terça-feira - 12/02/2019 - 17:18h
Salários

Deputado vê improbidade de Fátima; governista contesta


Dias: improbidade (Foto: João Gilberto)

Em pronunciamento realizado nesta terça-feira (12), o deputado estadual José Dias (PSDB) afirmou que a governadora Fátima Bezerra (PT) cometeu improbidade administrativa. Segundo o parlamentar, a chefe do executivo estadual não poderia priorizar o pagamento do próprio salário e o de cargos comissionados em detrimento dos atrasados de servidores concursados.

Dia passado, o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior da 2ª Vara da Comarca de Currais Novos, concedeu cautelar (veja AQUI) à Ação Popular desencadeada pelo vereador Ezequiel Pereira da Silva Neto (SD), para que estado faça pagamento por ordem cronológica aos servidores e comissionados. Até aqui, a gestão Fátima tem feito pagamento quanto a salários de seus período de gestão iniciado dia 1º de janeiro, sem pagar prioritariamente meses em atraso advindo da administração antecessora.

“Quero aqui exaltar a decisão desse juiz. Eu respeito as dificuldades do Estado, mas o ato da governadora é um ato de improbidade administrativa. Ao priorizar o pagamento de janeiro de 2019, ela deixou de pagar concursados com salários atrasados para pagar o salário dos seus correligionários em dia”, discursou José Dias em sua fala na Assembleia Legislativa.

O outro lado

O deputado governista Francisco do PT destacou que a construção do modelo de fracionamento dos pagamentos dos servidores do Estado foi feito após consulta e aprovação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Segundo ele, o próprio Fórum Estadual de Servidores do RN participou da formulação dessa iniciativa.

“É preciso estabelecer que os salários dos servidores do RN vêm sendo atrasados há vários anos. Não foi o governo de Fátima que atrasou os salários”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. François Silvestre diz:

    Engraçado. Nunca vi o deputado José Dias, meu amigo, merecedor da minha admiração, cobrar com tanta veemência do governo Robinson a exposição de um calendário de pagamento. E ele “rompeu” com Robinson logo no início do governo. Rompimento de combinação. Continuaram amigos, compadres, e com os indicados do José Dias nos cargos comissionados. E são esses comissionados que estão precisando dos salários atrasados. É tudo um chafurdo no campo das mumunhas…

  2. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    É isso mesmo meu Caro François, não esquecendo que o DEPUTA seridoense com doutorado em fisiologismo, oportunismo desbragado e corrupção legalizada, faz parte de uma sigla supostamente social democrata, atualmente em estado de putrefação/extinção de todos sabida, não obstante atue desde sempre absolutamente blindada pela nossa mui isenta e incorruptível impressa tupiniquim, MAIS CONHECIDA COMO PIG CHEIROSO….!!!

    Um baraço

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  3. João Claudio diz:

    Pega fooooooooogo, Cabaréeeeeeeeeeee……!!!

  4. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Havendo pagamento de novos personagens e não pagamento dos antigos, independentemente do atraso ser anterior ao poder da governadora, para mim é tremenda injustiça.

  5. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Posso estar enganada, mas Fátima não disse que estava preparada para o que iria enfrentar?
    Se eu estiver errada, desconsiderem.

  6. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Na verdade, desse enfrentamento até O Homem Aranha teria receio.

  7. Sergio diz:

    José Dias, de novo, jogando contra o estado.

  8. Zenilma Oliveira diz:

    A prefeitura de Mossoró, diga-se aí governo cor de rosa, ainda deve a alguns servidores o salário de dezembro de 2016. E passou a pagar os servidores municipais a partir de janeiro de 2017 e não vi em nenhum espaço dessa cidade um vereador, deputado ou quem quer que seja defender ou servidor municipal ou esbravejar que era improbidade administrativa ou injustiça com o servidor. O senso de justiça desse povo é altamente delitivo e politiqueiro.

  9. laura diz:

    se criasse uma lei para o governante pagasse as dividas que contraisse sem passar para o proximo governo ou ir para cadeia.eles teria mais cuidado. ou a cadeia ficaria lotada. kkkkk

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.