quarta-feira - 27/04/2022 - 17:46h
Economia

Azul amplia voos para Mossoró devido procura pelo MCJ 2022

Com o lançamento da programação do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2022, realizado pela Prefeitura de Mossoró no último dia 12 de abril, a empresa Azul Linhas Aéreas registrou aumento significativo na procura por voos para o período festivo. Nesse sentido, a empresa já prepara uma programação especial para atender à demanda.

Guichê da Azul tem expectativa de grande demanda (Foto: divulgação)

Guichê da Azul tem expectativa de grande demanda (Foto: divulgação)

Por conta da alta procura, a Azul anunciou que vai ampliar a quantidade de voos para Mossoró, adicionando viagens aos sábados para Natal, capital do Estado. “Durante maio e junho, a malha para Natal será coberta pelo voo aos sábados. Mossoró ganha mais uma frequência semanal, que permanecerá mesmo após junho”, comunicou a empresa.

Importância do MCJ

Atualmente a companhia oferta voos diariamente para Recife, capital pernambucana, além de viagens alternadas para Natal/RN. Com a novidade na ampliação dos voos, Mossoró passa a contar a partir do dia 7 de maio com rotas para Natal às segundas, quartas, sextas e aos sábados.

Daniel Salgado, coordenador das bases em Mossoró e Aracati/CE, conta que a expectativa é de esgotar o número de passagens em voos diários para o período junino. O gestor do aeroporto destaca a importância da realização de eventos como o Mossoró Cidade Junina para o segmento do turismo local.

“Estamos com uma expectativa bem alta para o evento. Registramos uma alta em nossas demandas de venda de passagens e estamos nos preparando para receber todos os clientes. Com certeza, nossos voos vão lotar, estamos bem animados. Com mais clientes aqui na cidade, a economia ganha muito com isso, pois fomenta o turismo e temos mais oportunidades de negócios relacionados a isso”, enfatizou.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Economia / Gerais

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Azul aumenta um voo semanal e vai manter esta nova frequência de voo após junho.
    Mas isto só aconteceu por conta do Mossoró Cidade Junina? Sei…
    Hoje choveu em Mossoró.
    Alguma relação com o MCJ?
    Safadão vem mesmo empalmar, gosto deste empalmar, 600 mil reais por uma apresentação no MCJ?
    No Maranhão era 500 mil e o MPMA considerou o preço exorbitante e conseguiu cancelar o show.
    Mossoró é Mossoró.
    //////
    VÃO DESARQUIVAR AS INVESTIGAÇÕES DE ARRASTÕES EM MOSSORÓ? VERDADE?

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Mortes por Covid salra para 224 hoje.
      E ainda não apareceu o efeito carnaval.
      Toda aglomeração é um perigo.
      Feliz MCJ a todos.
      /////
      VÃO DESARQUIVAR AS INVESTIGAÇÕES DE ARRASTÕES EM MOSSORÓ? VERDADE?!!!

  2. Amorim diz:

    Quem não foi, perdeu.
    Simplesmente fantástico a apresentação dos Chorões.
    Emoção pura 😻😻😻😻😻😻😻😻😻
    Por pura falta de domínio do nosso vernáculo,só tenho a dizar,
    PQP
    OBRIGADO
    Um abraçaço.

  3. Amorim diz:

    Sinto me honrado.
    Um abraçaço

  4. Raniele Alves diz:

    O Mossoró Cidade Junina será que realmente vai implementar a economia local ?
    Dizem os especialistas em economia que sim , não só meia dúzia de vendedores ambulantes e pastoradores de carros nas redondezas da estação das artes,mas hotéis, taxistas, restaurantes e bares , até a COBAL será beneficiada , vamos aguardar pra ver se é verdade .

  5. Inácio Augusto de Almeida diz:

    PORTO DE XANGAI TRAVADO POR CONTA DA COVID-19.
    Depois tem quem fale que comunista não dá valor a vida.
    Duvido uma festa com aglomeração de pessoas acontecer na China.
    No Brasil o número de vítimas da COVID-19 está crescendo e festas com aglomeração de pessoas programadas.
    Ontem morreram no Brasil 224 pessoas vitimadas por COVID-19
    /////
    A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL FOI MULTADA PELO BANCO CENTRAL POR COBRANÇA DE TAXAS ABUSIVAS. A CEF CONTINUA COBRANDO R$ 25,00 POR CADA PRESTAÇÃO DEBITADA NA CONTA DO MUTUÁRIO.
    CÁDÊ O BANCEN? CADÊ A ABIN?

  6. Amorim diz:

    Sinceramente, desejo do fundo do coração, que haja mais incentivo aos Artistas de Mossoró,
    Boa noite

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Por que a CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ não aprova uma lei de valorização do artista local?
      NENHUM ARTISTA LOCAL PODE RECEBER MENOS DE 1% DO MAIOR CACHÊ PAGO A UM ARTISTA DE FORA.
      No caso do MCJ o Safadão vai empalmar 600 mil reais. O menor cachê a um artista local não poderia ser menos de 6 mil reais.
      Encerro perguntando se Safadão tem 100 vezes mais valor do que o artista mossoroense. TEM?
      /////
      VÃO DESARQUIVAR AS INVESTIGAÇÕES DE ARRASTÕES EM MOSSORÓ? VERDADE?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2022. Todos os Direitos Reservados.