sexta-feira - 30/12/2011 - 14:37h
Os olhos de Natal

“Quixó de Mossoró” revela desprezo por governo estadual


O desapontamento da maioria do natalense com o governo da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) – em quase 60%, conforme recente pesquisa que foi divulgada – reascende uma antiga antipatia. Gera o escárnio.

O Centro Administrativo, onde ficam localizadas secretarias, sede de unidades autárquicas, outros órgãos estatais e a Governadoria, ganhou o indefectível epíteto de “Quixó de Mossoró”.

Quixó, para quem não sabe, é armadilha artesanal apropriada para pegar preá, mocó.

A equipe caseira formada pela governadora, com diversos nomes puxados de Mossoró e de suas gestões municipais, alimenta essa picuinha primitiva que parecia dissipada pelo tempo.

Simplificando: Mossoró paga o “pato”.

Vale lembrar que nas eleições do ano passado, Natal deu vitória à Rosalba, amparando sua condução ao governo estadual, da mesma forma que aconteceu em 2006, em sua eleição ao Senado.

Nota do Blog – O amontoado de mossoroenses no governo deriva do modelo administrativo que Rosalba já adotara na Prefeitura de Mossoró, baseado na centralização, sem delegar poderes a subordinados e limitando ações de iniciativa própria.

Nada acontece sem passar principalmente pelas mãos e olhos do ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM), seu marido e líder político. De questões minúsculas a assuntos estratégicos.

Na prática, o seu grupo não tem quadros, nunca se preocupou em formá-los. Daí a necessidade de recorrer ao seu banco de ex-auxiliares, que conhecem bem as regras e a hierarquia do “rosalbismo”. Com raríssimias exceções, apenas obedecem ordens.

Categoria(s): Administração Pública / Política

Comentários

  1. Hermiro Vieira Gurgel Filho diz:

    Carlos,
    Você digitou: Quixó, para quem não sabe, é armadilha artesanal apropriada para pegar preá, mocó.
    Pois bem: Podemos também chamar tal armadilha de Forjo e é muito poderosa por que cavar-se um pequeno buraco em uma vereda onde circula principalmente preá e tampa o mesmo com uma tábua e essa tábua tem a função de fisgar a presa tanto de frente quanto por trás. É uma armadilha sem escapatória, quando o sertanejo no outro dia vai verificar se caiu algum preá, as vezes encontra até cobras dentro do buraco.
    É perigosa!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.