terça-feira - 24/11/2020 - 23:00h
Justiça

Ex-deputado federal vira réu em mais uma ação

Por Mariana Muniz (coluna Radar/Veja)

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves, o empresário Joesley Batista e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud, viraram réus por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa dois eleitoral – no caso que veio a tona em 2017, após a declaração premiada de Saud.

A justiça eleitoral do Rio Grande do Norte recebeu a denúncia apresentada pelo Ministério Público eleitoral no último dia 23 de outubro. A decisão é da juíza eleitoral Hadja Holanda de Alencar, da segunda zona eleitoral de Natal.

Segundo a denúncia, o ex-deputado Federal solicitou a empresa dos irmãos Batista o pagamento de vantagens indevidas para custeio de sua campanha eleitoral ao Governo do RN em 2014, tendo recebido R$2.936.000,00 milhões de reais.

Nas palavras da promotora eleitoral Iara Pinheiro de Albuquerque, que assina o documento, os crimes foram cometidos por Henrique Eduardo Alves “motivado pela ganância de ser eleito Governador do Rio Grande do Norte”.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 24/11/2020 - 22:52h
Segurança Pública

Concurso à Polícia Civil é anunciado por governadora

Após 12 anos sem renovação no quadro da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN), a governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou que o edital do concurso público para delegados, agentes e escrivães, no total de 301 vagas, será publicado na edição desta quarta-feira (25), no Diário Oficial do RN.

Fátima Bezerra lembrou que concurso é compromisso seu (Foto: Assecom/RN)

“É com muita alegria que comunico mais um passo muito importante no Governo do Estado na área da segurança pública. Trata-se de um compromisso que eu havia assumido quando candidata em 2018 e, portanto, como é marca desta gestão, mais um compromisso assumido”, disse a chefe do Executivo estadual.

Reserva de vagas

O edital trará a oferta de 301 vagas: 47 para delegados, 24 para escrivães e 230 para agentes. Segundo a Comissão Especial do Concurso, em princípio, haverá reserva de vagas para deficientes em todos os cargos, em razão da exigência da lei.

A previsão para convocação dos novos concursados é de que ocorra no ano de 2022.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Segurança Pública/Polícia
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
terça-feira - 24/11/2020 - 22:28h
Alô, você!

Morre o jornalista esportivo Fernando Vanucci

Do Globo Esporte

Morreu nesta terça-feira em São Paulo, aos 69 anos, o jornalista Fernando Vannucci. Locutor, apresentador e comentarista esportivo, Vannucci deixa quatro filhos. A causa da morte foi infarto. Velório e sepultamento devem ocorrer no Rio de Janeiro (assista acima homenagens a Fernando Vannucci).

Fernando Vanucci tinha saúde debilitada desde o ano passado (Foto: Web)

O jornalista passou mal pela manhã, socorrido pela empregada e levado ao Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo. No entanto, não resistiu.

Vannucci já havia sofrido um infarto em 2019 e colocado um marca-passo. Desde então, tinha a saúde comprometida.

Nascido em Uberaba, no Triângulo Mineiro, Fernando Vannucci trabalhou na Globo Minas entre 1973 e 1977. Em seguida, passou a trabalhar no Rio de Janeiro, apresentando diversos programas, como Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Fantástico.

Na passagem pela Globo, Fernando Vannucci cobriu seis Copas do Mundo: 1978, 1982, 1986, 1990, 1994 e 1998. Ainda ficou marcado pela criação do bordão “Alô, você!”.

Ele também trabalhou em TV Bandeirantes, TV Record, Rede TV e Rede Brasil de Televisão.

Nota do Blog – Comunicador nato, de linguagem leve, coloquial, com profunda empatia com o público. Vi-o milhares de vezes na tela.

Que descanse em paz!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação
terça-feira - 24/11/2020 - 22:08h
Fim de gestão

Rosalba apresenta sua equipe para transição de governo

A Prefeitura de Mossoró anuncia a formação da equipe de transição, com o objetivo de dar transparência e facilitar o fluxo de informações para a próxima gestão que assume a chefia do Executivo Municipal.

Pedro, Jacqueline, Karina, Fátima, Aldo e Anselmo fazem parte da equipe de Rosalba (Fotomontagem BSV)

Em comunicado oficial, a gestão da prefeita não reeleita Rosalba Ciarlini (PP) anunciou nessa terça-feira (24) os seguintes nomes:

Anselmo Carvalho, consultor do Município;

Pedro Almeida, secretário de Administração;

Jacqueline Amaral, chefe de Gabinete;

Aldo Fernandes, secretário de Planejamento;

Fátima Marques, controladora do Município;

Karina Ferreira, procuradora geral do Município.

A publicação da lista com os nomes da atual gestão estará disponível no Jornal Oficial de Mossoró, edição de amanhã, 25.

O outro lado

No dia passado, o prefeito eleito Allyson Bezerra (Solidariedade) comunicou oficialmente à municipalidade os nomes dos integrantes de sua equipe de transição. São oito integrantes.

Veja AQUI.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
terça-feira - 24/11/2020 - 21:34h
Pós-eleições

Câmara Municipal mais uma vez não tem quórum

Virou rotina.

Pelo visto, a maior parte dos vereadores mossoroenses, derrotados ou não, ainda não conseguiu retomar rotina de trabalho.

Nessa terça-feira (24), mais uma vez não houve quórum.

Nada foi deliberado.

Nadica de nada.

Amanhã tem mais.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 24/11/2020 - 21:18h
Saúde pública

Testagem contra Covid-19 não atende à procura

Na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Belo Horizonte em Mossoró, as filas se formam e não são plenamente atendidas, para testagem relativa à Covid-19.

Filas estão se formando diariamente, mas prefeitura não consegue atender à demanda (Foto: cedida)

Hoje (terça-feira, 24), mais uma vez a demanda não foi coberta pela disponilidade de exames.

O problema é diário.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Saúde
  • Art&C - PMM - Arborização - Julho de 2022
terça-feira - 24/11/2020 - 20:50h
HRTM

Inadiável mudança está bem próxima

Vem mudanças por aí no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

Há muitos meses essas alterações em seu quadro dirigente vêm sendo adiada e quase ocorriam em meio à própria pandemia.

Mas, informações que correm nos corredores do hospital e fora dele, apontam para inadiável mudança.

Ouvido ao chão, como bom índio Sioux, Apache, Comanche, Cheyenne, Navajo ou Cherokee.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
terça-feira - 24/11/2020 - 20:28h
Sobrevivência

Sandrismo volta seus olhos para aliança com Fátima Bezerra

Grupo de Sandra Rosado deverá deixar para trás a precária 'união' com Rosalba que só foi útil à ela

A partir de 1º de janeiro, o grupo da atual vereadora (que não tentou reeleição) Sandra Rosado (PSDB) estará livre para novas alianças e acordos políticos. E, é certo, que não vai ficar de braços cruzados, com a boca cheia de dentes, esperando a morte política chegar.

"União" em 2016 só foi útil para rosalbismo (Foto: arquivo)

A não reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), em 2020, acaba abrindo as portas de vez para que Sandra e a vereadora eleita Larissa Rosado (PSDB) possam cogitar e formalizar mudança de rumo. Uma aliança com a governadora Fátima Bezerra (PT) é claramente possível e provável.

A sombra do rosalbismo, num acordo costurado à campanha municipal de 2016, não fez bem ao sandrismo-rosadismo nesse espaço de tempo. Apenas arranchou alguns de seus membros na municipalidade. A “união” foi e é de araque.

A porta está aberta para entendimento com Fátima e o PT, o que quase já se confirmara no início de setembro passado (veja AQUI e AQUI), quando rusgas explícitas nas relações entre rosalbismo e sandrismo quase levaram Sandra a apoiar a deputada estadual Isolda Dantas (PT) a prefeito. Foi por pouco que o entendimento não se efetivou.

Penduricalhos

Precisando de espaços políticos para tentar outra vez mandato à Assembleia Legislativa, com Larissa, o sandrismo no Governo do RN terá maiores meios a esse projeto. O rosalbismo já deu o que tinha que dar. Foi bom principalmente à própria Rosalba e seu sistema.

Sandra e Larissa não passam e não passaram de penduricalhos aos olhos da prefeita e do líder e primo Carlos Augusto Rosado. De janeiro em diante, pesarão menos. Serão menos atraentes.

Os planos do rosalbismo para 2020 deverão ser ainda mais fechados e restritivos, bem caseiros. Rosalba, que chegou a sonhar em retorno ao Senado, deverá se contentar em lutar por uma vaga na Câmara Federal ou Assembleia Legislativa, em dobradinha meramente familiar com Beto Rosado (PP) – atual federal.

Sandra e Larissa não cabem nesse roteiro. Já deram o que tinham que dar. E Fátima Bezerra manteve a porta aberta para o grupo, mesmo com desenlace aquém do esperado, em setembro (veja AQUI). E tem mais um detalhe: no plano estadual, o PSDB de ambas já é da base de apoio à administração Fátima Bezerra, sob a liderança do presidente da legenda e da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira.

Está tudo em casa!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
segunda-feira - 23/11/2020 - 23:58h

Pensando bem…

“O que importa é aquilo que você aprende depois de saber.”

John Wooden

Categoria(s): Pensando bem...
segunda-feira - 23/11/2020 - 23:46h
Covid-19

Câmara higieniza salas e testará servidores da Casa

sanitização garantida (Foto: Edilberto Barros)

A Câmara Municipal de Mossoró continua prevenção à Covid-19. Hoje à tarde (segunda-feira, 23), higienizou ambientes de uso coletivo – recepção, plenário, banheiros, gabinetes, entre outros.

A sanitização foi feita por empresa especializada, com produto adequado.

Quarta-feira (25), das 8h às 13h, o Legislativo oferecerá testagem rápida para servidores da Casa, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Os testes serão aplicados em efetivos, comissionados e terceirizados, no setor de Saúde/Assistência Social da CMM.

Trata-se de medidas preventivas, segundo a presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB). Embora o vereador Raério Araújo (PSD) tenha testado positivo, não há relatos de servidores com sintomas de Covid.

Mesmo assim, recomendou-se trabalho remoto a assessores dele.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
segunda-feira - 23/11/2020 - 23:16h
Eleições 2020

MP Eleitoral investiga possível candidatura fictícia

Lucilene: suspeição (Foto: TSE)

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte solicitou apuração de possível candidatura fictícia de Lucilene da Silva Costa ao cargo de vereadora no município de Serrinha, a 80 km de Natal. O objetivo seria fraudar a cota de gênero prevista na legislação, que determina o mínimo de 30% (trinta por cento) de candidaturas femininas por partido.

O caso será investigado pela Promotoria Eleitoral da 13a Zona.

De acordo com o MP Eleitoral, Lucilene, candidata pelo Partido Verde, não tem filiação a partido político e não obteve um voto sequer no pleito do último dia 15 de novembro.

O Tribunal Superior Eleitoral entende que a fraude à cota de gênero pode ensejar anulação dos votos dos demais candidatos da chapa proporcional. Dessa forma, a candidata e seus coligados poderão responder a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) e também a posterior Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME).

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2020 / Política
segunda-feira - 23/11/2020 - 17:34h
Série D

Potiguar ganha de 5 x 3 e mantém esperança de classificação

Do Globo Esporte

Em jogo bastante movimentado, com direito a duas viradas, o Potiguar bateu o Coruripe por 5 a 3 na tarde desta segunda-feira e segue vivo na briga por uma vaga para o mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado no Estádio Frasqueirão, em Natal.

Com o resultado, a equipe de Mossoró chegou a 18 pontos e ocupa a quinta posição do Grupo 4. O Coruripe, com a mesma pontuação, mas com uma vitória a mais, é o quarto colocado. Os dois times disputam a última vaga da chave com o Central, que também tem 18 pontos, no sexto lugar.

O jogo

O Potiguar abriu 2 a 0 em 10 minutos de jogo, com dois gols do meia André Beleza. Leandro Sardinha, de pênalti, diminuiu e Vini Souza deixou tudo igual aos 25 minutos. Vini Souza conseguiu a virada ainda no primeiro tempo, também em cobrança de pênalti.

Hudson empatou no início da segunda etapa. O Potiguar se manteve no campo de ataque, martelou, criou boas oportunidades, e conseguiu a vitória com gol de Diego Viana, em chute de fora da área, aos 41 minutos. Nos acréscimos, Anderson soltou a bomba para fazer o quinto e fechar o placar.

Rodada decisiva

Na última rodada da primeira fase, marcada para sexta-feira, o Coruripe recebe o Vitória da Conquista no Estádio Gerson Amaral. O Potiguar encara o Freipaulistano fora de casa. O Central terá pela frente o lanterna Jaciobá em Caruaru.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Esporte
  • Repet
segunda-feira - 23/11/2020 - 17:10h
Economia

Mossoró Oil & Gas 2020 Expo começa nessa segunda-feira

O Mossoró Oil & Gas 2020 Expo será aberto hoje (segunda-feira, 23), às 20h, no Hotel Garbos. Seguirá até o dia 26 (quinta-feira), com programação técnica e científica. Confirmam presença na abertura Governo Federal, Governo do Estado, Prefeitura de Mossoró, Sebrae, Fiern, entidades de petróleo e gás, entre outras organizações.

A governadora Fátima Bezerra (PT) confirmou presença na abertura do evento.

Evento nacional, o Mossoró Oil & Gas 2020 é focado no setor de exploração e produção de petróleo onshore do Brasil. A proposta central é discutir a extração em terra e águas rasas e a cadeia produtiva, e incluir fornecedores de bens e serviços nesse segmento.

Mossoró OIl & Gas Expo 2019 tem a versão este ano de forma híbrida (Foto: Eduardo Mendonça-Assecom Ufersa/arquivo)

Este ano, será híbrido (virtual e presencial) por causa da pandemia de Covid-19. Manterá, porém, a mesma grade de 2019: painéis, estandes virtuais, rodada de negócios, pela plataforma EventMobi; e o II Simpósio de Petróleo e Gás do Onshore Brasileiro, através da plataforma Doity. Algumas atividades, como a abertura, serão presenciais.

Programação

Outra atração será o Mesa Reate – evento nacional sobre Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (REATE 2020), do Governo Federal. O Mesa Reate ocupará a agenda do dia 24 e é mais uma etapa da política federal de revitalização do onshore.

Dia 25, a programação reserva, na Arena Inovação, apresentação de dez empresas inovadoras (8h às 12h); rodada de negócios (8h às 12h); Simpósio de Petróleo e Gás do Onshore Brasileiro – trabalhos acadêmicos (8h às 18h).  Na Arena Petróleo e Gás, no mesmo dia, haverá o Seminário de Segurança Operacional e Meio Ambiente Terrestre (Somat), das 9h às 13h; painéis Novo Mercado do Gás (14h às 15h30) e Oportunidades de negócios no Onshore Brasileiro (16h às 17h30).

A Arena Inovação e a rodada de negócios continuarão dia 26 (8h às 12h), como o Simpósio de Petróleo e Gás do Onshore Brasileiro (8h às 12h). Os painéis na Arena Petróleo e Gás serão Oportunidades e desafios para os fornecedores da Cadeia de Óleo e Gás (14h às 15h30) e Licenciamento ambiental: novas perspectivas para o Onshore (16h às 17h30).

O evento

O Mossoró Oil & Gas Expo é realizado pelo Redepetro RN e Sebrae RN, com apoio de organizações, patrocinadores e outros parceiros. Reafirma Mossoró como capital do onshore brasileiro em fase otimista do setor: novos operadores; oportunidades de entrada em campos maduros; oferta permanente; Reate 2020 em funcionamento e marcos regulatórios mais modernos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Economia
segunda-feira - 23/11/2020 - 16:00h
RN

Retorno às aulas tem previsão para 1º de fevereiro de 2021

A governadora Fátima Bezerra (PT) assinou, nesta segunda-feira (23), ao lado do vice-governador Antenor Roberto (PCdoB), o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do RN (MPRN) e Defensoria Pública do Estado que prevê o retorno das aulas para dia 1º de fevereiro de 2021 e disciplina as medidas relativas à Covid-19, que serão tomadas pela rede estadual de ensino.

Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público e Defensoria Pública foi assinado hoje (Foto: Sandro Menezes)

O texto e termos do TAC são frutos de uma série de reuniões entre o Ministério Público Estadual (MPRN) e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC). O retorno das aulas está condicionado ao cenário epidemiológico.

Assinaram o documento a governadora; o secretário de Estado da Educação e Cultura, Getúlio Marques; o procurador Geral do Estado, Luís Antônio Marinho; procurador Geral de Justiça, Eudo Leite; promotoras de Justiça de Natal, Isabelita Garcia Rosas e Rebecca Bezerra; coordenadora do CAOP Cidadania/MPRN, Tathiana Kaline Fernandes; defensor Público-Geral do Estado, Marcus Vinícius Alves; defensora Pública do Estado e coordenadora do Núcleo de Tutelas Coletivas, Cláudia Carvalho Queiroz.

Também estiveram presentes ao evento o presidente da Undime-RN, Alexandre Soares, e os secretários de Estado: Carlos Eduardo Xavier (Tributação); Aninha Costa (Turismo); Maura Sobreira (adjunta da Sáude); Marcia Gurgel (adjunta da Educação); e o Pedro Lima (adjunto do Planejamento e Finanças).

Sobre o TAC

O Estado se compromete a aumentar até o final do ano a oferta de atividades não presenciais e a oferta de aulas televisionadas com intérprete de libras.
  • Busca ativa – Estado se compromete a entrar em contato com alunos que não tenham participado de nenhuma atividade não-presencial.
  • Reforma – Estado se compromete a fazer as adaptações necessárias para adequar as escolas aos protocolos sanitários e garantir que o retorno às aulas seja seguro do ponto de vista.
  • Estado se compromete a encerrar até o dia 30 de novembro os processos licitatórios que vão possibilitar a aquisição de recursos e insumos para a segurança sanitária, como álcool a 70º, face shields, termômetro etc.
  • Contratação de pessoal para substituir servidores que não possam retornar ao trabalho presencial.
  • Protocolo de retomada – Estado deverá apresentar protocolo de segurança ate o dia 20 de janeiro.
  • Testes – Estado deverá oferecer testes em professores, servidores e colabores das escolas que tenham apresentados sintomas ou coabitem com pessoas que tiveram a doença nos últimos 14 dias que antecedem ao retorno das aulas.
  • Merenda – Estado deverá manter entrega de kits de alimentos durante o período de suspensão das aulas.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Educação / Política
  • Repet
segunda-feira - 23/11/2020 - 15:02h
Mossoró

Prefeito apresenta equipe completa de transição de governo

O prefeito eleito de Mossoró Allyson (Solidariedade) já definiu os nomes da equipe que fará o trabalho de transição de mandato junto à Prefeitura de Mossoró. O ofício datado desta segunda-feira (23) foi encaminhado à atual prefeita Rosalba Ciarlini Rosado (PP).

No fim de semana, quatro nomes (veja AQUI) já tinham sido adiantados e hoje são apresentados outros quatro.

Franklin, Raul, Paulo, Kadson, Humberto, Ivo, Claudembergh e Luana compõem equipe (Fotomontagem cedida)

A equipe de transição de Allyson é composta pelo contador Claudembergh Emídio Dantas; o economista Franklin Alves Filgueira; o advogado Humberto Henrique Costa Fernandes Rêgo; o contador Ivo Franklin de Moura Bezerra; o advogado Kadson Eduardo de Freitas Alexandre; a servidora pública Luana Lorena de Souza Lima; o advogado Paulo Afonso Linhares e o advogado Raul Nogueira Santos.

Equipe

Claudembergh Emídio Dantas – Assessor de Controle Interno atuando com ênfase na implementação de rotinas e tecnologias voltadas para o setor público nos principais municípios do Rio Grande do Norte e Mato Grosso; CEO da empresa de consultoria em tecnologia da informação Processo Público – sediada na capital potiguar com atuação de mais de 20 anos no setor público, acumulando inúmeros cases de sucesso na área de Controladoria Governamental e TI.

Luana Lima – Servidora da UFERSA. Mestre em Gestão de Processos Institucionais.

Raul Santos – Advogado e professor. Especialista em Direito Ambiental e Mestre em ciências humanas e sociais.

Franklin Alves Filgueira – Economista, Professor da UERN, Consultor, Expertise como Assistente Técnico Judicial de grandes empresas do país, CEO em empresas especializadas em planejamento, gestão e finanças.

Kadson Eduardo – Advogado e Chefe de Gabinete Parlamentar. Especialista em Gestão Pública.

Paulo Afonso Linhares – Advogado especialista em Direito Público com mestrado e doutorado em Direito. Jornalista.

Ivo Franklin de Moura Bezerra – Contabilista especialista em Planejamento Tributário, Professor de pesquisa e extensão, Professor de Pós-Graduação, Consultor Tributário.

Humberto Fernandes – Advogado. Professor da UERN. Mestre em Direito Constitucional. Especialista em Direito Público. Ex-Presidente da OAB/Mossoró. Ex-Conselheiro Federal da OAB. Membro fundador da AJPD – Associação Juristas Potiguares pela Democracia. Experiência na área do Direito, com ênfase em Direito Constitucional, Eleitoral, Administrativo e Civil.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
segunda-feira - 23/11/2020 - 08:24h
2022

Uma semana após derrota, Rosalba começa nova campanha

Campanha já começou para Rosalba (Reprodução BCS)

Mal terminaram as eleições 2020, em que foi derrotada em seu projeto à reeleição, Rosalba Ciarlini (PP) começa pré-campanha às eleições de 2022.

Na rede social Instagram surgiu página supostamente “natural”, de manifestação espontânea em favor da prefeita, com vistas à próxima campanha. É endereço “Rosalba_2022”.

Segundo se identifica, “é uma campanha feita pelo povo”.

Há tempos se falava nos intramuros do poder municipal mossoroense, que o planejamento era para levá-la outra vez ao Senado da República.

Com o insucesso nas urnas, os sonhos são bem mais modestos. No máximo, Câmara Federal, em lugar de Beto Rosado (PP), seu sobrinho afim.

De novo, novamente, Rosalba precisará que a gestão (no caso, Allyson Bezerra-Solidariedade, prefeito eleito) se dê mal para retomar fôlego e capital que a projetem a novos patamares, como aconteceu em relação ao governo estadual em 2010, além do seu retorno à Prefeitura de Mossoró, em 2016.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 23/11/2020 - 07:48h
Pós-mandato

Rosalba quer veranear a partir de janeiro de 2021

Carlos Augusto (marido) e Rosalba: tempo de sobra (Foto: arquivo)

A prefeita não reeleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), já faz planos para o término de seu quarto ciclo de gestão à frente da municipalidade.

Quer veranear a partir de janeiro de 2021, já sem mandato.

Viajar um pouco, atravessar o Atlântico para cuidar de interesses na Europa.

Mas, os olhos também já estão fixos nas eleições de 2022.

E a gestão do seu substituto até esse ano, deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), dirá muito do tamanho de seus sonhos.

Veremos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 22/11/2020 - 23:26h

Pensando bem…

“Procurando pelo bem de nossos semelhantes, encontramos o nosso.”

Platão

Categoria(s): Pensando bem...
  • Repet
domingo - 22/11/2020 - 17:38h
Muda Mossoró

Vereador e vice-prefeito eleito estão também com Covid-19

Raério e Fernandinho: quadro estável (Fotomontagem BCS)

O vereador reeleito Raério Araújo (PSD) e o vice-prefeito eleito Fernandinho (PSD) estão com Covid-19.

Ambos têm quadro leve da doença.

Os dois fizeram parte da Coligação Muda Mossoró.

Antes dos dois, o próprio deputado estadual e prefeito eleito Allyson Bezerra (Solidariedade) já tinha anunciado publicamente que contraíra o vírus (veja AQUI) no último dia 20 (sexta-feira).

No mesmo dia, Cínthia Pinheiro, mulher do prefeito eleito, também testou positivo.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 22/11/2020 - 12:38h

O ‘Menino’ e a ‘Rosa’

Por Odemirton Filho

As campanhas eleitorais em Mossoró sempre se caracterizaram pelo seu acirramento. O clima político sempre foi quente, fazendo justiça as altas temperaturas da terra de Santa Luzia.

A disputa para o cargo de prefeito deste ano entrará para a história dos pleitos eleitorais.

Allyson venceu a favorita Rosalba numa disputa em que outras concorrentes se voltaram contra ele (Fotomontagem Agora RN)

De um lado, a experiência e a continuidade de um projeto político que há tempos domina o cenário político da cidade, tendo à frente Rosalba Ciarlini, que já administrou o município por quatro vezes, tendo sido senadora e governadora do Estado.

“É a Rosa!”, gritam, entusiasmados, os seus eleitores.

Doutro lado, um jovem deputado estadual, Allyson Bezerra, que, para muitos, de forma surpreendente, conquistou o primeiro mandato em 2018. De origem humilde, sem carregar o sobrenome da tradicional família de Mossoró, enfrentou em pé de igualdade a franca favorita.

“É o Menino!”, como chamam os seus correligionários.

Os demais candidatos a prefeito não conseguiram empolgar os eleitores e obtiveram votações inexpressivas.

Assim, a campanha eleitoral, como se sabe, ficou polarizada entre o Menino e a Rosa.

Em uma época em que as redes sociais são o palco da disputa político-eleitoral, os contendores travaram uma luta medonha à cata do voto.

Acusações de parte a parte que visavam a desqualificar o opositor fizeram parte do mundo real e, principalmente, virtual.

Tudo, é claro, com o objetivo de exaltar as qualidades de seu candidato e descontruir o adversário.

Além disso, várias pesquisas de intenções de votos foram publicadas. Para todos os gostos. Desacreditar a pesquisa na qual o seu candidato estava em desvantagem foi a estratégia adotada no decorrer de toda a campanha.

Para os partidários do Menino e da Rosa somente as pesquisas que os colocava em vantagem estavam corretas.

Alguns institutos de pesquisa, diante de erros graves, perderam a credibilidade. Sabe-se que números contraditórios podem influenciar o eleitor que “não quer votar pra perder”.

Contudo, o mais incrível foram as aglomerações em tempos de pandemia. O eleitor foi às ruas, lotando os comícios, carreatas e passeatas. Parecia que o coronavírus “estava em férias”.

O discurso adotado pela Rosa consistiu em apontar a inexperiência do Menino para administrar um município do porte de Mossoró. Argumentava que era preciso maturidade e experiência para gerir o destino da capital do Oeste potiguar.

“A Rosa tinha feito e iria fazer muito mais”. Aliava a sua fala o fato de ter recebido uma “herança maldita” do seu antecessor.

Já o Menino se apresentou como o “novo”, aquele que venceria uma família que há décadas mandava e desmandava na cidade. Conseguiu atrair a simpatia da maioria dos eleitores, prometendo uma administração diferente e moderna.

O Menino levou bordoadas de todos os lados. Era o “inimigo” comum a ser abatido.

Na reta final da campanha, a troca de acusações se acentuou. A militância dos candidatos ficou com os ânimos à flor da pele.

Não se acreditava na derrota da Rosa, mesmo diante da maioria das pesquisas que indicava a vitória do Menino.

A Rosa perder as eleições em Mossoró sendo candidata? Que conversa é essa?! Ela ganharia, nem que fosse por poucos votos. Vamos apostar?

O resultado das urnas, contudo, apresentou um quadro que, para muitos, parecia impossível de acontecer.

A Rosa não era imbatível. Apesar de toda a sua experiência político-administrativa e inegável carisma não conseguiu se reeleger.

O Menino, com apenas 28 anos de idade e o seu chapéu de vaqueiro, venceu a eleição.

O “impossível”, às vezes, acontece.

Odemirton Filho é bacharel em Direito e oficial de Justiça

Categoria(s): Artigo / Eleições 2020 / Política
  • Banner - Art&C - Governo do RN - 9 a 28 de Agosto de 2022
domingo - 22/11/2020 - 07:42h

Súplica de um psiquiatra e cidadão

Por Roncalli Guimarães

Em 15 de novembro a população foi às urnas depositar seu voto e exercer sua cidadania. Escolheu seus candidatos por todo o país, de vereador a prefeito. Particularmente, como psiquiatra, com atuação na saúde pública, faço uma súplica como profissional e cidadão: o eleito, no caso de Mossoró o deputado estadual e engenheiro civil Allyson Bezerra, que entenda e execute as políticas de saúde mental.

Quem foi eleito entenda que as doenças mentais são as mais prevalentes e quando são comorbidades agravam as outras doenças. Entenda que as doenças mentais são a segunda causa de absenteísmo no trabalho, perdendo apenas para os traumas ortopédicos.

Importante salientar, que um trauma ósseo encerra com a consolidação do osso, já o trauma psicológico o prognóstico pode ser mais complexo. Entenda que o tempo para o ansioso passa diferente, e aguardar um tempo indefinido para uma consulta causa ansiedade.

Entenda que é deprimente para um deprimido alguém achar que a dor da sua angústia alivia com qualquer analgésico.

Prefeito, minha contribuição é pelo conhecimento diário, pela formação científica, por meu papel também como indivíduo que quer esse crescente universo de pessoas tendo tratamento adequado. Essas pessoas precisam de zelo, carinho, cuidados adequados.

A dependência química para ser tratada depende de acolhimento e respeito e não de julgamento e sermões moralistas, e que loucura é deixar faltar antipsicóticos para um esquizofrênico, deixando seu cérebro ser invadido pelo caos da realidade.

Minha súplica é que tenham afeto por quem tem desconexão do afeto.

O eleito e sua equipe precisam saber que política de saúde mental pra ser efetiva precisa de matriciamento. Essa palavra que tem sua origem no latim e quer dizer “mãe”,  significa  cuidado e proteção; e quem executa esse papel de “mãe” são  órgãos diversos do ente público. Cito NASF, CRAS, CREAS, SAMU, CAPS, UBS e todos os setores da administração pública.

Elas são instituições, não somente siglas para receberem dinheiro público e servirem de cabides de emprego. Precisam funcionar no formato multi e interdisciplinares continuamente e não apenas de quatro em quatro anos.

O acolhimento começa em qualquer equipamento e de forma complementar funciona como círculos e círculos.

Enfim, espero que o prefeito eleito faça também do afeto, de forma pragmática, o caminho que respeita e reconhece a necessidade dos cuidados em saúde mental.

Mossoró agradece!

Roncalli Guimarães é psiquiatra

Categoria(s): Artigo / Política / Saúde
domingo - 22/11/2020 - 07:18h

Desafios e caminhos para o prefeito eleito Allyson Bezerra

Por Josivan Barbosa

O prefeito eleito de Mossoró Allyson Bezerra (Solidariedade) tem tudo para fazer a diferença na gestão do município de Mossoró pelos próximos quatros anos. Conhece as dificuldades das últimas gestões do nosso município e sabe que com os recursos de ISS, IPTU e FPM não implementarão as mudanças que pregou durante a campanha.

Allyson e Fernandinho, prefeito e vice eleitos no último dia 15, vão assumir prefeitura em janeiro (Foto: divulgação)

A nova gestão que assumirá a partir de janeiro precisa compreender que, primeiro, é necessário formar  equipe com pessoas que possuem experiência na gestão pública para que não precise passar de 12 a 24 meses para implementar novos projetos. Ele precisa compreender que sem novos projetos não fará uma gestão nova. Será mais do mesmo.

Outro fator importante que Allysson Bezerra precisa compreender, é que a implementação de novos projetos precisa contar com o apoio irrestrito do servidor público municipal efetivo e comissionado. No caso dos efetivos precisa conquistar e valorizar simultaneamente desde o servidor de apoio até o doutor. No caso dos comissionados, precisa aproveitar o potencial dos servidores atuais que prestam excelentes serviços nas diferentes secretarias do município.

Há um potencial já instalado que, se desprezado, trará prejuízos ao funcionamento da máquina municipal e, consequentemente, perda na qualidade dos serviços que são oferecidos à população.

Um bom exemplo para Allyson Bezerra

O prefeito Allyson Bezerra não precisa ter medo de implementar as mudanças necessárias para a melhoria da gestão. Um bom exemplo é o que aconteceu com o prefeito de Belo Horizonte (MG), Alexandre Kalil (PSD). Ele foi reeleito no primeiro turno com uma vantagem tão ampla sobre seus adversários que faz com que aliados comecem a repetir seu nome não apenas para a disputa ao governo de Minas Gerais em 2022, mas até como uma alternativa potencial para a disputa presidencial.

Kalil: reeleição por reconhecimento (Foto: PSD)

Ações na área social e a manutenção das contas da prefeitura em ordem ajudaram a construir a imagem de Kalil como prefeito. Mas foi a sua atuação antipática para os empresários durante a pandemia que reforçou sua popularidade. Ele tomou medidas tecnicamente recomendadas e isso provocou ruído com a classe empresarial, mas não perdeu apoio da população.

Kalil já tinha atraído a antipatia de parte dos empresários quando aprovou um plano diretor e nenhum dos empresários da cidade que figuravam entre os maiores doadores das campanhas pelo Brasil deram dinheiro para a campanha de Kalil, mas isto não foi suficiente para afastá-lo do cidadão.

Isso mostra que quando as mudanças são feitas para beneficiar o cidadão, há um reconhecimento por parte do eleitor. Kalil foi reeleito com mais de 63% dos votos válidos.

Em resumo, o prefeito eleito de Mossoró não necessita inventar a roda. Sinceridade, transparência nas contas públicas, diálogo com diferentes ideologias, gestão de qualidade nos serviços públicos e compromisso com a população mais vulnerável sócio-economicamente pode e deve ser o caminho.

O exemplo de Aracati

O prefeito Allyson não precisa ir muito longe para conhecer uma gestão municipal de sucesso em tempos de dificuldades nas contas públicas. Basta levar a sua equipe ao vizinho município de Aracati. Uma gestão de destaque com projetos diferenciados para o município. O prefeito Bismarck Maia (PTB) mostrou sintonia com a representação política Estadual e o Governador do Estado e conseguiu avançar em várias áreas com destaque para a infraestrutura de apoio ao turismo.

Bismarck: mudança de olhar (Foto: Mauri Melo/O Povo/2014)

Um bom exemplo da atuação do prefeito foi a articulação com o Governo do Estado para a construção de uma estrada que liga o município de Aracati, à altura da comunidade de Cacimba Funda (BR 304), com a sede do município de Jaguaruana. Nesta semana tivemos a oportunidade de conhecer esta importante obra para as comunidades de Cacimba Funda, Mata Fresca, Tanque do Lima, Cajazeiras, Canto Verde, Serra Dantas, São José, entre outras.

A Estrada é de excelente qualidade e passa a ligar o município de Jaguaruana com a região praiana de Icapuí e Aracati. A ligação fará com que o município de Jaguaruana passe a desfrutar dos serviços de saúde, educação e outros oferecidos por Mossoró com apenas cerca de 60 minutos entre os dois municípios.

Outro bom exemplo da atuação do prefeito de Bismarck foi a melhoria na infraestrutura de vias da cidade de Aracati e dos acessos às inúmeras praias do município. Há duas Aracati. Uma antes e outra depois de Bismarck.

Atração de empresas

O avanço conseguido pelo prefeito Bismarck Maia está refletindo na atração de grandes grupos empresariais para investimento no município. Exatamente o que Mossoró precisa muito no momento.

Um exemplo bastante significativo desse trabalho do prefeito e sua equipe foi a atração do grupo empresarial de Mossoró A Construtora, que passou a investir em Aracati e que demonstrou muito interesse em parcerias com o município.

Votações traço

As candidaturas de Isolda Dantas (PT) e Cláudia Regina (DEM) se fossem para ser computadas no mundo da química seriam consideradas como tendo concentração de votos especificadas como traço, ou seja, valores considerados desprezíveis na química experimental. O que isso vai representar daqui pra frente e o qual o possível reflexo nas eleições de 2022?

Em primeiro lugar, dificilmente as duas candidaturas poderão colocar os seus nomes no tabuleiro da disputa para a Assembleia Legislativa. Em segundo lugar, dada a importância da cidade de Mossoró para a eleição de governador, o resultado da eleição força uma reanálise por parte da líder maior do PT de como a população de Mossoró está avaliando a qualidade dos serviços públicos oferecidos pelo Governo Estadual.

A hora dessa análise é agora. Se deixar para o ano que vem, pode ser tarde.

Josivan Barbosa é professor e ex-reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Categoria(s): Artigo
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2022. Todos os Direitos Reservados.