terça-feira - 17/04/2018 - 18:50h
Jogo bruto

Nova investida tenta ejetar Robinson Faria da governadoria


Operação para alijar o governador Robinson Faria (PSD) da disputa à sua própria sucessão está de novo, em andamento, na Assembleia Legislativa.  Mais uma investida, que se diga.

A articulação é por celeridade para apreciação de contas de governo do exercício 2016 (já reprovadas no âmbito do Tribunal de Contas do Estado-TCE).

Robinson enfrenta cerco (Foto: não identificamos a autoria)

Coube ao deputado neotucano Gustavo Fernandes (PSDB) apresentar pedido de celeridade nesse processo, em sessão de hoje (terça-feira, 17), na Casa.

Sem Robinson Faria na cadeira de governo, aumenta mais ainda o poder de barganha do grupo de deputados sob o comando do presidente da Casa, Ezequiel Ferreira (PSDB).

Vice dissidente

Só para lembrar: em caso de afastamento do governante, assume o vice-governador dissidente e pré-candidato a governador Fábio Dantas (PSB). Ele teve sua postulação germinada na própria Assembleia Legislativa, mas virou “Plano B”.

Jogo bruto, brutíssimo!

Em março, Robinson sobreviveu à matéria requentada injetada no programa “Fantástico” da Rede Globo de Televisão, sobre escândalo envolvendo o seu nome na chamada “Operação Dama de Espadas”. Na Assembleia Legislativa, a aposta é que ele renunciaria. Não renunciou e parece mesmo firme no propósito de ser candidato à reeleição.

Leia tambémRobinson segura-se na cadeira, apesar das conspirações.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Carlos André diz:

    O “gopi” do “gopi”!

  2. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “A articulação é por celeridade para apreciação de contas de governo do exercício 2016 (já reprovadas no âmbito do Tribunal de Contas do Estado-TCE).”
    Escuto falar em celeridade para tudo, menos para o julgamento dos recursos SAL GROSSO.
    Por quê?
    ////
    ACREDITO QUE EM ABRIL OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS.

  3. Paulo Barra Neto diz:

    A AL poderia desempenhar com sinceridade o seu papel reprovando as contas desse desgoverno já constatada pelo TCE e afastar de vez esse indivíduo que continua fazedo o mal para o RN!

  4. M.D.R. diz:

    A Assembléia, tem toda responsabilidade de RATIFICAR as denúncias do TC. O POVO do RN, está aguardando com severidade às respostas da ASSEMBLÉIA com relação estás denúncias.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.