domingo - 18/02/2024 - 10:24h

A ascensão do repente com a força dos seus abnegados

Por Aldaci de França

Ilustração do G1

Ilustração do G1

“Desistir é a saída dos fracos, insistir é a vitória dos fortes…”

A cantoria surgiu no Brasil em meados do século XIX, precisamente na Serra do Teixeira, então distrito de Patos, atualmente município de Teixeira no sertão paraibano, onde também se preserva o gênero, o que não deveria ser diferente. Região é berço para os repentistas Agostinho Nunes da Costa e seus dois filhos, Ungolino do Sabugi e Nicandro.

Foram “os primeiros cantadores que se conhece,” conforme assegura Câmara Cascudo, em sua obra “Vaqueiros e Cantadores”. Ao considerarmos o viés da história, podemos conceber Agostinho Nunes da Costa, como o pai da poesia popular nordestina.

A partir daí, essa manifestação artística de cunho popular, teve sua expansão para o Vale do Pajeú e região no estado do Pernambuco, logo chegando aos vizinhos Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Nos demais estados nordestinos, esses eventos culturais têm acontecido com menos frequência, muito embora, o Estado do Piauí tenha presenteado o Nordeste do Brasil com o genial repentista Domingos da Fonseca, patrono da Casa do do Cantador de Fortaleza-CE.

Acrescente-se, que o Piauí tem se destacado com grandes Festivais Repentistas Nordestinos. Ocorrem anualmente em Teresina, fruto de uma idealização do abnegado professor Pedro Ribeiro.

O repente, ponto mais elevado da cantoria, vai ganhando corpo e notoriedade em virtude do empenho de nós poetas e promotores culturais, abnegados pela difusão da arte de cantar improvisando. Buscamos apoio cultural para realizarmos eventos do gênero na maioria das cidades e capitais nordestinas.  É justo afirmarmos que o Sudeste do país e a região central do Brasil tem tido a sua parcela de contribuição para com a difusão do repente.

Muitas cantorias acontecem em São Paulo-SP, em diversos bairros da capital e em algumas cidades paulistas, enquanto que no Rio de Janeiro, a Feira de São Cristóvão, reserva espaço para os repentistas locais e de regiões diversas do nosso país

No Distrito Federal, a Casa do Cantador, através dos seus dirigentes, como os repentistas Chico de Assis, João Santana e outros membro da entidade, promovem um valioso movimento cultural em prol de uma maior propagação do repente, uma vez que esses poetas se reúnem e elaboram propostas de cantorias para escolas e outros espaços culturais.

Em Mossoró, em uma parceria como Sinte e a Unimed, coordenei com o professor Josué Damasceno, o projeto Clube Poesia, idealizado pelo professor Crispiniano Neto, realizando Cantorias na cede do dessa entidade sindical do professorado do RN e no Clube Aceu da Universidade do Estado do RN (UERN), na década de 2000. Nesse ciclo aconteceram 23 cantorias, com repentistas locais e de outros estados.

No ano de 2001,  acatando uma boa ideia do pastor João Leandro, conseguimos inserir na programação do Mossoró Cidade Junina, o primeiro Festival de Repentistas do Nordeste, evento que em 2023 chegou a sua vigésima primeira edição (e estamos atualizando-o para a continuidade neste 2024 e em anos vindouros).

O nosso projeto, é, indubitavelmente, o que há de mais expressivo e legítimo no contexto da cultura popular e de raiz, até que nos provem o contrário. Porém, precisamos de mais visibilidade para que a nossa ação se torne mais abrangente com um alcance maior em quantidade.

Em Natal-RN, os poderes púbicos municipal e estadual, anualmente realizam eventos voltados para a difusão do repente, na Capitania das Artes e em outros espaços apropriados.

O repentista Antônio Lisboa, junto aos também poetas improvisadores Edmilson Ferreira, Rogério Meneses e Luciano Leonel, mobilizam bem o repente com a sua difusão em Recife-PE e região, exemplo seguido pelos repentistas Zé Cardoso e os Irmão Bessas, no Vale do Jaguaribe-CE, e pelo apologista e poeta Orlando Queiroz, na em Fortaleza. Sem esquecermos Iponax Vila Nova, em Campina Grande e região na Paraíba, com o seu brilhante trabalho pela valorização da poesia popular nordestina.

Há de se considerar que a realização dessas ações culturais, acontecem pela incansável luta de nós aguerridos e abnegados do repente, por levarmos aos poderes públicos, projetos bem elaborados para esse fim. É provável que sem a nossa insistência e persistência, esses tantos projetos culturais não tivessem acontecido com tanta frequência.

Não podemos deixar de ser gratos às instituições que se sensibilizam com a nossa causa cultural.

Seguimos em frente.

Aldaci de França é poeta repentista, escritor e coordenador dos Festivais de Repentistas do Nordeste no Mossoró Cidade Junina (MCJ)

Compartilhe:
Categoria(s): Artigo
domingo - 18/02/2024 - 08:52h

Pósdromo carnavalesco

Por Bruno Ernesto

Foto do Blog Jair Sampaio

Foto do Blog Jair Sampaio

Um bom carnaval produz duas coisas: ressaca e boas histórias.

O sonho de todo estrangeiro é curtir o carnaval no Brasil.

O famoso carnaval de Caicó, com seus bloquinhos de rua, não poderia ficar de fora do desejo de um amigo meu italiano que resolveu passar um carnaval em Caicó.

Naquele longínquo carnaval, ele sendo um grande apreciador de boas farras, correu para o Brasil e disparou para Caicó na sexta-feira de carnaval.

Findo o carnaval, na Quarta-Feira de Cinzas aportou em Mossoró com o grupo de amigos que aproveitaram a folia em Caicó.

Quando chegou, eu estava na casa da minha mãe aguardando o almoço e fui recepcioná-lo, pois fazia tempo que não nos víamos.

Quando desceu do carro, me deu um abraço, falou do grande carnaval que aproveitou, da bebedeira e, lá pelas tantas, caqueou os bolsos atrás do telefone celular.

Entrou no carro que veio e revirou tudo atrás desse celular, e nada de achar o bendito celular.

Como um bom italiano, perdeu logo a paciência e passou a disparar toda sorte de xingamento e, gesticulando, disse que furtaram seu celular lá em Caicó.

Naquela situação, saquei meu celular do bolso e perguntei qual era o número do celular dele e tratei de ligar a fim de ver se alguém atenderia à ligação e, assim, talvez conseguisse reaver o aparelho telefônico.

Por sorte, alguém atendeu de imediato. Ele arrebatou meu celular da minha mão e passou a interrogar a pessoa no outro lado da linha.

Enfurecido, ressacado e cansado após 5 dias de farra, numa mistura de português e italiano, passou a dizer que tinha sido furtado, que foi vítima de um rapina e que ia denunciar para a polícia.

Como não sabia o que o outro interlocutor falava, eu só podia ver a reação do meu amigo, cada vez mais enfurecido.

Num certo momento ele disse gritando e gesticulando:

– Maluco? Não sou louco! Você que rapinou meu celular!

– Vou ligar para polícia! Você vai ser preso!

Após uns minutos dessa peleja, o meu amigo olhou indignado para mim e, com o telefone ainda no ouvido disse:

– Bruno, o cara desligou! Perdi o telefone!

A alegria do carnaval dele acabou ali.

Tentei consolá-lo dizendo que daríamos um jeito de arrumar outro telefone para ele usar enquanto estivesse no Brasil.

Lá para as tantas, ele pediu para ligar novamente para o número do celular dele.

Imaginei que ele quisesse negociar com o “rapina” e reaver o celular, e tratei de ligar novamente.

Dessa vez ninguém atendeu. Entretanto, um telefone tocava dentro de uma bolsa que estava na calçada.

Meu amigo, ainda com o meu telefone ao ouvido, se agachou e abriu a dita bolsa; enfiou a mão e sacou o celular dele.

Ele me olhou e pediu para conferir o número do telefone que havia ligado antes e, furioso, disse:

– Bruno, você ligou para o número errado na outra ligação!

– Por isso que o cara estava me chamando de louco!

– Estava chamando ele de ladrão, rapina, e ele não entendia!

Até hoje quando chega a Quarta-Feira de Cinzas lembramos dessa história e damos altas gaitadas.

Carnaval é carnaval.

Bruno Ernesto é professor, advogado e escritor

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
domingo - 18/02/2024 - 07:48h
Relatório oficial

Penitenciária Federal tem 160 câmeras defeituosas e outros problemas

Do Poder 360 e BCS

Penitenciária Federal de Mossoró obedecerá ao SESUE (Foto oficial)

Penitenciária Federal de Mossoró se revela de segurança extremamente falha (Foto oficial)

Um relatório interno da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) mostra que ao menos 160 câmeras de segurança do presídio estão danificadas ou com a qualidade da imagem ruim. Esse era o mesmo número de equipamentos defeituosos na madrugada de 4ª feira (14.fev.2024), quando 2 detentos fugiram da prisão. É a 1ª fuga do sistema penitenciário federal desde a sua criação, em 2006.

“O sistema de monitoramento eletrônico opera em capacidade muito reduzida, devido a inúmeros problemas de funcionamento, dentre os quais destacam-se 160 câmeras inoperantes ou com qualidade ruim”, diz um trecho do relatório obtido pelo Poder 360.

O documento foi produzido por agentes da unidade prisional com objetivo de elencar riscos à segurança da unidade prisional antes da fuga. A deficiência nas câmeras de segurança é relatada em um processo interno do presídio desde 1º de janeiro de 2023.

Com as poucas câmeras de segurança em funcionamento na penitenciária, a ação completa dos fugitivos não deve ter sido registrada na íntegra, o que dificulta as investigações sobre a fuga. O número total de câmeras da penitenciária não é divulgado por questões de segurança. As 160 câmeras danificadas representam uma fatia significativa do total de equipamentos.

“[O deficit de câmeras] provoca muitos pontos cegos sem monitoramento, como em alas, pátios de sol, corredores de circulação, perímetros externo, dentre outros”, diz outro trecho do relatório.

Segundo o documento, há outras estruturas na penitenciária que não funcionam, como: sistema de comunicação (call station); câmeras nas torres, na caixa d’água e pátio de sol; e câmeras na sala do conselho disciplinar de presos.

Em fuga

Rogério e Deibson fugiram quarta-feira; caçada chega ao seu quarto dia consecutivo (Fotomontaegm: Reprodução)

Rogério e Deibson fugiram quarta-feira; caçada chega ao seu quarto dia consecutivo (Fotomontaegm: Reprodução)

Vários endereços da imprensa nacional divulgaram dia passado, que os fugitivos ligados ao Comando Vermelho e, originários do Acre, Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, fizeram um casal refém entre a noite de sexta-feira (16) e início da madrugada de sábado (17). Estavam a cerca de 3 km da própria penitenciária, na comunidade rural mossoroense de Riacho Grande. No local, alimentaram-se, pegaram roupas e dois celulares (veja AQUI), seguindo em fuga.

Ainda teriam se comunicado – via celulares – com interlocutores que podem ser lideranças regionais ou no Rio de Janeiro-RJ, da facção Comando Vermelho (CV). Em Mossoró, o CV é a facção mais predominante. Pelo diálogo narrado, colhido pelas forças policiais, eles demonstravam desconhecimento de localização e pediam orientação para sair da região com destino ao Ceará.

Ministro

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, chega à manhã deste domingo (18) a Mossoró, às 10h, acompanhado do diretor-geral em exercício da Polícia Federal, Gustavo Souza. André Garcia, secretário nacional da Secretaria Nacional de Políticas Penais (SENAPPEN) está em Mossoró desde o dia da fuga, quarta-feira (14), acompanhando as buscas (veja vídeo AQUI com a governadora Fátima Bezerra-PT informando sobre a presença do ministro na cidade).

Cerca de 300 homens, três helicópteros, drones, dezenas de viaturas da Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar do RN estão na caçada. Essa busca – que chega ao quarto dia – também foi ampliada à própria zona urbana de Mossoró (veja AQUI e vídeo abaixo).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
domingo - 18/02/2024 - 06:46h

Inúteis notas de inutilidade pública

Por Marcos Ferreira

Ilustração da Web

Ilustração da Web

Esta semana, precisamente na terça, fui convidado a não participar de uma magnífica antologia com os mais expressivos e baludos contistas, poetas e cronistas de nossa província. Todos eles, devo admitir, mestres de uma poeticidade e ficção bacanas, medalhões da alta-roda destes confins do mundo.

Os romancistas ficaram de fora desse divisor de águas da pujança editorial de Mossoró, claro, porque romance é romance e não aceita compartilhar holofotes com os demais gêneros.

O livro, que pode atingir as quatrocentas páginas, sairá com uma musculosa tiragem de dez mil exemplares e selo da conceituada Pombagira, casa publicadora com sede em Salvador. Os integrantes da antologia vão custear cinquenta por cento da edição. Os outros cinquenta ficam por conta da Pombagira.

Metade da tiragem, assim, entrará na algibeira dos autores. Está programada uma glamourosa noite de autógrafos na imensa área de festas do hotel cinco estrelas Cabaré Palace. A estimativa de público é de mil convidados. O DJ Alouco, aclamado internacionalmente, virá do Rio de Janeiro para animar o megaevento.

O bufê, o cachê do artista carioca, o aluguel do espaço recreativo do Cabaré e metade dos cinquenta por cento das despesas gráficas que rolam para os escribas serão patrocinados pela Construtora Irmãos Pindaíba, pela Secretaria de Cultura e Câmara de Vereadores. A imprensa escrita, televisiva, falada e digital fará uma cobertura maciça.

Após o lançamento da coletânea, a obra ficará disponível para aquisição na livraria do Bodega Shopping, perto do Condomínio Alfavela, e nas plataformas de gigantes do e-commerces como Amazon e Mercado Livre.

No total, entre contistas, poetas e cronistas, a seleta reúne trinta nomes de notória inventividade literária. Quase todos são imortais das academias de letras de Mossoró e do Rio Grande do Norte. Cinco dessas cabeças pensantes, para a glória do nosso mundo das palavras, já conquistaram o prestigioso Prêmio Tartaruga, a mais cobiçada honra da literatura tupiniquim.

A Feira do Livro de Mossoró, desde sempre, é uma vitrine exclusiva e fiel dos nobres bruxos e bruxas do Cosme Novo.

Considero uma tremenda sacanagem o fato de tantos e tão bons escritores do Brasil nunca terem ganho um Nobel. Outra baita injustiça é nenhum literato da terra dos monxorós sequer ser indicado para o galardão da Academia Sueca. Absurdo do absurdo! Bom! Enquanto o Nobel não chega para algum dos meritórios autores mossoroenses, e sem nada de mais importante para fazer, hoje eu resolvi divulgar (na melhor das intenções!) estas inúteis notas de inutilidade pública.

Quem sabe num futuro não muito remoto, quando os algarismos da loteria enfim caírem na minha cuca, eu seja convidado para fazer parte de uma segunda antologia mossoroense dessa magnitude. A menos que não me considerem um escritor.

Mas com Deus, saúde e dinheiro tudo é possível. Deixem estar.

Marcos Ferreira é escritor

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
domingo - 18/02/2024 - 04:34h

Ficar em casa

Por Carlos Drummond de Andrade

O poeta/contista/cronista em seu apartamento em 1980 (Foto: Rogério Reis)

O poeta/contista/cronista em seu apartamento em 1980 (Foto: Rogério Reis)

Passar quatro dias e quatro noites em casa vendo o carnaval passar; ou não vendo nem isso, mas entregue a uma outra e cifrada folia, que nesta quarta-feira de cinzas abre suas pétalas de cansaço, como se também tivéssemos pulado e berrado nos clubes.

Não ligar televisão, esquecer-se de rádio; deixar os locutores falando sozinhos, na ânsia de encher de discurso uma festa à base de movimento e de canto. Perceber apenas o grito trêmulo, trazido e levado pelo vento, de um samba que marca a realidade lúdica sem nos convidar à integração.

Beneficiar-se com a ausência de jornais, que prova a inexistência provisória do mundo como arquitetura de notícias.

Ter como companheiro o irmão gato Crispim, exemplo de abstenção sem sacrifício, manual de silêncio e sabedoria, aventureiro que experimentou a vertigem da luta livre nos telhados e homologa a invenção da poltrona.

Penetrar no vazio do tempo sem obrigações, como num parque fechado, aproveitando a ausência de guardas, e descobrindo nele tudo que as tabuletas omitem.

Aceitar a solidão; escolhê-la; desfrutá-la. Sorrir dos psiquiatras que falam em alienação do mundo e recomendam a terapêutica de grupo. Estimar a pausa como um valor musical, o intervalo, o hiato. O instante em que a agulha fere o disco sem despertar ainda qualquer som.

Andar de um quarto para outro, sem ser à procura de objetos: achando-os. Descobrir, sem mescalina, as cores que a core esconde; os timbres entrelaçados nos ruídos.

Olhar as paredes, ou melhor: olhar as paredes, em torno dos quadros.

Sentir a casa com um todo e como partículas densas, tensas, expectantes, acostumadas a viver sem nós, à nossa revelia, contra o nosso desdém.

Habitar realmente a casa, quatro dias: como ilha, fortaleza, continente: infinito no finito.

Reconsiderar os livros; arrumá-los primeiro com método, depois com voluptuosidade, fazendo com que cada prateleira exija o maior tempo possível; verificar que é preciso antes tirar a poeira de um, remover a boba capa de celofane que envolve a encadernação de outro.

Reler dedicatórias; abrir ao acaso os livros de poetas que preferimos e que infelizmente não são os mais modernos nem os mais célebres; copiar meia estrofe por onde corre um arrepio verbal; separar volumes que não nos falam mais nada e que devem tentar seu destino em outras casas.

Sentir chegada a hora dos álbuns de pintura com pouco ou nenhum texto, e dos volumes iconográficos que nos contam Paris ou a vida de Mallarmé.

Viajar em fotografias; sentir-se imagem flutuando entre imagens; a terra domesticada em figura, tornada familiar sem perda de sua essência enigmática. Reconhecer que muitos livros comprados a duras penas, pedidos ao estrangeiro ou longamente minerados nos sebos, não têm mais do que essa oportunidade de comunicação durante o ano; deixar que fiquem a sós conosco e nos confiem seu segredo.

Admitir a fome, sem exigência de horário, e matá-la com o que houver à mão; renunciar à ideia de almoço e jantar, em reverência ao sagrado direito que assiste a todos, inclusive e principalmente às cozinheiras, de brincarem o seu carnaval, achar mais gosto nessa comida, porque não é a regulamentar nem é seguida de nada: todas as obrigações estão suspensas, e só valem as que soubermos traçar a nós mesmos.

Descortinar na preguiça um espaço incomensurável, onde cabe tudo; mas não enchê-lo demais, devassá-lo à maneira de um explorador que não quer ser muito rico e sente tanto prazer em descobrir como em procurar.

Assim vosso cronista passou o carnaval: sem fugir, sem brincar, divertido em seu canto umbroso.

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) foi poeta, farmacêutico, contista e cronista brasileiro

*Texto originalmente publicado em 3 de março de 1960 no jornal Correio da Manhã do RJ.

Compartilhe:
Categoria(s): Crônica
domingo - 18/02/2024 - 01:20h

Pensando bem…

“Cada um deve conhecer a si mesmo para saber onde e como poderá encontrar a serenidade e a paz.”

Santa Teresa Benedita da Cruz

Compartilhe:
Categoria(s): Pensando bem...
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sábado - 17/02/2024 - 19:44h
Anote

Fugitivos cometem erro fatal; ministro vem exibir ‘troféus’

Screenshot_2024-02-17-19-30-12-408_com.google.android.googlequicksearchbox-editFugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró cometeram erro fatal: pegaram celulares de um casal na zona rural de Mossoró, em casa que ocuparam entre a noite de ontem e madrugada deste sábado (17).

Agora, sinais dos aparelhos são rastreados, a menos que os larguem.

Ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, avisou que estará em Mossoró amanhã para exibir ‘troféus’.

As presas estão à mão.

Compartilhe:
Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
sábado - 17/02/2024 - 15:26h
RN

Governo realiza convocação de 1.485 professores temporários

Convocação aponta disciplinas que precisam ser atendidas (Foto: Governo do RN)

Convocação aponta disciplinas que precisam ser atendidas (Foto: Governo do RN)

A edição de hoje (17) do Diário Oficial do Estado do RN (DOE) traz a convocação de professores e especialistas de educação, em caráter temporário, para a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC).

A convocação é para atender às demandas das unidades de ensino, tendo em vista o início do ano letivo, em 4 de março de 2024. Os 1.485 profissionais que foram chamados são oriundos do edital nº 001/2023 -SEEC/SEAD. Os educadores terão 30 dias para se apresentar às Diretorias Regionais de Educação e Cultura (DIREC) de origem.

No total, sete editais foram publicados no DOE, tanto para educadores da base comum quanto para o eixo tecnológico. Todos serão distribuídos, conforme demanda, nas 16 DIRECs, localizadas em Natal, Parnamirim, Ceará-Mirim, Macau, Mossoró, Pau dos Ferros, Umarizal, Apodi, Assu, Angicos, Caicó, Currais Novos, Nova Cruz, Santa Cruz, João Câmara e São Paulo do Potengi, para atuar no ensino da base comum – unidades escolares (1.288); na educação profissional (83); na educação do campo – espaços escolares (75); educação do campo – espaço não escolares (23); na educação no âmbito urbano – espaços não escolares (8);  educação escolar indígena – espaços escolares (2); e no sistema prisional (6).

Disciplinas

Os convocados atenderão às disciplinas de ciências biológicas, educação física, filosofia, história, língua inglesa, língua portuguesa, polivalente, química, física, geografia, matemática, sociologia, educação especial e educação especial – libras.

Os professores temporários atuarão na rede de educação profissional, nos cursos de administração, agroecologia, edificações, eletrotécnica, guia de turismo, informática, logística, manutenção e suporte em informática, meio ambiente, mineração, nutrição e dietética, redes de computadores, segurança do trabalho e sistema de energia renovável. Para o sistema prisional foram convocados educadores para as disciplinas de linguagens, ciências humanas, educação física e ensino fundamental – anos iniciais. Na educação indígena, os professores convocados atuarão nas disciplinas de português e matemática.

A lista completa dos convocados pode ser consultada no DOE, onde também constam as informações sobre documentos e exames de saúde necessários à admissão no quadro de servidores estaduais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Educação
  • Art&C - PMM - Janeiro de 2024 - IPTU
sábado - 17/02/2024 - 13:30h
Mossoró

Prefeito recebe novo bispo no Palácio da Resistência

O bispo eleito da Diocese de Santa Luzia de Mossoró, Dom Francisco de Sales Alencar Batista, foi recebido nesta manhã de sábado (17) pelo prefeito mossoroense Allyson Bezerra (UB)), pela primeira-dama Cínthia Pinheiro, e por todos os secretários municipais.

Atendeu convite oficial do prefeito.

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Lawrence Amorim (SDD), dentre outros parlamentares, também esteve presente.

O encontro se deu no Palácio da Resistência, sede da Prefeitura de Mossoró.

O bispo emérito, Mariano Manzana, o pároco da Catedral, padre Flávio Augusto Forte Melo, e o diretor-geral do Colégio Diocesano Santa Luzia, padre Charles Lamartine, também acompanharam essa agenda.

A posse do novo bispo, que chegou pela manhã à cidade, será às 17 horas de hoje, no adro da Catedral de Santa Luzia.

Com informações da Pastoral da Comunicação (PASCOM) da Diocese de Mossoró.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sábado - 17/02/2024 - 08:44h
Dia 25

Prefeito comandará evento para filiação em âmbito estadual

Encontro Republicanos em Natal dia 25 de fevereiro de 2024Do Blog Heitor Gregório

O Republicanos segue com estruturação para a eleição de outubro e no próximo sábado (25) fará um grande ato de filiação.

O partido presidido no RN por Álvaro Dias vai receber lideranças nacionais da legenda e fará a filiação de vereadores da capital e lideranças políticas de todo o estado.

Será no Versailles Recepções, em Natal, às 16h.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sexta-feira - 16/02/2024 - 23:52h

Pensando bem…

“Existem três cachorros perigosos: a ingratidão, a soberba e a inveja. Quando mordem deixam uma ferida profunda.”

Martin Lutero

Compartilhe:
Categoria(s): Pensando bem...
sexta-feira - 16/02/2024 - 23:44h
Cerco

Caçada a fugitivos chega à zona urbana de Mossoró

A operação policial com dezenas de homens, viaturas e helicópteros que tenta capturar dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró chegou à zona urbana do município. O entorno de alguns condomínios e bairros mossoroenses passou a ser vasculhado.

Região com mata entre os residenciais Mossoró I, II e III, Partage Shopping, Alphaville e Bela Vista, entrou no foco dessa caçada humana hoje, sexta-feira (16).

Rogério da Silva Mendonça (o Tatu) e Deibson Cabral Nascimento (o Deisinho), originários do Acre, componentes da facção Comando Vermelho (CV), fugiram na madrugada de quarta-feira (14).

A Penitenciária Federal fica em Riacho Grande. É uma comunidade rural a cerca de 13 quilômetros da área urbana que, agora, está sendo milimetricamente perscrutada pelas forças policiais.

*Vídeos obtidos pelo BCS.

Compartilhe:
Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sexta-feira - 16/02/2024 - 19:24h
Segunda-feira, 19

Ministro de Portos e Aeroportos terá vários compromissos no RN

Ministro prestigiará e participará de evento (Foto: Antônio Costa/Agência Brasil)

Ministro participará de evento e também estará na Codern (Foto: Antônio Costa/Agência Brasil)

Na próxima segunda-feira (19), o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, participará da cerimônia de início das operações (veja AQUI) da Zurich Airport Brasil no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, localizado na região metropolitana da capital, em São Gonçalo do Amarante (RN).

Na ocasião, a concessionária, que detém 100% do terminal até 2054, também apresentará melhorias previstas para o aeroporto já em 2024.

Codern

Às 16h, Sílvio Costa Filho realizará visita às instalações da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) e participa de cerimônia de assinatura de acordo coletivo de trabalho entre a instituição e o Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Portuários do Estado do Rio Grande do Norte.

Após a agenda, o ministro concederá uma entrevista à imprensa presente no local.

Confira o restante da agenda do ministro.

12h – Desembarque em Natal.
13h – Almoço com o deputado João Maia (PL) e o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Eriko Jácome (MDB).

14h – Aeroporto;
15h – Visita na obra da quadra das Rocas (Rua São Pedro, S/N).
16h – Entrega de equipamentos aos Clubes Náuticos (Largo da rua Chile, Ribeira) e Codern;
18h30 – Entrevista emissora de rádio.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 16/02/2024 - 17:44h
MCJ 2024

Allyson Bezerra vai lançar Mossoró Cidade Junina dia 6 de março

Apesar dos vários polos e multidões, evento foi de tranquilidade (Foto: Wilson Moreno)

Evento repetirá polos lançados em 2023 e que foram bem aceitos por público (Foto: Wilson Moreno)

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (UB), anunciou nesta sexta-feira (16), o lançamento do Mossoró Cidade Junina 2024. O evento acontecerá no dia 6 de março no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, em horário a ser divulgado em breve.

Repete a antecipação sobre detalhes e atrações que aconteceu ano passado.

O Mossoró Cidade Junina está entre as maiores festas juninas do país e tem se consagrado nos últimos dois anos como as edições mais organizadas e mais seguras de todos os tempos, atraindo mais público com os novos polos e atrações locais, regionais e nacionais.

O lançamento vai proporcionar que os comerciantes e empresários locais tenham mais tempo para organização e preparação para a festa.

Para 2024, todos os polos estão garantidos, disse o prefeito. “Os polos Antônio Francisco e Arraía do Povo, lançados em 2023, foram sucesso de público e estão garantidos para esta edição. Nossas equipes já trabalham no planejamento para assegurar mais uma vez o São João que o povo de Mossoró merece”, destacou Allyson.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sexta-feira - 16/02/2024 - 16:44h
Importância

Lei de Genilson Alves estimula artesanato em Mossoró

Genilson Alves é autor da proposição (Foto: Edilberto Barros)

Genilson Alves é autor da proposição (Foto: Edilberto Barros)

Mossoró conta com o Dia Municipal do Artesão e a Semana Municipal do Artesanato. Ambas as datas estão no calendário oficial de eventos do Município de Mossoró, por força da lei municipal nº 3929, de 7 de março de 2022. A norma jurídica provém do Projeto de lei 2011/2021, de autoria do vereador Genilson Alves (Pros).

A lei institui 19 de março como o Dia Municipal do Artesão em Mossoró e a Semana Municipal do Artesanato, na semana do dia 19 de março, anualmente.

Nessas ocasiões, serão desenvolvidas atividades de promoção e valorização do artesanato, enquanto manifestação de cultura popular, e ações de incentivo à produção e ao comércio do artesanato, bem como à valorização do artesão.

No dia e na semana de que trata a lei, as entidades públicas e privadas poderão envidar esforços para a realização de feiras, oficinas ou exposições dos produtos desenvolvidos  pelos artesãos do Município.

O vereador Genilson Alves ressalta a importância da iniciativa. “Precisamos reconhecer e enaltecer os artistas locais e seus dons. Apoiar o artesanato local é uma afirmação da identidade cultural regional, dinamização da economia, do emprego em nível local e o fomento dos valores culturais e estéticos das diversas etnias e manifestações populares do povo brasileiro e mossoroense”, observa.

Ele acrescenta que as atividades artesanais respondem pela geração de inúmeras ocupações e renda para muitos mossoroenses, daí a necessidade de sistemático incentivo do poder público, por exemplo, tocante à qualificação profissional, que pode ser realizada na Semana do Artesanato de Mossoró.

Origem

O 19 de março foi escolhido como Dia do Artesão em homenagem ao Dia de São José, o padroeiro da categoria. A Bíblia usa a palavra ‘tekton’ que quer dizer ‘aquele que trabalha com as mãos’, para descrever a atividade do pai de Jesus Cristo.

De acordo com a tradição cristã, eles eram marceneiros e naquela época praticava-se o ofício de maneira artesanal, por isso, a escolha do seu nome para proteger os que exercem essa profissão.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 16/02/2024 - 15:26h
Prefeitura de Mossoró

Terminará segunda-feira (19) inscrição para concursos públicos

Concurso público - ilustraçãoNa próxima segunda-feira (19) termina o prazo para inscrições dos concursos públicos da Prefeitura Municipal de Mossoró. Ao todo, os certames das áreas da Educação, Saúde e Assistência Social ofertam 492 vagas para cargos de níveis médio, técnico e superior.

As inscrições são realizadas de forma única e exclusiva pela internet, por meio do endereço eletrônico www.idecan.org.br. A taxa de inscrição dos concursos públicos para cargos de níveis médio e técnico é de R$ 100,00. Já para cargos de nível superior, a taxa de inscrição é de R$ 130,00.

São 330 vagas para a Saúde; 112 vagas para a Educação; 50 vagas para a Assistência Social. Além das vagas imediatas, os editais dos concursos públicos também contemplam vagas para cadastro de reserva.

Provas

Saúde – 10 de março de 2024;

Assistência Social – 31 de março de 2024;

Educação – 7 de abril de 2024.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • San Valle Rodape GIF
sexta-feira - 16/02/2024 - 14:24h
Fim de semana

Feira de Vinil de Mossoró acontecerá amanhã na Cervejaria Cabocla

Feira de Vinil de Mossoró - 17-02-2024Amanhã (sábado, 16/02), a partir das 16h, será realizada a terceira edição da Feira de Vinil de Mossoró. Nesta oportunidade o encontro acontece na Cervejaria Cabocla (Av. Alberto Maranhão, 694, Alto da Conceição).

Em janeiro, a Feira foi realizada excepcionalmente na cidade de Tibau, celebrando o veraneio da Costa Branca potiguar e reunindo dezenas de colecionadores e curiosos.

A Feira do Vinil de Mossoró teve sua primeira edição em dezembro/23 e tem como objetivo fortalecer a cultura do vinil em Mossoró, além de viabilizar uma maior interação entre colecionadores e vendedores.

Além de vinil, também serão comercializadas fitas K7, cd’s, livros e antiguidades em geral.

O evento conta com a organização do Clube dos 5 – coletivo formado por cinco lojas de discos de Mossoró (Sebo Araçá Azul, Sebo Outsiders, Sebo Velho Punk Discos, Supremo Vinil e Valew Plásticos).

Todas as lojas são virtuais e podem ser encontradas pelo Instagram.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Blog
sexta-feira - 16/02/2024 - 11:10h
Luto

Morre em Natal o ex-deputado estadual Lauro Bezerra

Lauro teve um mandato como deputado estadual (Foto: Reprodução Web)

Lauro teve um mandato como deputado estadual (Foto: Reprodução Web)

Do Tribuna do Norte

Faleceu, na madrugada desta sexta-feira (16), no Hospital São Lucas, em Natal, o professor universitário aposentado, médico e ex-deputado estadual Lauro Bezerra, 90 anos. A causa da morte não foi confirmada.

Lauro Bezerra é irmão do ex-senador e ex-ministro Fernando Bezerra e do falecido Aluísio Bezerra, ex-deputado federal. Teve um mandato de deputado estadual nos anos 1990. Como escritor, foi autor de diversos livros e fez parte de grandes momentos da política potiguar.

Em seu livro “Sic Transit”, lançado em 2014, Lauro Bezerra rememorou sua trajetória, desde a infância em Santa Cruz até o ingresso na política potiguar. Filho do meio do comerciante José Bianor Bezerra e dona Hermila, Lauro Bezerra afirmava que não tinha a mesma vocação empresarial do pai.

O ex-deputado deixa viúva, Dona Luzi, com quem teve três filhos: Bianor, Solange e Suzana.

O velório de Lauro Bezerra acontece no cemitério Morada da Paz, em Emaús, no município de Parnamirim. O sepultamento está marcado para 18h.

Nota do BCS – Conheci Lauro, da entrevista ao bate-papo ameno, de muitas históricas e inteligência; do diálogo moderado e da fidalguia.

Descanse em paz.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
  • Pastel Premium Mossoró - Pastel de Tangará - Aclecivam Soares
sexta-feira - 16/02/2024 - 10:38h
Diálogo & Política

Blog Carlos Santos faz análise sobre ano eleitoral e gestões

Veja íntegra do programa “Diálogo & Política” da TV Câmara Mossoró, dessa última sexta-feira, quando o editor do Blog Carlos Santos (Canal BCS) foi entrevistado.

O bate-papo é com a jornalista-apresentadora Bênia Medeiros.

Política nacional, jogo eleitoral no RN, gestões estadual, nacional e municipal; nominatas à vereança, o papel do vereador e outros pontos de pauta fazem parte desse diálogo político.

A TV Câmara Mossoró faz parte da Fundação Vereador Aldenor Evangelista Nogueira, entidade da Câmara Municipal de Mossoró.

A emissora pode ser acompanhada pelos canais 23.2 da @tcmtelecom e 2 da @telecabtvinternet. O “Diálogo & Política” vai ao ar sempre às sexta-feiras, às 19h30.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Política
sexta-feira - 16/02/2024 - 09:56h
Pagamento de taxa

Termina nesta sexta-feira inscrição para concurso nacional público

Foto ilustrativa (Reprodução/Unsplash)

Foto ilustrativa (Reprodução/Unsplash)

De acordo com informações do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), o Estado do Rio Grande do Norte registrou 52.072 mil inscritos no Concurso Nacional Público Unificado (CNPU). Foram mais de 2,65 milhões de inscritos em todo o país. Para garantir a participação no certame, os inscritos devem efetivar o pagamento da taxa de inscrição, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU), até esta sexta-feira (16/2).

As taxas são de R$ 90 para cargos de nível superior e de R$ 60 para cargos de nível médio. O CNPU oferece 6.640 vagas para 21 órgãos da administração pública federal. As provas ocorrerão em 220 cidades no dia 5/5/24.

No RN, o Concurso Unificado terá 4 cidades de prova, sendo elas, Natal, Mossoró, Parnamirim e Caicó.

Os cargos disponíveis são para analista administrativo, analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário e engenheiro agrônomo para atuar no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), analista em C&T para atuar no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas, e tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas para atuar no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O CPNU permite a inscrição para a disputa por vagas para mais de um cargo, desde que dentro do mesmo bloco temático, com o pagamento de uma única taxa de inscrição. Ao concorrer a mais de um cargo, o candidato deverá classificar as vagas de interesse por ordem de preferência para definir a prioridade em uma possível chamada, com base na nota alcançada.

Informações gerais sobre o CNPU: Link

A divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redações será realizada em 3 de junho. O resultado definitivo será anunciado em 30 de julho. A etapa de convocação para posse e realização de cursos de formação começará no dia 5 de agosto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Art&C - PMM - Janeiro de 2024 - IPTU
sexta-feira - 16/02/2024 - 09:22h
Eguiberto Lira

Tabelião areia-branquense falece na São Lucas em Natal

Eguiberto era tabelião em Parnamirim (Foto: Reprodução)

Eguiberto era tabelião em Parnamirim (Foto: Reprodução)

O areia-branquense Eguiberto Lira do Vale, registrador e tabelião do Primeiro Ofício de Notas de Parnamirim/RN, faleceu na manhã dessa quinta-feira (15). Tinha 76 anos.

Estava internado na Casa de Saúde São Lucas, em Natal/RN, com infecção urinária.

Era tabelião nesse cartório desde setembro de 1991 e foi sepultado à tarde dessa mesma quinta-feira, 16h, no Cemitério Morada da Paz, em Emaús, Parnamirim.

Nota do BCS – Gente de largo círculo de amizades e que nunca perdeu ligações com sua terra e sua gente.

Que descanse em paz.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Gerais
sexta-feira - 16/02/2024 - 08:26h
Piada pronta

Governo não prende fugitivos e promete reforço em penitenciárias

Lewandowski explica, explica, mas segue mostrando um quadro bizarro (Foto: Sérgio Lima/Poder 360)

Lewandowski explica, explica, mas segue mostrando um quadro bizarro (Foto: Sérgio Lima/Poder 360)

Do Poder 360 e BCS

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, anunciou nessa quinta-feira (15), que o ministério irá determinar a construção de muralhas e a adoção de sistemas de videomonitoramento com reconhecimento facial em todos os 5 presídios federais do país. O anúncio foi feito depois que dois detentos fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró (RN), na quarta-feira (14), pela madrugada.

Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça (o Tatu) e Deibson Cabral Nascimento (o Deisinho), e fazem parte do Comando Vermelho.

Segundo Lewandowski, as medidas devem ser efetivadas no prazo “mais curto possível”. As providências serão custeadas com os recursos do Fundo Penitenciário Nacional. Também serão nomeados mais de 80 aprovados em concurso para policial penal.

Em pronunciamento oficial para imprensa, nessa quinta-feira, o ministro trouxe explicações até bizarras, para a fuga dos dois presos, de uma penitenciária de “segurança máxima.” Afirmou, com segurança, que eles fugiram usando um alicate usado em obra que é realizada no local. Relatou também que algumas câmeras não funcionaram. E avaliou que os policiais penais de plantão “estavam mais relaxados devido o Carnaval.”

Assegurou que mais de 300 homens, helicópteros, dezenas de viaturas e apoio de forças militares e polícias civil do RN e Ceará estão envolvidos na caçada aos bandidos. Conforme informação que recebeu, eles não devem estar a mais de 15 quilômetros do local da fuga, zona rural de Mossoró – comunidade de Riacho Grande, a cerca de 12 quilômetros da área urbana mossoroense.

Nota do BCS – As palavras do ministro atestam que o sistema de ‘segurança máxima’ é piada pronta. A cada ‘esclarecimento’, mais hilariante fica o enredo. E os dois perigosos bandidos seguem em fuga há mais de 48 horas.

Talvez, quem sabe, homiziados numa casa de luxo no bairro Nova Betânia em Mossoró, curtindo Netflix, tomando cervejinha estupidamente gelada e aguardando as coisas se acalmarem.

Quem sabe?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUI, Instagram AQUI, Facebook AQUI e YouTube AQUI.

Compartilhe:
Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2024. Todos os Direitos Reservados.