domingo - 05/12/2021 - 10:50h

Santa Luzia Chora

mulher-chorandoPor Inácio Augusto de Almeida 

Por incontáveis vezes o Papa Francisco disse, e vai continuar dizendo, que chora ao ver tanta desigualdade, injustiça, miséria e fome.

Sabe o Papa Francisco que a corrupção é a causadora de toda a desgraça.

Como forma de combater a corrupção o Papa não perde uma chance de clamar que a corrupção fede.

O Papa fala com lágrimas rolando na face.

Se o Papa chora, fico a pensar quantas lágrimas Santa Luzia já derramou e derrama ouvindo os gritos de fome dos pedintes nas ruas de Mossoró.

Difícil imaginar o quanto sofre a Padroeira de Mossoró ao ver os olhinhos de crianças famintas, crianças que sequer têm forças para chorar. E ao ouvir o choro abafado das mães famintas, mães sem leite no peito para amamentarem os filhinhos que de fome morrem em seus braços, Santa Luzia se ajoelha e reza pedindo a Deus que não permita a continuação deste flagelo que atinge os indefesos, os que Jesus Cristo mais amava, os com mais pureza no coração.

Santa Luzia chora ao ver um pai desempregado pedindo esmolas. Chora por saber, a nossa amada padroeira, ter sido a maldita corrupção a causadora da desgraça. Chora Santa Luzia por ver tanta impunidade estimulando a prática da corrupção que faz crescer mais e mais a miséria.

Santa Luzia reza pedindo ao Pai o despertar da sua igreja para a luta no combate à corrupção.

Corrupção causadora de toda a desgraça que se abate sobre seus filhos queridos.

E a nós, seus amados filhos, ela nos pede a construção da igreja dos pobres. Nos pede dizendo que a igreja dos ricos já está construída.

Deseja a nossa muito amada padroeira, não pompa nos festejos, porém solidariedade e mais amor ao próximo.

Quer Santa Luzia uma festa cheia de fraternidade, onde o brilhantismo se fará gigante pelas mãos que todos os seus filhos estenderão uns aos outros, sem distinção alguma.

Como Santa Luzia ficará feliz e trocará as lágrimas de dor por um lindo sorriso de felicidade vendo isto acontecer.

Não podemos perder a oportunidade de realizar a mais bela festa de toda a história religiosa de Mossoró.

Inácio Augusto de Almeida é Jornalista e escritor

Categoria(s): Crônica

Comentários

  1. Odemirton Filho diz:

    Há tempos que Inácio implora por uma mobilização da sociedade.
    É preciso agir. Já passou da hora.

  2. Ronaldo diz:

    Parabéns Sr.Inácio pela brilhante e precisa crônica. Viva Santa Luzia!!!

  3. Pedro Rodrigues diz:

    Há quem seja militante da desigualdade social, da exploração, e se diga cristão. Não são. São barganhadores. Tentam barganhar Deus enchendo o bucho de óstia, pagando dízimo, etc, “comprando” um espacinho no condominio longe do inferno. É o neo-paganismo.

  4. M.D.R. diz:

    O Santo PAPA falou com muita propriedade, a CORRUPÇÃO não dá trégua é permanente surge a miséria, fome e desigualdade social.

Deixe uma resposta para M.D.R. Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2022. Todos os Direitos Reservados.