quinta-feira - 18/04/2019 - 09:50h
Pesquisa

Rosalba tem considerável reprovação pessoal e administrativa


O Blog do Barreto publicou nessa quarta-feira (17) pesquisa em parceria com o Instituto Seta do Natal, sobre quadro administrativo de Mossoró.

O resultado, resumidamente, foi este:

Governo Rosalba Ciarlini (PP):

- Aprova - 33,8%

- Desaprova - 48,5%

- Não Sabe/Não Respondeu - 17,8%.

A mesma sondagem mostrou que a avaliação negativa da prefeita de Mossoró (ruim/péssimo) é superior à positiva (ótimo/bom). A Positiva soma 24% e a Negativa chega a 40%.

Prefeita Rosalba Ciarlini (PP) II:

- Ótimo – 18%

- Bom – 6%

- Regular – 31%

- Péssimo – 21%

- Ruim – 19%

- Não Sabe/Não Respondeu -  5%.

O Instituto Seta ouviu 600 pessoas em 27 localidades das zonas urbana e rural de Mossoró entre os dias 13 e 14 de abril. A margem de erro é de 3,5% para ou mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Nota do Blog Carlos Santos - Depois faremos análise dos números, com abordagem sobre contexto, estudo do passado e arguições para que possamos mostrar cenários futuros, alimentando o bom debate.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quarta-feira - 17/04/2019 - 14:46h
Hoje

Professorado encerra greve após 39 dias de movimento


Assembleia aconteceu no Sindiserpum (Foto: cedida)

Durante assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (17), professores da rede municipal de ensino aprovaram o fim da greve iniciada em 8 de março.

O acordo veio depois de uma audiência entre Prefeitura e sindicato por intermédio do Ministério Público Estadual ocorrida na tarde dessa terça-feira, 16 de abril. O movimento durou 39 dias.

“A greve foi encerrada por causa do diálogo”, afirmou a presidente do Sindiserpum, Marleide Cunha. “A democracia venceu a tirania”, disse.

A mediação da audiência foi do promotor de justiça Olegário Gurgel.

Leia também: Audiência coloca Prefeitura e grevistas em diálogo.

Nota do Blog - O Sindiserpum esticou a corda até onde pode. A Prefeitura teve uma “vitória de Pirro”, pois se desgastou desnecessariamente por pura pirraça, evitando um simples diálogo, numa corrida de gato e rato humilhante e desnecessária.

Uma pena.

A pecha de prefeita incapaz de dialogar já está adesivada na prefeita Rosalba Ciarlini (PP), o que não é bom.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais
  • Repet
terça-feira - 16/04/2019 - 19:06h
Saúde

Médicos de UPA’s estão há três meses sem pagamento


UPA do Belo Horizonte: débitos (Foto: arquivo)

Médicos que atuam nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA’s) de Mossoró, vinculados à empresa Serviço de Assistência Médica e Ambulatorial Ltda. (SAMA), estão com três meses sem recebimento de salários.

O montante é da ordem de R$ 1,5 milhão.

O débito refere-se aos meses de Dezembro (2018), Janeiro e fevereiro.

Dezembro é um acordo judicial.

“A Prefeitura de Mossoró disse que efetuou depósito hoje (terça-feira, 16) e que amanhã o crédito estará em nossa conta, para ser repassado imediatamente aos médicos”, comentou uma fonte oficial da Sama ao ser inquirida pelo Blog.

Outra informação é de que “os demais débitos (dois meses) serão pagos o mais breve possível”, mas sem fixação de uma data.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Saúde
sábado - 13/04/2019 - 08:56h
Impasse

MP marca audiência entre grevistas e prefeitura


A partir de requerimento do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), oficializado na terça-feira (09), o Ministério Público do RN (MPRN) resolveu marcar uma Audiência Conjunta de Negociação para tentar desmanchar impasse entre categoria de professores e a Prefeitura Municipal de Mossoró.

O MPRN definiu essa audiência para a próxima terça-feira (16), às 14h30min, tendo em vista que nenhuma abertura de diálogo foi possível com a Prefeitura, mesmo após o protocolo de nove ofícios – todos ignorados pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Numa assembleia realizada na tarde dessa sexta-feira foram repassadas todas as informações acerca da audiência e, até lá, a greve continua.

Na quarta-feira (17), em uma nova assembleia marcada para às 8h na sede do Sindiserpum, serão repassadas as informações sobre a audiência e será novamente deliberado sobre os rumos do movimento grevista.

Professorado reivindica 4,17% de reajuste salarial e PMM já efetivou 3,75%.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Repet
quinta-feira - 11/04/2019 - 22:10h
Saúde

PAM passa por densa limpeza e restauração após denúncia


No último dia 29 de março, o Blog Carlos Santos publicou a postagem Unidade de Saúde convive com perigo de infestação da dengue.

Hoje pela manhã trabalhos revelaram outro cenário, mas muito ainda a ser feito (Foto: BCS)

Moradores do entorno do Centro Clínico Professor Vingt-un Rosado, conhecido como PAM do Bom Jardim, em Mossoró, manifestavam através de nossa página o temor com denso matagal, lama e no depósito de dejetos em que transformara o vasto quintal dessa unidade de saúde municipal.

Esta semana, a municipalidade resolveu agir.

Os trabalhos avançam e já dão outra imagem ao local, em prédio de atendimento popular de milhares de pessoas, semanalmente.

Na terça-feira (9), pela manhã, homens e máquinas tinham pela frente muito trabalho (Foto: BCS)

Nota do Blog - Parabéns à municipalidade!

Quanto aos que se queixaram da postagem à ocasião, desdenhando e tratando como picuinha da página, sem problemas.

Sabemos que somos útil à sociedade. Os governantes passam.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
segunda-feira - 08/04/2019 - 16:18h
Terça-feira

Professores decidirão próximos rumos de paralisação


Amanhã (terça-feira, 9), haverá uma assembleia geral para decidir os próximos passos da greve dos professores do município de Mossoró.

Acontecerá a partir das 8h30 no auditório da Estação das Artes Eliseu Ventania.

Liderados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), os grevistas promoveram expressiva carreata na sexta-feira (5) – veja AQUI.

A gestão Rosalba Ciarlini (PP) reagiu ao anunciar corte do ponto (veja AQUI) dos grevistas, que receberam reajuste salarial de 3,75% e cobram 4,15%.

Atualmente, cerca de 7 mil alunos estão fora da sala de aula. As informações sobre adesão ao movimento são desencontradas.

A paralisação chegou ao primeiro mês nesta segunda-feira (8).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
quinta-feira - 04/04/2019 - 17:00h
Descaso

Governo deve mais de R$ 10 milhões à Liga Contra Câncer


Catardo: governo ignora (Foto: reprodução)

Do Blog Carol Ribeiro

O Governo do RN tem dívida de mais de R$ 10 milhões com a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC).

Desse montante, cerca de R$ 7 milhões são referentes à parcela de 60% do plus de responsabilidade do Governo do Estado, correspondente ao ano de 2018. Somam-se a isso cerca de R$ 900 mil de produção mensal que não são pagos desde outubro do ano passado, o que significa cerca de R$ 4,5 milhões de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), não repassados.

Quem confirma os números é o diretor administrativo da LMECC, Sérgio Catardo. Ele falou sobre o assunto no programa Cenário Político (TCM Telecom).

Estado evita prestador de serviço

Além do Governo Estadual, a Prefeitura de Mossoró também deve valores referentes à produção e aos 40% de plus que cabem ao município. Esta dívida é referente a janeiro e totaliza cerca de R$ 1 milhão.

Segundo o diretor da Liga, a prefeitura tem tido “boa vontade de resolver a dívida, mas há empecilhos operacionais que dificultam”.

Já o Governo do RN não tem se aberto ao diálogo. “Falamos com o secretário de Saúde (Cipriano Vasconcelos), mas ele disse que não estava atendendo prestador de serviços”, afirma.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
sexta-feira - 29/03/2019 - 20:50h
Servidor prejudicado

Prefeitura se apropria de dinheiro de empréstimo consignado


Do Blog Carol Ribeiro

A denúncia partiu de uma servidora pública:

“A prefeitura está devendo três meses de empréstimo consignado, mas é descontado no contra-cheque dos funcionários e a Caixa Econômica (CEF) está mandando cobrança para a gente, que é funcionário público”. A denúncia é da funcionária municipal de carreira Eva Soares, que se comunicou através das redes sociais com o programa Cenário Político (TCM Telecom).

O Blog entrou em contato com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDISERPUM) para checar a informação.

Segundo a assessoria de imprensa, essa é uma reclamação constante dos servidores. O sindicato já manteve contato com a CEF que confirmou que os atrasos existem realmente, mas que não chegam a colocar o nome dos servidores nos órgãos de proteção ao crédito.

Nome “sujo”

Ainda segundo a CEF, geralmente a Prefeitura de Mossoró atrasa três meses, que é o limite para que o servidor fique com o nome “sujo”; então, faz o pagamento.

Entretanto, isto impede, por exemplo, que eles possam renovar os empréstimos, caso precisem, sem contar com o constrangimento das cobranças.

Nota do Blog Carlos Santos – Recordamos que na época da gestão anterior, de Francisco José Júnior (sem partido), esse problema foi recorrente. Boa parte da imprensa local e onda de queixosos nas redes sociais vociferavam contra ele. Os tempos hoje são outros, mesmo com o problema sendo idêntico e igualmente deletério. É apropriação indébita que ao final só penalizará o servidor.

Leia também: Prefeitura deve mais de 13,5 milhões ao Previ-Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
sexta-feira - 29/03/2019 - 10:22h
Salário

Prefeitura anuncia pagamento do mês de março


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) antecipou o pagamento de março dos servidores municipais para hoje, sexta-feira (29). Os salários já estão nas contas dos servidores com o reajuste, conforme compromisso firmado.

A Prefeitura também vai pagar os novos pisos salariais dos professores e agentes de saúde e endemias, com valores retroativos ao mês de janeiro para as duas categorias.

Além do reajuste de 3,75%, os servidores recebem hoje as vantagens como Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ), plantões da saúde e do trânsito, férias, entre outros.

Esses valores vão estar nas contas partir do começo da tarde. Apenas o 13° dos nascidos em março será pago na próxima segunda-feira (1º).

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública
quinta-feira - 28/03/2019 - 18:08h
Mossoró real

‘Oratório’ pede enterro de mais um ‘buraco de estimação’


"Oraatório", com rosa, serve para pedir a "morte" do buraco (Foto: reprodução)

O humor do mossoroense, que ri com suas próprias desgraças, segue em produção contínua.

Nesta quinta-feira, um ‘oratório improvisado’ apareceu na Avenida Diocesana no bairro Nova Betânia, em frente ao Hiper Bompreço, “consagrando” mais um buraco imortal e de ‘estimação’, na cidade.

Nas redes sociais, também não faltam apelos para que ele e outros milhares do gênero sejam tamponados. O internauta Wagner Sanches,  por exemplo, escreveu:

- Mossoró de Verdade: Em frente ao Hiper Bompreço na Avenida Diocesana, no bairro Nova Betânia, tem um oratório para um buraco que não morre nunca. Prefeita Rosalba Ciarlni, a gente quer que o dinheiro milionário do lixo tape os buracos também.

A prefeita já prometeu: a partir de 1º de abril, a sua gestão vai empregar a soma ‘estratosférica’ de R$ 3 milhões para restaurar a malha viária urbana de Mossoró.

Na própria municipalidade, entre técnicos especialista no assunto, fala-se que esse montante é irrisório. Em 2017, a gestão já tinha anunciado que investia cerca de R$ 300 mil/mês para tapa-buraco (mero paliativo).

De lá para cá o quadro visivelmente piorou.

Leia também: ‘Buracos de estimação’ colocam prefeita e governo em pânico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Só Pra Contrariar
  • Repet
quarta-feira - 27/03/2019 - 08:10h
Estratégia

Governismo recua e adia diálogo com movimento fortalecido


Marleide virou líder de entidade que cambaleava (Foto: Web)

Do Blog Diário Político

Mais um capítulo da novela dos servidores da educação vem nesta quarta-feira (27).

Ontem, a prefeitura havia confirmado audiência com a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), mas na manhã de hoje a história mudou.

A justificativa dada é que a secretária municipal de educação Magali Delfino, não estará presente por causa de uma “viagem inadiável”.

O documento assinado pelo secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Pedro Almeida, afirma que um novo encontro vai ser reagendado “para a data mais próxima possível”.

Nota do Blog Carlos Santos – A municipalidade parece que não conseguiu ainda fazer a leitura dos acontecimentos. Está em desvantagem, criou um “monstro” e ele não para de crescer, com apoio popular.

A greve iniciada no último dia 8 transformou um sindicato até então combalido, numa entidade de fato representativa. Sua presidente Marleide Cunha agora é “mártir”; virou líder.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 26/03/2019 - 20:16h
Mossoró

Prefeitura garante que licitação de limpeza está dentro da lei


A Prefeitura de Mossoró postou longa resposta à postagem exibida em primeira mão pelo Blog Carlos Santos nesta terça-feira (26), sob o título MP aponta indícios de fraude e danos em limpeza pública, assegurando que a gestão municipal cumpriu todos os ditames da lei em relação a contratos (e licitação) para a limpeza urbana da cidade.

Veja abaixo na íntegra

A Prefeitura de Mossoró apresenta informações sobre o processo licitatório 05/2017 de concorrência para limpeza urbana de Mossoró. O Município deu início a licitação para contratação de empresa especializada com o objetivo de dar transparência e qualificar o serviço ofertado à população. É importante ressaltar que o último processo licitatório em Mossoró havia ocorrido em 2010, ou seja, há oito anos o Município não realizava um processo de concorrência desse tipo.

Municipalidade garante que houve grande redução de custo final na limpeza (Foto: PMM)

A Secretaria Municipal de Infraestrutura elaborou projeto básico de concorrência e, antes de publicizar o edital, convocou audiência pública para debater o tema. As discussões envolveram Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público e a população, que teve participação ativa em todo o processo, além da participação de entidades de classe e universidades. O debate resultou na elaboração de planilha orçamentária de identificação de todos os serviços, finalizando com o projeto básico de engenharia necessário para a licitação.

Sobre os contratos emergenciais firmados, eles foram necessários até que fosse finalizada a licitação, obedecendo os trâmites fundamentais para término do processo, respeitando os prazos recursais para as empresas apresentarem as contrarrazões.

Os valores firmados foram calculados a partir de um estudo técnico elaborado por engenheiro com ART, que é a anotação de responsabilidade técnica para que esse profissional registre seus serviços. O montante foi calculado observando fatores como o crescimento da área urbana, ampliação de atividades de manutenção e limpeza, que ocorreu em decorrência do início do período chuvoso, além do incremento em função de dissídio coletivo da categoria de profissionais da limpeza. Com isso, a Prefeitura firmou contrato observando todos os aspectos para que a cidade possa contar com um serviço satisfatório.

Redução no valor mensal

É importante ressaltar que o projeto básico apresentado em 2016 foi de R$ 4.180.787,22 por mês para execução do serviço. Já a atual administração reduziu o projeto em 2017 para R$ 2.873.942,46. Isso corresponde a uma redução referente a 35,26% no valor mensal do contrato.

A Comissão responsável pela licitação explica ainda que a informação de que foi dado um novo prazo para uma das empresas apresentar balanço patrimonial é inverídica.

A Prefeitura confirma ainda que o processo licitatório foi realizado com lisura e probidade, obedecendo todos os trâmites estabelecidos por lei, conforme explicitado anteriormente.

Todas as ações movidas pelas empresas participantes em face das decisões da Comissão Permanente de Licitação foram julgadas improcedentes pela Justiça.

Veja AQUI a íntegra do pronunciamento do Ministério Público de Contas do RN (MPC-RN), por meio da Procuradora Luciana Campos, que verificou “graves indícios de que a empresa contratada no ano de 2018 para a prestação de serviço de limpeza urbana de Mossoró, a Construtora Vale Norte Ltda, da Bahia, foi irregularmente favorecida na licitação”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
terça-feira - 26/03/2019 - 11:36h
Prefeitura de Mossoró

MP aponta indícios de fraudes e danos em limpeza urbana

Procuradora Luciana Campos vê licitação eivada de irregularidades e prejuízos são consideráveis

O Ministério Público de Contas do RN (MPC-RN), por meio da Procuradora Luciana Campos, verificou graves indícios de que a empresa contratada no ano de 2018 para a prestação de serviço de limpeza urbana de Mossoró, a Construtora Vale Norte Ltda, da Bahia, foi irregularmente favorecida na licitação. Os números sem atualização apontam que mais de R$ 257 milhões estão envolvidos nesse negócio nebuloso e de bastidores fétidos.

Licitação e números são multimilionários, com enredo fétido que coloca Rosalba no epicentro (Foto: arquivo)

Constatou, salvo prova em contrário, que a Prefeitura permitiu a flexibilização das normas do Edital para que somente uma das interessadas apresentasse, fora do prazo de habilitação, documento diverso do exigido das demais empresas quanto à capacidade econômica. A empresa vencedora da licitação, por flexibilização da administração mossoroense apenas a ela direcionada, apresentou documentos relativos ao exercício de 2017, enquanto as demais licitantes apresentaram com base no ano de 2016.

Sem essa medida, ao que indiciam os documentos dos autos, a empresa considerada vencedora do certame sequer teria sido habilitada.

A situação foi toda narrada pelo Blog Carlos Santos numa série de matérias, apontando indícios de fraude. O provável favorecimento à Vale Norte, numa sequência criminosa de dispensas de licitações, elevaram preço dos serviços em mais de 53% ao longo de pouco mais de dois anos.

O ex-prefeito Francisco José Júnior (sem partido) e a atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP) aparecem em evidência nesse enredo.

Acrescenta-se que há indicativos nos autos de que os Demonstrativos de Resultado do Exercício (DRE) apresentados pela empresa vencedora não incluíam diversos custos do serviço. Pode ser citado como exemplo o quesito encargos trabalhistas, que representam grande percentual das despesas sobre a responsabilidade da contratada.

Luciana Campos: novelo de irregularidades (Foto: arquivo)

Em face disso, não só restaram dúvidas quanto à realidade financeira da empresa quanto se visualizou a necessidade de grandes alterações do preço do contrato ao longo de sua execução, o que pode gerar graves danos ao erário.

Como se demonstrou na Manifestação Ministerial, a exclusão dos custos do DRE, “em uma provável tentativa de tornar mais atrativos os lucros dos exercícios em avaliação, esconde o real desempenho econômico da empresa, deixando de atestar a realidade dos fatos e se tornando completamente ineficaz para fins de comprovar a sua produtividade e a exequibilidade da proposta”.

A licitação foi realizada após diversas contratações que apresentam indícios de outras irregularidades, atestou o MPC-RN, conforme esta página publicou em incontáveis postagens. Segundo a procuradora, esse novelo de contratações começou a ser desfiado em 2011, quando então era prestadora de serviço a empresa Saneamento Ambiental Ltda (SANEPAV).

Várias irregularidades

Aparecem nos levantamentos do MPC-RN, a ausência de estudo de impacto, de regularidade fiscal e da devida fiscalização de sua execução, sequer existindo balanças para pesagem dos resíduos sólidos e profissionais habilitados no acompanhamento das medições dos demais serviços, o que gerou, segundo a inspeção da equipe de auditores, o dano ao erário de mais de 50 milhões de reais.

Dentre essas contratações, o Ministério Público apurou que as realizadas entre os anos de 2016 e 2018 foram feitas exclusivamente de forma direta, as quais, pela probabilidade trazida nas provas documentais, efetivaram-se diante da ausência de planejamento licitatório regular por parte do Município de Mossoró, gerando aparente situação de emergência sobre a qual justificar as contratações, o que pode indicar dano ao erário de ainda maior monta do que já foi apurado, especialmente diante da ausência de parâmetros orçamentários para a fixação do preços dessas.

Confira abaixo quadro-resumo de todos os contratos firmados pela Prefeitura mossoroense e os valores a eles atinentes:O processo é da relatoria da Conselheira Relatora Ana Paula de Oliveira Gomes e foi autuada perante o Tribunal de Contas do RN (TCE/RN), após Representação Ministerial movida pelo Ministério Público de Contas.

Clique AQUI para ter acesso à Manifestação Ministerial N.° 02/2019. Veja a profundidade da apuração e o nível de prejuízo multimilionário que as mais recentes gestões causaram à municipalidade.

Nota do Blog – Impressiona que até hoje ninguém tenha sido preso por tandos danos aos cofres públicos e à comunidade. E provavelmente tudo continuará sob o manto da impunidade, apesar do esforço de gente rara – como a procuradora Luciana Campos.

Vale ser lembrado que uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) chegou a ser ensaiada na Câmara Municipal (veja AQUI), mas a prefeita Rosalba Ciarlini conseguiu sustar, com os votos de sua bancada.

Leia também: Rosalba acerta mais alguns milhões em contratos suspeitos;

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
domingo - 24/03/2019 - 18:34h
Sem rumo

‘Buracos de estimação’ colocam prefeita e governo em pânico

Rosalba e prefeitura prometem, mais uma vez, pelo terceiro ano seguido, resolver o que não podem

Do Blog Diário Político

Uma imagem compartilhada centenas de vezes pode fazer a diferença na hora de anunciar alguma melhoria na cidade de Mossoró. Bastou a imagem abaixo ser disseminada e comentada nas redes sociais negativamente que a prefeitura logo se pronunciou. O homem ‘pescando’ nos buracos da Avenida João da Escóssia fez o inimaginável: o poder executivo anunciou a obra daquela via por meio de postagem no final da tarde deste domingo, 24/03.

"O pescador e os buracos" foi postagem deste domingo em redes sociais que abalou governo (Foto: reprodução)

A Prefeitura de Mossoró anuncia o início das obras de recuperação da malha viária da cidade. A ordem de serviço já foi assinada e os trabalhos começam no dia 1° de abril, conforme informou a empresa responsável pela execução da obra – em nota oficial da municipalidade.

Os trabalhos vão iniciar pela Avenida João da Escóssia, trecho de grande fluxo na cidade e com grande desgaste devido às chuvas recentes. O investimento do Executivo Municipal é superior a R$ 3 milhões de reais para essa ação que vai contemplar vários bairros.

“Já havíamos lançado a licitação e, após a finalização dos trâmites burocráticos, a empresa CLC assinou a ordem de serviço na última sexta-feira (22) e informou sobre o início das obras no próximo dia 1° de abril”, explica a secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto.

O trabalho de recapeamento asfáltico vai ser destinado às ruas e avenidas de maior fluxo, beneficiando a população de diversas localidades de Mossoró. A ação já constava no planejamento da Infraestrutura para esse período do ano.

Nota do Blog Carlos Santos – A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e seu Governo continuam funcionando de forma reativa, sem postura proativa. Parece que não compreendem que “os tempos são outros”.

Não adianta entrevista a jornal, falar apenas o que lhe interessa a rádios amigas, pois sua maior oposição não tem sigla nem nomes, não é qualquer sindicato ou jornalista. É uma oposição social que emerge das ruas e redes sociais. As urnas ano passado já deram um aviso retumbante, mas parece que ela e seus asseclas ainda não entenderam.

O povo não aguenta mais ser enganado, conviver com tanta desfaçatez e estelionato político-eleitoral.

Outro detalhe: o dinheiro prometido para enfrentar esse problema da buraqueira é ínfimo. Eu sei, Rosalba sabe, qualquer pessoa razoavelmente bem-informada sabe, que essa é outra mentira deslavada e despudorada.

Em 2017 também houve promessa assim; em 2018, idem. Taparam uns buraquinhos que sempre reaparecem. Os da foto são de “estimação” da prefeita. Ano passado e no anterior estavam lá. Em 2020, provavelmente vão ‘visitar’ os mossoroense outra vez.

A prefeita e seu governo são mitômanos: mentem em escala industrial, de forma sistemática e por qualquer razão. É da natureza de ambos. Falta-lhes um pingo de honestidade nas relações com o contribuinte, a quem devem respeito.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
sexta-feira - 22/03/2019 - 17:30h
Magistério

Estudo apontará necessidades para concurso público


Comissão entregará relatório (Foto: PMM)

Nesta sexta-feira (22), a comissão designada para desenvolver estudo de demanda à realização de concurso público para preenchimento de vagas na Rede Municipal de Ensino de Mossoró concluiu seu trabalho.

Na próxima segunda-feira (25), a comissão entregará à secretária municipal de Educação, Magali Delfino, o levantamento contendo o déficit de professores na Educação Infantil, no Ensino Fundamental dos Anos Iniciais, de 1º ao 5º Ano, e Anos Finais, de 6º ao 9º Ano.

Após esse procedimento a secretária de Educação apresentará a necessidade para a prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Um eventual concurso será realizado a partir das informações coletadas.

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Educação
terça-feira - 19/03/2019 - 18:48h
Mossoró

Paralisação de professores é mantida


Assembleia teve maciça participação de professores municipais (Foto: cedida)

Greve que segue.

Reunidos nesta terça-feira (19) no auditório da Estação das Artes Eliseu Ventania, professores da rede municipal de ensinam de Mossoró decidiram continuar greve.

Paralisação começou no último dia 8. Cobra-se pagamento de reajuste salarial de 4,17% (governo concedeu 3,75%), mas perdas acumulam-se há dois anos sem atualização remuneratória.

Leia também: Governismo publica lei com reajuste; protesto ganha volume.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
terça-feira - 19/03/2019 - 08:58h
Mossoró

Governismo publica lei com reajuste; protesto ganha volume


Do Blog Diário Político

O Jornal Oficial do Município de Mossoró (JOM) publicou na em sua recente edição (18 de março, veja AQUI) a lei que reajusta os salários dos servidores em 3,75% para todas as categorias, incluindo profissionais da educação, agentes comunitários de Saúde e agentes de combate a endemias.

Há dois anos os servidores não tinham qualquer reajuste salarial.

Os professores estão em greve desde o dia 08/03.

A categoria cobra reajuste de 4,75%, percentual indicado pelo piso nacional do Ministério da Educação. Sem diálogo os educadores cobram atenção do executivo.

Nota do Blog Carlos Santos – O movimento do professorado, comandado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), ganhou volume e o engajamento de alunos e familiares. As redes sociais são um termômetro do desgaste crescente que a paralisação provoca na imagem da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e seu governo, que usa fórmulas de sempre num tempo que não é como sempre foi. Bradar como resposta o bordão “é a Rosa!”, acaba representando o vazio dos argumentos do governismo nessa peleja onde inexiste diálogo.

Leia também: Reajuste proposto por Rosalba esconde grande prejuízo;

Leia também: Prefeita e vereadores são “traidores dos servidores”.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
segunda-feira - 18/03/2019 - 21:24h
Prioridade

Prefeita retira recursos de obras importantes para Cidade Junina


Do Blog Carol Ribeiro

Está no Jornal Oficial do Município (JOM) do último dia 12 – veja AQUI, a abertura de crédito suplementar para a realização do Mossoró Cidade Junina 2019 pela Prefeitura de Mossoró.

JOM mostra remanejamentos para o Cidade Junina deste ano; festa é prioridade (Reprodução)

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) assina a transferência total de R$ 760 mil reais de outras pastas para o evento que acontece em junho. Serão retirados valores de reformas do Mercado do Bom Jardim, do mercado Vuco-vuco, da Praça da Convivência, da Praça da Criança, além do Circuito Mossoroense de Futebol Amador, manutenção de escolinhas de práticas esportivas, manutenção do Ginásio Poliesportivo Pedro Ciarlini Neto, Projeto Semear, Festa do Bode e outros investimentos.

Apesar das retiradas já citadas, a pasta que mais sofrerá desfalque é a própria Cultura. Os recursos de ações e projetos reivindicados há anos pelos artistas terão verba extraída para aplicação exclusiva no Mossoró Cidade Junina.

A transferência na Secretaria de Cultura será de R$ 437 mil, dos seguintes projetos:

Prêmio Fomento – 60.000
Corredor Cultural – 32.000
Coord. Serviços Adm Sec de Cultura – 200.000
Manutenção Biblioteca – 5.000
Escola de Artes – 5.000
Promoção e Apoio a grupos artísticos locais – 5.000
Mossoró Cidade Folia (carnaval) – 110.000
Instalação e Manutenção da Arena Cultural – 5.000
Datas Culturais Comemorativas – 15.000

Nota do Blog Carlos Santos - A prioridade adotada pela municipalidade pode ser encarada como compreensível. Adotemos o Princípio da Razoabilidade. Não existe dinheiro farto, não há sobras. Poderia existir até menor aperto, se a gestão tivesse adotado uma mentalidade austera, priorizando enxugamento de despesas, mas não fez o dever de casa.

Usando uma analogia popular, pode ser dito que a prefeita tem cinco tampas para tamponar dez garrafas. Faz a escolha por um evento que traz mais dividendos à imagem da gestão e ao personalismo do governo. O “resto” que espere.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
  • Repet
segunda-feira - 18/03/2019 - 15:44h
Na rua

Depois de sumiço polêmico, Rosalba volta à rotina


Rosalba visitou obra na periferia (Foto: Rede social)

Depois de um mergulho na última sexta-feira (15), faltando a duas sessões solenes (Câmara Municipal e Assembleia Legislativa) realizada em Mossoró e descartando agenda burocrática na municipalidade, a prefeita local Rosalba Ciarlini (PP) reapareceu nesta segunda-feira (18).

Circulou pela periferia da cidade, ao lado de auxiliares e vereadores.

E, claro, passou pelo Palácio da Resistência (sede do governo).

A notícia corrente era de que se ausentara no final de semana para se submeter a uma cirurgia.

A sua assessoria não deu maiores detalhes.

Aí, como sempre, alimentou uma usina de especulações e um leque de deduções verossímeis quanto ao sumiço, em tempos de profundas dificuldades políticas e administrativas.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 14/03/2019 - 21:36h
Saúde pública

Cirurgias eletivas podem retornar ainda este mês


Reunião tratou de cirurgias (Foto: divulgação)

Os procedimentos cirúrgicos eletivos em Mossoró serão retomados ainda neste mês. O anúncio foi feito durante uma reunião na manhã desta quarta-feira (14) no Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) entre Governo do Estado, prestadores e Prefeitura de Mossoró.

Foi definido que o pagamento da produção do mês de janeiro deste ano será feito até sexta-feira da próxima semana (22) e a complementação por parte do município até o fim do mês.

Os prestadores de cirurgias eletivas na cidade são Hospital Wilson Rosado, Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM), Liga Mossoroense de Estudos e Combate Ao Câncer (LMECC). O Wilson Rosado já sinalizou que vai retomar o processo das cirurgias a partir da segunda-feira (18), os outros prestadores devem iniciar até o fim deste mês.

A proposta de parcelamento dos pagamentos em atraso pela Prefeitura de Mossoró será apresentada até próxima quarta-feira (20). Nessa data, a Secretaria de Saúde vai se reunir novamente com os prestadores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
sexta-feira - 08/03/2019 - 11:16h
Eleições 2020

Deputado admite ir à disputa da Prefeitura de Mossoró


Bernardo (à direita) criticou gestão Rosalba (Foto: reprodução)

Do Blog Saulo Vale

Deputado estadual de primeiro mandato e ex-prefeito de Almino Afonso por duas vezes, o médico Bernardo Amorim (Avante) já admite que poderá ser candidato a prefeito de Mossoró nas eleições de 2020.

“Vamos tentar montar uma força política em Mossoró. E quem sabe até disputar uma eleição para prefeito. Se não com o meu nome, porque política ninguém pode cuspir pra cima. Eu pretendo cumprir o meu mandato de deputado estadual na sua integralidade, nos quatro anos, não passa pela minha cabeça ser candidato a prefeito de Mossoró, mas se a gente conseguir montar um grupo e conseguir viabilidade de alguém, ou até com o meu nome, eu estarei à disposição”, admitiu, em entrevista ao Enfoque Político (TV Terra do Sal) desta quinta-feira (8).

Ele ainda fez críticas à gestão Rosalba Ciarlini (PP), de quem afirmou não ser oposição, nem situação.

“A gente sente na população uma espécie de decepção. Rosalba, ao meu ver, não é a mesma de antigamente. Precisa corrigir rumos. Eu noto na população um desejo de mudança, que inclusive foi mostrado claramente nas urnas”. criticou.

Bernardo foi o terceiro deputado estadual mais votado do RN, com 42.049 votos. Em Mossoró, ele alcançou 4.543 votos, sendo o quinto mais votado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 01/03/2019 - 09:28h
Servidor público

Reajuste proposto por Rosalba esconde grande prejuízo


Projeto enviado dia passado pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP) à Câmara Municipal de Mossoró, que dispõe sobre reajuste salarial dos servidores, esconde uma equação nociva ao funcionalismo. Camufla prejuízo cumulativo de quase 10% nos salários, em dois anos de Governo Rosalba.

A prefeitura concede a revisão geral anual correspondente à inflação do ano anterior, porém deveria ter feito o mesmo em 2017 e 2018, conforme dispõe o art. 37, X da Constituição Federal.

A atitude da gestão gerou uma defasagem de 9,24% em relação à inflação. Ou seja, se a prefeitura valorizasse realmente o servidor, deveria fazer a reposição da inflação de todos os anos que ela deixou de conceder a revisão.

Entretanto, a mensagem enviada pela prefeita para análise e possível aprovação pela Câmara Municipal, oferta um reajuste meia-boca de 3,75%. O prejuízo é apenas atenuado.

Isso significa que atualmente com os salários que recebem, os servidores de Mossoró compram quase 10% a menos do que compravam quando Rosalba assumiu a prefeitura. Vale ser lembrado que ela negou a revisão anual por dois anos consecutivos, sendo o único ocupante da cadeira de prefeito a fazer isso nos últimos 11 anos.

Ironicamente, como diz um slogan da então candidata…”ela fez, ela faz, ela sabe fazer.”

Leia tambémGoverno reage à greve engatilhando reajuste salarial.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.