terça-feira - 30/06/2009 - 10:21h

Consumidor mostra absurdo do “quase-shopping”

O webleitor George Duarte escreve ao Blog, com reforço à campanha contra a espoliação que o "quase-shopping" Mossoró West arma para os consumidores. A cobrança de estacionamento, com o valor para carro chegando aos R$ 5,00 é motivo de piada. Risível.

Leia-o abaixo:

Estive em um dos maiores shoppings do Nordeste: O Salvador Shopping. Oferece alguns serviços para seu conforto e comodidade. Detalhe sem cobrar nadinha: Espaço Família – PISO L2 • Empréstimo de carrinhos de bebê • Fraldário • Área para amamentação FRALDÁRIO – PISO L3 CAC – PISO L2 • Centro de Atendimento ao Cliente • Empréstimo de cadeiras de rodas • Achados e perdidos, Sanitários Infantis, – No PISO 3 Saniatários Especiais para quem tem dificuldade de locomoção.

No 3 – Telefones para deficientes auditivos;

No Piso L1 – Carrinhos no Estacionamento, Exclusivo para pessoas com dificuldade de locomoção; Táxis credenciados;

Nas três entradas principais há estacionamento com manobristas, grátis.

Trata-se do maior shopping center em área do Norte-Nordeste e o segundo do Brasil, com cerca de 180.000 m2 de ára construída.

Em número de lojas, o Salvador Shopping é o segundo maior. Após a conclusão de sua segunda etapa, prevista para 2009, ele terá 464 lojas (atrás apenas do Iguatemi, que tem 562 lojas).

Nesta primeira etapa são 263 estabelecimentos, 8 salas de cinemas e espaço para jogos eletrônicos, o Game Station. como cinema, 8 salas em formato MegaStadium da rede Cinemark. Na sua ampliação, prevista para outubro de 2009, o Salvador Shopping prevê a criação de mais 201 lojas, totalizando 464, sendo 4 âncoras (Lojas Americanas, Etna, Leader e Livraria Cultura) e 6 megalojas (Nike Store, Lacoste, Casas Bahia, Sony, Spicy e Le Lis Blanc).

Detalhe: Estacionamento Grátis.

Será  que cabe o West Shopping dentro? É mole, painho, ou quer mais?

George Duarte.

Nota do Blog – Sem esquecer, George, que o West Shopping inovou com sua área naturalista, introduzindo moscas em sua praça de alimentação, para o consumidor ter essa convivência "saudável" com o mundo tropical.

Categoria(s): Blog

Comentários

  1. Togo Ferrário diz:

    Caro amigo/jornalista Carlos Santos. Estive em São Paulo-capital, em janeiro passado, onde fui hóspede de um hotel defronte ao shopping Iguatemi, citado por George Duarte. São sete andares de lojas, cinemas, com todos esses detalhes de atendimento ao cliente citado por ele, isso em cada pavimento. Há, também, uma praça de alimentação para cada andar, com uma delas, talvez, do tamanho ou maior, do que o Mossoró West Shopping. Eu disse do tamanho do shopping!!! A área do estacionamento é CLIMATIZADA, com espaço para 7.000 (sete mil) veículos de passeio e 5.000 (cinco mil) motocicletas. E o melhor de tudo isso: GRÁTIS!!! Peço liçença a George para usar suas sábias palavras finais: Será que cabe o West Shopping dentro? É mole, painho, ou quer mais?

  2. Alexandre Rêgo diz:

    Caro Carlos Santos,

    Temos que lembrar que todos estes Shoppings citados em seu blog possuem opção de Estacionamento Cobertos. E ao contrario do Mossoró West Shopping que nao possue essa opção.
    Acho que na verdade o Shopping esta querendo na verdade é quebrar. Pq vai diminuir e muito o movimento naquele ambiente. Principalmente daqueles que vao para conversar com um amigo na praça de alimentação e terminam consumindo algo.

  3. Halan diz:

    Isso só pode ser PIADA de mais um centro comercial de Mossoró.

  4. Bruno Barreto diz:

    Já somos reféns dos flanelinhas quando vamos ao Centro ou qq bar da cidade. Agora vem os empresários bancando os “flanelões”… uma lástima!

  5. Alexandre Vieira diz:

    Estive pensando carlos santos, já que o “quase-shopping” não oferece estrutura nenhuma que justifique tal cobrança e já que eu pago seguro do meu carro e se ele for roubado de qualquer forma a seguradora terá que me ressascir o meu prejuízo, não seria justo eu enviar os tiquetes de estacionamento para a seguradora pagar por eles, já que caso ocorra tal fato não receberei dois carros como forma de compensação, sei que é um pensamento absurdo, mas não tanto quanto essa cobrança indevida (obs. imagine quando as lojas americanas se instalarem no centro, o que iremos fazer no “quase-shopping”?)

  6. Daniel Grospim diz:

    Endosso as palavras do webleitor George. Moro em Salvador há pouco menos de um ano e o Salvador Shopping é exemplo para qualquer um que necessite de parâmetros para copiar coisas boas. Conheço muito bem o West Shopping e acho que é, no mínimo, uma injustiça cobrar por um serviço que não existe. Estacionamento descoberto, inseguro e sem nenhum conforto.

  7. Rui Alencar diz:

    Carlos
    A informação que recebi do pessoal do Shopping é que a taxa seria R$ 2,00 sem limite de tempo e R$ 1,00 para moto. R$ 5,00 nem nos melhores shoppings do Brasil.

  8. luis claudio diz:

    unico lugar no mundo que vc faz uma refeição etem que tomar um café fora do restaurante. esse nao pode servir porque tem uma lanchonete pra vender café…pode isso? omi, pena que o panico nao foi la tambem… merecia.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.