quarta-feira - 30/10/2019 - 09:04h
Fim e começo

Para ex-governador, MDB morreu no Rio Grande do Norte


O desabafo é do ex-senador e ex-governador Geraldo Melo (PSDB), egresso do velho MDB.Em seu endereço no Facebook, ele enxerga dificuldades para o partido no Rio Grande do Norte.

Aponta falta de identidade do emedebismo de agora com a liderança e símbolos de ontem, numa referência ao ex-governador Aluízio Alves (já falecido) e outras marcas.

O MDB de hoje, em sua ótica, é um “MDB sem aluizismo, sem a cor verde e sem os bacuraus”. É o MDB do deputado federal Walter Alves, que nasce com a morte do anterior.

Leia também: MDB vai à outra campanha em busca de votos e comando;

Leia também: Henrique Alves se despede do MDB de Walter Alves.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 30/10/2019 - 07:52h
RN

MDB vai à outra campanha em busca de votos e comando


O MDB comandado pelo deputado federal Walter Alves, que no último dia 21 (veja AQUI) assumiu sua presidência no RN, terá um desafio hercúleo pela frente.

Será a segunda campanha em que mergulhará (2020) sem o comando do ex-deputado federal Henrique Alves, hoje um simples filiado sem qualquer cargo no diretório (veja AQUI).

E será a primeira grande missão do próprio “Waltinho”.

Ano passado, acéfalo, o MDB saiu com resultados pífios das urnas, como a não reeleição do senador Garibaldi Filho, pai do novo presidente.

Juntar os cacos desse MDB não é tarefa das mais fáceis em 167 municípios.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Assembleia Legislativa - Queijeiras - Art&C - 23-10-19
sábado - 05/10/2019 - 10:40h
Brasília

Dirigentes do MDB participarão de Convenção Nacional


Baleia, Walter, Garibaldi e Rodrigo: jantar (Foto: assessoria)

O presidente estadual do MDB-RN, Garibaldi Alves Filho, e o deputado federal Walter Alves, vice-presidente da legenda, participam amanhã (domingo, 6), da Convenção Nacional do MDB.

A Convenção será realizada das 8h às 13h, no Centro de Eventos e Convenções do Brasil 21, em Brasília-DF.

De acordo com Garibaldi Alves, o partido tomará decisões importantes. Além de escolher o novo presidente da sigla, também deve aprovar o novo estatuto que traz novidades: incluiu itens que tratam da ampliação da representatividade feminina nos Diretórios e Executiva Nacional, e proíbe a filiação e possível candidatura de políticos considerados “fichas-sujas”.

“Será um momento importante de renovação e novas metas para o MDB”, afirma Garibaldi.

Ontem (sexta-feira, 4), eles participaram de um jantar oferecido pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para o futuro presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 11/09/2019 - 21:42h
Saúde

Garibaldi Filho está sob cuidados especiais em São Paulo


Garibaldi: informações desencontradas (Foto: Senado)

O ex-senador Garibaldi Filho (MDB) está em São Paulo-SP.

Cuida da saúde que andou oscilando.

Informações de fontes ligadas à sua família garantem que não é nada de maior seriedade.

Porém evitam até mesmo mais detalhes.

- Ele logo estará de volta. Está tudo bem – ouviu o Blog Carlos Santos.

Outra versão diz que não, mas também sem nada mais amiúde.

No dia 6 de abril deste ano, Garibaldi passou por cirurgia em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês. Passou por cirurgia craniana para implante de uma válvula.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • WR Industrial - Agência Ágape - 09-10 a 28-12-19
segunda-feira - 22/07/2019 - 19:34h
Política

Convite feito, deputado vai decidir se irá pro MDB


Walter, Bernardo e Garibaldi: convite (Foto: assessoria)

O presidente do MDB no Rio Grande do Norte, ex-senador Garibaldi Alves Filho, e o vice-presidente do partido, deputado federal Walter Alves, participaram, hoje (22) à tarde, de uma reunião com o deputado estadual Dr. Bernardo Amorim (Avante). Garibaldi e Walter convidaram o deputado para se filiar ao partido.

Após o encontro, o deputado estadual afirmou que se sente honrado com o convite e vai analisar a proposta.

“Possibilidade”

“A ida ao MDB é uma possibilidade que estamos analisando positivamente. Tenho respeito muito grande por Garibaldi e muita afinidade com Walter”, afirmou Dr. Bernardo Amorim.

Nas Eleições 2018, apesar de estarem em coligações diferentes, Walter Alves e Dr. Bernardo fizeram “dobradinhas” em diversas cidades, durante o primeiro turno. Ambos foram eleitos. Walter obteve 79.333 votos e Dr. Bernardo 42.049, sendo o terceiro deputado estadual mais bem votado no Rio Grande do Norte.

Com informações do MDB/RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 22/07/2019 - 18:06h
Hoje

Prefeito é indicado para presidir Juventude do MDB no RN


O prefeito de Apodi, Alan Silveira, foi indicado pelo presidente do MDB no RN, ex-senador Garibaldi Alves Filho, para presidir a Comissão Provisória Estadual da Juventude do MDB (JMDB).

Walter Alves, Alan Silveira (prefeito do Apodi) e Garibaldi Filho posaram para foto em Natal (Foto:divulgação)

Ofício nesse sentido foi assinado nesta segunda-feira (22) por Garibaldi, atual presidente da legenda no estado, devendo ser endossado pelo presidente nacional emedebista, ex-senador Romero Jucá – da Executiva Nacional.

Alan posou ao lado do ex-senador e do deputado federal Walter Alves, com o ofício em mãos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Mossoró Oil & Gas Expo
terça-feira - 16/07/2019 - 11:08h
Futuro do pretérito

Sucessão testará peso de Carlos Eduardo como apoiador

Ex-prefeito já demonstrou força político-eleitoral pessoal, mas transferir votos é mais complexo

O ex-prefeito natalense (quatro vezes) Carlos Eduardo Alves (PDT) não poderá participar diretamente do pleito sucessório deste ano, em Natal, por injunção legal: estaria caracterizado o terceiro mandato consecutivo, o que a legislação veda.

Entretanto é certo que ele terá participação na campanha, até pela representatividade que seu nome tem no cenário político da capital, realçado mais ainda com as eleições do ano passado. Carlos foi candidato a governador (sem êxito), vencendo os dois turnos em Natal.

Carlos deu demonstração de força ano passado, na capital, mas transferir votos é desafio maior (Foto: arquivo)

Quem Carlos Eduardo apoiará e que peso pode ter seu apoio à campanha municipal?

A princípio, há um hiato entre ele e o seu ex-vice-prefeito e sucessor Álvaro Dias (MDB). Esse distanciamento pode se alargar ou ser tamponado, o que só os próximos meses dirão com segurança.

Em 2018, Carlos Eduardo venceu em Natal o primeiro turno ao governo estadual com 70.478 votos de maioria sobre Fátima Bezerra (PT). Teve 47,65 % dos votos válidos, contra 29,05% da petista.

No segundo turno, o a diferença foi mais esticada, chegando a 90.064 votos de dianteira. Alcançou 60,76% dos votos válidos dos natalenses, enquanto Fátima somou 39,24%.

Transferência de votos

Ninguém tem dúvidas, mesmo os mais ferrenhos adversários do ex-prefeito, que ele é individualmente o maior eleitor da capital na atualidade. Candidato, ostentaria novamente o favoritismo, deduz-se.

A força eleitoral de Carlos em favor próprio já está provada em Natal, mesmo na derrota ao governo estadual, em 2018. Transferir votos é algo bem mais delicado e sujeito a uma série de fatores.

Tê-lo como reforço é expectativa de maior capitalização de votos, sobretudo se houver sinergia entre apoiado e apoiador, o que a princípio existe – mesmo com as rusgas pós-campanha estadual – entre Carlos Eduardo e o prefeito Álvaro Dias.

Para Álvaro Dias, é muito mais prudente tê-lo ao lado e no seu palanque, do que na companhia de algum adversário competitivo. Mesmo assim, o ex-prefeito não é-lhe garantia de vitória. “Ajudaria” – cabe o futuro do pretérito.

História

Natal aqui e ali se rebela contra conchavos e alianças de ocasião, ou nomes em desacordo com seu pensamento majoritário. Em 2008, por exemplo, a deputada estadual Micarla de Sousa (PV) ganhou eleições à prefeitura logo em primeiro turno, dia 5 de outubro, com 50,84% dos votos – equivalente a 193.195 votos.

Obteve uma maioria de 53.249 votos sobre a então deputada federal Fátima Bezerra, que empalmou 139.946 votos (36,82%), apoiada pela então governadora Wilma de Faria (PSB), o prefeito Carlos Eduardo e o presidente Lula da Silva (PT). No mesmo palanque, ainda estavam o senador Garibaldi Alves (PMDB) e o deputado federal Henrique Alves (PMDB).

Natal preferiu Micarla; não teve jeito.

Em 2020 veremos a nova escolha.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 03/07/2019 - 22:48h
Prefeitos

Queixosos e saudosistas de olho no retrovisor


A romaria de prefeitos potiguares a Brasília tem sido marcada por muito desapontamento.

Entre muitos que fazem o percurso, não faltam queixosos e saudosistas.

Resmungos porque quase nada avança, apesar da boa vontade da atual bancada federal.

Lembranças, por exemplo, da influência de nomes que não se reelegeram ao Senado, casos de Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • WR Industrial - Agência Ágape - 09-10 a 28-12-19
segunda-feira - 24/06/2019 - 22:00h
Infarto

Morre em Natal o empresário Marcos Santos


Santos: infarto (Foto: cedida)

Do Blog Heitor Gregório

O empresário Marcos Santos, cunhado do ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB), morreu na tarde desta segunda-feira, 24, vítima de infarto.

Marcos Santos tinha 73 anos, foi dono da extinta SIMTV – afiliada da RedeTV.

O empresário deixa a viúva Maria Auxiliadora Alves dos Santos, irmã de Garibaldi e três filhos – o ex-vereador Geraldo Neto, Sérgio e Geórgia.

O velório ocorre a partir da noite de hoje na Capela Ecumênica do Cemitério Morada da Paz, em Emaús (Parnamirim).

No local também será realizada a missa de corpo presente nesta terça-feira, 25.

Em seguida acorrerá o sepultamento.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 13/06/2019 - 19:18h
Política

Bernardo Amorim admite sair do Avante para o MDB


Amorim: sem pressa (Foto: Blog Saulo Vale)

Questionado sobre possível saída do seu partido, o Avante, o deputado estadual Bernardo Amorim afirmou que recebeu convite para se filiar ao MDB, presidido no estado pelo ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB), mas que a questão não está definida.

“Por enquanto, me mantenho no Avante”, afirmou o parlamentar nesta quinta-feira (13), em entrevista ao programa Jornal da Tarde da Rádio Rural de Mossoró, apresentado pelo jornalista Saulo Vale.

“Não estou preocupado com essa questão [de mudança partidária]. Se acontecer, não será agora”, disse.

O Blog Carlos Santos já noticiara essa hipótese de migração para o MDB (veja AQUI e AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • WR Industrial - Agência Ágape - 09-10 a 28-12-19
segunda-feira - 20/05/2019 - 08:48h
Eleições 2020

Postura de Walter Alves pode comprometer chapa em Natal


Por Vicente Serejo (Agora RN)

O deputado Walter Alves terá que escolher: ou fecha a boca para essa história de que o MDB não tem candidato a prefeito em Natal ou vai perder a presença de Álvaro Dias. São favas contadas.

Garibaldi, Álvaro Dias e Walter Alves, num MDB cheio de problemas para 2020 (Foto: Web)

Estilo

Walter tem repetido a prefeitos e lideranças que o MDB, hoje presidido por Garibaldi Filho, o pai, não tem um nome definido, mesmo Álvaro sendo o prefeito com a prerrogativa de uma reeleição.

Nuvem

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) e o prefeito Álvaro Dias não estão mais tão distantes assim. E ficarão mais próximos se Álvaro aceitar assinar no PDT ou assumir um partido aliado de Carlos.

Fio

A razão que afastou Carlos Eduardo de Álvaro Dias foi de ordem estritamente pessoal: Álvaro não nomeou Andréa Ramalho para secretária de Ação Social. Nomeou sua própria irmã. O fio esticou.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 16/05/2019 - 10:38h
Incertezas

O MDB de hoje não é o MDB de Hermano Morais


Hermano Morais sente o peso do desgaste e de um partido com grave dificuldade de se reencontrar (Foto: arquivo)

Integrante histórico do MDB, o deputado estadual Hermano Morais tem desabafado entre interlocutores próximos, a angústia de estar numa sigla que já foi uma grife.

Hoje, não.

De Brasília ao RN, o partido parece sem rumo. Vive à deriva.

Os próprios números das eleições recentes mostram isso, com o fracasso da reeleição de uma de suas referências, o então senador Garibaldi Filho.

Arengas internas entre lideranças do clã Alves reforçam esse ambiente de incertezas.

O MDB de hoje não é o MDB de Hermano Morais.

Pode não ser amanhã também.

A sucessão natalense dirá muito do seu futuro e do próprio MDB dos Alves.

Acompanhe o Blog Carlos Santos Twitter no AQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repav - 30 Anos - Residencial Dix-neuf Rosado - Mais Publicidade - 240-08-19
sexta-feira - 10/05/2019 - 07:20h
Garibaldi Filho

Ex-senador doa acervo de sua biblioteca à Faculdade Católica


O ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB) resolveu doar o acervo de sua biblioteca particular.

Escolheu a Faculdade Católica do RN com sede em Mossoró.

Será estuário desse gesto próprio de um mecenas.

Grande e importante decisão, “Gari!”

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Cultura / Política
sábado - 04/05/2019 - 02:02h
Garibaldi Filho:

“RN quer mudar; não quer mais ver uma família na política”

Político admite crise no MDB, analisa gestões Bolsonaro e Fátima Bezerra e diz que encerrou carreira

Comemorando 20 anos, o programa Jornal do Dia da TV Ponta Negra de Natal entrevistou nessa sexta-feira (3) o ex-senador Garibaldi Filho (MDB).

Coube à âncora e jornalista Margot Ferreira sabatinar o ex-deputado estadual, ex-prefeito do Natal, ex-governador, ex-senador e ex-ministro em seu próprio apartamento em Natal.

Ex-senador não endossa literalmente desabafo do deputado federal e seu filho Walter Alves (Foto: reprodução BCS)

Veja abaixo uma síntese desse bate-papo.

Balanço da carreira

“Meu balanço me deixa até muito orgulho; uma coisa que eu não sou muito vaidoso. Eu disputei 12 eleições. Ganhei dez e perdi duas. É um placar altamente vantajoso”, estimou. Na ótica dele, a disputa mais difícil foi vencer as eleições à Prefeitura do Natal, em 1985, contra Wilma Maia (depois, Faria), por pouco mais de 16 mil votos. O pleito, também em sua ótica, o catapultou para uma carreira de maior dimensão e vitoriosa, na política do próprio país.

Planos

“Meus planos são muito modestos. Não vou deixar a política, vou continuar, mas não pretendo mais ser candidato. Pretendo me aposentar”.

Desavença entre Walter e Henrique

Sobre recentes declarações do deputado federal Walter Alves (MDB), seu filho, que cogitou sair do partido (veja AQUI) ao lado do próprio Garibaldi, caso o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) volte à presidência da legenda no RN, o ex-senador evitou aprofundar o fosso.

"Eu disputei 12 eleições. Ganhei dez e perdi duas", contabiliza Garibaldi Filho à TV Ponta Negra (Foto: reprodução BCS)

- Eu realmente fico muito preocupado com a declaração de Walter. O MDB sempre foi um partido muito unido. Mas eu preciso respeitar as divergências alheias (…). Eu tenho que admitir que aqui e acolá essas divergências extrapolam e foi isso que aconteceu. Eu lamento muito e se eu puder consertar isso e puder que eles possam convergir, eu o farei.

Garibaldi filho reconheceu existir uma crise na legenda, porém assinalou que não é contra retorno do primo Henrique ao comando partidário, divergindo do próprio filho. Ponderou, entretanto, que é preciso ter cuidado para o MDB não ficar “estigmatizado como um partido de uma família só.”

Mudanças

Na opinião de Garibaldi, “o RN quer realmente mudanças, não quer ver mais uma família presente na política. Uma dessas mudanças é não querer mais tantos familiares, mesmo eu sabendo que existem muitas vocações”.

Governo Bolsonaro

- Eu estou preocupado. Vejo o Governo Jair Bolsonaro (PSL) perdido em muitas querelas, muitas polêmicas. Precisa canalizar suas energias para os grandes desafios da nação. Precisamos fazer as reformas (tributária, previdenciária, política).

Garibaldi acha que MDB poderá ficar "estigmatizado" se não souber enxergar novo cenário político (Foto: reprodução BCS)

Administração Fátima Bezerra

- Eu espero que Fátima Bezerra (PT) possa fazer um bom governo, mas ela precisa se voltar para a nossa realidade. A gente precisa não ficar esperando as benesses do governo (federal). Isso já era. Ele próprio (Governo Federal) está sem dispor de recursos para isso.

Reforma da Previdência

“Eu acho que vai ser aprovada (…). Ela vai passar por uma revisão, mas eu espero que essa revisão não seja uma própria negação da reforma.

Até por sua experiência como ex-ministro da Previdência Social, Garibaldi alertou que “quanto mais isso demorar, mais sacrifícios poderá impor à nação”.

Saúde

Garibaldi passou por recente cirurgia em São Paulo (veja AQUI) e depois de um período de convalescença, disse de forma segura: “Eu estou bem.”

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Mossoró Oil & Gas Expo
quinta-feira - 18/04/2019 - 13:01h
Alves

Presidente do MDB diz que é preciso diálogo entre líderes


Izabel: diálogo, sim (Foto: Edilberto Barros)

Do Blog Carol Ribeiro

A presidente estadual do MDB Mossoró, Izabel Montenegro, conversou sobre o racha que existe entre o deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-deputado federal Henrique Alves no Estado (MDB).

Ela se refere à polêmica que aconteceu na semana passada (veja AQUI e AQUI), em que o deputado federal resolveu tornar público através do seu endereço no twitter o desentendimento com o líder histórico do partido.

A presidente da Câmara de Mossoró disse que primeiro é necessário esperar Garibaldi Alves se recuperar de cirurgia (veja AQUI). Ela conta que conversou com Henrique Alves e “sentiu” que a intenção dele é apagar esse incêndio.

“Não é bom para o MDB, que não vive um momento bom no país e no estado, continuar com essa briga entre Garibaldi, Henrique e Walter. Garibaldi e Henrique são primos-irmãos, sempre se deram muito bem e o resultado das urnas mandou um recado: não foi fácil. Walter quase perdeu. Se unidos é difícil, divididos fica impossível”, diz.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 11/04/2019 - 10:26h
SP

Saúde pós-operatória de Garibaldi Filho é “excelente”


O retorno do ex-senador Garibaldi Filho (MDB) ao RN ainda não está certo.

Mas ele recebeu alta hospitalar à noite dessa quarta-feira (10) em São Paulo-SP.

No sábado (6), Garibaldi passou por cirurgia craniana para implante de uma válvula, no Hospital Sírio Libanês.

O pós-operatório está “excelente” – segundo o Blog Carlos Santos conversou à manhã desta quinta-feira (11) com uma fonte próxima.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repav - 30 Anos - Residencial Dix-neuf Rosado - Mais Publicidade - 240-08-19
quinta-feira - 11/04/2019 - 09:48h
Alves x Alves

Garibaldi endossa palavras de Walter sobre Henrique


 

No alto da postagem, o sinal de retuíte de Garibaldi tem o valor claro de aprovação às palavras do filho (Print BCS)

O ex-senador Garibaldi Filho (MDB) retuitou (republicar em seu perfil para que seus seguidores também leiam um assunto de outro endereço) postagem do seu filho e deputado federal Walter Alves (MDB), no dia passado, sobre posição político-familiar no RN.

Na rede social Twitter, Walter reagiu à pergunta feita pelo prefeito de Coronel Ezequiel, Cláudio Marques de Macedo (MDB), o “Boba”, que perguntou se era verdade que o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) reassumiria presidência estadual da legenda.

- A informação não procede, prefeito. Inclusive, comunicamos à direção do MDB nacional, que, caso o senhor Henrique Alves, com quem não tenho relação pessoal e política há anos, venha assumir a legenda, Garibaldi e eu deixaremos o partido – escreveu rispidamente.

Em seu Twitter, Garibaldi ‘endossou’ a postagem do filho, sem comentários. Mais claro, desnecessário.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 10/04/2019 - 15:06h
Garibaldi Filho

Ex-senador continua internado em hospital paulistano


Garibaldi: tudo bem (Foto: José Aldenir)

O ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB) ainda está internado no Hospital Sírio Libanês em São Paulo-SP.

No sábado (6), ele passou por uma cirurgia craniana delicada, sendo colocada uma válvula.

A princípio, ele receberia alta na segunda-feira (8), mas houve adiamento.

Garibaldi deverá sair do hospital entre hoje e amanhã, segundo fonte ouvida pelo Blog Carlos Santos.

Porém só retornara ao RN à próxima semana, ficando em convalescença inicial em São Paulo mesmo, hospedado em algum flat.

- Foi sucesso total a cirurgia e não há qualquer preocupação nesse pós-operatório – informa a mesma fonte.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Assembleia Legislativa - Queijeiras - Art&C - 23-10-19
quarta-feira - 10/04/2019 - 14:28h
Racha

Walter Alves avisa que no MDB é ele ou Henrique Alves


A blogueira Thaísa Galvão postou à tarde desta quarta-feira (10) em sua página, reprodução de diálogo público no Twitter, entre o deputado federal Walter Alves (MDB) e o prefeito de Coronel Ezequiel, Cláudio Marques de Macedo (MDB), o “Boba”, que expõe fissura na cúpula do sistema Alves no RN.

Literalmente, Walter Alves, filho do ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB), avisa que ele e o pai sairão do partido se o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) reassumir direção partidária.

E assinala aquilo que qualquer pessoa razoavelmente sabia, apesar de nenhuma confirmação: a relação entre ele e Henrique é de distância há tempos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 16/02/2019 - 15:56h
Chefia de Gabinete

Larissa substituirá pivô de escândalo na Assembleia Legislativa


Ana chegou a ser presa; cargo é de Larissa (Fotos arquivo)

Do Blog Thaisa Galvão

A ex-deputada Larissa Rosado (PSDB), que não se reelegeu e foi cotada para assumir uma Secretaria na Prefeitura de Mossoró, vai permanecer na Assembleia Legislativa.

Larissa foi nomeada para ocupar o cargo de chefe de gabinete da Presidência.

O cargo estava vago.

Larissa exerceu 4 mandatos de deputada estadual e conhece bem o funcionamento da Casa.

Nota do Blog Carlos Santos – Larissa vem de duas derrotas consecutivas à Assembleia Legislativa (2014 e 2018). No ano passado, chegou a ter apoio do próprio Ezequiel, do prefeito natalense Álvaro Dias (MDB) e do então senador Garibaldi Filho (MDB), mas não obteve êxito. É apenas terceira suplente da Coligação Trabalho e Superação.

Ela assume cargo vago desde o dia 26 de setembro do ano passado (veja AQUI), que era ocupado por Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, principal nome envolvido na “Operação Canastra Real”, escândalo nesse poder que aponta para desvio de mais de R$ 2,4 milhões com uso de servidores fantasmas. Ana chegou a ser presa (veja AQUI) e foi exonerada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion - Banner - 14-10-19
segunda-feira - 28/01/2019 - 07:37h
Política

Garibaldi e Robinson fazem desabafo após insucessos


Robinson e Garibaldi: perdas e balanços (Foto: arquivo)

O domingo foi de desabafo para dois nomes proeminentes da política do RN, mesmo que em baixa: senador Garibaldi Filho (MDB) e ex-governador Robinson Faria (PSD).

O senador fez um balanço de sua passagem pelo Senado e quanto à sua vida pública em geral, a poucos dias de concluir esse ciclo, haja vista que não se reelegeu ano passado. Escreveu artigo publicado no jornal Tribuna do Norte, sob o título “Missão cumprida”.

- Minha biografia não tem capítulos de traição, ódio, mentira ou escândalos. Muito pelo contrário! A vida que vivi exibe, sem retoques, o meu desejo de servir ao próximo – disse Garibaldi.

Já Robinson usou redes sociais e, em tom, amargo, queixou-se dos “ingratos”, sem citar nomes. Ele tentou a reeleição em 2018, mas sequer chegou à disputa no segundo turno.

- É bom lembrar que Jesus curou dez leprosos e apenas um voltou para agradecer – citou Faria.

Como Garibaldi, fez um inventário de sua gestão.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 19/12/2018 - 05:50h
Política

Garibaldi Filho se despede do Senado


O senador não reeleito Garibaldi Filho (MDB) fez discurso de despedida do Senado da República nessa terça-feira (18).

- Em qualquer luta a favor do estado, eu sempre estive no pelotão de frente. A causa do povo potiguar é – e continuará sendo – a minha causa -, afirmou. Ele acrescentou que encerra seu mandato com a certeza de ter cumprido da melhor forma possível a missão que o eleitor potiguar o conferiu.

Garibaldi desejou boa sorte aos novos senadores que representarão o estado do RN (Foto: Senado)

Mandou, ao final, um recado aos futuros congressistas potiguares: “A Jean-Paul Prates (PT), Zenaide Maia (PHS) e Styvenson Valentim (Rede) manifesto votos de êxito, e que honrem o encargo que receberam”.

Trajetória

Garibaldi estreou na política ainda muito jovem. Em 1966 foi chefe da Casa Civil do então prefeito do Natal, seu tio Agnelo Alves. Depois foi eleito à Assembleia Legislativa em 1970, 1974, 1978 e 1982.

Em 1985 a eleição foi à Prefeitura do Natal, num embate histórico contra Wilma Maia (Faria), do PDS.

Em 1990 venceu disputa ao Senado, mas em 1994 concorreu pela primeira vez ao governo estadual, sendo vitorioso. Em 1998 reelegeu-se.

Em 2002 tem nova vitória ao Senado e em 2006 conhece sua primeira derrota político-eleitoral ao concorrer e perder corrida ao Governo do RN. Quem levou a melhor foi Wilma de Faria (PSB), candidata reeleita.

No retorno ao Senado, Garibaldi Filho é ungido à presidência desse poder, em meio à crise envolvendo o então presidente Renan Calheiros (PMDB-AL).

Em 2010, ele obtém reeleição ao Senado com a marca histórica de 1.042.272 votos, cerca de 35% dos votos totais e 56% dos votos válidos.

Em janeiro de 2011, por indicação do seu partido, vira ministro da Previdência Social. Em janeiro de 2015, Garibadi renunciou ao cargo de Ministro da Previdência Social e retornou ao cargo de Senador da Republica.

Este ano, na tentativa de se reeleger, acabou não logrando êxito ao Senado. Ficou na quarta colocação, com 376.199 votos (12,93%).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.