sábado - 17/11/2018 - 21:12h
Assembleia Legislativa

Uma oposição sem rosto e sem líderes


A oposição ao futuro governo Fátima Bezerra (PT) na Assembleia Legislativa é ainda um grande quebra-cabeça.

Além de provavelmente minoritária, estará a princípio dispersa entre algumas siglas e sem fortes lideranças dentro e fora desse poder.

O assunto tem outro viés: a necessidade de se dar um tempo à própria governante, em face do que ela herdará.

Não será fácil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Difícil a boa vontade diante do que se vai herdar. Os rostos vão aparecer, basta não serem atendidos em suas pretensões. Praticamente todas as gestões começam esburacadas. Verdade é que a daí está nos estertores da agonia, repito.
    Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais pacientes e bondosas estão nas Calendas Gregas. Vejamos!

  2. Lair solano vale diz:

    Antes de um ano de mandato de Bolsonaro ou Fátima Bezerra , só joga pedra quem é irresponsável ou teve seus interesses contrariados.
    Fui político partidário , hoje não estou inscrito em nenhum partido. Exerço minha cidadania com total liberdade.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.