segunda-feira - 18/11/2019 - 16:20h
Consórcio Nordeste

Governadores apresentam potencial de negócios em Paris


Os governadores do Nordeste iniciaram, nesta segunda-feira (18), a missão na Europa. Durante evento em Paris, o grupo apresentou a 40 empresários franceses um mapa de oportunidades de investimentos no Nordeste. Os empresários também puderam esclarecer dúvidas com os governadores e alguns apresentaram atuações que já possuem no Brasil.

Essa é a primeira articulação internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Para ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação, o consórcio destaca o potencial de consumo e de desenvolvimento da região nordestina, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.

A organização do evento é do Movimento das Empresas da França (MEDEF). O empresário Gérard Wolf falou em nome dessa entidade. Mostrou-se interessado em dar andamento às negociações e sugeriu uma reunião nos próximos meses em Salvador para aprofundar as discussões com as empresas francesas.

Reunião com ministro

O evento ocorreu na sede do Ministério da Economia e Finanças da França. Após a apresentação e conversa com os empresários, os governadores se reuniram com o ministro francês Bruno Le Maire.

Além de Paris, o grupo estará em Roma, na quarta-feira (20), e em Berlim, na quinta (21) e sexta-feira (22).

Participam da missão os governadores Fátima Bezerra (RN), Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, não viajou por motivos de saúde e está representado na missão pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia
segunda-feira - 18/11/2019 - 11:46h
A politica e suas circunstâncias

Refém de Ezequiel, Fátima pode repetir Rosalba adiante


Entre petistas históricos e muitos outros próximos à governadora Fátima Bezerra (PT), há um misto de alívio e angústia com a influência e poder cada dia maiores, no governo, do presidente do PSDB no RN e da Assembleia Legislativa – deputado Ezequiel Ferreira.

Esse estado de espírito ambivalente tem explicação fácil.

Sem Ezequiel, o governo da professora Fátima já tinha praticamente fenecido. A governadora é refém de sua liderança na Casa e fora dela.

Fátima sabe que Ezequiel tem bancada numerosa, que não é "governista", mas está com o governo (Foto: Elisa Elsie)

Sem sua influência, sendo o real líder da bancada dita “governista”, a governadora não teria mais do que uns três deputados (e olhe lá) para chamar de “meus”.

Até quando Ezequiel Ferreira vai topar ser muro de arrimo do Governo Fátima Bezerra?

Eis a questão.

Ele não o é por identidade ideológica ou espírito público.

Ezequielzinho tem um projeto próprio, todo particular, de poder. Por circunstâncias políticas no segundo turno do pleito do ano passado, ele endossou a candidatura de Fátima Bezerra.

Já o deputado Gustavo Carvalho, também figura de expressão no PSDB, foi escalado para ‘cobrir’ a outra banda da contenda – apoiando o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Ou seja, fecharam em 100% as chances de serem governo.

No primeiro turno, o PSDB deu aval ao nome natimorto à reeleição do então governador Robinson Faria (PSD).

Rosalba como exemplo

Rosalba, em junho de 2014, até chorou em reunião do DEM, mas não foi candidata (Foto: arquivo)

Só para lembrar, sem necessariamente ser cassandra de uma história que pode se repetir: Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) era governadora (2011-2014) e refém do PMDB (hoje, MDB) dos primos Henrique Alves (deputado federal) e Garibaldi Filho (senador), além do senador José Agripino (DEM).

No dia 30 de agosto de 2013 (veja AQUIAQUI e AQUI), pouco mais de um ano e um mês das eleições sucessórias de 2014, o MDB anunciou rompimento com a governadora.

No dia 2 de junho de 2014, o DEM reuniu seu Diretório Estadual e decidiu que faria apenas coligação na chapa proporcional. Não teria nome próprio ao governo estadual. Ou seja, descartou a tentativa de reeleição de Rosalba, que chegou a chorar no evento politico (veja AQUI).

Ela ignorava a rejeição estelar ao seu governo, apostando que poderia ser reeleita. O que tornou seu fim de governo menos desastroso foi a recomposição com seu vice dissidente e governador eleito – Robinson Faria.

Eleições 2020

“O homem é o homem e suas circunstâncias”, definiu o filósofo espanhol José Ortega y Gasset. Ezequiel e sua bancada trabalham com circunstâncias favoráveis, mesmo com alguns sobressaltos.

Adiante, tudo pode ser desfavorável e pouco interessante à manutenção do apoio. As eleições municipais de 2020 ainda colocam Ezequiel e Fátima com muitos pontos convergentes. Mais na frente, é provável que não.

E, se o governo continuar sem fôlego, como está até o momento, o presidente da Assembleia Legislativa não precisará fazer qualquer esforço para dar um passo atrás. É a vida!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repav - 30 Anos - Residencial Dix-neuf Rosado - Mais Publicidade - 240-08-19
sábado - 16/11/2019 - 16:40h
Europa

Governadora e prefeita de Mossoró têm encontro em Portugal


A governadora Fátima Bezerra (PT) e a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) encontraram-se casualmente no Aeroporto de Lisboa (Portugal) há poucas horas.Cada uma e suas respectivas companhias, com destinos já traçados.

Fátima com destino a Paris, inicialmente (veja AQUI); Rosalba, seguindo para Barcelona (veja AQUI).

A governadora com agenda de trabalho ao lado de outros governadores nordestinos (Consórcio Nordeste); Rosalba, com três dias num evento internacional e sete em visita filha e outros familiares na Alemanha.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 14/11/2019 - 09:18h
"Desafios para a região"

Fátima Bezerra posa, em Salvador, ao lado de Lula


Do Uol

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está no Nordeste e posou com governadores da região.

Governadora do Rio Grande do Norte posa ao lado de Lula, Geise e Lula (Foto: reprodução)

O ex-presidente, que foi solto na última sexta-feira (8) após 580 dias encarcerado na sede da Polícia Federal de Curitiba, se reuniu com aliados para debater “desafios para a região”.

O perfil de Lula no Twitter postou primeiramente uma fotos com Jaques Wagner, senador: “De volta ao Nordeste. Revendo o amigo Jaques Wagner na chegada a Salvador”.

Mais tarde, o ex-presidente apareceu ao lado de Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann, Rui Costa (governador da Bahia), Fátima Bezarra (Rio Grande do Norte) e Wellington Dias (Piauí).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • WR Industrial - Agência Ágape - 09-10 a 28-12-19
quarta-feira - 13/11/2019 - 17:28h
Centro Administrativo

Auditores fazem novo protesto ao lado do Fórum dos Servidores


Representação do Fisco norte-rio-grandense esteve na manhã desta quarta-feira (13) no ato público organizado pelo Fórum dos Servidores Estaduais do RN. Cobraram mais uma vez posicionamento do Governo com relação aos pagamentos das folhas salarias de novembro, dezembro e o 13º salário de 2018, além da data de pagamento do 13° de 2019.

Manifestantes cobram obediência à cronologia dos pagamentos e um calendário (Foto: Sindifern)

O presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do Rio Grande do Norte (SINDIFERN), Roberto Fontes, lembrou que a pauta do ato também contemplou o respeito à cronologia do pagamento dos atrasados, e a necessidade de investimentos na Secretaria de Estado da Tributação (SET).

Durante o ato no Centro Administrativo, uma representação do Fórum dos Servidores foi recebidas pelo Chefe da Casa Civil Raimundo Alves Júnior.

Ele ouviu as reivindicações, entre elas um pedido de audiência com a governadora Fátima Bezerra (PT), para uma exposição da situação financeira das categorias e pedido de providências a ela em relação ao calendário de pagamentos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Política
quarta-feira - 13/11/2019 - 07:38h
Estado do RN

Fátima confirma 13º de 2019 dentro do mês de dezembro


A governadora Fátima Bezerra (PT) confirmou nessa terça-feira (12) que o Governo do Estado vai pagar o 13º salário para todos os servidores no próximo mês de dezembro.

A garantia foi dada após a participação da chefe do Executivo em evento que lançou o pacote anticorrupção no Rio Grande do Norte, realizado na Controladoria-Geral do Estado.

“Diferente dos últimos dois anos, em 2019 os servidores vão colocar o 13º no bolso”, anunciou a governadora em rápido contato com o portal Agora RN.

Ao lado dela, o controlador geral do Estado Pedro Lopes deu detalhes: “esse pagamento vai ser em dezembro e deverá ocorrer de uma vez só. Quando a gente souber quando vai entrar o dinheiro do pré-sal poderemos dizer quando faremos o repasse”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repav - 30 Anos - Residencial Dix-neuf Rosado - Mais Publicidade - 240-08-19
segunda-feira - 11/11/2019 - 23:48h
Economia

Grupo hoteleiro vai investir cerca de R$ 100 milhões no RN


A rede hoteleira potiguar irá ganhar um reforço de peso para as próximas temporadas.

O grupo SERHS irá construir um novo hotel na Via Costeira, em um investimento aproximado de R$ 100 milhões no terreno ao lado do empreendimento já instalado na região. A confirmação do investimento foi dada por executivos do grupo durante reunião com a governadora Fátima Bezerra (PT) e o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB) nesta segunda-feira (11).

Representantes do Serhs foram recebidos por Fátima Bezerra e o seu vice Antenor Roberto (Foto: Demis Rousos)

A expectativa é de que o empreendimento gere 500 empregos diretos na construção e mais 300 na fase de operação.

“Essa é uma das melhores notícias deste fim de ano. Vamos dar toda atenção e trabalhar com zelo para dar segurança jurídica ao investimento e garantir os empregos. A iniciativa do grupo SERHS está alinhada com o que o Governo pensa e mostra que a nossa tomada de iniciativa está gerando resultados”, afirmou a governadora.

O SERHS é originário da Catalunha, na Espanha. O diretor geral do SERHS Natal Grand Hotel, Willian Lass, disse que tinha estudos mostrando viabilidade do investimento. Não tem dúvidas quanto ao negócio.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia
sábado - 09/11/2019 - 19:20h
São Bernardo do Campo

Lula, Fátima, Natália e Mineiro lá!


Uma delegação de petistas ilustres do Rio Grande do Norte desembarcou em São Bernardo do Campo-SP neste sábado (9), para participação em concentração política em torno do ex-presidente Lula da Silva (PT), solto dia passado (veja AQUI).

Fátima e Fernando Mineiro estiveram ao lado de Lula em seu pronunciamento de hoje (Foto: divulgação)

A governadora Fátima Bezerra, ex-deputado estadual e secretário de estado Fernando Mineiro e deputada federal Natália Bonavides foram algumas das presenças na cidade paulista, em frente à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Em discurso, Lula afirmou que não irá permitir que destruam o país e que irá lutar pela anulação de todos os processos contra ele da Lava Jato. O ex-presidente criticou duramente o governo Bolsonaro, a política econômica de Paulo Guedes, as redes Globo, SBT, Record e também o ex-juiz Sergio Moro.

Desde ontem, manifestações pró e contra a decisão (veja AQUI) do Supremo Tribunal Federal (STF), que ensejou a liberdade de Lula, pipocam por todo o país.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Mossoró Oil & Gas Expo
sexta-feira - 08/11/2019 - 21:02h
RN

Ministro admite equívoco e esclarece dados da cessão onerosa


Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República (SEGOV), emitiu Nota à Imprensa com esclarecimentos quanto a valores a serem repassados ao Estado do RN e municípios, relativos ao megaleilão da cessão onerosa do pré-sal (veja AQUI).

Luiz Eduardo passou informação equivocada à Fátima (Foto:assessoria)

Esclareceu, que “o repasse correto após o leilão da última quarta-feira (06) é de quase R$160 milhões para o Estado do Rio Grande do Norte e R$131 milhões para os municípios”. Ele tinha passado dados equivocados em sua estada no estado, da ordem de R$ 700 milhões. Os números são os que já tinham sido noticiados até por esta página.

O ministro cumpriu agenda no RN nessa quinta-feira (7). Veja abaixo a sua nota:

Durante visita ao Rio Grande do Norte para tratar de novos investimentos do Governo Federal à toda região Nordeste, me reuni com a governadora Fátima Bezerra na última quinta-feira (07).

Durante o amistoso e agradável encontro, pudemos trocar informações acerca das principais conquistas e necessidades do Estado. Um dos temas discutidos foi o resultado do leilão da cessão onerosa, que arrecadou R$70 bilhões nesse primeiro momento. Como grande entusiasta que sou, quis transmitir mais uma boa notícia ao Rio Grande do Norte e resolvi fazer contato com o Ministério da Economia, que me informou valores de repasse ao Estado e municípios potiguares no que tange o resultado do leilão.

No entanto, na manhã desta sexta-feira (08), recebi a informação de que os dados estavam equivocados. O repasse correto após o leilão da última quarta-feira (06) é de quase R$160 milhões para o Estado do Rio Grande do Norte e R$131 milhões para os municípios.

Pelos motivos citados, peço desculpas publicamente à governadora Fátima Bezerra e ao povo potiguar pelo equívoco e aproveito a oportunidade para ressaltar que o Governo Federal tem como a transparência uma das principais diretrizes de trabalho.

Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira – Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 08/11/2019 - 18:42h
Operação Zero

Governo do Estado diz que chegou a acordo com policiais civis


O Governo do Estado anuncia oficialmente que chegou a um entendimento com a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (SINPOL/RN) no fim da tarde desta sexta-feira (8).

Diretoria entregou proposta no dia 23 de julho e não estava tendo retorno do governo (Foto: arquivo)

Estaria definida nova reestruturação da carreira de agentes e escrivães da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Dentre os pontos acordados foram considerados: verticalização da carreira e redução do tempo necessário para promoção, de cinco para três anos.

Assembleia Legislativa

O Projeto de Lei que dispõe sobre reestruturação será encaminhado à Assembleia Legislativa.

O Sinpol ainda deverá realizar assembleia geral para apreciação da proposta. A categoria deverá se posicionar. Desde terça-feira (5) que policiais começaram o movimento “Operação Zero”, paralisando atividades (veja AQUI).

A governadora Fátima Bezerra recebeu na no dia 23 de julho deste ano a diretoria do Sinpol/RN, que lhe entregou proposta. Até aqui, o assunto vinha num encolhe-estica que irritou o segmento a ponto de ser deflagrada esse movimento.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Mossoró Oil & Gas Expo
quinta-feira - 07/11/2019 - 20:08h
Parceria

Muito obrigado, Ezequiel Ferreira de Souza


Fátima e Ezequiel: parceria (Foto: Eduardo Maia)

A governadora Fátima Bezerra (PT) já ligou para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB)?

Ainda não?

Se não o fez, foi em face do corre-corre da agenda, mas o fará logo.

De novo, mais uma vez, novamente, num momento delicado do governo estadual, Ezequiel Ferreira age de forma decisiva.

A votação da emenda que instituiria o reajuste de salário de 16,38% para todos os servidores públicos do estado do Rio Grande do Norte, derrubada com 11 votos favoráveis e 13 abstenções, teve seu dedo.

Livrou a governadora de desgaste ainda maior se essa proposição fosse aprovada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 06/11/2019 - 23:52h
Problemas

Governismo estadual tem semana de tensões e perdas


A semana tem sido tensa e de perdas consideráveis à imagem e até às finanças do Governo Fátima Bezerra (PT).

A queda do eventual repasse de recursos da cessão onerosa do pré-sal (veja AQUI) compromete pagamentos de folhas em atraso.

Fátima não tem conseguido ser clara e hábil para tratar de questões polêmicas e o pre-sal não ajuda (Foto: sem identificado)

O decreto que instituiu o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (PROEDI) é aplaudido pelo empresariado, mas rechaçado por prefeitos que veem prejuízos ao erário municipal sem compensação à altura (veja AQUI).

O fechamento do Hospital Regional Deoclécio Marques, localizado em Parnamirim, causa outra confusão de vozes. O governismo não consegue fazer valer seus argumentos (veja AQUI) e não inspira confiança ao que promete.

Na Assembleia Legislativa, nas redes sociais e ruas, o governo perde também a guerra da informação nas discussões em torno do projeto reajuste de 16,38% para procuradores estaduais (veja AQUI). A matéria ganhou uma emenda “bomba” para beneficiar os servidores em geral – mesmo sendo vista como inconstitucional.

A situação está tão extremada que até parte do movimento sindical se volta contra a governadora, governo e sua bancada na Casa. A deputada Isolda Dantas (PT) que o diga.

Nesta quarta-feira (6), a parlamentar foi alvo preferencial de setores do sindicalismo (isso mesmo) e funcionalismo, com agressões verbais das galerias da AL e em redes sociais.

Em Mossoró, sua principal base politica, o episódio serve de munição para o rosalbismo (grupo da prefeita Rosalba Ciarlini-PP) cerrar ataques à ela e ao governo estadual. A tática na Câmara Municipal e redes sociais funciona como válvula de escape e cortina de fumaça à prefeita, num momento em que sua imagem está seriamente arranhada.

A semana ainda não terminou. Logo chega quinta-feira (7) e os sinalizadores apontam que não deverá arrefecer esse desgaste do governismo estadual.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Mossoró Oil & Gas Expo
domingo - 27/10/2019 - 20:34h
Redes sociais

Lula diz ter cogitado morar no RN; Fátima o aguarda


Em texto divulgado nas redes sociais, com autoria do ex-presidente Lula da Silva, há manifestação dele quanto à vontade de morar no Nordeste. Afirmou que ao sair da presidência, chegou a pensar “em ir para Bahia, Rio Grande do Norte” ou mesmo “para meu Pernambuco”.

Fátima e Lula em foto antiga (reprodução)

Lula:

“(…) Obviamente, fico sonhando em sair daqui, decidir onde vou morar. Quando deixei a Presidência, tinha vontade de morar no Nordeste, vontade de voltar para meu Pernambuco, vontade de morar não perto da praia, mas num lugar em que pudesse ir à praia. Pensava em ir para Bahia, Rio Grande do Norte, mas a Marisa não quis ir porque ela nasceu em São Bernardo [do Campo], e o mundo dela era São Bernardo. Eu não tenho mais o que fazer em São Bernardo”.

Fátima

Pegando o gancho da postagem, a governadora Fátima Bezerra (PT) publicou mensagens em suas redes sociais, relembrando passagens do ex-presidente pelo RN e conjecturando sobre hipótese de ele residir no estado, após sua iminente liberdade.

“Se Lula vier morar em Natal, imagens como estas serão comuns. #ParabénsLula“, veiculou a governador com uma série de fotos ao lado dele.

Lula está preso na carceragem da Polícia Federal de Curitiba-PR desde abril de 2018. O ex-presidente aniversaria neste domingo – 74 anos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 24/10/2019 - 10:38h
Eleição suplementar

Pelo menos cinco chapas vão disputar pleito municipal


Mais uma chapa deverá ser confirmada à disputa de pleito suplementar a prefeito e vice de Ceará-Mirim, que acontecerá dia 1º de dezembro. Até o fim desta semana, pelo menos cinco postulações à prefeitura deverão estar confirmadas oficialmente.

Sede da Prefeitura de Ceará-Mirim (Foto: autoria não identificada)

A Convenção Municipal do Partido Solidariedade às 18h, desta quinta-feira (24), ensejará a homologação da candidatura do ex-vereador Irmão Heriberto como nome à prefeitura. O nome a vice será do Professor Baracho.

A convenção será na comunidade de Boa Vista, zona rural do município.

Os deputados estaduais Kelps Lima, Cristiane Dantas e Allyson Bezerra, todos do Solidariedade, confirmaram presença na convenção.

Psol

Na segunda-feira (21), o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) fez Convenção Municipal na Câmara de Vereadores. Fechou chapa de prefeito e vice com o farmacêutico e bacharel em direito Glaúcio Tavares e o professor Cosme Lopes, respectivamente.

O deputado estadual Sandro Pimentel (Psol) e o presidente estadual da sigla, Daniel Morais, participaram da convenção.

Patriota

Na terça-feira (22), também na Câmara Municipal, a convenção foi do Partido Patriota. Houve homologação da candidatura a prefeito de Damião dos Santos. A bacharela em direito, Edilma Melo, concorrerá como vice.

PV

O prefeito interino de Ceará-Mirim, vereador Ronaldo Venâncio (PV), confirmou sua candidatura no domingo (20) em convenção municipal com presença de várias lideranças. Seu vice será Renato Martins (PL). O evento aconteceu na Escola Estadual Interventor Ubaldo Bezerra de Melo.

A governadora Fátima Bezerra (PT), vice-governador Antenor Roberto (PCdoB), deputados federais Benes Leocádio (PRB) e João Maia (PL), senadores Jean Paul Prates (PT) e Zenaide Maia (Pros), presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte Ezequiel Ferreira (PSDB), e os deputados estaduais Souza (PHS) e Ubaldo Fernandes (PL) participaram da convenção.

PSD

O ex-vereador, ex-candidato a prefeito e ex-dirigente do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) Júlio César Câmara (PSD) concorrerá à municipalidade outra vez. A convenção partidária acontecerá nessa sexta-feira (25), às 19h, na sede da Escola de Samba Império do Vale. O vice caminha para ser Baiá Mota (Podemos).

O pleito vai acontecer em face da cassação e afastamento de prefeito e vice - Marconi Barreto (PHS) e Zélia Pereira dos Santos (PSDB). o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tomou essa decisão dia 22 de agosto deste ano (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Mossoró Oil & Gas Expo
domingo - 20/10/2019 - 05:40h
Dinheiro e voto

Empréstimo de Rosalba é cartada político-eleitoral decisiva

Negociação antes de nova disputa lembra tentativa frustrada dela, quando tentou reeleição em 2014

Por Carlos  Santos

A pouco menos de um ano das eleições 2020, quando vai enfrentar certamente o pleito mais difícil dos que participou à municipalidade, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) dá uma cartada decisiva no campo político-eleitoral: vai obter empréstimo “de até” R$ 150 milhões através do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA) do Governo Federal, via Caixa Econômica Federal (CEF).

A mensagem com o Projeto de Lei de número 1214 de 15 de outubro de 2019 foi protocolada na Câmara Municipal de Mossoró no último dia 16 (quarta-feira) – veja AQUI. Impôs à Casa a apreciação da matéria em regime de “urgência”, para que possa investir os recursos logo nos primeiros meses de 2020.Com ampla maioria no Legislativo, é pouco provável que a prefeita tenha sobressaltos para aprovar a matéria já esta semana. Será do seu jeito.

Mas a justificativa para buscar tanto dinheiro extraordinário passa longe das mais primárias necessidades dos munícipes. Segundo a mensagem da prefeita, a dinheirama visa “dotar o Município de recursos para realização de importantes obras de infraestrutura urbana, com ênfase na pavimentação e saneamento além de construção e reformas de prédios públicos, a fim de melhorar a qualidade da prestação dos serviços públicos e de melhores condições de vida aos cidadãos mossoroenses”.

O empréstimo deve ensejar um elenco de obras físicas de grande visibilidade (calçamento a paralelepípedos e asfalto, principalmente), que não deixam de ter importância à vida dos munícipes, visto que cerca de 7% das vias urbanas são carroçáveis (segundo a própria prefeitura). Contudo conflita com um elenco de prioridades que a gestão da prefeita não tem conseguido atender, tornando-a pífia e sem uma marca capaz de projetá-la eleitoralmente. Eis a questão.

Empréstimo não alivia déficit

Mesmo com todo esse dinheiro em caixa, o governo municipal seguirá asfixiado financeiramente, inclusive comprometendo cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para cobrir a dívida. Não deve ser esquecido que até hoje é questionado com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – veja AQUI, quanto aos excessos de cargos comissionados.

A prefeita não fez o dever de casa para dar autonomia financeira ao município. Recusou-se a promover uma reforma administrativa e tomar decisões austeras, como prometeu em campanha, porque o empreguismo tinha que ser mantido como moeda política, em detrimento do administrativo-financeiro.

Rosalba apoiou Robinson e deixou empréstimo como "herança bendita" para ele, mesmo sem querer (Foto: arquivo)

A PMM tem dívida milionária com o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ-Mossoró), servidores enfrentam problemas com empréstimos consignados, municipalidade tem reduzida capacidade de investimento, professorado reclama de não atendimento a direitos salariais, unidades de saúde pública convivem com desabastecimento de remédios e de outros insumos, bem como sucateamento estrutural e deficiências de equipamentos.

Várias obras com recursos federais podem ser paralisadas (veja AQUI) por falta de atendimento de algumas exigências (como contrapartida financeira), e a própria folha de pessoal é paga de forma fatiada, além de contabilizar impiedosos atrasos a terceirizados. Muitas pequenas obras de recuperação de praças, ruas e outros equipamentos públicos arrastam-se há meses, devido débitos com as terceirizadas.

Em sua propaganda institucional e personalista, o governo se jacta de estar alcançando um feito com a viabilização do empréstimo. Retrata um mundo de imaginação fértil. “A negociação com a Caixa representa o esforço em quitar dívidas e reorganizar as contas públicas, recuperando a capacidade de endividamento do município”, diz texto oficial.

Dinheiro bilionário

No dia 10 de julho de 2013, pouco mais de um ano antes do pleito de 2014, em que pensava na reeleição, a então governadora Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP) obtinha do Senado votação favorável para empréstimo de 540 milhões de dólares (à época, o equivalente a mais de R$ 1 bilhão).

O empréstimo em muito se assemelha àquele encaminhado com o Banco Mundial, à época em que era governadora do RN (2011-2014), como grande aposta à sua reeleição, mas que ela não pode operacionalizar. Sequer conseguiu ser candidata, vetada por seu partido.

Virou herança “bendita” para o sucessor Robinson Faria (PSD), a quem Rosalba apoiou na campanha de 2014 como vingança contra o então deputado federal Henrique Alves (MDB), que concorreu ao governo estadual e era visto pelo rosalbismo como um dos mentores do veto à sua candidatura à reeleição pelo DEM.

A própria governadora atual, Fátima Bezerra (PT), reconheceu recentemente esse esforço de Rosalba para viabilizar recursos no Banco Mundial. Afinal de contas, chega à sua gestão (veja AQUI) o “bendito” empréstimo, mesmo que não consiga minimizar o monstruoso déficit fiscal (incluindo bilionário rombo previdenciário) do Estado, herança “maldita” da própria Rosalba e Robinson.

Patrimonialismo e obras

O dinheiro levantado para ser despejado justamente num ano eleitoral, é o sonho de qualquer político aboletado numa cadeira executiva. Qual oposicionista não gostaria de estar com esses meios à mão?

O problema é que essa dinheirada não resolve ou atenua qualquer dos graves problemas do mossoroense comum e do erário. Pode ser remédio político para salvar Rosalba, seu grupo e a vida de dezenas de pessoas que dependem de seu êxito eleitoral.

Dix-huit e seu irmão Vingt Rosado, pai de Sandra Rosado, em 1992 (Foto: arquivo)

Em 1992, espalhar obras (praças, calçamento e asfalto por toda a cidade) era a fórmula do rosalbismo para vencer o pleito municipal. “Se obra vencer eleições, nós venceremos”, chegou a afirmar o então deputado estadual Carlos Augusto Rosado (PFL, hoje no PP) ao jornal Gazeta do Oeste. Não deu certo.

Uma inusitada chapa ideológica apoiada por Rosalba – vice-prefeito Luiz Pinto (PFL)-professor João Batista Xavier (PCB) – acabou derrotada por Dix-huit Rosado (PDT)-Sandra Rosado (PMDB).  Placar de 37.188 (47,79%) a 32.795 (42,15%).

Maioria pró-Dix-huit Rosado/Sandra Rosado de 4.393 (5,64%) votos.

Rosalba e seu marido Carlos sabem (ô, como sabem!), que uma derrota em 2020 não será apenas seu fim político, mas colapso de um sistema patrimonialista que há décadas depende da política como meio de vida para si e os seus. É uma modalidade de meritocracia planificada para atender a poucos sobrenomes.

Sua legitimação acontece pelo voto de uma maioria feliz por poder botar os pés no calçamento à porta de casa, mas que só depois descobre que não tem direito a um simples Voltaren na Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, segurança ou educação básica.

Essas nuances não aparecem em nenhum dos parágrafos do contrato de empréstimo com a CEF. Estão nas filigranas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Reportagem Especial
segunda-feira - 14/10/2019 - 18:22h
Parceria

Programa de moradia terá mais de 4 mil casas no estado


Fátima disse que havia perigo de perder programa (Foto: Demis Roussos)

Mais de quatro mil potiguares de 60 municípios terão direito a uma moradia digna dentro dos próximos anos com o investimento de R$ 55 milhões que será feito pelo Governo do Estado, em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF) e com as prefeituras, na construção de mil casas populares. A ação atende cidades espalhadas por todas as regiões do Rio Grande do Norte.

A média de investimento por município será de R$ 800 mil, com a construção de pelo menos 14 moradias em cada localidade. A verba é fruto do programa Pró-Moradia, que estava paralisado desde 2007 e com risco de ser cancelado até o início de 2019, mas terminou recuperado pelo Governo do RN depois de negociações junto ao Governo Federal e pela garantia de contrapartida de R$ 11 milhões que foi dada pela gestão estadual.

A adesão dos municípios ao programa Pró-Moradia foi simbolicamente formalizada na tarde desta segunda-feira (14), com a presença de mais de 30 prefeitos – além de vice-prefeitos e vereadores – em solenidade realizada na Governadoria.

Com informações do Governo do Estado do RN.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

 

Categoria(s): Administração Pública
  • Repav - 30 Anos - Residencial Dix-neuf Rosado - Mais Publicidade - 240-08-19
sábado - 12/10/2019 - 05:38h
Economia

Governo, prefeituras e empresários se entendem com Proedi


O Governo do RN e os municípios, representados por uma comissão de prefeitos, chegaram a um consenso para compensar o impacto financeiro do Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (PROEDI) nos cofres municipais, com a diminuição do repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O acordo foi feito durante a reunião ocorrida na Governadoria, nesta sexta-feira (11).

Reunião apontou que caminho negociado permitiu entendimento entre as partes (Foto: Elisa Elsie)

No modelo atual, o governo estadual concede descontos que variam de 80 a 95% no ICMS que as empresas repassam ao estado. O secretário Aldemir Freire (Planejamento e Finanças/Seplan) fez uma explanação sobre os custos do Proedi ao estado e explicou que a perda mensal dos municípios está sendo algo em torno de R$ 7,1 milhões.

Como reconhecimento ao impacto financeiro causado, ele apresentou uma proposta de compensação financeira através de repasses, que totalizam cerca de R$ 10 milhões, a serem pagos de forma parcelada até dezembro e uma parte em janeiro, direcionados à saúde (atenção básica e farmácia básica).

Sensibilidade

Os prefeitos acataram a compensação financeira, mas também apresentaram a sua contraposta, também aceita pelo executivo, de acrescentar mais R$ 10 milhões em 2020 via atenção básica à saúde.

“Numa demonstração de sensibilidade, o governo define esta contribuição para os municípios como um compromisso aqui firmado e reafirmado por todos, que é a defesa do Proedi”, disse a governadora Fátima Bezerra (PT).

Da parte do Governo, participaram da reunião e deram suas contribuições ao debate, além do já citado secretário Aldemir Freire, o vice-governador, Antenor Roberto, e os secretários Carlos Eduardo Xavier (Tributação), Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), Fernando Mineiro (Gestão de Projetos). Representando a bancada estadual, estava presente os deputados Getúlio Rego (DEM) e Bernardo Amorim (Avante); e da federal, o deputado Benes Leocádio (PRB).

Liderada pelo presidente da Federação dos Municípios do RN (FEMURN), José Leonardo (Naldinho, de São Paulo do Potegi), integraram a comitiva a prefeita Mara Cavalcanti (Riachuelo) e os prefeitos Babá (Valberto Vitoriano, de São Tomé), Alessandru Alves (Campo Redondo), Luciano Santos (Lagoa Nova), Túlio Lemos (Macau), Alaor Neto (Itajá), Adriano Diógenes (Guamaré), Clécio Azevedo (Bom Jesus), Sérgio Medeiros (Serra Negra do Norte) e Reno Souza (São Rafael).

João Lima (Coteminas) e Jairo Amorim (Grupo Guararapes) representaram a Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 09/10/2019 - 20:18h
Sessão Solene

Assembleia relembra constituinte com homenagem histórica


Os 27 deputados constituintes, entre eles quatro parlamentares com mandato na atual legislatura, foram homenageados com a comenda Arnóbio Abreu nesta quarta-feira (9), em sessão solene na Assembleia Legislativa. Foi dentro das comemorações alusivas aos 30 anos da Constituição do Rio Grande do Norte, que lotou o plenário e galerias da Casa.

Homenageados, representantes, Fátima e deputados posam para foto histórica (Foto: João Gilberto), ao lado de Fátima

Além deles, o governador à época, Geraldo Melo (PSDB), também foi homenageado. Durante a solenidade, transmitida em libras pela TV Assembleia e site do Legislativo, ainda foi feita a entrega da premiação aos três estudantes finalistas do concurso da redação “30 anos da constituição”, alusivo às comemorações.

O evento contou ainda com a presença da governadora Fátima Bezerra (PT).

Homenageados

Constituintes com mandato atual: José Dias (PSDB), Vivaldo Costa (PSD), Getúlio Rêgo (DEM) e Raimundo Fernandes (PSDB). Além destes, atuaram durante a Constituinte de 89 os deputados Amaro Marinho; Ana Maria Cavalcanti; Arnóbio Abreu; Carlos Augusto Rosado; Carlos Eduardo Alves; Cipriano Correia; Francisco Miranda; Gastão Mariz; Irami Araújo; José Adécio; Kleber Bezerra; Laíre Rosado; Leônidas Ferreira; Manoel do Carmo; Nelson Freire; Nelson Queiroz; Patrício Junior; Paulo de Tarso Fernandes; Paulo Montenegro; Ricardo Motta; Robinson Faria; Rui Barbosa; e Valério Mesquita e o ex-governador Geraldo Melo.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Assembleia Legislativa - Queijeiras - Art&C - 23-10-19
terça-feira - 08/10/2019 - 23:00h
Brasília

Governadores, conjuntamente, defendem PEC do novo Fundeb


Reunidos no VII Fórum Nacional de Governadores, na manhã desta terça-feira (8), em Brasília, os chefes de Executivos estaduais acataram sugestão da governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), de apoio à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria um novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). Esse, de caráter permanente e com maior participação financeira da União.

Governadores posam e assinam nota conjunta em defesa de novo Fundeb (Foto: divulgação)

A proposta relatada pela deputada Dorinha (PEC 15/15) determina que a contribuição federal passe a 15% em 2021, com acréscimos anuais de 2,5% até chegar a 40% em 2031. O impacto orçamentário total seria de R$ 279,8 bilhões. Este ano, por exemplo, a participação da União representa apenas R$ 14,3 bilhões do total de R$ 153 bilhões do Fundeb.

Os governadores emitiram nota conjunta ao final do evento. Veja abaixo:

O fundo é hoje o principal mecanismo de financiamento da educação básica, que vai da creche ao ensino médio. Equivale, segundo o Ministério da Educação (MEC), a 63% de tudo que é investido nas escolas públicas do Brasil.

O Fórum Nacional de governadores, reunido no dia 8 de outubro de 2019, na Capital Federal, reafirma, por meio da nota abaixo subscrita, a defesa do novo Fundeb, a imprescindibilidade de torná-lo permanente e a necessidade imperativa de ampliar os recursos da União para que, assim, posa manter-se o principal instrumento de redução das desigualdades educacionais.

Neste sentido, nós, Governadores de Estado e do Distrito Federal, defendemos a discussão imediata da matéria, tendo como base a PEC 15/2015, relatada pela Deputada Federal Professora Dorinha Seabra, que dialoga com a PEC 65/2019, relatada pelo Senador Flávio Arns, com a PEC 33/2019 e com a PEC 24/2017, todas em sintonia com os compromissos estabelecidos no Plano Nacional de Educação – e nos alinhamos também com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime e com o Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consede.

Entendemos que essas medidas fortalecerão as políticas para a educação básica pública e a valorização dos profissionais da educação.

Conclamamos a união de todas as forças da sociedade em defesa da educação. Conclamamos o Congresso Nacional, as entidades representativas e a sociedade civil a responderem a este desafio.

A educação é direito de todos. A defesa do Fundeb é dever de todos.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Educação / Política
sábado - 05/10/2019 - 09:26h
Decisões

PT e PT têm posições opostas sobre escolas cívico-militares


Fátima duvida do MEC; Camilo aposta (Foto:arquivo)

O Governo do RN comunicou oficialmente na terça-feira (1º de outubro) que não iria aderir ao modelo cívico-militar em duas de suas escolas, protótipo de programa educacional lançado pelo Governo Federal. A decisão divide a opinião pública e gera um debate muito mais ideológico do que técnico-pedagógico.

No vizinho Ceará, a polêmica também existe, mas só que em sentido inverso. O governo estadual compõe leque de 15 estados e o Distrito Federal que tem interesse no programa. Muitas vozes levantaram-se contra.

No Rio Grande do Norte e  Ceará os governos são comandados pelo PT, mas as posturas em relação ao caso têm decisões diferenciadas e argumentos, também.

No RN, a governadora Fátima Bezerra deu explicação técnica, com viés político.

Assinalou que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e o Plano Estadual de Educação, Lei n. 10.049, de 27 de janeiro de 2016, estariam feridos com “o pedido do MEC para adesão ao Programa, que não precedeu de tempo hábil para que essa discussão fosse feita junto às escolas e às representações constituídas, tornando a possível decisão unilateral pelo Órgão Central inviável para a Rede Estadual”.

Colocou em dúvida a liberação de R$ 2 milhões pela União para o programa, “ao tempo em que nega os recursos necessários para a continuidade do fomento à ampliação das Escolas de Tempo Integral (…).”

Ceará em posição diferente

O Ceará foi exceção entre os nove estados nordestinos. Vai aderir ao programa. O governador Camilo Santana (PT) rebateu os críticos em redes sociais: ”Meu compromisso é fortalecer cada vez mais nosso modelo cearense de educação pública, aumentar as nossas escolas de tempo integral, investir cada vez mais nos nossos alunos e professores, e melhorar ainda mais nossos resultados. O resto da discussão é guerra ideológica, que não leva a absolutamente nada”.

Assinalou, por exemplo, que o Ceará “já possui três escolas militares, “duas da PM e uma dos Bombeiros, num universo de 728 escolas estaduais, sendo 252 de tempo integral”.

Lembrou, ainda, que “quem tenta emplacar informação errada, ou desconhece os excelentes resultados da educação pública do Ceará, considerada referência no Brasil, e que serve de modelo para vários estados, ou age de má-fé”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Educação / Política
  • Banner Rodapé da Lion Brazil - 18 de novembro de 2019
quarta-feira - 02/10/2019 - 18:34h
Procuradores

Governo recua e pede de volta projeto que trata de reajuste


Do Blog Saulo Vale

Pautado para ser votado hoje, o polêmico projeto de Lei que reajusta em 16,38% os salários dos procuradores estaduais foi novamente adiado.

A pedido do governo, a Assembleia Legislativa do RN retirou a proposta governamental de pauta por 11 votos a favor e 10 contra.

A explicação é simples: o governo ficou acuado diante da manifestação dos sindicatos que pede o mesmo percentual para todos os servidores públicos estaduais, coisa que o governo não quer nem ouvir falar. Há uma emenda, do deputado oposicionista Nelter Queiroz (MDB), que tenta inserir esse reajuste para todas as categorias.

Pauta-bomba

Se aprovada, seria uma pauta-bomba para o governo, que até agora não conseguiu ainda quitar as três folhas salariais em atraso (novembro, dezembro e 13º de 2018). Imagine ver a folha aumentar na casa de bilhão por ano com essa emenda.

Além do mais, o que diria o Governo do RN e Assembleia caso aprovasse o reajuste para categorias da elite funcional do estado e deixasse o restante do serviço público estadual sem nada de aumento? Há categorias que estão há quase 10 anos sem reajuste.

A saída foi a retirada de pauta. É a estratégia. Pelo menos até aqui.

Nota do Blog – O Governo Fátima Bezerra segue sua rotina de ioiô (vai e volta, sobe e desce, encolhe-estica), recuando com regularidade de medidas e decisões tomadas.

Leia também: A assustadora coreografia do atraso do Governo Fátima Bezerra.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 02/10/2019 - 15:30h
RN

Com dificuldade de se fazer entender, governo segue acuado


O Governo Fátima Bezerra (PT) não tem conseguido se comunicar a contento com a mídia e a opinião pública sobre várias questões.

Está com dificuldade de se fazer entender.

Daí, acaba tendo que conviver com algumas polêmicas que poderiam ser evitadas ou atenuadas.

Em pelo menos dois episódios mais recentemente, o problema é reiterado.

O porquê de não querer instalação de escola militar no estado, conforme plano do Governo Federal.

O porquê da resistência dos prefeitos e boa parte dos deputados estaduais à implantação do decreto que cria o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (PROEDI).

Perde – e feio – a guerra da informação, mesmo que possa estar certo nesses e outros tantos casos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Comunicação / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.