segunda-feira - 15/08/2022 - 23:54h

Pensando bem…

“A dúvida mata mais sonhos do que o fracasso jamais matará.”

Suzy Kassem

Categoria(s): Pensando bem...
segunda-feira - 15/08/2022 - 21:40h
Pesquisa Band Natal/Seta

Carlos Eduardo e Rogério Marinho estão tecnicamente empatados em Mossoró

A pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa SETA e divulgada pela Band Natal, à noite desta segunda-feira (15), apresentou a intenção de voto dos mossoroenses na eleição para o cargo de Senador.

Os candidatos Carlos Eduardo Alves (PDT) e Rogério Marinho (PL) estão tecnicamente empatados em Mossoró.

Espontânea

Carlos Eduardo: 7,3%

Rogério Marinho: 6,2%

Rafael Motta: 3,8%

Dário Barbosa: 2,3%

Freitas Júnior: 0,8%

Geraldo Pinho: 0,7%

Eduardo: 0,3%

Veterinária Shirley: 0,2%

Não sabe/Não respondeu: 75%

Branco/Nulo/Nenhum: 3,3%

Estimulada

Carlos Eduardo: 15,7%

Rogério Marinho: 13,3%

Rafael Motta: 10%

Dario Barbosa: 3,8%

Freitas Junior: 3,0%

Geraldo Pinho: 2,2%

Veterinária Shirley Medeiros: 1,5%

Não sabe/Não respondeu: 43,3%

Branco/Nulo/Nenhum: 7,2%

Rejeição

Carlos Eduardo: 15,3%

Rogério Marinho: 9,2%

Rafael Motta: 5,0%

Freitas Junior: 4,2%

Dario Barbosa: 3,8%

Veterinária Shirley Medeiros: 2,5%

Geraldo Pinho: 2,0%

Não sabe/Não respondeu: 50,0%

Branco/Nulo/Nenhum: 8,0%

Coletada no dia 06 de agosto, a pesquisa, que possui margem de erro de 4% pontos percentuais para mais ou para menos, ouviu 600 cidadãos residentes em Mossoró e possui taxa de confiança de 95%. A pesquisa tem Registro RN-04289/2022 e BR-01012/2022.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
segunda-feira - 15/08/2022 - 21:10h
Pesquisa Band Natal/Seta

Fátima lidera com 41,2% em Mossoró; Fábio é o segundo com 12%

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa SETA e divulgada pela Band Natal, na noite desta segunda-feira (15), apresentou a intenção de voto dos mossoroenses na eleição para o Governo do Estado.

Espontânea

Fátima Bezerra: 33,2%

Fabio Dantas: 7,2%

Styvenson Valentim: 3,2%

Clorisa Linhares: 1,7%

Daniel Morais: 1,2%

Rodrigo Vieira: 0,5%

Não sabe/Não respondeu: 51,0%

Branco/Nulo/Nenhum: 2,2%

Estimulada

Cenário I

Fátima Bezerra: 41,2%

Fabio Dantas: 12,0%

Styvenson Valentim: 6,0%

Rosália Fernandes: 4,2%

Rodrigo Vieira: 2,5%

Daniel Morais: 2,3%

Clorisa Linhares: 1,8%

Não sabe/Não respondeu: 26,8%

Branco/Nulo/Nenhum: 3,2%

Segundo turno

Simulação I

Fátima Bezerra: 42,0%

Styvenson Valentim: 18,7%

Não sabe/Não respondeu: 29,8%

Branco/Nulo/Nenhum: 9,5%

Simulação II

Fátima Bezerra: 45,3%

Fabio Dantas: 16,0%

Não sabe/Não respondeu: 28,3%

Branco/Nulo/Nenhum: 10,3%

Rejeição

Fátima Bezerra: 16,0%

Styvenson Valentim: 9,8%

Fabio Dantas: 9,0%

Rodrigo Vieira: 5,0%

Clorisa Linhares: 4,2%

Daniel Morais: 3,8%

Rosália Fernandes: 3,5%

Não sabe/Não respondeu: 45,3%

Branco/Nulo/Nenhum: 3,3%

Coletada no dia 06 de agosto, a pesquisa, que possui margem de erro de 4% pontos percentuais para mais ou para menos, ouviu 600 cidadãos residentes em Mossoró e possui taxa de confiança de 95%. A pesquisa tem Registro RN-04289/2022 e BR-01012/2022.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
segunda-feira - 15/08/2022 - 16:22h
Cultura

Escola de Música realiza VII Festival Internacional de Violão

A Escola de Música da Universidade Federal do RN (UFRN) será palco da sétima edição do Festival Internacional de Violão de Natal (VII FIVN). O evento acontecerá a partir dessa quarta-feira (17), indo até o sábado (20). É voltado para estudantes, professores e apreciadores de música, de modo geral.

Violonista, compositor e pesquisador brasileiro Marcos Pereira (Foto: Web)

Violonista, compositor e pesquisador brasileiro Marcos Pereira (Foto: Web)

Contará com a presença de violonistas e pesquisadores renomados do Brasil e do exterior, proporcionando ao público uma verdadeira efervescência cultural. A programação conta com oficinas, palestras e master classes com temas relacionados à música, ao violão e a instrumentos similares, como é o caso do alaúde, instrumento de cordas medieval que teve o seu auge no período renascentista.

Um dos momentos mais importantes será o concerto de abertura, estrelado pelo violonista, compositor e pesquisador brasileiro Marcos Pereira (UFRJ), acompanhado da premiada Orquestra Filarmônica da UFRN, sob a batuta do maestro André Muniz.

Apresentação

A apresentação acontece na quarta-feira, no Auditório da Escola de Música, com credenciamento a partir das 18h e apresentação às 19h. A entrada é gratuita.

O VIIFIVN é um projeto de extensão da Escola de Música da UFRN e prossegue com parceiros como a Arte Musical, PAVIO (Paraíba Violões), Festival de Guitarra José Tomás (Espanha) e nesse ano formou uma importante parceria com a Prefeitura Municipal do Natal.

Para mais informações acesse: www.fivnatal.com.

A programação completa também está disponível no Instagram (@vii_fivn).

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Cultura / Gerais
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
segunda-feira - 15/08/2022 - 15:38h
RN

FM 96 vai divulgar cinco pesquisas eleitorais a partir dessa terça-feira

Pesquisa 96 FM - AgoraSei, segunda pesquisa eleitoral de 2022A 96 FM de Natal começa a divulgar a partir desta terça-feira (16), com exclusividade no Jornal das 6 (18h), uma série de pesquisas realizadas pelo Instituto AgoraSei. Serão levantamentos de intenção de voto para governador, presidente, senador e deputados estadual e federal.

A pesquisa vai medir também a avaliação das gestões estadual e federal.

Ao todo, serão divulgadas cinco rodadas de pesquisa.

Ainda neste mês de agosto, mais uma rodada. Em setembro, tem mais três: uma na primeira quinzena e outras duas na segunda quinzena.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
segunda-feira - 15/08/2022 - 14:50h
Eleições 2022

Começa campanha nessa terça-feira com 9 chapas ao governo do RN

Do TCM Notícia

O site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já está com informações sobre os nove candidatos ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Serão três mulheres e cinco homens. Os potiguares serão os moradores dos estados do Nordeste com mais candidatos ao governo estadual – igualados apenas pelo estado de Sergipe.

Fátima Bezerra (PT), Styvenson Valentim (Podemos) e Fábio Dantas (Solidariedade) são os primeiros colocados (Foto: Reprodução)

Fátima Bezerra (PT), Styvenson Valentim (Podemos) e Fábio Dantas (Solidariedade) são os primeiros colocados (Foto: Reprodução)

Campanha oficialmente começa nessa terça-feira (16) e as eleições vão acontecer dia 2 de outubro próximo.

A governadora Fátima Bezerra tenta a reeleição pela coligação ‘O melhor vai começar’. O grupo de apoio conta com a Federação Brasil da Esperança – que une PT, PC do B e PV, além dos coligados: PDT, MDB, PROS e Republicanos. O candidato a vice de Fátima será o atual deputado federal, Walter Alves do MDB. Ela lidera as pesquisas de intenção de voto.

Em segundo lugar nas pesquisas vem o candidato Capitão Styvenson do Podemos. A vice na chapa é a empresária Francisca Henrique também do Podemos.

Em terceiro, nos levantamentos mais recentes, Fábio Dantas do Solidariedade é o candidato da coligação ‘Muda RN’. Com seu partido estão ainda o PL, União Brasil, PSD, PP e PSC. O candidato a vice será o ex-prefeito de Assu, Ivan Junior, do União Brasil.

Os outros candidatos, por ordem alfabética: Bento do PRTB, que terá como vice, Jura, também do PRTB. Clorisa Linhares do Partido da Mulher Brasileira encabeça a chapa da coligação ‘Frente de Mudança’, que tem como vice Erick Guerra do Patriota. Danniel Morais é candidato ao governo pelo PSOL, com o vice Ronaldo Tavares do mesmo partido. Nazareno Néris do PMN, disputa o Poder Executivo com o vice do mesmo partido, Fernandão.

Rodrigo Vieira será candidato pelo Democracia Cristã, que conta com o vice Carlinhos Paiva também do DC. E por fim, Rosália Fernandes do PSTU, que terá como companheira de chapa na função de vice, Socorro Ribeiro, do PSTU.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
segunda-feira - 15/08/2022 - 11:28h
Senado

Disputa de única vaga guarda fortes emoções no RN

Os candidatos ao Senado Carlos Eduardo Alves (PDT) e Rogério Marinho (PL) polarizaram disputa de uma única vaga a esse poder.

Mas, Rafael Motta (PSB) “pode crescer” dentro da própria campanha.

Veja análise sobre essa contenda eleitoral que promete grandes emoções. Faz parte da entrevista que concedi ao programa PodFalar, da Super TV (Mossoró), na quarta-feira (10), às 20h.

Conversa descontraída com os âncoras Saulo Vale e Jaílton Magalhaes. Confira mais essa postagem e as anteriores clicando nos links abaixo:

Primeiro videoReeleição de Beto Rosado é um tudo ou nada;

Segundo vídeoCandidato precisa assumir lado e suas referências;

Terceiro vídeo: Mossoró poderá eleger até quatro nomes à AL.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
segunda-feira - 15/08/2022 - 09:26h
Experiência ministerial

Bispos da CNBB conhecem estrutura da Diocese de Mossoró

A Diocese de Mossoró faz um balanço da visita de bispos da Regional Nordeste 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Mais de dez bispos dos estados do RN, Paraíba, Alagoas e Pernambuco estiveram em Mossoró entre os dias 8 e 11 deste mês, cumprindo programação diversificada.

Bispos tiveram ampla programação, conhecendo estruturas da Diocese de Mossoró e belezas naturais da região (Foto: Diocese de Mossoró)

Bispos tiveram ampla programação na Diocese de Mossoró, sob condução de Dom Mariano (Foto: Diocese de Mossoró)

A comitiva ficou hospedada na cidade praia de Tibau, distante 30 km da sede da Diocese, em Mossoró/RN. Eles conheceram as estruturas da Cúria Diocesana, Seminário Santa Teresinha, Colégio Diocesano, Faculdade Católica, praias e um dos aspectos fortes econômicos da região, as salinas.

Uma vez por ano os bispos do Regional tiram alguns dias de folga e partem para vivenciar novas experiências. “Fiquei agradecido por terem aceitado o nosso convite para conhecer a minha Diocese e alguns pontos de destaque na região”, comenta o Bispo Diocesano Dom Mariano Manzana, feliz pela convivência mais direta com os irmãos.

Programação

Uma programação especial foi montada pelo Vigário Geral, Padre Flávio Augusto, com apoio de alguns leigos, para que a comitiva se sentisse acolhida e pudesse desfrutar da melhor maneira possível do passeio.

Visita à salina foi um dos pontos da programação (Foto: Diocese de Mossoró)

Visita à salina foi um dos pontos da programação (Foto: Diocese de Mossoró)

Ao conhecerem, por exemplo, toda a estrutura da Faculdade Católica, eles participaram de um almoço preparado pelos alunos do curso de Gastronomia, ao som da poesia popular do poeta mossoroense Antônio Francisco.

“Saímos daqui impressionados com o ministério de Dom Mariano e inspirados na volta para casa”, frisou Dom José Ruy, Bispo de Caruaru.

Antes de partirem para suas dioceses, os bispos aproveitaram as águas calmas do mar de Tibau, andaram de barco e, por fim, foram apresentados às instalações e funcionamento de uma salina, atividade tradicional na região da chamada Costa Branca.

Mossoró e o RN produzem cerca de 97% do sal marinho do país.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
segunda-feira - 15/08/2022 - 08:38h
Deputado estadual

Getúlio Rêgo reúne amigos em busca do 11º mandato consecutivo

O deputado estadual Getúlio Rêgo (PSDB) promoveu evento político nesse sábado (13), em Portalegre (sua terra Natal), no Clube Acep. Denominada de “Encontro Regional com Amigos de Getúlio”, a iniciativa foi ponto de partida oficial à sua 11ª campanha consecutiva à Assembleia Legislativa.

Getúlio foca no décimo mandato consecutivo, quase 40 anos na Assembleia Legislativa (Foto: reprodução do Canal BCS)

Getúlio foca no 10º mandato consecutivo, quase 40 anos na AL (Foto: reprodução do Canal BCS)

Rêgo aglomerou seguidores e amigos da região Oeste e de outras áreas do RN, como o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP) e a ex-governadora e ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP).

O parlamentar é o decano da Assembleia Legislativa. Enfileira dez mandatos desde o pleito de 1982. De lá para cá, repetiu o êxito nas eleições de 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018. Portanto, são quase 40 anos na Casa.

Médico, formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), 78 anos, Getúlio Rêgo foi Líder do Governo na Assembleia Legislativa do RN nos dois períodos de gestão José Agripino (União Brasil) e de Rosalba Ciarlini.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
domingo - 14/08/2022 - 23:58h

Pensando bem…

“Ninguém fica pronto enquanto espera. Somente quando começa a agir.”

John C. Maxwell

Categoria(s): Pensando bem...
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
domingo - 14/08/2022 - 21:54h
Deputado estadual

Mossoró poderá eleger até quatro nomes à Assembleia Legislativa

Nesse trecho da entrevista que concedi ao programa PodFalar, da Super TV (Mossoró), na quarta-feira (10), comento hipótese de Mossoró eleger até quatro deputados estaduais.

Faço uma reconstituição histórica, apontando que essa marca foi obtida em 1974. Mas, já em 2014, não houve sequer um eleito que tivesse o município como principal base.

Acompanhe o bate-papo com os âncoras Saulo Vale e Jailton Magalhães.

P.S – Uma correção à minha fala e memória: em 1978, só Carlos Augusto Rosado foi eleito.

Primeiro videoReeleição de Beto Rosado é um tudo ou nada;

Segundo vídeo: Candidato precisa assumir lado e suas referências.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
domingo - 14/08/2022 - 13:12h

Maranhão – Capítulo I

Por Inácio Augusto de Almeida

Na Magalhães de Almeida, ladeira que leva ao mercado central, já começavam a circular os primeiros ônibus. Pequenos, de carrocerias de madeira, lembravam mais pequenas caixas de fósforos. O sol, ainda tímido, ensaiava iluminar a cidade que teimava em não despertar.mingau-de-maisena_22052020154755

Lopes caminhava em direção ao mingau de arroz da Socorro, o melhor mingau de arroz do Maranhão, e pensava em como era comum as boas intenções provocarem resultados desastrosos.

Lembrava-se de alguns políticos. E ria, ria mostrando os dentes brancos e bonitos. O bonde, talvez o primeiro daquela manhã, passou em direção ao cemitério de São Pantaleão. Sentia um pouco de cansaço. A noite mal dormida, bebera quase até às três com o Arrupiado. Mas o hábito de acordar cedo o colocava de pé junto com o sol. Era sempre assim.

A negra gorda, com um avental de duas semanas, foi logo enchendo o copo do seu mais fiel cliente. E com um sorriso puro: Diga, meu compadre. Diga aquela fala bonita que todo dia você diz.

Lopes a olhou bem dentro dos olhos. Sentiu o mingau quente a queimar-lhe a língua e soltou:

– As almas não morrem.

– Como é esta estória, compadre?

Lopes tomou outro gole de mingau. Passou as costas da mão na boca e, meio rindo meio sério, repetiu:

– As almas não morrem, comadre. Nunca, nunca morrem!

– Como assim?

– A comadre já viu o enterro de alguma?

Pagou o mingau com uma moeda, beijou a testa da Socorro e mais nada disse.

Enquanto atendia a outros fregueses, entre eles um menino de cabelos cortados à escovinha, vestido numa calça de jeans barato e já muito gasto, a minguazeira resmungava que o compadre Lopes não ia muito bem da bola. Ou é muito sono, ou juízo meio fraco. Diamba eu sei que não é. O compadre não é destas coisas.

Inácio Augusto de Almeida – Boêmio/Sonhador

(Continua no próximo domingo)

Categoria(s): Conto/Romance
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
domingo - 14/08/2022 - 12:00h
Fábio Dantas

Candidato precisa assumir lado e suas referências

No programa PodFalar da Super TV (Mossoró) dessa quarta-feira (10), na roda de conversa com os âncoras jornalista Saulo Vale e advogado Jailton Magalhaes, falamos sobre postura do candidato a governador Fábio Dantas (Solidariedade).

Acompanhe mais esse trecho do programa e nosso ponto de vista.

Primeiro video: Reeleição de Beto Rosado é um tudo ou nada.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
domingo - 14/08/2022 - 10:50h

O que acontece com Trump

Por Ney Lopes

A política internacional vem sendo agitada desde a última segunda, 8, quando a mansão do ex-presidente americano Donald Trump no Estado da Florida foi ocupada alguns instantes por agentes da polícia federal americana (FBI) e que eles inclusive teriam arrombado um cofre de sua casa.

Donald Trump (Foto: arquivo)

Donald Trump (Foto: arquivo)

O ex-presidente estava em NY na ocasião.

A busca, com ordem judicial, fez parte de uma investigação sobre documentos oficiais violados pelo ex-presidente republicano.

Por lei, os presidentes estão obrigados a transferirem todas as cartas, documentos de trabalho e emails para os Arquivos Nacionais, sendo que Trump é acusado também de destruir vários registros quando ainda estava na Casa Branca.

Especialistas dizem que para uma operação dessa natureza receber autorização judicial é preciso haver praticamente a confirmação de crimes praticados.

Trump é acusado de ter rasgado ilegalmente muitos documentos.

Em um livro a ser publicado, Confidence Man, a jornalista do New York Times Maggie Haberman alega que funcionários da Casa Branca ocasionalmente encontravam pedaços de papel entupindo vasos sanitários.

A jornalista obteve fotos que, segundo ela, mostram papéis em um vaso sanitário da Casa Branca.

Há décadas, o Departamento de Justiça americano segue a doutrina, expressa em dois memorandos vinculantes de 1973 e 2000, de que um presidente não pode ser processado no exercício do mandato.

Após deixar a Casa Branca, porém, essa proteção desaparece.

O processo contra Trump, diante de provas materiais colhidos, é passo sem precedentes nos Estados Unidos.

A operação na mansão de Trump ocorre em meio a notícias de que o republicano se prepara para voltar a concorrer à Presidência em 2024.

Um funcionário de alto escalão da Casa Branca disse à imprensa que o governo do presidente Joe Biden não foi avisado da busca do FBI.

São várias as acusações contra Trump.

O ex-presidente violou a lei ao tentar evitar a derrota nas eleições de novembro de 2021 e instigar o ataque ao Capitólio.

Na lei significa conspirar para fraudar as eleições e derrubar o governo eleito.

Trump arrecadou 250 milhões de dólares dos seus apoiantes para ir ao tribunal provar que as eleições lhe foram roubadas.

Contudo, a maior parte do dinheiro foi usado para outros propósitos.

A 2 de janeiro de 2021, Trump telefonou ao secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, e pediu-lhe para “encontrar” os votos necessários para reverter a sua derrota no estado.

Por isso é acusado de conspiração para cometer fraude eleitoral, solicitação criminosa para cometer fraude eleitoral e interferência intencional no desempenho das funções eleitorais.

Outra lei vigente é a que proíbe a ocultação, remoção ou mutilação deliberada de registros do governo.

Essa lei ameaça como punição a desqualificação “de ocupar qualquer cargo nos Estados Unidos”.

Traduz, em outras palavras, a inelegibilidade de Trump em 2024.

Fatos realmente constrangedores acontecem na maior democracia global.

Porém, é necessário apurá-los com rigor, sobretudo para que seja possível defender a democracia pelas vias legais e nunca pela violência ou golpes de estado.

Ney Lopes é jornalista, advogado e ex-deputado federal

Categoria(s): Artigo
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
domingo - 14/08/2022 - 09:42h

Aí complica

Por Marcelo Alves

Sean Connery em 1964, no filme 007 contra Goldfinger (Foto: reprodução)

Sean Connery em 1964, no filme 007 contra Goldfinger (Foto: reprodução)

Eu sempre digo e repito que, das franquias do cinema, a minha preferida é, de longe, a que tem como protagonista o espião 007. Eu sempre invejei – inveja, boa – o Bond, James Bond. Suas aventuras, sejam na pele de Sean Connery, de Roger Moore ou de qualquer dos seus sucessores. E, sobretudo, cobicei as bond girls. Honor Blackman, Diana Rigg, Lois Chiles, Maud Adams e a oficiosa Kim Basinger, entre as minhas preferidas. Mas isso, falo da minha simpatia para com as bond girls, que fique cá entre nós.

Como sabemos, James Bond e suas aventuras são uma criação do britânico Ian Fleming (1908-1964), mestre dos romances de espionagem. “Casino Royale”, de 1953, é o primeiro título da série de enorme sucesso. Ele já nos mostra um espião 007 “charmoso, sofisticado, bonito, friamente implacável e mortal”, como consta da edição que possuo da obra, em inglês, da Penguin Books, de 2006. E as estórias de Bond foram transpostas para a tela grande.

O filme de estreia foi “Dr. No” (“007 contra o satânico Dr. No”, no Brasil), de 1962, com direção de Terence Young e com Sean Connery e Ursula Andress no elenco, entre outros. O legado da dupla Fleming/Bond é indiscutível. E o sucesso no cinema foi e é mais que estrondoso.

Todavia, estes dias, revisando as minhas anotações do já distante ano de 2013, anotações que sempre faço para poder escrever as minhas crônicas, acabei reencontrando uma reportagem alarmante da Folha de São Paulo: “Estudo diz que James Bond era alcoólatra com risco de cirrose e impotência”. E ainda confirmei a informação numa matéria, da mesma época, da BBC/Brasil: “De tanto beber, James Bond seria impotente, dizem médicos”. Aí a coisa complica!

Entre outras “maldades”, relata a Folha: “O famoso espião britânico James Bond corria o risco de sofrer de ‘cirrose, impotência e outros problemas de saúde’ devido ao seu alcoolismo, segundo um estudo publicado nesta sexta-feira (13) pela revista científica British Medical Journal (BMJ). A pesquisa, divulgada em uma edição especial de Natal do BMJ e baseada na análise dos 14 romances de Ian Fleming, concluiu que o Agente 007 consumia cinco martínis (‘batido, não mexido’, como costumava pedir) por dia e que seus hábitos de consumo podiam gerar ‘risco de morte’. De acordo com o estudo, realizado por pesquisadores de Nottingham e Derby (Inglaterra), Bond ingeria 92 unidades de álcool (736 gramas) por semana, taxa quatro vezes maior que o máximo recomendado no Reino Unido para um homem. Ao todo, 007 consumiu 1.150 unidades de álcool (9.200 gramas) em 88 dias e ficou apenas 13 dias sem beber ao longo de todos os livros. ‘O nível de funcionamento físico, mental e sexual de Bond é incompatível com o nível de álcool que consumia’, conclui o estudo, acrescentando ainda que Bond ‘não era um homem confiável para desativar uma bomba nuclear’”.

Eu também não sou confiável para desarmar a tal bomba atômica, mas essa de cirrose e impotência é de lascar.

Estou até meio indignado. E tenho as minhas contraditas a essas “aleivosias” dos especialistas britânicos, até porque, segundo a BBC, os médicos “deixaram claro que suas observações não vieram de um estudo científico, mas apenas de anotações coletadas após leituras nas horas vagas (…)”. Assim, até eu posso dar alguns “pitacos”.

Primeiramente, os mais famosos Bonds, Sean Connery (1930-2020) e Roger Moore (1927-2017), só vieram a falecer nonagenárJames Bond, espião ios, o que não é pouco. George Lazenby (1939-), octogenário, mesmo com a esposa morta em “007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade”, está ainda entre nós. E, pelo que sei, os mais jovens, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig, “vão muito bem, obrigado”.

Ademais, de 2013 para cá, já vieram mais dois filmes da série, “007 – Contra Spectre” (2015) e “007 – Sem Tempo para Morrer” (2021), ambos sucessos retumbantes de crítica e público. E a coisa não para: a atual produtora da série já revelou estar em busca de um novo ator para o papel do protagonista Bond, James Bond. Quem sabe não me ofereço?

Por fim, de toda sorte, pedia sempre Bond “Vodca martíni, batido, não mexido” (“shaken, not stirred”, no idioma de Fleming). De minha parte, descomplicando, a partir de agora, só bebo uísque ou uma boa cachacinha.

Marcelo Alves Dias de Souza é procurador regional da República e doutor em Direito (PhD in Law) pelo King’s College London – KCL

Categoria(s): Crônica
domingo - 14/08/2022 - 08:42h
Plano de Governo

Após criticar, Styvenson escala professores da Uern para sua equipe

Um grupo de professores de Economia da Universidade do Estado do RN (UERN) foi escalado para fazer parte da equipe do senador Styvenson Valentim (Podemos), candidato a governador do RN. Outros ainda poderão compor esse elenco.

Professores conversam de forma remota com o candidato Styvenson (Foto: reprodução do Canal BCS)

Professores conversam de forma remota com o candidato Styvenson (Foto: reprodução do Canal BCS)

Eles vão formular o desenvolvimento de ações de planejamento/orçamento do estado do RN, como propostas de governo do candidato.

“As ações serão dadas no assessoramento de informações, políticas/medidas visando uma maior eficiência na utilização dos recursos”, explica o professor-doutor Leovigildo Cavalcanti.

Parte desta equipe ainda é composta pelos seguintes nomes: Prof. Dr. Rodolfo Ferreira, Dr. Francisco Soares, Prof. Me Leonildo Tchapas e Arthur Néo.

Nota do Canal BCS (Blog Carlos Santos) – Viva! Há poucos dias no debate entre candidatos ao governo, organizado pela TV Band Natal, Valentim execrou a Uern:  “Leva recursos públicos que poderiam estar dando mais retornos para a sociedade, não só na formação, mas também na fiscalização, na manutenção. Até mesmo com a parte de engenharia para adiantar obras” (sic).

Mesmo não tendo cursos de engenharia, a Uern pode ser útil ao candidato. Faça bom uso, Valentim. E aprenda mais um pouco sobre a própria instituição.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2022 / Política
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
domingo - 14/08/2022 - 08:10h

O requisito da relevância no Recurso Especial

Por Odemirton Filho

Uma das críticas dirigidas pela sociedade ao Poder Judiciário é a quantidade de recursos existentes no nosso sistema processual, o que torna demorado o trânsito em julgado, ou seja, a possibilidade da não interposição de qualquer recurso.Justiça lenta, morosidade, processo antigo, charge,

Entretanto, o duplo grau de jurisdição assegura a parte que perdeu uma ação julgada pelo juiz em primeira instância a possibilidade de revisão do julgado, garantindo-se a reforma de uma decisão injusta.

Conforme a saudosa professora Ada Pellegrini: “o principal fundamento para a manutenção do princípio do duplo grau de jurisdição é de natureza política: nenhum ato estatal pode ficar imune aos necessários controles”.

No âmbito do Processo Civil existem os seguintes recursos que podem ser interpostos pelas partes: apelação; agravo de instrumento; agravo interno; embargos de declaração; recurso ordinário; recurso especial; recurso extraordinário; agravo em recurso especial ou extraordinário e embargos de divergência. Afora outros incidentes que podem ser apresentados.

Pois bem. Visando impor limites, a Emenda Constitucional n. 125 alterou o art. 105 da Constituição Federal para instituir no Recurso Especial o requisito da relevância das questões de direito federal infraconstitucional.

Assim, no Recurso Especial, o recorrente deve demonstrar a relevância das questões de direito federal infraconstitucional discutidas no caso, nos termos da lei, a fim de que a admissão do recurso seja examinada pelo Tribunal, o qual somente pode dele não conhecer com base nesse motivo pela manifestação de 2/3 (dois terços) dos membros do órgão competente para o julgamento.

Haverá a relevância nos seguintes casos: ações penais; ações de improbidade administrativa; ações cujo valor da causa ultrapasse 500 (quinhentos) salários mínimos; ações que possam gerar inelegibilidade; nas hipóteses em que o acórdão recorrido contrariar jurisprudência dominante o Superior Tribunal de Justiça e outras hipóteses previstas em lei.

Objetiva-se diminuir a quantidade de Recursos Especiais interpostos perante o STJ, privilegiando o julgamento dos Tribunais de segunda instância.

De acordo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, “é uma saída contundente para a crise de congestionamento e para a avalanche de casos que chegam ao STJ”. Destaque-se que o STJ recebe anualmente mais de 10 mil novos processos para cada um dos trinta e três ministros.

No Recurso Extraordinário para o Supremo Tribunal Federal existe regra semelhante, uma vez que o recorrente deverá demonstrar a repercussão geral das questões constitucionais discutidas no caso, nos termos da lei, a fim de que o Tribunal examine a admissão do recurso, somente podendo recusá-lo pela manifestação de dois terços de seus membros.

É um avanço, sem dúvida, pois a todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação, conforme determina a Constituição Federal.

Odemirton Filho é bacharel em Direito e oficial de Justiça

Categoria(s): Artigo
domingo - 14/08/2022 - 05:32h

Memórias do vento enquanto fogo

Por Marcos Ferreira

Somos inúmeros e estamos em toda parte o tempo todo, embora em quantidades às vezes mínimas, imperceptíveis. Diversidade é uma das nossas principais características. Há quem se engane, porém, achando que somos um único fenômeno atmosférico, que o vento que sopra no Alasca ou na Sibéria é o mesmo que abrange o deserto do Saara.ventos, ventania,

Não. Mas é como se possuíssemos o dom da ubiquidade, da onipresença, e nos tornamos tão essenciais para a vida quanto a água e o Sol, apesar de tanta destruição que já causamos e continuaremos a causar. Fomos criados para corrermos livres por este mundo sem termos que prestar contas com nada nem ninguém.

Em certas condições e lugares, a depender também da cultura de alguns povos, chamam-nos de nomes exóticos e estrambóticos. Normalmente somos conhecidos por palavras como ciclone, tufão, tornado, furacão, etc. e tal. Há ensejos em que atingimos velocidades da ordem de quase quinhentos quilômetros horários, no caso dos tornados. Aí pouca coisa continua de pé após nossa passagem. Os supersticiosos, ao surgirmos com pequena intensidade, nos chamam até de Saci Pererê.

Isto, contudo, são histórias da carochinha, folclore brasileiro. Na realidade, acreditem, não temos nada de fantástico ou prosaico.

Dessa maneira, gostem ou não, foi como o Criador nos fez. Eu, por exemplo, já varri diversas áreas, continentes, remotas regiões deste fabuloso planeta Terra, estive em quase todas as vastidões e recantos do globo, enveredei pela garganta dos maiores e piores vulcões em atividade e percorri desde o polo ártico ao polo antártico. Atualmente, depois de centenas de milênios de serviços prestados, tendo presenciado o surgimento do Homem e seu processo de autodestruição, que segue em ritmo avançado, limitei-me aos domínios desta cidadezinha para descansar um pouco e observar os seus mortais com maior atenção. Por que exatamente não sei lhes dizer.

Pretendo ficar por aqui como regente ventígeno destas cercanias até que o Todo-poderoso resolva me designar para outro cafundório. Esta província, pelo que noto, pode ser do meu agrado. Se algo me enfurecer, entretanto, posso me transformar num furacão de elevada magnitude e devastar esta vila e esses matutos metidos a cosmopolitas. Isto, na verdade, é bem pouco provável. Muitíssimo improvável, aliás. Porque essa gente é tão previsível e entediante que chega a me dar sono.

Então, diferentemente de outras épocas e de como atuei noutros pontos, aqui circulo apenas como uma tépida e ordeira brisa na maior parte do tempo. Durante as madrugadas, segundo os referidos matutos, eu sou o que eles chamam poeticamente de cruviana, um ventinho frio e bem-vindo que embala o sono dos munícipes. Esta, todavia, é a minha forma agradável, boazinha. O que eles não sabem, nem vocês conhecem, é a minha real natureza — o fogo. Sim. Se não sabiam, que fiquem logo sabendo. O fogo só existe a partir de mim, do oxigênio e da combustão de materiais inflamáveis, isto que é propagado e pode ser resumido tão só como o ar em movimento.

Trocando em miúdos, se ainda não me fiz entender, sou o vento. Enquanto fogo, convertido em chamas, fui devastador, implacável na maioria das ocasiões em que avancei — desde os tempos imemoriais — sobre cidadelas, pequenos e grandes lares, imponentes edifícios e palácios suntuosos, templos, florestas, vilarejos e plataformas de petróleo, ceifando vidas humanas, de animais e vegetais.

Há poucos meses, investido do fogo, como eu disse, castiguei duramente a Amazônia brasileira. Pois, graças à negligência de um presidente da República insensível, e de um ministro do meio ambiente visto como notório traficante de madeira, encontrei as condições ideais para promover a morte e destruição de importante parcela da fauna e da flora. Agora me estabeleci aqui. Outro do meu tipo e equivalência assumiu a tarefa de multiplicar os vários focos de incêndio na floresta.

Por dever do ofício, digo sem orgulho algum que fui coadjuvante daquela desgraça toda, pois o Homem, este sim, é sempre o protagonista. Então, para ser franco, estou cansado desta vida trágica, fatídica, violenta. Já solicitei e aguardo uma audiência com o Criador para dar entrada na minha aposentadoria.

Acho que escolherei passar o restante da minha eternidade nesta insólita Mossoró, terrinha calorenta, de pessoas boas e também de um monte de sem-vergonhas, como ocorre em toda parte.

Pretendo trilhar estas ruas, becos e avenidas informalmente, aqui e ali jogando uma poeirinha do solo árido sobre todo mundo. Mas nada pessoal, claro. Hoje, portanto, a minha ambição é esta: pendurar as chuteiras e ser, durante a madrugada, não mais do que uma simples cruviana. Se Deus quiser.

Marcos Ferreira é escritor

Categoria(s): Crônica
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
sábado - 13/08/2022 - 23:58h

Pensando bem…

“Gente grande de verdade sabe que é pequena e por isso cresce. Gente muito pequena acha que já é grande e o único modo de ela crescer é diminuir outras pessoas.”

Mario Sergio Cortella

Categoria(s): Pensando bem...
sábado - 13/08/2022 - 23:30h
Série D

América vence Moto Club novamente e fica mais perto da Série C

O América avança às quartas de final na Série D 2022 do Brasileirão de futebol do país. Voltou a vencer o Moto Club de São Luís do Maranhão, na casa do adversário, neste sábado (13).

O time alvirrubro natalense ganhou de 0 x 1, gol de Wallace Pernambucano. Já tinha vencido no fim de semana passado no Arena das Dunas, o mesmo adversário, por 2 x 1.

Com a vitória, o Mecão aguarda seu próximo adversário, que será definido depois da classificação geral entre os oito times que vão para o mata-mata decisivo.

Está cada dia mais perto o acesso à Série C.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Esporte
  • Repet
sábado - 13/08/2022 - 11:40h
Rosalbismo

Reeleição de Beto Rosado é um tudo ou nada

Veja trecho de bate-papo no programa PodFalar da Super TV, nessa última quarta-feira (10), às 20h.

A conversa agradável demais com o jornalista Saulo Vale e o Advogado Jailton Magalhães, âncoras do programa, teve vários assuntos em pauta, da vida pessoal à política, além da atividade jornalística.

Nesse trecho, eu falo sobre importância para o rosalbismo da reeleição do deputado federal Beto Rosado (PP).

E também rabisco reflexão sobre os ciclos da vida.

Espaço para falar do entendimento pessoal de que preciso “estirar o tapete” para o novo e valorosos talentos do jornalismo.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2020 / Opinião da Coluna do Herzog / Política
sábado - 13/08/2022 - 10:46h
Lindona!

A lua de agosto

Foto de Genário Freire foi feita à noite dessa sexta-feira, 12, em Mossoró

Foto de Genário Freire foi feita à noite dessa sexta-feira, 12, em Mossoró

Close na lindona, a lua de agosto no sertão – Mossoró.

Clique à eternização do médico-fotógrafo Genário Freire: sexta-feira, 12 de Agosto de 2022.

Deslumbrante.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Categoria(s): Gerais
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2022. Todos os Direitos Reservados.