sábado - 14/08/2021 - 22:26h
RN

Taxa de Ocupação de Leitos Covid-19 cai para menos de 30%

Taxa de ocupação dos leitos críticos por região no sábado - 14 de Agosto de 2021A governadora Fátima Bezerra (PT) deu outra boa notícia agora à noite de sábado (14). Em suas redes sociais, ela informou a contínua queda na taxa de ocupação de leitos de Covid-19 no RN.

“Fechando a noite com uma ótima notícia: a taxa de ocupação de leitos Covid-19 está abaixo de 30% no RN! Mas lembremos que pandemia ainda não acabou. Sigamos usando máscara, cumprindo os protocolos sanitários e o mais importante: se chegar a sua vez, tome a vacina”, disse.

Vacinas

Nesse sábado, também, o governo estadual recebeu dois lotes com 95.320 vacinas previstos para essa data.

São 35.650 doses de Coronavac, que serão divididas igualmente entre D1 e D2, e 59.670 doses da Pfizer que serão direcionadas para D1, conforme orientação do Ministério da Saúde.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
sexta-feira - 02/07/2021 - 07:38h
Faça figa!

Governo Fátima pode atualizar folhas atrasadas até maio ou junho

Governadora pode fechar mandato com pagamento em dia de 56 folhas de pessoal em 48 meses

Folha-de-pagamento2-1200x675Nos intramuros do Governo Fátima Bezerra (PT) há um misto de sentimentos em relação à atualização das quatro folhas salariais deixadas pela gestão Robinson Faria (PSD).

Entre euforia e prudência, há uma margem muito segura para aposta que no máximo entre maio e junho do próximo ano a gestão possa finalizar esse compromisso herdado do antecessor.

Com a economia tracionando no último trimestre de 2021, as estimativas apontam para consideráveis elevações em termos de arrecadação, logo no início de 2022.

Será um feito hercúleo.

Fátima Bezerra pode chegar ao fim dessa administração cobrindo 48 salários em dia, além de quatro 13º e quatro folhas (sendo duas completas) deixadas por Robinson Faria.

Um total de 56 folhas de pessoal (para pensionistas/aposentados e pessoal da ativa).

Ufa!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Banner - ART&C Institucional - 20 de Setembro a 20 de Outubro de 2021
quarta-feira - 23/06/2021 - 06:28h
Fato

Após anunciar calendário, Governo Fátima não garante vacinas

Vacinação não depende apenas do Governo do RN, por isso a precipitação de calendário (Foto: Wilson Moreno)

Vacinação não depende apenas do Governo do RN, por isso a precipitação do calendário (Foto: Wilson Moreno)

O Governo do Estado está com dificuldade de manter distribuição e fluxo de vacinas para os municípios, da capital ao interior, na prevenção à Covid-19. Não existe vacina suficiente para continuidade da imunização no RN

Estava escrito que isso ocorreria.

Essa página antecipou, sem precisar ter bola de cristal.

No último dia 15, terça-feira da semana passada, a governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou com pompa um “calendário de vacinação” (veja AQUI) para cobrir população até 18 anos, colocando setembro ponto conclusivo dessa meta.

“Vejo como precipitada a divulgação de um calendário que tem tantas dependências para se efetivar. Seu cumprimento não depende do Governo do Estado, exclusivamente”, postamos àquele dia.

Pólvora alheia

Fátima Bezerra atira com a pólvora alheia, que já falhou outras vezes. Ao contrário dela, os governadores de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB); Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB); e Bahia, Rui Costa (PT), decidiram que não anunciariam cronograma de vacinação – veja no Blog Tio Colorau AQUI.

No dia 20 de março último (veja AQUI), o terceiro ministro da Saúde – Eduardo Pazuello – garantiu que não faltariam vacinas e orientou que estados e municípios poderiam usar estoque da D2 (segunda dose). Deu problema, a promessa não foi cumprida. Dia 26 de abril o quarto ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu que o Governo Federal tinha errado (veja AQUI).

No RN, o governo estadual encontrou logo culpados pela falta de imunizante CoronaVac para segunda aplicação: os prefeitos de Natal (Álvaro Dias-PSDB) e de Mossoró (Allyson Bezerra-Solidariedade). Sua militância caiu em cima de ambos executivos municipais, os satanizando (veja AQUI).

Porém, o próprio governo Fátima Bezerra caiu em contradição ao apresentar relatório de que cerca de 90% dos municípios estavam com atraso (veja AQUI). Não eram situações específicas de Natal e Mossoró, ficou provado.

Diante de tantas incertezas, é esperar que Fátima Bezerra não volte a criar falsas expectativas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
terça-feira - 22/06/2021 - 08:00h
DPCIN

Inácio Rodrigues pede exoneração da Polícia Civil do Interior

Inácio Rodrigues está há 24 anos atuando na Polícia Civil do RN (Foto: arquivo)

Inácio Rodrigues está há 24 anos atuando na Polícia Civil do RN (Foto: arquivo)

Com 24 anos de atuação na Segurança Pública do RN, o delegado Inácio Rodrigues Lima Neto pediu exoneração do cargo de Diretor da Delegacia de Polícia Civil do Interior (DPCIN), do Governo Fátima Bezerra (PT). Em conversas reservadas, ele alegou questões pessoais para a decisão.

Portaria está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa terça-feira (22).

O delegado que respondia pela diretoria da capital, Marcos Geriz de Oliveira, já aparece com nomeação à DPCIN. Sua adjunta, Virgínia Karla Gomes, foi efetivada como diretora da capital – Delegacia de Polícia da Grande Natal (DPGRAN).

Inácio Rodrigues deverá aportar em alguma delegacia especializada em Mossoró, nos próximos dias, de onde saiu há 19 anos.

Durante quase 15 anos, ele foi delegado regional no Alto Oeste do RN, a partir de Pau dos Ferros.

Estava na DPCIN desde fevereiro de 2018.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Segurança Pública/Polícia
  • Banner - Executiva - Detran/RN - 01 a 31 de Agosto de 2021
quinta-feira - 17/06/2021 - 11:36h
Em Mossoró

Robinson se irrita com pergunta sobre salários que deixou em atraso

Salário-atrasadoO ex-governador Robinson Faria (PSD) acompanhou parte da agenda do filho, deputado federal licenciado e ministro das Comunicações Fábio Faria (PSD) em Mossoró, nessa quarta-feira (16).

Entrevistado no Aeroporto Dix-sept Rosado pelo repórter João Marciliano (Joãozinho GPS), da Rádio Difusora, o ex-governador era todo simpatia até estacar com uma pergunta:

– Como o senhor justifica o atraso salarial do seu governo, já que na gestão da governadora Fátima Bezerra (PT) ela tem pago o mês trabalhado em dia e até atrasados deixados por seu governo?

Para Robinson, o feito de Fátima é porque houve abundância de recursos Covid-19 enviados ao estado, sendo utilizados com esse fim.

Ele repete mantra do própria filho Fábio, mesmo após nota oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE) o desmentindo, contestando a informação, a mesma divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro (veja AQUI).

Liberdade de perguntar

Não satisfeito com a abordagem, Robinson Faria ainda se queixou com o diretor geral da emissora, advogado Paulo Linhares, ao encontrá-lo no Hotel Thermas, local de solenidade com os ministros Fábio Faria e João Roma (Cidadania).

– Seu repórter veio me constranger, Paulo.

Braços em xis sobre o próprio tórax, Linhares não alongou a prosa:

– Veja bem, Robinson, Joãozinho é jornalista e tem liberdade para perguntar o que quiser.

Fim de papo.

Atrasos e rombo previdenciário

O Governo Robinson Faria atrasou salários de forma contínua durante 36 dos 48 meses da gestão, deixando ainda quatro folhas em aberto para a sucessora Fátima Bezerra se virar – num volume de quase R$ 1 bilhão de reais. O único período em que conseguiu manter salário em dia foi entre janeiro e dezembro de 2015, primeira ano da sua administração, justamente enquanto pode sacar recursos do Fundo Previdenciário.

Essa reserva, garantia de pagamento a aposentados e pensionistas do RN, começou a ser implodida com a ex-governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), de quem Robinson era vice e foi apoiado ao governo em 2014. Ele articulou unificação dos Fundos Previdenciário e Financeiro (Lei Complementar nº 526) – veja AQUI na Assembleia Legislativa, o que ensejou as retiradas vultosas.

Daí nasceu a “botija” do Fundo Financeiro do Rio Grande do Norte (FUNFIR), em que Rosalba e Robinson meteram a mão sem pena nem dó, gerindo a própria incompetência com o dinheiro alheio.

Ela executou quatro saques para coberturas de folhas de pessoal numa sequência de poucos dias, que totalizaram R$ 234,157, 572,32. À época, o Fundo Previdenciário que assegurava pagamento de aposentados e pensionistas tinha um aporte de cerca de R$ 973.091,050,64 só em aplicações de longo prazo no mercado financeiro.

Ao todo, Rosalba e Robinson dilapidaram cerca de 1,2 bilhão de reais que assegurariam tranquilidade a aposentados e pensionistas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 26/05/2021 - 16:36h
Município

Câmara aprova possível criação de pastas para programas especiais

Proposta segue lei adotada pelo Governo do RN e gestões anteriores em iniciativas específicas

Em sessão extraordinária nessa quarta-feira (26), a Câmara Municipal de Mossoró aprovou Projeto de Lei Complementar (PLC) que gerou intensa discussão entre oposição e governismo na Casa. Ao final, houve aprovação da matéria que permite que a gestão municipal “nomeie, em caráter extraordinário, cargo em comissão, com prerrogativa e remuneração de Secretário Municipal, para condução de assuntos especiais”.

Palácio da Resistência não tem ainda nenhuma pasta extraordinária (Foto: Célio Duarte)

Palácio da Resistência não tem ainda nenhuma pasta extraordinária (Foto: Célio Duarte)

Quinze vereadores votaram a favor, cinco contra e Lucas das Malhas (PSD), do chamado bloco “independente”, preferiu se abster. Para oposicionistas, o projeto deveria ser mais discutido e estaria gerando mais despesas à municipalidade, uma contradição em tempos de calamidade. O governo assinala que não.

Os dois cargos poderão ser criados por extinção de 21 postos comissionados e uma função gratificada de símbolo III já existentes, alterando dispositivos da Lei Complementar (LC) nº 105, de 4 de julho de 2014. Ou seja, não existirá acréscimo de um centavo de custo. O que pagaria 22 cargos vai remunerar dois.

Pessoal e estrutura

Eventual necessidade de pessoal e estrutura deverá ser suprida com meios materiais e de pessoal já existentes. O PLC aprovado hoje é muito claro:

“Art. 7º-C Caberá ao Prefeito de Mossoró, por Decreto, redistribuir quadro de pessoal do Poder Executivo para compor a estrutura de pessoal das Secretarias Extraordinárias.”

“Art. 7º-D Os bens móveis e imóveis para o funcionamento das Secretarias Extraordinárias deverão ser destinados pelo Prefeito de Mossoró, de acordo com a necessidade do serviço.”

“Trouxemos essa ideia para o Município e o governo enviou para a Câmara Municipal, através de um PLC que altera a LC 105/14, observando a Lei de Organização Administrativa do Estado do RN. Verificamos que o Estado tem três cargos comissionados, com remuneração e status de secretário, que servem para cumprir missões especiais e efêmeras”, esclarece o advogado Humberto Fernandes, consultor geral do município.

A fim de dotar o Executivo municipal dessa possibilidade, ou seja, de empreender esforços concentrados para ações importantes, mas que de vida efêmera, é que o PLC foi apresentado aos vereadores. “O prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) só utilizará dessas prerrogativas se houver missão específica”, avisa Fernandes. Mas, admite que existe em foco importantes projetos para Mossoró.

Exemplos no Estado

Demétrio e Rosalba em 2014: Secretaria Extraordinária (Foto: arquivo)

Demétrio (camisa azul) e Rosalba em 2014: Secretaria Extraordinária (Foto: arquivo)

No Governo do RN, por exemplo, a então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) – 2011 a 2014 – criou a Secretaria Extraordinária do Estado do Rio Grande do Norte para Assuntos Relativos à Copa do Mundo de 2014. O titular foi o engenheiro Demétrio Torres. Essa pasta deixou de existir com a conclusão de estádio e sua operação pela iniciativa privada.

Ela foi até mais além, mas para tratar de uma prioridade familiar. Criou também a Secretaria Extraordinária da Cultura, para poder acomodar a cunhada Isaura Amélia Rosado, mesmo já tendo a Fundação José Augusto (FJA) como responsável pela política cultural do governo.

A atual governante, Fátima Bezerra (PT), tem o ex-deputado estadual Fernando Mineiro (PT) como titular da Secretaria Extraordinária para Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais.

Ele trata especificamente do planejamento, coordenação e execução do programa “Governo Cidadão”, que lida com recursos de empréstimo do Banco Mundial.

Na administração anterior, Governo Robinson Faria (PSD), o último titular dessa pasta específica foi Vagner Araújo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Banner - Quixote - Câmara de Mossoró - Transparência - 2021 - Setembro
sábado - 08/05/2021 - 12:00h
Radar do RN

Blog Carlos Santos disseca quadro político para eleições 2022

Hoje (sábado, 8), participei de um bate-papo sobre politica, imprensa, jornalismo político etc.

Foi às 10h, no programa Radar do RN, transmitido em cadeia pela Rádio Difusora de Mossoró e Rádio FM Costa Branca 104.3 de Areia Branca, com apresentação de Jessé Rebouças.

O programa foi ao ar pelas duas emissoras e várias plataformas e endereços virtuais.

Veja a íntegra no vídeo constante dessa postagem. Fui instigado a falar sobre eleições em Mossoró, gestão municipal e oposição, projeções políticas para 2022, disputa ao Senado, nomes à Câmara Federal e Assembleia Legislativa, Governo Fátima Bezerra (PT) e adversários,  e questões correlatas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
sexta-feira - 07/05/2021 - 22:08h
Pagamento

Governadora anuncia outra parcela do 13º salário de 2018

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nessa sexta-feira (7), pagamento de mais uma etapa de salários deixados em atraso pela gestão anterior. Veja abaixo:

“Meus amigos e minhas amigas, venho aqui anunciar para vocês, conforme prometido, o avanço do pagamento dos salários atrasados dos servidores.

Estamos pagando mais uma parcela do 13º da folha de 2018. Lembrando que em janeiro já pagamos a 54% dos servidores que estavam com essa folha em atraso deixado pela gestão anterior.

Quitaremos para quem tem receber até R$ 4.500,00 de forma integral. Com isso, estaremos pagando 70% dos servidores que estavam com essa folha em atraso.

Os demais servidores receberão R$ 2.000 linearmente e seguiremos lutando para quitar 100% dessa folha até novembro deste ano.

Ao todo, estamos destinando R$ 108 milhões para pagamento dessa parcela”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Banner - Art&C - PMM - Cidade Limpa - 13 a 31 de Agosto de 2021
terça-feira - 27/04/2021 - 09:30h
Jogo bruto

Combate à pandemia vira guerra política com ‘culpados e inocentes’

Em Mossoró, afinação entre prefeito e governadora, contra Covid-19, para na falta de vacinas

Rodou, rodou, rodou e desabou em Mossoró a crise política entre a governadora Fátima Bezerra (PT) e o prefeito natalense Álvaro Dias (PSDB). Coube a infantaria da governante se apressar em criminalizar alguém, pela escassez e falta da D2 (segunda dose) de vacina Covid-19 em solo mossoroense, escudando Fátima. E, por analogia, reforçando erros ou hipotéticas falhas do executivo de Natal.

Na quinta-feira (22) e sexta-feira (23) passadas, em entrevistas a importantes programas e canais de comunicação como o Jornal da Tarde (Rádio Rural) e Cenário Político (TV Cabo Mossoró), a vereadora Marleide Cunha (PT) avaliava a gestão do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) como boa, em especial na Saúde. Era justamente o combate à pandemia da Covid-19, segundo ela, esse destaque.

– Ele (Allyson) está indo bem, está enfrentando bem os desafios da pandemia; vacinação está fluindo, não estamos perdendo tempo com vacina estocada (…). A gente não tem o que criticar – disse Marleide, textualmente, ao Cenário Político do dia 22 (quinta-feira) – veja AQUI e no boxe acima. Na sexta-feira no Jornal da Tarde, a mesma análise.

No domingo (25), a vereadora surtou. Com a eclosão pública do problema da falta de vacina, ela mudou radicalmente o discurso e a apreciação dos fatos. Orientação vinda da Governadoria levou Marleide a culpar o prefeito e a “falta de planejamento” pelo problema. Saiu de cena aquela vereadora moderada e sensata, para entrar no palco a militante que cumpre ordens cegamente.

Importante assinalar, que nesse período de tensões com a pandemia, Alysson topou o alinhamento com medidas restritivas adotadas por Fátima, mesmo pontualmente pensando diferente. Inclusive, conversou diretamente com vários prefeitos, defendendo necessidade desse esforço comum.

Marleide mudou completamente o discurso, sob pressão da Governadoria (Reprodução BCS)

Marleide mudou completamente o discurso, sob pressão da Governadoria (Reprodução BCS)

Assumiu desgastes com setores produtivos em Mossoró, sem bônus algum e sem compor sistema político de Fátima Bezerra. Não quis jogar para a “plateia”, como parece ser o caso de Álvaro Dias em Natal com atrasos há três semanas.

A comparação Natal-Mossoró que o PT, Marleide e também a deputada estadual Isolda Dantas (PT) tentam fazer, é um mero exercício politiqueiro, sem pensar no todo. Em questão de horas, ambas mudaram de opinião.

Imprescindível passou a ser blindar a governadora, principalmente após pesquisa recente veiculada no final da semana passada, em que o prefeito apareceu com estonteante aprovação em Mossoró.

A mudança do petismo não levou em conta nada além de proteger a Fátima Bezerra e cálculos para 2022. Em momento algum se parou para pensar, por exemplo, na necessidade de se continuar a vacinação. Em tese, essa deveria ser a prioridade.

Rosadismo e rosalbismo

A pressão político-partidária e social para se utilizar a segunda dose da CoronaVac também fez parte do arsenal do rosadismo e do rosalbismo. Botou sua tropa amestrada para culpar o prefeito, insinuando até que o município não o utilizava àquele momento, por pura ‘maldade’.

O vereador Francisco Carlos (PP) empunhou bandeira para uso da reserva técnica. Veja no print abaixo (dia 1º de abril) uma de suas postagens. A vereadora Larissa Rosado (PSDB) foi outro nome a advogar essa tese, cobrando o prefeito. Em redes sociais, militantes foram ao ataque de forma orquestrada, jogando opinião pública contra Allyson Bezerra.

Vereador rosalbista, Francisco Carlos cobrava utilização de todas as vacinas e pressionava governo (Reprodução BCS)

Vereador rosalbista, Francisco Carlos cobrava utilização de todas as vacinas e pressionava governo (Reprodução BCS)

Agora, muitos dos que adotaram essa posição de ataque, calam-se. Fazem pose de estátua.

Outros, acabam adotando o discurso lavrado na Governadoria, como se fosse um memorando.

E tem os que apenas estão preocupados em promover o caos, espalhar cizânia e solapar qualquer coisa que possa funcionar minimamente no município. O povo que se dane.

Solução nacional virou problema

No dia 19 de março, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) mandou um ofício ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ao então indicado para o ministério, Marcelo Queiroga. Pedia que pelo menos 90% das doses da CoronaVac pudessem ser usadas para a primeira dose.

Dia 20 de março Governo Federal dá orientação que hoje preocupa (Reprodução BCS)

Dia 20 de março Governo Federal dá orientação que hoje preocupa (Reprodução BCS)

Acabaram atendidos além disso. Poderiam utilizar 100%, segundo o Governo Jair Bolsonaro. Pouco mais de um mês depois o cenário é outro.

No dia 20 de março (veja AQUI), textualmente o Governo Federal proclamou orientação a estados e municípios para que não guardassem a segunda dose. Podiam utilizá-las que não faltariam os imunizantes.

Já dia passado, segunda-feira (27), o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu preocupação com o que tinham decidido em março.

O problema vai se agravar por mais alguns dias, falou:

Leia também: Governo não tem CoronaVac e lamenta ter estimulado uso da 2ª dose.

A falta da D2 não está restrita a Mossoró e Natal. Vários outros municípios, centenas e provavelmente milhares, no país, entraram na mesma situação.

Veja outro caso dessa anomalia nacional: o município de Nova Santa Rita no Rio Grande do Sul, com pouco menos de 30 mil habitantes, queixa-se publicamente de falta de vacinas. Está com paralisação no serviço e cobra o Governo Federal pelo problema.

Em Mossoró, o culpado é o prefeito, segundo o PT e a banda Rosado da oposição.

No RS encontraram outro culpado (Reprodução BCS)

No RS encontraram outro culpado (Reprodução BCS)

O prefeito do município gaúcho é  Rodrigo Battistella (PT), vale lembrar.

Lamentavelmente, no caso de Mossoró a politicalha ocupa o lugar da razão e da negociação elevada, como vinha ocorrendo diretamente entre o prefeito e a governadora.

Prioriza-se o sofisma.

Muda-se de opinião e joga-se a opinião pública contra A ou B, por oportunismo. Puro cinismo. Favor não confundir com “desonestidade intelectual”, eufemismo produzido nas academias para suavizar condutas de má-fé.

Agilizar vacinação, como foi feito em Mossoró, inclusive sob elogios de quem agora amaldiçoa seus responsáveis, foi diligência diferenciada – assim falavam os detratores de agora.

Leia também: Mossoró vacina 2.348 pessoas, mas não tem estoque à 2ª dose.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Reportagem Especial
quarta-feira - 14/04/2021 - 21:10h
Covid-19

Governo decide prorrogar medidas restritivas por mais oito dias

Decreto sairá ainda hoje no DOE (Foto: Arquivo))

Decreto sairá ainda hoje no DOE (Foto: Arquivo))

Em suas redes sociais, há poucos minutos, a governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou que será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) ainda à noite dessa quarta-feira (14), a prorrogação do decreto com as medidas de enfrentamento à pandemia. Valerá por mais oito dias, pelo menos.

O atual decreto (nº número 30.458 de 1º de abril) entrou em vigor no dia 5 último e terá validade até o próximo dia 16 (sábado).

Diante da orientação do Comitê Científico, que se posicionou por medidas ainda mais rígidas, mas levando em conta também as variáveis do ponto de vista econômico e social – e o quadro da pandemia no estado, que ainda inspira muitos cuidados – “decidimos manter por mais oito dias as medidas de combate ao coronavírus”.

“Nossa equipe dialogou, como sempre tem feito, com Poderes e setores envolvidos. Como vocês têm acompanhado, nosso Governo não tem medido esforços para dotar o estado das condições de enfrentamento à Covid-19”, justificou.

Segundo ela, “continuamos ampliando leitos e adotando as medidas necessárias para a proteção das pessoas. Continuamos cobrando, junto ao Governo Federal, celeridade no envio das vacinas. Mas, como disse, o momento ainda é delicado e precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para salvar vidas”.

Por fim, a governadora asseverou: “Precisamos seguir rigorosamente o cumprimento dos protocolos sanitários, o uso da máscara, o distanciamento social, para que, em breve, possamos virar essa página e contar uma nova história”.

Saiba mais:

Veja AQUI a íntegra do decreto que ainda está em vigor e será prorrogado;

Veja AQUI as principais medidas de forma mais clara e direta.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia / Saúde
  • Banner - Art&C - PMM - Cidade Limpa - 13 a 31 de Agosto de 2021
sexta-feira - 09/04/2021 - 16:14h
Saúde

Secretário diz que projeto do Hospital da Mulher não tinha pediatria

Mineiro contesta informação de Dix-sept Sobrinho (Foto: reprodução)

Mineiro contesta informação de Dix-sept Sobrinho (Foto: reprodução)

Segundo o secretário Fernando Mineiro, da pasta de Gestão de Metas e Projetos/coordenador do Projeto Governo Cidadão, o modelo original do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia (em Mossoró) não sofreu alteração. Ele não possuía pediatria.

Seu pronunciamento é provocado pelo Blog Carlos  Santos, a partir da postagem sob o título “Médico lamenta que pediatria seja excluída do Hospital da Mulher”, veiculada nessa quinta-feira (8). Nela, o pediatra Dix-sept Rosado Sobrinho se queixava de suposta modificação que excluiria seção pediátrica.

“Sobre essa notícia, eu informo que nosso governo não promoveu nenhuma mudança no projeto do Hospital da Mulher. E pela informação que tenho, o projeto original (gestão Robinson Faria-PSD) também não previa pediatria”, reforçou Mineiro.

“A proposta não foi modificada”, insistiu.

Para Dix-sept Rosado Sobrinho, esse equipamento que terá obras retomadas (veja postagem adiante) em breve ficará com grande lacuna na assistência infantil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde
quinta-feira - 04/03/2021 - 16:50h
Economia

Empresa potiguar inicia exportações de castanhas de caju para os EUA

Exportações deverão ser ampliadas (Foto: cedida)

Exportações deverão ser ampliadas (Foto: cedida)

De São Paulo do Potengi (RN) para Nova Iorque (New York): as castanhas de caju da empresa Greenlife Cashew, reativada no início do ano graças aos incentivos fiscais do Governo do Estado, embarcaram nessa quarta-feira (3) com destino a essa cidade norte-americana.

Foram enviadas 700 caixas, contendo aproximadamente 17 toneladas de amêndoas de castanhas de caju (ACC) produzidas com o apoio do Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (PROEDI) implementado na gestão da governadora Fátima Bezerra (PT).

De acordo com o diretor da empresa, Júnior Praxedes, este é apenas o primeiro contêiner de ACC enviado para outro país. A perspectiva é de que 30 contêineres sejam destinados ao mercado externo até dezembro, e 3 ou 4 serão exportados ainda este mês. Além dos Estados Unidos, o Canadá e alguns países da Europa também deverão receber as remessas, que, ao todo, somam mais de 500 toneladas.

Para a reativação da fábrica, foram investidos 33 milhões de reais pelo grupo JPX. O grupo emprega atualmente 350 pessoas na fábrica de castanhas e em postos de combustíveis, lojas de peças e serviços, indústria de premoldados e na construção civil. Apenas a Greenlife Cashew gera 200 empregos diretos e deverá ampliar em mais 150 até a próxima safra de caju.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Economia
sábado - 27/02/2021 - 21:02h
Toque de recolher

Governo garante funcionamento das Centrais de Abastecimento

Ceasa: atividade normal (Foto: TN)

Ceasa: atividade normal (Foto: TN)

A Administração das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (CEASA-RN) esclarece através de Nota Oficial, que por desempenhar uma atividade considerada essencial, a Ceasa-RN permanecerá em funcionamento, mesmo no período em que o toque de recolher, determinado pela governadora Fátima Bezerra em decreto n. 30.383/2021, estiver em vigor.

Na condição de responsável pelos serviços públicos essenciais e fundamentais para o abastecimento de hortifrutigranjeiros para todo o estado, a Ceasa não sofre efeito nas determinações, conforme estabelece o parágrafo 2º, do Art. 1º.

Assim, as lojas e mercados funcionarão em horário normal, das 3h às 13h, nesta segunda-feira (1º), seguindo todos os protocolos sanitários de prevenção e combate à Covid-19.

Além disso, a Administração ressalta que as fiscalizações serão intensificadas para garantir que lojistas e usuários sigam as recomendações como distanciamento social e uso obrigatório de máscara de proteção.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 05/01/2021 - 15:03h
Saúde

Hospital Regional de Pau dos Ferros recebe tomógrafo

O Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade (HCCA), localizado no município de Pau dos Ferros, passará a contar com um tomógrafo para atender às demandas dos 37 municípios que compõem a 6ª região de saúde do Rio Grande do Norte.

O equipamento, adquirido com investimentos do Governo Cidadão, foi entregue à unidade nesta terça-feira (5) e possibilitará a ampliação do atendimento clínico e fortalecimento da linha de cuidado de trauma já existente na unidade hospitalar, que dispõe de arco cirúrgico e raio-x digital.

“Hoje é um dia importante para nosso hospital. Este pleito vai garantir a melhoria na qualidade e agilidade na assistência ofertada à população do alto oeste potiguar”, ressaltou Raimundo Farias, diretor geral do HCCA.

O tomógrafo será instalado em uma área já ampliada e reformada do hospital.

INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Banner - ART&C Institucional - 20 de Setembro a 20 de Outubro de 2021
quinta-feira - 10/12/2020 - 12:10h
Imagem

Governo de Fátima Bezerra tenta melhorar comunicação

Mestre da comunicação de massa no rádio e depois na TV, o pernambucano José Abelardo Barbosa de Medeiros, popularmente conhecido como “Chacrinha”, repetia a seu modo uma máxima que segue valendo e nunca deixa de ser atual:

Quem não se comunica, se trumbica!

Vale à política e à administração pública, que se diga.

No caso da governadora Fátima Bezerra (PT), bem antes das eleições de 15 de novembro já se tinha a certeza de que o governo estava à deriva em termos de comunicação.

As urnas só reforçaram essa certeza.

Por isso, que uma ofensiva foi desencadeada nos últimos dias para alterar esse quadro. A ordem é se comunicar e se comunicar bem, mostrar o que tem sido feito, não permitindo que a versão tenha mais força do que os fatos.

Veremos!

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
sexta-feira - 02/10/2020 - 21:26h
Política

Abaixo-assinado de servidores tenta frear mudança na Ciretran

Abaixo-assinado defende supervisor (Reprodução: BCS)

Abaixo-assinado de servidores da 1ª Circunscrição do Trânsito de Mossoró (CIRETRAN) reage à hipótese de substituição do atual supervisor da repartição, Wilson Fernandes Júnior. Ele está no cargo desde 22 de fevereiro de 2019, por indicação do deputado estadual Souza Neto (PSB).

A mobilização dos servidores surgiu em meados dessa semana, quando se tornaram mais fortes os rumores quanto à saída do supervisor, por motivação político-eleitoral. Seu partido, em Mossoró, comandado pelo candidato a vereador e ex-vereador Carlinhos Silveira (PSB), não acompanha o alinhamento ao Governo Fátima Bezerra (PT), no plano estadual.

Carlinhos é tio de Wilson Júnior. Ele recebeu carta branca da direção estadual do partido para formar nominata a vereador e definir internamente que posição tomaria quanto à majoritária. Acabou se inclinando para apoio à chapa Cláudia Regina (DEM)-Dr. Daniel Sampaio (PSL), em vez da chapa deputada estadual Isolda Dantas (PT)-Gutemberg Dias (PCdoB).

“Trocar a supervisão nesse momento causaria um prejuízo ao serviço público e, consequentemente, à população mossoroense”, justifica os subscritores do abaixo-assinado.

É importante lembrar, que em 2018 os servidores também se uniram para denunciar o então supervisor à época, por ser uma pessoa ausente da repartição, além de outras negligências no exercício do cargo (veja AQUI e AQUI).

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Banner - Executiva - Detran/RN - 01 a 31 de Agosto de 2021
terça-feira - 29/09/2020 - 23:22h
Previdência social

Em nota, Fátima Bezerra diz que reforma “era necessária”

O Governo Fátima Bezerra (PT) publicou agora à noite uma “Nota às servidoras e aos servidores do Governo do Estado”. Manifesta-se sobre a aprovação de projeto de reforma previdenciária, aprovada em segundo turno nessa terça-feira (29), pela Assembleia Legislativa.

Leia abaixo:

Após um amplo debate realizado pelo Governo do Rio Grande do Norte com os servidores públicos estaduais – iniciado tão logo foi promulgada pelo Congresso Nacional a emenda constitucional que altera o sistema de Previdência Social e que obriga os estados a fazerem ajustes próprios –, a Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (29) o novo regime de previdência estadual.

Fátima mostra o porquê da reforma (Foto:arquivo)

É importante destacar o papel do presidente da ALRN, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), bem como agradecer aos parlamentares, tanto da base quanto da oposição, que tiveram o gesto de maturidade e responsabilidade na aprovação da matéria necessária para o equilíbrio orçamentário, fiscal e financeiro do Estado.

A proposta apreciada e provada foi encaminhada no dia 12 de fevereiro por este que é um Governo popular, de uma professora que tem história na luta em defesa dos direitos dos trabalhadores; que fez um grande esforço dentro da lógica de não tratar os desiguais de maneira igual e olhar, em especial, para os servidores de maior vulnerabilidade. Não podia ser diferente.

A questão era: como, então, enfrentar um cenário tão adverso? E a resposta não podia ser outra: trabalhar com firmeza, transparência e muito diálogo. As discussões, que foram iniciadas ainda na primeira quinzena de novembro do ano passado trouxeram colaborações importantes do Fórum dos Servidores. Muitos pleitos foram acatados, como as modificações nas regras atuariais, redução de idade mínima para as mulheres, adoção de regras de transição que efetivamente irão beneficiar o funcionalismo público estadual.

Uma das prioridades do Governo do Estado foi amenizar o máximo possível os impactos da reforma para os servidores. Para tanto, implantou no regime próprio de previdência o conceito de alíquota progressiva, ou seja, quem ganha menos vai contribuir sobre uma alíquota menor e quem ganha mais contribuirá com um percentual maior.

A reforma aprovada garantiu a manutenção do abono de permanência aos professores da rede estadual e a redução da idade mínima para aposentadoria dos educadores. As professoras, que teriam idade mínima de 55 anos, passaram para 53. Os professores homens, tiveram redução de idade mínima de 60 para 58.

Dentre as reformas previdenciárias realizadas pelos Estados, a aprovada no Rio Grande do Norte é uma das que mais isentam os servidores de taxação progressiva. Cerca de 60% dos servidores da ativa e 42% inativos não terão modificações, ou seja, quem ganha até R$ 3.500,00 permanecerá com a alíquota de 11%, já aplicada anteriormente. Os servidores que ganham mais, sobretudo os que estão no topo da pirâmide, chegam a contribuir com até 18%.

Importante ressaltar que essa reforma é uma exigência do Governo Federal. Mas que além de obrigatória ela era necessária. Há atualmente no Rio Grande do Norte um déficit de 130 milhões/mês. Em 2019, esse déficit foi 1,57 bilhão ou 15,6% maior que em 2018. E vale lembrar que essa situação não foi de responsabilidade dos servidores e sim de gestões anteriores que destruíram o Fundo Previdenciário.

Antes de assumir a gestão, a professora Fátima Bezerra verificou um déficit de R$ 1,2 bilhão no Fundo Previdenciário, recursos esses que foram utilizados para pagamento das folhas dos servidores. Eram quatro as folhas em atraso, já foram pagas duas.

O Governo do Estado, na pessoa da governadora Fátima Bezerra, assume o compromisso de continuar lutando em defesa e na valorização dos servidores públicos. A folha está normalizada e os atrasados estão sendo pagos. Se Deus quiser será possível pôr em dia os últimos dois passivos deixados pela gestão anterior.

Essa é uma luta histórica, fundamental e necessária.

Leia também: Assembleia aprova em segundo turno reforma previdenciária.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
sexta-feira - 11/09/2020 - 15:12h
Primeira mão

PSB prefere Cláudia Regina à Isolda em Mossoró

Carlinhos: decidido (Foto: arquivo)

Aliado no plano estadual do Governo Fátima Bezerra (PT), o PSB em Mossoró pega outro rumo.

Acertou-se com a pré-candidata oposicionista do Democratas, ex-prefeita Cláudia Regina.

Não vai compor o arco de aliança da pré-candidatura da deputada estadual Isolda Dantas (PT).

A informação em primeira mão, o Blog Carlos Santos obteve há poucos minutos com Carlinhos Silveira, pré-candidato a vereador e dirigente da legenda em Mossoró.

– Está tudo resolvido – declarou.

No plano estadual, o PSB é presidido pelo deputado federal Rafael Motta.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner - Quixote - Câmara de Mossoró - Transparência - 2021 - Setembro
quinta-feira - 27/08/2020 - 08:44h
RN

Processo licitatório de propaganda institucional está emperrado

Anda travado o processo licitatório para propaganda institucional do Governo do RN.

Um bolo até aqui sem consenso.

O imbróglio compromete a divulgação estatal.

Em março a governadora Fátima Bezerra (PT) recuou de uma contratação emergencial, em que pretendia promover campanhas de utilidade pública sobre a Covid-19.

No fim do Governo Robinson Faria (PSD) houve uma ‘quase licitação’ (veja AQUI). Os bastidores do caso são ruidosos.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação
sexta-feira - 31/07/2020 - 16:52h
PEC da Morte

Fórum de Servidores segue na pressão contra reforma

O Fórum dos Servidores do RN emitiu nota oficial sobre a retirada de pauta da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma previdenciária do Governo do RN. A decisão da governadora Fátima Bezerra (PT) vai ao encontro de portaria do Governo Federal, que dilatou o prazo (veja AQUI) para que os entes estaduais ajustarem sua previdência, o que agradou as entidades sindicais que veem proposta de Fátima como a “PEC da Morte”.

Leia abaixo:

A derrota do governo escancarada na votação unânime que confirmou a retirada da Proposta de Emenda à Constituição, referente à previdência do Rio Grande do norte, é celebrada pelo FÓRUM DOS SERVIDORES. Essa conquista é apenas parcial, porém deve ser comemorada também pelo povo potiguar.

Em fevereiro, manifestações fizeram pressão contra modelo de reforma de Fátima Bezerra (Foto: arquivo)

Após meses de luta diária, através de muito diálogo entre as categorias sindicais, idas à Assembleia Legislativa, reuniões com deputados e mobilizações populares, os sindicatos não cansaram e resistiram a esta batalha contra a PEC da morte. Mas ainda temos uma guerra pela frente. Os servidores já deixaram claro que o governo só conseguirá resultados por meio de diálogo com a classe trabalhadora.

A união dos representantes do FÓRUM DOS SERVIDORES foi essencial até o momento. E será ainda mais necessária daqui para frente. Você, servidor, procure seu sindicato, informe-se sobre como participar e apoiar essa causa que pode mudar o seu futuro.

Procure também seu deputado, entre em contato, mande e-mail, ligue, questione no Whatsapp, e informe que a continuidade do seu voto depende da posição do parlamentar nessa batalha.

Através desse link (AQUI) você encontrará o contato dos deputados da ALRN.

Até o momento, a mobilização popular virtual foi de extrema importância para o resultado conquistado. O servidor público participou diretamente por meio de ações nas redes sociais: Facebook, Whatsapp, Youtube, Instagram, Twitter, etc. Vamos nos manter unidos, compartilhando o material do seu sindicato, comunicando os demais servidores, dando sua opinião sobre a PEC da morte.

A luta é de todos.

O FÓRUM DOS SERVIDORES exige a discussão da reforma da previdência e não abre mão do diálogo, atividade essencial no exercício do estado democrático de direito. A população mais vulnerável quer ser ouvida e os sindicatos representam essas pessoas. Não vamos nos calar enquanto direitos conquistados são retirados após anos de empenho sindical.

Natal/RN, 31 de julho de 2020.

• SINTERN – Técnico da Secretaria de Tributação;• SINDSEMP- RN – Servidores do MP;• SOERN – odontólogos;• SINDERN – enfermeiras;• SINTAUERN – Técnicos da UERN;• SINDJUSTIÇA – Servidores da Justiça;• SINSP/RN – Servidores da Administração Direta do Estado;• SINDSAUDE-RN – Servidores da Saúde;• SINAI – Servidores da Administração Indireta;• ADUERN – Docentes da UERN;• SINDPPEN-RN – Policiais Penais.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Política
  • Banner - Art&C - PMM - Cidade Limpa - 13 a 31 de Agosto de 2021
quarta-feira - 29/07/2020 - 23:08h
Nessa quinta-feira, 30

É tudo ou nada na votação da PEC da reforma previdenciária

O Governo Fátima Bezerra (PT) não conseguiu cooptar e atrair apoio ao fechamento de votos para aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma previdenciária.

Mas nessa quinta-feira (30), o lenga-lenga que se arrasta há vários dias deve ter um desfecho na Assembleia Legislativa do RN.

A bancada governista que tem se esquivado do plenário virtual vai pro voto.

Aprova ou não aprova.

Tendência é mesmo que a PEC não prospere.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 22/07/2020 - 20:02h
Reforma da Previdência

Pela quarta vez consecutiva deputados não votam PEC

Deputados debateram ausência de bancada (Foto: Eduardo Maia)

Pela quarta vez consecutiva, a Assembleia Legislativa do RN não apreciou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de Reforma da Previdência Social do Estado.

Outra vez, a sessão ordinária da Casa, que ocorre de forma remota (via Internet), teve esvaziamento por parte de governistas, que não conseguiram ainda votos suficientes para aprovação da matéria.

– “Essa é a quarta sessão ordinária que não tem quórum para aprovação de nenhuma matéria”, lamentou Sandro Pimentel (PSOL).

Veja AQUI um resumo desse debate nessa quarta-feira (22).

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.