quarta-feira - 01/11/2017 - 07:22h
Operação Lavat

Assessores de Henrique Alves têm preventiva determinada


Presos no último dia 26 na “Operação Lavat”, pessoas ligadas ao ex-deputado federal e ex-ministro Henrique Alves (PMDB) tiveram prisões temporárias convertidas em preventivas nessa terça-feira (31). Decisão da Justiça Federal.

O que isso significa: não há prazo para eles ganharem habeas corpus.

Aluísio Henrique Dutra de Almeida (assessor de Henrique Alves) e Norton Domingues Masera (ex-chefe da assessoria parlamentar do Ministério do Turismo) foram alcançados pela decisão.

Henrique foi preso no dia 6 de junho, através de dois mandados de prisão, como desdobramento da Operação Lava Jato, nas operações Manus e Sepsis.

Completará cinco meses de prisão na Academia da Polícia Militar do RN em Natal.

Leia também: PF cumpre mandados em cinco municípios do RN e Brasília AQUI;

Leia também: Polícia Federal prende assessores de Henrique até em ministério AQUI;

Leia também: A boa vida do operador de Henrique Alves em Brasília AQUI.

O outro preso na Operação Lavat no último dia 26 foi José Geraldo Moura Fonseca Júnior, que não teve prisão preventiva determinada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    As DELAÇÕES PREMIADAS acontecerão já já.
    E com as DELAÇÕES PREMIADAS os LARANJAS surgirão.
    Ou entra na cabeça de alguém que Henrique Alves não utilizava vários serviçais como LARANJAS?
    Este mês de novembro promete muitas novidades.
    Falar em novidades, o que aconteceu com a Lista do Fachin?
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTE ANO. E MAIS NÃO DIGO.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.