terça-feira - 18/12/2018 - 17:28h
Mossoró

Teatro Lauro Monte Filho tem reinauguração nesta terça


Área interna do novo teatro (Foto: divulgação)

Nesta terça-feira (18), o Teatro Lauro Monte Filho em Mossoró vai ser reinaugurado pelo Governo Robinson Faria (PSD), com a presença do próprio governador.

A programação começa às 20h.

Vão se apresentar o poeta Antônio Francisco, cantor Isaque Galvão, Movimento Arte e Violão, além da Orquestra Sinfônica do RN.

Durante o restante da semana, uma diversificada programação movimentará a pauta do teatro, até o domingo (23).

Poleiro de pombos e trapézio de morcegos

O Teatro Lauro Monte Filho estava fechado desde 2008. Sua reforma e restauração custaram R$ 5.133,199, 53 – conforme licitação. Chegou a ter início de obras na gestão da então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje PP) em 2012, mas os serviços duraram poucas semanas.

Virou um poleiro de pombos e trapézio de morcegos, além de abrigo para delinquentes e drogados (veja AQUI).

O Teatro Lauro Monte Filho homenageia com sua identificação um bacharel em direito, ator e escritor local falecido em 1997. Antes, era o Cine-teatro Cid, de propriedade do ex-prefeito e ex-senador Dix-huit Rosado, que faleceu em 1996. Foi aberto ao público com o filme “Candelabro italiano”.

Sua pedra fundamental foi aposta em evento público no dia 14 de outubro de 1959.

Localiza-se no coração de Mossoró, Praça Vigário Antônio Joaquim, em lado diametralmente oposto à Catedral da padroeira Santa Luzia.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Cultura

Comentários

  1. João Claudio diz:

    O Cine-Teatro Cid foi inaugurado no dia 22 de julho de 1964.

    O filme de estréia, Candelabro Italiano, foi exibido repetidas vezes e de graça durante todo o dia da inauguração. Só não viu o filme quem já tinha morrido.

    O Cine-Teatro Pax foi inaugurado em 3 de janeiro de 1943. Não me recordo o nome de filme de estreia, embora tenha visto, mas posso informar como testemunha que, O Ébrio; Vida, Paixão e Morte de Jesus Cristo e Dio Come te Amo, foram as películas mais exibidas em toda a história deste cinema. Até os que morreram viram.

    Informou João Claudio – A Lenda viva nascida a mais de 10 mil anos atrás, superando o mito Raul Seixas que viveu APENAS 10 mil anos. Morreu muito novo, uma criança, enquanto que João Claudio vive, João Claudio não morreu.

  2. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Dois bons teatros na cidade . Incentivo à cultura.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.