• Repet - material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
domingo - 26/05/2024 - 09:51h
Luto

Dia de despedida do senhor Expedito Tertuliano de Freitas

Seu Expedito faria 98 anos dia 7 de junho (Fotomontagem cedida pela família

Seu Expedito faria 98 anos dia 7 de junho (Fotomontagem cedida pela família

Faleceu neste domingo (26), em Mossoró, o senhor Expedito Tertuliano de Freitas. Faria 98 anos no próximo dia 7 de junho. Estava internado no Hospital Wilson Rosado (HWR) desde o dia 5 de maio.

O velório acontece no Centro de Velório Sempre, próximo ao Tiro de Guerra, em Mossoró. Sepultamento está marcado para as 16h30 de hoje no Cemitério São Sebastião – Centro.

Seu Expedito nasceu na cidade de Portalegre-RN, em 07 de junho de 1926 e em 1952 casou-se com Albaniza de Albuquerque Freitas. Foi morar no povoado de Malhada Vermelha/Severiano Melo, a partir de onde construíram uma família com 12 filhos (07 homens e 05 mulheres). Na localidade, tinha uma bodega e era agricultor.

Pensando como dar estudos aos filhos, resolveu com a cara e a coragem tentar a vida num lugar maior ao lado de dona Albaniza: escolheu Mossoró para esse desafio.

Ao longo de décadas, eles encaminharam a prole aos estudos e à atividade produtiva, vendo todos encaminhados em atividades diversas como engenharia, docência, medicina e comércio.

Nota do BCS – Conheci Seu Expedito há muitos anos, além de sua família trabalhadora e honrada. Sou amigo há muito tempo desse clã.

Minha solidariedade em especial a Ribamar Freitas (Oba Restaurante) e Cizimar Freitas (Cantinho Freitas), dois dos seus filhos.

Descanse em paz.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
domingo - 26/05/2024 - 09:44h

A passagem secreta

Por Marcelo Alves

Daunt Books em Londres (Foto: Secret London)

Daunt Books em Londres (Foto: Secret London)

A Daunt Books, na região londrina de Marylebone, é uma belíssima livraria. Como comércio de livros, em princípio especializado em literatura de viagem, foi fundada em 1990, por James Daunt, um banqueiro também craque no ramo livresco, que depois foi trabalhar para as gigantes redes Waterstones (do Reino Unido) e Barnes & Noble (dos EUA). A Daunt Books virou uma pequena rede de livrarias, menos de dez no total, das quais eu estou lembrado de conhecer apenas a matriz em Marylebone, por sinal um bairro chique e muito aprazível da capital do Reino Unido. Acho que tenho uma das belas sacolas da rede – chamadas de tote bags –, das quais eles são, justificadamente, muito orgulhosos.

De toda sorte, fui poucas vezes à Daunt Books quando do meu período de estudos em Londres. Não era tão perto dos locais onde morei e, quase sempre, nas minhas vizinhanças, havia opções, digamos, mais convenientes. Mas, desta feita, hospedado por cinco noites no The Cumberland Hotel, nas abas de Marylebone, decidi alegremente me aventurar por esse comércio de livros. A mãe de João tinha ido fazer as compras de estilo na Oxford Street.

Eu fiquei com o nosso pequeno. Então, passearia com ele na Marylebone High Street, rua agradabilíssima por sinal, cheia de lojas, restaurantes e gente, levaria ele na livraria e, quem sabe, dando tempo, ainda chegaríamos à estação de trens de Paddington, para ver o famoso urso – sua estátua, na verdade – chamado… Paddington.

O passeio pela Marylebone High Street foi divertidíssimo. Era uma manhã de sol – o que é sempre algo a se comemorar no abril londrino. Ia empurrando o carrinho de João. Ele com suas perguntas, que eu tentava – e ainda tento – responder da melhor forma possível. Olhamos muitas vitrines. Entramos em um par de lojas. Tomei um café. Dei o lanche de João. E chegamos à livraria.

A Daunt Books de Marylebone, que ocupa o prédio de uma antiga livraria da era eduardiana, é mesmo muito bonita. Embora mais simples, o seu interior lembra a famosa Livraria Lello do Porto. O trabalho em madeira escura nas estantes, nas balaustradas do andar superior, nos corrimãos e na escada que dá para o subsolo é realmente digno de nota. Belíssimo. A enorme janela/vitral no fundo da loja é encantadora. O teto envidraçado ilumina a nossa estada.

Outrora especializada em livros de viagem, é hoje uma livraria bastante generalista. Seu acervo é bom. Muito melhor do que o da Lello, por sinal. E bem sistematizado. A livraria parece viver cheia. Tinha bastante gente no dia em que estivemos lá. Mas não eram “turistas”, tirando fotos para todos os lados, como no caso do comércio do Porto. Pareciam “locais” e realmente amantes de livros.

Pelo que me recordo, nada comprei. Mas algo deveras inusitado aconteceu. Uma lição, posso dizer. João insistiu em descer a bela escada de madeira, que dava para o andar mais baixo da livraria, onde ele afirmava haver uma passagem secreta. Tirei João do carrinho, que deixei atrapalhando o trânsito no andar térreo, e, carregando o requerente nos braços, nos aventuramos pelo subsolo, onde havia muitos livros, entre eles os de criança. Subimos depois de um tempo.

Cheguei a colocar João de volta no carrinho. Mas ele pediu de novo para descer as escadas, com o mesmo argumento de que havia a tal passagem secreta. Desci já com um misto de cansado e encafifado. Demoramos mais um tempo e, para desgosto de João, subimos. Esse desce e sobe se repetiu mais uma vez. Foi aí que eu percebi haver deixado o carrinho de João verdadeiramente impedindo o trânsito dos leitores.

Em especial, pedi desculpas a uma mulher que, curvada sobre o carrinho, tentava consultar a prateleira dos livros de filosofia. Envergonhado, colocando a responsabilidade no pequeno, disse: “É a imaginação dele. Insiste que descendo as escadas tem uma passagem secreta”. Ao que ela respondeu: “Mas tem ele razão. Lá está cheio de livros”.

Ainda hoje me pergunto o que João encontrou na sua passagem secreta…

Marcelo Alves Dias de Souza é procurador Regional da República, doutor em Direito (PhD in Law) pelo King’s College London – KCL e membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras – ANRL

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
  • Art&C 25 anos - Institucional - 19-12-2023
domingo - 26/05/2024 - 08:25h

O resplendor

Por Bruno Ernesto

Santa Rita de Cássia em Nova Cruz-RN (Foto: Canindé Soares)

Santa Rita de Cássia em Nova Cruz-RN (Foto: Canindé Soares)

Maior que a fé, só o desejo do título de maior estátua de santa católica do mundo, que foi alimentado em Santa Cruz do Inharé durante os anos de construção da estátua de Santa Rita de Cássia.

Nesse período, precisei me deslocar de Natal para as cidades de Currais Novos e Caicó muitas vezes, em razão de compromissos profissionais, o que me permitiu observar a sua construção desde o início.

Da BR-226, a cada passagem por Santa Cruz, olhava para o Monte Carmelo, e pude observar a evolução da obra, que na maioria do tempo estava envolta por andaimes, permitindo observar apenas sua silhueta enquanto ganhava os céus pelas mãos de Alexandre Azedo, que é filho do escultor que ergueu a famosa imagem de Padre Cícero, no Juazeiro do Norte/CE, juntamente com sua habilidosa equipe.

Na região não se falava de outra coisa a não ser do orgulho e empenho do prefeito da cidade, que ia muito além da fé naquele monumento, uma santa que teria quarenta e dois metros de altura e estaria postada sobre um pedestal de seis metros de altura, o que lhe garantiria uma altura total de quarenta e oito metros e o título de maior estátua de um santo católico do mundo.

Ano após ano, a construção avançava sob a expectativa de que logo seria laureada com o glorioso título, sempre, porém, com a possibilidade de perdê-lo antes da conclusão ou, quem sabe, pouco tempo após, o que seria terrível e feriria de morte o orgulho dos fiéis e das autoridades locais envolvidas no projeto. Afinal, há gente de fé católica no mundo inteiro disposta a arrebatar tal título e, nem sempre, a fé é o mais importante nessas situações. Dizem.

Isso, segundo contam, era um pesadelo para todos da cidade e, decerto, muito mais para o prefeito, pois aquela obra seria um marco histórico para a cidade e seu nome certamente seria eternizado nos anais da cidade, talvez, digno de registro pelo Sumo Pontífice em plena Praça São Pedro, no Vaticano, na audiência semanal que ocorre toda quarta-feira, ou registrado por ele, tal qual os registros existentes nos monumentos históricos de Roma, desde a colina do Vaticano, até o Foro Romano, onde podemos ver inúmeras placas esculpidas no famoso mármore de Carrara, alusivas àqueles monumentos, como a que está no Anfiteatro Flávio, o famoso Coliseu, com os seguintes dizeres: “Amphitheatrum Flavium, triumphis spectaculisq insigne diis gentium ímpio cultu dicatum martyrum criuore ab impura superstitione expiatum ne fortitudinis eorum excideret memoria monumentum a Clemente X P M an jub MDCLXXV, parietinis dealbatis depictum, temporum injuria deletum. Benedictus XIV Pont M. Marmoreum reddi curavit, na jub MDCCL, Pont M.”

Essa expectativa acompanhou a todos durante toda a construção, até que, já bem próximo de finalizar a obra e, enfim, ser inaugurada, chegou a notícia mais temida por todos: em Aparecida/SP, seria erguida uma estátua colossal de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil, e que teria 50 metros de altura, o que retiraria o tão sonhado título de maior estátua de santo católico do mundo da cidade de Santa Cruz, pois, mesmo o Monte Carmelo tendo trezentos metros de altura, os quarenta e oito metros de Santa Rita de Cássia seriam superados em dois metros.

Dois metros separariam a glória do ocaso e não haveria comemoração como as do Arco de Constantino, em Roma.

O sonho de tantos anos parecia se esvair por entre os dedos de todos.

Foi um balde de agua fria nos sonhos dos fiéis e a comoção foi generalizada, imperando na cidade o clima de tragédia.

Alguém, num típico arroubo do fervor cristão, quase que de antigamente, bradou que a velha lenda do inharé havia despertado, para a desgraça de todos.

A respeito dessa lenda, consta nos registros históricos da cidade de Santa Cruz que onde hoje é a cidade, havia abundância de inharé, uma árvore que, mesmo tida como sagrada, também poderia ocasionar malefícios, como secas, epidemias e toda sorte de mazela, toda vez que alguém lhe quebrasse um de seus galhos.

Diz-se que um missionário católico, ao saber de tal fato, dirigiu-se ao local e, em desafio, cortou alguns galhos de um inharé e com eles ergueu uma cruz na localidade e, como um milagre, pôs fim aos malefícios no povoado. Daí o nome Santa Cruz do Inharé.

Não tardou para que a notícia da construção de Nossa Senhora Parecida chegasse aos ouvidos do prefeito, que era muito querido na cidade e muito prático nas resoluções dos problemas que lhe eram apresentados.

Dizem que ele perguntou qual a era a diferença de altura entre as duas estátuas.

Alguém sussurrou, decerto com receio da reação do prefeito: dois metros!

Ao ouvir, o prefeito se espraiou na cadeira do seu gabinete e, em profundo silêncio, permaneceu imóvel e com olhar distante por alguns minutos.

O silêncio era ensurdecedor dentro do gabinete. Todos os presentes se entreolhavam num desespero crescente.

Dizem que após uns minutos, o prefeito se levantou da cadeira e foi em direção da janela do seu gabinete, de onde tinha uma visão privilegiada da estátua de Santa Rita de Cássia que estava erguida lá no Monte Carmelo, lá permaneceu outro tanto de tempo em silêncio, estático; apenas fitando Santa Rita de Cássia.

De repente, voltou-se para os presentes em seu gabinete e disse: – A data da inauguração está mantida.

Todos saíram sem entender muito, e os preparativos para a inauguração continuaram normalmente até a inauguração da estátua de Santa Rita de Cássia, no dia 26 de junho de 2010.

Para a surpresa de todos, um resplendor medindo oito metros de altura foi fixado na cabeça da estátua, como uma espécie de coroa, que, ao final, fez com que a altura dela passasse de quarenta e oito para cinquenta e seis metros, superando em seis metros a altura da estátua de Nossa Senhora Aparecida, e que só foi inaugurada em outubro de 2023, garantindo o título de maior estátua de santo católica do mundo até a presente data para Santa Rida de Cássia, ao que se tem notícia.

Ao que parece, o prefeito teve a solução mais prática possível para garantir o título, e ainda garantiu uma maior santidade e divindade à estátua de Santa Rita de Cássia com a instalação do resplendor, que abençoa a cidade de Santa Cruz lá do Monte Carmelo, e enche de orgulho os fiéis, de modo que, de fato, nada mais justo que se esculpa em mármore de Carrara tal façanha, pois solucionou um gigantesco quiproquó. Literalmente.

Ora, pelo visto, os papados dos Papas Bento, por obra do acaso, trouxeram sorte para a estátua, pois a maioria das placas que estão afixadas nos monumentos históricos de Roma, a Cidade Eterna, foram colocadas por ordem do Sumo Pontífice reinante da época, que era Bento XIV (1740-1758); sendo que, ao tempo da inauguração da estátua de Santa Rita de Cássia, no ano de 2010, estávamos sob o Papado de Bento XVI (2005-2013).

Talvez, a lenda do inharé tenha se repetido, merecendo uma placa, quem sabe, esculpida em latim, tal qual as de Roma.

Bruno Ernesto é professor, advogado e escritor

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
domingo - 26/05/2024 - 06:50h

Ao mestre José Nicodemos

Por Odemirton Filho

José Nicodemos faleceu à semana passada (Foto: Arquivo)

José Nicodemos faleceu à semana passada (Foto: Arquivo)

Na travessia da balsa, vindo das bandas da cidade de Grossos, vislumbram-se montanhas de sal.  Nas margens do rio que desagua na imensidão do mar, aves e alguns barcos pesqueiros ornam a paisagem. Ao aportar no cais, deparamo-nos com a Igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Areia Branca.

Eis alguns versos do Hino da cidade salineira:

“Areia Branca, terra amada,

Terra do sol, terra do sal,

És a sereia majestosa,

Rindo esmeralda ao litoral.”

O Hino foi composto por José Nicodemos de Souza, falecido no último dia dezoito, demonstrando todo o amor e carinho por sua cidade. Conheci Nicodemos, escritor, cronista e revisor dos jornais de Mossoró, por meio de suas crônicas diárias. Na época dos jornais impressos, era a minha primeira leitura. Deleitava-me com sua inteligência privilegiada, com os seus textos escorreitos.

Tempos depois, salvo engano ali pela lanchonete Oitão, em frente à banca de Jornal de Zé Maria, tive a satisfação de conhecê-lo. Sempre o encontrava pelo centro da cidade e, por várias vezes, trocamos um dedo de prosa. Falava-me sobre Areia Branca, sobre alguns causos que aconteceram há muitos anos na cidade; causos impublicáveis, diga-se, que jurei segredo. Era um homem de vasta cultura, dominava a língua portuguesa como poucos.

Houve um tempo em que eu recortava as suas crônicas dos jornais, guardava para ficar lendo, relendo, apreciando, aprendendo, pois ele redigia com a alma. Vez em quando, escrevia sobre sua terra querida, denotando sentimentos de alegria, tristeza, decepções. Outras vezes, entretanto, era um crítico da classe política, sobretudo, da corrupção que grassa no meio.

José Nicodemos de Souza foi umas das pessoas mais cultas que conheci, agradeço por ter tido a oportunidade de privar um pouco de sua amizade e consideração. Para um admirador do gênero literário crônica, como eu, ele sempre será uma referência. Os meios literários de Areia Branca e Mossoró, quiçá do Estado do RN, devem a Nicodemos uma justa e merecida homenagem.

Na semana passada, reli o livro A Velhinha de preto, uma coletânea de crônicas de sua autoria; livro que adquiri há vinte anos. Para o nosso regozijo, transcrevo um fragmento da crônica, De repente, Agosto, na qual ele derrama-se em lirismo e saudades:

“E porque é agosto, há festa de luz e cores no ar. Na minha terra das areias brancas. O mar copia a leveza diáfana do azul dos horizontes acesos por um sol de ouro novo, no verde profundo das suas águas em festa a Nossa Senhora dos Navegantes. Os coqueiros de suas praias, como transformados em visões lendárias, tocam na brisa do mar uma canção diferente. E eu cá, a distância, sinto-me convidado a lembranças e recordações. Das festas de agosto de antigamente”.

Ficarão eternizadas em minhas lembranças as suas belas crônicas e as nossas agradáveis conversas.

Odemirton Filho é colaborador do Blog Carlos Santos

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
domingo - 26/05/2024 - 03:42h

Meu velhobook

Por Marcos Ferreira

Foto ilustrativa da Web

Foto ilustrativa da Web

Hoje, usando apenas o dedo indicador da mão direita, posto que não tenho a destreza que tantos apresentam no tocante a mensagens por escrito neste aplicativo, resolvi escrever esta crônica no WhatsApp. Adianto, porém, que é um atrevimento que não pretendo repetir. Meus óculos já não contribuem para esse tipo de ousadia.

A deficiência ocular é para perto quanto para longe. Esta, então, é a primeira e última vez, embora eu deva admitir que estou até desasnando, como se diz.

O motivo disso é que meu velhobook está passando uns dias na casa de recuperação Tec-Micro, situada na Avenida Alberto Maranhão, 2377. Precisa de um urgente e delicado reparo. Embora com uma aparência um tanto jovial, ele entrou na terceira idade. Tem muitos anos de serviços prestados, de entrosamento com este escriba. Parceria que, até o momento, rendeu-me três romances, um livro de contos (afora alguns esparsos) e três reuniões de poemas.

Dois dos romances, a exemplo dos contos e poemas (cujos títulos convém não divulgar agora), são inéditos. Há também uma porção de crônicas e o premiado e republicado A Hora Azul do Silêncio, vencedor dos “Prêmios Literários Cidade de Manaus” na categoria melhor livro de poesia.

A ideia de trocar meu aparelho por outro novinho, mais avançado, desagrada-me. Pois nosso vínculo vai além da tecnologia. Bem parecido com o sentimento que alguns autores tiveram quando da mudança das velhas máquinas de datilografar para produzir seus escritos num computador. Isso se deu, por exemplo, com o recém-falecido José Nicodemos (veja AQUI), verdadeiro estilista da língua portuguesa, sobretudo da crônica.

Nicodemos nos deixou no dia 18 de maio. Ele tinha oitenta e seis anos e, a exemplo de Dorian Jorge Freire, um dos melhores textos do nosso país.

Pensei num mundéu de coisas para escrever, entretanto preciso me contentar com o que foi dito. Aliás, escrito. Cogitei dedicar uma página inteira a essa tragédia brutal que assola o Rio Grande do Sul, mas sem esquecer dos incontáveis desabrigados e desvalidos desta Mossoró (salvo exceções!) desalmada.

Essa utilíssima ferramenta chamada WhatsApp, no ritmo que estamos, vai quebrar o meu galho, me salvar da lacuna durante a ausência do meu velhobook. A repetição do carinhoso neologismo velhobook, que pode representar uma típica redundância, é um tratamento de mero afeto. Percebo, com a minha cabeça ora cheia de metalinguagem, que até esses equipamentos têm seu lado estimável. É mais ou menos o que existe entre mim e minha máquina de escrever, de contar histórias.

Bom. Acho que devo parar por aqui. Puxar mais conversa, engordar esta prosa do velhobook escrevendo neste aplicativo me parece um risco. De repente, não mais do que de repente, como no verso do poeta Vinicius de Moraes, pode acontecer uma trapalhada da minha parte e tudo isso se perder. Torço que o meu Editor consiga pinçar esta crônica digressiva, copiá-la do WhatsApp de algum jeito.

Depois, quando o velhobook retornar dos seus dias de conserto, trocaremos umas ideias e aí talvez eu traga à tona uma crônica mais robusta, que lhes ofereça um volume maior de texto. Todavia isso é por demais relativo; algo discutível. Um grande número de páginas ou livros bastante volumosos não significam sucesso literário. Se fosse assim todo dicionarista ganharia um Nobel de Literatura.

Marcos Ferreira é escritor

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
sábado - 25/05/2024 - 23:59h

Pensando bem…

“O verdadeiro erro é parar de tentar.”

B.F. Skinner

Compartilhe:
Categoria(s): Pensando bem...
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sábado - 25/05/2024 - 23:52h
Vice

Líder empresarial não tem olhos nem interesse na política partidária

Marcelo tem trânsito livre  em grupos políticos diversos (Foto: Eduardo Maia/ALRN)

Marcelo tem trânsito livre em grupos políticos diversos (Foto: Eduardo Maia/ALRN)

Nome de relacionamento político amplo, geral e irrestrito, com trânsito livre do governismo à oposição, o empresário Marcelo Queiroz há tempos avisou, ao ser sondado por A e B, não ter mais pretensões político-partidárias. E pronto.

Daí, ninguém cogite ou especule seu nome para vice de Carlos Eduardo Alves (PSD), ex-prefeito e pré-candidato à Prefeitura de Natal, outra vez.

Já deixara essa posição também muito clara para o prefeito Álvaro Dias (Republicanos), que acabou fechando sua chapa sucessória com o deputado federal Paulinho Freire (UB)-secretária do Planejamento Joanna Guerra (Republicanos).

Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), Queiroz só tens olhos e empenho para uma política: a institucional.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sábado - 25/05/2024 - 23:46h
Série C

ABC fica no empate jogando no Estádio Batistão

Ficou no 0 x 0 o confronto entre Confiança-SE e ABC, pela Série C 2024, neste sábado (25). O jogo foi na Arena Batistão, em Aracaju.

O time natalense vinha de uma vitória de goleada por 4 x 0 contra o Ferroviário-CE na quinta rodada, jogando no campo adversário – Estádio Presidente Vargas em Fortaleza. Porém, contra o Confiança, o empate acabou sendo um bom resultado, pelas circunstâncias do jogo.

O goleiro abecedista Pedro Paulo fez boas defesas e ainda viu a bola bater duas vezes em suas traves.

ABC e Confiança somam cinco pontos, mas o alvinegro de Natal está na 12ª posição e o adversário na 13ª.

O Confiança volta a campo no próximo sábado (01), a partir das 17h, contra a Aparecidense, no Batistão, na 7ª rodada. No domingo (2), o ABC recebe o Floresta-CE, às 16h30, no Estádio Frasqueirão – seu campo. Ótima chance para somar três pontos, haja vista que o adversário vem de cinco derrotas na competição. Ainda não venceu, que fique claro.

Compartilhe:
Categoria(s): Esporte
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sábado - 25/05/2024 - 23:13h
Arena Deodete Dias

Festival de Quadrilhas Juninas terá mais de 130 apresentações

Arena está montada à espera de intensas apresentações (Foto: Arquivo)

Arena está montada à espera de intensas apresentações (Foto: Arquivo)

Instalada no Corredor Cultural, a Arena Deodete Dias receberá mais de 130 grupos juninos em 11 noites de festa. As datas e ordens das apresentações foram divulgadas nesta sexta-feira (24). Quadrilheiros de diversas cidades do Nordeste vão participar do tradicional concurso do “Mossoró Cidade Junina” 2024.

As apresentações iniciam ainda neste mês de maio, com o concurso para a escolha do Rei e Rainha do “Mossoró Cidade Junina” no dia 31, a partir das 19h. Neste ano, a Prefeitura de Mossoró investe mais de 200 mil reais em premiação diretamente no concurso, além de troféus e prêmios especiais para os grupos juninos.

O Festival reunirá exibições em diversas categorias, como na Municipal, com grupos na Estilizada (Adulto e Infantil); Tradicional (Adulto e Infantil); Festival da Colheita; Festival da Melhor Idade; e Comédia. Já o festival na categoria Estadual é composto pelas modalidades Estilizada (Adulto); e Tradicional (Adulto). O Festival na categoria Interestadual de Quadrilhas reunirá grupos na modalidade Estilizada (Adulto).

Ao todo, serão 139 apresentações em 11 noites de muita festa. As exibições iniciam dia 31 de maio e seguem até 23 de junho. A Arena Deodete Dias já está nos últimos ajustes para ficar pronta e receber os turistas, os mossoroenses e quadrilheiros de diversas cidades do Brasil.

O Festival Independente de Quadrilhas Juninas acontece na Arena Deodete Dias, instalada na Praça do Patins Sadraque Tavares, localizada no Corredor Cultural, no bairro Centro.

Compartilhe:
Categoria(s): Cultura / Gerais
sábado - 25/05/2024 - 23:00h
"Tatu" e "Martelo"

Militares aguardam diárias de trabalho feito em caçada a fugitivos

Rogério e Deibson deram uma canseira nas forças de segurança (Foto: Arquivo)

Rogério e Deibson deram uma canseira nas forças de segurança (Foto: Arquivo)

A fuga dos bandidos Deibson Cabral Nascimento (Tatu) e Rogério da Silva Mendonça (Martelo), da Penitenciária Federal de Mossoró, depois recapturados (veja AQUI e AQUI), ainda tem vácuos em torno do aparato engajado na caçada. Pelo menos entre policiais e bombeiros militares do RN, há um sentimento de desvalorização e desrespeito.

Muitos sacrificaram suas folgas para atuarem nas operações de recaptura dos detentos, com expectativa de recebimento de diárias em razão do serviço extraordinário. Contudo, nada.

Segundo a Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), o Ministério da Justiça negou o pagamento dos valores aos servidores em questão.

A Apram entende que “a situação é totalmente vexatória e desrespeitosa com quem tanto sacrifica a vida pela população. A entidade espera a sensibilidade do comando da Polícia Militar e Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social do RN (SESED/RN) para sanarem essa injustiça, colocando um ponto final no enredo da fuga Penitenciária Federal de Mossoró.”

Os presos fugiram no dia 14 de fevereiro deste ano (veja AQUIAQUI), uma Quarta-feira de Cinzas. Só foram recapturados em operação conjunta da Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), no dia 4 de abril, no estado do Pará.

Compartilhe:
Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sábado - 25/05/2024 - 22:20h
Sucesso, poeta

Dorgival Dantas, o embaixador do Turismo do Rio Grande do Norte

Fátima e Dorgival hoje na Governadoria (Foto: Carmem Felix)

Fátima e Dorgival hoje na Governadoria (Foto: Carmem Felix)

Expoente da música regional, conhecido por suas canções de letras poéticas que capturam a essência do amor e da vida do povo nordestino e da região Nordeste, o potiguar Dorgival Dantas foi escolhido, neste sábado (25), para ser embaixador do turismo do Rio Grande do Norte, em reconhecimento ao seu papel em promover a cultura e as belezas naturais do estado para todo o Brasil. O agora representante da cultura e potencial turístico potiguar foi recebido pela governadora Fátima Bezerra em seu gabinete, no Centro Administrativo, para saudar seu novo papel.

Como embaixador do Turismo, Dorgival Dantas irá representar o Rio Grande do Norte na função de divulgar e promover o turismo responsável, fomentando o desenvolvimento econômico das comunidades locais, atraindo visitantes para conhecer o estado.

“Qualquer coisa que através de mim possa ajudar o estado e eu puder, peço muito a Deus que me dê inteligência e que eu consiga cumprir o meu papel”, afirma emocionado Dorgival Dantas.

“Estamos quebrando o paradigma, porque historicamente esse lugar sempre foi ocupado pelos representantes das famílias tradicionais, daqueles que tinham muito poder econômico, e pela primeira vez, depois de cinco décadas, chega a esse posto uma pessoa de origem popular”, fala Fátima Bezerra, dirigindo-se ao artista.

Dorgival Dantas é nascido e criado em Olho D’água dos Borges, no Rio Grande do Norte, em 5 de janeiro de 1971, município conhecido como a Cidade do Forró. É costumeiramente chamado de “O Poeta”, por cantar majoritariamente o amor. Aprendeu a tocar acordeom com seu pai aos 14 anos e, em sua trajetória, teve inúmeras canções gravadas por artistas e bandas famosas, além de músicas presentes em trilhas sonoras de diversas novelas brasileiras. Também gravou o longa-metragem “Shaolin do Sertão”, exibido nos cinemas em 2016.

Nota do BCS – Artista emblemático, gigante, carismático, de uma simplicidade incomum, que é praticamente uma unanimidade na área de sua atuação. Que tantos predicados possam contribuir para esse setor tão importante às pessoas e à economia do RN. E tome xote, poeta!

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Política
sábado - 25/05/2024 - 21:34h
Em Natal

Senadora reúne lideranças e empossa comissão do PSD Mulher

Zenaide e as mulheres dirigentes no partido, hoje em Natal (Foto: PSD/RN)

Zenaide e as mulheres dirigentes no partido, hoje em Natal (Foto: PSD/RN)

Neste sábado (25), o Partido Social Democrático (PSD/RN) e PSD Mulher realizaram seu Encontro Estadual, no salão de eventos do Hotel Holiday Inn, em Natal. A reunião contou com as presenças de representantes de 70 municípios do Estado, além da participação de diversas lideranças do PSD e partidos aliados, que compartilharam suas visões e discutiram estratégias para o futuro político do Rio Grande do Norte.

Durante o evento, aconteceu a posse da nova comissão do PSD Mulher, liderada pela prefeita de Pau dos Ferros, Marianna Almeida, pela vice-prefeita de Natal, Aíla Cortez, vereadora de Parnamirim, Fativan Alves, e pela Agente Comunitária e pré-candidata vereadora de Apodi, Diany Câmara.

A senadora Zenaide Maia falou da alegria em receber os filiados, filiadas e pré-candidatos, pré-candidatas no Encontro Estadual do PSD Mulher. “Nós temos candidato em Natal e em vários municípios do Estado. Fico muito feliz em vê-los aqui. Eu sinto orgulho grande de cada um de vocês de todos os municípios aqui. Coragem, ousadia, o que vocês têm e digo mais: Eita povão de fé, esse nordestino,” declarou Zenaide – que preside a legenda.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sábado - 25/05/2024 - 09:26h
Maio Furta-cor

Marcha trabalhará conscientização sobre a saúde mental materna

Marcha furta-cor 26 de maio em mossoró - 2024O “Maio Furta-cor” terá uma mobilização de conscientização nesse domingo (26), em Mossoró. Será a partir das 16h30, na Avenida Rio Branco, Centro da cidade.

É uma campanha crucial para a conscientização sobre a saúde mental materna. Esta iniciativa destaca a importância de cuidar das mães, especialmente no período perinatal, quando elas são mais vulneráveis a transtornos mentais, como depressão e ansiedade pós-parto.

A Marcha Furta-cor tem como objetivo maior, disseminar ainda mais o movimento, que cresce cada vez mais na cidade, estar presente para a comunidade, levantando reflexões críticas sobre os estigmas ao tema. Momento de dar voz as mães.

Todos estão convidados para esse momento que será transformador!

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 24/05/2024 - 23:58h

Pensando bem…

“A mente é como um paraquedas; só funciona se estiver aberta.”

Frank Zappa

Compartilhe:
Categoria(s): Pensando bem...
  • Art&C - PMM - 12 de Abril de 2024 - Arte Nova - Autismo
sexta-feira - 24/05/2024 - 23:42h
Imunização

“Dia D” de vacinação é nesse sábado

Ponto de vacinação no shopping funcionará das 10h às 18h (Foto ilustrativa)

Ponto de vacinação foram definidos por prefeitura (Foto ilustrativa)

Nesse sábado (25), a Prefeitura de Mossoró realizará mais um “Dia D” de vacinação. A Secretaria Municipal de Saúde ofertará vacinas contra dengue, febre amarela e Influenza.

Na oportunidade, as equipes estarão disponibilizando a vacina contra a dengue para o público de 10 a 14 anos de idade. E ainda, a segunda dose do imunizante para aquelas pessoas que já estão aptas a receberem, ou seja, noventa dias após a aplicação da primeira dose.

A vacina contra a febre amarela é voltada para as pessoas de nove meses a 59 anos. Já o imunizante da Influenza é ofertado para todos acima de seis meses.

O “Dia D” acontecerá nos seguintes locais e horários: Unidade Básica de Saúde (UBS) Maria Soares da Costa e Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Chico Costa, das 8h às 16h. E no Partage Shopping, das 10h às 18h.

Compartilhe:
Categoria(s): Saúde
sexta-feira - 24/05/2024 - 23:26h
Polícia Civil

Governo do RN terá que nomear 155 aprovados em concurso

Decisão foi da 6ª Vara de Natal (Foto ilustrativa/Sesed-RN)

Decisão foi da 6ª Vara da Fazenda de Natal (Foto ilustrativa/Sesed-RN)

A 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal atendeu a pedido de tutela de urgência formulado pelo Ministério Público do RN (MPRN), em Ação Civil Pública, e determinou que o Estado do Rio Grande do Norte realize, no prazo de 30 dias, a nomeação dos 155 candidatos aprovados nas cinco etapas do concurso público para provimento de cargos da Polícia Civil, regido pelo Edital nº 01/2020-PCRN, e ainda não nomeados.

Os candidatos a serem nomeados são 20 Delegados, 64 Agentes e 71 Escrivães. Para isso, a Justiça determinou a intimação pessoal, para cumprimento da decisão, da Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, do Secretário Estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, do Secretário Estadual da Fazenda e da Delegada Geral da Polícia Civil, para que deem cumprimento à decisão, sob pena de multa.

Na ação, o MP narrou que, em 2016, na época em que entrou com a ação, a Polícia Civil contava com um efetivo de 1.352 membros para um déficit de 3.798 policiais civis, correspondente a 73,75% dos cargos previstos em lei.

Por fim, o Órgão Ministerial argumentou que foi proposto, em reunião junto ao Ministério Público de Contas, um Termo de Ajustamento de Gestão que viabilizasse a nomeação dos candidatos convocados e formados, o qual, porém, não teve seguimento, diante da inércia da Delegacia Geral de Polícia Civil em protocolar a proposta de acordo.

Compartilhe:
Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Art&C - PMM - 12 de Abril de 2024 - Arte Nova - Autismo
sexta-feira - 24/05/2024 - 23:08h
TJRN

Escolha de novo desembargador foi marcada por bastidores tensos

Plenário escolheu lista, após bastidores tentos (Foto: Tasso Pinheiro)

Plenário escolheu lista, após bastidores tentos (Foto: Tasso Pinheiro)

Nem de longe foi tranquila e protocolar a escolha do próximo desembargador do Tribunal de Justiça do RN (TJRN). A lista tríplice votada nessa quinta-feira (23) – veja AQUI – em sessão extraordinária administrativa, da Corte, apontou o juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, 61, como mais votado.

Porém, o resultado camufla uma séria cisão na Corte.

Os nomes em maior evidência à escolha eram dos juízes Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho e Cícero Macedo. Reuniões e negociações internas não foram capazes de encontrar consenso. Diante do impasse, o “tertius” encontrado foi o nome do judicante Ricardo Procópio Bandeira de Melo.

Procópio substituirá o desembargador Gilson Barbosa, que se aposentou há poucas semanas por atingir a idade limite de 75 anos à permanência na Corte.

Compartilhe:
Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público
sexta-feira - 24/05/2024 - 22:24h
Fátima x Ezequiel

Quem vai vencer a disputa para indicação de Conselheiro do TCE?

Fátima e Ezequiel têm aliança que começou no segundo turno das eleições estaduais de 2018 (Foto: arquivo)

Fátima e Ezequiel são aliados, mas espaço no TCE tem escolhas excludentes (Foto: arquivo)

Por Laurita Arruda (Blog Território Livre)

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE),  Tarcísio Costa, tem sua aposentadoria efetivada nesta sexta-feira, 24.

Agora, a  Corte de Contas tem  30 dias para comunicar à Assembleia Legislativa que o  cargo está vago e aguardará a indicação do novo conselheiro.

É uma vaga da Assembleia Legislativa, portanto…

Nos bastidores, a disputa nada silenciosa entre os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), da oposição, e o deputado George Soares (PV), da base do Governo.

Fator suplência

Se Gustavo for o escolhido, assumirá sua vaga o suplente Getúlio Rêgo (PSDB), também da oposição.

Se George ganhar, assumiria o suplente e também ex-deputado Vivaldo Costa (PV), da base do Governo e irmão do Conselheiro aposentado.

Fátima x Ezequiel

Apesar de aliados de primeira hora da governadora , o presidente da Assembleia não esconde a preferência e torcida por Gustavo Carvalho, do seu PSDB.

A governadora não fez qualquer movimento mais incisivo pró-George, apesar de já ter sido lembrada sobre  a dor de cabeça que é ter um Conselheiro com tantas arestas com seu grupo político num breve futuro…

Nota do Blog Carlos Santos – Fátima prometeu a Vivaldo Costa, que não se reelegeu deputado em 2022, que o puxaria para perto, convocando um deputado para secretário. Até hoje não conseguiu cumprir promessa. Agora vai? Veremos.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Repet - Banner Rodapé - Material para campanha eleitoral - 16 de maio de 2024
sexta-feira - 24/05/2024 - 22:00h
Sessão Solene

Fecomércio do RN recebe homenagem por 75 anos de história

Solenidade foi bastante concorrida (Foto: Eduardo Maia)

Solenidade foi bastante concorrida (Foto: Eduardo Maia)

Os 75 anos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio-RN) foram celebrados nesta sexta-feira (24) durante sessão solene na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A solenidade, bastante concorrida, foi uma propositura do deputado estadual Adjuto Dias (MDB), e contou com as presenças dos deputados Ubaldo Fernandes (PSDB), Eudiane Macedo (PV), Kleber Rodrigues (PSDB), Hermano Morais (PV), Coronel Azevedo (PL), Dr. Bernardo (PSDB), Dr. Kerginaldo (PSDB), Cristiane Dantas (SDD), Ivanilson Oliveira (União), Luiz Eduardo (SDD) e Francisco do PT.

Em seu discurso, Adjuto ressaltou o impacto positivo da Fecomércio na economia e na sociedade potiguar desde a sua fundação. “Tem sido uma voz poderosa em defesa dos interesses dos comerciantes locais, trabalhando incasavelmente para construir um ambiente favorável ao crescimento econômico do RN e tem desempenhado um papel crucial na defesa dos direitos e interesses dos empresários e da população”, disse o parlamentar.

Presidente da Fecomércio-RN, o empresário Marcelo Queiroz discursou em nome de todos os homenageados – que representaram os Sindicatos fundadores da entidade – e agradeceu à ALRN pelo “ato repleto de valor e simbolismo”. “Olhando para a história, vejo integração refletida em cada vida transformada por meio dos nossos braços sociais, o Senac com sua capacitação profissional e o Sesc promovendo saúde, educação básica, lazer e qualidade de vida.
São serviços de excelência para comunidades carentes e a cada ano superamos nossas metas”, disse. Em 2023, por exemplo, foram mais de 1,3 milhão de atendimentos.

A solenidade contou com as presenças do prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos); do prefeito de Lagoa Nova e presidente da Femurn, Luciano Santos; do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN, Itamar Maciel; e do vice-presidente da Fiern, Sílvio Bezerra. Também estiveram presentes os vereadores Camila Araújo (União Brasil), Herberth Sena (PV) e Kleber Fernandes (Republicanos), este último representando o presidente da Câmara Municipal de Natal, Eriko Jácome (PP).

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 24/05/2024 - 21:24h
Desvio

Trecho alternativo em Lajes está totalmente liberado

O desvio construído pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) em Lajes, Sertão Central, como alternativa ao tráfego na BR-304, está totalmente liberado. O Blog Carlos Santos passou no trecho de cerca de 700 metros à tarde desta sexta-feira (24) e constatou as duas faixas de leito de pista com pleno uso, sem o controle no sistema “pare e siga.”

A obra teve liberação emergencial de uma pista na segunda-feira (21), depois de forte pressão, com cobrança da imprensa e da própria sociedade.

A obstrução da BR-304 aconteceu no dia 31 de março, devido enxurrada que destruiu uma ponte. Os trabalhos para o desvio tiveram início no dia 3 de abril e depois de seis promessas de entrega, finalmente teve abertura normal ao vai e vem de veículos.

*Vídeo do Blog Carlos Santos.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sexta-feira - 24/05/2024 - 20:34h
Dia 1º de Junho

Prefeito anuncia que “Pingo” terá mais de 1.400 agentes de segurança

Prefeito posa ao lado dos participantes de reunião conclusiva (Foto: Célio Duarte)

Prefeito posa ao lado dos participantes de reunião conclusiva (Foto: Célio Duarte)

O maior “Pingo da Mei Dia” da história do “Mossoró Cidade Junina” (MCJ) 2024 contará também com o maior número de agentes de segurança em atuação para garantir a tranquilidade dos participantes do evento. Essa é a promessa da Prefeitura Municipal de Mossoró.

O prefeito Allyson Bezerra (UB) anunciou na tarde desta sexta-feira (24), que serão mais de 1.400 homens e mulheres trabalhando no forte esquema de segurança ao longo de todo o Corredor Cultural no dia 1º de junho, na abertura oficial do MCJ 2024.

“Todas as corporações, forças de segurança, estão trabalhando em conjunto para esse grande evento, o maior do Rio Grande do Norte, e que tem acontecido, na nossa gestão, de forma segura. São mais de 1.400 agentes envolvidos. Vamos contar esse ano também com a ampliação das entradas, passando para 10 em todo o perímetro da festa, que esse ano cresceu”, afirmou o prefeito durante reunião com os representantes das forças de segurança no Palácio da Resistência.

Allyson também destacou a ampliação do sistema de videomonitoramento, que contará com 95 câmeras, sendo 22 de reconhecimento facial. “É mais segurança, mais tecnologia, inovação para o ‘Mossoró Cidade Junina’, um trabalho que inclusive tem sido referência para grandes eventos pelo país”, frisou o gestor.

O prefeito agradeceu o trabalho já em execução das instituições que fazem parte do esquema de segurança do São João de Mossoró. “Quero agradecer a cada força de segurança que está trabalhando já há bastante tempo no planejamento, na organização da festa, de forma conjunta. Obrigado aos agentes municipais, estaduais e federais envolvidos nesse processo”.

O esquema de segurança do “Mossoró Cidade Junina” 2024 conta com a participação da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil, 2ª Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv), Polícia Penal do Rio Grande do Norte, Agentes Municipais de Trânsito, Orientadores de Trânsito, Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Bombeiros Civis, Brigadistas e Segurança Privada.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Segurança Pública/Polícia
sexta-feira - 24/05/2024 - 19:48h
Mossoró

Marcha Mundial das Mulheres planeja III Encontro Nacional

Marcha Mundial das Mulheres -No próximo dia 29 (quarta-feira), a Marcha Mundial das Mulheres (MMM) de Mossoró/RN realizará plenária preparatória para o 3º Encontro Nacional da MMM, que ocorrerá entre os dias 06 a 09 de julho em Natal/RN. Acontecerá no Auditório da Terra Viva, às 17h.

A plenária municipal trabalha mobilização de militantes para o evento nacional a partir do debate local, como destaca Rejane Medeiros, militante da da organização local.

Participarão da plenária mulheres rurais e urbanas, de grupos de base popular, as que estão em sindicatos e organizações da economia solidária. A diversidade se expressará tanto nos momentos preparatórios como na ida para o Encontro Nacional, em Natal/RN.

É a primeira vez que o encontro nacional da Marcha acontece no Nordeste e logo no Rio Grande do Norte. A expectativa é reunir mais de 1.000 mulheres de todos os Estados do país. Será um evento de grande porte e de muita importância para o movimento feminista como um todo no Brasil

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2024. Todos os Direitos Reservados.