• Repet - material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
terça-feira - 16/07/2024 - 23:14h
Uern

Professores e técnicos recebem contrapropostas salariais

Documentos entregues por Reitoria serão apreciados em assembleias (Foto: divulgação)

Documentos entregues por Reitoria serão apreciados em assembleias (Foto: divulgação)

A reitora da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), professora Cicília Maia, apresentou nessa segunda-feira, 15 de julho, às direções da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN) e Sindicato dos Técnicos Administrativos da Uern (SINTAUERN), as contrapropostas da Campanha Salarial das duas categorias, para o período de 2025 a 2029.

Nas duas contrapropostas apresentadas constam o reajuste nos próximos dois anos de 20%, aplicado no vencimento-base e na titulação, sendo 12% em 2025 e 8% em 2026, referente à Fase 1 (2025-2026), na qual serão utilizados recursos próprios da Universidade, conforme a Lei 11.045/2021 – Autonomia Financeira, para a implementação dos ajustes remuneratórios. Na Fase 2 (2027-2029) a efetivação dos aumentos previstos, de 9% a cada ano, estará condicionada à repactuação da autonomia financeira da Instituição.

As propostas seguirão para apreciação das categorias.

O presidente da Aduern, prof. Jefferson Garrido, ressaltou a importância de reunir na mesma mesa de negociação professores e técnicos. “Esta é uma proposta sensata, construída com base no que a categoria está propondo e  ouvindo o Governo do Estado. Estamos extremamente satisfeitos. Temos um grande diferencial, pois a repactuação começa a dar esse fruto, quando docentes e técnicos estão dialogando na mesma mesa. Levaremos a proposta para a categoria”, destacou Jefferson Garrido. 

O presidente do Sintauern, Fábio Bentes, também ressaltou a importância da união e do diálogo. “Iremos colocar para a categoria apreciar”, afirmou Fábio Bentes.

Acompanhe o novo Instagram do Blog Carlos Santos clicando @blogcarlossantos1

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
quarta-feira - 10/07/2024 - 06:24h
Nomes

Uern escolhe homenageados à sua Assembleia Universitária

Dorgival Dantas é um dos homenageados (Foto: cedida)

Dorgival Dantas é um dos homenageados (Foto: cedida)

O Conselho Universitário da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Consuni/Uern), presidido pela reitora Cicília Maia, aprovou nesta terça-feira, 9, as indicações de títulos honoríficos e mérito administrativo que serão outorgados pela instituição neste ano.

O músico Dorginal Dantas receberá o título de Doutor Honoris Causa; o líder indígena Luiz Katu, o de Professor Honoris Causa. Para o título de Professor Emérito, a escolhida foi a professora Marlucia Barros Lopes Cabral. O Diploma de Mérito Administrativo será para a servidora Myrths Flávia Vidal da Costa Wanderley.

As homenagens serão concedidas na tradicional Assembleia Universitária, em 28 de setembro, que celebra o aniversário de 56 anos da Uern.

Na ocasião, também será entregue a Medalha da Abolição de 2024. Como homenageados foram escolhidos, Irmã Zelândia (do Colégio Sagrado Coração de Maria), de Laplace Rosado Coelho, in memoriam, (ex-presidente da Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte – FURRN e ex-reitor da Uern), e de Pedro Fernandes Ribeiro Neto, ex-reitor da Uern.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
quarta-feira - 03/07/2024 - 11:24h
Basquete

Projeto “Cestinhas” alcança dezenas de crianças com força do esporte

Cestinhas estimula participação de crianças de vários bairos (Foto: Sade)

Cestinhas estimula participação de crianças de vários bairros (Foto: Sade)

Quem passa pelo Complexo Esportivo Clístenis Juny de Souza Alves no conjunto Santa Delmira, em Mossoró, nos finais de tarde, percebe que algo muito bonito está acontecendo. A quadra semidestruída por anos virou um núcleo de esporte e lazer. Nesse espaço, crianças e adolescentes se encontram  para aprender sobre a prática do basquete como instrumento de saúde, lazer e cidadania.

Por meio do projeto social “Cestinhas”, 135 meninos e meninas de 18 bairros de Mossoró estão tendo suas vidas transformadas nesse equipamento público reformado, ampliado e reconfigurado pela gestão municipal. Ele foi entregue a pleno uso em dezembro do ano passado e  tem sido extremamente bem aproveitado pela comunidade.

Fruto de uma parceria entre a Associação Atlética Santa Delmira (SADE) e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Cestinhas é um projeto social que busca democratizar o acesso a prática do basquete na cidade e, por meio dele, oferecer a crianças e adolescentes uma nova perspectiva de vida por meio do esporte.

O projeto conta com patrocínio do Governo do Estado, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte (RN + Esporte e Lazer), e da Trevo Embalagens. Com a seriedade do trabalho e ótimos resultados, o projeto teve aprovada a proposta de uma nova edição para 2025.

“Esse é o maior projeto já desenvolvido em toda a história da Sade. As famílias das crianças e adolescentes tem abraçado de forma muito forte o projeto e compartilhado com a gente os resultados positivos que o Cestinhas tem promovido dentro de casa e nas escolas. Os participantes têm se tornado pessoas mais confiantes, focadas e disciplinadas. Isso nos deixa muito felizes”, comenta Lucas Negreiros, presidente da Sade e líder do Cestinhas. Com ele, uma equipe de associados da Sade e estudantes dos cursos de Educação Física e Publicidade e Propaganda da UERN conduzem as atividades dessa iniciativa.

Parceria

Área tem quadras, campo de futebol e vários outros equipamentos sociais e esportivos (Foto: Cedida)

Complexo tem quadras, campo de futebol e outros equipamentos sociais e esportivos (Foto: Arquivo)

semidestruída, a "Praça do Basquete" se transformou num complexo multiuso (Foto: arquivo)

A antiga “Praça do Basquete” estava praticamente destruída (Foto: arquivo)

“Essa é uma parceria que nos deixa muito felizes, pela forma que ela aconteceu e pelos resultados obtidos”, destaca o professor Esdras Marchezan, pró-reitor de Extensão da Uern.

De início, o projeto começou a ser desenvolvido na quadra do Abolição V, com recursos de um edital do Tribunal de Justiça do RN (TJRN). Com a complexo esportivo do Santa Delmira entregue, após grande reforma e ampliação, o projeto passou a ter sua base neste espaço. “A quadra entregue pela prefeitura é um espaço modelo, que tem servido de referência para apaixonados pelo basquete de diversos lugares. Com ela reformada, o que era um sonho antigo nosso, conseguimos oferecer as crianças e adolescentes do Cestinhas o melhor espaço possível para as atividades do projeto”, destaca Lucas Negreiros.

Ampliação

Os bons resultados já fazem os realizadores pensarem em novos saltos. A ideia é levar a experiência do projeto a outros pontos da cidade, dando vida a quadras de basquetes abandonadas e atuando também em escolas públicas.

Para as famílias, falar do Cestinhas é falar de felicidade. “Segundo minha filha, os dias mais legais da semana dela é a segunda e a quinta (os dias da sua turma do basquete), desde então a vejo mais confiante e determinada a aprender cada vez mais sobre o basquete”, relata Fernanda Karoline, mãe de Katherine Vitória, 10 anos, aluna da turma 01.

Iniciativa da Sade pode ser ainda mais relevante com outros apoios Foto: Sade)

Iniciativa da Sade pode ser ainda mais relevante com outros apoios Foto: Sade)

Interessado em acompanhar as atividades do projeto, basta seguir o @sadebasquete, no Instagram.

Acompanhe o novo Instagram do Blog Carlos Santos clicando @blogcarlossantos1

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 28/06/2024 - 04:26h
Uern

Professores e estudantes realizarão assembleia e ato público terça-feira

Aduern e DCE da Uern assembleia e ato público em 2 de julho de 2024Na próxima terça–feira, 2 de julho, a partir das 9h, docentes e estudantes da Universidade do Estado do RN (UERN) realizarão uma assembleia/ato público unificado no pátio da Reitoria (R. Dr. Almino Afonso, 478 – Centro), em Mossoró.

A atividade faz parte de uma ampla campanha de mobilização idealizada em assembleia da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN). Visa fortalecer as reivindicações da comunidade acadêmica, além de abrir espaço de diálogo com a reitoria no processo de negociação por melhores condições estruturais e valorização salarial.

A assembleia/ato público acontece exclusivamente de forma presencial, sem a opção de participação híbrida ou remota, como vem sendo realizada pela entidade.

Aduern e Diretório Central de Estudantes (DCE) lançaram um manifesto político enumerando as motivações para a mobilização no pátio da Reitoria. O documento, assinado pelas duas entidades, será distribuído em todos os campi da Uern.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sexta-feira - 31/05/2024 - 21:04h
Captação histórica

MCJ 2024 bate recorde em patrocínios com organização

Prefeito comenta sobre conceito que MCJ ganhou nos últimos anos, gerando resultados (Foto: redes sociais)

Prefeito comenta sobre conceito que MCJ ganhou nos últimos anos, gerando resultados (Foto: redes sociais)

A gestão do prefeito Allyson Bezerra (UB) garantiu captação histórica em patrocínios para o “Mossoró Cidade Junina” 2024, que começa neste sábado (1º), com o tradicional “Pingo da Mei Dia”. O investimento alcançado a partir de grandes marcas que estarão presentes no evento chega a mais de R$ 4 milhões.

“Isso se deve à credibilidade, organização e planejamento que agora o ‘Mossoró Cidade Junina’ possui. O valor recorde em patrocínios permite, por exemplo, a contratação de grandes artistas nacionais, a ampliação da festa e, consequentemente, um público ainda maior e mais retorno para a nossa economia”, afirmou o prefeito Allyson Bezerra.

A partir da contratação de uma empresa especializada para administrar o camarote do polo “Estação das Artes Elizeu Ventania”, ficando também responsável pela captação de patrocínios para o evento, foi possível atrair para o MCJ grandes marcas, com Coca Cola, Ambev, O Boticário, Pitu, Brisanet, Banco do Nordeste do Brasil, Loterias Caixa, Infraero e Vai de Bet.

Injeção financeira

Segundo estudos da Universidade do Estado do RN (UERN), em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o MCJ 2023 deu injeção de cerca de 292 milhões de reais no meio circulante mossoroense, gerando mais de 7,3 postos de trabalho/renda. Atraiu também algo em torno de 1,3 milhão de pessoas a seus diversos polos e atrações.

A empresa pagou R$ 530 mil pela concessão para captação de patrocínio. Em 2019, por exemplo, o valor pago pela concessão do camarote foi de R$ 34.150,00. Historicamente, o “Mossoró Cidade Junina” não conseguia superar o valor de R$ 500 mil em patrocinadores.

Acrescente-se, ainda, que a organização com antecipação em meses do elenco de atrações, também facilita cadeia turística que envolve bares, restaurantes, hotelaria, agencias de viagem e transporte. Tudo fica muito mais fácil de ser vendido e organizado.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
segunda-feira - 22/04/2024 - 07:48h
Uern

Concurso registra 35,9% de ausentes e poucos incidentes

Certame tinha quase 19 mil inscritos (Foto: Uern)

Certame tinha quase 19 mil inscritos (Foto: Uern)

Após oito anos, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) realizou um novo concurso público para provimento de 106 vagas imediatas para docentes e técnicos. As provas objetivas e discursivas foram aplicadas neste domingo (21), em 21 locais em Mossoró.

Estavam inscritos ao certame quase 19 mil pessoas, mas número de candidatos ausentes foi de 35,9%, percentual considerado dentro dos padrões pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN), instituição responsável pelas provas. Conforme o Idecan, os gabaritos oficiais devem ser publicados nesta segunda-feira, 22 de abril, na página www.idecan.org.br.

A aplicação dessa etapa do concurso transcorreu nos dois turnos. Pela manhã fizeram provas os candidatos a vagas de técnicos de nível superior; já no período da tarde foram aplicadas as provas para cargos de técnico de nível médio, docentes, instrutores musicais, instrutores de Libras, tradutores de libras e advogados.

Tentativa de fraude

Ocorreram situações pontuais durante a aplicação das provas no período da tarde. Uma candidata foi flagrada tentando passar as questões por aplicativo de mensagens. Os fiscais perceberam um comportamento atípico e agiram antes que ela conseguisse enviar qualquer informação. De acordo com informações do Idecan, a candidata confessou ter colaborado com uma quadrilha que pretendia fraudar o concurso. Além de ser desclassificada, ela foi encaminhada por policiais militares à delegacia de plantão.

Segundo a banca organizadora do concurso, outros quatro candidatos foram desclassificados por burlar as regras do concurso – três tentando manter os celulares ligados e um tentando sair do local com o caderno de provas escondido.

Para os cargos de técnico de Audiovisual e Técnico Programador visual, ocorreu um incidente de troca de provas. O caso foi resolvido pelo Idecan, com acompanhamento da Comissão do Concurso, e os candidatos tiveram um tempo extra.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Tropical Foods - Nayara Souza -
sábado - 20/04/2024 - 07:10h
Oficial

Concurso da Uern está confirmado para ocorrer nesse domingo

Certame terá inscrição aberta na terça-feira próxima (Foto ilustrativa da Web)

Certame terá quase 19 mil candidatos (Foto ilustrativa da Web)

Tudo pronto! Às vésperas do Concurso Público para docentes e técnicos, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) informa à comunidade, em especial aos quase 19 mil candidatos inscritos, que todos os preparativos para a realização do certame seguem o fluxo normal. Impasse judicial que existia comprometendo o certame, acabou sendo desobstruído.

As provas objetivas e discursivas para técnicos e docentes serão aplicadas neste domingo, 21 de abril, em Mossoró, nos turnos matutino e vespertino.

Com relação ao Edital nº 01 de 5 de janeiro de 2024, a decisão liminar acatando parcialmente o Mandado de Segurança impetrado pela Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN) foi revogada pela 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Mossoró/RN.

A justiça deferiu o pedido de reconsideração da Uern, com base nos argumentos do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), sobre a impossibilidade de divulgar, neste momento, os nomes que irão compor a banca examinadora da prova discursiva.

O entendimento da justiça é o de que a publicação da composição das bancas, na fase de prova discursiva, pode violar o sigilo e a isonomia essenciais nesta etapa, uma vez que é preciso garantir que não ocorra identificação ou contato entre os candidatos e os avaliadores.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sábado - 06/04/2024 - 06:50h
Comunicação

Uern vai ganhar sua emissora de Frequência Modulada

Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

A Universidade do Estado do RN (UERN) vai ter sua emissora de Frequência Modulada (FM). A portaria que “autoriza a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) a executar o serviço de radiodifusão sonora por meio de canal em Frequência Modulada (FM) no município de Mossoró” teve publicação nessa quarta-feira (4).

Termo de cooperação já foi assinado entre a universidade e a EBC.

“Nunca desistimos de buscar nossa FM e nossa TV, essa é uma luta que vem de muito tempo. Feliz demais com a confirmação da parceria com a EBC para que Mossoró e região possam contar com dois canais públicos de comunicação, gerenciados pela Uern. Além de democratizar a comunicação, os canais possibilitam que nossos estudantes tenham uma formação mais completa”, comentou a reitora Cicília Maia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Comunicação
  • Art&C - Institucional - 25 Anos - Segundo Banner - 04-06-2026
quarta-feira - 03/04/2024 - 20:00h
Avaliação

Índice mantém Uern entre as melhores universidades do país

Instituição teve grande avanço em relação aos números anteriores (Foto: Arquivo)

Instituição teve grande avanço em relação aos números anteriores (Foto: Arquivo)

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) manteve o conceito 4 no Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), referente a 2022. O valor máximo é 5.

Os dados divulgados nessa terça-feira (2) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) mantém a Uern entre as melhores universidades do país. O resultado é ainda melhor que na última avaliação.

Em 2018, a Uern registrou a nota de IGC Contínuo de 3,007 e agora subiu para 3,196. Além do IGC, o Inep divulgou os outros dois itens que fazem parte dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior. São eles: o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) e o Conceito Preliminar de Curso (CPC).

A reitora Cicília Maia recebeu os resultados dos índices com entusiasmo. “Estamos aqui pra agradecer todo o esforço coletivo. Desde 2017, que isso é fruto de um trabalho de gestão, fruto de um trabalho de cada um e cada uma que faz a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Motivo de celebrar e dizer que o ano de 2024 começa com todo o gás e com toda a nossa vontade, disponibilidade e amor, que é do tamanho dos nossos sonhos”, agradeceu.

No IDD, foram considerados os cursos de Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Serviço Social, Direito, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Turismo, do Campus Mossoró; Ciências Econômicas e Administração, do Campus Pau dos Ferros; Ciências Contábeis, do Campus Patu; Ciências Econômicas, Campus Assú; e Turismo e Direito, Campus Natal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Educação
quinta-feira - 07/03/2024 - 15:30h
Brasília

Uern assina acordo de cooperação para canais públicos de rádio e TV

Cicília Maia obtém importante conquista para a Uern (Foto: Rafa Neddermeyer)

Cicília Maia obtém importante conquista para a Uern (Foto: Rafa Neddermeyer)

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e outras 10 instituições que fazem parte da Associação Brasileira de Reitoras e Reitores de Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) assinaram nesta quarta-feira (6), em Brasília, acordo de cooperação coletivo com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República. Permitirá a exploração de TV e Rádio Universitária junto à Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

“Precisamos veicular, cada vez mais, as nossas ações de ensino, pesquisa e extensão para a sociedade. A parceria das universidades estaduais e municipais fortacele a Rede EBC e a comunicação pública, passando pela integração com as nossas instituições via Abruem. O Brasil precisa ouvir os vários sotaques que formam esta nação e isso se dará com a participação dessas instituições que estão essencialmente no interior do nosso país”, comemorou a reitora da Uern, Cicília Maia.

Através de parceria com a EBC, a Uern está em processo de implantação de seus canais oficiais de TV e Rádio educativas. No final de fevereiro, a universidade recebeu a visita técnica de representantes da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), que conheceu as instalações da Uern TV e da torre de transmissão localizada no Campus Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Comunicação / Educação
  • Art&C - Institucional - 25 Anos - Segundo Banner - 04-06-2026
terça-feira - 09/01/2024 - 18:22h
Natal

Posse do Defensor Público Geral do RN acontece nesta quarta-feira

Clístenes é natural de Alexandria e vai para novo biênio (Foto: Divulgação)

Clístenes é natural de Alexandria e vai para novo biênio (Foto: Divulgação)

O Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (CSDP) dará posse nesta quarta-feira (10), ao defensor público Clístenes Mikael de Lima Gadelha. Ele passará a ser o Defensor Público Geral do Estado para o biênio 2024/2026.

Marcada para as 19h, a solenidade acontecerá no hotel Holiday Inn Natal e será restrita para membros, servidores e convidados.

Defensor público de carreira desde 2008, Clístenes Gadelha será reconduzido ao cargo que exerceu durante o biênio 2022/2024. A escolha para o Defensor Público Geral do Estado aconteceu pela primeira vez na história da instituição, de forma virtual, com voto direto dos membros da instituição.

Ele é natural de Alexandria e se formou em Direito pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ao longo da carreira como defensor acumula experiências na área cível e possui passagens em outros cargos administrativos desta instituição, como Corregedor-Geral e Subdefensor Público Geral.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 05/01/2024 - 03:34h
Oportunidade

Inscrições para concurso da Uern estão abertas

concurso-publico-2 (1)A partir desta sexta-feira (5), até o dia 8 de fevereiro, estarão abertas as inscrições para o concurso público ofertado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Ao todo serão 106 vagas, para servidores efetivos, distribuídas para os cargos do Magistério, Técnicos de Nível Superior e Nível Médio.

O Edital tem publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje e o concurso será realizado e coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN), juntamente com a Comissão Central de Concurso (CCC – UERN).

Das 106 vagas oferecidas, 66 são para docentes e 40 para técnicos. A seleção de técnicos contempla vagas em áreas específicas com cargos de nível superior e médio. (Ver detalhes nos editais).

As inscrições poderão ser feitas através do site do IDECAN, no endereço: www.idecan.org.br. De acordo o cronograma, as provas objetivas para os cargos de técnicos de nível médio e nível superior e as provas discursivas para o cargo de docente serão aplicadas no dia 21 de abril.

Os candidatos aprovados e classificados, dentro e além do número de vagas efetivamente disponibilizadas, poderão ser lotados, segundo adequação administrativa, em qualquer dos Campi da UERN localizados nas cidades de Mossoró, Natal, Caicó, Patu, Assú e Pau dos Ferros.

Uma das novidades do concurso é a reserva de vagas para pessoas que se autodeclaram negras nos termos da lei n° 11.015/2021 e que precisarão passar por procedimento de heteroidentificação.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Art&C - Institucional - 25 Anos - Segundo Banner - 04-06-2026
segunda-feira - 11/12/2023 - 04:34h
Cidade Junina

CDL e Uern mostram análise de viabilidade econômica do “MCJ 2023”

Apesar dos vários polos e multidões, evento foi de tranquilidade (Foto: Wilson Moreno)

Estudo sobre evento será apresentado às 10 horas desta segunda-feira (Foto: Wilson Moreno)

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Mossoró e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) apresentam nesta segunda-feira (11), às 10h, a análise dos dados de viabilidade econômica do “Mossoró Cidade Junina”.

A apresentação acontecerá no auditório da CDL, e deverá contar com a presença do prefeito Allyson Bezerra (UB), jornalistas e convidados.

Os dados se referem ao levantamento socioeconômico realizado pela Uern, com o apoio da CDL, durante o “Mossoró Cidade Junina” deste ano, levando em consideração informações que avaliaram os impactos do evento antes, durante e após a sua realização, de 3 a 24 de junho.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Economia / Gerais
domingo - 03/12/2023 - 06:40h

Os sonhos não devem morrer (à memória de padre Sátiro)

Por Marcos Araújo

Padre Sátiro Cavalcanti Dantas (Foto: Ricardo Lopes/Junho de 2011/Arquivo)

Padre Sátiro Cavalcanti Dantas (Foto: Ricardo Lopes/Junho de 2011/Arquivo)

O lisboeta Fernando Pessoa, por meio de um dos seus heterônimos, Bernardo Soares, poetizou certa feita sobre o dever de sonhar: “Eu tenho uma espécie de dever, dever de sonhar, de sonhar sempre, pois sendo mais do que um espetáculo de mim mesmo, eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.” E arrematou, adiante: o homem tem o tamanho do seu sonho.

O sonhador que se preza oferece a sua vida pela realização dos objetivos idealizados. Joe Darion e Mitche Leigh, compositores americanos, escreveram uma linda canção sobre essa doação, chamada “The Impossible dream”, que aqui no Brasil foi versionada por Chico Buarque e Ruy Guerra como “Sonho impossível”, gravada por Maria Bethânia. Uma passagem pungente: “E amanhã, se esse chão que eu beijei For meu leito e perdão /Vou saber que valeu delirar e morrer de paixão.”

Graças aos sonhadores a humanidade se aperfeiçoa.  A história registra um discurso de um grande sonhador numa manhã de 28 de agosto de 1963, o pastor americano Martin Luther King, que durante uma marcha em direção a Washington, perante 250 mil pessoas, começou dividindo o seu sonho (“I Have a Dream” – eu tenho um sonho). Essa expressão serviu de inspiração para titular uma canção do grupo sueco ABBA.

O Brasil cresceu pela materialização do pensamento e da ação de muitos sonhadores. Pernambuco ofereceu Josué de Castro ao mundo, para idealizar o fim da pobreza e das desigualdades regionais. Quase recebeu o Nobel da Paz, mas, tido como comunista, foi rejeitado pelos conselheiros do Instituto Alfred Nobel. Minas Gerais pariu o sociólogo Betinho de Souza, criador da campanha nacional de combate à fome.

O Rio Grande do Norte também marcou história: do Alto Oeste veio Sátiro Cavalcanti Dantas, o mais prolífico e eficiente educador que pisou nosso solo. Se Henrique Castriciano foi relevante na educação privada, Padre Sátiro foi mais longe ao conjugar simultaneamente a transformação em três setores da educação: a educação privada, a pública e a formação profissional.

Com passagem inicial no Colégio Diocesano Santa Luzia, como Diretor introduziu o dever da solidariedade e da dimensão social da igreja, auxiliando centenas de alunos pobres. Foi tão pródigo em concessão de bolsas que houve época onde a quantidade de alunos bolsistas era quase igual aos que pagavam mensalidades.

Se eram esquálidos os dividendos financeiros para a Diocese, em compensação, os “lucros” sociais eram imensuráveis. Por sua intervenção, milhares de ex-alunos bolsistas se profissionalizaram e galgaram relevantes postos funcionais.

Depois, ao ser conduzido ao cargo de Reitor da extinta Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte, a FURRN, uma fundação privada concebida para ser um “curral” eleitoralista, teve a coragem e o denodo de assumir uma cruzada para expungir a instituição do jugo servil da política partidária. A “ferro e a fogo” obteve a sua estadualização.  Por sua luta, as portas do saber foram abertas oportunizando aos filhos dos agricultores uma outra forma de transformação social.  E o seu vetor incluiu igualmente a educação fundamental, com pequenas escolas, como a Erondina Cavalcanti Dantas, 13 de Junho, Colégio Dom Costa, Ginásio Centenário…

No campo social, se voltou para além daquilo que a missão sacerdotal exigia. Foi artífice da criação de uma lei para os mototaxistas, sendo Mossoró um dos primeiros municípios do país a ter uma lei reguladora da atividade. Outro feito lembrado é que, tendo o Corpo de Bombeiros interditado a Casa do Estudante de Mossoró por causa da queda de parte do seu telhado, comprometendo a moradia de 140 jovens, ele, de imediato, encabeçou um mutirão para a reconstrução daquele ambiente.

Cobrava intensamente dos gestores públicos melhorias nos equipamentos urbanos. Assisti por diversas vezes a sua interlocução como ventríloquo comunitário no desejo da construção de Postos de Saúde, quadra de esportes, escolas, creches, melhoria de vias públicas, iluminação etc. Não bastava ter criado o Mosteiro Fraternidade São Francisco de Assis, a primeira FM educativa do Estado, o santuário dedicado à Santa Clara, oito escolas que foram depois inseridas no sistema municipal de ensino, o centro social e comunitário Madre Cecília, a Funsern, a urbanização de um bairro inteiro (o Dom Jaime Câmara)…

Com 93 anos, se achava no dever de continuar sonhando. Por último, estava intervindo junto às Universidades públicas para dotar o Município de Pau dos Ferros de um Curso de Direito. Primeiro, bateu à porta da UERN, quando o Reitor ainda era Pedro Fernandes. Comunicado da falta de recursos do Estado, se voltou para a Reitora Ludmila, da UFERSA, à procura de recursos federais. Para sua instalação, necessitava de custeio do MEC. Andou falando insistentemente com Prefeitos e Deputados para tal concretização.

Benjamim Disraeli, um escritor inglês, gostava de dizer que “a vida é muito curta para ser pequena”. Padre Sátiro devia pensar assim, pois alongou o quanto pôde a sua existência para atuar cada vez mais em favor da sociedade, especialmente dos mais humildes.

Ele era um dos últimos bastiões da Igreja católica que em um passado soube dimensionar a importância da caridade, da fraternidade, da partilha, da assistência social e da oportunidade aos desvalidos. Sabiamente, ele escolheu a educação como viático da redenção social do pobre. Num momento em que escasseiam os exemplos de homens públicos vocacionados para o bem-estar comum, sua ausência fará muita falta. Para uma sociedade ressentida de alteridade, de amor ao próximo, sua lacuna dificilmente será preenchida.

Voltando ao tema sonhos, ele adorava a música “I Have a Dream”, ao ponto do grupo Incanto (ACJUS), tê-la incorporado ao seu repertório. Pensando nele, destaco que a canção tem uma frase que lhe é aplicável: “I believe in Angels” (eu acredito em anjos). Ele foi “anjo” sem asas para milhares de alunos-bolsistas e para os funcionários do Colégio Diocesano Santa Luzia, para os estudantes uernianos, para as freiras do Mosteiro, para os comunitários do bairro Dom Jaime Câmara, para os estudantes da Casa do Estudante de Mossoró, para os mototaxistas, para o Município de Mossoró, para o Estado do RN e ao alcance do Brasil.

Os seus sonhos se materializaram e se multiplicaram nas pessoas sem perspectivas de ascensão social, porque elas puderam ver luz nas oportunidades que apenas a educação pode proporcionar. É o sonho se transmudando em concreta esperança. Por ele, ou pelas ações dele, muitos descortinaram a escuridão que nublava a luz do horizonte.

Sem sonhos, a vida é “asséptica”, o disse recentemente o Papa Francisco. E conclamou: “Todos temos necessidade de sonhar. Conscientemente ou inconscientemente.” Sem sonhos, não há esperança. O Cardeal Suenens afirma sempre “A esperança não é um sonho, mas uma maneira de traduzir os sonhos em realidade.”

Que os sonhos de Padre Sátiro sejam retroalimentadas pelas chamas da nossa esperança e vivificadas nas atitudes daqueles que o admiravam. A maior homenagem que podemos fazer a ele é garantindo que as suas criações, seus projetos e suas iniciativas, não conheçam o ocaso por falta de apoio. Padre Sátiro não será esquecido se Mossoró e o Rio Grande do Norte se empenharem na preservação e continuidade dos seus sonhos. Somente assim sua memória nunca perecerá, e seu espírito permanecerá em nosso meio.

Vida eterna a Padre Sátiro!

Marcos Araújo é advogado e professor da Uern

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
  • San Valle Rodape GIF
quinta-feira - 30/11/2023 - 14:32h
Criação

Quadrinista de Mossoró é destacado em reportagem de O Globo

Do Blog William Robson

Lukas teve dois trabalhos em evidência de forma quase simultânea (Foto: reprodução)

Lukas teve dois trabalhos em evidência de forma quase simultânea (Foto: reprodução)

O quadrinista mossoroense Luckas Iohanathan ganhou destaque na edição desta quarta-feira (29) do jornal O Globo.  Luckas Iohanathan nasceu em 1994 na cidade de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte. Formou-se em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, mas sua verdadeira paixão são as histórias em quadrinhos.

Como Pedra recebeu Menção Honrosa no 1º Prêmio Latino-Americano de Quadrinhos, em 2022. O Monstro Debaixo da Minha Cama, sua primeira obra, foi publicada gratuitamente na internet em 2020 e indicada ao 33º Troféu HQMix nas categorias Publicação Independente de Edição Única e Novo Talento Roteirista, e venceu a 2ª edição do Prêmio Geek de Literatura em 2023.

Atualmente, ele mora em Rosário, na Argentina, com sua noiva. Trabalha como diretor de arte e ilustrador freelancer há quase dez anos.

Veja reportagem abaixo:

Por Télio Navega, do jornal O Globo

Natural de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, Luckas Iohanathan viveu uma feliz coincidência: em um intervalo de três dias, foram lançados dois álbuns em quadrinhos escritos e ilustrados por ele por editoras diferentes. “Como pedra” saiu primeiro, pela Comix Zone, e “O monstro debaixo da minha cama”, que foi vencedor da segunda edição do Prêmio Geek de Literatura na categoria Quadrinhos, foi lançado logo depois, pela Pipoca & Nanquim.

— Foi pura coincidência — conta o artista, de Rosário, na Argentina, onde vive desde 2021. — Tive a sorte de participar de dois prêmios importantes em dois anos, e “O monstro debaixo da minha cama” acabou ganhando. Com o “Como pedra”, participei do Prêmio Latino-Americano de Quadrinhos, não ganhei, mas felizmente chamei a atenção da editora.

Com apenas três cores (branco, preto e laranja), “Como pedra” conta a história de Cristo — de Cristóvão, como sua mulher, sem nome, faz questão de frisar —e sua família no sertão, na miséria.

Além da penúria extrema, agravada pela falta de chuvas, Cristo e a mulher criam com dificuldades a filha, que vive em uma cadeira de rodas, sem se movimentar ou se comunicar. O silêncio da filha e de sua mãe comovem o leitor, principalmente quando surge o antagonista, chamado de O Sonhador, um homem que usa a religião para oprimir a família:

— Embora a ideia de “Como pedra” tenha surgido em 2020, foi só no ano passado que me senti maduro o suficiente, tanto mentalmente quanto artisticamente, para contar essa história da melhor maneira que eu podia —explica o quadrinista, de 29 anos. — Durante o quase um ano e meio de produção, acabei mudando muito a história, considerando e desconsiderando os temas que queria abordar.

Da mesma maneira que em “Como pedra”, o protagonismo em “O monstro debaixo da minha cama” é feminino. Lucy é uma menina que, dia após dia, sofre, sozinha, os abusos de seu próprio pai, com a omissão da mãe:

— Particularmente, não acho difícil criar personagens femininas, nem é algo muito planejado na verdade, quando tenho uma história pra contar, geralmente já imagino os personagens, e por algum motivo, que nem sei explicar, personagens femininas são mais recorrentes. Acho que tem um pouco a ver com o fato de ter exemplos de mulheres fortes na minha vida.

Iohanathan diz que a ideia para a angustiante trama de “O monstro debaixo da minha cama” surgiu há cinco anos, logo depois que ele se formou em Publicidade e Propaganda pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN):

Quadrinho O monstro debaixo de minha cama de Luckas Iohanathan (Reprodução)

Quadrinho O monstro debaixo de minha cama de Luckas Iohanathan (Reprodução)

— A temática escolhida para a obra parte de uma curiosidade sobre o impacto mental na formação das crianças que lidam com situações traumáticas e como isso afeta nosso desenvolvimento.

Enquanto a primeira HQ tem o laranja como cor complementar ao branco e preto, aqui a cor escolhida foi o rosa, numa evidente referência à menina protagonista.

— Quadrinhos em preto e branco sempre me chamaram mais atenção do que os coloridos —conta o quadrinista. — Desde criança nunca gostei muito de pintar meus desenhos, gostava apenas do contraste do preto da linha com o branco do papel. Quando penso na história que quero contar, uma cor já surge em minha mente. Não consigo separar uma coisa da outra. Acho que colocar apenas uma cor transmite mais a sensação que quero passar em cada obra, sem distrações, direto ao ponto. A emoção tem essa cor e pronto.

Nota do BCS – Adoro postar, replicar, esse tipo de matéria. Parabéns, Luckas Iohanathan.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sábado - 25/11/2023 - 22:38h
Convênio

Universidade vai ter seu canal próprio de televisão

Reitora participou diretamente do ato oficial (Foto: divulgação)

Reitora participou diretamente do ato oficial (Foto: divulgação/Lucas Leffa)

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) terá um canal público de TV educativa. O convênio com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República foi assinado nesta quinta-feira (23), em Brasília. 

Cumprindo agenda institucional, a reitora Cicília Maia participou da assinatura do convênio junto com o ministro das Comunicações, Paulo Pimenta. Com a oficialização, a Uern passa a compor a Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP).

A assinatura contou com a presença do presidente da Associação Brasileira de Reitoras e Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), Odilon Máximo.

Etapas

A concessão do canal aberto de Rádio Educativa da Uern será publicada no próximo lote de outorgas, junto com outras universidades estaduais e municipais que manifestaram interesse.

Pelo modelo adotado, a EBC recebe autorização do Ministério das Comunicações para gerir os canais públicos de comunicação e, por meio de acordo de cooperação técnica, a EBC autoriza a Uern a gerenciar as emissoras. 

Após essa etapa burocrática, Uern e EBC iniciarão os trabalhos para garantir a implantação e funcionamento das emissoras, que devem ocorrer até o final de 2024. O próximo passo é a busca de recursos para garantir a implantação dos estúdios, com compra dos novos equipamentos necessários.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Comunicação / Educação / Gerais
  • Tropical Foods - Nayara Souza -
quarta-feira - 22/11/2023 - 22:24h
Mandato de Isolda

Audiência pública vai debater a Cajucultura no RN

Vários aspectos da cadeia produtiva vão ser abordados (Foto: Arquivo)

Vários aspectos da cadeia produtiva vão ser abordados (Foto: Arquivo)

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) presidirá audiência pública para debater a Cajucultura do estado. O debate acontece nessa sexta-feira (24), a partir das 14h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró.

Por sua proposição, a audiência pública acontecerá reunindo entidades governamentais como Secretaria de Agricultura e Pesca, Emater, Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF), Emparn, Secretaria de Estado da Fazenda, representação do Comitê Estadual de Cajucultura, MST e às universidades Uern e Ufersa.

“O tema sobre Cajucultura é extremamente relevante. Quem está por dentro da realidade da região Oeste sabe que esse setor é fundamental para muitas famílias locais. Propusemos o debate para, em coletivo, juntar forças e fortalecer as políticas públicas dessa cadeia produtiva. Queremos debater e encontrar soluções juntos para essa produção que não para e faz a economia girar,” afirma a deputada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 10/11/2023 - 13:23h
Esporte

Uern sedia final do Campeonato de Natação do Oeste

Natação movimenta Uern no final de semana (foto: Agecom/Uern)

Natação movimenta Uern no final de semana (foto: Agecom/Uern)

A equipe de natação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e da Associação Desportiva de Natação Pajuçara (ADNP) participará, amanhã (11), da terceira e última fase do II Campeonato de Natação do Oeste Potiguar, na piscina da Uern.

Com provas nas modalidades de natação livre e borboleta, a competição soma 272 inscrições e começará às 7h30, para o público com idade acima de 13 anos, e às 14h30, para o público infantil, de 3 a 12 anos.

O coordenador da competição, professor Adalberto Veronese, informa existência de aumento do percentual de alunos de escolas públicas e de estudantes universitários da Uern e da Ufersa.

“Isso é graças à oportunidade que os Programas de Extensão das Universidades, Nadar Mais da Uern e do Programa de Atividades Aquáticas (Proaqua) da Ufersa, proporcionaram para a comunidade em geral”, frisa.

Compartilhe:
Categoria(s): Esporte
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
terça-feira - 31/10/2023 - 18:40h
Cidadania

Justiça e Uern farão evento sobre conciliação em Natal

Campus da Uern em Natal fica na Zona Norte (foto: Agecom/Uern)

Campus da Uern em Natal fica na Zona Norte (foto: Agecom/Uern)

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e a Universidade Estadual do Rio Grande Norte (Uern) realizarão evento sobre cidadania e conciliação, terça-feira (7), às 9h, no campus da Uern em Natal (Zona Norte).

Haverá atividades de educação ambiental, acolhimento a vítimas de violência doméstica e negociações para parcelamento de débitos com a Caern, Cosern/Neoenergia e Claro. O Juizado do Trânsito estará presente para fazer atendimentos.

“Qualquer pessoa pode comparecer à Uern para tratar de assuntos ligados à conciliação, entre eles na área do consumidor, por exemplo. Estaremos lá para responder dúvidas da população, das 9h às 16h30”, destaca a juíza Daniella Simonetti.

Ela é a coordenadora executiva do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJRN (Nupemec/TJRN) e diz que será o primeiro evento desse porte realizado em parceria com uma universidade.

Esclarecer, orientar e resolver dúvidas da população relacionadas à conciliação e à mediação é uma das metas do evento. O campus da Uern em Natal fica na Avenida Dr. João Medeiros Filho, 3419, Potengi.

Acompanhe o Blog Carlos Santos (BCS) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
segunda-feira - 07/08/2023 - 14:40h
Professores

Chapas vão participar de debate no próximo dia 21

Post para instagram dia da mulher delicado rosaEstá confirmado o debate entre as chapas que disputam a Direção da Associação dos Docentes da UERN (ADUERN), biênio 2023-2025. Acontecerá dia 21 de agosto (uma segunda-feira), a partir das 19h, na sede do sindicato em Mossoró.

As regras e eixos do debate foram acordados entre os representantes das três chapas na última sexta-feira (4).O evento é aberto ao público e contará com a mediação do jornalista Carlos Adams.

O debate será transmitido na íntegra nas redes sociais da da Aduern.

Regras

O debate será composto por cinco blocos. No primeiro, serão feitas as considerações iniciais e apresentação do programa de cada candidato. No segundo bloco, os candidatos respondem a perguntas diretas feitas entre si. O terceiro bloco será reservado para perguntas da atual Diretoria da Aduern às chapas. O quarto bloco irá garantir a participação da plateia, que acompanha o debate presencialmente na sede da entidade. Já o quinto bloco contará com as considerações finais.

A ordem de ação em cada bloco será definida em sorteio no início do debate.

Chapas

As chapas concorrentes são encabeçadas por Maria Jose da C. Souza Vidal (Um novo tempo), Jefferson Garrido A. Neto (Amar e mudar as coisas) e Raimundo Nonato do Vale Neto (Autonomia e valorização docente), atual presidente.

As eleições serão realizadas no dia 23 de agosto e a posse em 11 de setembro. Podem votar todos os associados e associadas com mensalidades em dia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
  • Tropical Foods - Nayara Souza -
quinta-feira - 03/08/2023 - 23:34h
Concriz

O poeta e os livros

Na abertura da 17ª Feira do Livro de Mossoró (FLIM), na quarta-feira (2), o poeta e embolador de coco, Concriz, foi um show à parte.

Com @odarajulia e @hiarla_rodrigues, da Cooperativa de Cultura Potiguar, e do professor Esdras Marchezan, fez uma apresentação linda, esbanjando talento em sua arte.

Evento foi no campus central da Universidade do Estado do RN (UERN).

Bravo, Concriz!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Cultura / Gerais
segunda-feira - 31/07/2023 - 23:48h
Uern

Feira das Profissões aponta caminho para quem pensa em graduação

Feira de ProfissõesNesta terça-feira (1º de agosto), a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) abre as portas dos campi de Assú, Mossoró, Natal, Patu e Pau dos Ferros para que estudantes do ensino médio possam conhecer seus cursos de graduação. A ação faz parte de mais uma edição da Feira das Profissões, que será realizada das 8h às 17h.

A Feira das Profissões é conduzida pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), em parceria com os departamentos acadêmicos, faculdades e direções de campi. A proposta é fazer uma apresentação dos cursos de graduação da Universidade aos candidatos que fazem a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e estão prestes a escolher um curso de nível superior pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Os alunos do Ensino Médio serão recepcionados pela equipe da Proex e voluntários, receberão as orientações sobre a dinâmica do evento e iniciarão as visitas, acompanhadas de monitores. Em cada bloco das Faculdades, os estudantes conhecer a estrutura física da instituição, o perfil profissional de cada curso, campo de atuação e outras informações que são importantes para a escolha do curso de nível superior.

No ano passado, a Feira das Profissões reuniu um público de mais de 2.500 estudantes de escolas públicas e privadas de várias regiões do Estado participaram da programação nos campi de Assú, Caicó, Mossoró, Natal, Patu e Pau dos Ferros. A expectativa deste ano é repetir ou superar esses números.

A Feira das Profissões surgiu em 2019 presencialmente e teve as duas edições seguidas (2020 e 2021) realizadas de forma remota. E no ano passado retomou aos seu formato presencial, que segue neste ano. O evento integra a programação do Elo Uern.

ELO Uern

O “ELO UERN: a universidade junto à comunidade” é o principal evento de extensão da Universidade. Com atividades presenciais e online, o evento nasceu com o objetivo de ampliar a visibilidade sobre as ações de extensão da universidade, e aproximar a instituição ainda mais da comunidade.

“É no ELO UERN que buscamos apresentar a força da extensão universitária realizada pela comunidade uerniana e pelos parceiros externos que tornam essa experiência muito bonita e gratificante. Temos uma programação bem diversificada, gratuita, que qualquer pessoas interessada pode participar”, explica o pró-reitor de extensão, professor Esdras Marchezan.

No Campus de Caicó, a Feira das Profissões será realizada em uma data posterior, devido a programação da Festa de Sant’Ana, padroeira do município, que está ocorrendo neste mês de julho.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Educação
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2024. Todos os Direitos Reservados.