quarta-feira - 31/08/2011 - 10:03h
Natal e Mossoró

Grupo de Carlos e Rosalba perde comando de sucessão

O grupo comandado pelo ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM), apesar de estar no topo do poder no espaço geopolítico do Rio Grande do Norte, vive um momento paradoxal. Está à reboque dos acontecimentos.

A sucessão municipal nos principais colégios eleitorais do Rio Grande do Norte foge à mão de Carlos. Até o momento, também não há maior influência da máquina do Estado.

Em Natal, não existe candidato próprio viável, em que Carlos e a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) apostem.

Podem investir no deputado federal Rogério Marinho (PSDB), que faz esforço sobre-humano para ser o ungido. Micarla de Sousa (PV), a prefeita, já foi largada pelo presidente nacional do DEM, senador José Agripino (DEM). O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), líder de todas as pesquisas a prefeito, seria a opção mais segura, só que chegaria pelas mãos do primo peemedebista Henrique Alves, deputado federal.

Em Mossoró, Carlos Augusto é “dono” do DEM, mas não consegue impor o nome da sua cunhada e vice-prefeita Ruth Ciarlini (DEM). Precisa que a prefeita de direito, Fátima Rosado (DEM), renuncie ao cargo para viabilizá-la, conforme a legislação eleitoral ampara.

Cláudia Regina (DEM), vereadora que tem ascendido nas pesquisas e se viabiliza à sucessão da prefeita, não o agrada. Na verdade, ela é candidata por seu próprio esforço e nos últimos meses passou a ser uma aposta pessoal do chefe de Gabinete e prefeito de fato, Gustavo Rosado (PV).

Nesse cenário, Carlos passa a ter duas opções, levando-se em conta a não-renúncia de Fafá: aceitar Cláudia e ser mero endossante da postulação, ou vetar seu nome em convenção partidária, para apresentar uma terceira opção (depois de Ruth e da própria Cláudia).

Sob essa segunda hipótese, bom ficar com ouvido ao chão, como um bom índio Apache ou Sioux: na capital, nos intramuros do poder, o nome da engenheira Kátia Pinto, titular da Infra-estrutura do Estado, está sendo lembrado como surpresa.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Rafaella diz:

    E quanto ao reitor da UFERSA, Josivan, que no twitter tem sido cotado como possível candidato à prefeitura? Qual será o partido e as chances?

  2. Lucas Alves diz:

    Realmente a vereadora Claudia Regina viabilizou-se como alternativa do grupo da “prefeita” fafá, infelizmente nao pelo seu caracter tecnico, sua História de contribuição social ao municipio, sua força como personagem de sua propria História, mais sim, viabilizou-se pela subserviencia, quando lider da bancada governista, em nome do projeto de poder de um grupo politico q nada de bom e de bem trouxe a sociedade mossoroense, pelo contrario… creio não haver necessidade de enumerar tantos os casos de podridao q vieram a tona nesse tempo com o aval, a omissao e a subserviencia da vereadora que maculam veementemente um futuro politico baseado em uma postura ética que a sociedade pensante tanto quer e precisa.

  3. Camila Sousa diz:

    Enquanto Ravengar e sua digníssima lutam sem medir forças pra tentar permanecer com o osso, Fafá bate o pé e dar poderes a seu brother pra tocar os acontecimentos na sucessão mossoroense, nós daqui dessa “adorada” urbe sofremos com a total falta de serviços, tendo-os, alguns deles, uma vez a cada mês de forma rápida por meio da carvana da cidadania, que na verdade tem sido utilizada para viabilizar os nomes dos próximos candidatos das bandas dos Demo.
    Nós pobres munícipes da cidade “adorada” de Mossoró temos que acordar pra esses acontecimentos e principalmente saber que enquanto não dermos uma verdadeira lição a esses urubus de elite, não teremos a Mossoró que meremos ter.

  4. João Santos diz:

    Concordo com tudo que foi comentado por Lucas Alves. Acho Cláudia Regina uma pessoa capaz, dinâmica, etc. mas na minha opinião pecou muito em ser subserviente a essa quadrilha que se apossou da PMM. Hoje a vejo como cúmplice desse MAR DE LAMA que aqui se instalou. Não dá para confiar, principalmente sabendo que GUGA em seu provável governo continuará a “meter a mão no nosso bolso”.

  5. Francisco Alves Filho diz:

    Os Rosados em Mossoró são eternamente unidos. Toda esta confusão é feita com intuito de levantar poeira na consciência do povo da cidade. O que eles querem é se manter no poder. Enquanto não tiver um “bloco político coeso” contrário a este entendimento, a próxima sucessão fará os ditames da elite Rosado. Qualquer nome fora deste elite será mero “testa de ferro” ou “pau mandado”.

  6. Carlos Gomes de Moura diz:

    Carlos Santos,

    Como já relatei noutros comentários…a engenheira e colega de profissão, Kátia Pinto,é uma excelente profissional…
    Passei um bom período negociando contratos com ela…já faz um tempinho…mas ela era muitíssimo disciplinada e elegante nas decisões…
    Será um grande nome para Mossoró!!! E se fosse do PC do B ainda seria melhor!!!
    Abraços

  7. Antonio diz:

    é relamente o negócio é sério: Até o Diario do Nordeste (Fortaleza/CE) Publicou uma reportegem hoje sobre o assunto: //diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=326006&modulo=965

    Rsrsrsrsrs!!!!

Deixe uma resposta para Rafaella Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.