• Expofruit - Teaser - 20-07-18 a 21-08-18 - Topo
segunda-feira - 27/11/2017 - 13:40h
Em Natal

Polícia e sindicalistas voltam a ter novo confronto


Novo incidente entre grevistas/lideranças sindicais e forças policiais do estado foi registrado. Dessa feita, à manhã de hoje (segunda-feira, 27), em Natal, à porta da sede do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN).

Vários vídeos circulam pelas redes sociais revelando diversos ângulos do conflito. Pelo menos dois sindicalistas ligados ao Sindicato dos Trabalhadores na Saúde do RN (SINDSAÚDE) foram detidos. Um deles saiu com um dos pulsos com algemas.

Os detidos foram Rosália Fernandes e João Assunção.

Os manifestantes obstruíam passagem de empregados terceirizados para o interior do Detran e a polícia foi chamada. De crescente bate-boca o estresse se transformou em luta corporal, com policiais jogando pelo dois membros do movimento ao chão, o que generalizou o tumulto.

Uso da força

O Sindsaúde e grevistas do professorado da Universidade do Estado do RN (UERN) reforçaram paralisação dos funcionários dessa autarquia. Ao contrário do pessoal da Saúde e dos membros da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), os servidores do Detran têm salários em dia.

Na sexta-feira (24), o conflito foi na sede da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Finanças (SEPLAN).

Grevistas da Saúde e da Aduern foram retirados do imóvel que ocupavam desde a quarta-feira (22) com uso do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Foram desalojados com força física, spray de pimenta e bombas de efeito moral.

Em relação ao incidente de hoje, a Comunicação da PM informa que foi cumprido o dever, com reação proporcional à provocação recebida.

Nota do Blog - Era imprescindível mesmo que chegássemos a essas cenas lamentáveis? Vamos esperar o estampido de um tiro? Uma tragédia irreparável? Francamente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Gerais

Comentários

  1. Paulo Sergio Martins diz:

    Que os sincdialistas levem a maior surra. Ou morram, se for o caso. Amém.

  2. François Silvestre diz:

    A mesma polícia que tentou entrar em greve e fez chantagem para conseguir os seus benefícios. Naquele momento não estava preocupada com o “estrito cumprimento do dever”. Se tivéssemos governo federal, era caso de intervenção. Mas onde há governo? Bakunin deve estar se cagando de rir.

  3. João Claudio diz:

    Os servidores são pessoas de bem e pacatas. Os ‘sindicalhas’ são violentos, truculentos, mal educados e incivilizados.

    Todos, sem exceção, tiveram suas cabeças lavadas pela $eita maldita e cruel.

    São, sem exceção, discípulos do Encantador de Burros, e adeptos do comunismo.

    São doentes, passivos de internamento com camisa de força.

    Tenham paciência com eles. Se não surgir um Boca de Cururu Tei Tei no caminho…Adeus contribuição sindical e ‘cê fini’, sincalhas’ parasitas

    Xô, xô, xô, xôôôôôôô…… ..

    • João Claudio diz:

      Nenhum servidor foi preso, apenas os ‘sindicalhas’ que adoram uma arruaça, uma baderna, um chafurdo, um quebra pau, além de a-do-ra-rem descumprir ordens judiciais.

      Um lixo.

  4. Angelo Junior diz:

    O policial que agride o servidor da saúde é o mesmo que vai atrás de atendimento no hospital no momento que mais precisa. Servidor agredindo servidor é lamentável. Faltou bom senso. Agredir quem pede salário em dia é a melhor saída que o governo pode oferecer?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.