sábado - 30/06/2012 - 14:16h
Em Mossoró

O perigo dos “aloprados”

Mossoró terá uma de suas mais concorridas e renhidas campanhas eleitorais. O que é ótimo, em essência.

Mas as futuras candidatas que devem bipolarizar a disputa, Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM), precisam fazer um pacto, em respeito à própria sociedade: não permitir que seus ‘aloprados’ sejam protagonistas da história.

A leviandade, o vilipêndio e a agressão não podem prosperar e devem ser punidos no próprio palanque.

O respeito não deve ser apenas de quem é aliado, mas sobretudo de quem é adversário.

Que assim seja.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog

Comentários

  1. hermiro vieira gurgel filho diz:

    Carlos Santos,
    Você digitou: Mas as futuras candidatas que devem bipolarizar a disputa, Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM), precisam fazer um pacto, em respeito à própria sociedade: Pois bem. Nesse momento onde ambas estão festejando alegremente lançamento de candidaturas a municipalidade digo que está faltando água nas residências do Abilição IV, Redenção, Belo Horizonte, Pintos, Alto da Pelonha, Vingt Rosado, perdi as contas… Muitos não foram a essas convenções simplesmente por que não gostam e outros por que estão fedorentos. Portanto, o que essas pre candidatas tem a dizer sobre a falta d’água em Mossoró. Problema antigo. Lembro-me que no governo Vilma de Faria a mesma mandou adquirir 12 bombas novinhas para quando uma desses poços apresentasse defeito imediatamente seria substituido. Não tenho nada contra a Rosa, mas, se a mesma não fosse mossoroense, todos teríamos que correr em busca de água na barragem do Açu para sobreviverrmos.
    Coitado do nosso estado!

  2. Renato diz:

    Prezado Sr. Carlos, o problema grave de Mossoró é que tem muiotos infelizes que fazem de tudo para aparecer, portanto aproveitam de todas as oportunidades e tambem esta vez se não faltarao candidatos ao exibicionismo.

  3. Marcos Pinto. diz:

    Em termos de aloprados na política, Mossoró representa um manancial, com direito à estoque de reserva. Tenho dito.

  4. jadson diz:

    O perigo dos “aloprados” o perígo do DEM… kkk’. partido fim de carreira kkkkkk’.

  5. William Pereira diz:

    Se tinha algum idoso ou criança para morrer nas imediações do Ginásio de Esportes do Pequeno Príncipe ou da AABB, morreram ontem à tarde. O foguetório de bombas foi algo de uma ignorância suprema, um total desrespeito ao bom senso, houve momentos que foram mais de quinze minutos ininterrupto das bombas de pistolas explodindo nos céu, parecendo que era uma guerra de verdade com tanto barulho dos fogos, o chão tremia, as paredes também. Entretanto isso não é tudo, tentei calcular em dinheiro quanto custou aquela saraivada de fogos para anunciar a homologação das candidaturas. Calcule o preço de uma pistola de um tiro e multiplique por milhares e milhares de tiros. De quem ou de onde foi o dinheiro que patrocinou tudo aquilo. Do Hospital da mulher? Do PAC, do programa do leito Leite que vai virar pó? Das lei de responsabilidade fiscal? Do que seria o aumento do salário dos professores da UERN? Do Detran? Do ITEP? Estamos para ver mais um derrame de dinheiro que todos sabemos que não é das candidatas e sim dos caixas 2, 3, 4, 5, 6… Tirado dos recursos que deveriam serem aplicados nos serviços básicos da população. Posso provar? Não, mas o MP pode investigar e chegar onde todos nós sabemos de como e de onde vem toda dinheirama para ser queimada e rasgada para a comprar votos e iludir a mente idiotizadas da população que fica abestalhada achando do aquilo algo de lindo e até se emocionam louvando seus candidatos. Asnos e Asno e pronto, nasceu para puxar carroça com os políticos em cima dando-lhes chicotadas para não desanimar e tirarem forças de onde não tem mais… O Brasil precisa de uma revolução a começar pela aprovação da lei da não obrigatoriedade do voto, punir severamente poplíticos corruptos (A maioria) e mudar a forma de pensar do eleitor… Sonhar é preciso…

  6. Francisco Alves Filho diz:

    Todos os comentarista falaram a verdade da política brasileira. Com relação a Mossoró também.
    Mas tem um detalhe que poucos percebem ou não tem coragem de dizer. Costuma as eleições de Mossoró ser polarizada num bloco político só. Não tenho nada de particular contra as duas postulantes, no entanto é explícito que não existe divergência ideológica e política nas duas chapas. Há uma realidade nua e crua de que o Grupo Rosado continua no poder. Cláudia, teoricamente, seria uma alternativa diferente deste grupo, mas por questão de apoio político, fica presa aos compromissos certamente assumidos.
    Por isto, a política mossoroense continuará na mesma.
    Os Rosados veladamente se dividem, para concretamente se perpetuarem no poder.
    Por que o povo mossoroense não se rebela democraticamente? Pelo menos nesta eleição perdeu a oportunidade. De quem é a culpa? De todos nós?…

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.