quinta-feira - 28/08/2014 - 11:19h
"Souza"

Candidato da Costa Branca é o quarto mais citado em pesquisa


Candidato com aposta em representatividade na Assembleia Legislativa, principalmente para a Costa Branca, o ex-prefeito areia-branquense Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, está eufórico. Tem motivos.

Souza: bancada maior e em nome da Costa Branca (Foto: Costa Branca News)

A pesquisa do Instituto Consult divulgada nessa quarta-feira (27), sob encomenda da FM 98 de Natal e Blog do BG, o apontou como quarto nome com maior intenções de voto no segundo maior colégio eleitoral do estado: Mossoró. Ficou atrás apenas de dois candidatos nativos e um outro do movimento evangélico.

Ele alcançou 0,09% pontos percentuais. O terceiro colocado foi o evangélico natalense Adenúbio Melo (PSC), com 1,7%; segundo é o atual deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) com 7,7% e a primeira colocação com a deputada estadual Larissa Rosado (PSB), detentora de 23,10%.

“É impossível a gente se dissociar de Mossoró. São relações de trabalho, familiares, de amizade e políticas”, garante. “Minha campanha em si, é pregando a necessidade de darmos uma dimensão de força maior à Costa Branca, na Assembleia Legislativa”, afirma Souza.

Área geopolítica

“Precisamos lutar para sermos tratados de forma diferenciada, a partir da própria Mossoró”, argumenta Souza.

Ele comenta, que sua campanha trabalha um espaço geopolítico de mais de 22 municípios, dentro da “Coligação União pela Mudança III”, formada por cinco partidos. “Estamos trabalhando municípios como Areia Branca, Porto do Mangue, Serra do Mel, Grossos, Tibau, Baraúna, Governador Dix-sept Rosado e Mossoró, mas também chegando à Upanema, Vale do Açu, Sertão Central e Oeste”, enumera.

Ex-vereador, ex-vice-prefeito duas vezes, ex-prefeito em dois mandatos e mentor da Associação dos Municípios da Costa Branca, que chegou a ter mais de 15 associados, Souza diz que tem um elenco de prioridades para defender na Assembleia Legislativa. “Conheço cada município da região e sei de nossas maiores necessidades. Além disso, sei ouvir a todos”, assinala.

PROPOSTAS - Ele defende instalação de fábrica de cimento às margens da BR-110 entre Areia Branca e Mosssoró, com formação de mão-de-obra para aproveitamento na indústria e outros serviços que vão se agregar; duplicação da RN Mossoró-Baraúna e construção da Estrada da Castanha (Serra do Mel-Carnaubais);  edificação da ponte entre Grossos e Areia Branca; urbanização da orla marítima e construção de parque de lazer e turismo em Tibau; requalificação do Porto de Areia Branca e Construção do Porto do Mangue; investimento na recuperação da cadeia produtiva do cajueiro e da fruticultura do agropolo Mossoró-Assu.

Souza destaca, também, ampliação do parque industrial de empresas da cadeia produtiva de Energia Eólica e Solar no litoral e Chapada do Apodi e defesa por uma escola técnica para formação de profissionais à indústria de energia renovável, gás e petróleo.

“O turismo precisa ser tratado de modo articulado, integrado e sistêmico por todos os municípios. Temos sol e sal o ano inteiro, muitas belezas naturais únicas, história e cultura, mas tudo disperso e sem uma estrutura de fomento econômico, formação e aproveitamento de mão-de-obra”, conclui.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 28/08/2014 - 09:57h
Polícia Civil

Justiça obriga Estado a convocar aprovados em concurso


Em cumprimento a decisão judicial em ação interposta pela Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN (Adepol/RN), o Governo do Estado convocará o restante dos policiais que concluíram o curso de formação em 2010. A lista para nomeações de três Delegados, 45 escrivães e 74 agentes foi encaminhada hoje (28) para Secretaria de Estado da Administração e Recursos Humanos (Searh).

Ana Cláudia comemora (Foto: Juliana Manzano)

Os 122 novos policiais civis totaliza o número daqueles que encontram-se aptos a tomar posse.

Para cumprir a decisão nos termos que foi prolatada, o Estado terá que convocar novo Curso de Formação, já que a determinação foi para que sejam ocupados os cargos de acordo com as vagas existentes à época que foi lançado o edital do concurso (68 Delegados, 263 agentes e 107 escrivães).

Vitória

A administração da Polícia Civil sugeriu ainda a imediata convocação dos candidatos que haviam sido chamados e requereram “fim de fila”.

Para a presidente da Associação dos Delegados, Ana Cláudia Saraiva, essa vitória da entidade nos autos da ação judicial representa um grande passo na busca de soluções para o grave déficit de efetivo da polícia investigativa e reafirmou a continuidade da luta na busca de soluções para o problema e melhorias das condições de trabalho para os profissionais.

Com informações da Adepol.

Categoria(s): Administração Pública / Segurança Pública/Polícia
quinta-feira - 28/08/2014 - 09:36h
Disputa ao Governo

Candidatos “Nanicões” seguem tratados com indiferença


A propaganda eleitoral em rádio/TV não catapultou os candidatos a governador do RN à preferência popular. Seguem patinhando.

Nitidamente não chegam ao povo. A sequência de pesquisas do Instituto Consult, três, entre 16 de junho e 27 deste mês (ontem), mostra essa anemia.

Tática de anunciar adesões de prefeitos, marido de vereadora, ex-vice de alguma coisa, patinho de borracha ou criado-mudo, não acrescentou nada. Continuam sem povo.

Cada um segura o “tchan, amarra o tchan”, mas nada de “tchan, tchan, tchan, tchan!”. Nenhum salta à frente (veja AQUI).

Os dois principais candidatos a governador, Henrique Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD), seguem ininteligíveis. Parece que falam javanês.

Já os chamados “nanicos” estão cada dia mais microscópicos, banhados em naftalina e amparados em discurso vago, inconsistente e burlesco.

Garantir educação, melhorar saúde, oferecer segurança pública eficiente e outras potocas se renovam à cada eleição. Eles fazem o mesmo.

Nanicos e “Nanicões” são repetitivos nas promessas e na ausência de resposta comum que aprendemos a fazer no jornalismo: “Como?”

- Como fazer?

Nenhum tem sido convincente. Estão ocos.

O marketing faz esforço descomunal para torná-los palatáveis e humanos, mas ambos parecem androides de uma nova versão da aventura intergalática “Guerra nas Estrelas”.

Buscam galvanizar multidão, mas a massa-gente até aqui os ignora. Estão invisíveis.

As pesquisas revelam que faltando pouco mais de um mês para fim da disputa, continuam sem puxar indecisos.

Os “geraldinos” e “arquibaldos” seguem tratando o jogo com indiferença e braços cruzados.

Como teremos um vencedor de qualquer jeito, esse vencedor sairá das urnas no devido tempo.

Mas se a decisão fosse nos pênaltis seria melhor. Pelo menos para Henrique, que jogou – e bem – futebol até bem poucos anos.

Com Robinson, caberia uma prancha de surf e em poucas baterias pontuaria mais do que o adversário.

Tem mais campanha pela frente. Ligue a TV. Vai que aparece alguma novidade, heim?

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
quinta-feira - 28/08/2014 - 09:21h
Absurdo!

Baraúna aguarda a 15ª mudança no cargo de prefeito


Baraúna espera mais uma mudança na cadeira de prefeito. Será a décima-quinta (15, isso mesmo) desde o ano passado e com rodízio de três “prefeitos”.

Por enquanto, o prefeito é Tértulo Alves (PMN), “Tertinho”, presidente da Câmara Municipal.

Mas ontem, a segunda colocada nas eleições de 2012, Luciana Oliveira (PMDB), obteve mais uma liminar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para retornar ao cargo.

O prefeito eleito, cassado e afastado, Isoares Martins (PR), trabalha com o mesmo objetivo.

Pobre Baraúna!

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
quinta-feira - 28/08/2014 - 07:12h

TÚLIO RATTO


Categoria(s): Charge de Túlio Ratto
quarta-feira - 27/08/2014 - 23:59h

Pensando bem…


“O pensamento é o ensaio da ação.”

Sigmund Freud

Categoria(s): Pensando bem...
  • Repet
quarta-feira - 27/08/2014 - 21:58h
Copa do Brasil

América goleia Atlético-PR e pode avançar à nova fase


Por Heilysmar Lima (Do Portal Noar)

Na noite desta quarta-feira (27), o América recebeu o Atlético-PR na Arena das Dunas e venceu a partida por 3 a 0. Os gols dos rubros foram marcados por Rodrigo Pimpão, Max e Tiago Cristian. O duelo foi o primeiro entre as equipes pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Com a vitória, o Alvirrubro pode até perder o jogo da volta por dois gols de diferença. Qualquer empate também dá a classificação ao América.

A partida será realizada na próxima quarta-feira (3), às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba. Para ficar com a vaga nas quartas de final, o time curitibano precisa vencer por quatro ou mais gols de diferença.

Caso o Atlético vença por 3 a 0, o classificado será conhecido nas disputas de pênaltis.

Antes do confronto de volta, o América entra em campo pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No sábado (30), às 16h10, a equipe recebe o Paraná, na Arena das Dunas.

Veja detalhes AQUI.

 

Categoria(s): Política
quarta-feira - 27/08/2014 - 21:38h
Pesquisa Consult/Blog do BG e FM 98

Wilma segue em queda; Fátima encosta e empata


A disputa ao Senado da República, no Rio Grande do Norte, revela que a deputada federal Fátima Bezerra (PT) cola na ´favorita´ Wilma de Faria (PSB) e já obtém um empate técnico.

Fátima: subindo, subindo... (Foto: divulgação)

Os números são da segunda pesquisa do Instituto Consult, dentro da atual campanha, divulgados hoje (veja ao Governo AQUI).

Segundo o Instituto Consult, em trabalho sob encomenda do Blog do BG e FM 98 de Natal, Wilma de Faria está com 34 pontos percentuais, enquanto que Fátima obteve 31,59 pontos percentuais.

A diferença numérica em favor de Wilma é de apenas 2,41%.

Três pesquisas

Em relação à primeira pesquisa do Instituto Consult na atual campanha, anunciada no dia 30 de julho (veja AQUI), o desempenho de Fátima é ascendente e o de Wilma é de recuo nos números.

 

Wilma: descendo, descendo... (Foto: Nominuto.com)

A deputada federal petista subiu de 28,29% em julho para 31,59% agora. Crescimento de 3,30 pontos percentuais.

Em relação à ex-governadora e atual vice-prefeita natalense Wilma de Faria, a oscilação é para baixo.

Desceu de  39,35 pontos percentuais em julho para 34 pontos percentuais agora. Perda de 5,35 pontos percentuais.

Veja os números e compare também com a pesquisa do dia 16 de junho (veja AQUI e mais embaixo) do mesmo Instituto Consult, antes do início da campanha.

Os números são claros, cristalinos, diáfanos…

Senado (27 de Agosto de 2014):

Wilma de Faria (PSB) – 34%;
Fátima Bezerra (PT) – 31,59%;
Ana Célia (PSOL) – 1,18%
Roberto Ronconi (PSL) – 0,65%
Professor Lailson (PSTU) – 059%
Nenhum – 18,65%
Não Sabe Dizer – 13,35%.

Senado (30 de Julho de 2014):

Wilma de Faria (PSB) – 39,35%;
Fátima Bezerra (PT) – 28,29%;
Ana Célia (PSOL) – 0,76%
Roberto Ronconi (PSL) – 0,53%
Professor Lailson (PSTU) – 0,29%
Nenhum – 14,53%
Não Sabe Dizer – 16,24%.

Senado (16 de Junho de 2014):

Wilma de Faria (PSB) – 40,35%;
Fátima Bezerra (PT) – 27,47%;
Ana Célia (PSOL) – 1,06%
Roberto Ronconi (PSL) – 0,76%
Nenhum – 16,47%
Não Sabe Dizer – 13,88%.

Nota do Blog – Na primeira pesquisa Consult/FM 96 no dia 16 de junho, antes das convenções partidárias, na pré-campanha, Wilma tinha uma vantagem de 12,88% sobre Fátima Bezerra.

No dia 30 de julho, primeiro mês de campanha, encolheu numericamente para 11,06%.

Agora, tão-somente 2,41%.

Como o postou no dia 30 de julho, “no tocante ao Senado, Wilma também tem motivos para preocupações”.

Hoje, mais ainda.

Fátima caminha célere para o topo. Nas duas pesquisas do Consult, na campanha, cresceu. Wilma faz viagem inversa.

Vai ser muito difícil Wilma recuperar fôlego. Há tempo e meios, mas não existem sinalizadores visíveis da mudança.

Veja o Blog também no Twitter com bastidores, clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 27/08/2014 - 20:36h
Complexo Viário da Abolição

Reunião é cancelada; ninguém assume obra inacabada


A reunião entre os responsáveis pelas obras do Complexo Viário da Abolição, que deveria acontecer na tarde desta quarta-feira (27), na sala da Presidência da Câmara de Mossoró, foi cancelada. Faltou a maioria dos convidados.

Francisco Carlos, sentado, espera representantes (Foto: CMM)

Não foi realizada devido à ausência de representantes do Governo do Estado, do Dnit e das construtoras CLC e EIT. Apenas o secretário municipal do Desenvolvimento Urbano, engenheiro José Couto, atendeu à convocação.

A obra que já consumiu mais de R$ 72 milhões e se arrasta há mais de quatro anos, com 17 quilômetros de extensão e cinco viadutos, é um monumento à incompetência, ao cinismo, à falta de fiscalização e ao desperdício do dinheiro púbico. Mesmo antes de ser concluída, todos os seus cinco viadutos apresentaram problemas.

O DNIT – autarquia federal, já havia justificado ausência, devido a compromissos agendados anteriormente.

A EIT também havia se pronunciado, afirmando que não teria mais vínculos com a referida obra. Aqui merece um capítulo à parte a posição da empresa.

No último dia 14, a EIT utilizou Assessoria de Imprensa para divulgar nota oficial (veja AQUI e no boxe abaixo), atestando que se responsabilizaria pelo custo de recuperação de um dos viadutos (o II, localizado entre os conjuntos Abolição II e III), que começou a “afundar”.

NOTA DA EIT (14 de Agosto de 2014)

A Empresa Industrial Técnica S/A (EIT) informa que está retomando os serviços do Viaduto 2 do Complexo Viário da Abolição de Mossoró.

A EIT informa ainda que vai assumir todos os custos adicionais para a execução do serviço de reparação da obra, necessária por conta da ação das chuvas, ou seja, os custos serão arcados pela própria empresa, sem prejuízo ao Governo do Estado.

Agora, avisa que não tem nada com isso. A obra está parada, continua parada, apesar de uma placa falsamente indicar no local: “Homens trabalhando”.

Portanto, Mossoró e o contribuinte que se ‘f….m. E fica por isso mesmo.

Já a Secretaria Estadual de Infraestrutura chegou a confirmar, na manhã desta quarta-feira, que a secretária Kátia Pinto seria representada pelo engenheiro Yuri Tasso, diretor da Caern. Nem um nem outro.

Audiência pública

O objetivo da reunião era obter esclarecimentos sobre o projeto executivo e a própria execução da obra, que tem sido causa de preocupação para os mossoroenses. Diante da ausência dos representantes, o presidente da Casa, vereador Francisco Carlos (PV), afirmou que o tema será levado a plenário e uma audiência pública será agendada para os próximos dias, havendo a convocação dos entes públicos.

Além do presidente, estiveram presentes os vereadores Genivan Vale (PROS) e Nacízio Silva (PTN).

O professor aposentado Lindemberg Gomes tomou conhecimento da reunião e também compareceu à presidência da Câmara.

Nota do Blog - Há anos, em períodos de campanha, aparecem políticos posando em cima de máquinas, ao lado de trabalhadores, garantindo êxito da obra e assumindo “paternidade” ou “maternidade” dela. De uns tempos para cá eles sumiram.

Essa é uma chamada “obra delegada”, com recursos da ordem de 90% da União, que delegou ao Governo do Estado a sua condução.

A própria governadora Rosalba Ciarlini (DEM) já apareceu escalando uns viadutos e dando os monstrengos como inaugurados. Por onde ela passou, apareceram rachaduras, um está afundando e outros problemas técnicos surgem aqui e ali.

Mas não sejamos cruéis. A culpa não é sua, mas certamente seu Governo incompetente e desleixado deve explicações.

Faltou fiscalização? Faltou um projeto de qualidade?

Como se explicar tantas paralisações e tantos erros grosseiros, como no viaduto do Grande Alto de São Manoel, que está concluído e não pode ser usado porque ainda não arranjaram um jeito de “engatar” uma pista nele.

E chega de audiência pública, reunião que ninguém leva a sério. O caso é de Polícia, o caso é de intervenção do Ministério Público Federal.

Estamos lidando com milhões do contribuinte, montanha de dinheiro que deve em boa parte ter tomado rumo diferente, deixando para trás essa coisa.

Francamente.

Parem de roubar, pelo amor de Deus. Pare, récua imprestável!

Por favor parem de roubar só por alguns meses e permitam que Mossoró consiga sair desse buraco em que está metida com tantos ladravazes e incompetentes.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 27/08/2014 - 18:36h
Estranho, muito estranho

Candidatos enfrentam frieza glacial de eleitores no RN


Pesquisas vão mostrando o que o Blog Carlos Santos preconizou há tempos e tempos: corrida ao Governo e Senado será decidida em filigranas  no Rio Grande do Norte.

Nenhum dos principais candidatos entrou na disputa com “gordura” para aguentar a frieza glacial dos eleitores.

Até agora, parecem estranhos. Passam quase despercebidos.

Não fosse a militância cibernética e os tradicionais cabos eleitorais, não seriam vistos ou notados.

Nenhuma das campanhas majoritárias encanta, magnetiza ou tem força catalizadora das massas.

Os selfies (fotos pessoais) na Net não acrescentam nada.

NADA.

Nadica de nada.

* Aguarde números ao Senado e postagens analisando essa estranha campanha eleitoral.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Câmara de Mossoró - Novas Atividades - 27-07-14
quarta-feira - 27/08/2014 - 18:27h
Pesquisa Consult/Blog do BG e FM 98

Henrique mantém dianteira, mas vantagem é reduzida


O Blog do BG e a 98 FM (Natal) divulgaram hoje pesquisa de amplitude estadual, contratada ao Instituto Consult, identificando intenção de votos dentro da campanha eleitoral deste ano. Para Governo do Estado, dianteira de Henrique Alves (PMDB).

Henrique segue na frente; Robinson diminui lentamente

O candidato da Coligação União Pela Mudança possui 35,12%, contra 25,29% do concorrente Robinson Faria (PSD) da Coligação Liderados pelo Povo. Maioria de 9,83 pontos percentuais.

Num comparativo com a pesquisa anterior, revelada no dia 30 de Julho, portanto há quase um mês, a vantagem de Henrique sobre Robinson de Faria encolheu. Era de 14,05 pontos percentuais àquela ocasião.

Veja abaixo a pesquisa Estimulada de hoje.

Governo do Estado (27 de Agosto de 2014):

- Henrique Alves (PMDB) – 35,12%
- Robinson Faria (PSD) – 25.29%
- Robério Paulino (PSOL) – 0,88%
- Simone Dutra (PSTU) – 0,71%
- Araken Farias (PSL) – 0,47%
- Nenhum – 20,35%
- Não Sabe Dizer – 17,18%

A primeira pesquisa do Consult nesta campanha foi divulgada (veja AQUI) sob encomenda da FM 96 (Natal).

Veja abaixo.

Governo do Estado (30 de Julho de 2014):

- Henrique Alves (PMDB) – 37,06%
- Robinson Faria (PSD) – 22.71%
- Robério Paulino (PSOL) – 1,18%
- Araken Farias (PSL) – 0,71%
- Simone Dutra (PSTU) – 0,41%
- Nenhum – 18,88%
- Não Sabe Dizer – 19,06%

Antes, no período de pré-campanha, a primeira pesquisa do Instituto Consult este ano foi apresentada ao público no dia 16 de junho (veja AQUI), antes das convenções partidárias, com o resultado abaixo.

Governo do Estado (16 de Junho de 2014):

Henrique Alves (PMDB) – 38,24%;
Robinson Faria (PSD) – 22,88%;
Robério (PSOL) – 0,88%
Araken Faria (PSL) – 0,24%
Simone (PSTU) – 0,22%
Nenhum – 21%;
Não Sabe – 15,94%

A pesquisa de hoje teve seu trabalho de campo entre os dias 23 a 25 de agosto. Entrevistou 1700 eleitores em todo o RN e foi registrada com o número 00439/2014.

Sua margem de erro é de 2.2%, com confiabilidade de 95%.

Pesquisou intenções de voto para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Nota do Blog – O Blog Carlos Santos apresenta esses comparativos como diferenciais para análise exclusiva dos seus webleitores. Depois faremos postagens avaliando a campanha no atual estágio, a partir desse conjunto de informações.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 27/08/2014 - 17:35h
Supremo mistério

Governo segura auditoria e sua bancada culpa a Uern

Trabalho especial custou quase 300 mil reais e prefeitura engaveta resultado culpando universidade

Sobrou para a Universidade do Estado do RN (UERN). A culpa pela não divulgação até hoje da auditoria realizada na folha de pessoal da Prefeitura de Mossoró, terminou recaindo sobre a instituição.

Jório diz que Uern não é infalível. Existem erros (Foto: reprodução)

Em debate acirrado hoje no plenário da Câmara Municipal,  a bancada governista rejeitou requerimento para apresentação da auditoria, alegando que o trabalho está “com erros”.

A proposição foi do vereador Tomaz Neto (PDT). Contudo bem antes, no dia 27 de julho, há um mês (veja AQUI), ele já pedira cópia através de ofício protocolado no Palácio da Resistência, sede da Prefeitura. Até hoje, sem resposta.

Escudando o governo, o vereador Jório Nogueira (PSD) foi cortante em seus argumentos contrários à apresentação pública da auditoria, realizada pela Uern.

Segundo ele, a Uern é passível de falhas e, por isso, seria prudente não apresentar o relatório do que foi levantado. Para ser mais convincente, foi mais incisivo.

No calor da altercação com os vereadores Tomaz Neto e Genivan Vale (PROS), principalmente, assinalou: “a Uern forma cidadãos que não sabem fazer um ó com uma quenga” (sic). Portanto, pode errar, sim.

O líder da bancada governista, Soldado Jadson (Solidariedade), foi mais polido e erudito, ponderando que a auditoria continha algumas “incongruências” (absurdos, desarmonias etc.).

Reitor silente

O Blog ligou para o celular institucional do reitor da Uern, professor Pedro Fernandes Neto, mas ele não atendeu. Não conseguiu ouvir sua versão sobre o caso.

O relatório da auditoria na folha de pessoal foi entregue ao prefeito Francisco José Júnior (PSD) no dia 13 de junho último. Faz, portanto, quase dois meses e meio que está guardado.

Esse trabalho foi visto por ele como “fundamental” para poder administrar o município com informações seguras. Foi assim que justificou a medida quando era prefeito interino e durante campanha eleitoral suplementar, quando apresentou a ideia como uma bandeira de “transparência”.

Francisco José Júnior chegou a ponto de gracejar durante debate promovido pela TV Cabo Mossoró (TCM) no dia 28 de abril passado, com os candidatos à prefeitura. Disse para a concorrente Larissa Rosado (PSB), que ao receber a auditoria enviaria até uma cópia para ela.

Reforma Administrativa

O documento tem cerca de 250 páginas e foi entregue numa reunião com o prefeito e outros auxiliares, em meio a uma explanação dos auditores da Uern, durante quase três horas. O material investigou a situação funcional  um contingente da ordem de 6.300 servidores, entre comissionados, terceirizados e efetivos.

A Prefeitura de Mossoró chegou a anunciar em sua própria página na Internet, que a auditoria “serviria” para nortear sua reforma administrativa. A reforma foi aprovada pela Câmara Municipal e, pelo visto, ignorando o estudo científico da Uern, que custou R$ 299.600,00 mil aos cofres públicos. A Previ-Mossoró, autarquia que administra a previdência própria dos servidores municipais, assegurou pagamento de 50% do custo.

Enfim, dinheiro público e dinheiro do próprio servidor investido. Até aqui, para continuar engavetado, envolto em seus próprios mistérios.

Mais derrubada

A bancada governista da Câmara Municipal de Mossoró derrubou também o requerimento do vereador Genivan Vale que pedia esclarecimentos sobre débitos da Prefeitura com cooperativas médicas. O parlamentar solicitava que o Executivo encaminhasse à Casa Legislativa o relatório com o total de débitos com as cooperativas dos anestesiologistas e obstetras.

O requerimento tinha como objetivo esclarecer o impasse que fez com os serviços de anestesiologia e obstetrícia fossem suspensos no município. “O prefeito diz que não deve e os médicos dizem que a PMM deve. O relatório possibilitaria à Câmara ajudar a encontrar uma solução para o problema”, declarou Genivan, lamentando o posicionamento da bancada.

Nota do Blog - A auditoria na folha da Prefeitura de Mossoró lembra a “Caixa de Pandora”, da mitologia grega.

Ela carregava todas as desgraças terrenas em seu interior, mas continha um bem precioso em contraponto: “a esperança”.

Em Mossoró, ter esperança em mudança de hábitos na política e na administração pública, é sonhar demais.

Sobram as desgraças.

Pobre Mossoró!

Veja bastidores políticos em nosso Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Reportagem Especial
quarta-feira - 27/08/2014 - 16:17h
Para 2015

UERN fará Vestibular com 40% das vagas e Enem 60%


Em reunião extraordinária nesta quarta-feira, 27, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), aprovou uma nova forma de ingresso na instituição para este ano.

Pedro Fernandes (à esquerda) presidiu reunião (Foto: divulgação)

A Uern vai adotar 40% de ingresso pelo Processo Seletivo Vocacionado Integrado (PSVI) e 60% pelo Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM).

O processo seletivo misto foi aprovado por 15 votos a favor, 2 abstenções e nenhum voto contra. Antes, o Consepe aprovou a recomendação do Ministério Público (MP) por 14 votos a favor e 2 abstenções.

Atendendo convite do reitor Pedro Fernandes, o promotor Olegário Gurgel, um dos autores da recomendação para a Uern não adotar o ENEM como forma única de ingresso, participou da reunião.

Ingerência

“De forma alguma o Ministério Público quer interferir na autonomia da Universidade”, afirmou, acrescentando que o MP discordou apenas do tempo e do modo como o colegiado tinha mudado o ingresso. O promotor esclareceu que o MP não quis e não tem como fazer intervenção nas decisões da Uern, reconhecendo que a decisão deliberativa é do CONSEPE.

O reitor Pedro Fernandes também disse entender que a nova decisão não feriu a autonomia da Universidade e que o colegiado consolidou a postura de diálogo da Universidade.

Com a adesão de 60% ao ENEM/SiSU, a UERN receberá R$ 1 milhão 950 mil ( R$ 300 mil a menos do que com a adesão total). A partir de 2016, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte adotará o ENEM como única forma de seleção.

A Uern teve o cuidado de assegurar as cotas sociais para alunos de escola pública e para as pessoas com deficiência.

Em breve, o Consepe se reunirá para definição do edital do PSV. Além do promotor de justiça, a reunião contou com a participação do diretor da COMPERVE, professor Egberto Mesquita e assessor jurídico, Lauro Gurgel.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público
quarta-feira - 27/08/2014 - 16:11h
Pinga-pinga

Governo anuncia calendário de agosto da folha de pessoal


As Secretarias de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) divulgaram o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de agosto, que será da seguinte forma:

Nesta sexta-feira (29), ao meio dia, será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;

Ainda ao meio dia da sexta-feira, recebem os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores;

No dia 10 de setembro, quarta-feira, ao meio dia, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores no total.

93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado.

Os outros 9% (9.377 servidores) receberão no dia 10 de setembro.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Governo do Estado.

Categoria(s): Administração Pública
quarta-feira - 27/08/2014 - 15:45h
Em Mossoró

Cláudia Regina comemora aniversário com liturgia religiosa


Como faz todos os anos, a prefeita cassada e afastada de Mossoró – Cláudia Regina (DEM) – comemora com uma liturgia religiosa.

Seu aniversário será nessa quinta-feira (28 de agosto), com missa em ação de graças.

A celebração será na Igreja de São José, nos Paredões (Mossoró), às 17h.

Com informações da Assessoria de Imprensa de Cláudia Regina.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 27/08/2014 - 15:32h
Pobre Mossoró!

Complexo Viário segue engolindo milhões e sem ser concluído


Denúncia-alerta deste Blog de que um pórtico sobre a BR-304, em área urbana de Mossoró, estava desabando (veja AQUI) e poderia causar acidente, ganhou resposta.

CLC fez retirada de ferragem retorcida hoje pela manhã, interditando pista (Foto: Blog)

Hoje pela manhã, a empresa CLC, uma das responsáveis pela construção do “inacabável” Complexo Viário da Abolição” interditou uma das pistas da duplicação, para  retirar a ferragem retorcida.

Mas a pouco mais de 500 metros, a mesma CLC e a EIT, que ganhou concorrência para construção do complexo, seguem no “enrolation”.

Antes, o pórtico estava assim, como apontou o Blog

Tamponaram parte das laterais do viaduto sobre a mesma BR-304, no cruzamento dos conjuntos Abolição II e III, garantindo que têm “Homens trabalhando”, conforme placa de sinalização.

Mentira

Tudo mentira. Há vários dias que nada acontece por lá.

No dia 14 deste mês, a EIT emitiu nota garantindo que iria retomar obra, cobrindo todo o custo sem qualquer ônus para os cofres públicos.

O viaduto no local, a exemplo dos outros quatro, apresentou problemas e teve que ser interditado antes mesmo de ser liberado.

Nota

A EIT ganhou concorrência para o empreendimento, mas vivendo regime de recuperação judicial (medida alternativa para evitar falência), terminou “passando” trabalho para a CLC.

Entretanto reapareceu em cena, na hora de emitir nota sobre a restauração do viaduto inacabado (veja AQUI).

Reunião “secreta”

E lá se foram mais de R$ 72 milhões dos cofres públicos numa obra que não chega ao fim e está cheia de erros grosseiros de engenharia.

Viaduto interditado não tem homens trabalhando; farsa (Foto: Blog)

A propósito, agora às 16h, a  Câmara Municipal de Mossoró faz reunião “a portas fechadas” (veja AQUI), na sala de sua Presidência, para discutir esse lengalenga.

Poderia fazer uma audiência pública, mas a mesa da Casa achou melhor discutir esse tema do interesse público às escondidas, com representantes de empresas, da Prefeitura de Mossoró e do Governo do Estado.

O povo fica lá fora.

Pobre Mossoró!

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
terça-feira - 26/08/2014 - 23:56h

Pensando bem…


“A vida é o que as pessoas aprendem.”

Virginia Woolf

Categoria(s): Pensando bem...
terça-feira - 26/08/2014 - 23:22h
Copa do Brasil

ABC empata em São Januário com o Vasco da Gama


Do Blog de Marcos Lopes

O ABC surpreendeu no primeiro tempo fazendo um bom jogo, marcando forte e saindo para o jogo, com uma boa postura contra o Vasco. Time de Zé Teodoro marcou logo com um minuto através de João Paulo, e cedeu o empate em uma falha da zaga, mas não foi um primeiro tempo equilibrado não, foi um primeiro tem com superioridade do ABC, que poderia tem ampliado ainda nos 47 minutos iniciais.

Time foi bem, salvo pequenos vacilos, mas nada que pudesse comprometer o bom rendimento da equipe potiguar.

No segundo tempo a postura do ABC foi diferente, time recuou demais mas ainda assim, jogando recuado e apostando na bola de contra-ataque, o time de Zé Teodoro foi melhor, tanto que Gilvan participou efetivamente da segunda parte por volta dos 40 minutos. Comportamento defensivo do ABC foi bom, mas não conseguiu encaixar o contra-golpe.

Contra o Vasco da Gama, o ABC teve o comportamento correto para a dinâmica do jogo, taticamente foi superior ao Vasco e poderia ter matado o jogo, mas foi um resultado muito bom para o ABC, que com este empate em 1×1, traz a vantagem para a volta na Arena das Dunas.

Categoria(s): Esporte
terça-feira - 26/08/2014 - 22:43h
Política e lenda

Marina Silva e a lenda de Dom Rodrigo de Vivar, “El Cid”


Maior cabo eleitoral de Marina Silva (PSB) e, seu principal combustível de início de campanha, é um morto.

A tragédia que se abateu sobre o presidenciável Eduardo Campos (PSB), vítima de um acidente aéreo, a catapultou para espantoso crescimento.

É como se o inconsciente popular reconstruísse desse lado do Atlântico, a lenda ibérica de El Cid – o “campeador”.

Dom Rodrigo de Vivar (El Cid), depois de morto, foi posto sobre um cavalo à frente de seu exército.

Sua imagem teria sido a força motivadora de seus guerreiros à vitória.

Veremos como esse fenômeno funcionará na campanha presidencial, até seu final.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/08/2014 - 21:20h
Nesta quarta-feira

Servidores fazem paralisação contra medidas da Sesap


Nesta quarta-feira (27), os servidores estaduais da saúde farão uma paralisação de advertência em protesto contra as medidas de contenção de gastos do governo, anunciadas pela Sesap no início de agosto para tentar contornar a crise financeira da saúde pública.

A categoria fará um ato público às 9h, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel (com concentração a partir das 6h30, na Unicat) e não descarta a possibilidade de uma greve, que pode ter indicativo aprovado em assembleia da próxima sexta-feira (29), às 9h, no Sindsaúde.

Entre as medidas da Sesap estão o aumento da jornada de trabalho dos servidores para 8 horas diárias, o corte dos plantões eventuais, a redução do atendimento e até mesmo o corte de alimentação de servidores e acompanhantes. Em assembleia do dia 21 de agosto, os servidores rejeitaram essas medidas, após entender que elas prejudicarão os servidores e comprometerão o atendimento à população.

A portaria que altera o expediente foi publicada na sexta-feira (22) e estabelece o aumento da jornada de trabalho dos servidores com 40 horas semanais, exceto para aqueles que trabalham na assistência ao paciente. Dessa forma, a jornada de 6h diárias, passará a ser de 8 horas diárias a partir de setembro, dividida em dois turnos de trabalho, com 1 ou 2 horas para descanso/almoço.

A medida muda completamente a jornada de 6h estabelecida há 8 anos na lei do Plano de Cargos, Carreira e Remunerações (PCCR) e pegou os servidores de surpresa, já que eles terão que que alterar suas rotinas devido ao novo horário. Muitos deles estudam ou possuem outros compromissos. Além disso, a nova jornada afeta o bolso dos trabalhadores, já que o governo não irá garantir auxílio alimentação ou auxílio transporte.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Fricot - Rodapé - 27-07-14
terça-feira - 26/08/2014 - 21:02h
O que pesquisa diz

Marina personifica desejo de mudança e vira favorita


Por José Roberto de Toledo (O Estado de São Paulo Online)

Marina Silva superou Aécio Neves e venceria Dilma Rousseff na simulação de segundo turno porque personificou o desejo de mudança. Pela primeira vez nesta campanha eleitoral, um nome da oposição assumiu claramente a preferência entre os 71% de eleitores que querem mudar tudo ou quase tudo no governo. Desde junho de 2013, essa é a principal força da eleição presidencial, mas não estava concentrada em ninguém.

Hoje, se dependesse só dos mudancistas, Marina estaria em primeiro lugar na corrida presidencial, com 34% – bem à frente de Dilma (24%) e de Aécio (22%). Isso é inédito. Enquanto Eduardo Campos era o candidato a presidente do PSB, os mudancistas se dispersavam entre Dilma (27%), Aécio (28%), Eduardo (10%), e entre brancos, nulos e indecisos (28%).

Dilma só se mantém em primeiro lugar no geral por causa dos 26% de eleitores que querem pouca ou nenhuma mudança. A presidente tem dois em cada três votos desse eleitorado.

O problema aumenta para Dilma quando a disputa fica no mano a mano do segundo turno. Nessa simulação, Marina conquista 56% dos mudancistas, e a presidente não ganha quase nenhum eleitor a mais nesse grupo do que já conseguira no primeiro turno: fica com 25% dos mudancistas.

Entre os continuístas as proporções se invertem: Dilma fica com 66%, e Marina, com 26%. Como há quase 3 vezes mais mudancistas do que continuístas, Marina é favorita para vencer um segundo turno contra Dilma.

Se o “drive” da eleição não mudar, é até esperado que Marina cresça mais nas próximas pesquisas – à medida que mais eleitores mudancistas se identifiquem com ela. E isso tem mais chances de acontecer com Marina do que com Aécio porque ela tem maior potencial de voto e menor rejeição que o tucano.

Apesar dos números muito favoráveis à candidata do PSB, é preciptação achar que a eleição acabou. Como a tragédia de Eduardo Campos provou, tudo pode mudar num instante.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/08/2014 - 20:54h
Ibope

Marina encosta em Dilma e atropela Aécio em pesquisa


Do portal UOL

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) mostra a ex-senadora Marina Silva (PSB) em segundo lugar na corrida presidencial, com 29% das intenções de voto.

Dilma: alta rejeição; Marina subindo

É a primeira pesquisa que o instituto faz depois da morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e da definição de Marina como candidata a presidente pelo partido. Também é o primeiro levantamento feito após o início do horário eleitoral gratuito na TV e no rádio.

Os candidatos fazem hoje o primeiro debate presidencial. O encontro acontecerá às 22h, na Band.

A presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição, lidera a disputa, com 34%. O senador Aécio Neves (MG), candidato pelo PSDB, caiu do segundo para o terceiro lugar e tem 19%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O resultado reforça a tendência verificada pela pesquisa Datafolha divulgada em 18 de agosto. No levantamento da semana passada, Marina já aparecia numericamente à frente de Aécio, com 21% contra 20%, mas havia empate técnico entre os dois, levando em consideração a margem de erro. Agora, a ex-senadora está com vantagem de dez pontos percentuais sobre Aécio e somente cinco pontos abaixo de Dilma.

Brancos e indecisos

Na pesquisa Ibope divulgada hoje, o pastor Everaldo Pereira, candidato pelo PSC, e Luciana Genro, do PSOL, estão com 1%. Somados, os outros candidatos têm 1%.

A proporção de eleitores dispostos a votar em branco ou anular é de 7%. Os indecisos representam 8%.

Na última pesquisa Ibope, divulgada em 7 de agosto, Dilma aparecia com 38%, Aécio tinha 23% e Eduardo Campos, então candidato do PSB, estava com 9%.

Segundo turno

O resultado de hoje indica que a eleição deve ir para o segundo turno já que Dilma não tem mais do que a soma dos demais candidatos.

O Ibope testou dois cenários de segundo turno. Em uma eventual disputa entre Dilma e Marina, a candidata do PSB aparece à frente, com 45%, contra 36% da petista. Neste cenário, são 11% de indecisos e 9% de eleitores dispostos a votar em branco ou nulo.

No outro cenário, Dilma lidera com 41% contra 35% de Aécio, 12% de votos nulos ou brancos e 11% de indecisos.

O instituto entrevistou 2506 pessoas entre o dia 23 e hoje. Contratada pela Rede Globo, a pesquisa foi registrada no TSE com o número BR-00428/2014

Rejeição

O Ibope também mediu a rejeição aos candidatos. A presidente Dilma é a mais rejeitada. A proporção de eleitores que dizem não votar na petista de jeito nenhum é de 36%. Marina é rejeitada por somente 10%; e Aécio, por 18%.

De acordo com o instituto, 34% dos entrevistados consideram o governo Dilma ótimo ou bom. Para 36%, a administração é regular. E a proporção dos que a consideram ruim ou péssima é de 29%. Dois por cento dos não souberam responder.

Veja matéria completa AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.