sexta-feira - 11/01/2019 - 06:30h
Política

Robinson e sua proximidade da Governadoria, pós-governo


Robinson e Fátima nas eleições 2014 (Foto: arquivo)

Por Vicente Serejo (Agora RN)

Aviso

Ninguém pense que o ex-governador Robinson Faria (PSD) está tão longe assim da Governadoria e muito menos desprovido de munição no alforje.

A menos que o governo seja assaltado pela ingratidão.

Xadrez

É que no segundo turno, sussurram as fontes, o governador escolheu as mãos certas para tocar as pedras do xadrez político.

Sem precisar deixar as suas impressões digitais e sofrer admoestações.

Nota do Blog Carlos Santos – O governador e seu governo não estiveram ausentes ou distantes do segundo turno.

Que fique consignado. Na campanha mesmo esta página assinalou.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. François Silvestre diz:

    Se Robinson não teve prestígio pessoal para angariar votos ao seu nome, com certeza seu prestígio de transferência foi insignificante. Basta ver os números. Todos os votos de Robinson não seriam suficientes para alterar o resultado do pleito. Deputados e prefeitos que votaram nele no primeiro turno e apoiaram Fátima, no segundo, não o fizeram por delegação, mas por conveniência de cada um.

  2. François Silvestre diz:

    O bom nessa postagem é ler Vicente Serejo, que faz falta na mídia diária do Estado. Em tempos de mediocridade, a luz é sempre bem vinda. Para Rejane, ele e os seus, meus votos de tempos melhores.

  3. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    De fato, ler Vicente Serejo, constatar a falta dele.

Deixe uma resposta para François Silvestre Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.