segunda-feira - 09/01/2012 - 22:47h
Pesquisa Sinduscon/Consult

Carlos Eduardo dispara em disputa à Prefeitura do Natal

Se a eleição à Prefeitura do Natal fosse nesses primeiros dias de janeiro de 2012, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) teria uma eleição fácil e consagradora. Avassaladora.

Os números da pesquisa Sinduscon/Instituto Consult – a primeira deste ano, tendo o natalense como pesquisado, aponta a preferência disparada por Carlos Eduardo Alves tanto na pergunta Estimulada como na Espontânea.

Na primeira ele alcança 42,8% e na outra empalma 16,60%. Nas duas faixas de sondagens, a ex-prefeita e ex-governadora Wilma de Faria (PSB) aparece em segundo lugar, respectivamente com 19, 01% e 4,60%.

Veja abaixo o resultado desta pesquisa que ouviu mil pessoas entre os dias 4 e 7 deste mês:

Estimulada:

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 42,8%
Wilma de Faria (PSB) – 19,1%
Rogério Marinho – (PSDB) – 5,2%
Hermano Morais (PMDB) – 3,3%
Fernando Mineiro (PT) – 2,6%
Felipe Maia (DEM) – 2,2%
Micarla de Sousa (PV) – 2,1%
Fábio Faria (PSD) – 1,6%
Nenhum 12%
Não sabe 9,1%

Espontânea:

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 16,60%
Wilma de Faria (PSB) – 4,60%
Fátima Bezerra – (PT) – 0,90%
Micarla de Sousa (PV) – 0,60%
Rogério Marinho (PSDB) – 0,50%
Hermano Morais (PMDB) – 0,40%
José Agripino (DEM) – 0,30%
Fernando Mineiro (PT) – 0,20%
Garibaldi Filho (PMDB) – 0,20%
Fábio Faria (PSD) – 0,20%
Luiz Almir (PV) – 0,10%
Felipe Maia (DEM) – 0,10%
PT – 0,10%
Dário Barbosa (PSTU) – 0,10%
George Câmara (PCdoB) – 0,10%
Não sabe – 64,90%
Nenhum – 10,10%

Acompanhe ainda análise sobre os números da pesquisa Sinduscon/Instituto Consult.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Hermiro Vieira Gurgel Filho diz:

    Carlos Santos,
    Não sou inimigo desse cidadão, agora, a idiotice do eleitorado ultrapassou o milite. Veja bem: Há a alguns meses atrás essa pessoa foi acusada de algumas falcatruas quando era prefeito de Natal e os idiotas eleitores estão ainda reverenciando o mesmo como se fosse um Deus. Não dá para acreditar.

  2. Marcos Pinto. diz:

    Não ha favoritismo nenhum quando há o expressivo percentual de 64,9% de pessoas que ainda não fizeram opção quanto ao voto. Portanto, muita água há de passar, ainda, por baixo da ponte que liga o povo à ilusão do voto.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.