sábado - 08/12/2018 - 19:27h
Ato da Mesa

Envolvido em corrupção na AL recebe benefícios financeiros


Assembleia: benefícios da lei (Foto: arquivo)

Exonerado do cargo em comissão do importantíssimo posto de Diretor Geral da Presidência da Assembleia Legislativa em setembro deste ano, Luiz Gonzaga Meira Bezerra Neto garante para si benefícios financeiros solicitados à Casa. Decisão publicada neste sábado (8).

Através de Ato da Mesa 2993/2018 no Diário Oficial do Eletrônico (DOE) da Assembleia Legislativa, esse poder lhe concede “o direito à percepção do valor correspondente à indenização de férias não gozadas, referente aos períodos aquisitivos 2016/2017 e 2017/2018″.

Para quem não lembra, Luiz Gonzaga apareceu em investigação do Ministério Público do RN (MPRN), ao ser deflagrada a “Operação Canastra Real” (veja AQUI série de matérias). Houve pedido de busca e apreensão que o alcançou em endereço residencial no bairro Tirol, em Natal.

Servidores fantasmas

O esquema teria desviado mais de R$ 2,440 milhões da AL com uso de servidores fantasmas alojados no gabinete do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

O investigado teria pelo menos 51 procurações de servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa outorgadas em seu favor. Entre essas pessoas, até gente muito humilde – atendida por programas sociais como o “Bolsa Família” e residindo em outros municípios.

O nome de Luiz Gonzaga já tinha surgido em outro escândalo anterior, a “Operação Dama de Espadas”, também com uso de servidores fantasmas para desvio de recursos que passam de R$ 9,5 milhões em números atualizados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Hermiro filho diz:

    Carlos Santos,
    Fernandinho Beira-Mar certo dia disse: não quero essa prisão Para o maior inimigo meu.
    Há, se um dia esses malévolos que metem a mão com força no nosso patrimônio seguissem esse mesmo destino.

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “Exonerado do cargo em comissão do importantíssimo posto de Diretor Geral da Presidência da Assembleia Legislativa em setembro deste ano, Luiz Gonzaga Meira Bezerra Neto garante para si benefícios financeiros solicitados à Casa.”
    Conheço caso muito pior.
    Condenado por prática de corrupção passiva a vários anos de cadeia pelo TJRN, 13/09/20187, continuar presidindo Câmara de Vereadores e administrando verbas públicas de mais de 20 milhões de reais por ano.
    Onde isto acontece?
    EM MOSSORÓ!
    Acontece e nenhuma estação de rádio noticia este fato.
    O Conselho Nacional de Justiça chega esta semana a Natal.
    Duvido que os deputados recém eleitos no Rio Grande do Norte pelo PSL comuniquem este fato aos membros do CNJ que estarão em Natal numa viagem não turística. DUVIDO!!!
    Duvido a OAB, Igreja, Maçonaria, Evangélicos, CDL, Associação Comercial ou qualquer outra entidade comunicar este fato aos membros do CNJ que estarão em Natal nesta semana que hoje se inicia.
    Duvido um grupo de advogados comunicar este fato aos membros do CNJ que estarão em Natal.
    Duvido alguém que comenta neste blog tocar neste assunto. DUVIDO!!!
    Por que todos se calam? Por quê?
    Resta-me a esperança de que PACHECO, o que prometeu doar 15 milhões para a construção do Santuário de Santa Luzia, apareça e toque neste assunto.
    ////
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

  3. João Claudio diz:

    Por se tratar de um país de terceira e esculhambado do primeiro ao quinto, a situação ‘em tela’ (KKKKKKK) é considerada normalíssima. Já vi, no meio, coisa ‘muito mais pior’, horrorosa, imoral, nojenta, nauseante e fedorenta.

    A política brasileira é sebosa.

    Fato, fato e fato.

    P.S – O termo ‘em tela’ está em moda. Passarei a fazer uso com mais frequência.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.