terça-feira - 18/09/2018 - 08:50h
Apamim

Juiz já bloqueou contas da PMM 14 vezes para socorrer hospital


Do Blog Saulo Vale

Desde o início da gestão Rosalba Ciarlini (PP), a Justiça Federal do RN, através da 8ª Vara, já realizou 14 bloqueios nas contas da Prefeitura de Mossoró, para forçar o Município a pagamento de dívidas com a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância (Apamim)/Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC).

Tendo em vista que Rosalba está à frente da Prefeitura desde janeiro de 2017, é quase um bloqueio a cada dois meses.

A unidade hospitalar é administrada atualmente por uma Junta Interventora, nomeada pela Justiça Federal.

Os recursos para sua manutenção são de verbas federais (SUS), estaduais e municipais.

Leia também: Prefeitura segura recursos de hospital e tem contas bloqueadas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público / Saúde

Comentários

  1. Kelder diz:

    Não para por aí.

  2. Marcos Pinto. diz:

    É chegada a hora do MM. Juiz determinar de forma peremptória e incisiva que a verba do SUS rubricado para o Hospital e Maternidade em tela seja depositada automaticamente na conta dessa instituição de saúde. Entendo que o Ministério de Saúde deve mudar essa metodologia de repasse das verbas do SUS para a Secretaria de Saúde Municipal. Dita metodologia deixa ao livre arbítrio dos gestores municipais praticarem favorecimentos nada republicanos.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.