quinta-feira - 06/12/2018 - 11:00h
Marca-passo

Operação descobre fraude em câmara e afasta vereador


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta quinta-feira (6) a Operação Marca-passo. O objetivo é combater um esquema de desvio e lavagem de dinheiro público na Câmara Municipal de Santana do Matos chefiado pelo vereador Erinaldo Florêncio Xavier da Costa (PSDB), o “Naldinho, e que envolve empresários da região.

Naldinho seria líder de esquema (Foto: Web)

Erinaldo Florêncio foi afastado do cargo e está proibido de frequentar a Câmara.

Os crimes foram cometidos entre 2011 e 2016, período em que Erinaldo Florêncio presidiu a Câmara Municipal.

Ele deixou a função após ser afastado por decisão judicial por também ter supostamente desviado recursos públicos do Poder Legislativo de Santana do Matos.

Bloqueios

O vereador foi um dos investigados na Operação Infarto, deflagrada pelo MPRN em 1º de setembro de 2016.

Ele é réu em uma ação penal e em uma ação civil pública, ambas por desviar recursos públicos.

Além dos mandados de busca e apreensão, o MPRN conseguiu junto à Justiça o sequestro de bens dos investigados no valor de R$ 124.425,00. O grupo e as empresas também tiveram as contas bancárias bloqueadas.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “Erinaldo Florêncio foi afastado do cargo e está proibido de frequentar a Câmara.”
    Naldinho foi condenado pelo TJRN a quantos anos de cadeia?
    Não? Ainda não foi condenado pelo TJRN e já não pode sequer frequentar a Câmara Municipal?
    Morro e não entendo as nossas leis.
    ////
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.