segunda-feira - 13/08/2012 - 20:25h
Escândalo

Auditoria em Hospital da Mulher tem sonoro silêncio

E nunca mais de falou na auditoria no Hospital Materno-Infantil Parteira Maria Correia (Hospital da Mulher), em Mossoró.

Assustado com o escândalo da Associação Marca, flagrada em várias denúncias de corrupção (Operação Assepcia, veja AQUI), o Governo do Estado tentou atenuar o estrago à sua imagem anunciando que auditoria apuraria todas as supostas irreglaridades. A Associação Marca administra o hospital.

A sociedade aguarda informações, porque o zunzunzum é forte e existem relatos assustadores sobre a gestão dessa unidade hospitalar pela Marca.

Bastidores

A equipe de auditoria extraordinária é composta pelos seguintes servidores: Alexandre Pinto Varella, Controlador-Geral Adjunto do Estado, que a presidirá; Marcos José Moura Fernandes, Técnico de Controle Interno da Controladoria-Geral do Estado (CONTROL), e Antônio Osir da Costa Filho, Subcoordenador de Fiscalização da Control.

A comissão teve seus poderes amparados, legalmente, através de ato do governo publicado no dia 29 de junho no Diário Oficial do Estado (DOE). Caminhamos para um mês e meio sem notícias, mas abundam informações de arrepiar dos bastidores do Hospital da Mulher.

Nota do Blog – Criado para ser uma referência em termos de investimentos na Saúde, em Mossoró, o Hospital da Mulher está imerso em denúncias de corrupção e uma relação custo-benefício incompatível com a realidade dos hospitais públicos no estado.

O contrato do Governo do Estado com a Marca é de R$ 16,8 milhões por seis meses de atividade. Dá uma média de R$ 2,8 milhões por mês.

Importante lembrar que só com a folha de 270 funcionários, a subcontratada Salute Sociale recebeu R$ 1,9 milhão num mês. Num rateio, a média de remuneração ficaria em torno de R$ 7,037,00/mês por funcionário.

Vale destacar, também, que a Justiça se pronunciou à semana passada, decidindo que devem ser convocados aprovados em Concurso da Saúde para preenchimento de cargos nesse hospital.

E existe ameaça de greve de seus médicos por falta de pagamento salarial.

Saiba mais sobre esse escândalo clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde

Comentários

  1. karlan duarte diz:

    O interessante é que o governo Rosalba gosta de insistir no erro e possivelmente irá recorrer da decisão já citada, que obriga a contratação dos concursados, haja vista não haver até o presente momento nenhuma sinalização de nomeação, mas sim uma movimentação processual por parte dos procuradores do estado que fizeram carga do processo(pegaram o processo) para certamente estudar a melhor forma de recorrer.
    Não bastasse toda essa celeuma que é do conhecimento público, a assessora jurídica da sesap a Dra Fabiana Bezerra declarou em matéria publicada no jornal Tribuna do Norte que a sesap(secretaria de saúde) não teria como cumprir a decisão do Juiz Pedro Cordeiro pois só haveria “apenas” alguns enfermeiros e téc. de enfermagem para serem nomeados, então não teria como realizar um concurso em 60 dias. ISSO NÃO É VERDADE, quem quiser saber quantos concursados habilitados existem é só olhar o próprio site da sesap, lá irá perceber que há: + de 600 téc. de enfermagem; + de 500 enfermeiros; 7 biomédicos e 33 farmacêuticos, só p a região oeste. Essa declaração da sra Fabiana Bezerra revoltou a classe da enfermagem pois soou como discriminatória quando se sabe que a maior parte da equipe de um hospital é constituída de enfermeiros; téc. de enferm. e farmacêuticos, sendo os médicos a minoria, não diminuindo aqui a importância deles. É uma desculpa esfarrapada para não nomear, a sociedade precisa saber que existe muita gente para ser nomeado, inclusive dentro do número de vagas previsto no edital.

  2. Marcelo diz:

    Rosalba=piada

  3. joao diz:

    Se devem ou nao chamar os concursados é uma questao que será decidida pela justica e pelo governo do estado.

    Mas nao podemos mentir a respeito do hospital.
    Ele funciona e muito bem por sinal. Sei disso pois minha esposa é usuária. estamos entrando no nono mes de gestacao e precisamos por 3 vezes de consultas e exames de urgencia. Todas as vezes que precisamos, tivemos um antendimento de qualidade, rápido, em ótimas instalacoes.

    Tudo deve ser investigado. Mas nao podemos deixar de destacar a qualidade dos servicos e profissionais do estabelecimento.

    Esse é sem duvida nenhuma um dos hospitais (maternidade) com melhor estrutura do estado e até mesmo da regiao.

    • karlan duarte diz:

      João, esse serviço prestado pelo Hospital da Mulher deve ser de qualidade mesmo viu, pra custar mais de 16 milhões em apenas 6 meses, deve ser o melhor atendimento do mundo !!!! KKK !!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.