terça-feira - 30/03/2010 - 09:10h

Decepção e esperança em crise na Unimed de Mossoró

Em dois comentários postados quanto à matéria "Unimed de Mossoró vive crise corrosiva" (clique AQUI), veiculada ontem à noite, é possível medir a situação dessa cooperativa médica.

Veja abaixo o que diz um integrante da Cooperativa Uniodonto, odontólogo Francisco Adolfo e, em seguida, o usuário da Unimed, Gustavo Almeida:

Cento e oitenta cooperados X R$ 20.000,00 = R$ 3.600.000,00. Caso essa cifra resolva o problema definitivo da Unimed Mossoró, nada mais justo e mais barato para os cooperados.

No cooperativismo não existe lucro nem prejuízo e sim perdas ou sobras para serem rateados entre seus cooperados. Deixar os usuários desta cooperativa e o potencial que ela tem, de se recompor, será suicídio coletivo.

Cada dia chega em nossa cidade mais planos de saúde sem nenhum compromisso com a nossa terra, muito menos com os seus usuários, diferentemente dos cooperados que, normalmente, se ligam à nossa querida Mossoró. 

Francisco Adolfo de Oliveira – Membro do conselho fiscal da Uniodonto Mossoró – Cooperativa dos Cirurgiões Dentistas de Mossoró e Região Oeste Potiguar.  

E o pior de tudo isso Carlos, é que nós usuários do plano, quando vamos marcar uma consulta, seja pra otorrino, oftamologista, enfim… como usuários da Unimed, só tem vaga com três, quatro meses.

Se for particular, tem vaga para mesma semana. Digo issso com conhecimento de causa porque aconteceu comigo. Não digo os nomes dos médicos por questões éticas.

Mas o que ocorreu comigo, tenho certeza que aconteceu com muita gente que possui plano de saúde da Unimed aqui em Mossoró.

Pagamos caro. E quando precisamos, se não for urgência, temos que ficar na fila esperando por uma vaga.

É melhor mesmo que os médicos que não querem mais atender pelo plano que se desligue dele. E não faça como alguns estão fazendo. É lamentavel, mais é a realidade da Unimed em Mossoró.

Gustavo Almeida – Usuário da Unimed

Nota do Blog – Uma fonte adianta extraoficialmente ao Blog, que o déficit da Unimed-Mossoró hoje passaria dos R$ 2 milhões. E continua crescendo.

Categoria(s): Gilson Cardoso

Comentários

  1. José Rebouças diz:

    Faço minhas as palavras do usuário da Unimed, Gustavo Almeida. Também tive e desprazer de procurar agendar uma consulta pela Unimed e a data disponbilizada pela atendente do médico era para aproximadamente 60 dias. Em outra ligação, informada que o pagamento seria particular, o prazo foi de 6 dias. Não quero entrar no mérito se a Unimed paga pouco pela consulta, mas se o médico acha que o valor não é o justo, o mais correto é se descredenciar e não punir o usuário com um pseudoserviço.

  2. Joailson Nogueira diz:

    Acho que é uma sacanazem esse comportamento de alguns médicos, porém esses usuarios que passaram por esse constragimento ,deveria sim citar o nome do médico o qual tem esse comportamento. Eu só continuo a pagar o meu plano ,por questoes de uma possível URGÊNCIA, ja precisei de uma UTI para o meu filho que teve dengue hemorrágica,e vi a importancia do plano de saúde.

  3. Daiane Duprat Serrano diz:

    Sabe quanto um médico tem que pagar para se descredenciar: só R$ 30.000,00…
    Essa administração é deveras eficiente!
    Daiane Duprat Serrano

  4. Daut diz:

    Unimed Mossoró é uma porcaria. Minhas esposa precisou autorizar uma internação no HRU de Fortaleza num domingo a tarde e pasmem não conseguiu pois ninguem atendeu o telefone no setor de Intercambio em Mossoró. A situação era de urgencia e nada pode ser feito. Graças a Deus não era grave (era sério mas não grave). Palhaços isso é o que somos. Só podemos ficar doentes em outro estado de Seg a Sex, pois no sábado e domingo pode morrer que a Unimed Mossoró está pouco se lixando.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.