quinta-feira - 17/09/2015 - 17:24h
Governo Francisco José Júnior

Rombo na Previ-Mossoró passa dos R$ 15,6 milhões


Documento oficial da Previ mostra que estrago é bem maior (Foto: reprodução)

Durante audiência (veja AQUI) com o Ministério Público do RN (MPRN), na tarde de hoje, 17, o vereador Genivan Vale (Pros) teve acesso a um documento encaminhado ao Conselho Previdenciário de Mossoró pela presidência da entidade. Os números assustam (veja reprodução).

O ofício 300/15 (em anexo)mostra que os débitos da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) com o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ Mossoró) são maiores do que os anteriormente denunciados por ele.

De acordo com o documento, assinado pelo presidente da Previ, Renato Fernandes, o débito do Executivo soma R$ 15.684.135,25. Desse total, R$ 4.737.108,53 é referente a contribuições dos servidores, ou seja, recursos que são recolhidos do salário do servidor e não são repassados a Previ Mossoró.

Afastamento

“Isso é um ato claro de apropriação indébita. Já estamos com o requerimento pronto para pedir o afastamento do prefeito Francisco José Junior para que a denúncia seja investigada. Vamos levar o documento à apreciação em plenário na próxima sessão da Câmara Municipal de Mossoró”, revela o vereador.

Conforme o ofício da presidência da Previ, desde janeiro a Prefeitura de Mossoró não repassa a contribuição patronal da Previ. Já a parte dos servidores, não está sendo repassada à previdência própria desde abril deste ano.

Com informações da Assessoria do Vereador Genivan Vale.

Nota do Blog - Estranho.

Em reunião do Conselho da Previ, no último dia 4, foi informado algo relativamente diferente. Atestou (veja AQUI) que seriam cinco meses de débito patronal e quatro de recolhimento e não repasse da contribuição dos trabalhadores.

Agora, oficialmente, é apresentado um volume de sete meses do patronal.

Por que a discrepância?

Aguarde e acompanhe também por nosso Twitter AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    SETEMBRO NOS RESERVA AGRADÁVEIS SURPRESAS.
    Se tenho Bola de Cristal? Não!
    Eu tenho fontes que me são merecedoras de todo crédito.
    AGUARDEM MAIS BOAS NOTÍCIAS AINDA EM SETEMBRO.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS EM SETEMBRO? VÃO DEIXAR SAL GROSSO PRESCREVER?
    O UNIFORME ESCOLAR NÃO FOI ENTREGUE EM MOSSORÓ.
    EU FOSSE O TOMAZ NETO MOSTRAVA LOGO A CÓPIA DO RELATÓRIO DA AUDITORIA.

Trackbacks

  1. [...] passada (quinta-feira, 17), envolvendo representantes dos servidores, vereadores e Prefeitura (veja AQUI). Por lá, uma surpresa. A Previ afirmou que na verdade, o débito seria de R$ 15.684.135,25 e [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.