segunda-feira - 29/06/2009 - 21:34h

O legal e o imoral na lista de assessores dos senadores

A lista de servidores dos gabinetes – em Brasília – dos três senadores do RN, que o Blog publicou no domingo (28), até agora deixa muita gente atordoada. Não deveria.

É preciso uma gota de sensatez para separarmos o joio do trigo.

De imediato, praticamente tudo que foi exposto deve estar dentro da lei. Podem existir contratações até estranhas, mas parecem endossadas pela lei.

Não significa dizer que tudo que seja legal, seja moralmente aceito.

Cada um dos senadores tem assessores diretos lotados em seus gabinetes em Brasília. Uma parte pode atuar em seus estados de origem;

Se todos fossem "socados" nos respectivos gabinetes, teríamos um verdadeiro genocídio. Não há espaço;

Além dos gabinetes, há cargos em outros setores do Senado, como nas comissões técnicas;

Dizer que todos os nomes mostrados "não fazem nada", "não trabalham" etc., é generalizar e errar feio.

O Portal da Transparência do Senado, que colocou no ar as informações, simplificadas por este Blog, cumpre uma missão constitucional sem precedentes. Abre à sociedade o que não pode e não deve ser escondido.

Volto já com suspeitas que pairam sobre alguns nomes das listas.

Categoria(s): Blog

Comentários

  1. eri diz:

    Por que voces BLOGUEIROS não enviam esse material pra turma do CQC da Band, no quadro proteste já, isso daria uma otima materia pra gente dar risada, só risada

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.