sábado - 21/07/2018 - 14:28h
Ibope/TN

Disputa ao Senado aponta para campanha bem acirrada

Pesquisa deixa Garibaldi Filho, Geraldo Melo, Capytão Styvenson e Zenaide Maia bem próximos

A pesquisa Ibope/Tribuna do Norte divulgada neste sábado (21) mostra uma luta acirrada pelas duas vagas ao Senado da República no Rio Grande do Norte. Há uma completa indefinição nesse momento da pré-campanha.

O senador Garibaldi Alves (MDB) tem 24% das intenções de votos na pergunta Estimulada (quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados ao entrevistado).

Em seu encalço aparece o ex-senador Geraldo Melo (PSDB) com 22%.

O Capitão Styvenson (sem partido) alcança 19% da preferência do eleitorado.

Números da pesquisa mostram que pelo menos quatro pré-candidatos têm números próximos (Print: reprodução)

Já a deputada federal Zenaide Maia (PHS) surge com 18%.

O também deputado federal Antônio Jácome (Podemos) soma 12%.

Alexandre Mota (PT) e Professor Lailson Almeida (PSOL) tiveram 7%, Magnólia Figueiredo (Solidariedade) empalmou 6% e Joanilson Rêgo (PSDC) chegou a 2%.

As intenções de voto Branco ou Nulo totalizam 68%, dos quais 28% à primeira vaga ao Senado e 40% em relação à segunda. Os Indecisos atingiram 15%

Todos os percentuais se referem à soma das duas opções que cada entrevistado/eleitor tem para o Senado.

Espontânea

Na resposta espontânea (sem a apresentação dos nomes dos candidatos), 47% dos ouvidos preferiram não opinar, não têm preferência alguma. Branco ou Nulo somaram 36%. Ou seja, 83% estão sem rumo ainda para escolha de nomes ao Senado.

Quanto aos nomes citados, há empate numérico entre Garibaldi Filho, Capitão Styvenson e Zenaide Maia, todos com 4%.

Fátima Bezerra (PT), que não será candidata ao Senado, juntamente com o senador José Agripino (DEM), somaram 2%. Antônio Jácome e Geraldo Melo obtiveram igual número.

Já Alexandre Mota e Magnólia Figueiredo conseguiram 1% cada um.

A pesquisa do Ibope foi encomendada pelo jornal Tribuna do Norte, com registro na Justiça Eleitoral sob os números RN-03429/2018 (TRE) e BR-07949/2018 (TSE).

Foi realizada entre os dias 14 e 17 de julho, ouvindo 812 eleitores.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Capitão Styvenson, bem colocado. “Outsider”, pode preencher a expectativa dos que clamam por nomes novos, assim como a dos que estão indecisos.

    • François Silvestre diz:

      Ô Naide, se outsider ganhasse eleição não teríamos Alves, Maia, Faria e Rosados donos dessa latada. E nomes novos? Paciência. Essa coisa de nomes novos já deu em Collor, Aldo Tinoco, Micarla, Silveira Júnior e…O problema não é nome novo. É cabeça nova. Já ouviu as besteiras que esse Capitão diz? Rosalba já foi nome novo. Garibaldi já foi nome novo. Zé Agripino já foi nome novíssimo derrotando Aluízio que fora nome novo. E todos esses novos criaram a prática velha. Saco!

  2. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    François, prazer em conversar com você. Preciso me explicar porque é sua a razão. Acredito que, em mim, falou a paixão.
    Desde o início das descobertas das Grandes Corrupções, fato histórico como as “Grandes Navegações”, o clamor era pela renovação total de nossas Casas de política.
    As oligarquias foram execradas, merecidamente. Umas mais do que outras, mas penso que nenhuma escapou,
    mesmo as menos ruins.
    Pois bem, assisti, educadamente, ao apedrejamento da família Rosado. Quase ninguém apontava algum acerto praticado por ela. Com os meus botões, aguardava a chegada do Rosado redentor, aquele que mostrasse não sermos inúteis, que reerguesse nossa bandeira de trabalho por Mossoró, pelo RN.
    Então, ocorreu o “Brexit” familiar e surgiu um novo prefeito de nome Silveira. Eis que a gestão do não Rosado foi infeliz. Como não souberam aproveitar a brecha do nosso “Brexit”?
    Veio um nome novo e fraco . Ora, não havia alguém mais qualificado? Onde estão os não Rosados de representatividade, capazes de gerir a segunda maior cidade potiguar?
    Chamo nomes, me interesso por destaques, mostro minha enorme satisfação em acolher um sem Rosado. Não me regozijo em dizer: ruim com a família, pior sem ela. Não tenho a alma minúscula a tal ponto.
    Sim, o nome novo envelhece, desaponta, se contamina. Mas, François, como ter esperança em pessoas com bagagem duvidosa? Que já chegam prometendo o que nunca farão?
    Lamento que o Capitão diga besteiras. Ainda não as ouvi. Ouvirei e me entristecerei, pela paixão por um nome novo.
    Dizem que a emenda é pior do que o soneto. Mesmo assim, vou emendar. Que surjam novos nomes, todos de cabeças novas! Não havendo, que surjam cabeças novas, atualizadas, que construam.
    Um grande abraço, importante amigo.
    Diga, por favor, à Raísa que Fernanda tem um bebê, Antônio. Nasceu há poucos dias. Lindo!

    • François Silvestre diz:

      Naide, mandei o recado pra Raíssa que vibrou. Vai entrar em contato com Fernanda. Curta e muito, pois não há nada mais rejuvenescedor do que netos. Tô novamente buchudo de mais um que vem por aí. E com eles vou formando minha invisível e bela oligarquia. Xerão pra você.

  3. Carlos diz:

    Se tem uma coisa que não sai de moda na política é o MASOQUISMO, eita povo pra gostar de sofrer !!!!!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.