• Repet - material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
quinta-feira - 23/05/2024 - 19:20h
Saúde

Carlos Augusto retorna a Mossoró em processo de recuperação

Carlos, Rosalba e Elviro Rebouças: Mossoró (Foto: Everton Monteiro)

Carlos, Rosalba e Elviro Rebouças: Mossoró (Foto: Everton Monteiro)

Com saúde em processo de acelerada recuperação, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, 79, está em Mossoró desde o início da tarde desta quinta-feira (23). Na quarta-feira (15), ele foi internado no Hospital do Coração – em Natal – com quadro de profunda anemia.

O tratamento será sequenciado em Mossoró, com retorno a Natal ainda à próxima semana para procedimentos especiais e de avaliação.

Carlos Augusto recebeu alta nesse domingo (19), às 10h, e passou a se recuperar em seu apartamento em Natal (veja AQUI).

À chegada à cidade hoje, Carlos e sua mulher – ex-prefeita e ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) – visitaram o amigo Elviro Rebouças, em seu escritório. Depois, seguiram para casa.

O ex-deputado estadual tem acompanhamento especializado do hematologista Marcos Leão, de origem mossoroense.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
quarta-feira - 22/05/2024 - 10:40h
Sucessão

Uma campanha sem Rosado em Mossoró

Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

A campanha municipal de Mossoró de 2024 está se desenhando com várias características incomuns à história das contendas municipais, em décadas, pelo desenho visto até agora. Uma delas, é a enorme possibilidade de não ter sequer um integrante da oligarquia Rosado em cabeça de chapa, a vice ou alguém escolhido por sua iniciativa para representá-la.

A banda Rosado capitaneada pela ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) jogou a toalha. Nem a vereador (veja AQUI) terá candidato. O sistema político liderado pelo ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP), também não. Sua mulher, a ex-prefeita (quatro vezes), ex-senadora e ex-governadora Rosalba Ciarlini Rosado (PP) não encontrou condições mínimas para tentar levantar voo. Deve ‘terceirizar’ o apoio.

O modelo oligárquico ortodoxo que produziu uma mentalidade de “eugenia política”, ou seja, de pureza e crença de superioridade com base apenas no sobrenome Rosado, está em xeque há vários anos. O grande baque foi em 2020. No momento, a família e suas vertentes políticos não possuem sequer um mandato eletivo. É improvável que o tempo rebobine a partir deste ano, para se repetir como no passado de glória. Passou.

Desde 1948, os Rosados pontificavam na política de Mossoró, a partir da eleição de Dix-sept Rosado a prefeito e seu irmão Vingt Rosado a vereador. Direta ou indiretamente, venceram quase todos os pleitos municipais até 2016 – ou seja, 68 anos de poder.

Três derrotas

Do fim dos anos 40, para cá, apenas três derrotas na conta em 20 eleições municipais: 1968 quando Vingt-un Rosado foi superado por Antônio Rodrigues de Carvalho; 2014, em pleito suplementar, vencido com facilidade pelo prefeito interino Francisco José Júnior (PSD), deixando Larissa Rosado (PSB) bem atrás (veja AQUI); e 2020, quando o deputado estadual Allyson Bezerra (SDD, hoje no UB) desbancou Rosalba do sonhado quinto mandato (veja AQUI).

Na eleição suplementar de 2014, pela primeira vez em 26 anos, o “rosalbismo”, derivação do rosadismo, não participou de uma eleição municipal com candidatura a prefeito com nome e sobrenome ou engendrando uma chapa. A história deve se repetir neste 2024.

Quanto ao rosadismo, ou “sandrismo”, a desnutrição tem um marco também em 2014, mas numa sequência acelerada. De lá até aqui, ladeira abaixo. Em 2016, saiu do papel de principal referência de oposição e topou se unir a Carlos Augusto e Rosalba (veja AQUI). Virou força-auxiliar de quem combateu durante décadas, e apenas elegeu Sandra Rosado como vereadora. Atrás de si, ela e seu grupo viram outros nomes assumindo o campo oposicionista no teatro de guerra.

Em 2020, o rosadismo-sandrismo almejava ser vice de Rosalba, como sonhou em 2016. Contentou-se em ter a ex-deputada estadual Larissa Rosado eleita como vereadora, depois cassada.

Nada mesmo sinaliza que 2024 possa ser o ano da renascença. De tudo falta um pouco: meios, votos e, principalmente, coragem. Tudo passa.

Compartilhe:
Categoria(s): Política / Reportagem Especial
  • Art&C 25 anos - Institucional - 19-12-2023
segunda-feira - 20/05/2024 - 11:08h
Anemia profunda

Carlos Augusto tem alta, mas segue em tratamento e aguarda exame

Carlos Augusto tem dois interesses urgentes, vendo na 'nova oposição' a chave de resolução (Foto: reprodução/arquivo)

Carlos Augusto foi internado quarta-feira (Foto: Arquivo)

Notícias boas – em primeira mão – sobre o quadro de saúde do ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, 79,  internado quarta-feira (15), no Hospital do Coração – em Natal. Vamos a elas:

Recebeu alta nesse domingo (19), às 10h, e se recupera em seu apartamento em Natal.

Sob os cuidados do hematologista Marcos Leão, de origem familiar mossoroense, Carlos Augusto duela contra processo anêmico avançado e chegou a receber o equivalente a quatro bolsas de sangue.

De hoje (segunda-feira, 20) até sexta-feira (24), o ex-parlamentar continuará tendo aplicação de composição à base de soro e sangue no mesmo hospital, como complemento da terapêutica à sua recuperação.

Paralelamente, aguardará biópsia de material retirado do seu intestino, para que seja dimensionado o problema que enfrenta. Porém, há avaliação preliminar de que resultado seja bem satisfatório.

Acompanhado de sua mulher, a ex-governadora e ex-prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), Carlos Augusto deverá retornar a Mossoró na sexta-feira.

Colhemos informações com o economista e amigo do casal, Elviro Rebouças, além de outra fonte.

Nota do BCS – Coisa boa, xará. Fique bom logo e arribe de volta a Mossoró.

Saúde e paz.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 17/05/2024 - 17:24h
Saúde delicada

Ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado está internado

Carlos Augusto foi transportado de Mossoró para Natal Foto: Arquivo)

Carlos Augusto foi transportado de Mossoró para Natal Foto: Arquivo)

O ex-deputado estadual Carlos Augusto de Souza Rosado, 79, está internado no Hospital do Coração, em Natal.

Seu quadro inspira cuidados.

Desde quarta-feira (15) que ele foi transportado de Mossoró para a capital, sendo atendido com urgência.

Sua mulher e ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) acompanha-o.

Depois traremos maiores detalhes.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais / Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
terça-feira - 09/04/2024 - 21:48h
Classificados

Terra boa e Carlos Augusto tem pressa

Vendo terreno, vendaO ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP) botou nas mãos de corretor de imóveis de sua confiança uma tarefa urgente: vender 3 mil e 300 hectares de terras.

Elas ficam margeando a BR-110, ali na direção de Upanema, até onde a vista alcança.

Terra boa, acredite; solo fértil, água.

Mesmo assim, negócio não está fácil de ser fechado.

E Carlos tem pressa.

Bote preço!

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sábado - 23/09/2023 - 19:48h
Política

A luta medonha de um líder

telefone-antigo-retro-castical-em-madeira-e-metal-cobre-1501785660O líder do rosalbismo, Carlos Augusto Rosado, andou disparando ligações telefônicas nos últimos dias.

O alvo foram antigas lideranças comunitárias, ex-candidatos a vereador.

Muitos não ouviam sua voz há muitos meses ou anos.

O eco ficou bem abaixo do esperado.

Bem mesmo.

Como se diz ali no sertão… “a luta é medonha!”

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Threads AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • San Valle Rodape GIF
segunda-feira - 10/07/2023 - 05:50h
Sucessão municipal

Rosalbismo faz novo investimento em “Plano B” para enfrentar Allyson

Carlos e Rosalba querem um nome para à disputa, mas mantendo ela como opção principal (Fotomontagem do BCS)

Carlos e Rosalba querem um nome para à disputa, mas mantendo ela como opção principal (Fotomontagem do BCS)

O rosalbismo aposta em outra opção à sucessão do prefeito mossoroense Allyson Bezerra (União Brasil): o vereador Tony Fernandes (Solidariedade), o “Cabo Tony.”

O grupo liderado pelo ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP) e pela ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) tem como prioridade, claro, o nome dela. Porém, na leitura do quadro atual há temor de passar vexame na disputa nas urnas contra o prefeito, que a derrotou em 2020.

Se houver um rebaixamento de ‘teto’ de Allyson Bezerra nos próximos meses, ou seja, com queda abissal em sua popularidade e de governo, Rosalba será candidata. Assim como ocorreu em 2016: a “Rosa” só admitiu que concorreria à prefeitura no início daquele ano eleitoral, com reprovação expressiva do nome do prefeito Francisco José Júnior (PSD).

O “Plano B” para 2024 é Tony, se as perspectivas de vitória com o nome dela forem escassas. Caindo vertiginosamente a aceitação de Allyson, Rosalba é a candidata, claro. O raciocínio do rosalbismo é pragmático. A obsessão é ejetar Allyson Bezerra do Palácio da Resistência.

Cizânia

A princípio, o cerco e ‘investimento’ eram na cizânia no grupo governista, alimentando uma candidatura a prefeito do presidente da Câmara Municipal, Lawrence Amorim (Solidariedade). O casal desistiu, por entender que esse rompimento entre Lawrence e Allyson não vai prosperar até à campanha de 2024.

Líder da oposição, Tony saiu da bancada governista ainda nos primeiros meses de gestão de Allyson. Na própria campanha municipal vitoriosa de 2020, só apoiou a candidatura dele nos últimos dias, quando a eleição do jovem deputado estadual parecia iminente, contra a favoritíssima Rosalba.

Em 2022, ele concorreu à Assembleia Legislativa na mesma legenda do grupo do prefeito, algo incomum na política mossoroense.

O Rosalbismo vive seu pior momento desde que os primeiros passos como dissidência do rosadismo (grupo familiar homogêneo por décadas), nos anos 80 do século passado. Era o “elo mais fraco”, numa célebre avaliação do prefeito Dix-huit Rosado, tio de Carlos Augusto, em discurso proferido em 1985.

Depois de revelar-se muito forte, o rosalbismo não tem sequer um mandato a vereador. Contudo, não está morto. Daí a movimentação para tentar derrotar o prefeito Allyson Bezerra, direta ou indiretamente. Com Rosalba, Tony ou outra fórmula qualquer. E essa não é uma conversa de alpendre à beira-mar de Tibau-RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos (Canal BCS) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
segunda-feira - 26/06/2023 - 07:04h
Em casa

Carlos e Rosalba estão de volta ao Cantópolis

Lote, terreno, casa, setor imobiliário, minha casa minha vidaO casal Carlos Augusto Rosado-Rosalba Ciarlini (PP) voltou a se abrigar no casarão do Sítio Cantópolis, propriedade da família à margem esquerda do rio Mossoró, Centro da Cidade.

Há anos estavam longe do lugar, usado apenas para reuniões políticas.

Saíram de apartamento no Condomínio Varandas do Nascente, apartamento 801 B, rua Dalton Cunha, no Abolição I, onde fizeram endereço em Mossoró por alguns meses.

O vai-e-volta continua entre Mossoró e a casa à beira-mar de Tibau, a 42 km de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos (Canal BCS) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Art&C 25 anos - Institucional - 19-12-2023
domingo - 20/11/2022 - 16:48h
Eleições municipais

Rosados sinalizam que podem ter nova “união” política

Em seu Twitter (rede social), o ex-deputado federal Laíre Rosado postou agora à tarde um resumo de “encontro casual” com os adversários Carlos Augusto Rosado (PP)-ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP).Laíre fala de encontro casual com carlos e rosalba, com perspectiva de conversa sobre futuro 20-11-2022

Segundo ele, um tête-à-tête fugaz, “sem condições de avaliar o quadro político futuro de Mossoró.”

Porém, também salienta em sua postagem pública, “de qualquer forma, uma demonstração que podemos conversar sobre a sucessão futura do prefeito de Mossoró.”

Os dois grupos familiares ficaram separados e foram adversários por mais de 30 anos. Em 2016, a “união”. Que foi ótima pro sistema do casal ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado-Rosalba e, péssima, pro grupo de Laíre e da ex-deputada federal Sandra Rosado (PSDB).

Em 2020, logo após as eleições municipais, cada um foi pro seu lado, com pesadas perdas, em face da derrota de Rosalba à reeleição.

Agora em 2022, o desabamento comum: foram derrotados e somaram votações humilhantes à Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.

Mas, 2024 está bem aí, batendo à porta.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
segunda-feira - 05/09/2022 - 10:42h
Voto

Luta familiar vai testar forças na disputa à Câmara Federal

Sistema já chegou a ter 53,09% dos votos válidos de Mossoró com dois nomes a federal

Apesar de desmilinguidos em estrutura e eleitoralmente, os Rosados têm outro embate político-familiar marcado para as urnas em 2 de outubro. Em especial, à Câmara Federal. Isso, como ocorreu durante várias eleições seguidas, desde 1994.esgrimista-mulher-com-espada-de-esgrima-esgrimistas-duelo-conceito_183314-1062

De um lado, a ex-deputada federal Sandra Rosado (União Brasil), que novamente busca mandato. O último na Câmara dos Deputados foi conquistado em 2010, há 12 anos. Em 2014, não se reelegeu e em 2018, refugou para manter a “união” com o grupo da então prefeita Rosalba Ciarlini Rosado (PP), sua prima e adversária por décadas.

Em 2022, de novo elas estão separadas – mesmo que façam parte do mesmo campo político.

Rosalba, por sua vez, aposta de novo no sobrinho-afim Beto Rosado (PP), que tenta o terceiro mandato consecutivo.

O que ‘junta’ ambos sistema políticos, é a realidade diferente do passado que se distancia. Candidatos à Câmara dos Deputados das duas bandas da família Rosado chegaram a ter mais de 50% dos votos válidos em Mossoró. Eram literalmente donos do pedaço.

Avalanche de votos

Exemplo de 2002, há 20 anos, quando Sandra Rosado e Betinho Rosado (pai do atual deputado federal Beto Rosado-PP) somaram 53,09% dos votos a federal no município. Uma avalanche de 56.481 votos cumulativamente.

Alguns detalhes não podem passar despercebidos nesse pequeno relatório (veja boxe acima) do desempenho dos Rosados, neste século, em sua principal base eleitoral, quando tratamos de disputa à Câmara dos Deputados em 2002.

Em 2002, o marido da prefeita à época, Rosalba Ciarlini Rosado (PFL), ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PFL), foi candidato a vice-governador do então senador Fernando Bezerra (PTB). Betinho Rosado, seu irmão, concorria à reeleição à Câmara dos Deputados. Enquanto isso, o deputado federal Laíre Rosado (PMDB), marido de Sandra, foi vice do governador Fernando Freire (PPB), ela sendo candidata em seu lugar.

Betinho e Sandra: montanha de votos (Fotomontagem/arquivo Canal BCS)

Betinho e Sandra: avalanche de votos (Fotomontagem/arquivo Canal BCS)

Câmara Federal – Mossoró

2002

Betinho Rosado (PFL) – 28.702  votos (27,4%)
Sandra Rosado (PMDB)– 27.779 votos (26,5%)
Total – 53,09% dos votos válidos de Mossoró

2006

Betinho Rosado (PFL) – 28.709 votos (25,43%)
Sandra Rosado (PSB) – 19.859 (17,59%)
Total – 43,02% dos votos válidos de Mossoró

2010

Betinho Rosado (DEM) – 32.245 (28,17%)
Sandra Rosado (PSB) – 25.072 (21,9%)
Total – 49,26% dos votos válidos.

2014

Sandra Rosado (PSB) – 18.271 (18,33%)
Beto Rosado, filho (PP) – 15.321 (15,37%)
Fafá Rosado – (PMDB) – 12.983 (13,02%)
Total – 46,72% dos votos válidos.

2018

Beto Rosado, filho (PP) – 16.241 (28,17%)
* Nenhum integrante do grupo de Sandra Rosado foi candidato e o subgrupo de Fafá Rosado, ex-prefeita, desapareceu.

O caráter “majoritário” local da contenda gerou polarização como se fosse uma disputa municipal. Os dois lados tiraram proveito. Dividiram-se para somar – literalmente. Mesmo assim, as duas chapas foram derrotadas por Wilma de Faria (PSB), uma mossoroense distante, que fez política em Natal. Elegeu-se ao governo potiguar.

Em nova eleição, em 2014, os Rosados apostaram em três candidatos à Câmara Federal, por esquemas político-partidários distintos. Totalizaram 46,72% dos votos válidos. Contudo, apenas Beto Rosado (substituindo o pai Betinho, que ficou inelegível) foi eleito. Sandra não se reelegeu e Fafá Rosado (PMDB), que vinha de dois mandatos como prefeita, também não vulnerou. 

Agora, é 2022. Um teste de fogo para o clã Rosado e seus candidatos. As urnas dirão muito sobre seu futuro.

Leia também: Campanha faz dos Rosados coadjuvantes em sua própria terra.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Eleições 2022 / Política / Reportagem Especial
  • Tropical Foods - Nayara Souza -
segunda-feira - 15/08/2022 - 08:38h
Deputado estadual

Getúlio Rêgo reúne amigos em busca do 11º mandato consecutivo

O deputado estadual Getúlio Rêgo (PSDB) promoveu evento político nesse sábado (13), em Portalegre (sua terra Natal), no Clube Acep. Denominada de “Encontro Regional com Amigos de Getúlio”, a iniciativa foi ponto de partida oficial à sua 11ª campanha consecutiva à Assembleia Legislativa.

Getúlio foca no décimo mandato consecutivo, quase 40 anos na Assembleia Legislativa (Foto: reprodução do Canal BCS)

Getúlio foca no 10º mandato consecutivo, quase 40 anos na AL (Foto: reprodução do Canal BCS)

Rêgo aglomerou seguidores e amigos da região Oeste e de outras áreas do RN, como o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP) e a ex-governadora e ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP).

O parlamentar é o decano da Assembleia Legislativa. Enfileira dez mandatos desde o pleito de 1982. De lá para cá, repetiu o êxito nas eleições de 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018. Portanto, são quase 40 anos na Casa.

Médico, formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), 78 anos, Getúlio Rêgo foi Líder do Governo na Assembleia Legislativa do RN nos dois períodos de gestão José Agripino (União Brasil) e de Rosalba Ciarlini.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Eleições 2022 / Política
terça-feira - 17/05/2022 - 20:08h
Deputado federal

Carlos Augusto arregaça as mangas para nova campanha

Carlos: nova campanha e novos desafios (Foto: arquivo)

Carlos: nova campanha e novos desafios (Foto: arquivo)

Líder do rosalbismo, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado começou a chamar para conversas nomes de apoio ao projeto de reeleição do deputado federal Beto Rosado (PP), seu sobrinho.

O trabalho é para organizar a campanha que vem pela frente.

Mãos à obra.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Eleições 2022 / Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
quarta-feira - 13/04/2022 - 23:50h
Fim do poder

Assim não se passaram 12 anos

quebra de ordem cronológica de pagamento - calendárioEntre interlocutores escolhidos a dedo, antes da campanha municipal de 2020, o então todo-poderoso Carlos Augusto Rosado estabelecia um prazo para seu grupo deixar a Prefeitura Municipal de Mossoró.

Segundo estipulava, passariam pelo menos mais 12 anos no Palácio da Resistência, sede da municipalidade. Ou seja, outros três mandatos em série. Não via nada ou ninguém para quebrar seus planos.

Por mais que olhasse as pesquisas em sequência, o crescimento do deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), não acreditava que seu reino pudesse desabar bem antes.

Só descobriu no dia 15 de novembro de 2020 que tinha errado a mão, os cálculos e fora imprudente com o que as pesquisas alertavam bem lá atrás.

Mas, já era tarde demais. O rosalbismo chega esbaforido à porta de mais uma eleição. E as perspectivas são sombrias.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
quarta-feira - 30/03/2022 - 17:06h
Jogo político

Carlos Augusto Rosado dá suporte à ‘nova oposição’

Carlos Augusto tem dois interesses urgentes, vendo na 'nova oposição' a chave de resolução (Foto: reprodução/arquivo)

Carlos Augusto tem dois interesses urgentes, vendo na ‘nova oposição’ a chave de resolução (Foto: reprodução/arquivo)

Do Blog da Chris

O ex-todo-poderoso prefeito de fato de Mossoró Carlos Augusto Rosado resolveu agir e agir rápido nas sombras, onde é realmente um mestre. Passou a dar suporte a novos oposicionistas na Câmara Municipal de Mossoró.

Carlos tem auxiliares de confiança assessorando alguns vereadores com dois objetivos bem claros.

Primeiro – Profissionalizar a oposição ao prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), aquele mesmo que sua mulher e então prefeita de direito de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), menosprezou com o apelido de “Menino pobrezinho”, na campanha de 2020.

Segundo – Somar votos para garantir aprovação de contas da ex-prefeita no legislativo, o que só será possível com votos unidos da oposição original e o chamado G6, ex-governistas, que estão no bloco “Diálogo e Respeito”.

Com um ano delicado como esse, é compreensível que Carlos vá mesmo para o tudo ou nada.

Perdido por um, perdido por mil.

Nota do Canal BCS – Ah, tá! Agora entendi, entendi…

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
quinta-feira - 10/02/2022 - 13:32h
Nova missão

Carlos Augusto trabalha aprovação de contas de Rosalba

Calculadora, dinheiro, soma, contas, comércioDepois de conseguir se livrar do faz de conta da CPI da Arena das Dunas na Assembleia Legislativa, onde sequer foi ouvida, graças a tratativas insondáveis e inconfessáveis de bastidores, a ex-prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) tem outra tarefa hercúlea pela frente.

Trabalha para aprovação de contas de sua última gestão. Processo passará obrigatoriamente pela Câmara Municipal.

A operação começou cedo e está bem avançada, inclusive em relação a vereadores governistas.

O líder do grupo, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, sabe que existem muitas situações delicadas que podem comprometer o futuro político de sua mulher.

Francisco José Júnior

Em toda sua história, a Câmara Municipal de Mossoró só reprovou as contas de um ex-prefeito: Francisco José Júnior. O fato ocorreu dia 19 de fevereiro de 2020, ano eleitoral – veja AQUI.

O rosalbismo precisava desse “troféu” (entenda AQUI) para levar à campanha municipal e trabalhou a reprovação com sua maioria parlamentar. Para o ex-prefeito, tudo não passou de “uma manobra política” (veja AQUI).

Leia também sobre aspectos legais dessa decisão AQUI e AQUI.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Política
quinta-feira - 27/01/2022 - 08:48h
Bastidores de um rompimento

Caminhos da política

Laíre faz relatos desconhecidos do público (Foto: arquivo)

Laíre faz relatos desconhecidos do público (Foto: arquivo)

Por Laíre Rosado (O Mossoroense)

O ex-senador Garibaldi Alves afirmou que rompeu política e familiarmente com o ex-deputado Henrique Alves. Quando do rompimento de Carlos Augusto com os tios, Dix-huit declarou que, em política, o primeiro que apodrece é o sangue. Na aliança política entre familiares o vínculo se mantém enquanto atende ao interesse de todos.

Em 2006, Garibaldi nos fez passar por vexame semelhante ao que está expondo Henrique. Acreditava que o apoio de Rosalba Ciarlini era fundamenta para sua eleição ao Senado. Foi assim que, pelo telefone, marcou encontro comigo e com Sandra, em nosso apartamento na capital do estado, no cruzamento das ruas Antônio Basílio com Rui Barbosa.

Uma visita do grande líder Garibaldi deveria ser motivo de alegria, mas não foi o que aconteceu. Depois dos cumprimentos iniciais, sem arrodeio, disse que estava precisando do apoio da ex-prefeita de Mossoró e avisava que eu e Sandra, então deputada federal, deveríamos buscar outro partido, deixando o PMDB, partido a que estávamos filiados há vários anos. De maneira enfática, repetiu que não teríamos mais espaço para disputar novas eleições filiados ao partido onde tivemos grandes vitórias.

Ponderei que poderíamos conviver com Rosalba em um mesmo partido. Não havia necessidade de cancelamento de nossa filiação ao PMDB, partido que amávamos e onde nos sentíamos confortáveis. Pedi somente que, caso ele concordasse, queria que o anúncio dessa nova composição fosse feito por nosso intermédio, para evitar uma reação maior dos correligionários. Fiquei surpreso com a reação de Garibaldi, afirmando não havíamos entendido sua decisão e que tínhamos que sair do PMDB. E completou, quanta ironia meu Deus, que entenderia qualquer posição que assumíssemos.

Perguntei sobre o diretório municipal do PMDB em Mossoró e ele respondeu que esse assunto não era mais de minha responsabilidade. Perguntei ainda se Rosalba assinaria ficha de filiação partidária e, mais uma vez, ele não me respondeu. Sempre fui muito tranquilo em minhas reações emocionais, mas não suportava a decepção profunda que tomou conta de Sandra

NÃO PROCUREI O DEPUTADO HENRIQUE ALVES acreditando que, mesmo se não concordasse com Garibaldi, não o enfrentaria, quando a justificativa era sua eleição ao Senado. Procuramos Geraldo Melo, além de correligionário, nosso amigo, com provas de solidariedade desde o tempo de Vingt Rosado. Contamos da visita de Garibaldi e ele demonstrou perplexidade, sem querer acreditar no que estava ouvindo. Perguntou se nós concordaríamos em um novo encontro, dessa vez com a sua presença. Geraldo seria candidato ao Senado nessas eleições e tinha interesse em manter unido a base de apoio. Viajei até Brasília e, no apartamento de Sandra, conversamos novamente com Garibaldi, com a participação de Geraldo Melo.

Sandra deixou um muito claro a Garibaldi que estávamos atendendo a uma sugestão de Geraldo, mas não acreditava que Garibaldi reconsiderasse sua decisão de não nos querer no PMDB. Em poucos minutos, diante da frieza e Garibaldi, Geraldo foi acometido de uma crise de enxaqueca que o obrigou a usar medicamentos para concluir o diálogo.

Não havendo mais nada a acrescentar, Garibaldi despediu-se de mim e de Sandra e convidou Geraldo para descerem juntos no elevador, para analisar algum detalhe da conversa, disse ele. Geraldo lhe respondeu que, diante das colocações que havia escutado, não havia mais espaço para nenhuma conversa.

Foi então que Sandra, olhando para os dois, disse “Geraldo, hoje, nós somos os traídos, mas amanhã você é quem será enganado por Garibaldi. Há indícios seguros de que ele já fechou com a candidatura de Rosalba Ciarlini ao Senado.” Ao que parece, Geraldo imaginou essa hipótese inteiramente impossível, mas foi o que aconteceu.

Poucos dias depois de Garibaldi formalizar o apoio a Rosalba como candidata ao Senado, encontramo-nos com Geraldo que foi se dirigindo a Sandra e afirmando, “amiga, você tinha toa razão. E eu não quis acreditar que isso pudesse acontecer”.

No final, Sandra foi reeleita deputada federal. Rosalba foi eleita senadora, com o apoio de Garibaldi. Geraldo não conseguiu voltar ao Senado e o próprio Garibaldi foi derrotado por Wilma de Faria, eleita governadora do estado. Passado o período eleitoral, Garibaldi chegou a reconhecer que tinha cometido um erro político ao trocar o apoio de Sandra e Laire por Rosalba e Carlos Augusto. Não somente por conta de votos, mas pelo desequilíbrio que isso provocou em Mossoró e Região Oeste.

Quem sabe, no futuro Garibaldi Alves volte a admitir ter incorrido em outro erro político, desta vez mais grave que o primeiro. Afinal de contas, como ele mesmo declarou, é um rompimento familiar e político.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Art&C 25 anos - Institucional - 19-12-2023
segunda-feira - 10/01/2022 - 13:40h
Ex-prefeita

Passar um réveillon em Jacumã

Do Blog Saulo Vale

A ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (Progressistas) resolveu dar um tempo em viagem à Europa, como chegou a programar, com passagens por Portugal e Alemanha, onde mora uma filha.

Porém, não abriu mão de um réveillon mais intimista, com poucos e queridos amigos.

Ficou com o marido, ex-deputado Carlos Augusto Rosado, na casa de praia dos engenheiros e ex-auxiliares Kátia Pinto e Yuri Tasso Pinto, em Jacumã, praia localizada no município de Ceará-Mirim.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sábado - 27/11/2021 - 16:52h
PodFalar

“Larissa nunca foi candidata de Rosalba a deputado estadual”

Da Super TV

“Larissa Rosado nunca foi candidata de Rosalba Ciarlini a deputado estadual”.

Veja esse trecho de entrevista do criador e editor do Canal BCS (Blog Carlos Santos), jornalista Carlos Santos, ao programa PodFalar, da Super TV.

O programa foi ao ar nesta quarta-feira, 24 de Novembro, às 20h, pelo canal aberto 14.1, Brisanet 173 e pelas redes sociais.

No comando, o jornalista Saulo Vale e o advogado Jaílton Magalhães.

Veja a íntegra da entrevista AQUI.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sexta-feira - 26/11/2021 - 13:28h
Bye

Ex-prefeita se prepara para viagem à Europa

tipos-de-malasA ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) afivela as malas para viagem demorada à Europa.

Agora em dezembro, bye.

Residindo entre Mossoró e Tibau, a ex-prefeita viajará na companhia do marido e ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado.

Ano novo e mais umas semanas serão por lá, em especial na Alemanha.

Boa viagem, gente!

Cuide-se.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 08/10/2021 - 18:38h
Em Natal

Um casal e suas preocupações com a CPI da Arena das Dunas

Carlos foi chefe do Gabinete da mulher, governadora Rosalba (Foto: arquivo)

Carlos foi chefe do Gabinete da mulher, governadora Rosalba (Foto: arquivo)

O casal ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado-ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) tem dedicado considerável parcela do seu tempo à capital do estado.

Entre algumas preocupações, a CPI da Arena das Dunas.

Preocupa, a o andamento de investigação sobre contratos à época da gestão de Rosalba no Governo do RN (2011-2014), que resultou na construção desse trambolho bilionário a expensas do contribuinte potiguar.

Até aqui, a CPI instalada na Assembleia Legislativa do RN é morninha e inofensiva.

Mas, pode mudar a sua temperatura e grau de periculosidade.

Daí, a inquietação para esfriá-la de vez.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
terça-feira - 24/08/2021 - 16:30h
Submundo

Rosalbista e comparsa envolvidos em furto de trator fazem acordo

Investigação da Defur resultou em inquérito denso e levou envolvidos a entendimento com MP

Para não se submeterem a processo judicial, que iria tramitar e caminharia provavelmente à condenação de ambos, Nivaldo Ferreira da Silva e Josenildo Leão firmaram “Acordo de não persecução penal” com a 8ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, ocupada pelo promotor Paulo Carvalho Ribeiro.

Nivaldo fez acordo com Ministério Público, o que é admissão de envolvimento no furto qualificado (Foto: reprodução BCS)

Nivaldo fez acordo com Ministério Público, o que é admissão de envolvimento no furto qualificado (Foto: reprodução BCS)

Eles admitiram participação direta no furto qualificado do trator marca/modelo Budny, BDY-7540B, ano 2020, cor laranja.

O veículo da Prefeitura Municipal de Mossoró desapareceu do pátio da Secretaria Municipal da Agricultura (bairro Costa e Silva), no dia 9 de janeiro de 2021 (um sábado), segunda semana da gestão Allyson Bezerra (Solidariedade). Houve constatação do desaparecimento na segunda-feira (11).

No dia 14, uma quinta-feira, por volta de 19h15, equipe de investigação comandada pelo titular da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR), bacharel Rafael Arraes, localizou o trator a 155 km de Mossoró, no município de Guamaré (veja AQUI).

Com o acordo, Nivaldo e Josenildo vão pagar, cada um, 5 (cinco salários mínimos), com parcelamento que podem chegar respectivamente a 15 e 12 meses. Assim, livram-se do pior.

Equipamento do município estava em Guamaré, em perfeito estado de conservação (Foto: cedida)

Equipamento do município estava em Guamaré, em perfeito estado de conservação (Foto: cedida)

História

Nivaldo é um velho conhecido na política mossoroense, como seguidor fiel e de confiança da cúpula do rosalbismo. Na gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) que foi até o dia 31 de dezembro, do ano passado, era comissionado na justamente na Secretaria Municipal de Agricultura, desde a nomeação em 13 de novembro de 2017 para Chefe de Divisão, Símbolo CD.

Nivaldo era cargo comissionado justamente onde houve furto do trator (Reprodução BCS)

Nivaldo era cargo comissionado justamente onde houve furto do trator (Reprodução BCS)

Inclusive, Nivaldo Ferreira postou várias fotos há poucos meses, ao lado dos líderes Carlos Augusto Rosado-Rosalba (veja AQUI), que lhe visitaram em sua casa no dia 15 de maio.

Ele, posteriormente, acabou recebido por ambos.

O irônico desse enredo, é que logo que foi divulgado o furto, o deputado federal Beto Rosado (PP) utilizou suas redes sociais para cobrar o elucidamento do crime e criticar o prefeito por ser omisso em termos de segurança patrimonial.

“A notícia que o prefeito retirou os guardas municipais da proteção do patrimônio público, alertou os criminosos para uma ação como essa que foi feita”, disse (veja AQUI).

Aliado fiel, Nivaldo recebeu visita do casal e depois retribuiu o agrado (Fotomontagem BCS)

Aliado fiel, Nivaldo recebeu visita do casal e depois retribuiu o agrado (Fotomontagem BCS)

Apesar da rápida e eficiente ação policial, Beto não tocou mais no assunto. Hoje, tudo faz sentido. Seria atirar no próprio pé parabenizar a Polícia Civil por pegar seu colaborador político, Nivaldo, e o comparsa, mesmo não tendo – possivelmente – qualquer envolvimento com o caso,

Como foi o furto

O delegado Rafael Arraes colheu depoimento de que Nivaldo teria oferecido o trator à venda. Mas, ele acabou fechando negócio parcelado por R$ 80 mil, conforme o outro envolvido – Josenildo Leão – contou.

Josenildo pegou o veículo na Feira do Bode, área da Secretaria Municipal da Agricultura, mas Nivaldo não acompanhou a retirada dele do local. Apenas orientou como fazer para levá-lo.

De lá, por volta de 15h do sábado (9 de janeiro), o trator foi levado até Guamaré. Josenildo Leão dirigiu uma picape de pequeno porte como ‘batedor’, indo à frente, enquanto um amigo pilotava o veículo, sem saber se tratar de um furto.

No inquérito policial, ainda há depoimento de um amigo de Nivaldo Ferreira que é bastante delicado. Ao delegado, esse depoente assegurou que ouviu dele a afirmação de que “caso fosse preso iria acusar mais gente; e disse inclusive que havia político envolvido…”.

Para o delegado, é pouco provável que tenha acontecido comercialização ilegal do trator. Os dois – Nivaldo e Josenildo – foram sócios no furto qualificado.

Veja abaixo, vídeo em que o delegado Rafael Arraes explicou no dia 18 de janeiro como foi a rápida investigação e solução do furto do trator da municipalidade. Ele dá detalhes do trabalho policial e a sustentação comprobatória do que posteriormente apresentou no inquérito sob o número 0802956-97.2021.8.20.5106, na 2ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró:

O que é o Acordo de Não Persecução Penal? – Trata-se de um instituto de caráter pré-processual, que  representante do Ministério Público e o investigado formalizam, quando a prática de infração penal é admitida e se identifica que aconteceu sem violência ou grave ameaça e com pena mínima inferior a 4 (quatro) anos.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Política / Reportagem Especial / Segurança Pública/Polícia
domingo - 13/06/2021 - 18:50h
Crise

Clima carregado em família antes e depois de eleições

Leste, oesteDo Blog da Chris

O grupo familiar herdeiro do governador Dix-sept Rosado (in memoriam) está convivendo com uma crise nunca antes vista. O espólio dos quatro irmãos – Carlos Augusto, Isaura Amélia, Carlos Alberto (Betinho) e Dix-sept Filho – é o xis da questão.

O posto de combustíveis Leste-Oeste, por exemplo, está fechado.

O desentendimento se agravou muito após as eleições municipais do ano passado, quando Rosalba Ciarlini Rosado (PP), mulher do líder familiar Carlos Augusto, perdeu a disputa à reeleição à prefeitura.

Esse estresse tem também relação com campanha que se avizinha e Dix-sept sempre foi guardião do patrimônio da família e não quer se desfazer para eleger Rosalba e Beto Rosado (PP), deputados estadual e federal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2024. Todos os Direitos Reservados.