segunda-feira - 12/11/2018 - 23:34h
Kléber Fernandes

Vereador deixa secretaria em início de reforma administrativa


Começou a reforma administrativa e política do prefeito Álvaro Dias (MDB) na Prefeitura do Natal. Ele quer, como já afirmou em entrevistas, uma gestão com sua identidade. Ele já cumpriu o que “acertou” com o antecessor Carlos Eduardo Alves (PDT), candidato a governador este ano, mas sem êxito.

Fernandes: retorno (Foto: CMN)

O vereador Kléber Fernandes (PDT) retornou à Câmara Municipal nesta segunda-feira (12). Ele foi exonerado a pedido no final de semana, conforme publicação na sexta-feira (9), no Diário Oficial do Município (DOM), edição de número 3934.

Ele saiu do cargo de Secretário Municipal de Governo (similar a Gabinete Civil).

A migração de Kléber da Câmara abriu espaço para o DEM do senador José Agripino em abril deste ano, com a assunção provisória do suplente “Dagô”.

Promessa feita pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) ao senador José Agripino Maia (DEM), cumprida por Álvaro.

Dagô terminará assumindo de vez o mandato no próximo ano, com a posse do vereador Ubaldo Fernandes (PTC) como deputado estadual, eleito este ano.

Leia também: Álvaro Dias afirma que já cumpriu “acerto” com Carlos Eduardo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quinta-feira - 08/11/2018 - 17:12h
Leodise Cruz

Ex-secretária admite voltar à pasta da Saúde


Secretária municipal da Saúde na gestão Francisco José Júnior, Leodise Cruz admite voltar ao cargo, se convidada.

- Amigo, na vida tudo é possível dependendo de como se conversa – comenta a ex-secretária.

“Estou sabendo que estão especulando na rua, mas daí a ter a aquiescência do grupo Rosado, eu não sei”, desconversa.

“Sei que como dirigente do PMB votei em Carlos Eduardo (PDT) ao governo, porque acreditei que seria melhor para Mossoró”, emenda.

- Não fui convidada – insiste (risos).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde
  • Repet
quinta-feira - 08/11/2018 - 12:56h
Governo Fátima Bezerra

Três nomes estão cotados para Secretaria da Saúde do Estado


Três nomes aparecem cotados para o cargo de titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) no futuro governo da senadora Fátima Bezerra (PT), eleita dia 28 passado.

Alexandre Motta, Cipriano Vasconcelos e Ricardo Lagreca são nomes cotados (Fotos: arquivo)

Os três são médicos:

Cipriano Maia de Vasconcelos (PT), ex-secretário da Saúde da Prefeitura Municipal do Natal por indicação de Fátima, na gestão Carlos Eduardo Alves (PDT). Ele compõe a equipe de transição da governadora eleita;

Alexandre Motta (PT0, ex-candidato ao Senado este ano na Coligação Do Lado Certo;

Ricardo Lagreca, ex-titular da Sesap no governo Robinson Faria (PSD), nome indicado por Fátima Bezerra.

Para qualquer ungido, uma garantia: a pasta será de “porteira fechada”, para não ter qualquer influência político-partidária na composição de equipe.

Aguardemos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde
quarta-feira - 07/11/2018 - 18:56h
Prefeitura do Natal

Álvaro afirma que já cumpriu “acerto” com Carlos Eduardo


Em entrevista ao Jornal das Seis da FM 96.7 do Natal à noite desta quarta-feira, o prefeito de Natal e ex-deputado estadual Álvaro Dias (MDB) afirmou: “O ex-prefeito Carlos Eduardo vai continuar contemplado na minha gestão”.

Dias admite até não ser candidato (Foto: reprodução)

Dias admitiu que pretende imprimir “um ritmo próprio” e sua própria marca à gestão que recebeu de Carlos, de quem era vice-prefeito.

“Mas o meu acerto em manter o secretariado dele era até a eleição”, avisou. “Eu não vou substituir todo o secretariado, mas vou imprimir a marca da minha gestão”, disse.

Reeleição

Candidato ao governo estadual este ano, Carlos Eduardo Alves e Álvaro Dias ainda não tiveram uma conversa após o insucesso eleitoral do ex-governante.

“Vamos conversar com ele ainda, saber se ele tem alguma prioridade, se tem interesse de manter alguém mesmo encerrado o período eleitoral”, comentou.

Álvaro Dias também asseverou, que apesar de ser natural um projeto de reeleição, não toma isso como algo irremovível. Pode até não ser. O tempo dirá.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 05/11/2018 - 20:00h
COLUNA DO HERZOG

A condenação ao “ostracismo” da elite política do RN


Por Carlos Santos

Sob a ótica do jurista e pensador italiano Gaetano Mosca em sua “Teoria das elites”, o campo político funciona como um microcosmo e nele há uma relação impositiva de dominadores sobre dominados. Mesmo nas democracias, a minoria organizada sempre governará a maioria desorganizada.

Essa “nata” dirigente muitas vezes entra em conflito e a partir daí pode se fragilizar, abrindo margem para ocupação de espaços e surgimento de outros atores, como nos fala o sociólogo francês Pierre Bourdieu. Esse mundo, diz ele, acaba afetado pela maioria dirigida, a massa-gente que o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro tanto citava.Esse preâmbulo me ajuda a tentar explicar o fracasso eleitoral retumbante da elite política do RN, conforme números e resultados finais das urnas em 2018, nos dois turnos. Recorro ainda a um estudo muito interessante da cientista política Cristina Buarque de Hollanda (Teoria das Elites, Editora Zahar, 2011), para resumir a própria compreensão da filosofia política sobre o poder.

Ela mergulha no pensamento de Mosca, Vilfredo Pareto, Robert Mitchels, Platão, Sócrates, dos brasileiros Oliveira Vianna (Instituições Políticas Brasileiras, grande livro) e Assis Brasil, entre outros.

A força demonstrada este ano pela clientela política excluída, é um claro sinal de rebeldia dos dominados e de anemia dos dominadores. Como tudo na vida, há começo, meio e fim. Há esgotamento de fórmulas, peças são substituídas ou descartadas.

Foram expurgados pelo voto nomes como José Agripino (DEM), Garibaldi Filho (MDB), Ricardo Motta (PSB), Carlos Eduardo Alves (PDT), Rogério Marinho (PSDB), Antônio Jácome (Podemos) e Geraldo Melo (PSDB). Deputados federais Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB) e Walter Alves (MDB) conseguiram se reeleger, mas com votações sofríveis.

Leia tambémA centelha do antipetismo e o fenômeno Bolsonaro.

Na contabilidade também entra o clã Rosado, derrotado humilhantemente de cabo a rabo.

Na Grécia antiga, o indivíduo que atentava contra os interesses da pólis (cidade) tinha como maior punição o “ostracismo”. Era banido por dez anos da comuna, através de eleição direta em que os nomes votados eram escritos num pedaço de cerâmica (o “óstraco” – daí a origem da palavra).

O futuro dirá se o desterro dos políticos potiguares retirados de cena, este ano, é perpétuo ou por poucos anos. E quem ascendeu ao topo do campo político deve ficar atento. A maioria dirigida anda indócil.

PRIMEIRA PÁGINA

Câmara dá publicidade a todas as suas matérias técnicas - Aplausos a importante iniciativa da Câmara Municipal de Mossoró. Sua presidente Izabel Montenegro (MDB) agiliza divulgação no portal da Casa (veja AQUI) de Regimento Interno, Lei Orgânica do Município (LOM) e outros documentos. Em breve, todo acervo de leis, decretos, projetos de lei, leis complementares etc. estará com igual publicização. Há tempos que essa elementar decisão era ignorada por esse poder, até ensejando circulação de textos apócrifos de Regimento Interno, por exemplo.

Fenômenos eleitorais não representam uma regra geral para novas campanhas – Há um encantamento com os fenômenos eleitorais deste ano, que se espalham do Rio Grande do Norte ao plano nacional. Muita gente já decretou o fim do  marketing eleitoral tradicional; outros falam que não é preciso mais do que uma câmera (no smartphone) e uma boa ideia na cabeça, para vencer uma eleição. Jair Bolsonaro (PSL), eleito a Presidência da República, é o exemplo mais expressivo. No plano estadual, o capitão Styvenson Valentim (REDE) é outro caso de sucesso fora dos padrões. Só um lembrete: a enorme maioria dos eleitos, em todo o país, usou os métodos de sempre. O fenômeno é exceção e não regra. Muitos fatores pesam até o êxito nas urnas, a partir da pré-campanha.

Fechamento de contas não é situação excepcional com Robinson Faria – A tentativa desesperada do governador Robinson Faria (PSD) de fechar seu período de governo (quatro anos) com pelo menos a folha em dia, não é situação nova ou excepcional no RN. Os sinais mais claros de que tudo ficaria ainda pior surgiram ainda no final de 2010, fim do ciclo Wilma de Faria (PSB)-Iberê Ferreira (PSB), que chegou a pedir R$ a merreca de R$ 7 milhões emprestados ao Tribunal de Justiça do RN (TJR), gestão do desembargador Rafael Godeiro. No fechamento da administração Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) em dezembro de 2014, ela abriu a temporada de saques da reserva de aposentados e pensionistas, com a unificação dos fundos Previdenciário e Financeiro (veja AQUI). Utilizou R$ 234 milhões e deixou folhas em dia, livrando-se paralelamente de processo de inelegibilidade com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Rosalba contou com Robinson para saque salvador que a livrou da LRF e passou bomba para ele (Foto: arquivo)

Deputado Fernando Mineiro previu rombo prejudicial a servidor – Quando o Governo Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) alterou o regime previdenciário do estado ao final de sua gestão em dezembro de 2014, sacando de imediato recursos do Fundo Financeiro da Previdência (FUNFIR), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) foi a única voz contra. E alertou: “Dentro de poucos anos essa manobra feita hoje terá como consequência o aumento do rombo do Fundo Previdenciário” (veja AQUI). Não mentiu nem exagerou. E o quadro deverá piorar muito.

Deputada eleita participará de evento internacional na Espanha – A vereadora e deputada eleita pelo PT, Isolda Dantas, irá à Espanha participar da Conferência Internacional “Mulheres e Liderança Política: Conectando Lutas e Territórios”, que começa dia 6 e tem programação até 16 de novembro de 2018. O evento reunirá mulheres de toda a América e será organizado pelas organizações Alianza por la Solidaridad e a ActionAID. Vai se desenvolver entre Madrid, Barcelona e Mérida.

Caicó tem crescente número de pré-candidatos à municipalidade – Pelo menos uns seis nomes andam se saracoteando como pré-candidatos a prefeito de Caicó em 2020. Por enquanto. O vácuo de poder é o principal combustível desse interesse, além do resultado eleitoral recente que fragilizou quase todas as antigas lideranças domésticas. Até aqui, quem está provisoriamente na prefeitura é o vice-prefeito Marcos José de Araújo (PP), “Marcos do Manhoso”, desde o afastamento do titular Robson Araújo (PSDB), o “Robson Batata”. No dia 10 de outubro último, Batata ganhou liberdade (veja AQUI), mas sem direito à retomada do cargo. Veja AQUI uma série de matérias sobre o assunto.

Lista de partidos deverá ser alterada na AL – Ao todo, a próxima legislatura da Assembleia Legislativa do RN para o quadriênio 2019-2022 terá 14 legendas: PSDB (5), Avante (2), MDB (2), SD (2), PT (2), PSD (2), PTC (2), além de PR, PPL, PSL, Pros, PHS, Psol e DEM com um parlamentar (veja relação dos eleitos AQUI). Mas alguns partidos poderão sumir, devido encolhimento provocado pela cláusula de desempenho, que leva a perda de Fundo Partidário, tempo de rádio e televisão além de outros problemas. Esse quadro revelado nas eleições do último dia 7 de outubro passará por modificações. Em 2014, as urnas definiram a AL assim: PMDB (5), Pros (4), PSD (3), DEM (2), PSB (2). Já PR, PDT, Solidariedade, PCdoB, PMN, PHS, PTdoB e PT elegeram um parlamentar.

Dificuldades exigem mudanças radicais em governismo - Os tempos são outros, mas Carlos Augusto Rosado e Rosalba Ciarlini (PP) são os mesmos. A necessidade de dar uma chacoalhada no governo mossoroense para o grupo chegar às eleições municipais em 2020, em condições de vitória, exige mudança radical dos dois comandantes do rosalbismo. Para situações excepcionais, medidas excepcionais.

EM PAUTA

Tibau Follia – Em breve serão anunciadas atrações e programação do Tibau Folia, que acontecerá na cidade-praia do Tibau (42km de Mossoró, entre os dias 11 e 13 de janeiro de 2019.

Digicom – A Digicom chega à sua terceira edição em 2018, durante todo o dia 9 de dezembro, na área VIP da Arena das Dunas, em Natal. Focado em games, e-Sports e tecnologia, o evento oferecerá jogos free plays e campeonatos de diversos jogos com uma estrutura diferenciada: conforto, segurança e mais de 50 computadores para campeonatos instantâneos.

Renato Russo – O musical Renato Russo – baseado na obra do letrista e vocalista da banda Legião Urbana – vai ser apresentado em Natal. O espetáculo terá espaço no palco do Teatro Riachuelo do Shopping Midway Mall, no dia 7 de dezembro, às 21h.

Musical será em dezembro (Foto: divulgação)

Diferente – O Oba Restaurante em Mossoró vai promover uma “Quarta-Feira Diferente” à noite do próximo dia 14, véspera de feriado nacional. A partir das 21h, música ao vivo até à madrugada seguinte com duas atrações: Alzinete Oliveira e Vivi na janela, e em seguida a banda Tremendão de Fortaleza-CE. Arranje um lugarzinho na área da turma do gargarejo para mim, meus caros Ribamar-Naeide e Vinícius.

Coleção - Na mais recente edição da Feira do Livro de Mossoró, acabei esticando o tempo no pequeno espaço reservado à Coleção Mossoroense. Fui recebido por Eriberto Monteiro, escritor e operário infatigável desse legado cultural. É a editora recordista de títulos publicados no Brasil, com mais de 4.700 obras ao longo de 69 anos, uma tarefa gigantesca tocada pelo falecido Vingt-un Rosado. Ave, Vingt-un!

Durval Paiva - A Casa Durval Paiva foi escolhida como a Melhor Ong do Brasil na segunda edição do Guia Melhores Ongs, realizada na quinta (1), no Museu de Arte Moderna – Parque do Ibirapuera em São Paulo/SP. A iniciativa da premiação é do Instituto Doar e da Rede Filantropia que receberam mais de 2.500 inscrições de todo o país. Em 2017, a Durval Paiva já havia sido contemplada como a melhor Ong do Nordeste, ficando também entre as 100 melhores do país. Há 23 anos a entidade natalense atende à criança e ao adolescente com câncer e doenças hematológicas crônicas. Conheça clicando AQUI.

SÓ PRA CONTRARIAR

Quando os militantes petistas e bolsonaristas vão ensarilhar as armas? A campanha já terminou, gente!

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Tenho em mãos a edição de número 177 (ano 15), do jornal impresso “Jabá – Humor levado a sério”, editado por Ítalo Praxedes. Obrigado e parabéns pelo heroísmo, meu caro.

Obrigado à leitura do Nosso Blog Jacó Morais (Brasília),  Cornélio Alves (Natal) e  Naerton Soares (Mossoró).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (29/10) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
sábado - 03/11/2018 - 15:06h
Mossoró

Filha de prefeita volta à titularidade de secretaria


Lorena e a mãe Rosalba: cargo (Foto: Mossoró Hoje)

Lorena Ciarlini (PP) está de volta à titularidade da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Mossoró. O Jornal Oficial do Município (JOM) do dia 1º de novembro oficializa a posse.

Tinha sido exonerada a pedido no dia 19 de agosto, para se integrar à campanha eleitoral, como força de trabalho em prol dos candidatos do grupo governista.

Em seu lugar, nesse ínterim, esteve a adjunta Fernanda Kallyne Rego de Oliveira.

Lorena foi durante bom tempo um nome cotado para ser candidata a deputado estadual. Mas por decisão pessoal deixou claro à sua mãe-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e ao pai e ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PP), não pretender ingressar na carreira política.

O nome passou a ser então o de seu irmão, Kadu Ciarlini. Ele acabou sendo deslocado para chapa majoritária, nos acertos políticos do seu grupo, como vice do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Não obtiveram êxito eleitoral.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
quarta-feira - 31/10/2018 - 06:25h
Convite

Ex-secretária volta a ser cotada para Saúde


Guardada para ser titular da Saúde do Estado do RN num hipotético governo Carlos Eduardo Alves (PDT), a enfermeira Saudade Azevedo pode ter outro destino.

Ex-titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Natal, ela foi sitiada na pré-campanha pela prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), para ocupar cargo similar em seu governo.

Não aceitou.

Rosalba pode renovar o convite, após insucesso eleitoral de Carlos Eduardo.

Saudade é mossoroense. O atual titular da Secretaria Municipal de Saúde é o enfermeiro Benjamim Bento.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
segunda-feira - 29/10/2018 - 23:50h
COLUNA DO HERZOG

“Maldição” do vice se confirma agora com Kadu Ciarlini


Por Carlos Santos

Segue a maldição do vice de Mossoró. Kadu Ciarlini (PP), filho da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), candidato derrotado na chapa de Carlos Eduardo Alves (PDT), é mais um nome saído da cidade que não consegue ser vice-governador. A série já é numerosa e vem de longe, como o Blog Carlos Santos postou no dia 15 de junho de 2010: A “maldição” de ter vice de Mossoró.

Em 1950, o médico e ex-prefeito mossoroense Duarte Filho foi vice na chapa governista de Manoel Varela. Perderam para o mossoroense Dix-sept Rosado e Sílvio Pedrosa. Em 1960, deputado estadual Vingt Rosado foi vice de Djalma Marinho: perdeu para a dupla Aluízio Alves-Walfredo Gurgel.

Em 1965, o ex-deputado federal Tarcísio de Vasconcelos Maia (pai do senador José Agripino) apresentou sua candidatura para vice-governador de Dinarte Mariz, mas ambos foram derrotados por Walfredo e Clóvis Motta.

Em 1994, a então ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini concorreu como vice do ex-governador Lavoisier Maia e a chapa levou a pior para a composição senador Garibaldi Filho-deputado federal Fernando Freire.

Em 2002, a urucubaca veio em dose dupla: o deputado federal Laíre Rosado foi vice do governador Fernando Freire e o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado ocupou a mesma posição na chapa do senador Fernando Bezerra. As duas chapas foram derrotadas pela ex-prefeita natalense Wilma de Faria-deputado estadual Antônio Jácome.

Em 2022 teremos mais uma tentativa?

P.S – 10h38 de 30-10-18 – O professor Walter Fonseca acrescenta mais um ingrediente a essa postagem de abertura da coluna: “Amigo, em 1986, Antonio Florêncio, que era de Pau dos Ferros mas tinha base eleitoral por Mossoró, representando eleitoralmente a cidade, foi vice de João Faustino. Também perdeu”. Nota do Blog – De fato, caro Walter. Mas não o incluí na lista por um critério duvidoso que adotei, o fato de ele não ter uma vida regular vinculada ao município naqueles tempos, com a escolha para vice sendo por outros critérios e não necessariamente sua base política. Abraços.

PRIMEIRA PÁGINA

Senadores potiguares ocuparão assentos até então intocáveis - As eleições deste ano produziram várias surpresas, novidades e fenômenos. Algo diferente será a formação da representatividade potiguar no Senado. Na próxima legislatura teremos no Senado o Capitão Styvenson (Rede), Jean-Paul Prates (PT) e Zenaide Maia (PHS). Nomes como José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB) saem de cena após mais de 30 anos entre passagens pelo governo estadual e esse poder. Sinal dos tempos.

Prates (em pé, à direta) substituirá Fátima (Foto: divulgação)

Bancada governista de fácil formação, mas de difícil controle – A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) não terá dificuldades em montar bancada majoritária na Assembleia Legislativa. Apesar de apenas três deputados terem sido eleitos por sua coligação, apoios recebidos no segundo turno e migrações “naturais” que vão acontecer, lhe darão boa maioria na Casa. Difícil será controlar tanta gente, em mais de uma dezena de partidos, com boa parte deles acostumada a uma forma de apoio pouco republicana.

Os descontentes com um e com outro na disputa presidencial – Dados da Justiça Eleitoral apontam que o percentual de votos nulos no segundo turno das eleições presidenciais de 2018 chegou a 7,4%, o maior registrado desde 1989, totalizando 8,6 milhões. Foi um aumento de 60% em relação ao 2º turno da última eleição presidencial, em 2014, quando 4,6% dos votos foram anulados. Os votos brancos somaram 2,4 milhões (2,1%), neste 2º turno, pouco acima do 1,7% da última eleição presidencial. Ao todo, 31,3 milhões de eleitores não compareceram às urnas, o equivalente a 21,3% total, proporção similar ao do 2º turno presidencial de 2014. Somando os votos nulos e brancos com as abstenções, houve um contingente de 42,1 milhões de eleitores que não escolheram nenhum candidato, cerca de um terço do total.

O ciclo de eleições 2018 no RN ainda não está concluído

A corrida pelo voto no RN não terminou nesse domingo (28), com as eleições no segundo turno. Ainda vão existir eleições suplementares para prefeito e vice em dois municípios no dia 25 de novembro: Água Nova e Pendências. Em ambos, prefeito e vice foram cassados por abuso de poder econômico. Este ano já aconteceram também eleições suplementares em João Câmara, Pedro Avelino, Galinhos, Parazinho e São José de Campestre no último dia 3 de junho. P.S – Às 13h32 de 31 de outubro - O TRE/RN decidiu nessa terça-feira (30) que haverá eleição suplementar em outro município: Guamaré. Será dia 9 de dezembro.

Candidaturas e vitórias eleitorais para 2020 começam a ser antecipadas – Mal terminou a apuração de votos das eleições 2018, já é possível ouvirmos e lermos sobre nomes “certos” às eleições municipais em 2020. Os mais empolgados antecipam vitória de “A” ou de “B”. Calma, turma. As urnas deram uma mensagem retumbante não apenas para quem foi derrotado, mas também para os eleitos. Está todo mundo no fio da navalha. Compreensível, mas cedo e precipitado se falar em tom assertivo e premonitório sobre eleições que vão acontecer daqui a quase dois anos. Numa era analógica, há algumas décadas, o governador mineiro Magalhães Pinto definiu: “Política é como uma nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Você olha de novo e ela já mudou”. Imagine hoje, num mundo cibernético.

Carlos: nome para 2022 (Foto: divulgação)

Carlos Eduardo Alves não é opção para disputa de prefeitura – Bom alertarmos para quem acredita numa nova candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), à Prefeitura do Natal, que ele está alijado de disputa em 2020. Por ter renunciado ao segundo mandato consecutivo para ser candidato ao governo estadual, não pode tentar emendar outro (seria o terceiro em série). O ex-prefeito só retomará a trilha de candidaturas mais adiante, em 2022, se quiser ser de novo candidato ao governo ou outro cargo eletivo.

O presidente eleito pode e deve desestimular excessos – Muita gente alimenta pregação de que o país marcha para uma ditadura ou outra forma de intervenção não constitucional. Sinceramente, não temo um regime de exceção, mas percebo que precisamos nos contrapor à restrição de direitos individuais, patrulhamento de costumes, violação da liberdade de expressão e cerco ao exercício jornalístico. Algumas escaramuças nesse sentido incomodam desde já. Porém espero que o próprio presidente eleito seja voz discordante e desestimuladora de excessos entre familiares, votantes e militantes-patrulhadores mais exaltados. Na oposição, também não faltam aloprados, é bom que se diga. Não votei nele, mas torço demais para que acerte e possa contribuir à retomada do desenvolvimento, à luta contra as profundas desigualdades sociais e à corrupção endêmica. Nesse caso, também tenho o Brasil como meu partido e pátria amada.

Nomes saem fortalecidos em meio ao tsunami eleitoral - Em contraponto à onda de votos contra políticos tradicionais, os deputados estaduais Vivaldo Costa (PSD) e Nelter Queiroz (MDB) têm motivos para comemorações. Sobreviveram e bem ao tsunami que varreu boa parcela da velha guarda da política potiguar este ano. Vivaldo, com 32.638 votos; Nelter, com 40.717. Outras figuras precisaram se reinventar, como o atual prefeito do Natal, Álvaro Dias (MDB). Paralelamente, começam a surgir outros nomes na tabuleiro, sobretudo num momento em que também está em aberto o comando da própria prefeitura, com o afastamento do prefeito Robson Araújo (PSDB), o “Batata”.

EM PAUTA

Banda H – A Banda H com seu pop-rock de alta qualidade vai animar a noite que antecede o feriado de finados, com música ao vivo nas piscinas do Hotel Thermas, na quinta-feira (1º de novembro). Sucesso, rapaziada. Se der, apareço.

Finados – A Diocese de Mossoró divulgou o horário das missas que serão celebradas na sexta-feira, dia 2, Dia de Finados. Cemitério São Sebastião, às 5h30 e às 16h30; Capela de Santa Teresinha, às 6h e às 9h; Cemitério Novo, às 8h e às 17h. Missa na Matriz Imaculada Conceição às 19h. A Rádio Rural transmite a Missa de Finados das 16h30 com Bispo Dom Mariano Manzana.

Palco Giratório – O espetáculo teatral “Os cavaleiros da triste figura” do grupo Boca de Cena, do Sergipe, vai se apresentar em três palcos do Rio Grande do Norte: Caicó (11/11), Mossoró (14/11) e em Natal (18/11), dentro da 21ª Edição do Palco Giratório do Sesc.

Jegue Folia – A cidade de Marcelino Vieira na região Oeste do RN terá entre os dias 4 e 6 de janeiro de 2019 a 18ª edição do Jegue Folia. A micareta é uma das mais consolidadas e longevas do estado. Psirico, Chicabana e Cláudia Leitte serão as atrações.

Catedral - A banda Catedral está de volta a Natal em sessão extra. O show “Catedral 30 Anos e Você”, em comemoração aos seus 30 anos de carreira, acontece no dia 21 de novembro, no Teatro Riachuelo, às 21h30.

Saraiva – No Dia Nacional do Livro, 29 de outubro, uma péssima notícia: a Livraria Saraiva do Partage Shopping em Mossoró não abriu. Foi desativada, como outras mais 19 unidades dessa marca no país (veja AQUI). Lamentável.

SÓ PRA CONTRARIAR

As urnas eletrônicas são confiáveis ou não, capitão Bolsonaro?

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Nesta quarta, 31/10, das 14 às 17h, vai acontecer a Mostra de Arte e Educação 2018 da Casa Durval Paiva. A instituição fica situada na Rua Prof. Clementino Câmara, 234 – Barro Vermelho, em Natal e o acesso ao público é gratuito. A entidade atende à criança e ao adolescente com câncer e doenças hematológicas crônicas (veja AQUI).

Obrigado à leitura do Nosso Blog Juscelino Rêgo (Pau dos Ferros),  Carlinhos Silveira (Mossoró) e  Carlos Sérvulo (Natal).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (22/10) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
  • Repet
segunda-feira - 29/10/2018 - 14:00h
Segundo turno

Fátima passa de 1 milhão de votos e vence em 154 municípios


Candidata eleita ao governo estadual, a senadora Fátima Bezerra (PT) da Coligação Do Lado Certo, conquistou também outros feitos na disputa eleitoral 2018.

Ela é o primeiro nome eleito ao Governo do RN a passar do volume de um milhão de votos: foram 1.022.910. No primeiro turno, Fátima recebeu 748.150 votos.

Anteriormente, quem tinha conseguido chegar mais próximo dessa marca tinha sido o atual governador Robinson Faria (PSD), com 877.268 ao ser eleito em 2014.Ela também é a única mulher a conseguir eleição a governo estadual no pleito deste ano no país, entre os 26 estados e Distrito Federal.

No primeiro turno, Fátima Bezerra venceu com dianteira de 222.217 mil votos, ou seja, 13,72 pontos percentuais. Agora, a maioria em relação ao contendor somou 269.875, ou seja, 15,2%.

Em números gerais, venceu em 154 dos 167 municípios (foram 149 no primeiro turno). Seu adversário Carlos Eduardo Alves (PDT) da Coligação Do Lado Certo só teve maior votação em 13 municípios (igual número do primeiro turno). No primeiro turno, Robinson Faria (PSD) da Coligação Trabalho e Superação suplantou concorrentes em cinco municípios.

Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), em 2010 ganhou o pleito em apenas um turno, sendo a mais votada em 120 municípios. Iberê Ferreira (PSB), que tentava a reeleição, foi superior em 46 e Carlos Eduardo Alves (PDT) teve mais votos apenas em Itajá.

Veja abaixo a relação dos municípios em que Fátima venceu e também os que deram vitória a Carlos Eduardo Alves neste segundo turno:

Fátima Bezerra (PT)

1. TENENTE LAURENTINO CRUZ

2. ACARI

3. SERRA DO MEL

4. ASSU

5. CAIÇARA DO NORTE

6. AFONSO BEZERRA

7. SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

8. ÁGUA NOVA

9. ITAJÁ

10. ALEXANDRIA

11. BODÓ

12. ALMINO AFONSO

13. TRIUNFO POTIGUAR

14. ALTO DO RODRIGUES

15. FERNANDO PEDROZA

16. ANGICOS

17. ANTÔNIO MARTINS

18. VENHA-VER

19. APODI

20. SERRINHA DOS PINTOS

21. AREIA BRANCA

22. TIBAU

23. ARÊS

24. SANTA MARIA

25. CAMPO GRANDE

26. RIO DO FOGO

27. BAÍA FORMOSA

28. PORTO DO MANGUE

29. BARCELONA

30. BENTO FERNANDES

31. BOM JESUS

32. CAIÇARA DO RIO DO VENTO

33. CAICÓ

34. CAMPO REDONDO

35. CANGUARETAMA

36. CARAÚBAS

37. CARNAÚBA DOS DANTAS

38. CARNAUBAIS

39. CEARÁ-MIRIM

40. CERRO CORÁ

41. CORONEL EZEQUIEL

42. CORONEL JOÃO PESSOA

43. CURRAIS NOVOS

44. DOUTOR SEVERIANO

45. ENCANTO

46. EQUADOR

47. EXTREMOZ

48. FELIPE GUERRA

49. FLORÂNIA

50. FRANCISCO DANTAS

51. GALINHOS

52. GOIANINHA

53. GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO

54. GROSSOS

55. GUAMARÉ

56. IELMO MARINHO

57. IPANGUAÇU

58. IPUEIRA

59. ITAÚ

60. JAÇANÃ

61. JANDAÍRA

62. JANDUÍS

63. BOA SAÚDE

64. JAPI

65. JARDIM DE ANGICOS

66. JARDIM DE PIRANHAS

67. JARDIM DO SERIDÓ

68. JOÃO CÂMARA

69. JOÃO DIAS

70. JOSÉ DA PENHA

71. JUCURUTU

72. MESSIAS TARGINO

73. LAGOA D’ANTA

74. LAGOA DE PEDRAS

75. LAGOA DE VELHOS

76. LAGOA NOVA

77. LAGOA SALGADA

78. LAJES

79. LAJES PINTADAS

80. LUCRÉCIA

81. LUÍS GOMES

82. MACAÍBA

83. MACAU

84. MARCELINO VIEIRA

85. MARTINS

86. MAXARANGUAPE

87. FRUTUOSO GOMES

88. MONTANHAS

89. MOSSORÓ

90. NÍSIA FLORESTA

91. NOVA CRUZ

92. OLHO D’ÁGUA DO BORGES

93. OURO BRANCO

94. PARAÚ

95. PARELHAS

96. PASSA E FICA

97. PATU

98. PAU DOS FERROS

99. PEDRA GRANDE

100. PEDRA PRETA

101. PEDRO AVELINO

102. PEDRO VELHO

103. PENDÊNCIAS

104. PILÕES

105. POÇO BRANCO

106. PORTALEGRE

107. SERRA CAIADA

108. PUREZA

109. RAFAEL GODEIRO

110. RIACHO DE SANTANA

111. RIACHUELO

112. RODOLFO FERNANDES

113. SANTA CRUZ

114. SANTANA DO MATOS

115. SANTO ANTÔNIO

116. SÃO BENTO DO NORTE

117. SÃO BENTO DO TRAIRÍ

118. SÃO FERNANDO

119. SÃO GONÇALO DO AMARANTE

120. SÃO JOÃO DO SABUGI

121. SÃO JOSÉ DE MIPIBU

122. SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE

123. SÃO JOSÉ DO SERIDÓ

124. SÃO MIGUEL

125. SÃO RAFAEL

126. SÃO VICENTE

127. SENADOR ELÓI DE SOUZA

128. SENADOR GEORGINO AVELINO

129. SERRA DE SÃO BENTO

130. SERRA NEGRA DO NORTE

131. SERRINHA

132. SEVERIANO MELO

133. SÍTIO NOVO

134. TAIPU

135. TANGARÁ

136. TOUROS

137. UMARIZAL

138. UPANEMA

139. RAFAEL GODEIRO

140. VERA CRUZ

141. VIÇOSA

142. VILA FLOR

143. BARAÚNA

144. CRUZETA

145. MONTE ALEGRE

146. RUY BARBOSA

147. JUNDIÁ

148. PARANÁ

149. PARAZINHO

150. SÃO PAULO DO POTENGI

151. TIMBAÚBA DOS BATISTAS

152. VÁRZEA

153. TIBAU DO SUL

154. SÃO PEDRO

Carlos Eduardo Alves (PDT)

1. MAJOR SALES

2. BREJINHO

3. NATAL

4. PARNAMIRIM

5. MONTE DAS GAMELEIRAS

6. PASSAGEM

7. RIACHO DA CRUZ

8. SÃO FRANCISCO DO OESTE

9. SANTANA DO SERIDÓ

10. SÃO TOMÉ

11. TABOLEIRO GRANDE

12. TENENTE ANANIAS

13.  ESPÍRITO SANTO

* Gráfico ilustrativo utilizado nesta matéria é do G1: Edição:Rodrigo Cunha (Infografia), Design:Alexandre Mauro, Desenvolvimento: Rogério Banquieri.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 28/10/2018 - 22:28h
Segundo Turno

TRE/RN fecha eleições com registro de poucos incidentes


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) encerrou a apuração dos votos às 20h46min, mas às 18h40 o presidente Glauber Rêgo já havia confirmado a eleição da candidata Fátima Bezerra.

Ela foi eleita com com 57,60% dos votos (1.022.910 votos), enquanto Carlos Eduardo obteve 42,40% dos votos, que representaram 753.035 votos.

No Rio Grande do Norte, votaram 1.942.196 eleitores dos 2,3 milhões de eleitores que estavam aptos a votar, o que corresponde a 81,86% do eleitorado do RN. A abstenção foi de 18,14%, o que corresponde a 430.383 de eleitores.Houve o quantitativo de 34.072 (1,75%) votos brancos e 132.179 (6,81%) votos nulos.

Confira os resultados para os maiores colégios eleitorais do RN:

-Natal: 39,24% para Fátima Bezerra contra 60,76% para Carlos Eduardo

- Mossoró: 54,17% para Fátima Bezerra contra 45,83% para Carlos Eduardo

- Parnamirim: 38,86% para Fátima Bezerra contra 61,14% para Carlos Eduardo

- Caicó: 64,11% para Fátima Bezerra contra 35,89% para Carlos Eduardo

- São Gonçalo do Amarante: 53,25% para Fátima Bezerra contra 46, 75% para Carlos Eduardo.Substituição de urnas

De acordo com informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), das 7.389 urnas eletrônicas instaladas para votação no estado, apenas 49 precisaram ser substituídas, sem prejuízos para o processo. Esse dado corresponde a 0,61% das urnas totais do estado, deixando o RN abaixo da média de urnas substituídas no Brasil, que foi de 0,92%.

Embora tenham sido registradas 11 ocorrências ao longo do processo eleitoral no território potiguar, o presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, avaliou o pleito como tranquilo e dentro da normalidade, considerando que as ocorrências apontadas foram, em maioria, infrações de menor grau.

Segundo informações da Corregedoria Regional Eleitoral, setor do TRE-RN responsável pelo monitoramento das ocorrências, dos 11 casos citados, 07 foram registrados nas zonas eleitorais e 04 foram registrados pela polícia. Os casos aconteceram nos seguintes municípios: Passagem, Parnamirim, Mossoró, Serrinha, Lagoa D’Anta, Natal e Várzea.

Com informações do TRE/RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Repet
domingo - 28/10/2018 - 17:32h
Segundo Turno

Fátima bota maioria de 15,5 pontos no início da apuração


Com 13,26% das urnas apuradas no âmbito do Rio Grande do Norte, é este o resultado apresentado no boxe abaixo:

A maioria de Fátima Bezerra (PT) sobre Carlos Eduardo Alves (PDT) já é de 15,5 pontos percentuais.Em termos numéricos, isso representa 37.517 votos.

Sintonize a a TV Terra do Sal/Blog Carlos Santos pelo Canal 173 no sistema Cabo Brisanet, Canal 14 (aberto) em Mossoró e Canal 2 (aberto) em Pau dos Ferros.

Nas redes sociais, acesse os endereços abaixo:

https://www.facebook.com/tvterradosal/ – Terra do Sal

https://www.facebook.com/carlos.santos.14019338 – Blog Carlos Santos

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 28/10/2018 - 16:34h
Deixe estar

Rosalbismo recua de operação de guerra para dia de eleição


Kadu e Carlos: Mossoró em aberto (Foto: assessoria)

Nada de boca de urna ou trabalho de transporte para eleitores como última tentativa de captação de votos, em Mossoró, neste dia de eleições no segundo turno.

Decisão tomada pelo líder do rosalbismo, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado.

A chapa ao governo estadual defendida pelo grupo, Carlos Eduardo Alves (PDT)-Kadu Ciarlini (PP), teria uma operação de guerra para este dia.

Mas a última ordem foi vetar tudo.

Deixe estar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
domingo - 28/10/2018 - 13:28h
Eleições 2018

Maioria de Fátima no 1º turno foi de 222.217 votos


Veja como foi o resultado final do primeiro turno eleitoral do RN no Primeiro Turno, no pleito ao governo estadual:

  • Fátima Bezerra (PT): 46,17%
  • Carlos Eduardo (PDT): 32,45%
  • Robinson Faria (PSD): 11,85%
  • Brenno Queiroga (SD): 6,56%
  • Professor Carlos Alberto (Psol): 1,93%
  • Freitas Jr (Rede): 0,56%
  • Heró Bezerra (PRTB): 0,27%
  • Dário Barbosa (PSTU): 0,21%
  • Brancos: 4,38%
  • Nulos: 13,21%
  • Abstenções: 17,12%

Nas eleições de 7 de outubro, Fátima Bezerra da Coligação Do Lado Certo chegou a 748.150 votos. Já Carlos Eduardo Alves (PDT) da Coligação 100% RN somou 525.933 votos.

A maioria de Fátima Bezerra foi de 222.217 mil votos, ou seja, 13,72 pontos percentuais.

RN e Natal nas urnas

Fátima Bezerra venceu em 149 municípios, Carlos Eduardo em 13 e Robinson Faria (PSD) da Coligação Trabalho e Superação em cinco.

Em Natal, Carlos Eduardo venceu em todas as zonas eleitorais e colocou maioria de 70.478 votos, obtendo 47,65% dos votos válidos contra 29,05% da adversária.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 28/10/2018 - 05:28h

Chegou o dia, o dia das eleições


Por Odemirton Filho

A democracia brasileira chega, novamente, ao seu ápice. Durante todo o dia de hoje milhões de brasileiros irão às urnas para escolher o novo presidente e os governadores de alguns estados-membros.

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) disputarão à preferência do eleitor à Presidência da República. No Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo (PDT) e Fátima Bezerra (PT) disputam o Governo do estado.

É o momento de o cidadão exercer a sua capacidade eleitoral ativa.

O cidadão é a pessoa detentora de direitos políticos, podendo participar do processo eleitoral, elegendo ou sendo eleito para cargos públicos.

Como ensina Silva (2006), “a cidadania é um atributo jurídico-político que o nacional obtém desde o momento em que se torna eleitor”.

A capacidade eleitoral pode ser dividida em ativa e passiva. A capacidade eleitoral ativa é o direito de votar. A capacidade eleitoral passiva é o direito de ser votado.

Contudo, em que pese o direito ao voto, a legislação eleitoral impõe algumas restrições aos candidatos, partidos políticos, coligações e eleitores no dia do pleito a fim de manter a ordem e a lisura das eleições.

Desse modo, é permitida, no dia de hoje, a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos (Lei nº 9.504/1997, art. 39 -A, caput).

Além disso, o uso de camisa do candidato ou do partido político da preferência do eleitor também é permitido, de forma individual e silenciosa.

Por outro lado, não é possível a aglomeração de pessoas, com vestuário padronizado, isto é, camisas de uma mesma cor ou com alguns dos aludidos itens acima, evitando-se a manifestação coletiva dos eleitores em favor de seus candidatos, a fim de se evitar tumultos.

No recinto das seções eleitorais e juntas apuradoras é proibido aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato (Lei nº 9.504/1997, art. 39-A, § 2º).

Não se permite, ainda, o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata, a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

A velha prática da “boca de urna” é bastante difundida no dia da eleição. Sem dúvida, é um crime que ofende à democracia, uma vez que vicia a vontade do eleitor.

De igual modo, proíbe-se o “derrame” de material de propaganda, ou seja, os “santinhos” dos candidatos que, além de ilícito, sujam os locais próximos as seções eleitorais.

Vejamos:

“O derrame ou a anuência com o derrame de material de propaganda no local de votação ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição, configura propaganda irregular, sujeitando se o infrator à multa prevista no § 1º do art. 37 da Lei nº 9.504/1997, sem prejuízo da apuração do crime previsto no inciso III do § 5º do art. 39 da Lei nº 9.504/1997”.

Outra prática comum é o transporte irregular de eleitores. Somente é permitido esse transporte a alguns veículos e aqueles requisitados pela Justiça Eleitoral que, normalmente, contêm afixado um adesivo com os dizeres “a serviço da Justiça Eleitoral”.

O transporte irregular de eleitores é um crime que tem uma pena rigorosa, devendo os candidatos e seus correligionários evitar tal conduta.

Diz a Lei n. 6.091/74:

“Art. 5º Nenhum veículo ou embarcação poderá fazer transporte de eleitores desde o dia anterior até o posterior à eleição, salvo: I – a serviço da Justiça Eleitoral; II – coletivos de linhas regulares e não fretados; III – de uso individual do proprietário, para o exercício do próprio voto e dos membros da sua família; IV – o serviço normal, sem finalidade eleitoral, de veículos de aluguel não atingidos pela requisição de que trata o art. 2º”.

Vale ressaltar, que vender o voto também é um crime, tornando o eleitor tão corrupto quanto quem o compra, de acordo com art. 299 do Código Eleitoral.

Desse modo, várias são as restrições impostas pela legislação eleitoral com o objetivo de o eleitor exercer, livremente, a sua capacidade eleitoral ativa, escolhendo os candidatos de sua preferência.

Odemirton Filho é professor e oficial de Justiça

Categoria(s): Artigo
  • Repet
sábado - 27/10/2018 - 18:54h
Pesquisa

Fátima tem 8 pontos percentuais de maioria, garante Seta


O Blog do BG apresentou neste sábado (27) a última pesquisa do Instituto Seta para a campanha eleitoral 2018 no Rio Grande do Norte, no segundo turno.

Fátima Bezerra (PT) da Coligação Do Lado Certo tem maioria de 8 pontos percentuais em relação ao adversário Carlos Eduardo Alves (PDT), da Coligação 100% RN.

O resultado dos números são estes abaixo, comparados com a pesquisa anterior (veja AQUI), realizada entre os dias 19 e 21 de outubro:

Votos Válidos

Fátima Bezerra (PT) – 54% (na anterior: 52%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 46% (na anterior: 48%)

Maioria pró-Fátima Bezerra é de 8 pontos percentuais (na anterior: 4%)

Estimulada

Fátima Bezerra (PT) – 43% (na anterior: 42%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 37% (na anterior: 38%)

Ninguém/Brancos/Nulos – 15% (na anterior: 14%)

Não Souberam/Não Quiseram Responder – 5% (na anterior: 6%)

Maioria pró-Fátima Bezerra é de 6 pontos percentuais (na anterior: 4%)

Rejeição

Fátima Bezerra (PT) – 24% (na anterior: 26%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 22% (na anterior: 23%)

Ninguém – 38%

Não Sabe/Não Respondeu – 16%.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 (terça-feira) e 25 (quinta-feira) últimos, com abrangência estadual. Foram ouvidos 1.300 eleitores. A margem de erro é de 3% e o intervalo de confiança de 95%. Está registrada na Justiça Eleitoral sob os protocolos RN-07412/2018 e BR-00406/2018.

Leia tambémSeta dá Fátima com 12 pontos percentuais à frente de Carlos (primeira pesquisa da série no 2º turno).

Fátima obteve 46,16% dos votos válidos nas eleições do dia 7 de outubro, chegando a 748.150 votos. Já Carlos Eduardo Alves (PDT) somou 32,45% dos votos, ou seja, 525.933. A maioria de Fátima Bezerra foi de 222.217 mil votos, ou seja, 13,72 pontos percentuais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 27/10/2018 - 10:38h
Segundo Turno

Veja pesquisa completa Fiern/Certus ao Governo e Presidência


A 2ª Pesquisa Fiern/Certus Retratos da Sociedade Potiguar sobre o 2º Turno das eleições 2018 está publicada na íntegra na página da Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN) na Internet.

Clique AQUI e tenha acesso à planilha completa.

Os números principais relativos à disputa ao Governo do RN e Presidência da República, no estado, foram apresentados à manhã de hoje (sábado, 27), em endereço da entidade na rede social Twitter.

A 2ª Pesquisa Fiern/Certus Retratos da Sociedade Potiguar sobre o 2º Turno das eleições 2018 foi realizada de 22 a 25 de outubro, com 1410 entrevistas, 40 municípios do RN, margem de erro 3%, intervalo de confiança de 95%, sob contrato de exclusividade feita pelo Instituto Certus com a Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN).

Leia também: Haddad tem 13 pontos de dianteira no RN;

Leia tambémFiern/Certus dá 7 pontos percentuais de maioria para Fátima.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 27/10/2018 - 08:40h
Segundo turno

Fiern/Certus dá 7 pontos percentuais de maioria à Fátima

Pesquisa também revela que maior parcela do eleitorado, 58,79%, também acredita em sua eleição

A 2ª Pesquisa Fiern/Certus Retratos da Sociedade Potiguar sobre o 2º Turno das eleições 2018 está publicada. A Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN) apresenta nesta manhã de sábado (27) os números ao governo estadual, com base em trabalho do Instituto Certus.

As entrevistas aconteceram entre os dias 22 (segunda-feira) e 25 (quinta-feira) últimos. Abaixo, mostramos o quadro de intenções de voto captado pelo Certus, também confrontando com sua pesquisa anterior, publicada dia 15 passado, com coleta de dados entre os dias 10 e 13.

Se a eleição fosse hoje no cenário apenas com os Votos Válidos, o resultado apresentado dá dianteira de 7 pontos percentuais para Fátima Bezerra (PT) da Coligação Do Lado Certo, em relação ao contendor Carlos Eduardo Alves (PDT), da Coligação 100% RN:

Fátima Bezerra (PT) – 53,50% (na anterior: 53,62%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 46,50% (na anterior: 46,38%)Se a eleição fosse hoje na pergunta Estimulada para governador, o resultado seria este abaixo, com maioria para Fátima Bezerra em relação ao seu adversário de 6,1% pontos percentuais:

Fátima Bezerra (PT) – 46,45% (na anterior: 44,61%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 40,35% (na anterior: 38,58%)

Nenhum – 9,50% (na anterior: 9,72%)

Não sabe – 3,55% (na anterior: 6,88%)

Não respondeu – 0,14% (na anterior: 0,21%)

Se a eleição fosse hoje no cenário de pergunta Espontânea para governado, o resultado seria este abaixo, com maioria para Fátima Bezerra de 5,81 pontos percentuais:

Fátima Bezerra (PT) – 41,70% (na anterior: 39,22%)

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 35,89% (na anterior: 34,40%)

Não Sabe – 12,13% (na anterior: 15,67%)

Nenhum – 10,07% (na anterior: 9,65%)

Rejeição

Com relação à Fátima Bezerra, o que você diria:

Não Votaria Nela de Jeito Nenhum – 42,41%

Votaria Nela com Certeza – 41,91%

Poderia Votar Nela – 14,68%

Não Respondeu – 0,92%%

Não sabe – 0,07%

Com relação a Carlos Eduardo Alves, o que você diria:

Não Votaria Nele de Jeito Nenhum – 41,42%

Votaria Nele com Certeza – 36,60%

Poderia Votar Nele – 20,85%

Não respondeu – 0,99%

Não sabe – 0,14%

Veja quatro pesquisas recentes e bastidores

Leia tambémRosalbismo vai pro tudo ou nada para não perder em Mossoró;

Leia tambémCarlos Eduardo só supera adversária na capital do estado;

Leia também: Três pesquisas apontam caminho de vitória para Fátima;

Leia tambémIbope mostra Fátima com 10% à frente de Carlos Eduardo;

Leia tambémEm Pesquisa FM 98.9/Consult vantagem de Fátima é de 5,4%;

Leia tambémBig Data aponta maioria de 8% para Fátima Bezerra.

Voto casado Presidente e Governador:

Percentual de 82,72% do eleitorado de Fernando Haddad (PT) vota em Fátima Bezerra.

Percentual de 78,76% do eleitorado do candidato Jair Bolsonaro (PSL) vota em Carlos Eduardo Alves

Quem na sua opinião vai ganhar a eleição para Governador do RN, independente de quem você vai votar?

Fátima Bezerra (PT) – 58,79%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 26,38%

Não Sabe – 14,68%

Não Respondeu – 0,14%.

A 2ª Pesquisa Fiern/Certus Retratos da Sociedade Potiguar sobre o 2º Turno das eleições 2018 foi realizada de 22 a 25 de outubro, com 1410 entrevistas, 40 municípios do RN, margem de erro 3%, intervalo de confiança de 95%.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 26/10/2018 - 22:20h
PRIMEIRA MÃO

Rosalbismo vai pro tudo ou nada para não perder em Mossoró


Carlos: operação de guerra até domingo (Foto: arquivo)

Líder do rosalbismo, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado teve reunião à manhã desta sexta-feira (26) com vereadores e outros nomes que trabalham a campanha da chapa Carlos Eduardo Alves (PDT)-Kadu Ciarlini (PP) em Mossoró. Aconteceu  no Sítio Cantópolis.

No imóvel que é utilizado para reuniões políticas do grupo, os participantes discutiram plano de ações de grande impacto para se reverter a expectativa desfavorável à chapa Carlos-Kadu, em Mossoró, no pleito de domingo (28). No primeiro turno, a chapa perdeu no município para Fátima Bezerra (PT)-Antenor Roberto (PCdoB) por 9.391 votos (8,66%).

A ordem é partir pro tudo ou nada.

Representação do Instituto Gama de Fortaleza-CE mostrou dados de pesquisa para consumo interno, que serviram para estimular o trabalho mais aguerrido do rosalbismo nas próximas horas. Na ótica de Carlos e do Gama, é possível conseguir uma vitória local, como aconteceu na campanha municipal de 2012.

Naquela contenda doméstica, a então candidata do grupo, vereadora Cláudia Regina (DEM), atropelou a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) nos últimos dias, vencendo o pleito por 5.295 votos (3,93%). Só uma pesquisa de boca de urna apontou sua vitória. Todas as anteriores, não.

Leia também: Carlos Eduardo só supera adversária na capital do estado;

Leia também: Três pesquisas apontam caminho de vitória para Fátima;

Leia também: Ibope mostra Fátima com 10% à frente de Carlos Eduardo;

Leia também: Em Pesquisa FM 98.9/Consult vantagem de Fátima é de 5,4%;

Leia também: Big Data aponta maioria de 8% para Fátima Bezerra.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 26/10/2018 - 20:06h
Sexta super

Três pesquisas apontam caminho de vitória para Fátima

Sondagens cobrem quase toda semana final do segundo turno e indicam uma tendência pró-petista

Três pesquisas eleitorais marcam essa sexta-feira (26) no Rio Grande do Norte, dois dias antes das eleições de domingo (28). Elas mostram um momento da disputa eleitoral no estado, nesse segundo turno.

Maioria de Fátima Bezerra vai de 5,4% a 10 pontos percentuais nas três pesquisas (Foto: arquivo)

Veja abaixo como foram estes números, em que a candidata ao Governo do Estado pelo PT e coligação Do Lado Certo, senadora Fátima Bezerra, leva vantagem sobre o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), da Coligação 100% RN.

Pesquisa FM 98.9/Consult (realizada entre os dias 21 e 22)

Votos Válidos

Fátima Bezerra (PT) – 52,7%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 47,3%

Maioria pró-Fátima Bezerra de 5,4 pontos percentuais (veja AQUI).

Pesquisa TV Tropical/Big Data (realizada dia 25)

Fátima Bezerra (PT) – 54%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 46%

Maioria pró-Fátima Bezerra de 8 pontos percentuais (veja AQUI).

Pesquisa Inter TV Cabugi/Ibope (realizada entre os dias 24 e 26)

Fátima Bezerra (PT) – 55%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 45%

Maioria pró-Fátima Bezerra de 10 pontos percentuais (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 26/10/2018 - 19:20h
Segundo Turno

Ibope mostra Fátima com 10% à frente de Carlos Eduardo


Do G1RN

O Ibope divulgou nesta sexta-feira (26) o resultado da pesquisa sobre o segundo turno da eleição para o governo do Rio Grande do Norte. O levantamento foi realizado entre quarta (24) e sexta-feira (26) e tem margem de erro de 3 pontos, para mais ou para menos.

Fátima Bezerra apresenta folga em Votos Válidos e na Estimulada a poucas horas do pleito (Foto: Web)

Votos Válidos

Na pesquisa anterior, Fátima tinha 54% e Carlos Eduardo, 46%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Estimulada

  • Fátima Bezerra (PT): 52%
  • Carlos Eduardo (PDT): 42%
  • Em branco/nulo: 4%
  • Não sabe: 3%

Rejeição

A pesquisa também apontou o potencial de voto e rejeição para governador. O Ibope perguntou: “Para cada um dos candidatos a governador do Rio Grande do Norte citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele”?

Carlos Eduardo (PDT)

  • Com certeza votaria nele para governador do RN – 34%
  • Poderia votar nele para governador do RN – 17%
  • Não votaria nele de jeito nenhum para governador do RN – 37%
  • Não o conhece o suficiente para opinar – 10%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Fátima Bezerra (PT)

  • Com certeza votaria nela para governadora do RN – 41%
  • Poderia votar nela para governadora do RN – 16%
  • Não votaria nela de jeito nenhum para governadora do RN – 33%
  • Não a conhece o suficiente para opinar – 9%
  • Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 812 pessoas em 38 cidades
  • Quando a pesquisa foi feita: 24 a 26 de outubro
  • Registro TSE: BR-05542/2018
  • Registro no TRE/RN: RN‐04531/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: Inter TV Costa Branca
  • O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 26/10/2018 - 18:44h
Segundo turno

Em Pesquisa FM 98.7/Consult vantagem de Fátima é de 5,4%

Dianteira de candidata do PT em relação a Carlos Eduardo Alves é também na rejeição um pouco maior

A Rádio FM 98.9 de Natal divulgou há poucos minutos o resultado da mais recente pesquisa encomendada pela emissora ao Instituto Consult, sobre o quadro eleitoral no Rio Grande do Norte, no segundo turno.

Fátima Bezerra tem dianteira em Votos Válidos e Estimulada sobre Carlos Eduardo Alves (Foto: Web)

Veja abaixo os números ao Governo do Estado nas modalidades Votos Válidos e Estimulada.

A maioria pró-Fátima Bezerra (PT) em relação a Carlos Eduardo Alves (PDT) é de 5,4 pontos percentuais no cômputo dos votos válidos e de 4,59 pontos percentuais na Estimulada.

Votos Válidos

Fátima Bezerra (PT) – 52,7%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 47,3%

Estimulada

Fátima Bezerra (PT) – 45%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 40,41%

Brancos/nulos – 9,96%

Indecisos – 4,94%

Rejeição

Fátima Bezerra (PT) – 23,4%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 20,02%

Os dois – 34.7%

Não Sabe Dizer – 21.8%

O Consult também mensurou expectativa de vitória com a pergunta seguinte: Independente de quem o(a) sr.(a) (você) vai votar para Governador do RN, na sua opinião Quem vai vencer a eleição?

Fátima Bezerra (PT) – 57.18%

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 27.82%

Não Sabe Dizer – 15%

A pesquisa teve entrevistas realizadas entre os dias 21 (domingo) e 22 (segunda-feira), alcançando 57 municípios em 12 regiões.

A margem de erro é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos. O registro na Justiça Eleitoral está sob o número RN 04167/2018.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 25/10/2018 - 14:56h
Eleições 2018

Presidente do PSL pede voto casado Bolsonaro-Carlos Eduardo


Carlos e o presidente do PSL: apoio partidário (Foto: Assessoria)

O presidente estadual do PSL, Brigadeiro Carlos Eduardo da Costa, defendeu em Mossoró o voto casado em Jair Bolsonaro (PSL) para Presidente e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT) para governador.

Quem vota em Bolsonaro, vota Carlos Eduardo”, pontuou o presidente do PSL, em comício à noite dessa quarta-feira (24), após carreata/passeata.

O Brigadeiro Carlos Eduardo declarou que conversou com Jair Bolsonaro e este assegurou apoio à parceria no Rio Grande do Norte na campanha e durante seu governo “com a vitória de Carlos Eduardo sobre o PT”.

Em Mossoró, a tradicional “Descida do Alto de São Manoel” foi prestigiada por milhares de pessoas.

Acompanhado pelo vice Kadu Ciarlini (PP), o candidato a governador pelo PDT disse que está convicto da vitória da dobradinha que vai resgatar “nosso país e nosso Estado”.

Com informações e foto da Assessoria de Carlos Eduardo Alves.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.