domingo - 17/12/2017 - 04:04h
Coluna do Herzog

O espírito do nosso tempo


Por Carlos Santos

Há mais de cinco anos ganhei em DVD um documentário muito interessante, denominado de “Zeitgeist”. Numa tradução literal, o termo alemão significa “espírito de uma época”.

Lembrou-me e levou-me a folhear/bisbilhotar de novo “O espirito do tempo”, clássico da mítica e conturbada década de 60, do filósofo Edgar Morin. Até hoje é objeto de louvação acadêmica e discussão intelectual, por sua abordagem quanto à indústria cultural no século XX.

Mas o que escrevo não envereda por essa densidade clássica de Morin ou se intromete no passeio perturbador de Zeitgeist. Minha esqualidez intelectual recomenda que eu seja prudente naquilo que não domino.

Fico a me perguntar, na verdade: Qual “o espírito do nosso tempo”? Que palavra, comportamento, movimento cultural/político/econômico etc. ou fato pode nos definir e nos identificar para outras décadas e séculos, de forma representativa e esclarecedora?

É provável que passemos a ideia de fracos, inertes e incapazes de mudarmos nosso próprio destino. Tempo de Lava Jato, mas de incessante imundície nos poderes que deveriam priorizar o interesse público e não os seus. A intolerância é outra forte possibilidade simbológica. Adiante seremos melhor estudados e, quem sabe, entendidos. Hoje, não.

PRIMEIRA PÁGINA

A Câmara Municipal de Pau dos Ferros virou arena de guerra no último dia 14. Vereadores, populares, estudantes, donas-de-casa, policiais militares armados e professores não se entendiam. Em pauta, votação de Projeto de Lei que proíbe o debate de gênero nas escolas,  de autoria dos vereadores Hugo Santos e Francisco Monteiro. O presidente desse poder, Eraldo Alves (PSD), determinou que a polícia evacuasse o ambiente. Spray de pimenta e força física foram usados contra professores e outras pessoas. Que coisa feia!

O senador Garibaldi Filho (PMDB) resolveu acelerar os passos e passar “sebos nas canelas”. Os planos do seu grupo e os seus, em muito dependem dele mesmo, em função do alijamento do primo e ex-deputado federal Henrique Alves, por problemas judiciais. A propósito, o senador assume um papel que nunca exerceu e numa conjuntura bastante dramática.

A pontuação da ex-atleta olímpica Magnólia Figueiredo (Solidariedade) na recente Pesquisa Fiern/Consult causou certa euforia no comando do seu partido. Ela é pré-candidata ao Senado e emergiu com 2,41%. Seu adversário adiante, o senador José Agripino (DEM), empalmou 6,94% na mesma sondagem (veja AQUI).

Chico de Parelhas será candidato: Avante (Foto: Web)

O ex-prefeito de Parelhas Francisco Medeiros, o “Chico de Parelhas“, inscrito no PT, será candidato a deputado estadual pela tendência “Avante”, da senadora Fátima Bezerra (PT). Ela tem-no como nome prioritário à eleição à Assembleia Legislativa em 2018.

Na escolha do seu eventual vice ao Governo do RN, em ampla aliança que pretende formar, o atual prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) quer ter a palavra final. Ano passado, em sua reeleição à prefeitura, teve que engolir a fixação do deputado estadual peemedebista Álvaro Dias, quando sua preferência era por Marcelo Queiroz, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN).

Pelo menos 69% dos entrevistados na Pesquisa Fiern/Consult divulgada à semana passada, “confiam e acreditam na influência das redes sociais” à tomada de decisões na campanha 2018. É um rumo, mas não se trata de uma verdade absoluta, principalmente pela própria complexidade desse ambiente virtual.

Surgem algumas vozes defendendo, a partir de Mossoró, o nome do poeta/jornalista e ex-dirigente da Fundação José Augusto (FJA) Crispiniano Neto, para suplente da provável candidata ao Senado em 2018, deputada federal Zenaide Maia (PR). É, mas outros nomes estão de olho na primeira suplência.

O Governo Michel Temer assinou sexta-feira (15) o contrato do Programa de Recuperação Fiscal do Rio de Janeiro. Daí sai autorização para empréstimo de R$ 2,9 bilhões do banco BNP Paribas, numerário para quitar os salários atrasados do funcionalismo público. Em troca, além de alguns arrochos – como aumento na alíquota previdenciária, virá a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE). O enredo serve para o Governo do Rio Grande do Norte. Só para lembrar.

TÚLIO RATTO – JANELA INDISCRETA

EM PAUTA

GTW – O Grupo GTW, comandado pelos empresários Genivan Batista, Tião Couto e Wilson Fernandes, foca vasta porção de terra entre os municípios de Mossoró e Governador Dix-sept Rosado, para grande investimento empresarial.

Natal Encantado - A Prefeitura Municipal de Riacho da Cruz, na região Oeste, criou o seu “Natal Encantado  2017″. A programação e decoração diferenciada estão atraindo pessoas de vários municípios, movimentando a cidade – comércio e serviços, além de mexer com auto-estima de seu povo. Parabéns aos organizadores.

Baraúna – Entrou oficialmente no ar na sexta-feira (15), em Baraúna, a FM 104.9 – A Voz de Baraúna. A emissora é ligada à Associação de Comunicação e Cultura, conduzida pelo advogado Fábio Moura. Baixe seu aplicativo clicando AQUI.

Fábio: FM em Baraúna (Foto: arquivo)

Mérito – Será no próximo dia 26 de dezembro (uma terça-feira), às 19h, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado em Mossoró, o evento denominado de “Mérito Empresarial 2017″. Destaques da classe empresarial mossoroense serão homenageados. Também haverá posse do novo presidente e vice da Câmara de Dirigentes Lojsitas de Mossoró (CDL), Wellington Fernandes e Stênio Max Fernandes.

Caraúbas – A caraubense Deisybel Oliveira saiu do ambiente virtual do Instagram para brilhar nos palcos. Ela compõe grupo de dança do cantor Léo Santana, se apresentando no Festival de Verão de Salvador. Ela tem quase 190 mil seguidores nas redes sociais.

José Mendes – O empresário José Mendes, da Rede 30 de Setembro, trabalha a ampliação de negócios em Mossoró, onde já tem presença importante, com grande galonagem. Na grande Natal, a marca também cresceu consideravelmente nos últimos anos.

Bruno Barreto - Confirmadíssimo o lançamento na próxima quinta-feira  (21), às 19h30, no Memorial da Resistência em Mossoró, do livro “Os Rosados Divididos: como os jornais não contaram essa história”. O trabalho é lavra do jornalista Bruno Barreto. Vamos prestigiá-lo.

Caio – O poeta Caio César Muniz cumpre o ciclo festivo de sua formatura no Curso de Comunicação Social da Universidade do Estado do RN (UERN). Parabéns e a todos os demais colegas. Sejam bem-vindos à vida louca, vida.

SÓ PRA CONTRARIAR

Até quando servidor público, terceirizado, será considerado empregado de terceira categoria, sem que tenha prioridade para receber salário em dia, da mesma forma que detentores de cargos comissionados, que também são servidores transitórios?

GERAIS… GERAIS… GERAIS

Hoje (domingo, 17), o “Frango do Betinho” promete agitação com sua festa de final de ano com espaço para sorteio de prêmios. A confraria tem endereço à Rua Freire Miguelinho, no bairro Doze Anos (Mossoró).

Segue campanha da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) para compra de um mamógrafo. Faça doação de qualquer valor financeiro. Contas: Banco do Brasil, Conta Corrente 12345-5, Agência 4687-6; Caixa Econômica Federal, 90000-9, Operação 013, Agência 0560.

O Grupo de Apoio ao Potiguar (GAP) realiza evento ao meio-dia de hoje na Associação Cultural Desportiva Potiguar (ACDP), sede social do alvirrubro. Sorteios, música ao vivo, feijoada e outras iniciativas farão parte da festança.Vamos lá, torcedor.

Obrigado à leitura de Nosso Blog a Toni Martins (Carnaubais), José Maria Viana (Mossoró) e Paulo Procópio (Natal).

Veja a Coluna do Herzog do domingo passado (10) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Charge de Túlio Ratto / Coluna do Herzog

Comentários

  1. anderson diz:

    Em Pau dos Ferros o povo está recebendo a conta de ter votado em líder evangélico para vereador. Gente que nunca abriu um livro que não a Bíblia, ignorante de pai e mãe. Votaram um projeto de lei inconstitucional que não trás nenhum benefício ao povo. Por qual razão cidades com poucos habitantes ainda pagam verdadeiras fortunas a vereadores? 30 mil habitantes pagam mais de R$2 milhões por ano à Câmara Municipal… Esse dinheirão não tem um lugar melhor a ser alocado?

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    O arrastão acontecido em junho na residência da presidente da Câmara Municipal de Mossoró ainda continua envolto no mais denso mistério.
    Bandidos amadores praticaram este crime.
    Bandidos que não sabiam sequer dirigir um carro com câmbio automático, mostrando assim que não passam de pé de chinelo.
    Bandidos amadores que, revoltados por não poderem levar o carro, passaram a gritar e a bater no portão da casa. plena 5 horas da manhã, numa rua de tráfego intenso e sem terem a menor preocupação de assim acordarem os vizinhos.
    Estes fatos estão relatados no BO aberto pela vítima desta violência.
    Bandidos mungangueiros, mas que continuam soltos e causando uma enorme preocupação a toda população de uma cidade que vive sobressaltada.
    Difícil compreender a não elucidação deste arrastão.

  3. Marcos Pinto. diz:

    Fico a me perguntar: Qual o espírito do tempo no tempo do espírito ???.

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “A Câmara Municipal de Pau dos Ferros virou arena de guerra no último dia 14. Vereadores, populares, estudantes, donas-de-casa, policiais militares armados e professores não se entendiam. Em pauta, votação de Projeto de Lei que proíbe o debate de gênero nas escolas,”
    Nunca antes tinha visto uma polícia tão educada.
    O major solicitou a retirada dos presentes em atendimento a um pedido do presidente da casa.
    Em nenhum momento o vídeo mostra o uso da violência por parte de policiais.
    Ninguém aparece neste vídeo sendo espancado.
    Parabéns aos policiais envolvidos nesta operação.

  5. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Muito boa a exposição da imagem do condenado por prática de improbidade, em primeira instância, a mais de 4 anos de cadeia, num saco de SAL GROSSO.
    Será que não estão faltando outras ilustrações iguais?
    A presidente da Câmara Municipal de Mossoró está condenada a uma pena maior. E no mesmo processo.
    É justo expor um condenado e preservar outro que está condenado a uma pena maior?
    Por que não publicar saquinhos de SAL GROSSO com as imagens de todos os condenados no SAL GROSSO?
    TODOS!
    Fica a pergunta.

  6. FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Isso mesmo Anderson, estamos vivendo não só tempos estranhos do ponto de vista politico e institucional, mais ainda, uma real e sombria perspectiva de que o obscurantismo religioso aprofunde sua pauta de negação de um mínimo de ciência, lógica e razão em questões fundamentais à humanidade do pós iluminismo.

    Conforme se verifica em inúmeras situações vivenciadas não só no âmbito da realidade Brasileira, bem como mundo afora, a extrema direita fascista, teocrática e obtusa, definitivamente saiu do armário, no que infelizmente, comporta usar e abusar da ignorância da maioria, para, manipulá-los em questões que vão da educação, convivências entre iguais, questões de gênero, racismo e sexualidade, além de outras temas de profunda importânica e ingerência na vida pessoal/particular do cidadão comum.

    Nesse contexto, não à toa que o números de evangèlicos porra louka , a cada se multiplica, inclusive nas no seio do poder legiferante, ou seja nas asssembléias legislativas, câmaras municipais, estaduais e federais, todos com um só intento, nos obrigar uma viagem no tempo e retroargirmos ao tempo da idade idade média, quando homens, mulheres, artistas, cientistas, filósofos, pensadores, poetas e outros eram incinerados na fougueira da inquisição pelo simples fato de ser e pensarem diferentes.

    Adite-se que, a Constituição da República Federativa do Brasil faculta em seu artigo 22 – XXIV, traz explícito que, é competência privativa da União, legislar sobre as diretrizes e bases da educação nacional.

    Advirta-se que essa suposta Lei aprovada pelo legisltivo Pauferrrense(COMPOSTO EM SUA MAIORIA DE IGNORANTES, VICIADOS NA VELHA E CARCOMIDA POLÍTICA DO FISIOLOGISMO, ALÉM DE CORRUPTOS), é de todo uma Lei claramente inconstitucional, cabendo àqueles que aí, devidamente se insurgiram contra a ditadura da neo-teocracia Pau-Ferrense, ajuizar a devida AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (ADIN), porquanto a edilidade municipal não pode legislar sobre questões curriculares que dizem respeito ao sistema nacional de educação.

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  7. João Claudio diz:

    Eu acho que a caricatura no pacote de sal deveria ser do chefe da quadrilha, que não era Silveira.

    Toda Mossoró sabe quem era o chefe, cuja sua pena foi de seis anos e quatro meses de prisão, mas ele e o bando continuam em liberdade, rindo da justiça verde e amarela (fazem muito bem, e rir ainda é pouco), curtindo a vida adoidado e peidando ao Deus dará.

    Ah, entre os elementos do bando, não consta nenhum liso ou que trabalhe 30 dias por mês em troca do salario mínimo.

    Ah(2) De tanto ficarem sentados em cima do processo, as folhas do dito cujo já estão amareladas e fedorentas a bufa.

    Ah(3) O fato de o brasil ser um pais de terceira, eu axepôco e mando um recado a toda à quadrilha:

    Natal, Réveillon, veraneio em Tibau e carnaval vem aí. A-PRO-VEI-TEM e curtam até o ( * ) fazer bico.

  8. Inácio Augusto de Almeida diz:

    FANTASMAS EM ARACAJU
    Em Aracaju, o Ministério Público investiga centenas de funcionários fantasmas da antiga gestão da prefeitura. Nos depoimentos gravados em vídeo, os suspeitos nem disfarçam a farra com o dinheiro público.
    Para o ex-vereador Agamenon Sobral, do Partido Humanista da Solidariedade, fazer política é distribuir empregos. Usando essa “lógica”, em depoimento ao MP de Sergipe, o ex-vereador admite que distribuiu cargos na prefeitura de Aracaju durante a gestão passada, de 2013 a 2016.
    O MP estima que a farra com os fantasmas custou R$ 5 milhões. Até agora 33 pessoas foram denunciadas pelo crime de peculato, que é o desvio de dinheiro público. Os ex-gestores também vão responder por formação de quadrilha.
    Fonte: G1
    E AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ?
    No dia 5 de dezembro de 2016, o ex-procurador da Câmara Municipal de Mossoró denunciou publicamente a existência de FANTASMAS e chegou a afirmar que vereadores ficavam com o CARTÃO BANCÁRIO dos funcionários fantasmas. Foi mais além. Chamou os vereadores, legislatura passada, de CORJA e disse que tinha PROVAS de tudo o que declarava.
    No dia 6 de dezembro foi divulgado que o MPRN tudo ia apurar.
    Certamente as apurações ainda estão em andamento.
    No caso HRTM ficou conhecido de todos a existência de uma fantasminha.
    Nunca se ouviu falar em nenhuma punição.
    Mossoró se não existisse precisava ser inventada.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Gente, este escândalo dos fantasmas denunciado pelo ex-procurador da Câmara Municipal de Mossoró aconteceu aqui. O escândalo da FANTASMINHA do HRTM aconteceu aqui.
      Ninguém se toca. Parece até que o dinheiro não é nosso.
      Ficamos preocupados com recibos de aluguel de apartamento com data de 31 de junho e nos esquecemos que o dinheiro surrupiado através de FANTASMAS faz falta na compra de medicamentos, uniforme escolar etc.
      Não cuidamos do nosso quintal e nos preocupamos com as vidraças do planalto.
      Não fosse eu todos os dias lembrando SAL GROSSO e tudo teria caído no esquecimento.
      Duvido que alguém consiga reunir 3 pessoas numa manifestação de rua cobrando o julgamento do SAL GROSSO e a conclusão da apuração das denúncias do ex-procurador da Câmara Municipal de Mossoró.
      Querem juntar 1000 pessoas numa manifestação de rua?
      Lula seja condenado em 2ª instância e recolhido aos costumes.
      Até quando, meu Deus?

      • Carlos Santos diz:

        NOTA DO BLOG – “Revolta seletiva” e medida em quilômetros, léguas ou milhas ultramarinas.

        É sempre mais confortável criticar Temer do que mexer com quem está no Palácio da Resistência.

        • Inácio Augusto de Almeida diz:

          “Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio e levantarei o mundo”
          Arquimedes
          DÊ-ME CINCO MINUTOS NUMA RÁDIO E MUDO A POLÍTICA DE MOSSORÓ.
          Inácio Augusto de Almeida
          Entendem todos porque nem mesmo eu comprando o horário eles me abrem um microfone?
          Sabem que não conseguirão me cooptar. Muito menos me intimidar.
          E ainda tem rádio que se diz preocupada com o social em Mossoró…

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.