em uma cidade, que po sí só, já respira por todos os poros sua legitimidade política. ROSA DOS VENTOS, letra do Chico Buarque ,na inconfundível interpretação da Maria Bethania.
    E do amor gritou-se o escândalo
    Do medo criou-se o trágico
    No rosto pintou-se o pálido
    E não rolou uma lágrima
    Nem uma lástima para socorrer
    E na gente deu o hábito
    De caminhar pelas trevas
    De murmurar entre as pregas
    De tirar leite das pedras
    De ver o tempo correr
    Mas sob o sono dos séculos
    Amanheceu o espetáculo
    Como uma chuva de pétalas
    Como se o céu vendo as penas
    Morresse de pena
    E chovesse o perdão
    E a prudência dos sábios
    Nem ousou conter nos lábios
    O sorriso e a paixão

    Pois transbordando de flores
    A calma dos lagos zangou-se
    A rosa-dos-ventos danou-se
    O leito do rio fartou-se
    E inundou de água doce
    A amargura do mar
    Numa enchente amazônica
    Numa explosão atlântica
    E a multidão vendo em pânico
    E a multidão vendo atônita
    Ainda que tarde
    O seu despertar
    http://www.youtube.com/watch?v=4GpzsZNVvjI&feature=related

  4. Ana Gabana diz:

    Carlos, essa versão também é belíssima. Espero que você goste.
    Beijo gigante pra você!
    Sou sua fã e leitora assídua por isso justifico que sinto falta quando você não indica a música do dia.,. rsrsrrsrs
    http://www.youtube.com/watch?v=fHfYTHPw28I&feature=related

  5. Gracinha de Góis diz:

    Excelente e supreendente a repecussão entre os areia branquenses que moram aqui em Natal no nome do candidato Macedo e parece que dessa vez vamos ter um prefeito a altura dos anceios do nosso povo.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.