quarta-feira - 30/03/2016 - 22:02h
No Senado

Garibaldi cobra debate sem radicalismo ou maniqueísmo


“Como integrante do PMDB estarei aqui para defender a decisão do partido (de desligar-se do governo), mas o farei sem apelar para a radicalização e o maniqueísmo”. Da tribuna do Plenário, o senador Garibaldi Filho pediu respeito à opinião pública e defendeu que os debates sejam travados com moderação e respeito. “Nesse momento crucial para a vida política brasileira, devemos exercer um diálogo que permita que não sejamos depois levados a uma execração pública”, recomendou. 

Na avaliação do senador Garibaldi Filho, os partidos políticos devem ter suas histórias respeitadas. Ele citou o seu partido, o PMDB, que completou 50 anos na semana passada. “Se não dermos o respeito a isso, se desqualificarmos o debate dizendo (por exemplo) que o PMDB é o anjo e o PT é o demônio, onde é que iremos chegar?”, indagou. Ele acrescentou que o seu partido não pode ser cobrado “de forma injusta ou mesquinha” por ter resolvido deixar de apoiar o governo.

Mentiras espalhadas

“Não pretendo ingressar nesse jogo, nem pretendo me intimidar. Os que hoje dizem que o PMDB é isso ou aquilo, detratando a imagem do meu partido, ontem diziam o contrário. Com relação ao presidente Michel Temer, que é tão acusado hoje, antes era considerado um vice-presidente da mais absoluta confiança e apreço, merecendo a admiração do atual governo”, lembrou Garibaldi Filho.

Em aparte, a senadora Ana Amélia (PP-RS) avaliou que o enfrentamento tem levado ao acirramento, à divisão da sociedade e ao desrespeito com quem pensa de forma contrária. Ela denunciou que na rodoviária de Brasília foram distribuídos panfletos contendo inverdades como o fim do pagamento do 13º salário, FGTS e abono de férias caso o impeachment seja aprovado.

“São cláusulas pétreas e imutáveis, como são capazes de levar essa mentira à população do país?”, indagou.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “são capazes de levar essa mentira à população do país”
    Senador Garibaldi, com todo o respeito que sua pessoa é merecedora, não é também mentir à população recomendar o voto em político JÁ condenado por prática de improbidade? Não importa em que instância, importa é que está condenado por prática de improbidade. Ou será que alguém é condenado por prática de improbidade por estar comungando na Igreja de Fátima?
    Por que o senhor, Senador Garibaldi, NUNCA foi condenado por prática de improbidade?
    Porque o senhor nunca cometeu nenhuma improbidade. Sequer o senhor foi indiciado em algum processo por ter praticado improbidade administrativa.
    Por que o PMDB, um partido com um passado de lutas memoráveis, não EXPULSA dos seus quadros todos os que por prática de improbidade estejam condenados, seja em que instância for?
    Por que, Senador Garibaldi, o PMDB, partido ao qual estou filiado, insiste em ceder legenda a quem está condenado por prática de improbidade? O nosso partido não pode pregar defesa da moralidade publica e bradar que combate à corrupção e continuar prestigiando e tendo em seu palanque condenado por prática de improbidade. Pregar uma coisa e fazer outra é feio. Muito feio, Senador Garibaldi Alves.
    Tenho certeza de que o PMDB tomará as medidas necessárias para afastar dos seus quadros todos os que estão condenados por prática de improbidade e de cabeça erguida dizer ao povo brasileiro que é um partido que realmente defende a moralidade pública e luta por um ponto final na corrupção.
    /////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM ABRIL?
    DEFENDA SEU DINHEIRO. NÃO VOTE EM CORRUPTO!

  2. Marcos Pinto. diz:

    De sorte que 2018 está ali bem pertinho, para derrotarmos todos esses penduricalhos do poder e oligarcas das famílias ALVES, MAIA e ROSADUS. Vamos devolver todos para os lugares de onde nunca deviam ter saído – O anonimato e o olvido.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.