segunda-feira - 20/09/2021 - 10:44h
PSDB

Larissa e Sandra participam de evento em torno de João Doria Jr.

Dirigente do PSDB Mulher no RN, a vereadora mossoroense Larissa Rosado participou de evento político no sábado (18) em São Paulo-SP. Ao lado da mãe e ex-vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado, ela esteve em encontro nacional do PSDB Mulher, com presença do governador paulista e presidenciável João Doria Júnior.

Sandra e Larissa Rosado posaram ao lado do presidenciável João Doria Júnior (Foto: redes sociais)

Sandra e Larissa Rosado posaram ao lado do presidenciável João Doria Júnior (Foto: redes sociais)

“Entregamos ao candidato às prévias partidárias a presidente da República, governador de São Paulo, João Doria Júnior, uma Carta Compromisso, elaborada pelo Secretariado Nacional da Mulher/PSDB, que prevê o apoio às ações que promovam a maior participação da mulher na política. A Carta será entregue a todos os presidenciáveis.

Candidatura a federal

Doria assinou uma carta em que se comprometeu a “incentivar e apoiar a participação das mulheres na política” e garantiu que sua vice será uma representante do gênero.

No âmbito do RN, Larissa – como essa página noticiou em primeira mão (veja AQUI) – caminha para ser candidata à Câmara Federal no próximo ano. Posição deverá ser tomada em breve.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 16/09/2021 - 10:02h
Mossoró

Vereador historicamente rosalbista passa a apoiar Governo Allyson

Do Blog Diário Político

Na manhã desta quinta-feira (16/09), em entrevista a repórter Elizângela Moura da Rádio TCM 95 FM, o vereador Lucas das Malhas (MDB) anunciou sua nova definição política: sai da oposição para a bancada governista.

Prefeito Allyson e Lucas são originários do mesmo bairro e espaço geopolítico em Mossoró (Foto: Elizângela Moura)

Prefeito Allyson e Lucas são originários do mesmo bairro e espaço geopolítico em Mossoró (Foto: Elizângela Moura)

“Eu disse que iria analisar os seis primeiros meses de gestão para poder me posicionar. Nesses seis meses sempre tive bom diálogo com o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) e hoje eu vejo que Mossoró caminha a passos largos no rumo do desenvolvimento”, afirmou (…). “Somos lá do Alto São Manoel, somos do mesmo bairro e o Alto São Manoel tem muito a ganhar com essa união e estamos aqui para contribuir no que for preciso”, detalhou o parlamentar.

Família de rosalbistas

A repórter Elizângela Moura questionou o que verdadeiramente levou ao vereador a fazer parte agora da situação. “Sempre me mantive como independente, mas nesse momento oportuno decidimos no nos posicionar dessa forma e justamente por isso porque tenho percebido o grande trabalho que o prefeito tem feito em Mossoró”.

Lucas das Malhas disse ainda que seus pedidos de interesse público vinham sendo atendidos pelo executivo municipal.

Antes da decisão, ele conversou com pessoas próximas, como amigos, eleitores e sua avó, a ex-vereadora Maria das Malhas (PSD).

Com a confirmação do vereador Lucas na bancada, o governismo no legislativo conta agora com 18 vereadores.

Outros quatro compõem a oposição (Francisco Carlos-PP, Larissa Rosado-PSDB, Didi de Arnor-Republicanos e Marleide Cunha-PT) e um está no Bloco Independente (Pablo Aires-PSB).

Nota do Blog Carlos Santos – Lucas e sua família são de rosalbistas históricos.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Art&C - Potigás - 20/09 a 19/10 de 2021
quinta-feira - 16/09/2021 - 09:22h
Política

Em vez de estadual, Larissa poderá concorrer à Câmara Federal

Vereadora em seu primeiro mandato em Mossoró, a ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) pode não ser outra vez candidata à Assembleia Legislativa. As conversas no núcleo do seu partido em Natal apontam para novo patamar de disputa eletiva.

Larissa definirá possível candidatura com legislação definida (Foto: WhatsApp)

Larissa definirá possível candidatura com legislação fechada (Foto: WhatsApp)

Larissa pode ser candidata à Câmara Federal em 2022, sob a égide de uma legislação eleitoral ainda a ser aprovada, que aponta para a não existência de coligações interpartidárias. Ou seja, cada partido – assim como aconteceu no pleito municipal do ano passado, -terá nominata própria.

– Existe essa possibilidade de candidatura a federal, mas preciso esperar a definição das regras para decidir. pertinho – admitiu Larissa Rosado em conversa agora há pouco com nossa página.

Segundo a vereadora mossoroense, em seu grupo e na cúpula do PSDB/RN “falamos por cima dessa possibilidade, já que ainda não existe uma definição. Mas tudo será discutido com o partido e com o presidente Ezequiel Ferreira”, ponderou.

Larissa foi deputada estadual eleita em 2002, 2006 e 2010. Tentou retornar sem êxito nos pleitos de 2014 e 2018. Suplente de 2014, assumiu titularidade com eleição a vice-prefeito do Natal, em 2016, do então deputado estadual Álvaro Dias (hoje no PSDB).

Ano passado, ela obteve o primeiro mandato à Câmara Municipal de Mossoró, com total de 2.516 votos.

Em sua trajetória política, ainda concorreu por quatro vezes à Prefeitura de Mossoró, sem sucesso: 2004, 2008, 2012 e 2014 (pleito suplementar).

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 27/08/2021 - 19:24h
Encontro

Juventude do PSDB Potiguar se fortalece com prefeitos e vereadores

No fim da manhã desta sexta-feira (27), aconteceu na sede do PSDB do RN em Natal, o Encontro da Juventude Tucana do RN. O presidente da sigla no Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, prestigiou o encontro.

Participantes estão reforçados com resultados das urnas de 2020 (Foto: divulgação)

Participantes estão reforçados com resultados das urnas de 2020 (Foto: divulgação)

Também houve participação de membros do PSDB Nacional, como César Gontijo, que é fundador e tesoureiro do partido. O prefeito de Campos do Jordão, Fred Guidoni, presidente da Associação Paulista de Municípios (APM), foi outro  integrante do evento, bem como a presidente da União de Vereadores do RN (UVERN), Larissa Rosado.

O atual presidente da Juventude Tucana no RN, vereador Geyson Barbosa, de Bento Fernandes foi reeleito para mais um mandato. A Juventude foi fortalecida também com o prefeito de Caicó, Dr. Judas Tadeu e a prefeita de Lagoa de Velhos, Sonyara Ferreira, reeleita em 2020.

Participação

Em 2020, o PSDB elegeu além dos prefeitos de Caicó e Lagoa de Velhos, cerca de 25 vereadores com menos de 30 anos, que agora representam o PSDB em todas as regiões do Estado.

O jovem Cleonaldo Júnior, que concorreu aos 29 anos em Vera Cruz, na região Metropolitana e conquistou 40% dos votos está fortalecendo o movimento. A presidente da Câmara de Espírito Santo, vereadora Maria Fernanda, teve 1.033 votos, ultrapassando até o segundo colocado para prefeito na sua cidade, que só conquistou 687 votos, ou seja, 12,10%.

Os vereadores Victor Nascimento (Jaçanã), Raphael (Bom Jesus), Lucas Batista (Ouro Branco), Diogo (Brejinho), Yure (Jandaira), Cacau e Marcos Barreto (Barcelona), Itamário (Parelhas), Tiago Freitas (Serra do Mel), Paulo Guilherme (Felipe Guerra), Waltinho (Janduís), Anttomar (Pedra Preta), entre outros jovens de várias regiões, agora integram a Juventude Tucana do RN.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Quixote - Câmara de Mossoró - Transparência - 2021 - Setembro
sexta-feira - 30/07/2021 - 08:34h
Eleições 2022

Mossoró terá dezenas de candidatos a deputado estadual

candidatos-multidaoNas eleições de 2018, Mossoró teve 21 nomes originários do município disputando vagas na Assembleia Legislativa do RN. Dois foram eleitos e estrearam na legislatura seguinte nesse poder: Allyson Bezerra (Solidariedade) e Isolda Dantas (PT).

Larissa Rosado (PSDB), que não se reelegeu em 2014, mas acabou convocada à AL em 2017, devido a eleição do deputado titular Álvaro Dias (MDB, hoje no PSDB), não obteve êxito nas urnas.

E o que teremos no próximo ano, em 2022?

Por enquanto, Mossoró tem apenas Isolda Dantas na Assembleia Legislativa. Allyson Bezerra foi eleito prefeito em 2020, cedendo assento para o subtenente Eliaba Marques (Solidariedade), natural de Riachuelo, mas que tem seu domicílio eleitoral e principal base em Natal.

O quadro que se desenha é que bem mais candidatos a deputado estadual do que em 2018 acabem brotando de Mossoró, em 2022. De todos os lados e cores.

O caminho está aberto, com mil possibilidades, com o município podendo até alcançar o feito de décadas passadas, quando chegou a eleger quatro deputados estaduais (trataremos do assunto noutra postagem).

Anote, por favor.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 01/06/2021 - 18:46h
Lei

Câmara aprova em primeiro turno a LDO do exercício 2022

Sessão híbrida (presencial e virtual) aconteceu nessa terça-feira (Foto: Edilberto Barros)

Sessão híbrida (presencial e virtual) aconteceu nessa terça-feira (Foto: Edilberto Barros)

Os vereadores da Câmara Municipal de Mossoró aprovaram, em primeiro turno, por unanimidade, o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano 2022, na sessão ordinária desta terça-feira, 01. O texto foi aprovado com a emenda aditiva nº 04/2021, de autoria da vereadora Larissa Rosado (PSDB).

A LDO é a Lei que dá o direcionamento dos investimentos do Poder Executivo na cidade.

Emenda

A Emenda da vereadora Larissa Rosado destina recursos da seguridade social para a capacitação de agentes públicos da segurança municipal no combate à violência contra a mulher. “O objetivo é fortalecer a proteção às mulheres através da guarda municipal. A emenda, com certeza, vai beneficiar as mulheres mossoroenses”, afirmou a vereadora.

A votação final da LDO para o ano 2022 está prevista para a sessão ordinária do dia 09 de junho, em horário regimental. A sessão será transmitida ao vivo pela TV Câmara Mossoró e pelo site www.mossoro.rn.leg.br.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner Art&C - Assembleia Legislativa - Setembro 2021 -
terça-feira - 01/06/2021 - 10:13h
Sobrevivência

Livre do rosalbismo, Larissa pode se afastar também de Ezequiel

Ezequiel tem Larissa como boa reserva e "esteira" (Foto: arquivo)

Ezequiel tem Larissa como boa reserva e “esteira” (Foto: arquivo)

A vereadora e ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) já sabe que não é competitiva e possui chances esquálidas de eleição à Assembleia Legislativa, em 2022.

Mantendo-se no cós do presidente desse poder, Ezequiel Ferreira (PSDB), outra vez será útil a ele em troca de pouco.

Do rosalbismo – de triste memória – já se distanciaram ela e seu grupo. Saudade alguma de lá e da chefia dos primos Carlos Augusto Rosado e Rosalba Ciarlini (PP).

Resta saber se vai mais uma vez ser “esteira” à eleição-reeleição de outros ou se pinota fora para ser viável noutra legenda.

Sua votação em Mossoró está em queda e deverá sofrer novo rebaixamento no próximo pleito. Se errar nas contas, de novo, ficará novamente longe da AL.

Foram 24.585 votos em 2014 e não se reelegeu. Em 2018, caiu: empalmou 17.753 votos. Em ambos os pleitos foi primeiro lugar em seu berço político, mas não conseguiu êxito à AL.

A sua última vitória à Assembleia Legislativa foi em 2010, há quase 11 anos.

Faz tempo, não?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 25/05/2021 - 09:20h
Política

A mudança de rumo de Larissa Rosado e seu grupo

Mudança de rumo, trilhos, linhas férreas, mudança de direção, entroncamento ferroviárioO grupo da vereadora Larissa Rosado (PSDB) está recalibrando discurso.

Percebeu a tempo que ser apenas força auxiliar da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP), sua adversária à Assembleia Legislativa em 2022, não é muito inteligente.

Na Câmara Municipal, mídia e caminhadas em bairros e zona rural, o tom deve ser outro daqui para frente.

A aliança com Rosalba, firmada em 2016, ficou para trás.

Foi ótima para o rosalbismo.

E só.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Art&C - PMM - Cidade Limpa - 13 a 31 de Agosto de 2021
quarta-feira - 05/05/2021 - 08:30h
2022

‘Sem dono’, Mossoró atrai apetite de muitos nomes a deputado estadual

Disputa pelo segundo maior colégio eleitoral do RN será intensa, mas nativos levam vantagem

vote-em-mimMuitos deputados estaduais que devem concorrer à reeleição fazem fila em direção a Mossoró, costurando apoios estratégicos para 2022. O tempo não para. E o apetite é grande e necessário.

Só essa semana, por enquanto, passaram Ubaldo Fernandes (PL) – veja AQUI, e Coronel Azevedo (PSC) – veja AQUI.

O principal foco de atenção deles é a Câmara Municipal, onde a maioria dos vereadores é novata e está de braços abertos à colaboração.

Nas eleições de 2018, dos dez mais votados à Assembleia Legislativa em Mossoró, nove eram naturais ou tinham ligação muito próxima com o município (veja boxe abaixo). O eleito coronel Azevedo foi a exceção nesse rol.

Deputado estadual – Os dez mais votados em Mossoró (2018)

– Larissa Rosado (PSDB) – 17.753 (15,08%)
– Allyson Bezerra (SD) – 13.095 (11,13%) *
– Jorge do  Rosário (PR) – 12.017 (10,21%)
– Isolda Dantas (PT) – 11.031 (9,37%)*
– Bernardo Amorim (Avante) – 4.543 (3,86%)*
– Flávio Tácito (PPL) – 4.279 (3,64%)
– Souza (PHS) – 3.073 (2,61%)* Eleito
– Daniel Sampaio (PSL) – 2.881 (2,45%)
– Gutemberg Dias (PCdoB) – 2.205 (1,87%)
– Coronel André Azevedo (PSL) – 1.910 (1,62%) *
– Brancos – 7.816 (5,42%)
– Nulos – 18.691 (12,96%)
Válidos (nominais e legenda) – 117.698 (81,62%)

*Eleitos

Desse total, apenas um tinha mandato, Larissa Rosado (PSDB), mesmo assim obtido porque o titular (Álvaro Dias) havia sido eleito vice-prefeito de Natal em 2016, abrindo vaga para ela que era suplente.

Apesar de ter obtido 17.753 votos, Larissa não conseguiu novo mandato na Assembleia Legislativa.

Ao todo, houve soma de 117.698 (81,62%) votos válidos a deputado estadual nesse mesmo pleito e esse volume foi distribuído entre 259 candidatos que foram votados em Mossoró.

Como é um município polo e segundo maior colégio eleitoral do estado, que em 2018 tinha 174.189 eleitores cadastrados, é mais do que natural esse assédio de nomes já com mandatos e outros tantos, em busca de votos.

Porém, num comparativo com o comportamento do votante em 2018, com a eleição anterior, em 2014, observa-se que houve um surto bairrista, o que não ocorrera no pleito antecedente. Se em 2018, o eleitor fez nove candidatos ‘da terra” os mais votados, num elenco de dez, em 2014 foi diferente (veja boxe abaixo):

Deputado Estadual – Os dez mais votados em Mossoró (2014)

Larissa Rosado (PSB) – 24.585 (24,35%)
Galeno Torquato (PSD) – 12.306 (12,19%) *
Leonardo Nogueira (DEM) – 9.111 (9,02%)
Souza (PHS) – 4.186 (3,98%) *
Fernando Mineiro (PT) – 3.914 ( 3,88%) *
Getúlio Rego (DEM) – 3.496 (3,46%) *
Adenúbio Melo (PSC) – 3.471 (3,44%)
Bispo Francisco de Assis (PSB) – 2.130 (2,11%)
Kelps Lima (SD) – 2.111 (2,09%) *
Jacó Jácome (PMN) – 1.929 (1,91%) *
Brancos – 13.592 (9,54%)
Nulos – 23.760 (16,67%)
Válidos (Nominais e Legenda) – 105.149 (73,79%)

* Eleitos

Entre os que receberam maior votação, pelo menos sete eram ‘forasteiros’ (termo pejorativo que sobretudo o clã Rosado sempre utilizou para demarcar Mossoró como possessão sua): Galeno Torquato, Fernando Mineiro, Getúlio Rêgo, Adenúbio Melo, Bispo Francisco de Assis, Kelps Lima e Jacó Jácome.

O ex-vereador, ex-vice prefeito (duas vezes) e ex-prefeito (duas vezes) de Areia Branca, Manoel Cunha Neto, o “Souza”, não deve ser rotulado como um estranho a Mossoró.

Essa alteração brusca num espaço de quatro anos, em parte pode ser explicado pela maior opção de nomes locais fortes, fora da política de ‘eugenia rosadista’ (conceito de purismo e superioridade familiar dos Rosados). Cresceu também um movimento político nacional de contraposição à elite política, aos sistemas tradicionais, que inclusive promoveu a maior mudança de todos os tempos no Congresso Nacional.

Em Mossoró, não deve ser deixado de lado e estudo precisa ser aprofundado, quanto ao fenômeno negativo da votação maciça em 2014 em favor de Galeno Torquato (PSD), eleito com a força da máquina municipal e prestígio, à época, do então prefeito Francisco José Júnior (PSD). Ele empalmou 12.306 (12,19%) sem ter mínima identidade com o local. Depois, sumiu.

Talvez encontrasse dificuldades em sair a pé do adro da Catedral de Santa Luzia e chegar à margem esquerda do rio Mossoró, que fica pouco mais de 500 metros. Apesar disso, acabou como segundo mais votado no município.

Agora, 2022

Para 2022, há outro cenário bem diferente de 2014 e 2018. Contudo, ele deve confirmar essa tendência de voto maciço do eleitor nativo em “candidatos da terra”.

Allyson Bezerra é um fato novo antecipado que se acrescenta ao cenário de 2022 em Mossoró (Foto: Allan Phablo/arquivo)

Allyson Bezerra é um fato novo antecipado que se acrescenta ao cenário de 2022 em Mossoró (Foto: Allan Phablo/arquivo)

Entre as peculiaridades do próximo pleito, há o ocupante do Palácio da Resistência, sede da municipalidade: prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), talvez maior fenômeno em muitas décadas da histórica política mossoroense, eleito deputado estadual em 2018 e prefeito em 2020, sem nenhum apoio relevante. Duas vitórias incomuns, inesperadas e como “azarão”.

É provável que ele não repita o pecado mortal de “Silveira”, o prefeito em 2014, ‘importando’ alguém de outras plagas. Contudo, precisará ungir nome a estadual e até mesmo a federal, que representem a cara e os conceitos que prometeu empregar na gestão pública e na política. Eis a questão.

Outro aspecto a desenhar essa inclinação para o voto castiço em gente de DNA de Mossoró, ou de profunda afinação com o município, é a própria legislação: partidos precisarão de mais e mais candidatos que impulsionem votação e eleições. Existem exigências da legislação para alcance de patamares da chamada clausula de barreira (ou cláusula de desempenho – veja AQUI), ou muitos partidos perderão espaços em propaganda política, representatividade parlamentar em Brasília e milhões em recursos financeiros.

Portanto, 2022 deverá existir uma enxurrada de candidatos locais à Assembleia Legislativa e bom número também à Câmara dos Deputados. Uma “boa casadinha” pode resultar em votações significativas.

Mossoró não tem dono, mas cobra

Saliente-se, que nenhum pretenso nome a estadual ou federal longe dos limites de Mossoró deve esmorecer ou desistir de investir em nacos de votos nesse colégio eleitoral. Primeiro, porque é legítimo; segundo, pela abundância de eleitores. E, terceiro, porque Mossoró não tem dono.

Galeno e Francisco: dupla desterrada após 2014 (Foto: arquivo)

Galeno e Francisco: dupla desterrada após 2014 (Foto: arquivo)

Mais: não seguir o péssimo exemplo de Francisco José Júnior e de Galeno, só fará bem a quem for votado em Mossoró.

Vale lembrar, que depois de obter 12.306 votos em 2014, o deputado foi reeleito em 2018 com apenas 315 votos dos mossoroenses. Punido pelos desdém.

Francisco José Júnior, pior ainda. Após ser eleito à prefeitura em disputa suplementar em maio de 2014, com 68.915  (53,31%) votos, na tentativa de reeleição em 2016 não conseguiu concluir a campanha. Desistiu.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial
terça-feira - 23/03/2021 - 07:40h
2022

Larissa e Rosalba devem concorrer à Assembleia Legislativa

Em 2018, uma dobradinha meia-boca (Foto: arquivo)

Em 2018, uma dobradinha meia-boca (Foto: arquivo)

Ex-adversárias e ainda aliadas (sim, ainda), a vereadora Larissa Rosado (PSDB) e a ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) podem ser candidatas à Assembleia Legislativa em 2022.

Cada uma em seu quadrado, lógico.

Na iminência de manter seu mandato como deputado federal (veja AQUI), Beto Rosado (PP) não deve ceder esse espaço para a tia-afim Rosalba Ciarlini.

Os dois encaminham-se para dobradinha, não sobrando espaço para acomodação de Larissa Rosado, que conquistou o último mandato para a AL em 2010. Há quase 11 anos, portanto.

Em 2014 e 2018, ela não obteve êxito.

Em 2018, a propósito, fez dobradinha com o próprio Beto, mais recebeu apoio residual da então prefeita Rosalba. Ou seja, meia-boca.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 17/03/2021 - 18:52h
Política

Rosados podem ficar sem Progressistas em nome da sobrevivência

Sombras, foto em preto e branco, sobrevivência política, passos, perfis, transeuntes, populares,Do Blog Tio Colorau

As lideranças estaduais do PSDB querem migrar para o PP (Progressistas).

Para tanto, desejam o comando da sigla, atualmente com os Rosados.

Nas tratativas, o PP nacional ajuda o deputado federal Beto Rosado a salvar o mandato e, em troca, o comando vai para o novo grupo.

Nota do Blog – Sem a Prefeitura de Mossoró e mandatos seguros a duras penas, os Rosados terão que se desdobrar para nova etapa de sobrevivência ou sobrevida política. Estão seriamente avariados após as eleições de 2018 e as municipais do ano passado.

Hoje, apenas possuem um mandato de vereador em Mossoró (Larissa Rosado-PSDB) e o federal com Beto. Mas, não se pode afirmar que estejam unidos e uníssonos. Não estão e podem estar em palanques diferentes em 2022, mais uma vez. E dependem de outras forças políticas, pois estão com fôlego rarefeito.

Depois trataremos desse tema. Aguarde.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 16/03/2021 - 23:46h
Mossoró

Governistas e oposição aprovam compra de vacinas pela prefeitura

Larissa apoiou aprovação, defendendo união de todos em prol da saúde (Foto: Edilberto Barros)

Larissa apoiou aprovação, defendendo união de todos em prol da saúde (Foto: Edilberto Barros)

Os vereadores da Câmara Municipal de Mossoró aprovaram, por unanimidade dos presentes, o Projeto de Lei Ordinária do Poder Executivo (PLOE Nº 01/2021) que autoriza a Prefeitura de Mossoró a adquirir vacinas e insumos médicos no combate ao coronavírus. O Projeto, encaminhado pelo município, entrou na pauta da sessão ordinária desta terça-feira, 16.

Com a aprovação, o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) poderá firmar consórcio público para a aquisição dos imunizantes, através da Frente Nacional de prefeitos (FNP).

De acordo com a Prefeitura de Mossoró, a iniciativa para a compra dos imunizantes por prefeituras já conta com manifestação de interesse de 1.703 municípios. O consórcio tem como finalidade contribuir na agilidade da vacinação da população e também de atender eventuais demandas por medicamentos, equipamentos e insumos que sejam necessários aos serviços públicos de saúde.

União

O vereador e lider governista Genilson Alves (Pros) agradeceu a sensibilidade dos vereadores em acelerar a aprovação do texto.

A vereadora Larissa Rosado (PSDB) falou em nome dos vereadores de oposição e ressaltou a importância da vacinação em massa. “Este é um projeto que une todos os vereadores. Já apresentamos outras indicações que visam agilidade na imunização dos mossoroenses e vamos apoiar todos os projetos que beneficiam a população”, disse.

A matéria cumpriu regime de urgência para ser aprovada hoje.

Leia também: Prefeitura envia projeto para poder comprar vacinas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner Art&C - Assembleia Legislativa - Setembro 2021 -
sábado - 06/03/2021 - 23:50h
Sandra Rosado

Ex-deputada recebe alta após apreensão com a Covid-19

Larissa e Sandra: boa nova (Foto: redes sociais)

Larissa e Sandra: boa nova (Foto: redes sociais)

A ex-deputada federal Sandra Rosado (PSDB) recebeu alta hospitalar nesse sábado (6).

Estava internada no Hospital Wilson Rosado (HWR) com Covid-19.

Ela estava em tratamento desde o dia 22 passado, assim como o marido (médico) e também ex-deputado federal Laíre Rosado.

Fazendo parte do grupo de risco em decorrência da hipertensão e do diabetes, ela foi internada preventivamente na segunda-feira (1º) – veja AQUI, seguindo orientação médica. Laíre teve sintomas leves e não precisou de igual cuidado especial.

Nas suas redes sociais, a vereadora e filha de Sandra e Laíre, Larissa Rosado (PSDB), deu a boa notícia e comemorou a recuperação dela.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
sábado - 27/02/2021 - 18:24h
Hoje

Vereadora Larissa Rosado é eleita presidente da Uvern

Larissa é vereadora em Mossoró (Foto: Uvern)

Larissa é vereadora em Mossoró (Foto: Uvern)

A vereadora de Mossoró Larissa Rosado (PSDB) foi eleita nesse sábado (27), presidente da União dos Vereadores do Rio Grande do Norte (UVERN). Ficará no cargo no biênio 2021/2023.

A eleição aconteceu na sede da entidade, em Natal.

A cerimônia de posse ocorreu logo após o encerramento da votação devido à pandemia.

Quem completa a chapa na Diretoria Executiva é: Hanne Bruno Figueiredo de Melo (1º Vice-Presidente), que estava na presidência; Edinor de Albuquerque Melo (2º Vice-Presidente), Rodolfo Guedes dos Santos (3º Vice-Presidente), Marijara Luz Ribeiro Chaves (Secretária-Geral), Paulo César Macedo de Fonseca (1º Secretário), Odair Alves Diniz (2º Secretário), Washington Carlos de Oliveira Sales (Tesoureiro Geral), José de Azevedo Dantas (1º Tesoureiro) e Márcio José Pereira de Oliveira (2º Tesoureiro).

Integram o Conselho Fiscal: Caio Cabral Bezerra (Presidente), Antônio Ângelo Suassuna (Vice-Presidente), Ana Tereza da Silva Pereira (Membro Efetivo), Ibamar Costa e Silva (Membro Suplente), Luiz Nogueira de Lima Júnior (Conselheiro Presidente), Francisco Fábio de Moura Júnior (Conselheiro Vice-Presidente), João Maria Nicácio do Nascimento (Conselheiro Tesoureiro) e Renan Santos Melo (Conselheiro Secretário Geral).

Vereadora em seu primeiro mandato e 4 vezes deputada estadual, Larissa assume a Uvern com o compromisso de promover a interiorização da entidade e a valorização da independência das Casas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Quixote - Câmara de Mossoró - Transparência - 2021 - Setembro
sábado - 20/02/2021 - 22:38h
Vereadores

Larissa Rosado deve ser candidata única à presidência da Uvern

Larissa: cabeça de chapa (Foto: FM 95)

Larissa: cabeça de chapa (Foto: FM 95)

Serão no próximo dia 27, em Natal, as eleições para nova diretoria da União dos Vereadores do RN (UVERN).

A vereadora Larissa Rosado (PSDB), de Mossoró, é candidata à presidência em chapa que deverá ter consenso em torno de seu nome.

O pleito ocorrerá na própria sede da Uvern, R. Padre João Damasceno, Nº 1928 – Lagoa Nova.

Atual presidente da entidade, o ex-vereador Bruno Melo (PSDB) de Severiano Melo explica que o cadastramento de filiados não está concluído. “A cada nova legislatura esse processo tem que ser refeito”, justifica.

Até segunda-feira (22) haverá informação conclusiva quanto ao numero de filiados-votantes e chapas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 11/02/2021 - 19:50h
Mossoró

Larissa é a líder da bancada oposicionista na Câmara Municipal

Larissa: bancada diminuta (Foto: assessoria)

Larissa: bancada diminuta (Foto: assessoria)

A bancada da oposição na Câmara Municipal de Mossoró tem nome definido à sua liderança. É o da ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), que chega para seu primeiro mandato na Casa.

Dos 23 vereadores eleitos em 15 de novembro do ano passado para a legislatura 2021-2024, 18 estão na base governista. A oposição conta apenas com Larissa, Francisco Carlos (PP) e Marleide Cunha (PT).

Figuram ainda dois nomes que se intitulam como “independente”: Lucas das Malhas (MDB) e Pablo Aires (PSB).

Na bancada governista, o nome escolhido para ser líder do Governo foi do vereador reeleito Genilson Alves (Pros) – veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 10/02/2021 - 20:34h
Mossoró

Vereadores definem comissões temáticas para legislatura

Comissões fizeram parte da primeira sessão ordinária do ano e da legislatura (Foto: Edilberto Barros)

Comissões fizeram parte da primeira sessão ordinária do ano e da legislatura (Foto: Edilberto Barros)

A Câmara Municipal de Mossoró definiu a composição das Comissões Temáticas na sessão ordinária desta quarta-feira, 10. A composição foi decidida em comum acordo entre os vereadores. A Câmara possui, atualmente, 23 parlamentares e dividiu a presidência das Comissões de maneira proporcional entre os vereadores que se declararam de oposição, independentes e de situação em relação ao governo do prefeito Allyson Bezerra (SD).

Ao todo, o Poder Legislativo mossoroense possui nove Comissões Temáticas. Cada uma possui um presidente, um vice-presidente, um secretário e dois suplentes. Elas são compostas pelos vereadores e têm como objetivo analisar as matérias que tramitam na Câmara.

Das nove Comissões, seis serão presididas por vereadores que se declararam de situação, uma será presidida por um vereador que se declarou independente e duas serão comandadas por vereadores da oposição. Dezoito vereadores declararam apoio ao governo Allyson Bezerra, dois se declararam independentes e três declararam-se da oposição. 

COMISSÕES TEMÁTICAS – BIÊNIO 2021/2022 

Comissão de Constituição, Justiça e Redação

       Presidente: Raério Araújo

       Vice-presidente: Larissa Rosado

       Secretário: Cabo Tony Fernandes

       1º Suplente: Carmem Júlia

       2º Suplente: Marleide Cunha

Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade

         Presidente: Marckuty da Maísa

         Vice-presidente: Zé Peixeiro

         Secretário: Lucas das Malhas

         1º Suplente: Lamarque Oliveira

         2º Suplente: Francisco Carlos

Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer

         Presidente: Francisco Carlos

         Vice-presidente: Gildeon Ismaías

         Secretário: Paulo Igo

         1º Suplente: Cabo Tony Fernandes

         2º Suplente: Marleide Cunha

Comissão de Saúde e Meio Ambiente

         Presidente: Paulo Igo

         Vice-presidente: Marleide Cunha

         Secretário: Costinha

         1º Suplente: Isaac da Casca

         2º Suplente: Francisco Carlos

Comissão de Desenvolvimento Social, Direitos e Deveres do Consumidor

         Presidente: Marleide Cunha

         Vice-presidente: Carmem Júlia

         Secretário: Larissa Rosado

         1º Suplente: Costinha

         2º Suplente: Marckuty da; Maísa

Comissão de Planejamento, Uso, Ocupação e Parcelamento do Solo, Obras e Serviços Públicos

         Presidente: Isaac da Casca

         Vice-presidente: Francisco Carlos

         Secretário: Edson Carlos

         1º Suplente: Naldo Feitosa

         2º Suplente: Larissa Rosado

Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo

         Presidente: Gildeon Ismaías

         Vice-presidente: Lucas das Malhas

         Secretário: Isaac da Casca

         1º Suplente: Genilson Alves

         2º Suplente: Francisco Carlos

Comissão de Agricultura e Cooperativismo

         Presidente: Marckuty da Maísa

         Vice-presidente: Larissa Rosado

         Secretário: Didi de Arnor

         1º Suplente: Ricardo de Dodoca

         2º Suplente: Naldo Feitosa

Comissão de Defesa dos Diretos Humanos da Mulher, da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência

         Presidente: Lucas das Malhas

         Vice-presidente: Carmem Júlia

         Secretário: Isaac da Casca

         1º Suplente: Cabo Tony Fernandes

         2º Suplente: Marleide Cunha.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 03/02/2021 - 06:52h
Uvern

União dos Vereadores do RN faz filiações e prepara eleição

Bruno é atual presidente (Foto: redes sociais)

Bruno é atual presidente (Foto: redes sociais)

A União dos Vereadores do RN (UVERN) abriu novo processo de filiação e em seguida fará abertura de prazos para inscrições de chapa à montagem de nova diretoria.

Quem passa a informação é Bruno Melo (PSDB), ex-vereador de Severiano Melo e atual presidente da entidade que tem sede em Natal.

“O Regimento Interno prevê o período de filiação até o dia 5 de fevereiro. A partir daí, a entidade deverá fazer eleição interna em até 90 dias, ou seja, início de maio”, esclarece Bruno Melo.

Pré-candidatura

No domingo (31), a vereadora mossoroense Larissa Rosado (PSDB) recebeu diversos vereadores de municípios da região da Costa Branca e Oeste, na casa de sua família em Tibau.

É o primeiro nome que se apresenta para dirigir a entidade.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - ART&C Institucional - 20 de Setembro a 20 de Outubro de 2021
sexta-feira - 29/01/2021 - 08:43h
Pior momento

Clã Rosado se resume agora a um mandato de vereador em Mossoró

Último bastião do clã é o legislativo municipal (Foto: arquivo)

Último bastião do clã é o legislativo local (Foto: arquivo)

O clã Rosado está resumido a um mandato eletivo da vereadora Larissa Rosado (PSDB), ex-deputada estadual.

Ela é quem mantém a bandeira familiar tremulando na política, no pior momento da história desse grupo, que há mais de 70 anos, de forma quase contínua, pontificava em Mossoró e chegou a se expandir pelo estado.

Com a perda do mandato de Beto Rosado (PP) – veja AQUI – no dia passado, além da derrota de Rosalba Ciarlini Rosado (PP) à Prefeitura de Mossoró, há pouco mais de dois meses, a oligarquia tem que repensar tudo.

E o que se almeja logo ali, para 2022, não é muita coisa. No máximo, mandato de deputado federal e estadual. Com um detalhe: eles podem ocupar novamente palanques opostos – repetindo o duelo rosalbismo x rosadismo que mantiveram por cerca de 30 anos.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 14/01/2021 - 05:10h
Economia e política

Setor de eventos pede apoio para continuar sobrevivendo

Reunião ocorreu nessa quarta-feira (Foto: Edilberto Barros)

Reunião ocorreu nessa quarta-feira (Foto: Edilberto Barros)

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Lawrence Amorim (Solidariedade), e a vereadora Larissa Rosado (PSDB), se reuniram com representantes da área de eventos para discutir soluções para a crise que o setor enfrenta. A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira (13).

Na ocasião, os empresários e trabalhadores do setor expuseram as dificuldades que estão enfrentando por causa das limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus.

“Estamos há quase um ano parados. Queremos voltar à trabalhar, obedecendo todas as medidas de segurança, assim como os outros setores como comércio, bares e restaurantes fizeram”, afirmou o promotor de eventos Elânio Tinoco.

Além do pedido para que o último decreto municipal, assinado em dezembro de 2020, seja flexibilizado, outro ponto levantado pelos empresários foi a necessidade de medidas para aliviar o setor, como a redução ou suspensão da carga tributária e taxas.

“Quase não arrecadamos no ano passado, não temos como pagar as taxas. Mas o que mais queremos mesmo é poder realizar eventos, obedecendo as medidas de biossegurança”, justificou Tácio Garcia.

Ao final da reunião, a vereadora Larissa Rosado e o presidente da Câmara Lawrence Amorim se comprometeram a levar a questão ao Poder Executivo.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Economia / Política
quarta-feira - 23/12/2020 - 21:24h
Política

Sandra Rosado dá adeus à Câmara, mas não à vida pública

Sandra: orgulho do sobrenome (Foto: Edilberto Barros)

Em pronunciamento da Câmara Municipal de Mossoró, hoje (23), a vereadora Sandra Rosado (PSDB) disse se despedir do Legislativo, mas não da vida pública. “Tenho muito ainda a contribuir com a nossa cidade, com o mesmo sonho e ideal de melhorar Mossoró”, asseverou.

A parlamentar disse ser Rosado “com muito orgulho, orgulho no bom sentido, como sou Maria, Escóssia e Sandra”. E arrematou: “Sou dos Rosado da Ufersa, da faculdade de Medicina, das primeiras casas populares, dos poços de água e tantas ações por Mossoró”.

Sandra reafirmou o histórico de luta, a ser continuada na Câmara pela filha, vereadora diplomada Larissa Rosado (PSDB). “Nesta Casa, lutei para melhorar a vida dos mossoroenses, com a defesa das mulheres, da modernização administrativa e tantas outras ações”, frisou.

Ela já foi deputada estadual, vice-prefeita, prefeita e deputada federal também.

Outras despedidas

Alex do Frango (PV), Manoel Bezerra de Maria (PP), Alex Moacir (PP), Ozaniel Mesquita (DEM), Petras Vinícius (DEM), Maria das Malhas (PSD) e Toni Cabelos (PP) que não vão para nova legislatura também discursaram se despedindo.

Genilson Alves (Pros) e Zé Peixeiro (PP), que se reelegeram, foram dois oradores que agradeceram a vitória e renovaram compromissos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 04/12/2020 - 23:50h
Política

Larissa conversa com Ezequiel Ferreira em Mossoró

Larissa e família estiveram com presidente (Foto: cedida)

A vereadora eleita Larissa Rosado (PSDB) esteve conversando nessa sexta-feira ( 4) com o presidente da Assembleia Legislativa e do seu partido no RN, deputado Ezequiel Ferreira.

O encontro ocorreu no Hotel Garbos.

Com ela ainda, a atual vereadora Sandra Rosado (PSDB) e o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Lahyrinho Rosado Neto (PSDB).

Ezequiel acompanhou parte da agenda do ministro do Desenvolvimento Regional no RN, ex-deputado estadual Rogério Marinho (sem partido).

Larissa começará novo mandato dia 1º de janeiro próximo.

Ezequiel é sua referência de liderança política, sobretudo com a não reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.