quarta-feira - 16/05/2018 - 23:50h
Mão-de-obra

Construção Civil se rebela contra projeto de reserva de mercado


O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON), Sérgio Freire, tomou para si o comando de uma ‘cruzada’ contra o Projeto de Lei Ordinária do Legislativo (PLOL 22/2018), visto pela categoria como nocivo ao setor.

Sérgio Freire: 'cruzada' (Foto: divulgação)

A matéria é de autoria da vereadora Sandra Rosado (PSDB), dispondo sobre obrigatoriedade de destinar 70% das contratações de mão de obra a profissionais originários de Mossoró.

“Gostaria do apoio das demais instituições acerca desse projeto de lei absurdo da vereadora Sandra Rodado”, conclama ele em mensagem espalhada nas redes sociais.

Insegurança jurídica

“Tal projeto causa insegurança jurídica e cria reserva de mercado que, consequentemente, atingirá todos os demais segmentos da cadeia produtiva e econômica”, antecipa.

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) vetou (veja AQUI) o projeto da vereadora de sua bancada, mas a Câmara Municipal pode derrubar a decisão.

Segundo o texto do PLOL 22/2018, as empresas devem contratar 70% da mão de obra de trabalhadores residentes na cidade, há pelos menos seis meses, e 15% desse percentual de pessoal do sexo feminino.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Economia / Política
segunda-feira - 09/04/2018 - 06:37h
COLUNA DO HERZOG

Populismo e dominação carismática no lulismo encarcerado


Por Carlos Santos

Preso no sábado (7) na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba (PR), onde passou a cumprir pena de de 12 anos e 1 mês de prisão pela condenação no caso do triplex em Guarujá (SP), o ex-presidente Lula da Silva (PT) é uma força política desmedida – solto ou encarcerado.

Ele encarna um papel sem cópia no lulismo, movimento político tipicamente brasileiro que mesmo assim não pode ser caracterizado como original e incomum, quando o tratamos sob a ótica da ciência política e da sociologia, por exemplo.

Mestre da retórica, ou seja, da arte da eloquência, Lula representa o que o filósofo alemão Max Weber trata por força da “dominação carismática”, um poder de “caráter autoritário e imperativo”, irradiado pelo fascínio que exerce sobre a massa-gente.

Como ele, não faltam outros personagens com características parecidas no Brasil e no mundo, através dos tempos. Germinam principalmente em períodos de instabilidades político-sociais e anemia institucional, com essência no populismo, culto à personalidade e messianismo.

Lula tem entre seus eleitores uma multidão de devotos, sequazes e fanáticos, massa comum a esse modelo de relação que caracterizou o “peronismo” na figura de Juan Perón na Argentina, entre 1946 e 1955 e de 1973 a 1974; Getúlio Vargas, e o “getulismo”; Benito Mussolini, na Itália fascista da primeira metade do século XX; Antônio Conselheiro e seu Arraial de Canudos no sertão baiano do século XIX etc.

Todos eles falavam, como Lula, para um universo que era catequizado para ter um guia e não um representante formal. O “povo”, nos discursos demagogos e manipuladores, sempre aparece como uma razão quase divina do líder, regente de sua história.

O “não-povo” é todo aquele que não crê e não o incensa. É todo aquele que se põe longe, fora ou em conflito com essa aura mítica. O Estado é personificado no que pensava o monarca Luís XIV na França imperial: “Sou eu”. Pode tudo em suas mãos.

O lulismo, ou o “lulupetismo” – como se define depreciativamente a era Lula-PT, não vai ser riscado do mapa com o xilindró do líder. Pode até recrudescer mais ainda essa paixão coletiva, alimentada pela vitimização fática ou laboratorial do ex-líder sindical.

Ninguém espere também um substituto para Lula nas urnas ou mais adiante. Ele é espécime raro.

Primeiro, porque nada nasce ou cresce em torno de gente com seu perfil, a ponto de eclipsá-lo. Segundo, porque essa troca não obedece a qualquer alteração formal e ritualística, como se faz numa convenção partidária.

Cada senhor de dominação carismática e populista tem seu tempo e lugar na história; seu legado será sempre discutido e discutível.

PRIMEIRA PÁGINA

Ex-deputado Laíre Rosado tem rotina de apoio a outros detentos – Preso (veja AQUI) desde o dia 22 de março último no Centro de Detenção Provisória (CDP) do Apodi, o ex-deputado federal, bacharel em direito e médico Laíre Rosado tem-se adaptado à rotina prisional e revelado enorme capacidade de convivência com os demais detentos. Revela-se até bastante útil à comunidade carcerária, no exercício de seus conhecimentos de medicina. Ao mesmo tempo, pleiteia sua liberdade através de instrumento de apelação judicial.

Filha de Zenaide Maia seguirá “renovação” da política do RN – Mada Calado Maia, que até bem poucos dias era titular da Secretaria Municipal de Assuntos Extraordinários da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, segue a receita uterina das “mudanças” e “renovação” na política do RN. Será candidata a deputado estadual pelo PT, enquanto sua mãe – deputada federal Zenaide Maia – concorrerá ao Senado pelo PHS. Além disso, seu tio João Maia (PR) tentará voltar à Câmara Federal. Outro tio, Agaciel Maia (PR), é deputado distrital em Brasília.

Mada: em família (Foto: Web)

Deputados podem não viabilizar registro de candidatura – Fiquemos atentos à marcha burocrática das candidaturas à reeleição dos deputados estaduais Ricardo Motta (PSB), Dison Lisboa (PSD) e José Adécio (DEM). Os três têm seriíssimos problemas judiciais que podem gerar comprometimento de registro de candidatura à reeleição. Anote.

Os argumentos e a botija do crescimento do  PSDB/RN – Com oito deputados estaduais, o PSDB do RN experimenta um crescimento exponencial e de difícil compreensão para leigos e até gente conhecedora da política. Tantos candidatos à reeleição estariam apostando em quê? Tem quem diga que o presidente da sigla e da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, possui muitos argumentos e uma “botija” para convencer políticos tão experientes de que não estão entrando numa furada.

Segundo turno à vista – Com a concorrência de pelo menos três ou quatro chapas ao Governo do RN, com boa capacidade de votos, é mais do que previsível a realização do pleito em dois turnos. Sob essa ótica, é que o governador Robinson Faria (PSD) trabalha, sob a crença de que um nome no segundo turno será o seu. Em 2014, ele perdeu o primeiro para Henrique Alves (MDB), mas levou de arrastão o segundo.

Galeno Torquato x Raimundo Fernandes – Os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD) e Raimundo Fernandes (PSDB) fazem duelo à parte na campanha deste ano. Ambos tem São Miguel no Alto Oeste como berço político, mas espraiaram apoios por outras regiões. No pleito de 2014, Galeno estreou na disputa com 63.286 (3,82%) votos, sendo o segundo mais votado. Mas deve ter uma queda expressiva nesses números em 2018. Raimundo empalmou 35.333 (2,13%) votos e foi o 18º mais votados entre os eleitos. Parte para seu nono mandato.

Um vice para Carlos Eduardo Alves – A candidatura ao governo estadual de Carlos Eduardo Alves (PDT), que renunciou ao cargo de prefeito do Natal no final de semana, pode ter um nome indicado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP) a vice. A ideia é fechar chapão com força nos dois maiores colégios eleitorais do estado.

Geraldo Melo é cogitado para lugar de Agripino – Nos bastidores da política, em Natal, já se conversa a possibilidade de deslocamento do senador José Agripino (DEM) para chapa à Câmara Federal. Em seu lugar, entraria o ex-senador Geraldo Melo (PSDB), tendo o empresário Haroldo Azevedo (PSDB) como primeiro suplente. Garibaldi Filho (MDB) seria mantido como candidato à reeleição ao Senado, tendo Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB, pai do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira Filho-PSDB) como primeiro suplente.

Rosados podem repetir disputa familiar de 2014 – Se em 2014 o clã Rosado se fracionou em três candidaturas à Câmara Federal, para 2018 a corrida eleitoral na família talvez aconteça num patamar mais abaixo: Assembleia Legislativa. Larissa Rosado (PSDB), Kadu Ciarlini (PP) e Fafá Rosado (PSB) podem concorrer a uma vaga no parlamento estadual. Em 2014, Fafá, Sandra Rosado (PSB, hoje no PSDB) e Beto Rosado (PP) disputaram espaço na Câmara Federal, mas só esse último se elegeu.

Três pré-candidatos ao governo e um destino – Os três primeiros pré-candidatos ao governo do RN que surgiram ano passado não prosperaram as intempéries da pré-campanha: desembargador Cláudio Santos (sem partido), empresário Tião Couto (PR) e vereadora grossense Clorisa Linhares (Solidariedade) figuram nessa lista.

EM PAUTA

Sérgio Oliveira – O jornalista Sérgio Oliveira mergulha de vez no universo forense. Está instalado com escritório no Oásis Center, Avenida Alberto Maranhão, Centro de Mossoró, Sala 79-B, no 1º andar. Bom demais, Serginho. Depois apareço por aí.

Sérgio: advocacia (Foto: Web)

Simpósio – O Campus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque da Universidade do Estado do RN (UERN), em Pau dos Ferros, vai sediar entre 17 e 19 de abril, o Simpósio Internacional de Ensino e Culturas Afro-brasileiras e Lusitanas (I SINAFRO).

Instituto Oral Clínica – Será nessa terça-feira (10), às 19h, a inauguração do Instituto de Ensino e Pesquisa Oral Clínica, com realização de workshop sobre Gestão e Mercado em Saúde, seguida de um coquetel. Ocorrerá na Rua Doutor João Marcelino, 450, Santo Antônio, Mossoró. O objetivo da instituição é a qualificação profissional de excelência para as diferentes áreas da saúde, sobretudo a nível de pós-graduação, iniciativa dos odontólogos Ney Robson e Kátia Maia.

Reeleição – A professora Marlúcia Barros Cabral foi reeleita para direção do Campus da Universidade do Estado do RN (UERN), em Assu, na sexta-feira (7).

Voos – A Azul Linhas Aéreas, após inspeção no Aeroporto de Mossoró à semana passada, conclui relatório sobre condições para uso comercial desse equipamento. Intenção é de promover pelo menos três voos semanais (segunda, quarta e sexta-feira), no horário vespertino. Isso poderá acontecer a partir de junho.

Casa Centelha – A tradicional empresa Casa Centelha de Mossoró abriu seu show-room recentemente no Santo Antônio, próximo ao Serviço Social do Comércio (SESC). Mas evitou qualquer evento de inauguração.

SÓ PRA CONTRARIAR

O verde-oliva voltou a ser uma cor presente em Brasília.

GERAIS… GERAIS… GERAIS

Anote aí o fone e email do “Palhaço Pitanga”, que nos garante: é atração perfeita para aniversários infantis em Mossoró: migo38a@hotmail.com e (84) 9.8638-3389. Recado dado.

Chuvas nos últimos dias tem fortalecido sobremodo a crença no inverno no estado. Regiões mais castigadas do RN como Oeste e Seridó estão com excelentes chuvas e as imagens se multiplicam na Internet, como a sangria do Açude Público de Riacho da Cruz.

Obrigado à leitura do Nosso BlogJoel Canela (Felipe Guerra), Wilana Dantas (Caicó) e Magnólia Maria da Rocha Melo (Mossoró).

Veja a Coluna do Herzog da segunda-feira (02/04) passado, clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 04/04/2018 - 13:02h
Mossoró

PSB trata de mudanças após saída de Sandra e Larissa


Converso com porta-voz do PSB no Rio Grande do Norte e tenho confirmação de que o partido em Mossoró passará por mudanças.

Mas o prazo para que isso comece a ser tratado oficialmente é pós-dia 7 próximo (sábado), quando termina o prazo para mudanças partidárias.

A saída do grupo da vereadora Sandra Rosado e da deputada estadual Larissa Rosado para o PSDB, esta semana, é ponto de partida para novas conversas e negociações.

O partido é presidido no estado pelo deputado federal Rafael Motta.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 03/04/2018 - 07:18h
Filiação

Geraldo Melo volta ao PSDB com “medo” de ser governador


Principal nome filiado ao PSDB do RN, em evento ocorrido na tarde dessa segunda-feira (2) no auditório do Hotel Arituba em Natal, o ex-senador (pelo próprio PSDB) e ex-governador do RN (pelo MDB) Geraldo Melo admitiu um temor: ser lançado como candidato a governador.

Sua prioridade, destacou em discurso, é o Senado.

Geraldo (centro), tem filiação abonada pelo presidente do PSDB/RN, deputado Ezequiel Ferreira (Foto: PSDB)

“Sinceramente, já que tem gente que está disposta a disputar o governo, que dispute e ganhe. Eu tenho muito medo desse negócio de governo, porque o candidato corre dois riscos. Primeiro, de perder, como todo candidato. Ninguém quer. O segundo, o risco de ganhar. Se ganhar vai ter que governar o RN e não vai ser fácil”, assinalou.

Senado

“Então, se vocês poderem me mandar pro Senado, eu agradeço muito”, emendou.

Segundo o orador, “tenho muito a dar ainda ao meu estado e ao meu país.”

A ficha de filiação de Geraldo Melo foi abonada (sobre um tamborete, símbolo do ex-senador e ex-governador em suas campanhas) pelo presidente estadual do partido, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza.

Na mesma ocasião foram filiados outros nomes, como a deputada estadual Larissa Rosado, sua mãe e vereadora Sandra Rosado, além do empresário Haroldo Azevedo, entre outros.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 03/04/2018 - 05:56h
Em Mossoró

Importantes partidos passam por mudança de comando


PSDB, PSD e PSB, três importantes partidos da vida política do Rio Grande do Norte e do país, vão sofrer alterações de comando em Mossoró.

Tudo devido a dança das cadeiras, ao jogo político, as articulações com vistas às eleições deste ano.

O PSDB será comandado pelo grupo da vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado, que saiu com família, aliados, patinho de borracha, criado-mudo, pinguim da geladeira etc. do PSB (veja AQUI).

Antes, o PSDB tinha o controle local do grupo do empresário e ex-candidato a prefeito Tião Couto, que vai aportar noutra sigla.

No PSD do governador Robinson Faria, as reformulações são necessárias desde que o ex-prefeito Francisco José Júnior largou a legenda em 2017.

Quanto ao PSB, após ser “desovado” num canto qualquer pelo rosadismo, terá novos inquilinos ainda a serem definidos por sua Executiva Estadual.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 02/04/2018 - 13:08h
COLUNA DO HERZOG

Eleições não devem ‘parir’ nada de novo ou diferenciado


Por Carlos Santos

Até o momento, não há nada que sinalize como alternativo, novo, diferente ou “outsider” (expressão inglesa que significa aquele que não se enquadra na sociedade, que foge ao comum) na política do Rio Grande do Norte.

Em relação à política nacional, rumo às urnas de outubro, o cenário é o mesmo. Os nomes são velhos conhecidos, alguns inclusive pela ficha corrida.

Profissionais da política que há muito tempo (décadas até) estão em cena mudando de cores, ajustando discursos, disfarçando o próprio nome e trocando de companhias, seguem protagonistas.

Qualquer pesquisa de opinião pública feita na era da “Lava Jato” aponta para uma aspiração a mudanças. Há objeção e repulsa à política, aos políticos e aos partidos, mas ninguém até aqui surgiu para ser alternativo, novo, diferente ou outsider ao gosto popular.

Esse fenômeno da política brasileira se explica, em parte, pelo próprio sistema político-partidário-eleitoral mantido para não permitir qualquer mexida no status quo e por nosso analfabetismo político como cidadãos em todos os estamentos sociais.

Há tempos comentamos que tudo continuará como dantes, com uma ou outra mudança de nomes. Mas nem as novidades serão garantia de avanços. É preciso ser assinalado ainda, que também existe a espécie do bom político, merecedor de voto ou reeleição.

Enquanto cá embaixo muitos continuarem detestando a política, ignorando seu papel como cidadão, o castigo será o mesmo à maioria: “ser governado pelos maus” (Platão).

PRIMEIRA PÁGINA

Desistência misteriosa em meio à empolgação -  A desistência do empresário paulistano Luiz Roberto Maldonado Barcelos de ingresso na campanha eleitoral 2018 no RN, como candidato ao Senado, enseja algumas especulações. Nada ficou muito claro. Tem caroço nesse angu. A decisão foi justificada sem qualquer registro oficial, pelo fato da empresa da qual é um dos executivos (Agrícola Famosa) “precisar muito dele”. Dias antes, plantou na imprensa que tinha pesquisa qualitativa atestando que o eleitor queria novos nomes ao Senado, se mostrando empolgado. Pouco depois, desistiu. Estranho, muito estranho.

Sandra Rosado empareda os primos Carlos e Rosalba – A decisão da ex-deputada federal e atual vereadora Sandra Rosado de levar seu grupo do PSB para o PSDB, numa manobra para tentar salvar a espécie, empareda e peita os primos Carlos Augusto Rosado-prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A posição dela é isolada e alheia à vontade dos dois, seus ‘líderes’ políticos desde 2016, quando fizeram composição após mais de 30 anos de prélios eleitorais e pessoais ásperos. É possível que as eleições de 2018 os coloquem em palanques diferentes, de novo.

Semana é decisiva para desincompatibilizações - Quem pretende concorrer aos cargos eletivos no pleito do próximo ano deve se filiar a um partido político até o dia 7 de abril (sábado), ou seja, seis meses antes da data das eleições. O mesmo prazo é dado para obtenção junto à Justiça Eleitoral do registro dos estatutos dos partidos políticos que pretendem entrar na disputa.

Quem dá as cartas no PSB/RN - Apesar de ter sido apresentado como “pré-candidato” a governador e nova “estrela” do PSB do Rio Grande do Norte, o vice-governador dissidente Fábio Dantas vive período de trevas na nova sigla. Praticamente não apita nada por lá e não conseguiu sequer manter na legenda o grupo da deputada estadual Larissa Rosado, cooptada pelo PSDB. O deputado federal Rafael Motta e seu pai, deputado estadual Ricardo Motta, seguem dando as cartas no PSB/RN.

Rafael e o pai Ricardo: sob controle (Foto: arquivo)

Disputa de duas vagas caminha para envolver três nomes – A corrida eleitoral ao Senado no RN, com duas vagas disponíveis, caminha para ficar entre três nomes: os atuais senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB) e a deputada federal Zenaide Maia (PHS). Outros aventados foram saindo de cena ou sequer apareceram com o mínimo de “sustância”. Mas quem pode surgir como “novidade” é o ex-senador Geraldo Melo (de novo no PSDB). O “movimento dos empresários” até aqui se mostrou um fiasco, como previsto por este Blog sem precisar consultar qualquer cartomante ou bola de cristal.

A campanha eleitoral mais difícil de todos os tempos - Novatos e experimentados políticos marcham para a mais difícil campanha de todos os tempos no RN. É uma luta pela sobrevivência ou apenas subsistência. É difícil que ocorra uma extrema renovação na Assembleia Legislativa e Câmara Federal, da mesma forma que é difícil que tenhamos qualquer grande surpresa nas chapas majoritárias, mas é nítida a tensão da capital ao interior entre os políticos e seus próceres.

Dois campeões de rejeição e dois destinos – Em 2014, mesmo com reprovação que passou dos 82% no estado e 90% na capital, a então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), ainda sonhou em candidatura à reeleição, mas foi barrada por seu partido, sob o comando do senador José Agripino. Este ano, situação semelhante é vivida por seu sucessor, Robinson Faria (PSD). A diferença é que ele é dono do PSD e vai mesmo à campanha à reeleição, mesmo que tudo indique seu fracasso nas urnas.

Chapas e coligações à Câmara Federal podem decidir eleição – Como será montada chapa partidária à Câmara Federal e coligações pode decidir quadro de eleitos este ano no RN. A disputa coloca em risco o projeto de reeleição da maioria dos atuais deputados. Existe muita rejeição a alianças com eles. Pouca gente se propõe a ser “esteira”. A angústia é grande. São apenas oito vagas nesse “bonde” e uma chapa/coligação frágil pode determinar a derrota.

Saúde delicada preocupa amigos e aliados de Garibaldi Filho – A saúde do senador Garibaldi Filho (MDB) é uma preocupação de amigos e familiares, para a jornada que se aproxima. Por isso que o noticiário que especula possível desistência dele, da corrida senatória, tem alguma razão de ser. Desde a prisão do primo Henrique Alves (MDB) em junho do ano passado, que “Gari” está seriamente abalado. Com razão, que se diga. Razões pessoais e políticas, sublinhe-se.

Cotação de apoio em dinheiro pode crescer na campanha – Já tem candidato a deputado estadual oferecendo até R$ 100 mil por apoio de ex-vereador no interior do estado. A cotação e os numerários podem subir mais um pouco, dependendo do grau de desespero e dificuldade na campanha que chega já. A luta eleitoral segue aquela rotina de sempre, apesar das restrições legais e dos sustos provocados por prisões de figurões da política.

EM PAUTA

Arte popular - Está confirmado para o dia 6 próximo (sexta-feira), às 20 horas, no Cajaranas Bar ((Avenida Felipe Camarão, próximo ao aeroporto de Mossoró), apresentação dos cantadores Valdir Teles e Jonas Bezerra. A “Grande Cantoria” terá ainda a atração-mirim Moésio Marinho.

Grupos de caboclos mostraram evoluções e figurinos que encantaram o público em Major Sales (Fotos: Blog CS)

Festival de Caboclos – Assisti apresentação da 28ª Edição do Festival de Caboclos de Major Sales (região Oeste do RN, 427 quilômetros do Natal) no Sábado de Aleluia (31 de Março). Um evento encantador, cultura nativa única, que merece aplausos.

Atores potiguares - Pedro Fasanaro, Ênio Cavalcante, Quitéria Kelly e Titina Medeiros. Estes serão os novos representantes do teatro norte-rio-grandense na telinha. A partir de 23 de abril, poderemos nos deparar com rostos já conhecidos no cenário artístico potiguar na série “Onde nascem os fortes”, da Rede Globo de Televisão. Veja AQUI.

Cidade em Debate – Atendendo convite de Carlos Cavalcante, estaremos na quarta-feira (4), às 19h, na TV Terra do Sal de Mossoró, pelo sistema cabo da Brisanet, Canal 173. Confirmado. Obrigado pelo convite.

Novo livro de Cefas Carvalho (Foto: Reprodução)

Cefas Carvalho – O jornalista Cefas Carvalho, do portal Potiguar Notícias, está com nova edição do seu mais recente livro à mão. “Olhos salgados” (romance) pode ser adquirido com ele mesmo, no Bardallos Comida & Arte, através da Editora Penalux (veja AQUI) ou na Cooperativa Cultural Universitária em Natal. Sucesso, meu caro.

Fessin – Depois do atacante Matheus que foi negociado com o Corínthians, o meia Fessin – também do ABC – é o novo foco de clubes de outros estados, inclusive da Série A. Ele tem apenas 19 anos.

Exposição – “Narrativas do silêncio” é o tema da exposição fotográfica a ser apresentada na Pinacoteca do Estado em Natal, a partir de quinta-feira (5), a partir das 19 horas e com entrada gratuita. Irá até o dia 27 e apresenta trabalho de 27 pessoas surdas. Evento é viabilizado pela Lei Câmara Cascudo.

Morte certa – Impressiona o quantitativo de execuções de ex-presidiários e gente em condicional. Esse é um detalhe que merece pauta especial da imprensa, com estatísticas. Se no interior de presídios a vida não vale nada, fora parece que vale menos ainda.

SÓ PRA CONTRARIAR

O Brasil tem um enorme passado pela frente. Pode anotar.

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Dois times mossoroenses vão participar da Segunda Divisão do Campeonato Estadual de Futebol 2018: Baraúnas e Mossoró Esporte Clube. Apenas um sobe.

Obrigado à leitura do Nosso BlogGeraldo Américo (Natal), Francisco Oliveira (Caicó) e Wagner Sanches (Mossoró).

Veja a Coluna do Herzog do domingo (26/03) passado, clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 02/04/2018 - 11:32h
Constrangimento

PSDB espera saída, rápida, do ex-governadorável Tião Couto


Tião e Diego: adversários se aproximam (Foto: Web)

O ex-candidato a prefeito de Mossoró Tião Couto (PSDB) tem que correr para arrumar as gavetas e sair do partido com sua trupe. Logo.

Desde o dia 13 de maio do ano passado que ele assumiu o comando partidário em Mossoró, com a posse do seu filho e também empresário Diego Couto na presidência da Comissão Provisória da legenda, no município.

Mas com o desembarque do grupo da adversária, vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado na legenda (veja AQUI), a pressa agora é amiga da perfeição e evitará mais constrangimentos.

Tião foi apresentado como provável nome do PSDB ao governo ou Senado, em 2017, mas foi paulatinamente isolado pela cúpula partidária, até chegar a esse extremo.

Como não pediu desfiliação antes do anúncio da chegada dos novos filiados, é obrigado a passar por mais esse vexame.

Leia também: Cúpula do PSDB isola e escanteia ex-candidato.

P.S (18h27) – Assessoria de Tião Couto informa que ele pediu desligamento da sigla, protocolando decisão na Justiça Eleitoral e Diretório Municipal, logo após saber que o rosadismo ocuparia a legenda. Foi nessa terça-feira (24)

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 02/04/2018 - 11:15h
Sandra Rosado

Ex-deputada anuncia mudança do PSB para o PSDB


A vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado filia-se nesta segunda-feira (2) ao PSDB, em evento marcado para à tarde de hoje (veja AQUI) em Natal.

Ela e seu grupo saem do PSB, pelo qual participaram das últimas campanhas municipais e estaduais.

Ela emitiu nota sobre essa migração, dirigida a correligionários. Veja abaixo:

 

Sandra: mudança (Foto: Edilberto Barros)

Meus amigos, minhas amigas.

O dinamismo da vida pública nos convida a novos desafios. E nos ensina o exercício da gratidão. É com esse sentimento que me despeço – de cabeça erguida – do PSB. Para sempre levarei o legado de convivência democrática, inspirada no eterno exemplo de coragem e lealdade de Miguel Arraes, Ana Arraes – afastada da política partidária, exercendo atualmente a função de ministra do Tribunal de Contas, e Eduardo Campos, além dos companheiros com quem convivi no Rio Grande do Norte.

O dever político nos convoca a um novo momento partidário, com os mesmos ideais a favor do povo.  O PSDB honra a tradição democrática e é onde nos somamos, a partir de agora, para continuarmos firmes na defesa dos princípios norteadores da nossa atividade política.

Convido nossos amigos a se juntarem em mais essa jornada democrática, movida pelo compromisso de, com antigos e novos correligionários, devolver ao nosso Estado o respeito e construir um país melhor, mantendo vivo o ideal de Eduardo Campos: “Não vamos desistir do Brasil!”.

Sandra Rosado

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 27/03/2018 - 22:04h
Campanha 2018

PSDB atrai Larissa e Sandra, escanteando Tião Couto


Larissa e Sandra em propaganda de campanha 2014

Notícia passada pelo Blog de Thaísa Galvão: a deputada estadual Larissa Rosado, que já se desfiliou do PSB, vai oficializar filiação ao PSDB na próxima segunda-feira (2), às 16h, no Hotel Arituba.

Junto com ela, passa a integrar também o partido o ex-governador Geraldo Melo, que saiu recentemente do MDB.

Sandra Rosado, vereadora em Mossoró, também pediu desfiliação do PSB, mas aguarda parecer do TRE para confirmar desembarque no ninho tucano.

O comando do PSDB de Mossoró, que estava nas mãos do empresário Tião Couto, será transferido para o grupo da vereadora Sandra Rosado.

Nota do Blog Carlos Santos - O empresário e ex-candidato a prefeito Tião Couto poderia ter evitado esse constrangimento. Bem, não foi falta de aviso, alerta, sinalização.

Leia também: Cúpula do PSDB humilha e isola ex-candidato a prefeito.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 19/03/2018 - 15:35h
Política

Êeee, Tião!

Cúpula do PSDB do RN humilha e isola ex-candidato a prefeito de Mossoró rumo à campanha 2018

Há tempos o comando do PSDB do RN isolou o empresário e ex-candidato a prefeito de Mossoró Tião Couto (PSDB). É uma  postura recheada de episódios que devem levar Tião a sair do partido por “livre e espontânea pressão”.

Vira-lhe as costas, desdenha-o e anula-o, mesmo com o capital eleitoral que o empresário amealhou na eleição municipal de 2016: 51.990 (39,39%) votos, em sua estreia nas urnas. Enfim, um profundo desrespeito.

Ezequiel, Tião e Rogério Marinho dia 14 de maio do ano passado: promessa para lubidriar (Foto: arquivo)

Confirmando-se o desembarque do grupo da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) na legenda – veja AQUI, sob o apadrinhamento do presidente tucano e da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, teremos mais outro ato desse enredo de humilhações.

No último sábado (10), por exemplo, Tião Couto participou de evento ao lado do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) no Seridó – veja AQUI, posando a seu lado, e não foi sequer citado em release (matéria oficial) do parlamentar distribuído á imprensa.

Alerta e promessa

Antes, dia 6, viabilizou a presença do presidenciável Flávio Rocha (sem partido) em Mossoró para lançar o “Movimento Brasil 200″ (veja AQUI), mas a cúpula do PSDB não lhe prestigiou.

No dia 14 de maio de 2017, na Convenção Municipal do PSDB em Mossoró, Rogério Marinho avisou que Tião seria o nome do PSDB ao governo em 2018. Promessa para ludibriá-lo. Nos dias e meses seguintes o PSDB foi tirando o ‘chão’ do ex-candidato a prefeito.

As situações embaraçosas não param por aí. Vá anotando.

No dia 7 de janeiro deste ano (veja AQUI), Ezequiel e o também deputado tucano Gustavo Carvalho aportaram na casa de praia da deputada Larissa Rosado e de sua mãe e vereadora Sandra Rosado (PSB), para participarem de almoço político. Ambas, adversárias de Tião, além da própria prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), que o derrotou em 2016 e prestigiou o convescote.

Ezequiel (centro) prestigia adversárias de Tião (Foto: Arquivo)

Contudo no dia 20 de dezembro de 2017, Tião e o seu vice em 2016, empresário Jorge do Rosário (PR), promoveram o “Encontro de Articulação Política RN Melhor” em Mossoró e não tiveram a presença de Ezequiel ou qualquer dirigente estadual da sigla. Seria o pontapé da pré-campanha dele ao governo potiguar, mas que se revelou um fiasco.

Semanas antes, Ezequiel passara por Mossoró para um compromisso político e não fez sequer um contato com o importante correligionário tucano. Nem um alô pelo “zap-zap” (WhatsAPP).

Disparate

A assessoria de Tião Couto ‘plantou’ tentou reagir à ‘cristianização’ do empresário. Espalhou tese na imprensa de Mossoró, Natal e redes sociais de que a direção nacional do PSDB e o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) acabariam por referendar sua postulação ao governo, com ou sem apoio de Rogério e Ezequiel. Um disparate que sequer publicamos nesta página.

O que ocorre foi antecipado pelo Blog Carlos SantosTião caminha à disputa estadual desconectado da realidade – ainda ano passado (25 de julho de 2017). Voto é um “ativo” frágil e a política exige ações proativas de quem quer ser protagonista. Tião está sendo tangido pelos donos do PSDB-RN.

Êeee, Tião!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 19/03/2018 - 14:12h
Eleições 2018

Caminho de Larissa Rosado e seu grupo é o PSDB


Do Blog da Chris

O caminho da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) será mesmo o PSDB, partido do presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, em quem a deputada deposita total confiança.

Ezequiel é 'padrinho' de Larissa (Foto: Eduardo M.)

Aliás, Ezequiel é uma espécie de conselheiro para os deputados.

Sua cotação entre seus pares é altíssima.

Nota do Blog Carlos Santos – A prisão do ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) em 6 de junho do ano passado fez o grupo da parlamentar recuar do compromisso que tinha de retornar ao emedebismo e ficar ao lado dos Alves em 2018.

Foi graças a Henrique que se fechou a chapa Carlos Eduardo Alves (PDT)-deputado estadual Álvaro Dias (MDB) à Prefeitura do Natal em 2016, permitindo que a vitória nas urnas viabilizasse a volta de Larissa (veja AQUI) à Assembleia Legislativa. Ela não tinha se reelegido em 2014.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (FECOMÉRCIO/RN), Marcelo Queiroz, migrou do PDT para o PMDB para ser o vice de Carlos. Estava “certo”. Acabou descartado para que Larissa e seu grupo pudessem ser beneficiados.

O acordo passou também pelo crivo do rosalbismo, que não queria nenhuma indicação de nome a vice da ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB), mãe de Larissa, à chapa encabeçada por Rosalba Cirlini (PP) à Prefeitura de Mossoró, no mesmo ano.

Rosalbismo e rosadismo, “unidos”, deveriam dar a contrapartida ao grupo Alves agora em 2018. Mas a política não é uma ciência exata. A campanha deste ano é sobretudo de sobrevivência.

Leia também: Consórcio Alves-Maia-Rosado planifica poder para 2018.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 07/03/2018 - 21:20h
Mossoró

Prefeita deverá vetar projeto que afeta a construção civil


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) deverá vetar projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal de Mossoró na terça-feira 6), que impõe limitações para contratação de mão-de-obra para a indústria da construção civil e sua cadeia de produtos e serviços, em Mossoró

Em meio aos construtores, a matéria também provocou reação negativa, com reprovação no âmbito do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON). Seu setor jurídico está a postos para questioná-lo judicialmente, se não ocorrer o veto.

O projeto é de autoria da vereadora Sandra Rosado (PSB).

Alcance

Segundo seu enunciado, empresas do setor de construção civil ficam obrigadas a contratar, prioritariamente, 70% da mão de obra de trabalhadores residentes na cidade, há pelos menos seis meses, e, no mínimo, 15% desse percentual, de trabalhadoras do sexo feminino.

A proposta engloba, além da construção civil leve e pesada, os segmentos da indústria e produtos de cimento, pré-moldados, cal e gesso, obras de infraestrutura e serviços especializados para construção, parques eólicos e solares com atuação no município de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Economia / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 06/03/2018 - 14:36h
RN

Grupo Rosado faz crítica ao comando do PSB estadual


Para a vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB), a direção estadual do seu partido tem uma postura “autoritária”.

A relação dela e de seu grupo (inclua-se a deputada estadual Larissa Rosado) com o presidente partidário, deputado federal Rafael Motta, não é das melhores.

Sem rodeios, ela deixou clara a sua queixa em entrevista ao jornalista Saulo Vale da Rádio Rural de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 04/03/2018 - 17:22h
COLUNA DO HERZOG

O inimigo sem rosto do senador José Agripino


Por Carlos Santos

Tem-se divulgado como tese insofismável, que as eleições deste ano são divisoras de águas. E, ao mesmo tempo, o juízo final para uma manada de políticos da esquerda à direita e vice-versa.

No Rio Grande do Norte, quase nenhum político está tranquilo quanto ao pleito que se avizinha. Há tensão quanto ao chamado “veredicto das urnas”.

"Jô-sé", como soletradamente o tratava seu pai Tarcísio Maia, é um dos políticos mais influentes do país (Foto: arquivo DEM)

Na verdade, urna não julga. Nem pune nem inocenta. Isso é pura retórica; coisa de falastrão politiqueiro que nomeia a massa-gente inorgânica para prolatar sentença que não lhe cabe.

Mas é visível que o pleito que se aproxima é a luta por um mandato de sobrevida ou a morte severina para muito figurão. Não há meio-termo à vista.

O senador José Agripino (DEM), 72 anos (23 de maio de 1945), está no índex dos nomes mais questionados e a perigo de não-reeleição. Nem assim está fora do páreo. Quem quiser que corra atrás.

Sua sobrevivência até aqui é por si só um feito. A projeção nacional como um dos políticos mais articulados e influentes do país, supera em muito o que se preconizava para ele no final dos anos 70, quando ascendeu como prefeito indireto do Natal.

Agripino, de uma linhagem familiar com história no Rio Grande do Norte e Paraíba, é um espécime que escapou da era PT-Lula. Foi um rara liderança do PFL (hoje, DEM) a sobreviver à feroz poda petista.

Agora, o desafio não é contra PT, Alves (antigos e ex-antagonistas) ou qualquer “novidade”. Enfrenta um inimigo sem rosto e revoltado, que prega mudança, parece querer algo diferente, mas até aqui não passa de um espectro.

Seu maior inimigo é um só: o povo.

PRIMEIRA PÁGINA

A migração do vice-governador dissidente Fábio Dantas do PCdoB para o PSB é comemorado pelo grupo da ex-deputada federal e vereadora Sandra Rosado (PSB) e da deputada estadual Larissa Rosado (PSB). Luz no fim do túnel para sobrevivência política do rosadismo. Há tempos que ambas retrocederam de desembarque no MDB, como era compromisso firmado desde a pré-campanha de 2016. A prisão do líder Henrique Alves e outros fatores pesaram no freio.

Conseguir informações no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF), em Recife-PE, sobre processos relacionados a políticos potiguares, é uma tarefa hercúlea. Além do Labirinto de Creta do seu portal, também existem outras barreiras. Temos que recorrer a advogados até de outros estados, como intermediários, na busca de dados mais seguros.

Gustavo prestigiou Izabel no evento da "Rosa" (Foto: Web)

O deputado estadual Gustavo Fernandes (MDB) apareceu na Câmara Municipal de Mossoró na quarta-feira (28) à tarde, para leitura da mensagem anual da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Ninguém imagine que tenha sido para prestigiá-la. Na verdade, o parlamentar é um nome que pode ser apoiado em Mossoró à reeleição pelo grupo da presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB), em detrimento do escolhido pela prefeita. A vereadora já mandou recado ao rosalbismo no inicio do ano (Leia: Prioridade de Izabel é o MDB e não Rosalba).

O governador Robinson Faria (PSD) não pode ficar amuado com a escapulida do seu vice Fábio Dantas (PCdoB) para a oposição e com o projeto que anuncia, de se candidatar ao governo. Robinson fez o mesmo em relação à então governadora Rosalba Ciarlini (DEM) em 2014. Quatro anos antes (2010), a “vítima” já tinha sido Wilma de Faria (PSB), que não o escolheu para sucedê-la, mas optou por Iberê Ferreira (PSB). Presidente da Assembleia, ele passou a travar matérias do interesse do final das gestões Wilma-Iberê, além de compor chapa com Rosalba ao governo estadual, na condição de vice. A história se repete, como farsa ou como tragédia, mas se repete.

A ex-primeira dama do estado e secretária de Estado do Trabalho e Ação Social (SETHAS) Julianne Faria (sem partido) teve sua imagem falseada em redes sociais. Criaram um endereço utilizando sua foto e nome, criminosamente.

A prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) superou-se na quarta-feira (28), ao admitir ter o dom da onisciência, algo divino. Fitou olhos na direção de vereadores da oposição, em especial Petras Vinícius (DEM), e passou o ‘batido’ nos parlamentares. Avisou que não havia necessidade de eles fiscalizarem equipamentos públicos da saúde, escola e de outros setores. Segundo a prefeita, nada lhe escapa. “Eu sei de tudo!” Torcer para que ao aparecer outra denúncia, ela não encarne o ex-presidente Lula da Silva (PT) e sua defesa-clichê: “Eu não sabia de nada!”

Rosalba: poder divino. "Sabe de tudo" (Foto: Web)

A vereadora grossense Clorisa Linhares (PSDB), prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), governador Robinson Faria (PSD), vice-governador Fábio Dantas (a caminho do PSB) e senadora Fátima Bezerra (PT) são pré-candidatos “certos” à disputa ao governo do RN em 2018. Outros virão, provavelmente. Mas não estranhe que tenhamos desistência (as) antes das convenções partidárias até 5 de agosto. Anote, por favor.

O anúncio (veja AQUI) no sábado (3) da candidatura do ex-candidato a prefeito de Mossoró Gutemberg Dias (PCdoB), à Assembleia Legislativa, antecipa que será ainda mais pulverizada a votação no município nessa faixa de disputa. Em 2014, o nome mais votado foi Larissa Rosado (PSB), que empalmou 24.585 (23,38%) votos, algo difícil de se repetir com ela ou outro disputante em 2018. Em 2014, Mossoró não teve um único candidato nativo eleito ou reeleito à Assembleia Legislativa. Nessa mesma eleição, 209 candidatos a deputado estadual foram votados em Mossoró. De Larissa (campeã de votos) a 25 ‘concorrentes’ que obtiveram apenas “um voto”. Leia tambémVários fatores pesam para frear votações expressivas que publicamos dia 20 de novembro do ano passado.

Em 2014, o senador José Agripino (DEM) precisou priorizar a chapa proporcional (em especial a reeleição do filho Felipe Maia-DEM à Câmara Federal), em detrimento do projeto de reeleição (dificílima) da então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP). Agora em 2018, o governador Robinson Faria (PSD) também vive a dificuldade de levar o filho Fábio Faria (PSD) à reeleição à Câmara Federal. Ser ou não ser candidato a reeleição? Eis a questão.

Apesar de estar preso na Academia da Polícia Militar do RN desde 6 de junho do ano passado, o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) não está distante e sem ser ouvido em relação à campanha eleitoral 2018. Ele continua sendo a maior liderança do seu grupo, mesmo que manietado em boa parte por essa situação delicada.

EM PAUTA

Arcanjo – A sexta-feira (2) à noite foi um momento mágico na vida do escritor Clauder Arcanjo. Infelizmente não pude prestigiá-lo pessoalmente, mas reitero meu aplauso por sua posse na Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANL). Parabéns, meu caro. Leia: Clauder Arcanjo na Academia.

Academia Norte-rio-grandense de Letras recebeu Clauder Arcanjo na última sexta-feira (Foto: cedida)

Gentil – O Grupo Gentil de Natal, que é controlador da rede O Boticário em Mossoró e outros municípios na região, vai inaugurar na próxima quinta-feira (8), às 16h, sua loja-âncora na cidade, à Praça Rodolfo Fernandes. O Sexteto do Instituto Gentil e o grupo de dança Diocecena vão abrilhantar o evento. Obrigado pelo convite.

Vinho – A Festa do Vinho de São Miguel está definida em mais uma versão. Acontecerá no Vila Nova Club no dia 29 de março.

Carnapau – Está no ar o site do Carnapau 2018, em sua 13ª edição, que acontecerá de 6 a 8 de julho. Pode acessar clicando AQUI. O evento promete ser um dos mais marcantes de sua história.

Valéria Oliveira – A cantora natalense Valéria Oliveira vai se apresentar em Parnamirim e Caicó. Os shows vão acontecer respectivamente nos dias 16 e 23. “Mirá” é o título do espetáculo musical.

Valéria: boa música (Foto: Web)

Palavras – O projeto da trupe Casa das Palavras estará em Caicó nos dias 15 e 16 deste mês. É o terceiro ano consecutivo. Oficinas de Teatro, Mamulengo e Grafite farão parte da programação no Teatro Adjuto Dias. Tudo gratuito e com inscrições no próprio teatro.

Serras – As cidades de Martins e Portalegre estão dividindo as atenções na região Oeste nesse inicio de ano, em meio à expectativa de bom inverno. Chuvas e clima suíço atraem públicos numerosos. Tem melhorado também programações diversas, que agregam valor, além do sistema hoteleiro. Quantas às belezas naturais, elas estão ainda mais encantadoras nesse período.

Uern do Brasil - Você sabia que 89% dos estudantes da Universidade do Estado do RN (UERN) são oriundos de escolas públicas? Você sabia que 92% de seus pais não tiveram acesso ao ensino superior? Não saber ajuda a formar um juízo de valor depreciativo da Uern do Brasil.

SÓ PRA CONTRARIAR

Escrever é o meu lazer. Se fosse para escrever o que interessa ao status quo, seria a diversão deles.

GERAIS…GERAIS…GERAIS

A impressão que fica, circulando de carro em Natal, é de maior dificuldade de tráfego à medida que são feitas obras justamente com o propósito de melhorá-lo. Coisa de louco.

Até quando os banheiros da Praça da Convivência serão tratados como a latrina da cidade de Mossoró? Por mais que alguns permissionários desse logradouro invistam, a municipalidade precisa saber que esse equipamento é público e referência da boa ou má gestão estatal. Se lá tudo fede, fede muito mais a gestão municipal. Argh!

Obrigado à leitura do Nosso BlogGlauber Diniz (Natal), Teresa Almeida (Currais Novos) e Francisco Nóbrega (Mossoró).

Veja a Coluna do Herzog do domingo (25/02) passado, clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
  • Repet
quinta-feira - 22/02/2018 - 08:50h
Em Recife

TRF5 julga hoje vereador e comerciante devido caso Apamim

Alex Moacir e Francisco Andrade Filho são os principais implicados, já condenados em primeiro grau

A Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) tem em pauta para as 9 horas de hoje (quinta-feira, 22), em sua sede em Recife-PE), processo sob o número RN – 2008.84.01.000944-0. Nele, há sentença – com recurso – prolatada pelo juiz da 8ª Vara da Justiça Federal (Mossoró), Orlan Donato Rocha.

Os principais implicados (condenados em primeiro grau) são o vereador Alex Moacir (MDB) e o comerciante e ex-genro da vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) Francisco de Andrade Silva Filho. O primeiro pode até perder o mandato, como uma das sanções; o segundo, se não reverter condenação vai ressarcir União em quase R$ 800 mil reais.

Andrade (comerciante) e o vereador Alex Moacir são nomes implicados no julgamento que deve ocorrer hoje (Foto: arquivo)

O ex-deputado federal Laíre Rosado Filho (PSB) teve extinção de processo quanto ao seu envolvimento, “em face do reconhecimento da prescrição” (a Justiça perdeu tempo para eventual punição do réu). Em vários outros processos ocorreram a mesma situação favorável ao ex-parlamentar mossoroense, marido da vereadora Sandra Rosado.

Apamim

Eles estão envolvidos – segundo os autos processuais – em desvio de recursos públicos federais, atrelados à Associação de Assistência e Proteção à Maternidade de Mossoró (APAMIM). A instituição filantrópica está em intervenção federal desde setembro de 2014.

O relator do processo no TRF5 é o desembargador Roberto Machado.

Alex Moacir foi condenado à “perda do valor acrescido ilicitamente ao patrimônio, no montante de R$ 202,21 (duzentos e dois reais e vinte e um centavos), que deverá ser integralmente ressarcido; suspensão dos direitos políticos por 8 (oito) anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, também pelo prazo de 5 (cinco) anos”.

Francisco Andrade teve condenação “à perda do valor acrescido ilicitamente ao patrimônio, no montante de R$ R$ 50.499,83 (cinquenta mil, quatrocentos e noventa e nove reais e oitenta e três centavos), que deverá ser integralmente ressarcido; ressarcimento integral do valor de R$ 734.625,60 (setecentos e trinta e quatro mil, seiscentos e vinte e cinco reais e sessenta centavos), relativos à perda patrimonial decorrente da conduta ímproba do réu; suspensão dos direitos políticos por 10 (dez) anos; pagamento de multa civil de duas vezes o valor encontrado após a soma do enriquecimento ilícito com a perda patrimonial; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, também pelo prazo de 10 (dez) anos.

O juiz Orlan Dantas Donato prolatou a sentença no dia 15 de outubro de 2014. Cinco réus foram absolvidos e outros seis foram condenados.

Leia também: Processo sobre condenação de Sandra Rosado não é julgado.

Defesa de Alex Moacir se pronuncia

P.S – 13h50 - Em relação a matéria intitulada ‘TRF-5 julga hoje vereador e comerciante devido caso Apamim‘, o advogado Marcos Lanuce (que defende os interesses do vereador Alex Moacir), tem os seguintes esclarecimentos:

O vereador foi condenado em primeiro grau de jurisdição, por improbidade administrativa, no processo 1937, tendo o TRF, no final do ano de 2016, reformada a referida decisão, no sentido de absolver Alex Moacir.

Da mesma forma, houve condenação no processo 944, porém, de idêntica forma, o Vereador foi absolvido pelo TRF, desta feita o acórdão foi publicado em outubro de 2017.

O julgamento ocorrido no dia de hj, é referente aos embargos de declaração, propostos em face do acórdão aqui referido, sem nenhuma menção ao vereador Alex Moacir.

Repisando, em ambos os processos o vereador foi absolvido das condenações que lhes foram imputadas, pelo magistrado de primeiro grau.

A defesa do vereador, tinha plena consciência que não se poderia perdurar as decisões condenatórias, considerando que não houve nenhum ato ilícito praticado por Alex Moacir, quando de sua estada na prestação de serviços, junto a Fundação Vingt Rosado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
domingo - 04/02/2018 - 10:20h
COLUNA DO HERZOG

A difícil equação da “união” dos Rosados para 2018


Por Carlos Santos

O que fazer com a vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) e sua filha e deputada estadual Larissa Rosado (PSB)? Eis uma das delicadas questões que pairam à mesa do rosalbismo. As eleições 2018 são decisivas para a continuidade da união (mistura, digamos) dessas duas bandas do clã Rosado.

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e seu marido-líder político Carlos Augusto Rosado precisam montar uma fórmula politico-eleitoral que satisfaça mãe e filha este ano. Paralelamente, não podem permitir que comprometam a reeleição do federal Beto Rosado (PP) e a ideia de eleição do filho do casal, Kadu Ciarlini, à Assembleia Legislativa.

Sandra e a prima Rosalba Ciarlini estão misturadas numa composição política bastante delicada (Foto: arquivo 09-07-16)

Sandra procura valorizar o próprio “passe” e da filha Larissa Rosado, quando propaga que será novamente candidata à Câmara Federal, mesmo sabendo que não tem meios para essa jornada. Sua tensão maior se concentra no campo judicial (Processo contra Sandra Rosado será julgado dia 20 de fevereiro).

A Prefeitura Municipal de Mossoró, como “nave-mãe”, teria que viabilizar campanhas vitoriosas de dois federais (Sandra e Beto) e dois estaduais (Larissa e Kadu). Historicamente, isso nunca aconteceu. Absolutamente, nunca.

Qual a saída então? Um dos caminhos é alojar Larissa como vice numa chapa ao governo estadual, a ser apoiada pela família e os dois grupos. Assim, Kadu teria “pista limpa” em Mossoró para ser deputado estadual.

Vice de Carlos Eduardo Alves (PDT), prefeito de Natal? Pode ser, sim. Falta combinar, claro.

Sandra manter-se-ia com os pés no chão na Câmara Municipal e receberia melhores condições ofertadas pelo rosalbismo, para se defender do emaranhado de problemas judiciais que enfrenta.

Mais do que isso, é pouco provável que seja engendrada outra saída. A menos que mãe e filha busquem o guarda-chuva de outro esquema político para sobrevivência. Não está fácil.

PRIMEIRA PÁGINA

A entressafra e decadência da política do Brasil são evidentes e nocivas à própria vida nacional. Veja-se o caso da Presidência da Câmara Federal: os dois últimos presidentes estão presos  (Eduardo Cunha-MDB/RJ e Henrique Alves-MDB/RN) e o atual, Rodrigo Maia (DEM-RJ), até anda se saçaricando como opção à sucessão presidencial. Na sua reeleição em 2014, obteve 53 mil 167 votos, aparecendo apenas como 29º colocado entre os 46 eleitos da bancada federal carioca. Falava-se que teria reeleição muito difícil em 2018, mas virou presidente da Câmara Federal e até sonha em substituir Michel Temer (MDB-SP). O Brasil parece um caso perdido.

Deputado distrital em Brasília, Agaciel Maia (PR) aguarda as eleições 2018 para formar uma trinca de irmãos potiguares vitoriosos na política. Ele já tem a irmã e atual deputada federal Zenaide Maia (PR), que vai concorrer ao Senado, e conta com o retorno do ex-deputado federal João Maia à Câmara Federal. As urnas em outubro dirão.

Sem conseguir aprovar a maioria das mensagens do ajuste fiscal do seu governo, enviadas à Assembleia Legislativa, Robinson Faria (PSD) ficou ainda mais fragilizado na Governadoria. Mas nega veemente que cogite renúncia para se candidatar outra vez à Assembleia Legislativa. Mesmo assim, é bom o vice Fábio Dantas (PCcoB) ficar de sobreaviso.

A ex-secretário de Estado do Trabalho, Habitação e Ação Social (SETHAS) Julianne Faria (sem partido) prepara programação política de visita a unidades estaduais que viabilizou funcionamento e fortalecimento no estado. Seu périplo começará após o Carnaval. Ela demonstra convicção de que o “ex-marido” e governador Robinson Faria (PSD) vai renunciar ao cargo, viabilizando legalmente seu registro de candidatura. Estará num partido coligado à postulação da senadora Fátima Bezerra (PT).

Julianne e Robinson: distância necessária (Foto: arquivo)

No âmbito do Conselho Municipal de Previdência do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos de Mossoró – (Previ-Mossoró), os atrasos nos repasses das contribuições previdenciárias da Prefeitura de Mossoró a essa autarquia estão incomodando alguns conselheiros. Eles podem formalizar denúncia ao Ministério Público do RN (MPRN). O limite prudencial para suportar atrasos dos repasses por parte do Executivo é de três meses, situação que já se formou.

O Carnaval Multicultural, atualização de folha salarial e outras ações administrativas encorpam a gestão e a imagem do prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT) para a disputa ao governo este ano, o que ele ainda não anunciou publicamente (veja AQUI). Mas seu palanque extremamente conservador, que pode reunir a fina flor oligárquica do estado, de Natal a Mossoró, é um senão em momento de profunda negação da política, dos políticos e dos partidos pelo eleitorado. Eis o xis da questão.

Aécio Neves (PSDB) nunca me enganou; Lula (PT) não me engana mais. O primeiro sempre me pareceu um farsante; o segundo revelou-se uma farsa. Hoje, os vejo no mesmo patamar. O tucano deveria estar preso há tempos, porém segue blindado por seus pares do Senado e colegas do Supremo. O petista, se for preso, não me causará prostração alguma.

Conta-se que a arrecadação de janeiro e o pagamento a certos fornecedores levaram a Assembleia Legislativa a desistir de assumir o ônus da aprovação dos projetos impopulares do ajuste fiscal do Governo Robinson Faria (PSD). O grito do eterno governista Raimundo Fernandes (PSDB), o deputado “Raimundo Bigodão”, mudando de lado e de voto, está no ar para ser analisado. Mais ainda suas palavras. Disse que cerca de 800 milhões foram pagos pelo Governo do Estado a fornecedores em meio ao atraso do funcionalismo e que existem “meninos traquinos” (sic) tomando conta do erário estadual. Leia também: Dedo médio (aquele mesmo) de “Bigodão” aponta para o fim.

TÚLIO RATTO – JANELA INDISCRETA

EM PAUTA

Motéis – A violência sem controle em Mossoró atinge um dos mais sólidos setores de sua economia: os motéis. Tem caído a percentuais expressivos a frequência/faturamento desse negócio, em especial no período noturno.

Aeroporto – O Aeroporto Dix-sept Rosado avança célere, mas com os “pés no chão”, para ter ainda neste primeiro semestre a certificação para retomada de voos comerciais. Mas isso ocorrerá com limitações quanto a pouso e decolagens de aeronaves. A Azul Linhas Aéreas, interessada em operar com rota pela cidade, deverá utilizar um avião com capacidade para 70 passageiros, o ATR 72. O modelo é responsável por 75% do mercado mundial nessa modalidade.

ATR 72: voos em Mossoró (Foto: Web)

Heuber – Comandante-em-chefe do Café e Artesanato, que foi praticamente destruído por um incêndio à semana passada (veja AQUI) em Mossoró, Heuber Filgueira está inteiro e na luta. Mutirão de amigos, artistas, clientes e setores produtivos da cidade estão mobilizados para que esta semana ele retome suas atividades, realizando inclusive bailes carnavalescos já anteriormente definidos. Vai dar certo, sim.

Apodi - Começará nessa segunda-feira (5) a nova programação da FM 98.3 do Apodi, a Vale do Apodi, que migrou para Frequência Modulada. Programação redimensionada, equipe mesclada com outros comunicadores. Sintonize-a clicando AQUI.

Regy – O jornalista Regy Carte assumiu o cargo de Diretor de Imprensa (DIMP) da Câmara Municipal de Mossoró. Escolha da presidente Izabel Montenegro (MDB) que merece aplausos. Tem perfil para o cargo: bem-relacionado, sóbrio, ético e experiente. Sucesso, meu caro.

Recuperação – O jornalista Rubens Lemos Filho recupera-se de acidente doméstico, que quase o deixa completamente fora de combate. Mesmo assim, tem-nos brindado com belos textos (elogio em forma de pleonasmo) em seu endereço na Web (veja AQUI).

Sátiro e Charles: jornalismo (Foto: Célio Duarte)

Diocesano – Na noite de quinta-feira (1º), o Colégio Diocesano Santa Luzia (CDSL) relançou o seu jornal impresso mensal Diocesano Informa. A solenidade foi conduzida pelos diretores – padre Sátiro Cavalcanti e padre Charles Lamartine, que elencaram histórias construídas ao longo dos quase 37 anos desde a criação desse impresso.

Nossa Clínica – A Nossa Clínica completou sete anos de existência na quarta-feira (31). Com 48 consultórios e 20 especialidades, a empresa tem sido destaque na prestação de serviços na área médica em Mossoró e região. Já utilizamos, gostamos. Parabéns aos empreendedores Cláudio Montenegro-Fábia Albuquerque e equipe.

SÓ PRA CONTRARIAR

Quantos meses ficarão atrasados os salários do servidores do estado, com a não-aprovação do pacote fiscal do governo?

GERAIS…GERAIS…GERAIS

Obrigado à leitura do Nosso Blog a Custódio Neto (Mossoró), Sávio Hackradt (Natal) e Evaristo Nogueira (Fortaleza-CE).

Entre outras atrações, o Carnaval de Caicó este ano terá Aviões e Wesley Safadão. Promessa de público bastante numeroso, num evento que já é referência no estado.

Atendimento, ambiente, cardápio e bons preços continuam fazendo do La Goccia Blu um restaurante top em Mossoró. Bom exemplo a ser seguido por outros. Temos outros bons, claro.

Veja a Coluna do Herzog do domingo passado (28), clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Charge de Túlio Ratto / Coluna do Herzog
  • Repet
quarta-feira - 24/01/2018 - 23:40h
TRF da 5ª Região

Processo contra Sandra Rosado será julgado dia 20 de fevereiro


Está pautado para o dia 20 de fevereiro, às 13h30, o julgamento no âmbito da 4ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, com sede em Recife-PE, do processo sob o número 0000878-38.2015.4.05.8401, que trata de condenação da atual vereadora e ex-deputada federal mossoroense Sandra Rosado (PSB) a 9 anos e dois meses de prisão.

Sandra: mais de 9 anos de prisão (Foto: Edilberto Barros)

Além dela, mais quatro pessoas aparecem como réus – também condenadas em primeiro grau. Confirmando-se a sentença, entre os desdobramentos estão sua prisão e perda do atual mandato eletivo.

A sentença condenatória preliminar que atingiu Sandra e mais quatro pessoas, como seu ex-genro Francisco de Andrade Silva Filho, foi prolatada pelo juiz titular da 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró, Orlan Donato Rocha.

Ele prolatou a decisão monocrática no dia 10 de maio do ano passado.

Denúncia

Sandra Rosado e os demais réus foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF/RN) em 17 de dezembro de 2015. Segundo narrativa do MPF, sofisticado esquema foi montado “para apropriar-se indevidamente de recursos repassados pela União (Convênio nº 1782/2003-FNS – SIAFI nº 495578) para a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM), no valor de R$ 719.779,00”. Estes recursos foram repassados em cinco parcelas de R$ 143.955,80.

Leia também: Sandra Rosado tem condenação a 9 anos e dois meses de prisão AQUI;

Leia também: Ação penal coloca Sandra, Laíre e Larissa em novo julgamento AQUI;

Leia também: Sandra Rosado garante em plenário que provará inocência AQUI.

No processo, ficou configurado que a então deputada federal Sandra Rosado, no ano de 2004, agilizou em Brasília a liberação dos recursos no Ministério da Saúde, destinando-os para a APAMIM, em Mossoró, que por sua vez era administrada na época pelo marido dela, Laíre Rosado Filho e o genro, Francisco Andrade Silva Filho.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
quarta-feira - 17/01/2018 - 22:58h
Em Tibau

Prefeita promove almoço político de forma discreta


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) também promoveu almoço para recepcionar alguns aliados próximos, políticos e sua base na Câmara Municipal de Mossoró.

Foi nessa terça-feira  (16) em seu endereço na cidade-praia do Tibau.

Mas a ordem expressa foi que se evitasse alarde ou mesmo divulgação elementar do encontro, tanto na mídia convencional como em redes sociais da Internet.

Selfie, nem pensar.

Depois de reuniões políticas recentes em Tibau, promovidas pela vereadora Sandra Rosado (PSB) e sua filha-deputada estadual Larissa Rosado (PSB), além de outra bancada pela presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Izabel Montenegro (MDB), Rosalba optou por discrição.

Houve pesadas (e até exageradas) críticas em redes sociais a essas duas reuniões políticas, sob mesas fartas, num período de greves e salários em atraso no estado e de terceirizados na Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 17/01/2018 - 19:26h
Garibaldi Filho

Nota jornalística causa embaraço político e é retirada do ar


A publicação de um texto na coluna Notas da Redação do portal do jornal “O Mossoroense”, nesta quarta-feira (17), causou profundo mal-estar político. A postagem atribuía ao senador Garibaldi Filho (MDB) má vontade em destinar emenda parlamentar à Prefeitura de Mossoró.

Após o alarido em redes sociais, a nota foi retirada do ar, sem qualquer explicação (veja AQUI).

O Blog da Chris chegou a publicar notícia (veja AQUI) de que o senador ficara “bastante chateado com o que leu, porque a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) vazou uma conversa particular; porque o teor da conversa é diverso do que foi vazado pela prefeita.”

O portal do jornal “O Mossoroense” faz parte do complexo de comunicação ligado ao grupo da vereadora Sandra Rosado (PSB), aliada política da própria prefeita.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
terça-feira - 09/01/2018 - 16:46h
Política

Após desfeita, Tião admite saída do PSDB para ser coerente


O vice-presidente estadual do PSDB, empresário mossoroense Tião Couto, já admite que pode abandonar a sigla, para viabilizar uma candidatura às eleições de outubro. ”Se o PSDB se coligar com ideias ou pessoas que não compactuo, eu não tenho como continuar no partido”, justificou.

O empresário e vice-presidente estadual do PSDB Tião Couto falou com Saulo Vale no Jornal da Tarde (Foto: cedida)

“Não vou apoiar candidaturas de quem já está na política há mais de 60 anos. Tenho minhas posições e quero mantê-las em um partido que esteja alinhado com meus pensamentos”, admitiu o empresário, em entrevista ao jornalista Saulo Vale, do Jornal da Tarde (Rádio Rural de Mossoró), nesta terça-feira (9).

Tião fez essas declarações num clima ainda de tensão e estresse do PSDB mossoroense, após visita do presidente estadual da sigla, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza, a adversários políticos do empresário, em concorrido almoço de confraternização, oferecido pelo grupo da vereadora Sandra Rosado – ainda PSB – em Tibau.

Estresse

O estresse era inevitável. Nas postagens PSDB pode ser futura legenda de Sandra e Larissa Rosado e PSDB faz uma desfeita e abre a porta para Tião sair do Blog Carlos Santos, dia passado, focalizamos o caso.

Não foi a primeira vez que Ezequiel ignorou Tião em Mossoró. Dessa feita, até foi mais além: desembarcou no ninho de seus adversário.

“Soube pelas redes sociais desse encontro político. Nada contra conversar com outros partidos, mas poderia pelo menos ter me avisado, já que sou o vice-presidente do PSDB”, alfinetou Tião na entrevista.

O empresário afirmou que pode ser candidato à Câmara dos Deputados, ao Senado da República ou até mesmo ao Governo do Estado, com ou sem a unção dos líderes estaduais do PSDB, já que o seu nome encontra forte resistência em ninhos tucanos.

Nota do Blog Carlos Santos – Parece que o empresário vitorioso Tião Couto ainda não fez a leitura do que ocorre há incontáveis meses: o PSDB não o quer candidato a governador nem a senador. No  máximo, o deseja como “esteira” à viabilização eleitoral do deputado federal Rogério Marinho à reeleição.

Em pleno ano eleitoral, Tião ainda não tem um partido nem sabe o que vai disputar (se vai).

Bem, não é por falta de alerta. Tião segue como um bom nome, mas não um bom candidato.

Leia também: Tião caminho à disputa estadual desconectado da realidade – 25 de julho de 2017.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 08/01/2018 - 10:38h
Saída

PSDB faz mais uma desfeita e abre a porta para Tião Couto


Mais claro, impossível. Novo episódio mostra como o PSDB e seu presidente no estado, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, fazem pouco caso do empresário Tião Couto (PSDB), candidato a prefeito de Mossoró pelo partido “tucano” em 2016.

Ezequiel desembarcou ontem (domingo, 7) em Tibau, para participar de almoço oferecido pela ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) e pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB).

Sandra, Gustavo, Ezequiel, Rosalba e Larissa em almoço com política e afinação (Foto: Blog Saulo Vale)

Por lá, um leque de adversários políticos de Tião na campanha passada: prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) e as anfitriões, entre muitos outros.

Ezequiel participou do evento social e político na companhia do também deputado estadual Gustavo Carvalho.

“Vassoura”

No último dia 20 de dezembro, Tião e o seu vice em 2016, empresário Jorge do Rosário (PR), promoveram o “Encontro de Articulação Política RN Melhor” em Mossoró e não tiveram a presença de Ezequiel ou qualquer dirigente estadual da sigla.

Semanas antes, Ezequiel passara por Mossoró para um compromisso político e não fez sequer um contato com o importante correligionário tucano.

A porta do PSDB está aberta, com uma “vassoura” atrás. Resta saber se Tião espera mais algum sinal para sair ou se engolirá outras desfeitas até ser moído de vez.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 08/01/2018 - 10:10h
Portas abertas

PSDB pode ser futura legenda de Sandra e Larissa Rosado


O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e dirigente estadual do PSDB, Ezequiel Ferreira de Souza, ofereceu a legenda para a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) e sua mãe, vereadora e ex-deputada federal Sandra Rosado.

Ambas serão candidatas em 2018. Confirmado.

Larissa, à reeleição; Sandra, na tentativa de retorno à Câmara Federal.

Ezequiel foi convidado e prestigiou almoço oferecido por Sandra e Larissa a políticos, correligionários e imprensa no domingo (07), na casa da família na cidade-praia do Tibau (42 km de Mossoró).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.