quarta-feira - 13/06/2018 - 08:50h
Mossoró

Primeiro voo da Azul Linhas Aéreas acontecerá hoje

Após esforço do Governo Robinson Faria, linha comercial é retomada em aeroporto mossoroense

Após sete anos, Mossoró volta nesta quarta-feira (13) a operar com voos comerciais regulares. A Azul Linhas Aéreas é a operadora, tendo o Aeroporto Dix-sept Rosado como um de seus ‘endereços’ para pousos e decolagens. Às 13h35, o primeiro voo Recife (PE)-Mossoró deverá decolar do Aeroporto dos Guararapes no Recife (PE), com pouso em Mossoró às 15h05.

Mossoró será a 107ª base de operação da companhia e o 99º aeroporto do país a ser atendido pela empresa. O certificado em favor do Aeroporto Dix-sept Rosado, com autorização para voos regulares, foi publicado no dia 23 de março deste ano, mas desde o primeiro semestre de 2015 que o governador Robinson Faria (PSD) centrou esforços nesse sentido.

O próprio Robinson e a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) vão participar desse primeiro voo, embarcando na capital pernambucana.

Azul Linhas Aéreas usará o ATR 72-600 para voos que incluem Mossoró a partir de hoje (Foto: Azul)

A escolha de Mossoró como destino pela companhia aérea foi possível após a ação do Governo Robinson Faria para reforma e reestruturação do aeroporto Governador Dix-Sept Rosado, com investimento estimado em R$ 2 milhões, o que possibilitou a liberação da Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) para o terminal voltar a receber voos comerciais.

Os voos que incluem Mossoró serão em quatro dias da semana: domingo, segunda, quarta e sexta-feira. Mas a partir de novembro serão diários, à exceção do sábado. O tempo de voo é estimado em uma hora e 30 minutos.

A Azul Linhas Aéreas começou na sexta-feira, 4 de maio deste ano, a comercializar as passagens aéreas para seu novo destino: Mossoró. A rota será cumprida com as aeronaves modelo ATR 72-600 (conheça-o em vídeo fixado mais abaixo nesta postagem), que podem transportar até 70 pessoas, considerada de alto nível para uso em voos regionais. Veja AQUI tarifas e destinos definidos até o momento pela companhia.

Devido os acontecimentos recentes relacionados ao movimento nacional dos caminhoneiros, o voo inaugural e evento festivo em torno desse voo acabou sofrendo mudança. Estava definido a principio para o dia 30 de maio.

Azul Linhas Aéreas

Fundada em 2008 pelo americano David Neeleman, a Azul começou com o objetivo de vender passagens aéreas low-cost (baixo custo) sem deixar o passageiro perder em conforto. É por isso que a Azul foi eleita por duas vezes seguidas a Melhor Empresa Aérea do Brasil, pela revista Viagem e Turismo.

Em maio de 2012, a empresa anunciou sua fusão com a Trip Linhas Aéreas, atingindo o correspondente a 15% dos voos nacionais e formando a Azul Trip S.A (saiba mais informações clicando AQUI).

Último voo comercial

A última empresa a fazer voos para Mossoró, foi a pernambucana Noar. A queda de uma aeronave sua em 13 de julho de 2011, com vítimas fatais, pôs fim essa história.

NoAr: fim em 2011 (Foto: arquivo)

A empresa começou a operar em junho de 2010 e se especializou em pequenos percursos a preços reduzidos. As linhas da NoAr ligam capitais e cidades nordestinas, como Recife, Maceió, Aracaju, João Pessoa, Natal, Caruaru e Mossoró.

Fazia rotas com um bimotor turboélice L-410, também conhecido como LET, usado principalmente para o transporte em pequenas e médias distâncias.

Saiba mais informações sobre esse acontecimento clicando AQUI.

Segundo relatório final da investigação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (CENIPA), apresentado no dia 19 de julho de 2013, ocorreram falhas técnica e humana no acidente que deixou 16 mortos, sendo 14 passageiros (veja AQUI).

O voo 4896 caiu três minutos depois de decolar do Aeroporto dos Guararapes, com destino a Mossoró (RN). Duas pessoas que desembarcariam em Mossoró, acabaram falecendo.

Nota do Blog Carlos Santos – Todos os aplausos merecidos para o governador Robinson Faria e um grupo de entusiastas e empresários mossoroenses, incansáveis nessa luta. A retomada desse tipo de serviço é um marco para o município e região. Cheguei a pensar que outra vez não teríamos sua consumação. Bravo, muitos aplausos e o reconhecimento do editor desta página e desta página ao êxito dessa empreitada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia / Gerais

Comentários

  1. Rui Nascimento diz:

    Criticar é preciso, particularmente, acho este Governo um dos piores que o RN já teve, atrás apenas da RosaEspinho, porém, contudo, todavia, é preciso reconhecer os méritos e as realizações importantes quando estas acontecem. Por isso, concordo plenamente com você Carlos, todos os aplausos para o Governador Robinson, pois é inaceitável e incabível uma cidade do porte e da importância de Mossoró, mesmo com todos os problemas acumulados ao longo de péssimas administrações, sem voos comerciais!
    Parabéns ao Governador e aos demais envolvidos na iniciativa, pelo menos essa marca você vai deixar para Mossoró!

  2. Francisco Antônio da Silva Neto diz:

    Aplausos para o governador Robinson; parabéns para todos nós da região Oeste do RN e adjacências…

  3. NAERTON SOARES diz:

    Eis a beleza da democracia, fazer a crítica quando necessário e fazer o elogio quando preciso, realmente em que pese a má administração do governo estadual, faz-se necessário fazer justiça e elogiar a liberação do aeroporto e de vôos para esta cidade que já deveria ser muito mais pujante na economia regional.

  4. João Claudio - Motorista (sem número) diz:

    Daqui a pouco. Os bastidores do vôo inaugural da Azul, by John Clodô.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      John Clodô com certeza estava nesse voo inaugural.
      Poderia John Clodô nos dizer se PACHECO veio neste voo.
      Se veio, trouxe a mala com os 15 milhões para a construção do Santuário de Santa Luzia.
      O título de cidadania PACHECO recebe esta semana? E as outras comendas?
      Ou não disseram ser o PACHECO merecedor de todas as comendas de Mossoró?
      Estamos no aguardo das informações do John Clodô.
      ////
      OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTE MÊS?
      O ARRASTÃO DA FREI MIGUELINHO SERÁ ELUCIDADO QUANDO?

  5. François Silvestre diz:

    Esse avião é um calhambeque de “luxo”. Viajei nele uma vez. Pra nunca mais. O banheira fica na traseira, os bancos apertados. Quando íamos decolar, uma das hélices pifou. Pararam tudo, vieram uns técnicos e invadiram a cabine. Quase não não liberam a decolagem. Quando já estávamos autorizados à decolar, o avião voltou ao local de embarque porque, segundo informou o comandante, uma luz do painel não acendia. Vade retro.

Deixe uma resposta para François Silvestre Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.