segunda-feira - 28/09/2020 - 07:28h
Câmara de Mossoró

Uma promessa, duas candidatas e os votos


A cúpula do rosalbismo prometeu a presidência da Câmara Municipal de Mossoró, no primeiro biênio da próximo legislatura (2021/2022), a pelo menos duas potenciais candidatas governistas.

Resta saber quem está sendo enganada.

Ou se ambas.

Ah, tem ainda outro detalhe: precisa combinar com os eleitores e eleitos à Casa.

É luta medonha!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 15/09/2020 - 23:18h
'União'

Sandra reencontra Rosalba, mas não esconde indignação

Convenção do PSDB promove contato público entre políticas que quase voltavam a ser adversárias

A vereadora Sandra Rosado (PSDB) e a ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) tiveram o primeiro encontro público com a prefeita e candidata à reeleição Rosalba Ciarlini (PP), nessa terça-feira (15), depois do quase rompimento político entre elas e o grupo da governante. 

Ocorreu na Convenção Municipal do PSDB, na Câmara Municipal.

Fotos, cumprimentos e mãos entrelaçadas marcaram a manutenção da aliança entre os dois grupos que foram adversários por cerca de 30 anos, mas que se juntaram na campanha municipal de 2016.

Nas boas vindas aos convencionais, Sandra defendeu o fortalecimento do partido e orientou que cada candidato fosse buscar votos para somar à chapa proporcional (não falou em momento algum na majoritária). Projetou ainda que o PSDB tem como montar a maior bancada da próxima legislatura, puxada por Larissa Rosado, que chegou a ser cogitada pelo grupo como vice de Rosalba,  mas foi descartada.

Assinalou que é preciso “ter a coragem e a determinação” para enfrentar “a indignação em determinados momentos.” Deixou claro que abdicava do projeto de reeleição, mas também se sentia representada por Larissa, que como ela “estava enfrentando sérios obstáculos”.

Avisou ainda, com a voz quase embargada, que perdeu o sentimento do medo desde que sepultou um filho (o então vereado Vingt Neto), no início desse século.

“Mais uma vez juntas”, comemora Rosalba

Sandra, Larissa, Rosalba e Jorge estiveram juntos na convenção do PSDB hoje, cada um com seu gesto (Foto: divulgação)

“Já estivemos de lados opostos, mas, sempre que precisou, trabalhamos juntas em prol de causas que interessavam a nossa cidade. Agora, mais uma vez estamos juntas, e tenho certeza que temos muito a fazer pelo povo mossoroense”, serenou Rosalba em discurso, com a companhia do seu vice, o empresário Jorge do Rosário (PL).

O PSDB confirmou aliança com o PP da prefeita e nominata com 26 candidatos a vereador, entre eles a vereadora Aline Couto.

Leia também: Mesmo sem aliança, Sandra e Fátima Bezerra não perdem o contato.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 15/09/2020 - 17:00h
Câmara Municipal

Vereador governista anuncia desistência de disputa


O vereador Alex Moacir (PP) anunciou agora à tarde, desistência de concorrência a novo mandato.Em vídeo e em nota escrita, ele anuncia sua decisão, sem detalhar o porquê.

Mas, deriva do fato de não ter conseguido reverter decisão de primeiro grau na Justiça, que lhe era favorável e o deixava inelegível.

Ele teve recurso negado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) à semana passada.

Sua saída da nominata do Progressitas (PP) causa uma pequena desobstrução à concorrência entre os outros sete vereadores que vão continuar a disputa na legenda governista.

Contudo, Agora com apenas 16 integrantes ao todo, a nominata do PP segue em dificuldades. São sete vereadores e mais nove outros candidatos, quando a legenda poderia ter 35 ao todo e não conseguiu preencher listagem.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 14/09/2020 - 12:44h
Aprovado

Mossoró vai eleger 23 vereadores para próxima legislatura


Sede da Câmara de Mossoró: mais representatividade (Foto: arquivo)

O Jornal Oficial de Mossoró (JOM) publica ainda hoje (14), em edição extra, a Emenda 10/2020 à Lei Orgânica do Município (LOM), que aumenta de 21 para 23 o total de vagas na Câmara Municipal de Mossoró. A mudança foi aprovada no plenário hoje de manhã, em segundo turno, por unanimidade, em sessão extraordinária.

O Legislativo também encaminhou a emenda para publicação no Diário Oficial da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM/RN). Como é publicada antes do prazo final das convenções partidárias, quarta-feira (16), a nova composição da Câmara vale para a eleição deste ano, com posse em janeiro de 2021.

A medida adéqua o Legislativo à nova população de Mossoró, 300.618 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a Constituição, municípios entre 301 mil e 450 mil habitantes têm direito a 23 vereadores. As atuais 21 vagas são baseadas na população até 2019: 297.378 habitantes.

Redação

A votação de hoje respeitou o interstício regimental – intervalo de dez dias entre o primeiro e o segundo turno, no último dia 1º. A mudança na Lei Orgânica foi feita pelo projeto 01/2020, de autoria da Mesa Diretora. Deu a seguinte redação ao artigo 28: “O poder Legislativo de Mossoró é exercido pela Câmara Municipal, composta por 23 vereadores.”

A presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB), avalia que a medida dará mais representatividade ao povo no Parlamento. Reiterou que não haverá aumento de despesa. “O duodécimo independe do número de vereadores”, frisa.

Lembrou a redução de 21 para 13 vagas na Casa (entre 2005 e 2012), a qual não alterou o repasse à Câmara.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
sábado - 12/09/2020 - 15:12h
Sessão extrordinária

Câmara fará 2ª votação para ter 23 vagas segunda-feira


A Câmara Municipal de Mossoró concluirá a votação das 23 vagas na Casa, segunda-feira (14). Em sessão extraordinária, às 10h, o plenário votará a alteração na Lei Orgânica Municipal, em segundo turno.

Primeira votação aconteceu no último dia 1º de setembro e agora haverá a segunda (Foto: Edilberto Barros)

Conforme aprovado em primeira votação, no último dia 1º, a Câmara ascenderá de 21 para 23 cadeiras. O Legislativo se adequará à nova população de Mossoró, 300.618 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Constituição Federal, municípios entre 301 mil e 450 mil habitantes têm direito a 23 vereadores e vereadoras. As atuais 21 vagas são baseadas na população até 2019: 297.378 habitantes.

Mudança na próxima legislatura

Apesar de mais parlamentares, não haverá aumento de custos. Pelo contrário. O duodécimo da Câmara, hoje em 6% da receita do Município, cairá para 5%, com os novos parâmetros populacionais.

Após o segundo turno, o Legislativo promulgará a mudança na Lei Orgânica.

A alteração, se publicada até quarta-feira (16), valerá para a eleição deste ano. Mossoró terá 23 parlamentares já em 2021.

Nota do Blog – Decisão importante. Aumenta a representatividade sem amplificar o custo.

O resto é com o eleitor, fazendo boas escolhas.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 07/09/2020 - 20:28h
Mossoró

PSD realizará sua convenção na sexta-feira, 11


Raério: nome à reeleição (Foto: Edilberto Barros)

O Partido Social Democrático (PSD) realizará sua convenção municipal no próximo dia 11, sexta-feira.

Acontecerá na Câmara Municipal de Mossoró, centro da cidade.

Começará às 15 horas.

Haverá formalização de sua nominata a vereador e outras definições.

Em Mossoró, o PSD é presidido por João Fernandes de Melo Neto.

O vereador Raério Araújo é o seu principal nome, com postura oposicionista na Câmara Municipal.

* Daqui a pouco, às 21h, tem o Carlos Santos – AOS VIVOS! em nosso endereço no Instagram - http://www.instagram.com/blogcarlossantos

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
sábado - 29/08/2020 - 05:28h
Mossoró

É possível que partidos possam ter mais candidatos a vereador


Se houver aumento no quantitativo de vereadores em Mossoró, eleitos ainda esse ano, para valer a partir da próxima legislatura (2021-2024), os partidos que vão participar do pleito terão que se mexer intensamente até 16 de setembro (último dia de convenções), à formação de nominata à Câmara Municipal.

Atualmente, esse poder tem 21 vereadores e há hipótese que passe para 23 (veja AQUI). Municípios com população entre 300 mil e 450 mil habitantes podem ter até 23 vereadores, caso de Mossoró que ultrapassou os 300 mil habitantes.

Assim, em vez de 32 candidatos a vereador, cada legenda poderá apresentar até 35 nomes, sendo que 11 obrigatoriamente precisam ser do sexo feminino.

Quociente, “sobras” e coligação

É provável que também caia o quociente eleitoral. Em 2016, foi de 6.421 votos. Veja clicando AQUI como é feito o cálculo para se encontrar o quociente eleitoral.

Importante ainda ser salientado, que mesmo que não obtenha o quociente, o partido ainda poderá eleger um vereador com cálculo de “sobras” (entenda clicando AQUI).

Nas eleições 2020, há outra mudança significativa. A coligação não é mais permitida na proporcional  (à Câmara Municipal). Assim, cada partido terá que apresentar sua nominata (atualmente 32 candidatos), sem fazer aliança com ninguém, como em eleições passadas.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 25/08/2020 - 15:34h
Projeto

Bancada de Rosalba vota contra atendimento psicológico


Na Sessão Ordinária de hoje (terça-feira, 25), a a bancada governista na Câmara Municipal de Mossoró manteve por 8 votos a cinco, o veto da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) ao projeto de atendimento psicológico para pessoas que tiveram o Covid-19 e seus familiares.

A prefeitura classificou como inconstitucional, pois vê a proposição fora das competências de iniciativa legislativa. O vereador Petras Vinícius (DEM) apresentou o projeto.

“Mesmo após a alta médica os pacientes necessitam de acompanhamento psicológico por desenvolverem, com a situação de isolamento e a doença, sintomas de ansiedade e síndrome do pânico. Nosso único objetivo é cuidar da pessoas”, afirma o vereador.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
quarta-feira - 19/08/2020 - 23:48h
Eleições

Governismo pauta bancada para fazer sua propaganda


Câmara passou a ser importante por outra razão (Foto: Edilberto Barros)

A bancada da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) passou a ter uma pauta previamente organizada para divulgação de ações do governo municipal no plenário da Câmara de Vereadores.

A orientação, é transformar as sessões ordinárias e a TV Câmara em palanque da administração.

Com a legislação eleitoral impondo restrições à propaganda oficial, inclusive freando inaugurações e outras atividades de propaganda, o cúpula governista busca alternativas para não sair de cena.

Tem informações de que precisa decolar em termos de avaliação administrativa, com vistas às eleições municipais.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 13/08/2020 - 07:46h
Estrutura

Vereador apresenta projeto para segurança de condomínios


Francisco: visão de futuro (Foto: Edilberto Barros)

O vereador Francisco Carlos (PP) apresentou Projeto de Lei Ordinária 175/2020, que requer que os síndicos de condomínios exibam um relatório do estado de conservação do prédio, a cada três anos.

“O relatório produzido pelos condomínios garantirá a segurança na estrutura dos prédios da cidade ao longo dos anos. Não temos em Mossoró problemas em relação à estrutura dos prédios, mas o projeto já pensa no futuro das edificações”, explicou o vereador governista.

Agora, o projeto seguirá para análise nas das comissões temáticas da Câmara Municipal de Mossoró e, posteriormente,  para votação no plenário.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 05/08/2020 - 17:20h
Câmara Municipal

‘Independente’ livra Rosalba de embaraço e ignora oposição


João: 'independência' tem lado (Foto: Edilberto Barros)

Do Blog Saulo Vale

Se a oposição tinha esperança de contar com a assinatura do vereador ‘independente’ João Gentil (Rede) para instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), pode esquecer.

Na sessão ordinária desta terça-feira (4), o parlamentar fez um claro afago ao Palácio da Resistência, sede da Prefeitura de Mossoró. Ele endossou os votos da bancada governista e votou contra o requerimento, encabeçado pelo vereador oposicionista Genilson Alves (Pros), que forçaria a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) a prestar esclarecimentos sobre mais um contrato milionário em ano eleitoral (veja AQUI).

Recado

Até então, a minoritária oposição de seis vereadores ainda sonhava com o voto de Gentil para instalar uma CEI que investigaria os gastos da Prefeitura com o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Sonhava.

Gentil mandou um recado claro, que foi logo compreendido pelos ouvidos dos oposicionistas. O recado também chegou rápido ao Palácio da Resistência.

E agradou.

Em tempo: para instalar uma CEI, são necessárias sete assinaturas. A oposição só tem seis. Tinha esperança no endosso de Gentil, que não deve chegar.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 31/07/2020 - 14:20h
Dia 3

Câmara de Mossoró retoma atuação presencial segunda-feira


A Câmara Municipal de Mossoró retornará às suas atividades presenciais na próxima segunda-feira (3). O comunicado oficial foi emitido por esse poder, sob assinatura da presidente Izabel Montenegro (MDB). Veja abaixo:

Plenário e sede da Casa vai seguir uma série de normas de segurança sanitária (Foto: arquivo/Edilberto Barros)

Comunicamos o início da retomada gradual das atividades presenciais nesta Casa, segunda-feira (03.08), com base no Ato da Mesa 07/2020.
As sessões ordinárias e reuniões de comissões passarão a ser presenciais. Temporariamente, está suspensa a Tribuna Popular.

Será respeitado, no plenário, o limite de um assessor por parlamentar. Fica autorizado acesso à Câmara de até três assessores por vereador.
O público externo ocupará até 25% (15 lugares) da capacidade da galeria a ele reservada, respeitando distância mínima de 1,5m.

Servidores efetivos e comissionados retornarão ao expediente presencial. A depender da Direção Geral, setores poderão adotar rodízio.

Pessoas com mais de 55 anos e do grupo de risco deverão procurar as suas chefias imediatas para adequação ao teletrabalho.

Continua obrigatório uso de máscara e de álcool 70% e outras prevenções à Covid-19. Anunciaremos a próxima fase da retomada oportunamente.

* Trabalhos presenciais foram suspensos em 18 de março (veja AQUI) e até mesmo sessões remotas foram descartadas. Com pressão de setores da imprensa e de vereadores da oposição, as atividades foram retomadas dia 13 de maio (veja AQUI), com o Sistema de Deliberação Remota  (SDR). Antes, só houve sessão extraordinária com essa modalidade de recurso técnico.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sábado - 18/07/2020 - 16:46h
Saúde

Câmara receberá prestação de contas quinta-feira


Sistema remoto será usado novamente (Foto: Edilberto Barros)

A Câmara Municipal de Mossoró realizará audiência pública remota, quinta-feira (23), às 9h, para prestação de contas da Saúde. Na reunião online, a Prefeitura apresentará o balanço do 3º quadrimestre de 2019.

A audiência pública é exigência legal e será transmitida pela TV Câmara Mossoró (canal 23.2 TCM) e pelo Portal Câmara Mossoró (www.mossoro.rn.leg.br), ao vivo, e reapresentada pela emissora.

Por precaução à Covid-19, estarão no plenário apenas vereadores (a) da mesa diretora da Câmara, servidores da Secretaria Municipal de Saúde e técnicos da Legislativo. Os demais participarão remotamente.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política Capital (Mercado & Negócios)
sexta-feira - 17/07/2020 - 11:36h
Na pressão

Finalmente vira lei suspensão de pagamento de consignados


Agora é lei (Reprodução BCS)

Finalmente, finalmente. A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), publicou promulgação (transformação em lei de um projeto, por iniciativa do Legislativo) do projeto de lei de número 5/2020, que suspende os descontos de empréstimos consignados dos servidores municipais, por pelo menos três meses, em meio à pandemia da Covid-19.

A proposição foi do vereador Petras Vinícius (DEM). Teve maciço apoio da bancada oposicionista e até de vereadores governistas.

Mas a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) evitou sancioná-la (transformação em lei por aprovação do Executivo). Porém, também não impôs veto. Vereadores cobraram em redes sociais e imprensa (veja AQUI) a publicação da lei, mas ela mergulhou.

A lei está publicada no mais recente Jornal Oficial do Município (JOM), edição 570a – veja AQUI. ⁣A suspensão da cobrança valerá, segundo a proposta, por três meses ou enquanto durar o estado de emergência por causa da covid-19, de que trata a Lei Federal 13.979, de 6 de fevereiro de 2020.⁣⁣

Bom exemplo na PB

Em João Pessoa-PB, por exemplo, projeto de lei com igual essência foi sancionado pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV), sem qualquer embaraço – veja AQUI.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 07/07/2020 - 22:26h
Alerta

Dengue e chikungunya tem aumento de casos


Tony fala de medo de ir em UBS's e UPA's (Foto: Edilberto Barros)

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (7), o vereador Tony Cabelos (PP) alertou para o aumento de casos de chikungunya e dengue em Mossoró, especialmente no bairro Dom Jaime Câmara. A situação, segundo ele, é preocupante.

“Tem muita gente acamada, pessoas humildes, muitos idosos, na cidade e na zona rural”, advertiu, na sessão remota de hoje (7). Ele lembrou ter pedido à Secretaria Municipal de Saúde, recentemente, carro fumacê para o Grande Alto São Manoel e comunidades rurais.

“Fomos informados que o carro só é direcionado pela Secretaria Estadual de Saúde no bairro onde há registro. Mas, os pacientes estão com medo de ir às UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e às UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) por causa da Covid-19”, relatou.

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
quarta-feira - 24/06/2020 - 09:12h
Mandato provisório

Suplente tem experiência que é faca de dois gumes


Naldo: contra transparência (Foto: rede social)

Suplente de vereador em Mossoró, Naldo Feitosa (PSC) assumiu provisoriamente o mandato no dia 30 de abril último, privilégio que a quase totalidade dos pré-candidatos a uma vaga nesse poder não terão até as eleições de 15 de novembro.

Passados 54 dias e prestes a voltar à seara dos concorrentes comuns, ele pode apresentar ao eleitor um balanço de como seria como vereador titular, caso eleito, que vai além do discurso dos demais futuros disputantes.

Mas essa curta experiência pode ser uma faca de dois gumes. Expôs-se como é e não como seria, sendo eleito. Será julgado nas urnas assim e não pelo que possa prometer.

Antipovo

Em menos de dois meses substituindo o titular João Gentil (Rede), que foi também um episódico secretário municipal de Esportes e Lazer do Natal – veja AQUI, Naldo não apresentou um único projeto de lei.

Em entrevistas antes da posse, assegurava que não teria uma definição quanto à bancada que comporia. Porém logo se aboletou no governismo e na defesa cega e inflexível da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Ontem, em sessão remota da Casa, agradeceu “primeiramente” à prefeita pelo período como interino.

Votou em seguidas matérias do interesse do governo municipal; algumas que claramente podem ser vistas como antipáticas e antipovo.

Foi favorável à suspensão do pagamento patronal Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ-Mossoró), que prejudica o funcionalismo, contrário a projeto de lei que criava comissão para fiscalizar recursos da Covid-19 e outras propostas de transparência e não apoiou urgência na votação de projeto para investimento de 10% do orçado pro Cidade Junina deste ano para apoio aos artistas.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
quarta-feira - 17/06/2020 - 19:56h
Mossoró

Vereador mostra crescente endividamento de prefeitura


Raério fala de dívidas crescentes (Foto: Edilberto Barros)

Em sessão remota dessa quarta-feira (17) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Raério Araújo (PSD), lamentou o nível de endividamento da Prefeitura de Mossoró, mesmo que “tenha tanto dinheiro, porém deixando de pagar as inúmeras dívidas que se acumulam”.

Disse que tem feito desde o início do seu mandato em 2017 constante acompanhamento do Jornal Oficial do Município (JOM), onde consta que o executivo remaneja mais R$ 10 milhões agora. “A Prefeitura de Mossoró tem muito dinheiro, porém deve a Deus e ao mundo e observamos tanto abandono nas zonas urbana e rural de Mossoró, e essa Casa precisa se posicionar”, ponderou Raério.

Dívidas

O vereador enumerou as dívidas do município que, segundo ele, ainda deve aos representantes de quadrilhas juninas, artistas da cidade, empresas terceirizadas, fornecedores, acumula também dívida que vai passar de R$ 150 milhões com o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (PREVI­-MOSSORÓ) até o fim do ano. Ainda citou que há empréstimo de R$ 147 milhões com a Caixa Econômica Federal (CEF) nesse rol de compromissos.

Lamentou que em quase quatro anos de seu mandato, esteja repetindo as mesmas queixas, denúncias e cobranças, sem que a gestão Rosalba Ciarlini (PP) se sinta obrigada a atender o interesse público. Para ele, a municipalidade é “um sumidouro de dinheiro público”, sem que seja devidamente fiscalizada pela própria CMM.

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 10/06/2020 - 23:52h
Consenso

Câmara aprova projeto para fiscalizar recursos Covid-19


O plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou hoje (10), em sessão remota, o Projeto de Lei 53/2020, que define medidas para aumento da transparência de informações sobre Covid-19. A matéria é de autoria do vereador Petras (DEM) e foi aprovada por unanimidade.

Conforme o projeto, a Administração Municipal manterá dados públicos e atualizados sobre os casos confirmados, suspeitos e em investigação, relativos à situação de emergência pública sanitária, resguardando o direito ao sigilo das informações pessoais.

A transparência abrangerá a divulgação, independentemente de requerimentos, de casos suspeitos e confirmados, quanto a aspectos epidemiológicos, de prestação de serviços de saúde, do emprego de recursos públicos e providências contra a pandemia.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Disciplina a forma como as informações serão divulgadas, como reunidas em um portal oficial único na internet, acompanhadas das respectivas séries históricas, e apresentadas na forma de painéis de fácil compreensão ao público, de forma periódica.

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
terça-feira - 02/06/2020 - 18:00h
Denúncia

Saúde, em plena pandemia, recebe pagamento fatiado


Em sessão ordinária remota nessa terça-feira (2) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Ozaniel Mesquita (DEM) disse não entender que recursos federais e estaduais estejam chegando a Mossoró e as pessoas continuem morrendo por falta de leitos, UTI e respiradores.

Em seguida o vereador lamentou também que os servidores da saúde, médicos, enfermeiros e técnicos, estejam atuando na linha de frente e ainda tenham que receber seus salários parcelados. “Esse servidor recebeu apenas o salário base, ficando de fora os plantões e a insalubridade”, criticou.

Pelo comportamento, acrescentou Ozaniel, é praxe da Prefeitura de Mossoró fatiar valores quando faz pagamento, mas apresentando propaganda de salário em dia, não obstante grande soma de recursos em caixa.

Contratados terão ganho miserável

O vereador Ozaniel lembrou que a Prefeitura realizou um processo seletivo para a contratação de novos profissionais da saúde e estes irão receber como salário apenas R$ 998,00 e, após os descontos, terminará com valor líquido de R$ 923,16 o que representa valores bem inferiores ao salário mínimo em vigor no país.

“Enquanto o pagamento do servidor é fatiado, nós observamos que existem carros alugados com valores de quatro mil reais apenas para levar secretários para casa”, denunciou.

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
sexta-feira - 29/05/2020 - 12:58h
Trabalho

Câmara suspende recesso e mantém sessões remotas


Sessões remotas vão continuar (Foto: arquivo/Edilberto Barros)

Com base no Ato da Mesa 07/2020, a Câmara Municipal de Mossoró prorrogou medidas de prevenção à Covid-19, até 30 de junho. Até lá, estão mantidas as sessões por Sistema Deliberação Remota (SDR) e reuniões de comissões também por videoconferência.

O Legislativo decidiu ainda suspender o recesso de meio do ano em 2020, entre 19 de julho e 2 de agosto, também por causa da pandemia.

A resolução, de autoria do vereador Petras (DEM), deverá ser votada terça-feira (2), e a Casa manterá em alta a agenda parlamentar.

O recesso já fora reduzido em 2019.

“Diminuímos a pausa de meio e final de ano e acrescentamos 38 dias úteis ao plenário. Com a suspensão em julho de 2020, serão 53 dias a mais para sessões”, calcula a presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB).

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

Leia também: Petras propõe suspensão de recesso em Câmara Municipal.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Lion Brasil - 04-09-20
quarta-feira - 27/05/2020 - 12:20h
Pandemia

Petras propõe suspensão de recesso em Câmara Municipal


Petras: momento delicado (Foto: divulgação)

Na sessão remota ordinária dessa quarta-feira (27), o vereador Petras Vinícius (DEM) propôs suspensão do recesso parlamentar de julho, na Câmara de Mossoró.

“O momento de pandemia também exige do Parlamento Municipal esforço concentrado para atender as demandas da população”, justificou. Na próxima semana, a Casa deve apreciar sua proposição.

O recesso do meio do ano, na Câmara, compreende a segunda quinzena de julho. Era o mês todo, mas foi reduzido pela metade em 2019.

Sem atividades

“Espero contar com apoio dos colegas vereadores e vereadoras para não interrompermos as sessões em julho”, defende Petras.

A Câmara Municipal de Mossoró passou quase dois meses sem atividades ordinárias esse ano, em face da expansão da Covid-19. Só a partir de pressão da bancada da oposição e setores da imprensa, é que a presidente Izabel Montenegro (MDB) voltou atrás (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/05/2020 - 16:48h
15

Bancada de Rosalba tem mais um na conta


Naldo: mais um (Foto: rede social)

Recém-empossado (veja AQUI) como vereador em Mossoró, com o pedido de licença do titular João Gentil (Rede) – veja AQUI, Naldo Feitosa (PSC) já tem lado e e postura claros.

É governista.

Nas votações mais delicadas, o seu voto tem sido cravado nos interesses do Palácio da Resistência, sede da municipalidade.

E estamos conversados.

Assim, a bancada da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) totaliza 15 dos 21 vereadores que compõem a Câmara Municipal de Mossoró.

Eram 14, pelo menos oficialmente, haja vista que Gentil autointitulava-se “independente”.

Folga, muita folga!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.