quarta-feira - 20/03/2019 - 22:10h
Pessoa não agradável

Governistas ‘punem’ sindicalista com título indesejável


Marleide: "pessoa não agradável" (Foto: arquivo)

A bancada governista na Câmara Municipal de Mossoró realizou sozinha nesta quarta-feira (20), uma sessão extraordinária para apreciar e votar uma única matéria: concessão de título de persona non grata à sindicalista-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), Marleide Cunha.

Marleide lidera greve do professorado municipal desde 0 último dia 8. No final de semana, o Sindiserpum patrocinou veiculação de campanha em outdoor e redes sociais, que tacha a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e sua bancada de “Traidores dos servidores” (veja AQUI), por não aprovarem reajuste salarial do magistério com base no piso nacional.

Irados, os governistas tentaram derrubar na sessão ordinária à manhã de hoje, proposição do vereador oposicionista Gilberto Diógenes (PT), que agraciava Marleide Cunha com a Medalha de Reconhecimento Celina Guimarães.

Bate-boca

Em meio bate-boca cerrado entre oposicionistas e governistas, a sessão foi suspensa por cerca de duas horas. A oposição esvaziou plenário para impedir derrubada da proposta de Gilberto Diógenes. Mas os governistas não se deram por vencido.

Fizeram uma sessão extraordinária e ‘puniram’ a sindicalista.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 19/03/2019 - 21:00h
Mudança

Legislativo reduz férias prolongadas para ‘apenas’ 52 dias


Ozaniel (sentado) e Izabel: autores (Foto: Edilberto Barros)

A Câmara Municipal de Mossoró acrescentou 38 oito dias às atividades de plenário, ao reduzir recesso parlamentar dos atuais 90 dias para 52 dias.

Os vereadores aprovaram a mudança, na sessão desta terça-feira (19).

O recesso compreendia todo o mês de julho (30 dias) e de 15 de dezembro a 15 de fevereiro (60 dias).

Agora, será de 17 de julho a 1º de agosto (14 dias) e de 23 de dezembro a 1º de fevereiro (38 dias) – 52 dias, ao todo.

A mudança foi introduzida no Regimento Interno da Câmara e na Lei Orgânica do Município, em proposições conjuntas de autoria dos vereadores Ozaniel Mesquita (PR) e Izabel Montenegro (MDB).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 16/03/2019 - 17:28h
Protesto

Prefeita e vereadores são “traidores dos servidores”


Outdoor espelha revolta (Foto: reprodução)

Do Diário Político

“Vocês tiram meus direitos e eu tiro seu sossego”. Essa é a frase de um outdoor colocado na Avenida Leste-Oeste em Mossoró, com fotos de 13 vereadores e da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), chamados de “traidores dos servidores”.

A autoria da placa gigante é do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), que cobra diálogo com o executivo mossoroense.

A revolta estampada no outdoor é devido projeto de lei do Executivo, votado na Câmara Municipal esta semana, que trata sobre reajuste salarial do professorado, visto como aquém das perdas da categoria.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 15/03/2019 - 17:44h
Hoje

Câmara homenageia Mossoró com sessão solene


A Câmara Municipal de Mossoró comemorou nesta sexta-feira (15), em sessão solene pela manhã, os 167 anos de emancipação política do município.

Sessão teve vários homenageados (Foto: BCS)

A solenidade contou com a presença de diversas autoridades e representantes de segmentos diversos da sociedade. Diversas pessoas foram homenageadas.

O conferencista da cerimônia, professor e historiador Olismar Lima, rememorou a origem do nome da cidade e a evolução do povoado até se tornar município, em 15 de março de 1852. “A epopeia histórica revela o dinamismo da nossa gente, progressista em todos os aspectos”, sublinhou.

Os deputados estadual e federal, respectivamente Allyson Bezerra (Solidariedade) e Beto Rosado (PP) pronunciaram-se na sessão, enaltecendo a pujança do município.

A vice-prefeita Nayara Gadelha representou a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Às 19h, é a Assembleia Legislativa quem realiza sessão solene em Mossoró, no Teatro Lauro Monte Filho, em homenagem a Mossoró, por proposição do deputado Allyson Bezerra.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
terça-feira - 12/03/2019 - 14:16h
Servidores municipais

Vereadores aprovam reajuste salarial sob protesto


De nada adiantou o protesto de servidores municipais na imprensa, redes sociais, ruas e nas galerias da Câmara Municipal de Mossoró.

Por 13×7 a Câmara Municipal aprovou em uma sessão bastante tumultuada o reajuste salarial dos servidores municipais.

Receberão reajuste de 3,75%, percentual contestado pelo funcionalismo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutubeAQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 12/03/2019 - 08:20h
Sessões solenes

Câmara e Assembleia lembrarão os 167 anos de Mossoró


Sexta-feira (15), Mossoró, que completará 167 anos de emancipação política. Para celebrar a data, na qual, em 1852, o então povoado foi elevado a município, a Câmara Municipal e a Assembleia Legislativa do RN realizarão eventos especiais.

Foto da primeira metade do século passado mostra parte da Praça Vigário Antônio Joaquim

Na Câmara Municipal acontecerá sessão solene, às 9h, no plenário da Casa. A solenidade faz parte do calendário oficial do Poder Legislativo.

Com propositura do deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará sessão solene em homenagem aos 167 anos de emancipação política de Mossoró. A solenidade acontecerá na sexta-feira (15), no Teatro Lauro Monte, às 19h, também na sexta-feira.

Entre os homenageados da noite estão Padre Sátiro Cavalcante; o poeta Antônio Francisco; o escritor Davi Leite; o jornalista Emery Costa; o servidor da Ufersa Francimar Honorato dos Santos; o médico Dr. Cure de Medeiros, o pastor José Dantas Filho; membro da Academia Feminina de Letras e Artes de Mossoró (AFLAM) Maria Lúcia Escóssia e o ex-jogador de futebol Odilon Gomes de Almeida.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 08/03/2019 - 16:38h
Legislativo

Petista vai ocupar liderança de bancada oposicionista


Diógenes: líder (Foto: reprodução)

Do Blog Carol Ribeiro

Um mês depois de assumir a cadeira de Isolda Dantas (PT) na Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Gilberto Diógenes (PT) resolveu aceitar assumir a liderança da bancada de oposição.

Ele deverá cumprir a missão que os demais colegas de bancada rejeitaram, de unir a bancada esfacelada depois das divergências geradas pela verba de gabinete, além de articular a fraca oposição a Rosalba Ciarlini (PP).

A solução para o nome se deu após muitas reuniões entre a bancada e a autorização do Partido dos Trabalhadores.

Há cerca de um mês, o vereador Ozaniel Mesquita (PR), até então líder, anunciou que deixaria o posto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 04/03/2019 - 07:38h
Legislativo

Regimento Interno passará por atualização após 22 anos


Plenário deverá receber anteprojeto no máximo em oito meses (Foto: Edilberto Barros)

A Câmara Municipal de Mossoró terá uma Comissão Especial para Elaborar Proposta de Reforma do Regimento Interno da Casa. O próximo passo, após sua criação à semana passada (quarta-feira, 27), será indicação dos sete vereadores do colegiado.

Esse grupo terá até oito meses para produzir um anteprojeto.

Datado de 1997 (22 anos), o Regimento Interno (RI), que rege o processo legislativo, como o rito de votações, está em desacordo aos padrões dos principais regimentos, como os do Congresso Nacional, segundo o advogado Breno Góis, servidor efetivo da Câmara Municipal de Mossoró, lotado no Setor de Comissões da Casa.

O projeto de resolução que criou a Comissão é de autoria dos vereadores Sandra Rosado (PSDB), Alex Moacir (MDB), Genilson Alves (PMN) e Aline Couto (sem partido), membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
quinta-feira - 28/02/2019 - 10:12h
Dinheiro

Governo reage à greve engatilhando reajuste salarial


O Governo Rosalba Ciarlini (PP) apresenta projeto para reajuste salarial dos servidores públicos municipais de Mossoró, um dia após a assembleia que decidiu a greve dos professores (veja AQUI) para começar dia 8 de março.

A decisão é vista como contra-ataque do Palácio da Resistência à movimentação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de  Mossoró (SINSIDERPUM).

O Projeto de Lei Complementar 138/2019, que versa sobre o reajuste, foi recebido na Câmara Municipal de Mossoró na manhã desta quinta-feira (28).

Contra-ataque

O raciocínio palaciano, é que o projeto do reajuste desmobilizará a greve e fragilizará de vez o Sindiserpum, braço sindical do PT no ambiente da municipalidade.

O principal discurso dos líderes sindicais, de indefinição sobre o não reajuste do Piso Nacional do magistério, fustiga o Governo da “Rosa” desde o ano passado.

O projeto deverá ser aprovado em plenário no próximo dia 12, na primeira sessão ordinária após o Carnaval.

Apesar de promover o agrado ao bolso do servidor, o Palácio da Resistência não se dobra a outro pleito do Sindiserpum: continua sem receber representantes do sindicato, em audiência, para debater outros itens da pauta de reivindicação.

Já são três pedidos de audiência formais, solenemente ignorados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 27/02/2019 - 12:27h
Na pressão

Parlamentares se movimentam para instalação de uma CEI


A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), que se acautele.

Um consórcio entre vereadores da oposição e do governismo (do qual ela faz parte) está serpenteando para instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Casa.

O alvo?

Isso mesmo.

Ela: Izabel Montenegro.

Ouvido ao chão, presidente.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 21/02/2019 - 23:46h
Sobrevivência

Vereadores pensam na montagem de “chapões” em 2020


Pode parecer cedo, mas não é.

De  olho no passado recente das urnas de 2018 e suas muitas surpresas, alguns vereadores mossoroenses começam a discutir formação de nominatas à Câmara Municipal.

Projetam possibilidades de sobrevivência política em 2020.

Começou a ser pensada, por exemplo, a formação de um ou mais “chapões” para enfrentar previsível e pesada concorrência que vem de fora, com muitos novatos de forte potencial de votos à vereança.

Voltamos a lembrar: em 2020 não haverá mais a coligação interpartidária a cargo legislativo. Cada partido deverá formar nominata própria para alcançar eleição/reeleição de seus candidatos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 21/02/2019 - 12:42h
Mossoró

Câmara vai diminuir recesso para trabalhar mais


O plenário da Câmara Municipal de Mossoró deverá votar, próxima semana, em caráter de urgência, redução do recesso parlamentar. Conforme a proposta, será reduzido quase pela metade: dos atuais 90 dias para 52 dias. Corte de 38 dias.

Izabel (centro) comandou reunião que avançou para proposta única sobre recessos (Foto: CMM)

Em reunião, na manhã de hoje (21), os vereadores Izabel Montenegro (MDB) e Ozaniel Mesquita (PR), autores de duas proposições sobre o mesmo tema, chegaram a um acordo para apresentar o texto de forma conjunta.

Hoje, o recesso no plenário da Câmara compreende todo o mês de julho (30 dias) e de 15 de dezembro a 15 de fevereiro (60 dias).

Encurtamento

A proposta que será submetida aos demais vereadores será de 17 de julho a 1º de agosto (14 dias) e de 23 de dezembro a 1º de fevereiro (38 dias), o que totalizará os 52 dias.

A medida será apresentada na forma de Projeto de Resolução (regulamentação interna na Câmara) e de Projeto à Lei Orgânica do Município (fixação na “Constituição Municipal”).

Nota do Blog – Decisão absolutamente exemplar e diferenciada, para marcar essa legislatura tão sofrível até aqui. Bom exemplo a ser seguido, por exemplo, pelo Judiciário.

Por que não?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
segunda-feira - 18/02/2019 - 18:38h
Prefeitura

Mensagem será lida nessa terça-feira


A Câmara Municipal de Mossoró realizará Sessão Inaugural do Ano Legislativo 2019 nesta terça-feira (19), às 9h.

Será lida a mensagem anual do Poder Executivo pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

A data obedece ao Regimento Interno, que estabelece a sessão de abertura na primeira terça-feira subsequente ao dia 15 de fevereiro.

A solenidade será exclusiva à mensagem.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 13/02/2019 - 16:30h
Decisão

Vereador abre mão de Verba de Gabinete e cota de combustível


Vereador oficializou decisão (Reprodução)

Em comunicado oficial passado à Presidência da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Raério Araújo (PRB), o “Raério Cabeção”, cientifica a presidente Izabel Montenegro (MDB) que abre mão de Verba de Gabinete e cota de gasolina.

Ele justifica, que a “decisão foi tomada em consenso com o nosso alinhamento político e pessoal”.

Raério é vereador de oposição e cumpre seu primeiro mandato.

A Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM), ou Verba de Gabinete, foi aprovada há pouco menos de um mês, com valor mensal de R$ 4,5 mil mas até o momento não foi paga.

O caso foi judicializado  (veja AQUI e AQUI).

Quando à cota de combustível, o seu valor é de R$ 2 mil/mês por vereador e já está efetivada para liberação.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

 

 

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
terça-feira - 29/01/2019 - 12:38h
Gilberto Diógenes

Suplente vai assumir titularidade em Câmara Municipal


Diógenes: Sindiserpum (Foto: Assessoria)

O professor aposentado Gilberto Diógenes (PT) tomará posse nesta quinta-feira (31), às 9 horas, na sala da presidência da Câmara Municipal de Mossoró ao cargo de vereador em substituição a Isolda Dantas (PT).

Ela renunciou ao mandato, para poder assumir vaga na Assembleia Legislativa a partir do próximo dia 1º (sexta-feira), graças a eleição obtida no pleito de 7 de outubro do ano passado.

Apesar de dispensar o ato solene, na primeira sessão da Câmara no dia 20 de fevereiro, o vereador se utilizará da tribuna e fará o seu discurso de posse. É o que antecipa sua assessoria.

Nos últimos dias, o futuro vereador esteve compondo a sua equipe de assessores e fará um planejamento ainda na próxima semana quando à agenda de atuação.

Ele vem de movimentos populares, com atuação principalmente no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), do qual foi presidente. Ele teve 889 votos a vereador em 2016, ficando na primeira suplência de sua coligação.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 22/01/2019 - 21:34h
Vereadores

Verba de R$ 4,5 mil/mês é aprovada; presidente espera TCE


Do Blog Carol Ribeiro

O texto final do projeto que dispõe sobre a verba indenizatória na Câmara de Mossoró foi aprovado nesta terça-feira (22) com sete votos favoráveis. Votaram os vereadores Aline Couto (PHS), Alex Moacir (MDB), Alex do Frango (PMB), Rondinelli Carlos (PMN), Ozaniel Mesquita (PR), Maria das Malhas (PSD) e João Gentil (sem partido).

Mesmo com a aprovação, a presidente Izabel Montenegro (MDB) reafirmou ao Blog que só vai pagar a verba quando mérito da matéria for julgado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O projeto 339/2018 cria a denominada Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM) e teve seis abstenções: Emílio Ferreira (PSD), Petras Vinicius (DEM), Francisco Carlos (PP), Didi de Arnor (PRB), Tony Cabelos (PSD) e Ricardo de Dodoca (PROS).

O único vereador contrário foi Raério Araújo (PRB).

Izabel

Os vereadores Sandra Rosado (PSDB), Genilson Alves (PMN) e Zé Peixeiro (PTC) não estavam presentes na sessão extraordinária que foi convocada para hoje (22).

O projeto que fixa cota para o exercício da atividade parlamentar já havia sido votado, mas o texto final com 12 emendas precisava de aprovação. O valor da verba indenizatória foi fixado em R$ 4.500.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
sexta-feira - 18/01/2019 - 08:48h
Matérias fiscais

Câmara tem convocação extraordinária para terça-feira


A Câmara Municipal de Mossoró realiza, na próxima terça-feira (22), às 9h, sessão extraordinária para deliberar sobre quatro projetos de lei para o município.

A convocação para a sessão partiu do Poder Executivo, através da prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Os projetos de lei que serão abordados durante a sessão são: PL 1205/2018 que dispões sobre o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) de créditos tributários; PL 1206/2018 que institui o Programa de Incentivo à Emissão da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica pelos Contribuintes do ISS; PL 137/2018 que institui o Programa de Regularização Imobiliária (Regulariza ITBI) e PL 1203-A que dispõe sobre doação de terreno localizado no Distrito Agroindustrial de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
terça-feira - 15/01/2019 - 08:28h
Pacificação

Presidente tenta frear crise apelando à paz em poder


Experimentando um dos momentos mais conturbados de sua história, a Câmara Municipal de Mossoró virou uma praça de guerra. Presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB) – a vereadora reeleita para novo biênio (2019-2020) nesse cargo, quer ensarilhar armas. Conclama demais vereadores à pacificação. Pelo menos em palavras.

“Faço um apelo para que questiúnculas internas e pessoais não interfiram nessa grande missão que o povo mossoroense nos delegou de representá-lo na Câmara; que o espírito público prevaleça e nos voltemos às grandes causas de Mossoró. Fomos eleitos para isso”, diz.

“Estamos iniciando um ano não eleitoral, tempo de mais trabalho e menos política. Poderíamos nós, os 21 vereadores, produzirmos pauta das demandas prioritárias de Mossoró e apresentá-la ao Governo do Estado, à futura bancada federal, à União. Defender nosso município”, propõe.

Nota do Blog – Falta inteligência emocional, falta bom senso, falta um pouquinho de racionalidade. Alguma voz influente precisa intervir, pondo fim a esse gládio.

O gesto da presidente é importante, mas precisa sair do discurso à prática. Da mesma forma, que quem digladia do outro lado, em oposição à ela e à sua presidência, após tê-la apoiado para essa ascensão.

De lado a lado falta equilíbrio, sem juízo de valor quanto a quem esteja certo ou supostamente errado.

Leia também: Vereadores brigam; presidente tem crise de choro;

Leia também: Presidente enxuga mais ainda cargos de vereadores;

Leia também: Posse, troca de bofetes, choro e exonerações.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
segunda-feira - 14/01/2019 - 21:10h
Câmara Municipal

Posse, troca de bofetes, choro e exonerações


Para uma segunda-feira (14) de chuva, veraneio e recesso parlamentar, não se pode dizer que a Câmara Municipal de Mossoró esteja anêmica, paralisada ou sem atividade.

Reunião teve cenas de pugilato (Foto: Edilberto Barros)

Só hoje tivemos posse de parte dos integrantes da nova mesa diretora (veja AQUI), troca de bofetes entre dois vereadores (veja AQUI), crise de choro da presidente Izabel Montenegro (MDB) e mais exonerações de pessoas indicadas por parlamentares em litígio com ela (veja AQUI).

Por enquanto, é só.

Por enquanto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política / Só Pra Contrariar
segunda-feira - 14/01/2019 - 16:26h
Mossoró

Presidente “enxuga” mais ainda cargos de vereadores


A semana começa como terminou a anterior, na Câmara Municipal de Mossoró: com mais exonerações de pessoas com cargos de confiança.

Nesta segunda-feira (14), mais duas exonerações foram publicadas no Diário Oficial da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM/RN).

Os atingidos indiretamente foram os vereadores Alex do Frango (PMB) e Genilson Alves (PMN), que tinham indicado os exonerados.

Na quinta-feira (10), outros dois comissionados tinham sido excluídos da folha de pessoal – veja AQUI. Eram ligados ao vereador Zé Peixeiro(MDB).

Esse ‘enxugamento’ não é uma decisão meramente administrativa, mas reflexo do conflito político-pessoal entre a presidente Izabel Montenegro (MDB) e cerca de 11 vereadores (das bancadas da oposição e governismo).

Nesta segunda-feira, em posse de integrantes da nova mesa diretora da Casa, também presidida por Izabel, ocorreram novos e desagradáveis incidentes, como troca de agressões físicas entre os vereadores Raério Araújo (PRB) e Alex do Frango – veja AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
sábado - 12/01/2019 - 07:34h
Judicialização

Oposição à Izabel tem nova derrota, mas vai recorrer


Do Blog Saulo Vale

A juíza Kátia Cristina Guedes Dias negou a liminar pretendida por um grupo de vereadores, que pedia a anulação da eleição da Mesa Diretora na Câmara Municipal de Mossoró. A decisão saiu à tarde desta sexta-feira (11) e garante à permanência da vereadora Izabel Montenegro (MDB) no cargo de presidente.

Na ação, os parlamentares alegavam erros no projeto que institui a reeleição, aprovado em regime de urgência pelos vereadores em 2017.

A magistrada não acolheu os argumentos.

Essa demanda foi provocada pelos vereadores Alex do Frango (PMB), Aline Couto (sem partido), Genilson Alves (PMN), Sandra Rosado (PSDB) e Didi de Arnor (PRB). Esses mesmos vereadores já decidiram que vão recorrer da decisão da magistrada.

No final do ano passado, eles e o também vereador João Gentil (sem partido) tentaram impedir a posse de Izabel para novo mandato presidencial na Casa, mas não obtiveram liminar (veja AQUI, AQUI e AQUI).

Nota do Blog Carlos Santos – A oposição interna que Izabel Montenegro passou a sofrer, na difícil relação com seus pares, tende a recrudescer. O que é péssimo pro próprio poder e para Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter AQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 10/01/2019 - 21:50h
Crise política

Câmara Municipal continua com série de exonerações


Segue na Câmara Municipal de Mossoró a série de exonerações pontuais de nomes indicados por vereadores, para cargos em comissão.

No Diário Oficial da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM/RN) desta quinta-feira (10), mais dois.

Seriam pessoas ligadas ao vereador Zé Peixeiro (MDB); ele nega.

Nessa sexta-feira (11), é provável que outros comissionados tenham o mesmo destino.

Os exonerados são da cota de vereadores que abriram dissidência e deflagraram oposição ostensiva à presidente da Casa, vereadora Izabel Montenegro (MDB). O não pagamento por autorização dela da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar Municipal (CEAPM) (veja AQUI) – foi o estopim desse conflito.

Leia também: Mais dois cargos comissionados são descartados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.