sábado - 28/02/2009 - 20:39h

De Veríssimo


Catando livros em sebos para estudos de um filho, prestes a participar de vestibular, deparo-me com Luís Fernando Veríssimo. Que gaúcho porreta, tchê!!

Há tempos não lia algo de sua lavra. Que pecado!

“Comédias para se ler na escola”, impresso que adquiri, me desviou da rota de leituras cumpridas por mim até então, para um saboroso texto leve e bem humorado.

Existe nele um completo domínio da língua, enorme capacidade de brincar com as palavras e facilidade de nos segurar diante de sua escrita.

Interessante é que há alguns anos ouvi uma entrevista de Veríssimo, quando narrou seu ingresso no universo das letras. A origem ajudava: filho do grande Érico Veríssimo.

Por ter morado muito tempo nos Estados Unidos, muitos achavam que ele não teria como dominar o português.

No início, andou mesmo causando alguns estragos em jornal. Virou um cronista de alta linhagem, como esperado.

Categoria(s): Blog

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.