quarta-feira - 26/11/2008 - 21:31h

Procuradoria do Estado faz defesa estranha

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) faz a defesa do secretário estadual do Planejamento, Vagner Araújo (PSB). Escuda-o em pressão sofrida por ele do Ministério Público.

O "xis" da questão é o não-repasse de mais de R$ 64,4 milhões de sua pasta à Secretaria Estadual da Saúde, denunciado pelo MP.

Acho estranho o PGE no circuito. A Procuradoria não pode fazer a defesa do Secretário. Não é seu papel legal. Por força do artigo 86, da Constituição Estadual, a Procuradoria representa judicial e extrajudicialmente o Estado, não agentes políticos, principalmente em processos por improbidade.

Basta saber que não é a PGE que defende a pessoa de Wilma Maria de Faria (PSB) nas ações promovidas contra ela por improbidade administrativa.

Nessa questão em que Vagner aparece, ele é denunciado por contingenciar (reter) mais de R$ 64 milhões que deveriam ser repassados à gestão da saúde estadual, sobretudo em compra de insumos hospitalares.

O secretário reagiu dizendo que iria visitar os hospitais, para ver o caminho do dinheiro. Pura retórica ou factóide, como queira.

O buraco é mais embaixo.

Categoria(s): Sem categoria

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2022. Todos os Direitos Reservados.