• Curso de Oratória de Francisco Lavor em Mossoró 15 a 28-01-18 veiculação - TOPO
quarta-feira - 17/01/2018 - 22:58h
Em Tibau

Prefeita promove almoço político de forma discreta


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) também promoveu almoço para recepcionar alguns aliados próximos, políticos e sua base na Câmara Municipal de Mossoró.

Foi nessa terça-feira  (16) em seu endereço na cidade-praia do Tibau.

Mas a ordem expressa foi que se evitasse alarde ou mesmo divulgação elementar do encontro, tanto na mídia convencional como em redes sociais da Internet.

Selfie, nem pensar.

Depois de reuniões políticas recentes em Tibau, promovidas pela vereadora Sandra Rosado (PSB) e sua filha-deputada estadual Larissa Rosado (PSB), além de outra bancada pela presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), Rosalba optou por discrição.

Houve pesadas (e até exageradas) críticas em redes sociais a essas duas reuniões políticas, sob mesas fartas, num período de greves e salários em atraso no estado e de terceirizados na Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 17/01/2018 - 22:15h
Garibaldi Filho

Senador aguarda publicação de sua versão sobre notícia


O senador Garibaldi Alves Filho (MDB) enviou e-mail para o portal Jornal O Mossoroense.

Dá sua versão e contesta notícia de que teria negado à prefeita Rosalba Ciarlini (PP) apresentação de emendas orçamentárias para obras no município de Mossoró.

Aguarda publicação.

Já a prefeita, mantém-se em silêncio. Não confirmou nem negou a informação.

Leia também: Nota jornalística causa embaraço político e é retirada do ar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 17/01/2018 - 19:26h
Garibaldi Filho

Nota jornalística causa embaraço político e é retirada do ar


A publicação de um texto na coluna Notas da Redação do portal do jornal “O Mossoroense”, nesta quarta-feira (17), causou profundo mal-estar político. A postagem atribuía ao senador Garibaldi Filho (MDB) má vontade em destinar emenda parlamentar à Prefeitura de Mossoró.

Após o alarido em redes sociais, a nota foi retirada do ar, sem qualquer explicação (veja AQUI).

O Blog da Chris chegou a publicar notícia (veja AQUI) de que o senador ficara “bastante chateado com o que leu, porque a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) vazou uma conversa particular; porque o teor da conversa é diverso do que foi vazado pela prefeita.”

O portal do jornal “O Mossoroense” faz parte do complexo de comunicação ligado ao grupo da vereadora Sandra Rosado (PSB), aliada política da própria prefeita.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
domingo - 14/01/2018 - 10:52h
COLUNA DO HERZOG

O ‘céu’ e o ‘inferno’ nos bastidores da sucessão de Robinson


Por Carlos Santos

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), é a pessoa mais empenhada no âmbito desse poder, à aprovação do pacotão “RN Urgente”. Trata-se de um elenco de 18 mensagens do Governo Robinson Faria (PSD) para viabilizar o “ajuste fiscal” do estado.

O fervor do deputado em nome dessa causa é compreensível. Ezequiel enxerga a Governadoria.

Fábio Dantas quer o "céu", mas pode passar pelo "inferno" de Robinson para viabilizar candidatura de Ezequiel (Foto: arquivo)

Credencia-se e coloca-se como a primeira opção no bloco governista, para ser candidato à sucessão de Robinson. A engenharia política passa pela aprovação do RN Urgente, mas uma “zebra” (desaprovação) necessariamente não o alijaria dessa corrida eleitoral.

O próprio Robinson, viabilizando ou não o ajuste fiscal, não conseguirá reverter a avassaladora repulsa popular que o soterra e a seu projeto de reeleição. Sua saída pode ser a desincompatibilização, para ascensão do vice Fábio Dantas (PCdoB).

A partir daí, outro caminho à sobrevivência política de Robinson é tentar retorno à Assembleia Legislativa, numa eleição bastante viável.

Fábio Dantas, governador, não seria problema para Robinson nem atrapalharia foco de Ezequiel para tentar chegar ao “inferno” (governo). O vice quer ir pro “céu” do RN, ou seja, receber indicação para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), sonho que fecharia esse acordo. Ou ‘acordão’, como queira.

PRIMEIRA PÁGINA

O pleito de 2018 para o grupo Alves é uma incógnita. Fora de cena e do jogo, o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) é uma perda que o senador Garibaldi Filho (MDB) não consegue suprir. E confessa isso sem constrangimento. Até aqui, pairam mais interrogações do que definições para a campanha que se aproxima, tornando preocupante a reeleição do congressista e o projeto ao governo dos Alves.

O ‘inquestionável’ Fundo Garantidor

Para viabilizar a construção do Arena das Dunas, o Governo do Estado teve aprovado no dia 8 de setembro de 2010, finalzinho da gestão Iberê Ferreira (PSB, já falecido), o projeto de lei do Fundo Garantidor para Parceria Público-Privado (PPP), dando como garantia (por 22 anos) dez imóveis para o Consórcio OAS, posteriormente vencedor da “licitação”. Em valores atualizados, eles passariam hoje, provavelmente, dos 600 milhões.

Mas até o momento, mesmo com denúncia de corrupção na construção desse equipamento (veja AQUI), o atual governo não questiona judicialmente o negócio, para estancar pagamento mensal que hoje é de R$ 9,5 milhões/mês (já foram R$ 11,7 milhões) e dar novo destino a esses ativos. Pelo menos pretende fazer uma avaliação preliminar dos imóveis. Mas prioridade mesmo é avançar no mais fácil:  sangrar a jugular do servidor e do contribuinte com o tal do “ajuste fiscal”. Outro crime.

Movimento começa a ganhar corpo, em Caicó, para homenagens ao célebre Manoel Torres, ex-prefeito (duas vezes) e ex-deputado estadual (quatro vezes), um dos nomes mais expressivos da política seridoense em todos os tempos. Se fosse vivo, completaria 100 anos no dia 15 de fevereiro próximo. Faleceu no dia 16 de janeiro de 2012, em Natal.

Em sua passagem pela cidade-praia do Tibau, onde foi hóspede sexta-feira (12) da presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), o senador Garibaldi Filho (MDB) deixou claro: espera novo apoio à sua reeleição da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP). Por lá, em almoço oferecido pela vereadora, a prefeita desconversou. Tudo é ainda muito turvo para tomada de posições definitivas.

Natural de Rafael Godeiro no Oeste potiguar, o tabelião (em Parnamirim) Airene Paiva é um nome que se projeta a deputado federal. O abrigo partidário tende a ser o PCdoB. Airene foi o mentor político do projeto que viabilizou a eleição de Carlos Augusto Maia (PSD) à Assembleia Legislativa em 2014, pelo PTdoB.

Airene: mentor de Carlos Augusto (Foto: Web)

Entrevistado pelo repórter Jenully Cristiano, da Rádio Cabugi Seridó, o desembargador Cláudio Santos (pré-candidato a governador), desabafou: “Eu economizei R$ 442 mil em dois anos, presidindo o Tribunal de Justiça (TJRN). Esse dinheiro pagou a folha dos juízes e de todos os funcionários desse poder durante quase quatro meses, com o atraso nos repasses do duodécimo, pelo governo. Por que a Associação dos Magistrados (AMARN) não disse nada? Por que o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do RN (SISJERN) não disse nada? Eles receberam dinheiro nos últimos três, quatro meses, porque eu economizei sabendo que nós íamos chegar à situação de penúria de hoje.”

Nesse sábado (13) foi praticamente esquecida uma data emblemática para o clã Rosado. Em 13 de janeiro de 1918 nascia Jerônimo Vingt Rosado Maia. Faria 100 anos ontem. Faleceu em Mossoró no dia 2 de fevereiro de 1995, aos 77 anos. Escassos registros em redes sociais marcaram a data. Grande Vingt!

O ex-presidente da Câmara Municipal de Mossoró Jório Nogueira (PSD) voltou a ser valorizado pelo presidente estadual do seu partido, governador Robinson Faria (PSD). Teve a primazia de indicar sua mulher Nadja Comaneci de Almeida Costa para cargo comissionado no Hemocentro de Mossoró. Outras nomeações poderão ocorrer. Bom se apressar. Logo, logo, o governo chegará ao fim.

TÚLIO RATTO – JANELA INDISCRETA EM PAUTA

Benedito - O professor e escritor Benedito Vasconcelos Mendes vai lançar seu mais recente livro em Serra Talhada (PE), no dia 28 de março, às 19 horas, na Academia Serra-talhadense de Letras (ASL), às 19 horas. “As artes na civilização da seca” é o título da obra.

Carnaval do Apodi – A Prefeitura Municipal do Apodi já antecipou três das atrações do Carnaval 2018 na cidade: Banda Saia Rodada, o cantor baiano Tatau, ex-vocalista da banda AraKetu, e o grupo Dan Ventura e os Meninos. Promete monopolizar as atenções na região.

TV Terra do Sal: estreia no dia 22

Terra do Sal – Vai estrear no próximo dia 22 a TV Terra do Sal. Será captada no canal aberto 14 e 173 no sistema fechado Brisanet, a partir de Mossoró. Alguns nomes já estão certos à sua grade de programação local, como Carlos Cavalcante, Aline Linhares, Adriana Mendes, Márcio Costa e Jaedson Freitas. Excelente notícia pro mercado de comunicação do estado. Sucesso.

Amab – O cantor-compositor e músico Amab prepara lançamento de seu novo CD autoral sob o título “Sonho Real”, em Mossoró. Ele há muito está radicado em Natal, mas também teve recente temporada musical em Portugal. Seja bem-vindo, meu caro.

Carnaval com Café – O Café e Artesanato, na Praça da Convivência em Mossoró, fará festas no período carnavalesco. Até aproveita vácuo do evento público na cidade, que não será promovido pela municipalidade (acertadamente).

Assu - No dia 23 de janeiro, às 19h, o Cine-Teatro Pedro Amorim, em Assu, sediará a “Mostra de Documentários do Assu”, com uma série de filmes realizados por produtores locais, com temáticas regionais.

Baile da Cidade – Em Caraúbas, Vandilson Ramalho e Tica Soares preparam o “Baile da Cidade”, a partir das 22 horas, no Espaço Maria Júlia, dia 19 (sexta-feira). Uma das atrações é a ótima banda Radiola Club. Reservas de mesas neste número: (84) 99908-2051.

Biblioteca - Uma parceria (convênio) entre o Sistema Fiern e a Prefeitura de Pau dos Ferros viabiliza a construção e montagem de uma biblioteca na cidade. O Serviço Social da Indústria (SESI) entrará com acervo, móveis e equipamentos de informática. Bravo!

SÓ PRA CONTRARIAR

Até quando os poderes e órgãos do Estado do RN que recebem duodécimos acreditam que estarão imunes à crise, sem atrasar salários de seus membros?

GERAIS…GERAIS…GERAIS

Obrigado à leitura de Nosso Blog a Gilberto Dias (Olho D’água do Borges), Jarleide Souza (Mossoró) e Paulo Tarcísio Cavalcanti (Natal).

O cantor-compositor Oswaldo Montenegro estará dia 24 de fevereiro no Teatro Riachuelo em Natal, a partir das 21 horas. Comemora 40 anos de carreira.

O radialista Haroldo Jácome retorna à titularidade do Show da Manhã na Rádio Difusora de Mossoró (1.170Khz), nessa segunda-feira (15), após alguns dias de folga.

Veja a Coluna do Herzog do domingo passado (07), clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Charge de Túlio Ratto / Coluna do Herzog
  • Curso de Oratória de Francisco Lavor em Mossoró 15 a 28-01-18 veiculação - RODAPÉ
sexta-feira - 12/01/2018 - 19:35h
Em Tibau

Vereadora defende união política em prol do estado do RN


Walter, Izabel, Rosalba, Garibaldi e Larissa posam em Tibau (Foto: Edilberto Barros)

“Pedi que eles transmitam aos demais membros da bancada federal que esqueçam as eleições de 2018, que vejam o exemplo da Paraíba e do Ceará e que, efetivamente, se unam para tirar o Rio Grande do Norte dessa situação”.

A declaração acima é da presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), sobre conversa que teve hoje (sexta-feira, 12), em sua casa na cidade-praia do Tibau, com o deputado federal Walter Alves (MDB) e o senador Garibaldi Alves Filho (MDB).

Vários políticos

O deputado e o senador desembarcaram por volta de 10 horas em Tibau, a convite de Izabel.

Izabel recebeu diversos políticos de Mossoró e região, como vereadores, lideranças populares, além da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Também estiveram no encontro o prefeito de Tibau, Josinaldo Marcos (PHS), “Naldinho”; José Maurício Filho (MDB), “Mauricinho”, prefeito de Grossos; Sael Melo (PHS), prefeito de Porto do Mangue.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 10/01/2018 - 05:36h
Bancada governista

Vozes inquietas podem não seguir nome do rosalbismo


Alguns vereadores da bancada governista na Câmara Municipal de Mossoró andam inquietos.

Entre eles, há quem já antecipe que não votará no “candidato à federal da prefeita” Rosalba Ciarlini (PP).

A estadual, vá lá!

- Enha calma…

Só para ser mais claro: o virtual candidato a deputado federal da prefeita é o atual deputado Beto Rosado (PP).

À semana passada, a presidente da Câmara Municipal e integrante do governismo, Izabel Montenegro (MDB), já tinha avisado que sua prioridade na campanha 2018 não é acompanhar o rosalbismo:

“Serão os candidatos do MDB, o meu partido”. Veja AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 08/01/2018 - 10:38h
Saída

PSDB faz mais uma desfeita e abre a porta para Tião Couto


Mais claro, impossível. Novo episódio mostra como o PSDB e seu presidente no estado, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, fazem pouco caso do empresário Tião Couto (PSDB), candidato a prefeito de Mossoró pelo partido “tucano” em 2016.

Ezequiel desembarcou ontem (domingo, 7) em Tibau, para participar de almoço oferecido pela ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) e pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB).

Sandra, Gustavo, Ezequiel, Rosalba e Larissa em almoço com política e afinação (Foto: Blog Saulo Vale)

Por lá, um leque de adversários políticos de Tião na campanha passada: prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) e as anfitriões, entre muitos outros.

Ezequiel participou do evento social e político na companhia do também deputado estadual Gustavo Carvalho.

“Vassoura”

No último dia 20 de dezembro, Tião e o seu vice em 2016, empresário Jorge do Rosário (PR), promoveram o “Encontro de Articulação Política RN Melhor” em Mossoró e não tiveram a presença de Ezequiel ou qualquer dirigente estadual da sigla.

Semanas antes, Ezequiel passara por Mossoró para um compromisso político e não fez sequer um contato com o importante correligionário tucano.

A porta do PSDB está aberta, com uma “vassoura” atrás. Resta saber se Tião espera mais algum sinal para sair ou se engolirá outras desfeitas até ser moído de vez.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 03/01/2018 - 03:35h
Primeiro ano

Rosalba copia Francisco José Júnior com gestão “Xing Ling”

Gestão municipal mossoroense tem período embaraçoso, pouco produtivo e parecido com antecessor

A quarta gestão municipal de Rosalba Ciarlini (PP) fechou seu primeiro ano. Foram 365 dias de 2017, completados no último dia 31 de dezembro. Mas em resumo, pouco ou quase nada ela tem a apresentar. É um governo de continuidade e de faz-de-conta.

Rosalba segue os passos da administração Francisco José Júnior (o “Francisco”), seu antecessor. Em alguns pontos, chega ao requinte da perfeição na clonagem. Difícil saber qual dos dois é mais Xing Ling. Quem quiser que compre, mas nenhum tem garantia – é bom avisar.

Folha de São Paulo tomou Rosalba como um dos péssimos exemplos no início de novas gestões do país (Reprodução)

E se forem observados os principais pontos do seu “plano de governo”, registrado na campanha eleitoral 2016, será fácil perceber que tudo não passou de uma embromação eleitoreira.

O plano diz uma coisa, o governo é bem menos do que você imagina e não é nada do que chegou a ser propagado.

A propaganda é um espetáculo à parte, recheada de efeitos especiais, mentiras deslavadas e micos que beiram o ridículo. Beiram, não. São ridículos mesmos.

O diálogo em vídeo dela com “Betinha” (veja no boxe mais abaixo), é o top desse Sitcom (abreviatura da expressão inglesa situation comedy, “comédia de situação”) da gestão municipal.

Se Francisco José Júnior chegou à excrescência de “timbrar” caixões funerários para doação a mortos paupérrimos e preparar kits com produtos de limpeza para distribuir com mulheres humildes no Dia das Mães, Rosalba o superou com a gravação de um vídeo picaresco.

Nele, ela noticia o início da retomada de voos comerciais no Aeroporto Dix-sept Rosado, que nunca se realizou e que jamais poderia assumir para si, também por não ser mérito de seu governo e sim da administração estadual.

A esperteza voltou-se contra ela, que nunca mais lembrou o “feito”.

Em outra peça de marketing, divulgou em outubro que sua gestão comemorava “superação da crise nacional”, uma performance que nem o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, se jacta.

Propaganda de um mês e "realizações" que não se sustentam na realidade do cotidiano da cidade

O governo foi pródigo em se esconder da imprensa, omitir informações e se embaraçar até mesmo quando tinha tudo para tirar proveito de acertos. Comunica-se mal, porque parece mesmo vocacionado à mentira, à desfaçatez e ao ilusionismo.

A honestidade, vamos sublinhar, não foi o forte nesse primeiro ano de governo. Na verdade, andou longe de merecer medalha de ouro.

Folha dá destaque negativo

No afã de arrumar acomodação para parentes, aderentes, filhos de compadres e comadres, acabou despertando o interesse da imprensa nacional logo no começo da administração: Rosalba segue luta contra o desemprego (em sua família).

A Folha de São Paulo destacou os excessos da prefeita logo no dia 9 de janeiro de 2017, poucos dias após assumir administração.

Um pouco adiante, março, mais um deslize do governo.

Rosina Ciarlini, irmã da prefeita, chegou a ponto de “assumir” a direção da Escola de Artes da Prefeitura Municipal de Mossoró, com direito a sentar na cadeira de chefia e ser saudada por “subordinados”, sem ter portaria correspondente à nomeação – dupla ilegalidade: Irmã de Rosalba ‘assume’ cargo sem portaria; prefeitura nega.

Descoberta, Rosina esgueirou-se e saiu de fininho da cadeira, do cargo e da cidade.

Rosina foi fotografada em sua sala como "diretora", sem ter qualquer nomeação (Foto: reprodução)

O desgaste não ficou nesse patamar. A prefeita foi destaque no âmbito nacional em noticiários comprometedores.

Em abril, seu nome apareceu entre beneficiados de suposta propina no escândalo da Operação Lava Jato, delações relacionadas a executivos da Construtora Norberto Odebrecht (Robinson, Rosalba e Fábio Faria são investigados por três crimes). Seu apelido na lista da mega corporação do crime era “Carrossel”.

O caso mais notório de situação suspeitíssima é o enredo para contratação de empresa para fazer limpeza urbana na cidade.

Milhões sem licitação

Assegurou contratos que chegam a 48,03% de reajuste, sem qualquer licitação e renovou com outras empresas – também sem licitação -, quando o compromisso era de “revisão de todos os contratos deixados” pelo ex-prefeito (Rosalba pagará mais de R$ 28 milhões à empresa sem licitação).

Outro “enrolation” aparece ao contratar mais de 550 pessoas para postos comissionados, ao longo do ano, apesar de ter baixado um decreto no início do governo, que prometia redução “em até 50%” dos cargos (Rosalba garante, até aqui, 555 pessoas em cargos comissionados).

O agravante, é que a própria prefeita não soube até hoje informar quantos cargos estariam disponíveis na prefeitura e nenhum secretário é capaz de esclarecer esse mistério sepulcral.

Jornal Nacional mostrou Rosalba Ciarlini, ou "Carrossel, como uma das implicadas no esquema (Foto: reprodução)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu alerta à Rosalba em julho, para que ela reduzisse folha de pessoal: Prefeitura gasta mais de 60% de receita com folha de pessoal. Um pouco antes, em maio, ela tinha criado a Secretaria Municipal da Cultura, onde aboletou cerca de 41 ‘chefes’ e nenhum ‘índio’ (Cultura se reforça com multidão de ‘caciques’).

Por falar em cargos, o nepotismo foi outra marca do governo e não se resume à Rosina Ciarlini. São empregos da parentela que escorrem por todos os escalões, sem que ninguém seja importunado. Quem saiu, foi porque quis. Caso do filho Kadu Ciarlini (veja AQUI), então chefe de Gabinete, que se cansou do cargo e deu adeus dia 20 de março, com menos de três meses na antessala da mãe.

No caso de Yuri Tasso Pinto, não. Uma exceção. Foi exonerado por recomendação legal em março (veja AQUI), mas segue dando as cartas na pasta da Infraestrutura, onde sua mulher Kátia Pinto é titular. Contudo, ele manda.

Pelo menos em termos de cobrança de imposto e criação de outros, arrocho em fiscalização de trânsito, o governo da “Rosa” não tem comparativos. Foram mais de 23 mil multas imposta a condutores de veículos automotivos, até setembro de 2017, ao contrário de pouco mais de 8 mil em todo ano de 2016.

Ainda teve agilidade para desfechar um golpe digno de MMA, no queixo e bolso do contribuinte. O reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em alguns casos passou de 600%. Tudo “dentro da lei”, claro.

Servidor público sem reajuste

O projeto de lei que incluiu prestadores de serviços autônomos como manicures, tatuadores, cabeleireiros etc. no rol de contribuinte, foi mais uma derrapada. Apesar de ser uma matéria para alinhar decisão fiscal federal, a prefeitura deu um show de desinformação, concorrendo para que a versão de voracidade tributária imperasse.

O mesmo aconteceu sobre o projeto que leva a prefeitura a “fichar” contribuintes inadimplentes em cadastros nacionais de calotes, como Serasa e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Bom não esquecer o aumento na tarifa de coletivos urbanos, adotado para entrar em vigor no início de 2018.

A sua relação com o servidor municipal, foi sinuosa neste primeiro ano. Enfrentou greves e negou reajuste, além de chegar a impedir manifestantes de acomodarem barracas á calçada da sede da municipalidade, que os protegessem do sol: quanta intolerância.

Pelo menos conseguiu em poucos meses reduzir atrasos salariais e fechar folha com pequenas oscilações de datas, privilegiando funcionários de carreira e comissionados. Os terceirizados seguem na penúria. Há casos de gente que não recebe há sete meses, uma situação humilhante e cruel.

Símbolo desse massacre foi o choro da terceirizada Ariosnilda Firmino (Terceirizada pede salário para pelo menos ter o que comer), numa reunião na Câmara Municipal de Mossoró, em dezembro.

Unidades de saúde, escolas e outros equipamentos públicos foram alvos de seguidos assaltos, arrastões e arrombamentos, que fugiram ao controle da municipalidade.

Ortopedia, desabastecimento e insulina

Antes, uma de suas primeiras medidas foi conter despesas na área de segurança, fechando todas as unidades da Base Integrada Cidadã (BIC), criada na gestão Cláudia Regina (DEM) e expandida por Francisco José Júnior.

Queixa ensurdecedora é quanto ao fechamento da Ortopedia do município, deixando centenas de pessoas com ameaças de sequelas ósseas. Contabilize-se como desapontamento maior, o desabastecimento das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA’s) e Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), cenário igual ou pior ao deixado pelo ex-prefeito, além da irregularidade na distribuição de insulinas.

Insegurança, falta de médicos e outros problemas constam de um balanço apresentado na Câmara Municipal pelo vereador Petras Vinícius (DEM) – Relatório detalha sucateamento da Saúde em Mossoró, feito em setembro e publicado em primeira mão por nossa página.

Final de ano com exageros e inverdades

Alardeou-se que 400 cirurgias ortopédicas seriam feitas por mês sob a batuta da prefeitura, em parceria com o Governo do Estado. Outra ação meia-boca. Pouco mais de 166 foram realizadas em cerca de dois meses.

Para fechar o ano, Rosalba Ciarlini voltou a marcar posição no mundo fantasioso em que vive ao lado de seus militantes-amestrados. Terminou como havia começado. São pelo menos dois episódios que se destacam.

Em solenidade do setor empresarial da cidade no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, no dia 26 de dezembro, disparou: “Mossoró é uma referência em Educação, Saúde e Cultura“.

Sobre Saúde, o que acontece nas UPA’s e UBS’s fala por si. A Educação é um desastre continuado governo após governo. Qualquer dúvida, veja AQUI dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e as avaliações devastadoras do setor em termos de estado e Brasil.

Interdições e acidentes marcaram Cidade Junina

A Cultura, apelo propagandístico que se vendeu para Mossoró ser uma “capital” no estado e país, acabou desabando com seu último baluarte, o “Mossoró Cidade Junina”. O que ela promoveu em 2017 foi o mais desorganizado e mixuruca dos últimos anos: Bombeiros interditam Cidade Junina; Prefeitura se esquiva.

O Governo Rosalba Ciarlini conseguiu a proeza de fazer esse patrimônio imaterial do mossoroense se transformar num evento paroquial: Apesar de forte potencial, Cidade Junina virou “festa caseira”, como apontou pesquisa encomendada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN).

No sábado (30 de dezembro), a última cena vexatória de 2017. A prefeita autoproclamou que graças a iniciativa sua, tropas federais desembarcavam àquele dia na cidade, para dar segurança ao município em face de movimento de paralisação das polícias Militar e Civil.

As tropas vieram após solicitação  enviada pela prefeita Rosalba Ciarlini ao Governo Federal – disse matéria da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, sem atentar que a prerrogativa do pedido é exclusiva do governador, cabendo ao presidente da República acatar ou não, o que ocorreu, sem qualquer ingerência da prefeita – que de novo tentou se apropriar de louros alheios.

No lucro

Mesmo assim, após um ano administrativamente pífio, o prejuízo da “Rosa” é relativamente menor do que deveria registrar, do ponto de vista político. Ela conta a seu favor com um capital próprio alimentado pelo populismo, que é uma de suas principais marcas, além da ausência de uma oposição minimamente ativa e organizada.

Nessa contabilidade, aparece ainda o próprio perfil indolente, alheio e acrítico da maioria da população, que se acostumou em ser vaquinha de presépio e apenas ruminar lamentações nas calçadas ou aqui e ali nas redes sociais. Inclua nessa avaliação, o papel da maioria da mídia, que é generosa em elogios e aquiescente, bem ao contrário do linchamento impiedoso que promoveu contra Francisco José Júnior.

Sem caráter administrativo inventivo, órfã de qualquer traço de governança ágil, transparente e ousada, repetindo fórmula de sempre para fazer o convencional ou nem isso, Rosalba Ciarlini sobrevive ao realismo da modernidade. Difícil prever se Mossoró escapará desse atraso.

Por enquanto, seu governo é quase tudo aquilo que dizia em campanha e fala após empossada, sobre o sucessor, sua inspiração constante no retrovisor da gestão municipal. Problema mais delicado vive quem vai mais atrás (como sempre) nessa viagem arriscada: o povo-gado, a massa-gente de que nos falava o professor/ex-senador Darcy Ribeiro.

Boa sorte, Mossoró! Você vai precisar.

Acompanhe o Blog também pelo Twitter clicando AQUI; o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial
  • Curso de Oratória de Francisco Lavor em Mossoró 15 a 28-01-18 veiculação - RODAPÉ
domingo - 31/12/2017 - 05:06h
Coluna do Herzog

Fatos e falácias de uma guerra perdida


Por Carlos Santos

Por esses dias, o Governo do Ceará fez estardalhaço para apresentar dezenas de novas e possantes viaturas do seu acervo de Segurança Pública. Também contabilizou mais e mais convocações de concursados à Polícia.

Mesmo assim, não consegue esconder que mais de 5 mil pessoas foram assassinadas por lá este ano, média superior a 14 pessoas por dia, recorde no estado.

Seu sistema prisional é outro esgoto, entupido de gente ou de subprodutos humanos, com casos de rebeliões sanguinárias.

De verdade, o Ceará não é paradigma em resultados quanto à Segurança Pública, mesmo com tantos investimentos.

Esse “case” talvez sirva para os potiguares que vivem exaltando os feitos dos vizinhos, caírem na realidade quanto à própria ineficácia da política de Segurança Pública adotada no Ceará e no país, baseada no trio  belicista composto por armas/viaturas/homens.

O poder público brasileiro perde feio a guerra contra a violência, da mesma forma que particularmente RN e o Ceará.

Cada um com suas características, está fadado à derrota.

PRIMEIRA PÁGINA

É preciso muita atenção com os números das recentes pesquisas ao Governo do RN. Mais do que predileção por nomes, há repulsa a tudo e a todos (veja AQUI): Mais de 85% dos eleitores não têm candidato a governador. O grande desafio dos candidatos, marqueteiros e militantes de candidaturas em 2018, será quebrar essa atmosfera de desalento, reprovação e negação da política, dos políticos e dos partidos.

Há mais de 9 anos que teatro está fechado e 'obra' começou no ano eleitoral de 2012, mas não passou de ficção (Foto: Blog CS)

Em discurso na terça-feira (26 de dezembro) no evento “Mérito Empresarial 2017″, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) voltou a aprumar a vista pro “retrovisor”, ao afirmar que tem tocado muitas obras paralisadas na gestão passada (Francisco José Júnior). Segundo ela, “obra parada é prejuízo” (…), “porque fica mais cara“. Verdade. Veja o exemplo do Teatro Lauro Monte Filho em Mossoró: Rosalba, governadora, assinou ordem de serviço no dia 10 de setembro de 2012 (reta final da campanha municipal) no valor de R$ 2.621.102,13. A obra foi suspensa logo após as eleições. Nova licitação, agora na gestão Robinson Faria (PSD), será iniciada em janeiro, com valor orçado em R$ 5.133,199, 53. Ou seja, R$ 2.512,097,40 mais cara, cinco anos e cinco meses depois. São quase 100% de aumento. Leia também: Obra de Rosalba vira poleiro de pombo e trapézio de morcegos.

Um eventual futuro político de Julianne Faria (ex-PSD), mulher do governador Robinson Faria (PSD) e em processo de separação matrimonial dele, depende do próprio governante. Ela só poderá ser candidata a algum cargo eletivo em 2018, se ele se desincompatibilizar do cargo. Separados judicialmente ou não. E ponto final.

O terceiro pior governador da história do RN

Se nada for feito de consistente, sério e profundo, com alcance sistêmico na gestão pública estadual e envolvimento de seus poderes e órgãos diversos, o sucessor de Robinson Faria (PSD) será o terceiro pior governador da história do RN. Comporá a tríade com o próprio atual governador e a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP). Em 2003, o então secretário de Administração e Recursos Humanos do RN, professor Honório de Medeiros, propôs uma “Reforma de Estado” à então recém-empossada governadora Wilma de Faria (PSB). Premonitório, previu há 14 anos o que testemunhamos hoje. ”Uma reforma desse porte implica em colocar os poderes de Estado juntos, na costura de um acordo para catapultar o RN ao futuro”, afirmava ele. Não lhe deram ouvidos.  Leia também: Governo anunciará medidas para conter crise no RN.

Eleito em 2014 com 20.140 votos (1.21%) pelo PTdoB, o deputado estadual Carlos Augusto Maia ensaia pouso na terceira sigla antes do término do seu primeiro mandato eletivo. Abrigado no PSD do governador Robinson Faria, poderá marchar para o PCdoB dos ainda “comunistas” vice-governador Fábio Dantas e sua mulher e deputada estadual Cristiane Dantas.

Sem sombras de dúvidas, o pronunciamento mais absurdo do ano, no mundo político nacional, coube ao ex-presidente Lula da Silva, do PT, no dia 11 de dezembro último, em movimentação política no Rio de Janeiro. O vídeo abaixo fala por si, mas transcrevemos: “O Rio de Janeiro não merece, não merece que governadores que governaram este estado, que foram eleitos democraticamente pelo povo, estejam presos por que roubaram do povo brasileiro, e roubaram dinheiro público… Eu nem sei se é verdade, por que não acredito em tudo que a imprensa fala…”

Os empresários Tião Couto (PSDB) e Jorge do Rosário (PR), que foram candidatos a prefeito e vice de Mossoró em chapa comum nas eleições 2016, deverão fazer dobradinha no próximo ano: o primeiro, como nome à Câmara Federal; o segundo, à Assembleia Legislativa. Devem catalizar eleitorado mossoroense, como ponto de partida para eleições absolutamente viáveis.

Depois de cogitar um salto para o andar de cima, como possível candidato à Câmara Federal, principalmente no vácuo do deputado Rafael Motta (PSB), o deputado estadual Galeno Torquato (PSD) retrocedeu: investe mesmo para renovar seu mandato à Assembleia Legislativa, com capilaridade a partir do Alto Oeste, mas também noutros espaços geopolíticos.

TÚLIO RATTO – JANELA INDISCRETA

EM PAUTA

Atacarejo – Projeto em andamento deverá desaguar num grande atacarejo em Pau dos Ferros em 2018, com a marca “Rio Bonito”. Investidores bem capitalizados da região apostam num mercado com mais de 36 municípios (RN, Ceará e Paraíba).

Circo da Folia – O Arena Circo da Folia em Pirangi (Parnamirim) vai abrir sua temporada 2018 no dia 12 de janeiro, com Wesley Safadão, Pedrinho Pegação e Vintage Culture. Ingressos no www.bilhetecerto.com.br

Relo – A Cachoeira do Relo em Luís Gomes (a 195 quilômetros de Mossoró), limite-divisa com Uiraúna-PB, onde nasce o rio Mossoró, simplesmente desapareceu há cerca de 6 anos, devido a seca. Na região, o inverno é esperado com ansiedade, num lugar ótimo para trilhas, rapel, com cavernas e o restaurante/balneário de José Givaldo do Nascimento, o “Galego do Relo”. Eu também estou na torcida por essa benção.

"Relo" espera inverno para renascer (Foto: Blog C.Santos)

Arena – A Arena Show de Tibau não vai funcionar neste veraneio na cidade-praia tão próxima de Mossoró. A empresa Gondim & Garcia desistiu de repetir programação que anualmente fazia. Justificou que não acertara com artistas preferenciais, como desejava, para levá-los ao palco.

Célula – Será no próximo dia 4 de janeiro (quinta-feira), às 19h30, no 3º andar do edifício do Hospital de Olhos de Mossoró, Rua Roderick Grandall, 70, Centro, o coquetel de inauguração do Laboratório Célula. As médicas patologistas Camila Gomes Fernandes de Souza e Maria Eduarda Baía são responsáveis por essa nova marca em saúde na região. Sucesso.

Vovô – O fisioterapeuta Éder Filho ampliou o já considerável acervo familiar. Chegou o seu segundo neto – Gabriel – nesse final de semana, filho do primogênito José Éder. Vale um bom ‘uisquito gringo’, como diria Canindé Queiroz. A Confraria do Café e Artesanato aguarda convocação.

Carnapau – O carnaval fora de época de Pau dos Ferros está definido para o período de 6 a 8 de julho de 2018. Além do percurso para trios-elétricos, também oferecerá uma arena para outros shows com toda estrutura.

Assu – A operadora de Internet Brisanet está com rápida expansão na cidade do Assu. Outro mercado muito promissor para uma empresa com veloz avanço também em estados como Ceará e Paraíba.

SÓ PRA CONTRARIAR

Se ano passado muita gente responsabilizou o então prefeito Francisco José Júnior pelo recorde de 217 homicídios em Mossoró, o mesmo pode ser feito em relação à Rosalba Ciarlini (PP), por 250 homicídios (ou mais, a essa hora) este ano?

Gerais… Gerais… Gerais

A partir de 01° de janeiro de 2018, o salário-mínimo passará de R$ 937,00 para R$ 954,00. O índice de ‘aumento’ é de 1,8%, o menor em 20 anos.

Obrigado à leitura de Nosso Blog a Eloísa Helena (Mossoró), Romina Jácome (Brasília) e Tiago Moreira (Assu).

Por enquanto é só, caríssimo webleitor (a). Um grande ano de 2018, principalmente com Saúde e Paz. Amém!

Veja a Coluna do Herzog do domingo passado (24 de Dezembro) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Charge de Túlio Ratto / Coluna do Herzog
quinta-feira - 28/12/2017 - 16:29h
RN

Robinson diz aguardar reforço federal para a segurança


“Renovei o apelo ao governo federal hoje e estamos aguardando, a qualquer momento, a confirmação da chegada do Exército para garantir a segurança da população do RN.” A informação foi postada há poucos minutos pelo governador Robinson Faria (PSD), nas redes sociais.

“Fizemos a solicitação do apoio das forças militares ao Presidente Temer e ao Ministro da Defesa há 8 dias, e reiteramos hoje”, completou o governador.

Rosalba envia carta

Em matéria oficial, a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) divulgou agora à tarde que “mandou carta ao Ministro da Justiça, Torquato Jardim, relatando que o problema de segurança pública que está ocorrendo no Rio Grande do Norte atinge fortemente Mossoró, segunda maior cidade do Estado. Na carta, a prefeita pede maior contingente das tropas federais no RN para que o Município receba reforço.”

Queixa-se que Mossoró “não foi incluída nesse plano emergencial, mas a municipalidade tem colocado a Guarda Municipal com patrulhamento 24 horas por dia, rondas e combustível extra para esse esforço”, tentando diminuir o impacto da ausência policial nas ruas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Segurança Pública/Polícia
  • Repet
sexta-feira - 22/12/2017 - 09:32h
Julgamento

STJ confirma condenação em caso do “Blog Paulo Doido”

Caso político de esgoto teve Mossoró como epicentro e Net como ambiente de baixarias e agressões

Do Consultor Jurídico e Blog Carlos Santos

Provedores de aplicações na internet, com sites de busca, têm responsabilidade subjetiva pelo conteúdo de terceiros. Segundo entendimento da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), se, depois de avisados sobre conteúdo ofensivo, o provedor não tomar providências, ele também deve responder pela ofensa.

Com essa tese, o colegiado confirmou uma condenação do Google Brasil e considerou legal a ordem judicial que determinou a exclusão do “Blog do Paulo Doido”, com conteúdo danoso a terceiro. Por unanimidade, o colegiado seguiu o voto da relatora, ministra Nancy Andrighi, em sessão no último dia 12, com publicação de acórdão (decisão do plenário) nessa quinta-feira (21).

Nancy Andrighi: voto seguido (Foto: STJ)

O caso, que ganha dimensão de jurisprudência no ordenamento jurídico brasileiro, teve como ponto de partida a cidade de Mossoró.

Gustavo Rosado, o mentor

Em ação desencadeada pela então deputada federal, ex-prefeita e hoje vereadora Sandra Rosado (PSB), o rastreamento judicial alcançou como mentor da página apócrifa o então chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Mossoró, agitador cultural Gustavo Rosado, irmão da prefeita à época, Fafá Rosado (DEM, hoje no PMDB).

Segundo a ministra, o Marco Civil da Internet considera o provedor de aplicação responsável por conteúdo gerado por terceiro a partir da data do descumprimento da ordem judicial.

Sandra pediu judicialmente a retirada da página do ar e a identificação do responsável pelo blog. Tinha conteúdo ofensivo contra ela e seus familiares, não poupando sequer seus netos menores de idade. Em primeiro grau, o pedido foi julgado procedente pelo juiz José Herval Sampaio Júnior.

O magistrado determinou a suspensão do endereço eletrônico de conteúdo ofensivo, com multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento. O blog foi retirado da internet pelo próprio usuário, anônimo.

Conheça o caso

Leia também: Justiça pune envolvidos em agressões anônimas na Internet – 15-09-2015;

Leia também: Blog “Paulo Doido” é descoberto; envolve gente poderosa – 20-03-2011;

Leia também: Quadrilha “Paulo Doido” tem corpo único e afinado para o crime – 21-03-2011.

Há poucos meses, através de um acordo judicial, Sandra Rosado recebeu indenização pecuniária em um dos processos. Parte da quadrilha do Paulo Doido preferiu compensar seus pecados em dinheiro.

Entre os condenados, o ‘jornalista’ Neto Queiroz – que era colunista do jornal Gazeta do Oeste, assessor do então deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), cunhado de Gustavo Rosado, e o ex-secretário de Comunicação da Prefeitura de Mossoró Ivanaldo Fernandes Júnior. Este ano, voltou a ganhar cargo comissionado na municipalidade, equipe da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

O “Blog de Paulo Doido” foi criado em 18 de fevereiro de 2010. Sua saída do ar ocorreu em 13 de julho do mesmo ano, coincidentemente na data em que a Justiça mandou o Google apontar sua origem.

Nota do Blog – O episódio do Blog Paulo Doido é um dos mais abjetos da “política” de Mossoró. As decisões judiciais jamais vão reparar o que aquela corja promoveu, inclusive atingido com baixarias e ameaças de violência física o editor do Blog Carlos Santos e um filho.

Nunca reagimos à altura nem recorremos ao Judiciário, onde respondemos a quase 30 processos desencadeados por Gustavo e similares, com objetivo de nos asfixiar moralmente, financeiramente e profissionalmente. O cerco falhou.

Perderam, perderam feio.

Controlamos o ódio com fé e resiliência.

Vencemos.

Clique aqui para ler a decisão histórica do STJ.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
quarta-feira - 20/12/2017 - 23:54h
Mossoró

Prefeitura tentará fazer licitação multimilionária para limpeza

Contrato poderá passar dos R$ 175 milhões após mais de 12 anos sem ter qualquer uma concorrência

Se não houver qualquer imprevisto, às 8 horas dessa quinta-feira (21), a Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) realizará concorrência para “contratação de 01 (uma) empresa especializada para execução de serviços de limpeza urbana”. O processo ocorrerá na Secretaria de Licitações, Contratos e Compras.

Francisco e Rosalba têm roteiro com muito dinheiro e bastante lixo (Foto: arquivo)

A princípio, o certame ocorreria no dia 16 de novembro, às 8 horas, no mesmo local. O aviso foi publicado na edição do Jornal Oficial do Município (JOM), número 429-A, em outubro deste ano.

Chegou na verdade a ser aberto, depois de amplamente divulgado pela gestão da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Mas terminou suspenso, sem que houvesse qualquer publicização da municipalidade sobre o assunto.

Afinal de contas, por que foi suspenso? A PMM nunca emitiu uma nota oficial sobre o caso.

Números multimilionários

A informação extraoficial é de que os números financeiros apontam para um contrato que passará dos 135 milhões. Com reajustes “legais”, poderá atingir mais de R$ 175 milhões ao longo de sua execução.

No site da municipalidade, os detalhes do edital não podem ser acessados. Verdadeiro labirinto é imposto ao internauta, quando deveria ser do conhecimento fácil e direto do público.

Nos intramuros da gestão Rosalba Ciarlini há enorme tensão em relação a essa disputa, a ponto do assunto não ser divulgado por sua Assessoria de Comunicação até o momento. Na Câmara Municipal, sua bancada silenciou. A oposição esboçou tímido questionamento e também se calou em seguida.

Desde 2005 (há mais de 12 anos) que não ocorre licitação para essa modalidade de serviço. Nesse período, apenas duas empresas trabalharam para a prefeitura: Sanepav Saneamento Ambiental LTDA (de São Paulo) e Construtora Vale Norte Ltda. (do Bahia).

Quatro dispensas de licitação

A primeira ganhou licitação em 2005, gestão Fafá Rosado (DEM, hoje no PMDB). De lá até o final de abril de 2016, acabou mantida com seguidas dispensas de licitação. Seu faturamento nesse período, em numerários atualizados, passa folgadamente de R$ 150 milhões.

Mesmo assim, ainda questiona na justiça uma dívida que a prefeitura teria, de mais de R$ 9 milhões.

A mais recente dispensa de licitação ocorreu dez dias antes da "licitação" que não houve e passa de R$ 14,2 milhões

Já a Vale Norte, desembarcou na cidade no início do ano passado, sob a batuta do prefeito Francisco José Júnior (sem partido). Até aqui, obteve quatro dispensas de licitação e um aditivo.

Em um ano e meio de atividades, ganhou reajustes que chegam a 48,3% nos contratos. Dois deles foram já na gestão de Rosalba Ciarlini.

A mais recente dispensa foi publicada faltando apenas dez dias para a licitação que não ocorreu. Está datada de 6 de novembro, com valor que ultrapassa R$ 14,200 milhões.

Um “fenômeno” a mais nesse enredo multimilionário, é que a prefeita teve quase um ano para realizar essa contratação sob concorrência e não conseguiu. Pelo contrário: ofertou dois reajustes financeiros.

“Engorda”

Por seu primeiro contrato de seis meses em Mossoró em maio de 2016, a Vale Norte ganhou R$ 9.582.519,36 (R$ 1.597.086,56 por mês), considerado um “escândalo” por boa parte da imprensa e centenas de ativistas de redes sociais. Hoje, com a “Rosa”, é de R$ 14.212,866,48 (R$ 2.368.811,33 mensalmente). ‘Somente’ 48,3% de elevação.

A mesma mídia não dá um “piu” sobre essa “engorda”. Os ‘revoltados’ cidadãos cibernéticos, também não.

Antes de Rosalba, por pouco Francisco José Júnior não emplaca uma licitação de quase R$ 150 milhões no dia 25 de outubro do ano passado.

Foi suspensa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) – (veja AQUI), e só anulada de vez há poucos dias pela prefeita e sucessora Rosalba Ciarlini (veja AQUI), como o Blog Carlos Santos publicou em primeira mão às 21h38 de hoje.

Dinheirama difícil de contar

Até maio do próximo ano, conforme reza os termos contratuais dessa mais recente dispensa, a Vale Norte deverá empalmar mais de R$ 52 milhões (dois anos contínuos a serviço da PMM). Dinheiro que daria para construir mais de mil casas do programa Minha Casa, Minha Vida.

Para se ter uma ideia do volume dessa dinheirama, o Residencial Maria Odete de Góis Rosado, entregue hoje em Mossoró, custou pouco mais de R$ 48 milhões (veja AQUI), com edificação de 844 moradias.

Paralelamente, a população é soterrada por lixo do centro à periferia (veja AQUI e no vídeo acima, gravado dia 17 de novembro), além de conviver com constantes greves e ameaças de paralisação dos empregados dessa terceirizada.

A conta vai aumentar mais ainda.

Leia também: Prefeita mantém serviço milionário e suspeito sem licitação AQUI;

Leia também: Rosalba pagará mais de R$ 28 milhões sem licitação AQUI;

Leia também: Limpeza urbana teve reajuste de 48,3% em um ano e meio em Mossoró AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 20/12/2017 - 22:41h
Hoje

Garibaldi participa de evento em Mossoró de olho em apoio


O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) participou da cerimonia de entrega de 844 moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Mossoró, nesta quarta-feira (20), com a presença do vice-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Paulo Henrique Ângelo Sousa.

A quantidade de residências entregues de uma única vez foi um recorde do programa do Governo Federal no Rio Grande do Norte, com direito a vídeo de apresentação do presidente Michel Temer (PMDB) dirigido as famílias beneficiadas na cidade potiguar.

As casas formarão o residencial Maria Odete de Góis Rosado, nomeado pela Prefeitura Municipal de Mossoró.

Izabel, Garibaldi e Rosalba participaram de evento administrativo com aura político-eleitoral também (Foto: cedida)

São 844 moradias e investimento da ordem de R$ 48 milhões.

A obra começou em setembro de 2014 na gestão Francisco José Júnior/Dilma Rousseff (PT) e deveria ter sido entregue em agosto do ano seguinte.

Está localizado na área denominada de Alto da Pelonha. A gestão Rosalba Ciarlini garantiu suporte viário de acesso/pavimentação ao residencial. Ela participou da solenidade, ao lado de outras autoridades, como a presidente da Câmara Municipal de Mossoró, a peemedebista Izabel Montenegro, e a vice-prefeita Nayara Gadelha (PP).

Leia também: Senador Garibaldi Filho apressa os passos. Ele tem procurado cumprir agenda da capital ao interior, numa pré-campanha em que aposta no apoio da prefeita Rosalba Ciarlini à sua reeleição.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
segunda-feira - 18/12/2017 - 10:44h
Mossoró

Liberação comercial de aeroporto segue processo lento


Está sob o número 00058.539622/201714, o processo de certificação do Aeroporto Dix-sept Rosado em Mossoró, para que possa operar com voos comerciais normalmente.

Ele foi protocolado na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no último dia 27 de novembro.

Dix-sept Rosado "está na fila" para liberação (Foto: arquivo)

É uma tramitação que segue ritmo de meses ou anos. Uma fila com 22 outros processos à frente.

O Aeroporto Dragão do Mar de Aracati-CE, por exemplo, sob o processo de número 00058.514376/2017-98, está se desenrolando desde maio deste ano.

Precipitações

Houve protocolo no dia 10 daquele mês. Portanto, há mais de sete meses que espera uma decisão.

Outras etapas precisarão ser cumpridas em seguida.

Essas informações que atualizamos mostram como têm ocorrido precipitações em anúncios, desde o início do ano passado, quanto à operacionalização comercial e regular (inclusive noturna) do Dix-sept Rosado.

A ansiedade politiqueira criou uma expectativa errada e produziu muitos micos.

Leia também: ‘Teatro do Absurdo’ mistura Rosalba com Robinson e ‘Salomé’ (12 de abril de 2017)

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
sábado - 09/12/2017 - 07:28h
Mudanças

Reforma de Robinson passa por Mossoró com foco político


Do Blog Saulo Vale

A reforma administrativa no governo Robinson Faria (PSD), iniciada a partir da saída repentina da primeira-dama, Julianne Faria (PSD), deve ter reflexos no segundo maior colégio eleitoral do estado.

Robinson está com força esvaziada (Foto: arquivo)

O governo, a menos de 13 meses de acabar, peca feio na articulação política em diversas cidades do interior, com destaque para Mossoró.

Sem apoio de qualquer liderança política de peso, Robinson tem em suas mãos um PSD fragmentado. Outrora, o partido já teve grande expressão política em Mossoró, com um prefeito (Francisco José Júnior), com um presidente da Câmara Municipal (Jório Nogueira) e com o reitor da Universidade do Estado do RN (UERN) (Pedro Fernandes).

O primeiro e o terceiro saíram do partido em demonstrações claras e públicas de insatisfação; o segundo, continua, mas não possui cargo eletivo.

Grupos

Acrescente aí a insatisfação dos três vereadores da legenda – Emílio Ferreira, Tony Cabelos e Maria das Malhas – com o governador Robinson Faria. Eles já tentaram chamar atenção com ameaças de debandada da sigla. Sem sucesso.

Só para se ter uma ideia, o governador Robinson Faria tem dificuldades até de escalar alguém do governo em Mossoró para representá-lo em eventos públicos (veja: Robinson ignora políticos e militar o representa em evento AQUI).

A última tentativa do governador de reagrupamento de sua base política na Terra de Santa Luzia foi quando convidou a deputada Larissa Rosado (PSB) para presidir o PSD em Mossoró. Conversas não avançaram. O grupo assumiu discurso forte de oposição de uns tempos para cá.

Já o grupo da prefeita Rosalba Ciarlini, que ainda possui cargos na estrutura do governo estadual (Isaura Rosado – Cultura), também se mostra distante e sem interesse em dialogar politicamente com Robinson.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 08/12/2017 - 08:26h
Mossoró

Carlos Augusto e Rosalba recebem mais uma pesquisa


Rosalba e Carlos: números à mão (Foto: Arquivo)

O Instituto Gama de Fortaleza (CE), que trabalha para o grupo da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), concluiu mais uma rodada de pesquisas para “consumo interno”.

Material farto, denso, para análise principalmente do comandante-em-chefe Carlos Augusto Rosado.

Avaliação administrativa da “Rosa” e impressões sobre ex-prefeitos como Francisco José Júnior (sem partido) e Cláudia Regina (DEM), constam do relatório

Informações sobre gestão estadual, nomes sondados ao Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e à Assembleia Legislativa, também fazem parte do que foi prospectado nas entrevistas.

Mossoró foi o campo pesquisado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
quarta-feira - 06/12/2017 - 08:40h
Mossoró

Terceirizados da prefeitura estão sem salários há sete meses


Do Blog Saulo Vale

Continua o drama dos servidores terceirizados que prestam serviço à Prefeitura de Mossoró.

O atraso nos salários chega há 7 meses, sem perspectiva de ser atualizado.

Tendem a passar Natal e Ano Novo de bolsos vazios.

Nota do Blog Carlos Santos – Estranho é que a mesma imprensa que vociferava contra o então prefeito Francisco José Júnior (PSD, hoje sem partido), devido a esse problema, se cala, ou fala em sussurros agora, na gestão Rosalba Ciarlini (PP).

Nas redes sociais, muitos dos “revoltados” e gladiadores dos direitos do cidadão e dos trabalhadores, mergulharam de vez.

Mossoró é um caso perdido.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 05/12/2017 - 18:18h
Câmara Municipal de Mossoró

“Anormalidade” do “dinheiro do lixo” finalmente é debatida


A limpeza urbana precária e valores milionários e suspeitos desse serviço, em Mossoró, finalmente foram objeto de debate na Câmara Municipal de Mossoró. Ocorreu na sessão ordinária de hoje (terça-feira, 5).

Até mesmo vereadores ligados ao governo Rosalba Ciarlini (PP) desabafaram. Outros, preferiram silenciar. As denúncias e questionamentos praticamente ficaram sem defesa.

Limpeza urbana movimenta somas impressionantes e carregadas de mistério (Foto: arquivo)

A bancada oposicionista reforçou em argumentos e números, incontestáveis, como é nebulosa e marcada por desinformação e omissão, a relação entre prefeitura e a empresa Construtora Vale Norte Ltda., concessionária do serviço. “A cidade está muito suja”, apontou Rondinelli Carlos (PMN), vereador da oposição.

- O bairro Santo Antônio está coberto de lixo – citou a vereadora governista Aline Couto (PHS), além de relatar outros exemplos de deficiência na coleta em outros bairros. Justificou suas críticas e cobrança, por entender que não pode se calar diante da dimensão do problema. “Ninguém é estrela. A estrela é o povo”, espetou.

Reajuste contratual de 48,3%

Maria das Malhas (PSD), outra governista, narrou que muitos moradores do Alto do São Manoel, onde reside, a procuram em casa e cobram solução para limpeza de ruas. Por mais que peça providências, não consegue ser atendida. “Está difícil para vocês, imagine para nós da oposição”, ironizou Raério Araújo (PRB).

O vereador oposicionista Petras Vinícius (DEM) lembrou que a atual concessionária do serviço de limpeza urbana está em seu quarto contrato consecutivo, sem licitação. Esse negócio passa dos “R$ 52 milhões” e em um ano e meio teve reajuste contratual de 48,3%.

Isolda Dantas (PT) bradou: “Esse dinheiro do lixo não é normal.”

A petista cobrou esclarecimentos e assinalou sua estranheza que uma questão tão delicada como essa, seja ignorada. Os próprios vereadores ligados ao governo, terminaram se calando.

A municipalidade anunciou com estardalhaço que haveria uma licitação no último dia 16 de novembro, mas guardou silêncio sobre seu resultado. O Blog Carlos Santos apurou que houve suspensão, mas a prefeitura não emitiu uma nota sequer sobre o caso.

No portal da prefeitura na Internet há um labirinto para se apurar esse enredo, carregado de muitas dificuldades para o internauta coletar dados.

Leia também: Rosalba pagará mais de R$ 28 milhões à empresa sem licitação AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 04/12/2017 - 09:57h
Festa de Santa Luzia

Robinson ignora políticos e militar o representa em evento


Coube ao major Manoel Lima, comandante do 2º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), representar o governador Robinson Faria (PSD) na abertura da Festa de Santa Luzia 2017, à noite passada, na Catedral de Santa Luzia.

O oficial ladeou a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), a presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro (PMDB) e outras autoridades.

Major Lima ladeou a prefeita Rosalba e a presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro (Foto: redes sociais)

Apesar de ter três vereadores no legislativo local, inscritos em seu partido, além do ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal Jório Nogueira na direção partidária local, o governador ignorou a todos.

Escalou mesmo o major Lima.

E, claro, manteve distância da padroeira e do município – certamente temendo vaias e outras manifestações contra si e seu governo. Em 2016, ele já tinha “mergulhado” veja AQUI. Passou longe dos festejos.

Em 2015, o então prefeito Francisco José Júnior (PSD) experimentou vaia estrepitosa – veja AQUI, no encerramento dos festejos da padroeira.

A própria sucessora e ex-governadora Rosalba Ciarlini (veja AQUI) conhece a mesma sonoridade, pois sofreu isso em 2013.

- A vaia é o aplauso dos descontentes – definiu o jornalista e escritor Nelson Rodrigues.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 01/12/2017 - 11:02h
Filme antigo

Prefeitura, repete ex-prefeito, sobre atraso em pagamento


O enredo é o mesmo. Filme que se repete, mais uma vez, novamente.

A gestão Rosalba Ciarlini (PP) anuncia em redes sociais que “problema na operacionalização bancária” da folha de pagamento do funcionalismo (mês de novembro), acabou provocando “atraso” no crédito dos salários.

Mas tudo será resolvido.

Com o antecessor, ex-prefeito Francisco José Júnior (PSD, hoje sem partido), as explicações começaram assim até ocorrer o injustificável e regular atraso mensal.

A culpa sempre era do banco pagador, de um problema técnico…

A própria prefeita mossoroense já tinha assegurado há alguns meses, que todo o pagamento salarial seria feito “dentro do mês” trabalhado.

Não é mais.

Aguardemos as cenas do próximos capítulo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Curso de Oratória de Francisco Lavor em Mossoró 15 a 28-01-18 veiculação - RODAPÉ
quinta-feira - 30/11/2017 - 06:52h
Mossoró

Depois de décadas prefeitura faz acordo sobre FGTS


Do Blog do Barreto

Nessa quarta-feira (29) o bom senso fez as pazes em Mossoró numa audiência na Justiça do Trabalho capitaneada pelo juiz Vladimir Paes de Castro quando a Prefeitura de Mossoró e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDSERPUM) se entenderam e será assinado um Termo de Acordo de Pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Audiência foi nessa quarta-feira (Foto: Sindiserpum)

A previsão é de que os pagamentos sejam feitos a partir do segundo semestre de 2018. Serão beneficiados servidores que trabalharam na Prefeitura de Mossoró entre 1977 e 1991.

Ironia

O irônico nisso tudo é que essa queda de braço começou em 1991 quando Rosalba Ciarlini exercia seu primeiro mandato de prefeita. A via crucis jurídica seguiu em 2003 quando a “Rosa de Mossoró” já estava no terceiro mandato.

Passaram pelo Palácio da Resistência Fafá Rosado (2005/2013), Cláudia Regina (2013) e Francisco José Junior (2013/2017). Rosalba foi eleita senadora e governadora, ficou sem mandato e se tornou prefeita pela quarta vez.

No fim será sob os auspícios dela que a conta finalmente começará a ser paga.

É muita ironia!

Veja mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
terça-feira - 28/11/2017 - 08:20h
Estranho

“Feito” de Robinson com duodécimo tem tratamento diferente


As decisões em sequência do Tribunal de Justiça do RN (TJRN), em favor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público do RN (MPRN) e dia passado em atendimento à Assembleia Legislativa, determinando repasses de três meses em atraso do duodécimo, já era esperado (veja postagem abaixo ou AQUI).

Estranho é que tenham demorado tanto às petições. Seria ainda mais estranho, se o TJRN agisse com despacho diferente, ao arrepio da lei.

O próprio TJRN também enfrenta problema igual. São três meses sem o duodécimo.

A Defensoria Pública, idem.

“Feito” inédito

É algo inédito  na história administrativa do Rio Grande do Norte.

O “maior” feito do gênero tinha sido alcançado pela ex-governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), que atrasara parte de duodécimos e terminou sendo objeto de pedido de impeachment que terminou ‘esquecido’ na AL.

Por bem menos, que se diga, ela sofreu esse processo, num comparativo com o que acontece agora na gestão Robinson Faria (PSD). Quem deveria agir, não age. Omissão por compadrio?

O que é o duodécimo?

No artigo 168 da Constituição Federal está estabelecido que os recursos proporcionais às dotações orçamentárias, que devem ser atribuídos aos órgãos dos poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública, devem ser entregues até o dia 20 de cada mês, divididos em duodécimos.

Agora, TCE, MPRN, AL, TJRN e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por exemplo, calam-se diante dessa situação. A quase totalidade da imprensa também não mexe no assunto.

Até o Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO/RN), autor do pedido de impeachment de Rosalba Ciarlini, anda mergulhado.

Ou seja, o que vale para a ex-governadora não deve ser usado para Robinson Faria, atual governador. Mudou a lei? Não. Mudou o comportamento em relação à lei.

O Marcco/RN é integrado pelas mais diversas entidades e instituições públicas, privadas, e por membros convidados, como Associação de Magistrados do RN; Associação do Ministério Público do RN; Associação dos Juízes Federais do RN; Universidade Federal do RN (UFRN).

Leia também: O impeachment do governador Robinson Faria AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.