segunda-feira - 03/08/2020 - 22:20h
Blogosfera

Tio Colorau volta à produção diária com “Pei e Bufo”


O Blog Tio Colorau retomou hoje (segunda-feira, 3) sua atualização diária.

O aperto que demos em seu editor – Erasmo Carlos – em sua participação no Carlos Santos – AOS VIVOS!, ao lado de Christianne Alves, para que voltasse à produção diária, surtiu efeito.

Ele está aí de novo, com a seção “Pei e Bufo”.

E semanalmente haverá a coluna virtual completa.

Taí!

Clique AQUI.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação
segunda-feira - 03/08/2020 - 21:30h
Eleições

Rosadismo avalia quadro político e incertezas em 2020


O grupo político liderado pela vereadora Sandra Rosado (PSDB) andou discutindo internamente nessa última semana, o cenário político de Mossoró.

De certo, certo mesmo, hoje, seu projeto de se reeleger à Câmara Municipal.

Nutre sonho – não correspondido – de que sua filha e ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) possa ser vice da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), em substituição à odontóloga Nayara Gadelha (PP).

Em 2016, já existia essa esperança, que foi descartada e compensada de outra forma. Foi viabilizada a volta de Larissa à Assembleia Legislativa, com a costura da chapa em Natal que teve o então deputado estadual Álvaro Dias (MDB, hoje no PSDB) como vice de Carlos Eduardo Alves (PDT) – veja AQUI.

Larissa era suplente imediata dele.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion - Banner - Dia dos Pais 2020 - 25-07-20 a 10-08-20
segunda-feira - 03/08/2020 - 20:28h
FM 95 (Natal)

Micarla de Sousa voltará ao jornalismo dia 10


Micarla chegou à prefeitura (Foto João Wainer)

Por Paulo Tarcísio Cavalcanti

Comunicação do RN volta a contar com o carisma de Micarla de Sousa.

Estréia dia 10 o “Conexão 95″, das 11,30 às 13.

De segunda a sexta na 95 FM de Natal.

Nota do Blog Carlos Santos – Micarla virou um fenômeno da comunicação e daí foi um salto para a carreira política curta, mas intensa, a ponto de chegar à Prefeitura do Natal, de onde saiu com reprovação recorde.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
segunda-feira - 03/08/2020 - 18:18h
Mossoró real

Paciente compra gaze de R$ 2,00 para para ser atendido

Em uma UBS foi informado que não se fazia um simples curativo e em outra faltava o produto

Uma dona de casa precisou fazer peregrinação para receber um simples curativo na estrutura de saúde pública da Prefeitura Municipal de Mossoró, nessa segunda-feira (3).

UBS completou 20 anos ano passado, mas não tem um produto básico para público (Foto: cedida)

No Santa Delmira, onde reside, foi-lhe informada que não era possível fazer o procedimento na Unidade Básica de Saúde UBS) Doutor Luiz Escolástico Bezerra.

A indicação era que procurasse a Unidade Básica de Saúde (UBS) Enfermeira Conchita Escóssia Ciarlini, no Abolição II, a cerca de 2,5 quilômetros de seu endereço.

Nessa UBS, outro problema: não havia como dar esse cuidado por falta de gaze. O marido da paciente, o senhor Francisco Chagas, precisou fazer aquisição do produto com recursos próprios, para só assim ela receber o curativo.

- Custou R$ 2,00 – relatou ao Blog Carlos Santos.

Ironia do destino é que a UBS leva o nome de uma irmã da prefeita e ela própria, pediatra, já atuou no local antes da municipalização há mais de 20 anos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Lion - Banner - Dia dos Pais 2020 - 25-07-20 a 10-08-20
segunda-feira - 03/08/2020 - 16:46h
Economia

Expansão imobiliária avança mesmo com crise


Nesse último domingo (2), resolvi circular por algumas frentes de expansão imobiliária de Mossoró.

Conhecemos o avanço de investimentos em loteamentos e novos conjuntos habitacionais.

Chamou-nos especial atenção a aposta do sólido Grupo Olinda, comandado pelo empresário Neuzo Leite, em vasta área por trás do Partage Shopping, com pista asfaltada e iluminação em sistema led. É o Bela Vista, que ganha dezenas de construções em franca ocupação por empreendedores do Minha Casa, Minha Vida.

A avenida construída pelo próprio grupo liga o fim da Avenida João da Escóssia, quase em frente à entrada do Condomínio Alphaville, à RN-015, que dá acesso a Baraúna. Sua distância para o leito do Complexo Viário da Abolição (antiga Avenida do Contorno) é em torno de 2,2 quilômetros.

Em outros setores da cidade, a expansão imobiliária – sobretudo horizontal – também é crescente, mesmo em meio à pandemia, com investimentos que depois mostraremos também.

Outra vez a iniciativa privada se vira, mexe-se, toma as rédeas na aposta de tracionamento da economia, diante da lerdeza e incapacidade do poder público de fazer sua parte.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Economia
segunda-feira - 03/08/2020 - 16:30h
No Instagram

Começa às 21h dessa segunda-feira outro “Aos Vivos!”


O Carlos Santos – AOS VIVOS! recebe hoje Tácio Garcia da Gondim & Garcia Produções, um nome de peso do show business no RN e além de nossas divisas.É ás 21h dessa segunda-feira (3 de Agosto), em nosso Instagram – www.instagram.com/blogcarlossantos

Você pode acompanhar também por seu computador, tablet ou notebook, mesmo que não tenha o aplicativo instalado.

Basta acessar esse link acima e clicar.

Acompanhe, participe.

Até lá!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Carlos Santos - AOS VIVOS!
  • Banner - Rei do Entulho Segundo Banner correto -
segunda-feira - 03/08/2020 - 14:46h
No ar

Rádio Sal da Terra prepara estréia oficial


A Rádio Sal da Terra está em fase experimental em Mossoró, mas voltada para o mundo, através da Internet.

Em poucas semanas o seu idealizador, radialista Diassis Linhares, pretende dar feição final ao seu conteúdo, com programação definida e estréia oficial.

- Estamos trabalhando para atender um público com gosto musical diferente e com qualidade de uma grade de programação diversificada – avisa Diassis Linhares.

Numa experiência anterior, Diassis Linhares teve rádio física com mesma denominação no período de agosto de 2001 a novembro de 2003, como emissora de Frequência Modulada (FM) comunitária, com grande sucesso.

Conheça a Sal da Terra clicando AQUI.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação
segunda-feira - 03/08/2020 - 13:28h
Aglomeração

Prefeita e aliados ignoram recomendações contra a Covid-19


Do portal Grande Ponto

O mês de julho foi marcado por flagrantes de desrespeito às regras de isolamento social e, consequentemente, pelo aumento no número de casos Covid-19 no Seridó. Em Ouro Branco, a prefeita Fátima Silva comandou ao lado de secretários, auxiliares e militantes encontros com aglomeração de pessoas nas ruas.

Fátima (no detalhe) fez movimentação política que ignorou o básico em termos de segurança à saúde (Fotomontagem BCS)

O evento finalizou em frente a casa do secretário de Esportes.

Nas imagens deste domingo (2), aparecem algumas pessoas reunidas com a prefeita. Abraços, bebidas e antecipação da campanha de rua. O Ministério Público Eleitoral da 23a Zona ainda não se pronunciou.

Vídeos, fotos é até uma motocada sem capacetes e sem máscaras aconteceu nas ruas de Ouro Branco.

Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Publica (Sesap), o município tem 24 casos confirmados e uma taxa de incidência de 498,8 por 100 mil habitantes.

Nota do Blog Carlos Santos – A prefeita Maria de Fátima Araújo da Silva, odontóloga, governa município com 4.812 pessoas, que fica distante 267,6 quilômetros de Natal. Ela e seu vice Francisco Lucena de Araújo Filho (PSB) chegaram a ser cassados em primeiro grau, por suposto abuso do poder econômico no pleito de 2016, mas decisão foi reformada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN).

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Banner - Rei do Entulho Segundo Banner correto -
segunda-feira - 03/08/2020 - 10:20h
Pandemia

Dia começa com filas e aglomerações em centro comercial


Essa segunda-feira (3) em Mossoró começou com filas e aglomerações humanas em vários pontos do centro da cidade.

Na Rua Bezerra Mendes, centro, fila e aglomerações revelam dificuldade de se administrar segurança sanitária (Foto: cedida)

Um exemplo é o que ocorre à Rua Bezerra Mendes, ao lado do Mercado Central, com pessoas que se dirigem ao interior da agência Terra do Sal da Caixa Econômica Federal (CEF),

Também existem endereços de serviços e comércios, que não é fornecido sequer álcool em gel para prevenção contra a Covid-19.

- “Eu já liguei para a prefeitura pedindo fiscalização”, avisa um internauta que enviou fotos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Saúde
segunda-feira - 03/08/2020 - 08:48h
Brasil

Cai média de óbitos por Covid-19, mas julho é o pior mês


Covid-19 segue preocupando (Foto: arquivo)

Do Canal Meio e Blog Carlos Santos

Nas últimas 24 horas, foram registradas 514 mortes pela Covid-19 no Brasil. O total chega a 94.130 óbitos. Com isso, a média móvel de novas mortes nos últimos 7 dias foi de 1.011 óbitos, uma queda de 3% em relação aos dados registrados em 14 dias.

Em casos confirmados, já são 2.733.622 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 24.746 desses confirmados no último dia.

Julho

Julho foi o mês com mais mortes registradas desde o começo da pandemia, somando 32.912. Ao contrário de países como EUA, Itália e Espanha, o número de óbitos cresce mês após mês.

No total, 8 estados e mais o Distrito Federal apresentaram alta de mortes: PR, RS, SC, MG, DF, MS, AC, RR, TO. Em estabilidade: RJ, SP, GO, MT, RO, BA, PI, RN, SE. Em queda: ES, AM, AP, PA, AL, CE, MA,PB, PE.

RN

O RN tinha dados não tabulados nos últimos dias e a alimentação do sistema desse cumulativo o levou a sair do patamar de ‘queda’ para ‘estabilidade’, o que mesmo assim é muito satisfatório.

Óbitos confirmados no último boletim desse domingo (2) chegaram a 1.883, sendo 3 nas últimas 24h. Em investigação: 219; descartados: 370.

Confirmados, 51.845; suspeito, 62.646, além de 82.246 descartados.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Saúde
  • Banner - Rei do Entulho Segundo Banner correto -
segunda-feira - 03/08/2020 - 04:48h
Eleições 2020

Médico não tem planos de ingressar na política (agora)


Inavan: por enquanto, é só (Foto: arquivo)

Quem ainda tiver planos para cativar e seduzir o médico Inavan Lopes a debutar na política partidária, pelo menos este ano, desista.

Seus planos mais imediatos não incluem na agenda a caça ao voto, em qualquer chapa, do governismo à oposição.

Questões relacionadas à sua carreira na Polícia Militar do RN onde é major-médico e, à própria medicina, ao lado de familiares, estão na ordem de suas maiores prioridades.

Parou, parou.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 02/08/2020 - 23:58h

Pensando bem…


“Aqueles que dizem que algo não pode ser feito deveriam sair do caminho daqueles que estão fazendo.”

Joel Arthur Barker

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion - Banner - Dia dos Pais 2020 - 25-07-20 a 10-08-20
domingo - 02/08/2020 - 23:34h
Falecimento

Adeus, Tarcísio!


Tarcísio: despedida (Foto: Web)

Soube nesse domingo (2), do falecimento por causa natural no dia passado (sábado, 1º), de Tarcísio Alves.

Era uma figura popular que desde muito jovem conviveu com gerações de mossoroenses que chegaram à idade adulta.

A velha Praça Bento Praxedes (Praça do Codó) no centro da cidade era o microcosmo – mundo pequeno – de todos e, também, de Tarcísio.

Foram crianças e adolescentes que cresceram, mas que não viram Tarcísio envelhecer.

Foi até o fim um infante querido, como personagem saído da Terra do Nunca.

Adeus, Tarcísio!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Crônica / Gerais
domingo - 02/08/2020 - 10:44h

Tibau, sempre Tibau


Por Odemirton Filho

“Só para olhar. Só para ver. Só para sentir. 

Só para viver”. (Clarice Lispector)             

Dia desses me bateu uma vontade danada de quebrar o isolamento social. Queria ir à cidade-praia de Tibau. Estava entediado de tanto ficar em casa.  

Há vários lugares que poderia ir. Areia Branca, na bela Ponta do Mel. À serra de Martins, curtir um frio gostoso. Quem sabe, Canoa Quebrada. Mas, por que Tibau? 

Porque Tibau faz parte de um passado que insiste em voltar à lembrança. Saudade de tomar banho de mar, às vezes sob a chuva. De atravessar a pedra do chapéu com o mar “cheio”. De nadar até os barcos ancorados. De brincar com os primos no morro do “labirinto”.

Saudade das festas do Creda e do Álibi. Das escadarias de Zé Félix. Do bar “de propósito”. Do campeonato de surf de “Bitonho”. Aliás, momentos que já relatei em outras oportunidades, mas que, volta e meia, visita-me a alma.

E mais: descer a ladeira da praia do Ceará, visualizando a bela paisagem dos coqueirais. Caminhar um pouco na areia. Sentir a água do mar bater nos meus pés e, no rosto, o carinho da brisa.

Depois, ir lá pelas bandas das praias das Emanuelas e de Gado Bravo, bem como a Barra, em Grossos. Na volta para casa, se não tiver fila, comprar pão na Padaria Jéssica.

Tentaria evitar, é claro, contato com as pessoas, pois nessa época de pandemia, temos que manter o distanciamento social. São tempos Difíceis.

Entretanto, queria apenas andar. Respirar o ar puro. E, em harmonia com a natureza, rogar a Deus que tenhamos dias melhores.

Não, não fui. O sentimento de responsabilidade social falou mais alto. Acredito que não me custa ficar um pouco mais em casa, em respeito à vida e à saúde das pessoas.

Vou esperar mais. Por mim e por todos. Vai passar.

Enfim, todos têm aquele lugar que nos faz bem. O meu é Tibau, sempre Tibau.

Odemirton Filho é bacharel em Direito e oficial de Justiça

Categoria(s): Crônica
  • Banner - Rei do Entulho Segundo Banner correto -
domingo - 02/08/2020 - 09:38h

Nova realidade nas pesquisas das multinacionais do melão


Por Josivan Barbosa

A cadeia produtiva do melão no Polo de Agricultura Irrigada RN- CE vive uma nova realidade. Aos poucos, as bases de pesquisa das multinacionais de sementes de hortaliças estão deixando a região ou o país. As duas últimas décadas foram marcadas pela instalação na região de diversas bases de pesquisa como a BASF, Nunhems, Sakata, Agristar, Singenta, Rijk Zwaan, Bayer, entre outras.A partir dos últimos três anos verifica-se um novo posicionamento dessas multinacionais. Várias empresas já fecharam as suas instalações e passaram a trabalhar no formato das décadas de 80 e 90, quando usavam as instalações das empresas produtoras de melão como parceiras nas pesquisas de melhoramento.

Em geral, as multinacionais de sementes de hortaliças contam com profissionais especializados em reunir os recursos globais de conhecimento científico em benefício dos agricultores. As empresas oferecem produtos resistentes contra pragas e doenças, alta produtividade, uniformidade e tecnologia em cada semente resultando em alimentos com valor nutricional, sabor, aroma e aparência atraentes.

Os programas globais dessas empresas de melhoramento genético buscam criar produtos inovadores utilizando tecnologias de ponta como biologia celular, marcador molecular e seleção assistida.

Melão para o Japão

O Brasil apontou questões específicas na relação comercial, como subsídios e proteções fornecidas por Tóquio em patamares muito mais elevados do que em outros países desenvolvidos. De maneira que é particularmente prejudicial aos interesses de exportadores como o Brasil.

Além disso, persistem restrições japonesas à entrada de carne bovina termoprocessada, apesar de o produto ter entrado no país livremente antes de 2012.

O Brasil também quer exportar melão para o mercado japonês e apresentou um plano nesse sentido ao parceiro em 2016. Tóquio apresentou diversas demandas técnicas, respondidas em 2017.

EUA, Índia e vários outros parceiros também reclamaram de barreiras na entrada de produtos agrícolas no Japão. A Índia exemplificou que os japoneses impõem sobre alguns produtos tarifas de importação de até 500% e cotas (volume limitado de importação), medidas que prejudicam o fluxo do comércio.

Cajucultura

Durante a semana conversei com Antônio Tertulino, consultor da cadeia produtiva do caju no Semiárido e produtor de mudas certificadas na região compreendida entre os municípios de Taboleiro do Norte e Alto Santo (CE) e Itaú, Rodolfo Fernandes, Severiano Melo e Apodi (RN) sobre os gargalos do setor.

De acordo com Tertulino e analisando os dados do IBGE para esses municípios, estima-se que a área plantada com cajueiro já ultrapassa 20 mil hectares.

O principal gargalo da cadeia produtiva é a falta de crédito ocasionada pela não regularização da posse da terra pelos pequenos produtores. Na análise de Tertulino, o pequeno produtor não quer nada a mais do setor público a não ser a desburocratização do processo de posse da terra.

As quatro principais cultivares são a ´Fraga 11` (destinada a amêndoa), BRS 226 e o CCP 76 (caju de mesa – falso fruto e amêndoa) e o Embrapa 51.

Desemprego muito preocupante

Os brasileiros que não buscaram emprego por conta da pandemia no mês passado somaram 17,8 milhões. Esse número é menor que o de pessoas nessa mesma situação em maio, 18,4 milhões. Se somarmos isso com os 11,8 milhões desocupados, temos aí uma subutilização de 38,5 milhões de pessoas.

Desde o início da crise, especialistas em mercado de trabalho têm alertado sobre a transferência automática dos previamente desocupados ou dos demitidos na crise para fora da força de trabalho, o que atenua os números oficiais do desemprego.

Repondo a verdade sobre a Ufersa

Apesar da falta de ética da atual gestão ao esconder a nossa atuação no processo de transformação da Escola Superior de Agricultura (ESAM) em Universidade Federal do Semi-árido (UFERSA), vejam abaixo parte do documento que se encontra na página oficial da instituição na Internet:

História dos 15 anos da Ufersa é antecedida por período em que tinha a denominação de Esam (Foto: arquivo)

Em fevereiro 2004, o novo diretor da ESAM, professor Josivan Barbosa, articula a classe política do Rio Grande do Norte, em especial a Governadora do RN, Vilma Faria, os Deputados Federais Betinho Rosado, Sandra Rosado e Fátima Bezerra para apoio ao Projeto de transformação da ESAM em Universidade Federal Rural do Semi-Árido;
• Em março de 2004, a Câmara Municipal de Mossoró realiza Audiência Pública em apoio ao Projeto de transformação da ESAM em Universidade;
• Em abril de 2004, a Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, através de proposição da Deputada Estadual Larissa Rosado, realiza Audiência Pública, em apoio ao Projeto de transformação da ESAM em Universidade;
• Em junho de 2004, através dos apoios políticos ao Diretor da ESAM, prof. Josivan Barbosa, é reiniciado com o Ministro Tarso Genro, o processo de análise do Projeto Institucional, que estava paralisado em face da reforma ministerial do governo federal;
• Em junho de 2004, o diretor da ESAM, prof. Josivan Barbosa e o ex-diretor Marcelo Pedrosa fazem contatos com os parlamentares: Senadores Garibaldi Alves Filho e Fernando Bezerra e os Deputados Federais Henrique Eduardo Alves, Múcio Sá, Roberto Pessoa (coordenador da Bancada do Nordeste na Câmara dos Deputados), Ney Lopes, Álvaro Dias, Iberê Ferreira e a Governadora Vilma Faria para apoio ao projeto e participação na audiência com Ministro da Educação Tarso Genro;
• Em junho 2004, na audiência com o Ministro Tarso Genro, estiveram presentes, além
do Diretor da ESAM, prof. Josivan Barbosa, Deputado FederaL Roberto Pessoa (coordenador da bancada do Nordeste na Câmara dos Deputados ) que entregou um documento ao Ministro mostrando a importância do Projeto de transformação para o semi-árido, Deputada Federal Sandra Rosado, Deputada Federal Fátima Bezerra, Deputado Federal Betinho Rosado na função de Secretário de Estado de Educação , é representado pelo Secretário Adjunto Sr. Oberi Rodrigues Júnior, Deputada Estadual Larissa Rosado (representando a Assembléia Legislativa que entregou ao Ministro um documento assinado por todos os deputados estaduais do RN em apoio a ESAM), Profª Isaura Amélia (representando a Governadora do RN), empresário Nilson Brasil (presidente da Associação Comercial e Industrial de Mossoró – ACIM), e o Vice-Prefeito de Mossoró, Antonio Capistrano, representando a Prefeita de Mossoró, Dra.
Rosalba Ciarline;
• Em junho de 2004, o Ministro da Educação, Tarso Fernando Herz Genro, encaminha Projeto de Lei que transforma a ESAM em UFERSA, para apreciação do Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva;
• Em junho de 2004, o Ministro da Educação, Tarso Fernando Herz Genro, encaminha Projeto de Lei que transforma a ESAM em UFERSA, para apreciação do Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva;
• De julho a dezembro de 2004, o Projeto Técnico da ESAM é apreciado pelos Ministérios da Educação e do Planejamento, recebendo treze pareceres favoráveis das áreas competentes desses Ministérios;
• Em outubro de 2004, o Senador Garibaldi Alves Filho faz pronunciamento no Senado em favor da transformação da ESAM em Universidade Especializada;
• Em dezembro de 2004, o diretor da ESAM, prof. Josivan Barbosa e o prof. Francisco Bezerra Neto, Coordenador da Pós-graduação da ESAM, conseguem a aprovação pela CAPES, do primeiro curso de doutorado da Instituição, extremamente necessário para a transformação da ESAM em Universidade Especializada;
• Em janeiro de 2005, o subchefe da Casa Civil emite parecer desfavorável, devolvendo ao Ministério da Educação o Projeto de transformação da ESAM em Universidade Especializada;
• Em fevereiro de 2005, a pedido do Diretor da ESAM, Prof. Josivan Barbosa Menezes, a Governadora do Rio Grande do Norte, Vilma Maria de Faria, intervém junto a Casa Civil da Presidência da República e consegue reverter para parecer favorável o Projeto de transformação da ESAM em Universidade Federal Rural do Semi-Árido;
• Em fevereiro de 2005, Requerimento do Vereador Renato Fernandes, aprova por unanimidade dos edis Moção de Aplauso pelo mudança do parecer da Casa Civil da Presidência da República;
• Em fevereiro de 2005, após a tramitação do Projeto Institucional, pelos Ministérios da Educação, Planejamento e Casa Civil, o Poder Executivo, através do Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, encaminha o PROJETO DE LEI Nº 4.819/05 ao Congresso Nacional que dispõe sobre a transformação da ESAM em Universidade Federal Rural do Semi-Árido -UFERSA;
• Em fevereiro de 2005, a Câmara Municipal de Mossoró, reitera o apoio a transformação da ESAM em universidade especializada, através de ofício encaminhado ao Ministro da Educação, Tarso Genro;
• Em março de 2005, na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal, presidida pelo Deputado Henrique Eduardo Alves, dá total apoio ao projeto da ESAM e convoca reunião extraordinária da Comissão para agilizar a tramitação do projeto. O Relator do Projeto, Deputado Carlos Alberto Leréia consegue aprovação, por unanimidade da Comissão, ao Projeto do Deputado Betinho Rosado e mantém apensado o projeto original do Governo Federal;
• Nessa Comissão o pronunciamento do Deputado Vicentinho, Norteriograndense (Acari), foi muito importante, como também, da Deputada Fátima Bezerra, e de outros parlamentares como: Deputado Ênio Tático, de Goiás, Deputado Isaías Silvestres, de Minas Gerais e Deputado Walter Barelli, de São Paulo. O parecer do Relator é acompanhado por unanimidade pela Comissão;
• Em abril de 2005, a Deputada Federal Fátima Bezerra, apresenta Requerimento à
Mesa da Câmara solicitando urgência para apreciação do Projeto de Lei nº 4819 de
2005, de autoria do Executivo, que dispõe sobre a transformação da ESAM em Universidade Federal Rural do Semi-Árido;
• Em abril de 2005, na Comissão de Educação e Cultura, tendo como Relatora do Projeto, a Deputada Fátima Bezerra, o parecer da Relatora é aprovado por unanimidade pela Comissão;
• Em maio de 2005, na Comissão de Finanças e Tributação, tendo como Relator o Deputado Federal Gonzaga Mota, o parecer do Relator é aprovado por unanimidade pela Comissão, tendo o ex-diretor Pedro Almeida articulado junto ao Relator para o seu parecer favorável;
• Em junho de 2005, na Comissão de Constituição e Justiça e Cidania, tendo como Relatora a Deputado Federal, Sandra Rosado, o parecer da Relatora é aprovado por unanimidade, mantendo-se o Projeto do Poder Executivo. A articulação da Deputada
para obtenção do quorum necessário a instalação da Comissão, foi fundamental para a tramitação na Câmara Federal;
• Em julho de 2005, o Projeto de Lei do Poder Executivo é aprovado pela Câmara Federal e encaminhado ao Plenário do Senado Federal. Nesta ocasião a articulação das Deputadas Sandra Rosado e Fátima Bezerra, junto ao líder do governo na Câmara Federal, Deputado Professor Luizinho, foi importantes no sentido de priorizar a apreciação do projeto, no plenário da Câmara;
• Em 13 de julho de 2005, o Senado Federal aprova o PROJETO DE LEI que transforma a ESAM em Universidade Federal Rural do Semi-árido – UFERSA, tendo como Relator o Senador Garibaldi Alves Filho. As deputadas Sandra Rosado e Fátima Bezerra fazem gestão junto ao Senador Aloísio Mercadante, líder do governo no senado, para incluir em regime de urgência, o projeto da ESAM, junto com as outras quatro instituições contempladas;
• O Deputado Federal Betinho Rosado, professor da ESAM e incansável defensor do Projeto de transformação da ESAM em Universidade, num gesto de grandeza, retira a sua proposição de vistas ao projeto, cuja decisão foi fundamental e viabilizou a aprovação do Projeto de Lei, no Senado Federal.

• EM 29 DE JULHO DE 2005, O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, SANCIONA A LEI Nº 11.155 QUE CRIA A UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO – UFERSA;
• A LEI Nº 11.155, DE 29 DE JULHO DE 2005 É PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO NO DIA 01 DE AGOSTO DE 2005, NA SEÇÃO 1, Nº 146. O PARECER QUE PASSA PARA A HISTÓRIA DA ESAM

Josivan Barbosa é professor e ex-reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)

Categoria(s): Artigo
domingo - 02/08/2020 - 08:04h

Dizer sim, dizer não


Por Honório de Medeiros

O que levou e leva alguns homens a tomarem as rédeas do seu destino, não se conformando com o papel que lhes foi destinado pelas circunstâncias nas quais nasceram e viviam ou vivem, e construírem suas próprias histórias?

Como explicar a história desses homens surgidos ao longo do tempo, que adquiriram brilho próprio escrevendo páginas inigualáveis durante suas existências, quando e se comparadas com as dos seus anônimos contemporâneos?

Homens que não esquecemos, talvez nunca esqueçamos, situados entre a santidade e o banditismo, como São Francisco de Assis e Hitler, Padre Cícero do Juazeiro e Lampião?Teria razão Bertrand Russell, quando afirmou que os movia uma ânsia de grandeza, seguida do consequente impulso à revolta pessoal?[1]

“Ao passo que os animais se contentam com a existência e a reprodução, o homem quer ainda a grandeza, e os seus desejos neste assunto só têm o limite da sua própria imaginação. Todos os homens desejariam ser deuses, se fosse possível, e alguns poucos chegam mesmo a achar incompreensível essa impossibilidade. Este são os modelados, segundo o Satanás de Milton, e combinam, como ele, a nobreza com a impiedade. “Impiedade” não se refere aqui à crença religiosa: significa apenas a recusa de aceitar as limitações do poder humano individual. Essa combinação titânica de nobreza e de impiedade é mais evidente nos grandes conquistadores, mas pode ser encontrada, até um certo grau, em qualquer homem. Ela é que torna difícil a cooperação social, pois cada um desejaria entender essa cooperação como a de um Deus com os seus adoradores, sendo ele mesmo o Deus. Daí as rivalidades, a necessidade de transigências e de leis e o impulso à revolta, donde a falha na estabilidade e, periodicamente, a violência. E, também, a necessidade de uma moral que reprima as anarquias individuais”.

Colocado de outra forma, outro não foi o argumento de Hobbes contra a liberdade absoluta: a defesa do Estado contra as anarquias individuais.

Tal impulso à revolta pessoal, do qual nos dá conta Russel, é o mesmo que levou Albert Camus a se perguntar e responder a si mesmo: “Que é um homem revoltado? Um homem que diz não”.[2]

Mas o que é esse “não”? Camus responde:

“Significa, por exemplo, ‘as coisas já duraram demais’, ‘até aí, sim; a partir daí, não; ‘assim já é demais’, e, ainda, ‘há um limite que você não vai ultrapassar’. Em suma, este “não” afirma a existência de uma fronteira.

(…)

Dessa forma, o movimento de revolta apoia-se ao mesmo tempo na recusa categórica de uma intromissão julgada intolerável e na certeza confusa de um direito efetivo ou, mais exatamente, na impressão do revoltado de que ele ‘tem o direito de…’”.[3]

Recusa em aceitar as limitações ao poder humano individual, e, consequentemente, revolta pessoal: inconformação, por fim. Algo que pode ser encontrado, até certo grau, em qualquer homem, segundo Russel. Até no mais humilde de todos. Mesmo na mais prosaica das circunstâncias. Para o bem ou para o mal.

Inconformação que somente é sufocada quando, dentro de si, ou no confronto com o(s) outro(s), opta-se por ceder às pressões, abrindo-se o caminho para os que forçam a passagem, tão inconformados quanto, ou ainda mais, e bem mais fortes, mais impiedosos.

Inconformados aos quais Howard S. Becker nominou de “outsiders”, ou seja, aqueles de quem não se espera viver de acordo com as regras estipuladas pelo grupo.[4]

Transgressores. Desviantes. Excêntricos ou portadores de pensamento divergente, diz Mlodinow, enquanto aponta para uma área específica da neurociência, que estuda os padrões de suas condutas.[5]

Poderíamos denominá-los gauches, em homenagem a Carlos Drummond de Andrade:

“Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida”.

“Outsiders”, assim também os nominou o sociólogo alemão Norbert Elias, autor de O Processo Civilizatório, que reintroduziu na discussão intelectual moderna a importância da ação individual na história, bem como a crítica à demasiada ênfase na estrutura sobre o indivíduo, em vigor até então.[6]

Enfim, outsiders[7], divergentes[8], inconformados[9], revoltados[10], transgressores[11], desviantes[12]. Os outsiders, divergentes, não se conformam e se revoltam (o inconformismo é o fermento da revolta), e a revolta os leva à transgressão, ao desvio.

Existentes em qualquer tempo ou lugar, os “outsiders”, esses inconformados, revoltados de todos os tipos e modelos, seja qual seja o credo ou a ideologia, contribuíram para o avanço do processo civilizatório mesmo quando a humanidade sofria em suas mãos, pois aparentemente ainda assim crescemos qualitativamente, e esse é o legado que eles deixaram e deixam para a história: podemos e devemos aprender com nossos erros.

Às vezes até mais do que com nossos acertos.

Honório de Medeiros é professor, escritor e ex-secretário da Prefeitura do Natal e do Governo do RN


[1] RUSSELL, Bertrand. O Poder. São Paulo: Livraria Martins. 1941. Págs. 6 e segs.

[2] CAMUS, Albert. O Homem Revoltado. Rio de Janeiro: Record. 12ª edição. 2018. Pág. 25.

[3] Idem.

[4] BECKER, Howard. S. Outsiders. Rio de Janeiro: Zahar. 1ed. 2008. Pág. 17.

[5] MLODINOW, Leonard. Elastic (Flexible Thinking in a time of Change). Rio de Janeiro: Zahar. 1.ed. 2018. Pág. 212 e segs.

[6] ELIAS, Norbert. O Processo Civilizador. Rio de Janeiro: Zahar. 1. Ed. 1994. 2vs.

[7] “A person who is not liked or accepted as a member of a particular group, organization, or society and who feels different from those people who are accepted as members” (uma pessoa que não é apreciada ou aceita como membro de um grupo, organização ou sociedade em particular e que se sente diferente das pessoas que são aceitas como membros): dictionary.cambridge.org

[8] Que tem opiniões, pontos de vista diferentes; discordante, oposto (sentido figurado).

[9] Tendência, atitude ou procedimento de inconformado, de quem não aceita condições ou situações incômodas ou desfavoráveis. Tendência ou atitude de não se acatar passivamente o modo de agir e de pensar da maioria do grupo em que se vive.

[10] Ato ou efeito de revoltar(-se), grande perturbação; agitação. POR METÁFORA:perturbação, sentimento de raiva, de náusea que se expressa ger. em atitudes, opiniões mais ou menos agressivas; indignação, repulsa.

[11] Transgredir: não cumprir, não observar (ordem, lei, regulamento etc.); infringir, violar.

[12] Afastamento de um padrão de conduta considerado aceitável; erro, falha.

Categoria(s): Artigo
  • Lion - Banner - Dia dos Pais 2020 - 25-07-20 a 10-08-20
domingo - 02/08/2020 - 07:20h

À sombra de uma mangueira


Por Paulo Menezes

Plantei essa mangueira há 42 anos. Não sabia se ela vingaria nem se eu alcançaria sua trajetória de vida. O fato é que todos sobrevivemos.

Ela ainda viçosa, florindo e dando frutos doces e saudáveis todos os anos. Eu, já mais pra lá do que pra cá. Com certeza, vou partir para outra dimensão e ela vai continuar sua vida.

O fato é que recebo sua sombra e seus frutos no dia a dia, e isso para mim já compensa o investimento, já que sou um naturalista convicto.

Hoje, no meio dessa pandemia louca que nos afasta dos filhos, noras, netos e amigos, todos do bem querer, é ela, que como sempre e ao longo do tempo tem me dado abrigo e reconforto.

Agora mesmo, estou  usufruindo de sua sombra benfazeja, tomando uma aguardente mineira, ouvindo Roberto Carlos da Jovem Guarda dos anos 60 (precisamente 1965) anos dourados da minha juventude, vivida com a intensidade de quem está com a morte para acontecer no dia seguinte. E o bom disso tudo, é que de repente me sinto bem, apesar do noticiário terrorista da imprensa televisiva.

Não sei se é o álcool o que me deixa assim, pois, via de regra, uma pinga bem dosada nos deixa relaxado, leve e até mesmo um pouco esquecido.

O fato é que na vida, sempre temos que encontrar  uma saída para enfrentar os problemas que ela nos apresenta. Para mim, graças a Deus, eu encontrei essa válvula de escape que foi a sombra dessa árvore frondosa e uma boa caninha para amenizar as vicissitudes da vida.

Afinal, não foi sem motivo que o ator e cineasta norte-americano Jordan Peele afirmou: “Sinto que estamos numa época onde o público precisa escapar do horror da realidade”.

Paulo Menezes é meliponicultor

Categoria(s): Crônica
domingo - 02/08/2020 - 06:30h
Mossoró

Um encontro nada secreto da oposição que parece unida


Um aparente e descontraído encontro político em Mossoró, esparramado e às claras, à calçada da casa do vereador Ozaniel Mesquita (DEM), ganhou lugar nas redes sociais nesse sábado (1º).

Pré-candidatos e vereadores pareciam conversar sobre tudo, menos união política em 2020 (Foto: divulgação)

Na escalação dos presentes, pelo menos três pré-candidatos a prefeito: Isolda Dantas (PT), Allyson Bezerra (Solidariedade) e Cláudia Regina (DEM).

Além de Ozaniel Mesquita, os também vereadores oposicionistas Alex do Frango (PV), Genilson Alves (Pros), Petras Vinícius (DEM) e Raério Araújo (PSD).

Nota do Blog – A exposição pública, lógico, não representa qualquer avanço ou consolidação de hipotética composição oposicionista à campanha deste ano. Não se define estratégica de ‘guerra’ aos olhos inimigos e observação de passantes e máquinas fotográficas.

O rosalbismo-rosadismo, como inquilino quase perpétuo do Palácio da Resistência, não precisa se preocupar.

Se, se realmente eles começarem a se reunir secretamente, aí sim. O governismo sabe que a junção mínima de forças representativas nesse campo político poderá lhe custar o poder.

Leia também: Quem pode e quem não pode perder as eleições em Mossoró.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion - Banner - Dia dos Pais 2020 - 25-07-20 a 10-08-20
domingo - 02/08/2020 - 05:40h

Brasil precisa tributar empresas globais que lucram aqui


Por João Maia

A tributação dos lucros das grandes empresas globais de tecnologia tem estado no centro dos debates na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nos últimos anos, pois seus modelos de negócios permitem que atuem em um país sem nele ter qualquer presença física, ou, mesmo onde se estabeleçam, que desloquem seus lucros para Países em que sejam tributados por alíquotas efetivas muito baixas, em outros Países.

A OCDE informou recentemente que a atualização das regras globais de tributação, coibindo o deslocamento de lucros para outros Países, poderia aumentar a arrecadação tributária ao redor do mundo em aproximadamente 100 bilhões de dólares. A Organização recebeu mandato do G 20, em 2018, para estabelecer uma solução consensual para tributação destas empresas até o final de 2020, para isto reuniu 137 países, entre eles o Brasil.Caso não seja possível um acordo global a OCDE orientou os Países na adoção de um imposto de renda retido na fonte sobre os pagamentos feitos às grandes empresas globais de internet, ou de um novo imposto sobre a receita bruta destas empresas. Países como a França, Reino Unido, Itália e Espanha, informaram que farão a tributação das receitas brutas destas empresas em suas jurisdições em 2020, se não houver um acordo global.

Nesse contexto mundial, pensamos que o Brasil não pode ficar fora desse movimento. Por isso, apresentamos um o Projeto de Lei 2358/2020, propondo a criação de um tributo sobre a receita bruta das grandes empresas globais de internet, buscando seguir as orientações da OCDE e garantir a compatibilidade com as regras internacionais.

Analisando as figuras tributárias legais disponíveis no Brasil, concluímos que a mais adaptada para este propósito seria a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE). A CIDE-Digital incidirá somente sobre as empresas de internet que são grandes em escala nacional e internacional. Só serão contribuintes as empresas que fazem parte de grupos econômicos que auferiram, no ano anterior, receitas brutas globais anuais superiores ao equivalente a R$ 3 bilhões e, ao mesmo tempo, que ultrapassaram R$ 100 milhões de receita bruta no Brasil.

Os fatos geradores da CIDE-Digital são: a venda de publicidade digital, a intermediação pela venda de bens e serviços em plataformas digitais e a venda de dados dos usuários. Ela é progressiva com alíquotas que variam de acordo com a receita bruta no Brasil: 1% (até R$ 150 milhões), 3% (entre R$ 150 a 300 milhões), e 5% (acima de 300 milhões).

Na União Europeia reportou que as empresas globais de internet pagam em média 9,5% de imposto sobre seus lucros, contra 23,2% das empresas de outros setores. No Brasil informações sobre a tributação dos lucros destas empresas, não estão disponíveis, por isto encaminhamos o Requerimento de Informações n° 810/2020 solicitando ao Ministério da Economia as seguintes informações:

  • Percentual médio da tributação dos lucros no Brasil das empresas globais de internet;
  • Percentual médio da tributação de lucros das empresas brasileiras de outros setores da economia;
  • Percentual médio da tributação incidente sobre as remessas ao exterior das empresas globais de internet.

É importante lembrar que as empresas globais de internet, alcançadas pelo nosso projeto, tem valor de mercado superior a US$ 4 Trilhões, quase o dobro do PIB do Brasil.

Estaremos atentos durante o processo de tramitação do PL 2358/2020 na Câmara dos Deputados e no Senado, prestando informações e dialogando com: Parlamentares, Governo Federal, empresários, tributaristas, associações representativas da sociedade civil e de consumidores com vistas a aprovação do projeto, O desafio que nos impomos é aplicar a isonomia tributária entre setores da economia.

João Maia é deputado federal (PL – RN) e presidente da Comissão Especial de PPPS e Concessões, Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e autor do PL 2358/2020

Categoria(s): Artigo
domingo - 02/08/2020 - 04:24h

Se


Por Rudyard Kipling

Se és capaz de manter a tua calma quando
Todo o mundo ao teu redor já a perdeu e te culpa;
De crer em ti quando estão todos duvidando,
E para esses no entanto achar uma desculpa;
Se és capaz de esperar sem te desesperares,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, sempre ao ódio te esquivares,
E não parecer bom demais, nem pretensioso;

Se és capaz de pensar –sem que a isso só te atires,
De sonhar –sem fazer dos sonhos teus senhores.
Se encontrando a desgraça e o triunfo conseguires
Tratar da mesma forma a esses dois impostores;
Se és capaz de sofrer a dor de ver mudadas
Em armadilhas as verdades que disseste,
E as coisas, por que deste a vida, estraçalhadas,
E refazê-las com o bem pouco que te reste;

Se és capaz de arriscar numa única parada
Tudo quanto ganhaste em toda a tua vida,
E perder e, ao perder, sem nunca dizer nada,
Resignado, tornar ao ponto de partida;
De forçar coração, nervos, músculos, tudo
A dar seja o que for que neles ainda existe,
E a persistir assim quando, exaustos, contudo
Resta a vontade em ti que ainda ordena: “Persiste!”;

Se és capaz de, entre a plebe, não te corromperes
E, entre reis, não perder a naturalidade,
E de amigos, quer bons, quer maus, te defenderes,
Se a todos podes ser de alguma utilidade,
E se és capaz de dar, segundo por segundo,
Ao minuto fatal todo o valor e brilho,
Tua é a terra com tudo o que existe no mundo
E o que mais – tu serás um homem, ó meu filho!

Rudyard Kipling (1865-1936) – Poeta britânico, Prêmio Nobel de Literatura

* Tradução de Guilherme de Almeida.

Categoria(s): Grandes Autores e Pensadores / Poesia
  • Banner - Rei do Entulho Segundo Banner correto -
sábado - 01/08/2020 - 23:58h

Pensando bem…


“Se você não gosta da estrada que está percorrendo, comece a pavimentar outra.”

Dolly Parton

Categoria(s): Pensando bem...
sábado - 01/08/2020 - 21:07h
Domingo, 2

Missa de 7º Dia de Carlos Escóssia


* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.