sábado - 21/07/2018 - 11:10h
'União instável'

Sandra Rosado bate de frente com projeto de Rosalba Ciarlini

Vereadora sairá candidata a deputado federal e a sua filha a estadual, em um palanque adversário

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB/RN) convoca seus filiados para participarem da sua Convenção Estadual que se realizará na manhã do domingo, dia 29, no Hotel Holiday Inn, situado na Av. Sen. Salgado Filho, 1906 – Lagoa Nova, Natal – RN, a partir das 8h.

Em comunicado oficial à imprensa, o PSDB informa ainda que além do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) que tentará a reeleição e outras postulações, a legenda apresentará a ex-deputada federal Sandra Rosado em nova disputa.

Sandra e Rosalba passaram cerca de 30 anos como adversárias e sustentam união instável (Foto: Web)

Acrescenta, que ela “tentará mais um mandato na Câmara. Hoje, vereadora em Mossoró, Sandra já pegou a estrada no Alto, Médio e Oeste Potiguar em buscas de ampliar bases. Em 2014, Sandra conseguiu 52 mil votos e ficou na suplência”.

A posição de Sandra causa estrago na relação política com o grupo da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), com quem ela e seu sistema se aliaram em 2016, após cerca de 30 anos de divergência, rivalidade e embates eleitorais diretos.

O rosalbismo ficará em outro palanque (veja AQUI), inclusive indicando o vice do pré-candidato ao governo Carlos Eduardo Alves (PDT), ex-prefeito natalense. Kadu Ciarlini (PP), filho de Rosalba, será esse nome.

Antagônicas

Sandra estará com o governador e pré-candidato à reeleição Robinson Faria (PSD).

Sem apresentar nenhum nome a deputado estadual, a expectativa de Rosalba e seu grupo era de retirada da postulação de Sandra para apoio à reeleição do deputado federal Beto Rosado (PP). Isso não acontecerá, então.

Dessa forma, o rosalbismo não tem obrigação de apoiar a candidatura à reeleição à Assembleia Legislativa de Larissa Rosado (PSDB), filha de Sandra Rosado. A princípio, fica sem qualquer nome a estadual. A princípio.

Enfim, não deve ser surpresa se os Rosados e as primas Rosalba e Sandra estiverem novamente em dois palanques distintos e antagônicos. A ‘união’ delas sempre foi instável mesmo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 19/07/2018 - 16:42h
Definido

PDT anuncia chapa Carlos Eduardo-Kadu Ciarlini ao governo


Nasceu. Nasceu a aliança do PDT com o PP.

Há poucos minutos, o pedetismo potiguar anunciou que o filho da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), Kadu Ciarlini (PP), será o nome a vice indicado para chapa ao governo do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT).

A reunião que sacramentou o entendimento aconteceu em Natal, envolvendo o presidente estadual do PP e ex-deputado federal Betinho Rosado, deputado federal Beto Rosado (PP), Carlos Eduardo Alves, Rosalba Ciarlini (PP), ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado e o prefeito natalense Álvaro Dias (MDB).

Betinho Rosado, Álvaro Dias, Carlos Eduardo, Rosalba, Beto Rosado e Carlos Augusto (Foto: PDT)

Como o próprio PDT antecipara nesta quinta-feira (19), através de uma Nota à Imprensa (veja AQUI), cabia apenas ao grupo rosalbista se acertar internamente quanto ao nome a indicar a vice, para se fechar a aliança. Após muito encolhe-estica, houve a definição.

A princípio, o nome de Kadu era tido como ‘irremovível’ deputado estadual. Mas termina sendo deslocado para essa posição, até por força de profundas dificuldades político-eleitorais na montagem de nominata à Assembleia Legislativa e outros entraves paroquiais e de grupo.

Um beneficiado, um sacrificado

Com essa composição, em que entram também MDB, DEM e o Podemos, o deputado federal Beto Rosado ganha ambiente e meios para tentar a reeleição.

Quem terminou sacrificado foi Kadu. Tinha interesse pessoal em ser candidato ao governo, advogado até com firmeza por sua mãe-prefeita. Recuaram à acomodação de outros interesses, como a prioridade de se tentar a reeleição de Beto Rosado.

Depois traremos mais informações de bastidores e postagens analíticas.

Leia também:

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 19/07/2018 - 07:28h
Eleições 2018

A longa reunião do rosalbismo com Carlos Eduardo Alves


Foi longa, muito longa, mas ainda inconclusa a reunião de representantes do rosalbismo com a cúpula da pré-candidatura ao governo estadual do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT).

A conversa ocorreu nessa quarta-feira, 18 em Natal.

O deputado federal Beto Rosado e seu pai e ex-deputado federal Betinho Rosado, presidente estadual do PP, falaram em nome do rosalbismo.

O xis da questão é a inviabilidade enxergada, até aqui, para candidaturas proporcionais (federal e estadual) do grupo da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 17/07/2018 - 15:02h
Desgaste

Rosalba atinge “Silveirização” e marcha para “Micarlização”


Rosalba e Micarla: passado de sorrisos (Arquivo)

A “Silveirização” da gestão Rosalba Ciarlini (PP) já é uma realidade.

Simplificando: avança em desgaste pessoal e no esgarçamento dos serviços básicos que deveriam ser prestados à população, pela municipalidade, como aconteceu com o antecessor Francisco José Júnior (sem partido).

Está em marcha batida agora para alcançar um patamar ainda mais expressivo, negativamente, a “Micarlização”.

Simplificando: estágio “top” em reprovação popular e sucateamento da máquina pública, ocorrido na passagem da jornalista Micarla de Sousa (sem partido) pela Prefeitura Municipal do Natal.

Vamos fazendo a cobertura desse penoso esgarçamento político-administrativo.

Pior para Mossoró.

Minha Mossoró, o que fizeram com você?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 16/07/2018 - 12:40h
COLUNA DO HERZOG

O contagiante título de Walter Casagrande Júnior


Por Carlos Santos

Futebol é futebol e pronto. É apenas um esporte. Não é política, não é e não deve ser ambiente para reverberar frustrações, diferenças políticas ou rusgas étnicas, pessoais etc. Tudo isso é verdade ou são meias-verdades.

TV ligada após o jogo final da Copa do Mundo de Futebol da Rússia, nesse domingo (15), sem dar maior atenção à cobertura das comemorações ainda em campo da França, pós 4 x 2 na Croácia, capto um desabafo do ex-jogador e hoje comentarista esportivo Walter Casagrande Júnior. O “Casão”, ex-atacante da Seleção do Brasil, oriundo do Corinthians, falou sobre um título pessoal.

Ele participou da experiência que ficou conhecida como “Democracia Corintiana” nos anos 80, até hoje sem multiplicação no esporte brasileiro, verdadeira “revolução” no clube paulistano.

Viveu o inferno de seguidas internações e quase-morte devido o vício das drogas. Emocionou-me. Ninguém à mesa em que eu estava, sequer percebeu. Tinha a companhia dos amigos Lenilson Fernandes e Eudson Lacerda. Falávamos abobrinhas, coisa sem qualquer importância. Nem sobre futebol tratávamos.

Casagrande emocionou-me, repito. A muita gente, creio. Confessou, provocando lágrimas de companheiros de transmissão, que tinha conseguido de forma sóbria cumprir suas tarefas como comentarista. Limpo, inteiro. Venceu outra etapa de sua Copa do Mundo particular.

Ah, Casão! Que golaço, rapaz! Não, futebol não é apenas um esporte. É metáfora da vida; é vida.

É a reprodução do que somos e vivemos fora dos gramados, como indivíduos, como célula de uma organização social; como gente que ganha, perde, mas que acima de tudo desfruta dessa odisseia abençoada que é viver.

Golaço, Casão. Saudações tricolores!

PRIMEIRA PÁGINA

Erick Pereira lançará livro esta semana em Mossoró – O advogado potiguar Erick Pereira, nome que ganhou projeção no país pelo domínio do Direito Constitucional, lançará livro na sexta-feira (20) em Mossoró, às 19h, no Memorial da Resistência. “Reforma Política – Brasil República” é o título da obra, que reúne sugestões e debates sobre a necessidade de uma reforma política no Brasil, com textos em formato de artigos científicos. Tudo que for arrecadado será convertido como doação para a Associação de Pais e Amigos Excepcionais (APAE) de Mossoró.

Reforma Política (Foto: divulgação)

Tudo como sempre no toma-lá-dá-cá – Sai eleição, vem eleição, mas parece que não muda mesmo o toma-lá-dá-cá das campanhas eleitorais. Nesse sertão de meu Deus, é possível encontrarmos um punhado de vereadores, suplentes ou gente se apresentando como “líder”, cobrando de R$ 50.000 a R$ 100.000 por apoio a pré-candidato a deputado federal. Dinheiro perdido. Essa gente não tem o poder que diz ter e muito menos votos para transferir a ninguém.

Prioridade de Henrique Alves é gestão de empresas – A política está no sangue, é inata, indissociável do ex-deputado federal Henrique Alves (MDB). Mas ele redimensiona sua vida em duas pilastras prioritárias agora: família e empresas de comunicação das quais é sócio. A política, como foco em mandato pessoal, não está nos planos neste delicado 2018.

“Rosa” vive situação delicadíssima em Mossoró - Tive acesso à pesquisa quantitativa e qualitativa feita por importante grupo político do estado, para dimensionar o apoio a ser recebido pelo grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) em Mossoró. Os números assustaram, mas não me surpreenderam. Não bateram em nada com o que o rosalbismo diz (mas não mostra) aos seus interlocutores em negociações na capital. Posso lhe afirmar que superam quadro do primeiro semestre de 2014, quando bateu recorde (negativo) em sua própria cidade, época em que era governadora. Nada mais posso adiantar, apesar da vontade.

Câmara Federal terá maior peso e o “quarto senador” – A eleição e reeleição de nomes de peso na política estadual e nacional, no pleito de outubro, tornarão a chamada “Baixa Câmara” (Câmara Federal) ainda mais importante para os destinos da República e do país, na próxima legislatura. A necessidade dos partidos de fazerem bancadas maiores, devido imposições da “Cláusula de Desempenho” (Cláusula de Desempenho prioriza luta à Câmara Federal), também valoriza mais esse poder. No caso do senador José Agripino (DEM), que recuou do projeto de reeleição e seguirá para eleição à Câmara Federal, ninguém duvide: perderá em status, mas não em poder de influência. Eleito, tende a ser uma espécie de “quarto senador” do RN, com ampla liderança e domínio de plenário e bastidores. Esse fenômeno ocorrerá noutros estados, com outras figuras políticas influentes.

Pela capacidade de influência, poder de articulação, Agripino caminha para ser o "quarto senador" (Foto: Marcos Oliveira)

Fátima caminha para ter apoios expressivos em Mossoró – Mesmo sem aboletar como vice o ex-candidato a prefeito de Mossoró Gutemberg Dias (PCdoB), nome com maior densidade eleitoral na região, a senadora Fátima Bezerra (PT) pode ter nomes de peso em seu palanque. Pré-candidata ao governo estadual, a senadora enxerga a política com pragmatismo e sabe o peso de vencer no segundo maior colégio eleitoral do estado. Certíssima.

“Esteiras” se rebelam e causam estragos em grandes partidos/grupos – Pelo menos duas coligações estão fechadas para chapas proporcionais (Câmara Federal e Assembleia Legislativa) reunindo pequenos e médios partidos. Rebelaram-se contra o papel de “esteira” que sempre tiveram nas mãos das maiores legendas e grupos do estado. Apostam que podem eleger nomes aos dois poderes, marchando em faixa própria. A estratégia é ousada e coerente. Uma coligação vai com PMB, PRP, PMN, PTC, PTB, PPS (veja AQUI); outra, com Solidariedade, PSDC, PSC, PV, Patriota e PSL (veja AQUI).

Vivaldo enfrentará campanha bastante difícil – Mesmo entre seus familiares, o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) é visto como nome de difícil êxito à reeleição este ano. A pulverização de pré-candidatos no próprio Seridó, dilapidando intenção de votos de nomes de maior peso (como ele), é uma das dificuldades. Vale lembrar, que Vivaldo já não se reelegera em 2014. Virou deputado pelo falecimento do titular Agnelo Alves (PDT). Ambos faziam parte da Coligação União pela Mudança II.

Campanha eleitoral provoca “nascimento” de muitas páginas políticas – Surgimento de sites, blogs e outras páginas virtuais em diversas redes sociais nos últimos meses, é uma prévia do que se desenha para a batalha eleitoral de 2018. A necessidade de sobrevivência e subsistência de muitos políticos e grupos, é ambiente fértil para o vale-tudo. Tape o nariz. “Na guerra, a primeira vítima é a verdade”. Essa frase, atribuída ao senador norte-americano Hiram Jonhson (1855-1945), cabe como uma luva ao que começamos a testemunhar.

Dois partidos em apuros na pré-campanha do RN – O PP e o PSB foram imprevidentes. Não cuidaram com apuro da formação de nominatas próprias à Câmara Federal e Assembleia Legislativa. Passado o tempo, agora enfrentam delicada situação para eleição/reeleição de seus principais nomes e estão na dependência de engenharias complexas. São ações e concessões externas que podem lhes salvar. Apesar do ótimo capital de cada um possui, com o tempo para rádio e TV, hoje são estorvos. O PP é comandado pelo ex-deputado federal Betinho Rosado e o PSB pelo deputado federal Rafael Motta.

EM PAUTA

Autor e livro - O jornalista André Bisneto, egresso do curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), é o mais novo integrante do corpo de autores da Editora Letramento, de Minas Gerais. “Eu, preta”, reunião de contos-reportagem que percorrem a trajetória de seis mulheres negras e suas vivências, está em pré-venda neste endereço (clique AQUI).

Livre de Bisneto (Foto: divulgação)

Ferramentas – O Salão Nobre da Assembleia Legislativa sediará a exposição de fotografias “Ferramentas para ferir a pedra” de de 6 a 13 de agosto, entre 8 e 15 horas. Os trabalhos são do odontólogo apaixonado pela fotografia, Henrique Pereira Bezerra. O acesso será gratuito.

Bem Casar – Nos dias 14, 15 e 16 de setembro acontecerá a 3ª edição da exposição Bem Casar, realizada pela Master Eventos. A exposição, que desponta como das maiores no segmento e referencial no mercado de casamento, será no Partage Shopping, como as edições anteriores. Para participar do evento e colher maiores informações ligue para o número: (84) 98892-0100. (Do Blog da Chris).

Tudo Azul – A Azul Linhas Aéreas está tão satisfeita com a rota Recife-Mossoró-Recife, que abriu no último dia 13 de junho, com três pousos-decolagens semanais. Poderá ampliar logo para cinco. A princípio, seria em novembro esse aumento. A demanda de passageiros é vista como um acerto exponencial. Bom demais. Mais sucesso.

Senhora Sant’Ana – Começa nesse dia 16 e vai até o dia 26 a festa social e religiosa da padroeira de Luís Gomes (Oeste do RN), Senhora Sant’Ana. Se der, apareço por aí.

Assu no topo – Os jovens assuenses Paulo Ricardo e Nívia Barros ganharam medalhas no Pan-americano e no Pan Open G1 Championships de Taekowndo, ocorrido em Spokane – Washington. Paulo Ricardo foi vice-campeão do Pan-americano trazendo a medalha de prata e subiu ao lugar mais alto do pódio no Pan Open G1 Championships conquistando o ouro. Nívea foi bronze no Pan Open G1 Championships. (Do Assu todo dia).

Paulo e Nívea: medalhistas (Foto: divulgação)

SÓ PRA CONTRARIAR

Senhor pré-candidato: refaça seus cálculos com base na enxurrada de “não voto” e pulverização superlativa de concorrentes este ano. Aviso está dado.

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Finalmente o Campeonato Brasileiro de Futebol 2018, Série A, retorna esta semana. A Copa do Mundo atrapalhou meu lazer.

Obrigado à leitura do Nosso BlogFlaviano Monteiro (Apodi), Almeri Neto (Mossoró) e Chrystian de Saboya (Natal).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (09/07) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
sexta-feira - 13/07/2018 - 11:40h
Mossoró

Desgaste de Rosalba complica seu apoio; Fátima é favorita


Fátima Bezerra marcha em faixa própria e Rosalba definirá apoio por Carlos Eduardo ou Robinson Faria (Foto: arquivo)

Independentemente do palanque em que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) estiver na campanha deste ano, é pouco provável que seu candidato vença o pleito no segundo maior colégio eleitoral do estado – Mossoró.

O pêndulo do rosalbismo oscila entre a candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT) e do atual governador Robinson Faria (PSD).

Ela pode até indicar o vice, mas não chega a ser sua prioridade (veja AQUI). Sabe que o embaraço pode ser ainda maior no final da apuração, se o vice for de sua casa.

Com desgaste pessoal e administrativo crescente, mesmo assim a tendência é que a prefeita e a máquina municipal contribuam sobremodo para seu ungido ao governo.

Mas se a tendência pró-senadora Fátima Bezerra (PT) se encorpar de vez, o que é provável, a petista será a mais votada em Mossoró à Governadoria.

Anote, por favor.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Repet
quinta-feira - 12/07/2018 - 22:50h
Apoio

Os dois interesses do rosalbismo


Beto e Kadu: tensão (Foto: arquivo)

Sem rodeios ou subterfúgios, o rosalbismo só tem dois interesses nas negociações que trava com chapas majoritárias.

Resolvendo-os, fecha.

Um – Viabilidade para reeleição do deputado federal Beto Rosado (PP).

Dois – Viabilidade para eleger Kadu Ciarlini (PP), filho  da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), a deputado estadual.

Nada mais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 12/07/2018 - 09:10h
Nada a declarar

Governo foge de entrevistas como o diabo da cruz


A grita é quase geral. De Natal a Mossoró.

Como é difícil entrevistar um secretário municipal da Prefeitura de Mossoró.

“Não pode”, “está ocupado”, “está com agenda cheia”, “depois retorna”… são as evasivas mais comuns.

Também é quase impossível se fazer uma entrevista sem restrição de assunto, com a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP). “Qual o assunto?” – questiona-se de forma inquisitiva.

Raros órgãos de imprensa conseguem esse feito de ouvi-la. Quem obtém sucesso já sabe a regra: evitar perguntas desagradáveis à governante.

Nem favor nem generosidade

O governo municipal e seus atuais agentes públicos talvez não saibam, que prestar contas de suas atividade é um dever, algo compulsório, não um favor ou generosidade.

Se não tem o que falar, talvez não tenha o que mostrar ou precise esconder algo. É o que deduzimos.

Enfim, saudades de outros tempos. Tempos de Cláudia Regina (DEM), o próprio Francisco José Júnior (sem partido) e o “velho” Dix-huit Rosado, só para lembrar alguns.

Talvez lá adiante queiram e precisem falar e existam poucos interessados em ouvi-los. Por enquanto, todos fogem de entrevistas como o diabo da cruz.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 11/07/2018 - 19:46h
Saúde

Prefeita ainda não definiu novo nome para secretaria


Apesar das sondagens, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) não fechou ainda o nome para substituir o atual secretário municipal da Saúde – Benjamim Bento.

Até aqui, ouviu sonoro “não”.

Mas já começou a mexer nas entranhas da própria secretaria.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 10/07/2018 - 12:16h
Eleições 2018

Blog Carlos Santos aborda política do RN no Meio-dia Mossoró


Nesse último dia 6 (sexta-feira), a convite do jornalista Bruno Barreto, o editor do Blog Carlos Santos participou do programa “Meio-dia Mossoró”, na FM 95.7 de Mossoró.

Conversamos sobre o quadro político em geral, com especial atenção à pré-campanha estadual.

Em dois vídeos que se encadeiam, encaixados nessa postagem, um resumo desse nosso bate-papo que também foi reproduzido no domingo (8), no programa “Plenário TCM”, da TV Cabo Mossoró (TCM), Canal 10.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Comunicado do Blog / Política
  • Repet
quinta-feira - 05/07/2018 - 10:46h
Porcellanati

Rosalba volta a assumir “obra” que não existe nem lhe cabe

Propaganda maciça 'vende' a informação de que prefeita é a responsável por reabertura de fábrica

A Comunicação Social/Propaganda da Prefeitura Municipal de Mossoró volta a aprontar. Outro papelão, que se diga. Novamente, tenta de se apropriar de fato alheio à intervenção direta ou indireta da municipalidade, para granjear simpatia popular personalista em favor da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Propaganda enganosa se apropria de algo que não existe e não tem participação alguma da prefeitura (Foto: reprodução)

Desde o dia passado que desencadeou uma espécie de crossmedia (uso simultâneo de diversos canais de comunicação, como rádio, jornal impresso, o mobile, redes sociais na Internet etc.) para induzir a opinião pública a acreditar que a gestão Rosalba é responsável por suposta reabertura da Porcellanati Revestimentos Cerâmicos Ltda. (Grupo Itagrês).

Através de vários meios de comunicação, oficiais e não oficiais, informa que a empresa voltará a funcionar em dezembro, atestando que “é mais uma vitória do diálogo”. A Porcellanati começou a funcionar em dezembro de 2009, com investimento de R$ 120 milhões, sendo R$ 51 da Sudene, R$ 21 milhões do Banco do Nordeste e o restante de outras fontes. Paralisou atividades em abril de 2014 e chegou a prometer que reabriria produção em janeiro deste ano (veja AQUI). Estamos em junho de 2018.

- Aí é uma palhaçada. Quantas vezes a prefeitura se preocupou com as centenas de país de família que estão sem receber seus encargos trabalhistas? Agora que vai aparecer uma notícia positiva, todo mundo quer participar – desabafa José Ronaldo, que faz parte de comissão de negociação de trabalhadores da empresa, que ainda tentam receber seus direitos trabalhistas.

Recuperação judicial inconclusa

A Porcellanati passa por processo de recuperação judicial que ainda não está concluído. A empresa Innovare Administradora em Recuperação e Falência (veja AQUI) conduz trabalho para “ressuscitar” o grupo, saneando seus débitos e viabilizando retomada de produção.

O grupo controlador da Porcellanati teve acatado seu pedido de “Plano de Recuperação Judicial” (processo de número 0300460-44.2017.8.24.0075, 1ª Vara Cível, na Comarca de Tubarão-SC), envolvendo suas cinco fábricas. Uma delas está em Mossoró.

Cerca de 600 trabalhares, credores bancários e fornecedores participaram de uma reunião no dia dia 16 de abril passado em Tubarão-SC, no auditório da Universidade do Sul de SC (UNISUL), na tentativa de acordo. O impasse continuou, principalmente com os ex-empregados, entre eles, dezenas de mossoroenses. No próximo dia 17 haverá outra audiência para tentar sanar divergências.

Ao final de janeiro de 2017, Rosalba listava "realizações" abstratas e incluía voo inexistente da Azul (Foto: Arquivo BCS)

Esse episódio da Porcellanati lembra outros tantos em que a gestão da prefeita Rosalba tentou tirar proveito daquilo que não lhe cabe. A reincidência mostra que é uma política de governo promover propaganda enganosa. Mentir, repetir a mentira, até parecer que é verdade.

Logo no início da atual gestão, por exemplo, divulgou como ‘obra’ sua, a retomada dos voos comerciais no Aeroporto Dix-sept Rosado com a Azul Linhas Aéreas, algo que só seria consumado de verdade em junho desde ano, por iniciativa da administração Robinson Faria (PSD).

Apesar do embaraço e dos micos, insistiu em propagar a realização como sua: Rosalba reforça propaganda enganosa sobre voos da Azul. Se colar, colou. Mentir não constrange a governante nem sua equipe escalada para sacramentar o “enrolation“.

Leia também: Inspeção mostra condições para reativação da Porcellanati.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação / Política
quarta-feira - 04/07/2018 - 06:20h
Senado

‘Dívida moral’ leva os Alves a definirem suplência de Garibaldi

Grupo quer Marcelo Queiroz da Fecomércio/RN, descartado em 2016, para ser o suplente do senador

Marcelo Queiroz (MDB), presidente licenciado da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), será o primeiro suplente do senador Garibaldi Filho (MDB), pré-candidato à reeleição ao Senado. Ele declarou oficialmente à noite desta terça-feira (3) que recebeu o convite e aceitou.

Foi convidado pelo próprio senador por seu filho e deputado federal Walter Alves (MDB).

Garibaldi agora quer Queiroz ao seu lado, após seu grupo ter sido muito deselegante com ele em 2016 (Foto: Fecomércio/RN)

A iniciativa do MDB de Garibaldi e Walter, é quase uma tentativa de reparar deselegância praticada pela cúpula do partido em 2016. Queiroz era nome “certo” para ser candidato a vice do então candidato à reeleição à Prefeitura Municipal do Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), mas foi descartado na 25ª hora, para atender a conveniências políticas das disputas eleitoral em Natal e Mossoró.

Esclarecendo: a articulação dos dirigentes emedebistas – com participação do senador José Agripino (DEM) – foi deslocar o então deputado estadual Álvaro Dias (MDB) para a chapa de Carlos Eduardo, ensejando que abrisse vaga na Assembleia Legislativa para a suplente Larissa Rosado (do PSB, hoje no PSDB). Assim aconteceu, contribuindo para fechamento de chapa em Mossoró com a ‘união’ dos Rosados.

Escambo

A engenharia que juntou os dois maiores colégios eleitorais do estado, Natal e Mossoró, vislumbrava uma contrapartida político-eleitoral para este ano de 2018. Viabilizando o retorno de Larissa à AL, os Alves esperavam o apoio do grupo dela e da prefeita eleita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), à postulação de Carlos Eduardo Alves ao governo.

Até o momento, o enredo é o seguinte: Larissa está no projeto de reeleição do atual governador Robinson Faria (PSD) e Rosalba ainda não decidiu para que lado penderá seu apoio e do seu sistema.

O escambo só foi vantajoso para uma das partes: os Rosados do A e do B. Os Alves ficaram com uma ‘dívida moral’ com Marcelo Queiroz, que agora tentam resgatar. Menos mal.

Leia também: ‘Consórcio’ Alves-Maia-Rosado planifica poder para 2018 (20 de Outubro de 2016).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 03/07/2018 - 17:28h
Mossoró

DEM vota pró-Rosalba, mas vereador diz não apoiar governo


Componente da bancada de oposição ao Governo Rosalba Ciarlini (PP) na Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Petras Vinícius (DEM) reforçou com seu voto a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 135/2018, que trata da minirreforma administrativa governista. Foi nesta terça-feira (3), na Casa.

Petras Vinícius, na oposição, não relaciona voto (e 'gravata') com uma outra inclinação política (Foto: Edilberto Barros)

Mas garante: “Não foi nada de alinhamento político”. Segue na oposição à ‘Rosa’, num momento em que seu partido dá apoio à pré-candidatura ao governo estadual do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) e o grupo da prefeita pode reforçar mesmo palanque.

Petras votou a favor da institucionalização de três novas secretarias, por entender que são importantes – “como a de Esporte e a de Agricultura”. E, acrescenta: “Não demandarão maiores despesas além do que já existe”.

Destaque

Ele rebelou-se foi contra a criação de quatro cargos para o Gabinete da prefeita, sendo dois com salários de R$ 4 e mais dois no valor de R$ 7 mil.

O vereador apoiou destaque questionando esse e outros pontos do projeto, que foi apresentado pela vereadora oposicionista Isolda Dantas (PT). Mas a proposição foi derrubada.

Com O PLC, nasce a Secretaria de Esporte, desmembrada da Secretaria de Educação; Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos, que será desmembrada da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, além da Secretaria de Finanças e Compras, nascida da Secretaria de Administração.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 03/07/2018 - 10:00h
Kadu Ciarlini

A vontade entusiasmada da ‘Rosa’


É vontade da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) ter o filho Kadu Ciarlini (PP) como candidato a deputado estadual este ano. Entusiasma-se.

Kadu, Carlos e Rosalba: indefinição. Ainda (Foto: Web)

O pai, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, até vislumbra a indicação dele para vice-governador. Contudo é mais comedido.

Provavelmente vai se repetir o que ocorreu em 1998 (há 20 anos), quando Rosalba Ciarlini estava em seu segundo mandato municipal: ela quis a irmã Ruth Ciarlini (hoje no PP) como candidata a deputado estadual. E assim ocorreu.

Até àquele momento, o então presidente da Câmara Municipal de Mossoró e aliado do casal, engenheiro Vicente Rego (PFL), tinha a promessa de ser o candidato do grupo à Assembleia Legislativa.

Ruth elegeu-se; Vicente, não.

Previsível.

Anote, por favor.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 03/07/2018 - 07:38h
Reforços

Robinson aguarda, para esta semana, chegada de PR e PP


Do Blog Saulo Vale

Em conversa com o Blog Saulo Vale sobre conjuntura política e eleições, o governador Robinson Faria (PSD) garantiu que trabalha para atrair mais partidos ao arco de alianças que costura para seu projeto de reeleição.

Foi durante sua passagem a Mossoró neste fim de semana.

“Essa semana devemos receber mais apoios, dentre eles o PR e o PP”, afirmou.

Nota do Blog Carlos Santos - Só para esclarecer: o PR é comandado no estado pelo ex-deputado estadual João Maia.

O PP é presidido pelo ex-deputado federal Betinho Rosado, sigla da qual faz parte a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini e o deputado federal Beto Rosado.

Até o momento, nenhuma das duas legendas antecipou quem apoiará à sucessão estadual.

Contagem regressiva

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 02/07/2018 - 09:51h
COLUNA DO HERZOG

Segue a rotina de sempre na capitania hereditária potiguar


Por Carlos Santos

Aos 30 anos, Túlio Gadelha (PDT), professor universitário e com formação em direito, é pré-candidato a deputado federal em Pernambuco. Já concorreu a vereador em Recife-PE e à Câmara Federal, respectivamente em 2012 e 2014, sem sucesso. Mas agora é um nome visto como viável.

Ele chega a admitir (veja AQUI) que a projeção estelar recente tem uma explicação: se transformou em namorado da jornalista e apresentadora de TV da Rede Globo de Televisão, Fátima Bernardes. Aí foi “pei e bufo“, como espelha um bordão nordestino.

Por essa e outras, não devemos estranhar que nossa política siga célere pro brejo, mesmo quando muitos falam em mudança. Ter namorada “conhecida”, pai abonado e pertencer a alguma dinastia são critérios mais importantes do que revelar espírito público, capacidade intelectual ou liderança social.

Claro que no meio dessa gente, aqui e ali aparecem os vocacionados, os preparados, os que se provam ser úteis e revelam competência. Mas são exceções raríssimas, que se diga.

Por que estranhar, por exemplo, que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) queira seu filho Kadu Ciarlini (PP) com um mandato eletivo, a partir das eleições deste ano?

Por que estranhar que entre os “irmãos” evangélicos, a política familiar se sobreponha aos interesses das congregações? Os deputados federal e estadual (pai e filho) Antônio Jácome (PODEMOS) e Jacó Jácome (PSD), e o casal deputado estadual Albert Dickson (PROS)-vereadora natalense Carla Dickson (PROS), estão aí para provar que a mesa deles é mais importante do que a Casa do Senhor.

Velhos oligarcas são inspirações para muitos que tentam ascender ao poder, escalar outros andares sociais puxando filho, mulher, sobrinho, nora, patinho de borracha, pinguim de geladeira ou criado-mudo da família.

Na pré-campanha deste ano no RN, os casos de oligarquias incipientes e outras renitentes são ainda maiores, mesmo com tanto desgaste politico. Nenhum partido, plano de governo e ideário econômico-administrativo-político são mais importantes.

Prevalece a rotina de sempre na capitania hereditária potiguar. E quando olhamos para os lados, não é muito diferente em boa parte do Nordeste e do país. Seus legatários não pensam nem um pouco em mudar o que tem dado certo há séculos. Para eles, claro.

PRIMEIRA PÁGINA

José Agripino toma decisão que faltou à Wilma e Geraldo – Quando há alguns meses comentávamos que era delicada a situação do senador José Agripino (DEM), à reeleição, algumas vozes consideravam exageradas e catastróficas as previsões quanto ao seu projeto de político. O “fenômeno” Zenaide Maia (PHS), no seu encalço, seria fogo de palha. Agripino acordou em tempo, até mesmo à frente de muitos que o seguem, para tomar a decisão politicamente correta. Vai concorrer à Câmara Federal. Não é caso de humildade ou atitude menor, mas de sensatez política, que faltou no passado à Wilma de Faria (já falecida) e Geraldo Melo (PSDB). Em 2010, por exemplo, Wilma chegou a ser aconselhada por um assessor a desistir da postulação ao Senado. Irritou-se. Perdeu o pleito. Antes, Geraldo tinha reeleição difícil ao Senado. Teimou, perdeu. Corretíssimo, Jô-sé (como diria, soletrando, o seu pai Tarcísio Maia). Vá em frente.

Mossoró tem vaias para Robinson e para besteirol de música da “Rosa” – O final do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018 terminou com o evento denominado “Boca da Noite”, cortejo de trio-elétricos na Avenida Rio Branco (centro), no sábado (3). Por lá foi possível se ouvir vaia afinada de setores organizados e espontaneamente, dirigida ao governador Robinson Faria (PSD). Manifestação do mesmo tipo, mas em tom menor, sobrou para a prefeita Rosalba Ciarlini (PP), quando um cantor pediu palmas para a “Rosa”, em meio a um jingle (“Viva todas as rosas”) da campanha dela em 2016. Prevaleceram as vaias.

Robinson e Rosalba: "Boca da Noite" (Foto: cedida)

Gustavo Fernandes tem situação especialmente delicada – A mudança abrupta e surpreendente do deputado estadual “bacurau” e peemedebista histórico Gustavo Fernandes, do MDB para o PSDB, no final do prazo legal (início de abril), terá consequências delicadas à sua campanha. É muito difícil sua situação no partido dos Tucanos, “apoiando” a candidatura à reeleição do governador Robinson Faria (PSD), contra um Alves, o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Sua reeleição é pouco provável. Ele caiu como um patinho no “Conto do Ezequiel”. O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), prometeu-lhe mundos e fundos, mas Gustavo já percebeu que não tem como compensar sua mudança radical e não há meios de tudo ser cumprido.

Carlos Eduardo tem passagem bastante produtiva por Mossoró – A passagem do governadorável Carlos Eduardo Alves (PDT) por Mossoró na sexta-feira (29) e sábado (30) foi muito alentadora. Sua comitiva com o prefeito natalense Álvaro Dias (MDB), senador Garibaldi Filho (MDB) e deputado federal e pré-candidato ao Senado Antônio Jácome (PODEMOS) aproximou-o de lideranças evangélicas e tornou mais palatável o apoio do rosalbismo, grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A propósito, ele esteve no evento denominado “Boca da Noite”, que encerrou o Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018, a convite da prefeita. Nos bastidores, rolou um “papo reto” com a cúpula do grupo.

O “Fator Capitão Styvenson” na corrida ao Senado – A pesquisa divulgada no domingo (1º) para disputa ao Governo do RN e ao Senado (veja AQUI e AQUI) teve como principal diferencial em relação a outras já publicizadas, o surgimento – com musculatura – do nome do Capitão Styvenson Valentim (sem partido). Ele apareceu com fôlego para brigar por uma vaga ao Senado. Pode ser apenas um espasmo, mas ninguém deve desdenhá-lo. Se for o caso de crescimento continuado (o que só outras pesquisas adiantes vão aferir ou não), estará no páreo por uma das duas vagas em jogo. É o caso típico do “outsider”, alguém fora do sistema, capaz de galvanizar atenção e amealhar votos, contrariando tendências e atropelando hipotéticos favoritos. Ele pode ser a “novidade” do pleito.

Styvenson já é uma sombra para nomes mais tradicionais na corrida ao Senado (Foto: Ana Silva/TN)

Fátima Bezerra intervém para formação de alianças proporcionais - A própria senadora Fátima Bezerra (PT) pesou com sua voz e liderança, além de interesse próprio e direto, para que seu partido resolvesse baixar a bola e recuar da resistência em fazer aliança na proporcional com PHS e PCdoB. A regra do “venha nós”, apenas, não prevaleceu. Nem deveria, claro. Fátima conquistou capital de intenção de voto que é muito parco e volátil até o momento, na pré-campanha.

Avante, PRB e outras siglas não querem fazer esteira - Siglas como Avante e PRB, além de outras legendas que desembarcam e vão arranchar no governismo, querem distância de coligação direta com o PSDB, liderado pelo presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira. O partido tem oito deputados estaduais e quer reeleger pelo menos uns seis (veja AQUI). Só para lembrar: nas eleições de 2014, o quociente eleitoral para as 24 vagas à AL atingiu o total de 69.097 votos. Para começar a sonhar com esse “feito”, o PSDB precisa de uma longa e densa esteira de outros partidos. Quem se habilita?

Gutemberg Dias é o nome com maior potencial para ser vice – Entre os quatro nomes apresentados pelo PCdoB (veja AQUI) como opção a vice-governador na chapa encabeçada pela senadora Fátima Bezerra (PT), o que tem maior pontuação para se encaixar como seu vice é o professor, geógrafo e ex-candidato a prefeito de Mossoró em 2016 – Gutemberg Dias. Desde que saiu do pleito paroquial com a maior votação da esquerda local em todos os tempos, é nítido que ele só tem expandido sua marca pessoal. Está muito além do gueto partidário e do espectro ideológico. Anote, por favor.

Quase metade dos federais do RN não deverá concorrer à reeleição – Dos oito deputados federais do RN, no exercício do mandato atualmente, pelo menos três estão fora do páreo: Felipe Maia (DEM), que cederá lugar para o pai e senador José Agripino (DEM); Antônio Jácome (PODEMOS), que disputará cadeira ao Senado no lugar de José Agripino; Zenaide Maia (PHS), nome que vai tentar também uma das vagas ao Senado. Os cinco restantes são estes: Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB) e Beto Rosado (PP). A princípio, todos tentarão renovação do mandato. A princípio. Mas podemos ter novidades até as convenções no início de agosto. Ouvido ao chão, como bom índio Sioux, Apache, Cheyenne, Comanche, Navajo ou Cherokee.

Betinho Rosado entra nas conversas políticas decisivas – Com aquele seu jeito manso, sempre cofiando a barba grisalha e em intervenções que costumam ser cartesianas, o ex-deputado federal Betinho Rosado (PP) entrou de cabeça nas conversas políticas decisivas para o rosalbismo. Pai do deputado federal Beto Rosado (PP) e presidente estadual do PP, ele participa de negociações que esta semana poderão estar fechadas. Então, tá!

EM PAUTA

Presença – A professora e repórter social Marilene Paiva prepara-se para reposicionar sua marca “Presença” na mídia mossoroense e regional. Vai estrear programa em breve na TV Terra do Sal (Canal aberto 14 e 173 no sistema cabo Brisanet). Sucesso, minha cara.

"Presença" de Marilene Paiva (Foto: Web)

Campeão - O Renegados é o primeiro campeão da Liga Mossoró de Futebol Amador. O time do Sumaré goleou o Teimosos por 5 a 1, na tarde deste sábado (30), no Campo O Luizão, no conjunto Nova Vida, e ficou com o título. Saiba mais detalhes sobre a competição clicando AQUI.

Martins – O 12º Festival Gastronômico e Cultural de Martins, marcado para acontecer entre os dias 20, 21 e 22 deste mês, promete ser o mais concorrido de todos os tempos. A procura por pousadas e hotéis (além de aluguel de casas) é um bom termômetro disso.

Década de 60 – O Teatro Riachuelo no Midway Mall vai apresentar nos próximos dias 6 e 7 (sexta e sábado) o espetáculo “60 – Década de Arromba – Documento Musical”. A cantora Wanderléa é a principal estrela da produção que já foi vista por mais de 150 mil pessoas no Rio de Janeiro e São Paulo.

IF em Jucurutu – Nesse sábado (30), o município seridoense de Jucurutu viveu dia histórico. O ministro da Educação, Rossieli Soares, participou de solenidade de assinatura do termo de sessão da Escola Municipal Wagner Lopes de Medeiros e a liberação de recursos na ordem de R$ 800 mil para a instalação provisória do Instituto Federal do RN (IFRN) no município. É uma iniciativa diferenciada para a região em si. Evento teve participação de autoridades políticas municipais, deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), senador José Agripino (DEM) e reitor do IFRN, Wyllys Tabosa.

Carnapau – Pau dos Ferros deverá ficar empanzinada de gente dos mais variados municípios e até de outros estados, nesse próximo final de semana. Entre os dias 6 e 8 vai acontecer a micareta “Carnapau”, com atrações nacionais como Léo Santana, Babado Novo e Durval Lelys. Saiba mais clicando AQUI.

SÓ PRA CONTRARIAR

Anote e aguarde por desistências de candidaturas na majoritária e na proporcional no RN.

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Meu caro “Pituleira”, prepare-se que esbarro por nosso Caicó (se Deus quiser!) na festa de Sant’Ana. Vamos botar as prosas e as gargalhadas em dia. Tenho um monte de coisas para não fazer por aí.

Obrigado à leitura do Nosso BlogJuscelino França (Assu), Rose Cantídio (Mossoró) e Juscelino Rêgo (Pau dos Ferros).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (25/06) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 29/06/2018 - 23:56h
Eleições 2018

“Agora vamos resolver a questão do vice”


“Uma coisa de cada vez. Agora vamos resolver a questão do vice”.

Essa frase do parágrafo acima, o Blog Carlos Santos captou nessa sexta-feira (29), em meio ao anúncio de apoios e de nomes à chapa majoritária a ser encabeçada pelo ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) – veja AQUI, nas eleições 2018.

A bola da vez é o grupo da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), para fechar na chapa ao governo os maiores colégios eleitorais do estado.

O vice pode ser do filho da prefeita, outro Carlos Eduardo, o “Kadu Ciarlini”, ex-chefe de Gabinete da municipalidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/06/2018 - 09:30h
Reforma administrativa

Rosalba quer criar mais três secretarias municipais


Pousou nesta terça-feira (26), na Câmara Municipal de Mossoró, o projeto de reforma administrativa da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Entre as novidades, ela propõe a criação de mais três secretarias: Esporte e Agricultura e Recursos Hídricos que atualmente são secretarias executivas.

Haverá ainda um desmembramento da Secretaria de Administração, Recursos Humanos, Compras e Finanças.

Será mantida a Secretaria de Administração e Recursos Humanos e dela nascerá a Secretaria de Finanças e Compras.

Ano passado, Rosalba já tinha criado a Secretaria de Cultura, com cerca de 40 cargos comissionados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 25/06/2018 - 22:50h
Eleições 2018

Partidos podem fechar apoio a Robinson


PP da prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini;

PSB do deputado federal Rafael Motta;

PR do ex-deputado federal João Maia.

Todos podem se juntar a outras tantas siglas que já estão ou acenaram com apoio à reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

O PSDB esta praticamente negociado, que se diga.

Ouvido ao chão como bom índio Sioux, Comanche, Cherokee, Navajo, Apache ou Cheyenne.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 23/06/2018 - 13:10h
Primeiro turno

Grupo de Rosalba Ciarlini poderá ficar “no muro”


Rosalba pode evitar "se comprometer" (Foto: web)

Do Blog Política em Foco

O grupo da prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) poderá optar pela neutralidade no apoio da chapa majoritária no primeiro turno do pleito de 2018.

Rosalba terá como prioridade a eleição do sobrinho Beto Rosado (PP) para federal e do filho Kadu Ciarlini (PP) para deputado estadual.

Para chapa majoritária o governador Robinson Faria (PSD) e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT), ambos postulantes ao Executivo, ofereceram o espaço de vice para o grupo de Rosalba, mas não tiveram resposta.

Nota do Blog Carlos Santos – Há mais de uma semana que existem esses rumores, ainda de modo muito discreto.  Depois traremos material analítico-opinativo e mais informações de bastidores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 21/06/2018 - 20:40h
Mossoró

Robinson ganha elogios e companhia de Rosalba e seu grupo


Em ampla agenda administrativa que cumpriu nesta quinta-feira(21) em Mossoró, o governador Robinson Faria (PSD) foi acompanhado em parte dela pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), vereadora Sandra Rosado (PSDB) e a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB).

Na entrega do quarto Restaurante Popular em Mossoró, Robinson foi ladeado por Rosalba e Larissa (Foto: Ivanízio Ramos)

Em tempos de indefinições de quase tudo em termos de candidaturas e alianças, ambas deram mais fermento para alimentar a indústria das especulações.

Rosalba até arriscou alguns elogios pessoais e às realizações do governador, que fora seu vice e a sucedeu no estado. No último dia 2, na abertura do ciclo de eventos do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018, a prefeita já dedicara atenção ao governador (veja AQUI).

* Os ex-vereadores Jório Nogueira (PSD) e Cícera Nogueira (PSD), além dos atuais vereadores Rondinelli Carlos (PMN) e João Gentil (sem partido), também acompanharam a agenda do governante.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 19/06/2018 - 10:36h
Cirurgiões-dentistas

Prefeita não atende grevistas e mantém retaliações à greve


A Prefeitura Municipal de Mossoró ainda não deu qualquer retorno ou abriu qualquer espaço à negociação com cirurgiões-dentistas do município, que estão em greve desde o último dia 11 (veja AQUI).

Anselmo: silêncio (Foto: arquivo)

Até aqui, há promessa (não cumprida) de apresentação de uma proposta à pauta dos profissionais. Contudo, a determinação da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) foi de corte de ponto e retirada de plantões extras àqueles que eventualmente dariam essa modalidade de expediente.

Dez anos de prejuízos

À semana passada, o secretário de Saúde do município, Benjamim Bento, assegurou a representante dos grevistas que o consultor geral Anselmo de Carvalho apresentaria estudo sobre os pleitos. Asseverou que isso ocorreria na sexta-feira (15), mas não aconteceu contato.

Há 10 anos os cirurgiões-dentistas atuam com 40h e recebem salário-base de 20h. São 10 anos também com gratificação congelada. Os profissionais, paralelamente, aguardam uma audiência pública na Câmara Municipal, que foi assegurada para o próximo dia 28.

A prefeita prometeu dia 19 de abril que em maio apresentaria posição sobre os pleitos. Até o momento, quase dois meses depois, nada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.