sexta-feira - 10/04/2020 - 12:14h
Seja 'bem-vindo'

Mossoró se abre em filas e aglomerações para Covid-19


Cena da manhã desta sexta-feira (10) na Central de Abastecimento Prefeito Raimundo Soares (Mercado da Cobal) e Mercado João Félix (Mercado da Carne e Ave), em Mossoró, no bairro Paredões. A foto constante nesta postagem diz tudo:

Aglomeração e intenso trânsito de pessoal passa a ideia de que todos são imunes à Covid-19

Aglomeração de pessoas, muitas sem qualquer prevenção com máscaras, nenhuma fiscalização.

É nítido o afrouxamento de medidas da municipalidade, que seriam de restrição à circulação de pessoas, confinamento social e prioridade de serviços essenciais, mesmo assim cumprindo precauções sanitárias.

Filas em bancos e lotéricas, lojas abertas, ambulantes em calçadas; do centro à periferia é um salve-se quem puder e tudo ao deus-dará.

Mossoró é realmente um país à parte.

A patuleia nas ruas à espera pelo pior e os donos da cidade protegidos em seus apartamentos de luxo divulgando um mundo irreal que não existe lá fora.

* Foto postada no Instagram do Blog Saulo Vale.

Leia também: Mossoró aparece como região de grande mortalidade;

Leia também: Bancário com Covid-19 leva sindicato a cobrar rigor sanitário.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
quinta-feira - 09/04/2020 - 14:44h
Mossoró

Prefeita espera por deputados para aprovar calamidade


Com decreto sob nº 5.651, publicado nessa quarta-feria (8), no Jornal Oficial de Mossoró (JOM), a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) decreta estado de calamidade pública em Mossoró, em razão da grave crise na saúde provocada pelo novo coronavírus e suas repercussões nas finanças municipais.

O novo documento ratifica o decreto de calamidade nº 5.631, de 23 de março de 2020. Com esse, decreto, em seu art. 3, o Poder Executivo Municipal solicitará à Assembleia Legislativa do Estado, o reconhecimento do estado de calamidade pública, para os fins do art. 65 da Lei Complementar Federal.

A legislação determina que é necessário o reconhecimento do Legislativo Estadual. Precisa desse amparo para poder tomar uma série de medidas que fogem à normalidade.

A iniciativa integra uma série de medidas adotadas em âmbito municipal.

Por enquanto, a AL já aprovou 29 pedidos de calamidade pública.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Lion - Banner - 17-08-19
quarta-feira - 08/04/2020 - 20:22h
Serviços públicos

Depois do Nosso Blog mostrar problema, município dá solução


Durante semanas um trecho da Rua Francisco Peregrino, conhecida popularmente como “Beco das Frutas”, em Mossoró, foi sendo transformado num lixão. Monturo ganhou vida com resto de móveis, sobra de obras, lixo doméstico e outros descartes.

Nosso Blog mostrou problema e município agiu rápido para retirar monturos do local (Fotos: BCS e cedidas)

Nessa terça-feira (7), o Blog Carlos Santos mostrou a situação vivenciada por moradores (no centro da cidade) e passantes, pedindo providências – se possíveis.

Ainda nesse mesmo dia o município começou a limpeza, concluída nesta quarta-feira (8).

Ótimo.

A comunidade agradece e nós aplaudimos.

Fiquemos vigilantes para que o “Sujismundo” e seus seguidores não voltem a atacar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais
quarta-feira - 08/04/2020 - 16:56h
Mossoró

Denunciada por não entregar EPI’s, PMM deve se pronunciar


Do Blog Saulo Vale

A juíza Adriana Santiago Bezerra, da terceira Vara da Fazenda Pública de Mossoró, intimou a Prefeitura Municipal a se pronunciar sobre a ação do sindicato que aponta falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS’s) nas unidades de saúde.

Juíza Adriana Santiago: PMM deve se pronunciar (Foto: Web)

A ação foi movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), após visita a unidades e denúncias de servidores.

“Intime-se a parte demandada, através da Secretaria Municipal da Saúde, pessoalmente, a fim de se manifestar sobre a tutela provisória de urgência, pleiteada na inicial, o que deverá fazê-lo no prazo de 48 (quarenta e oito horas) através de petição a ser encaminhada pela Procuradoria do Município, que representa judicialmente o demandado”, escreve a magistrada.

Em tempo: No domingo passado, a Prefeitura afirmou, em nota oficial, após denúncia do sindicato, que enviou 82 mil unidades de EPIs para UPAs, Samu e Hospital São Camilo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público / Saúde
  • Repet
quarta-feira - 08/04/2020 - 11:48h
Urgência

Petras pede recursos do Cidade Junina para a saúde


Preocupado com o avanço do novo coronavírus em Mossoró, o vereador Petras Vinícius (DEM) fez uma indicação, nesta terça-feira (07), à Prefeitura, solicitando o remanejamento dos recursos do Mossoró Cidade Junina (MCJ) para ações de prevenção e combate ao Covid-19.

Vereador encaminha proposição apontando urgência na utilização de recursos (Reprodução BCS)

 

De acordo com o vereador, o município investiu mais de sete milhões de reais no MCJ de 2019. “Para a edição de 2020, a previsão orçamentária era de mais de quatro milhões, além de duzentos e quinze mil reais com o espetáculo Chuva de Bala e a estrutura do Cidadela”, afirmou.

Para Petras, esses recursos devem ser aplicados nas ações de em favor de pessoas em situação de rua, aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para os profissionais de saúde, respiradores para leitos de UTI e outras necessidades.

“Entendemos que devido ao cancelamento do MCJ 2020, em face da pandemia, o remanejamento destes recursos para a saúde seja necessário para preparar os equipamentos públicos de saúde do município”, defendeu.

Com informações da Câmara Municipal de Mossoró.

Leia também: Deputado sugere suspensão de festa e uso de verba contra vírus;

Leia também: Prefeita cancela Cidade Junina devido coronavírus.

Nota do Blog – Em 2019, o investimento no Cidade Junina passou “oficialmente” dos R$ 7 milhões. Estimativa para esse ano é que poderia bater a casa dos R$ 10 milhões.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
terça-feira - 07/04/2020 - 16:18h
Covid-19

Município prorroga pagamento de ISS por três meses


A Prefeitura de Mossoró prorroga pagamento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) por 90 dias para empresas do Simples Nacional. Município estima que deixará de arrecadar nos meses seguintes cerca de R$ 2,5 milhões.

A decisão é em função dos impactos da pandemia da Covid-19. As datas de vencimento do ISS, apurado no âmbito do Simples Nacional e devido ao Município, é uma forma de atenuar o impacto da crise nas contas das empresas.

Além das novas datas de vencimento para pagamento do ISS, ficam suspensos por 90 (noventa) dias também a inscrição em dívida ativa de créditos municipais, o ajuizamento de ações de execução fiscal, as ações para encaminhamento dos protestos de dívidas tributárias, as inclusões de débitos em serviços de proteção ao crédito, a cobrança administrativa de contribuintes por dívida de origem tributária e a rescisão de parcelamento por inadimplência.

Veja aqui as novas datas de vencimento:

Março/2020 – 20 de julho de 2020

Abril/2020 – 20 de agosto de 2020

Maio/2020 – 21 de setembro de 2020

O decreto que regulamenta as medidas foi publicado da edição dessa segunda-feira (6), no Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

Com informações da PMM.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Lion - Banner - 17-08-19
sexta-feira - 03/04/2020 - 08:24h
Mossoró real

Servidores de UPA se recusam a trabalhar sem proteção


Movimento de servidores de plantão na Unidade Básica de Saúde (UBS) Raimundo Benjamin Franco, do bairro Belo Horizonte em Mossoró, à noite dessa quinta-feira (3) cobrou da gestão municipal a distribuição urgente de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Eles estão trabalhando sem proteção necessária em pleno avanço do coronavírus.

Plantonistas contrariam noticias oficiais que apontam UPA como referência sanitária (Foto: arquivo)

Veja abaixo o que divulgaram em redes sociais:

Na data de 02 de abril de 2020, a equipe que integrou o plantão noturno na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do BH (Mossoró-RN) constatou a falta de EPI’s adequados para os profissionais realizarem o atendimento das demandas relacionadas a pandemia do COVID-19. Contrapondo o divulgado na imprensa e redes sociais de que esta unidade é referência para atender casos suspeitos e confirmados de Coronavírus.

Durante o atendimento inicial do plantão noturno, constatou-se 3 (três) casos suspeitos com sintomas de febre, falta de ar, histórico de contato com caso confirmado, colocando em risco toda a equipe ao realizar assistência aos pacientes, uma vez que a unidade não dispõe de equipamentos e insumos necessários para atender aos usuários suspeitos.

Ressalta-se ainda que o setor de isolamento dispõe apenas de 01 (um) leito para os suspeitos de COVID-19 e o mesmo encontra-se contaminado, já que a desinfecção não pode ser realizada na ausência dos matérias de proteção individual adequados.

Dessa forma, a equipe em conjunto decide interromper o atendimento na UPA do BH pela falta de condições básicas, ao mesmo tempo em que comunica às autoridades e aos órgãos competentes para que sejam providenciadas com a máxima urgência as devidas condições de trabalho.

Lembrando ainda que, os EPIs e a estrutura relatada acima são fundamentais para segurança dos profissionais de saúde, bem como da própria população.

Assim, aguardamos respostas e resolutividade das autoridades competentes para que os atendimentos possam ser normalizados. Mossoró, 02/04/2020

Atenciosamente, Equipe de plantão.

Nota do Blog – Há poucos dias, equipe de plantão da UPA do Santo Antônio fez uma ‘vaquinha’ e adquiriu EPI’s para poder trabalha, haja vista a necessidade desse material e o não fornecimento pelo município. Veja AQUI.

O agravante, é que a administração municipal anunciou no começo da semana a montagem de uma “Unidade de Campanha” (mudou até o termo universalmente usado há séculos para “Hospital de Campanha”) na UPA do BH. Ou seja, um “puxadinho” e mais uma propaganda deslavadamente enganosa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
quinta-feira - 02/04/2020 - 21:20h
Sofrimento

Fome de terceirizado de prefeitura mexe com desportista


O drama de centenas de terceirizados que prestam serviços à gestão Rosalba Ciarlini (PP) está sensibilizando até mesmo aliados seus. Está ficando difícil esconder, ficar indiferente, fazer que não sabe, não viu.É o caso do ex-candidato a vereador e ex-goleiro de futebol Rocelito Miranda.

Num desabafo em redes sociais, ele apela para que a prefeita não priorize apenas pagar folha de pessoal de comissionados, mas olhe também para os terceirizados.

O Blog Carlos Santos tem defendido há anos a regularização dessa relação entre prefeitura/terceirizadas e terceirizados. Mas infelizmente, a fome, desprezo e outras humilhações continuam.

Não há qualquer força legal, humana, intergalática, paranormal ou metafísica que consiga impor punição a essa gente insensível.

Devem, não negam e pagam se quiser.

Leia também: Sem salários e com fome, terceirizados pedem socorro;

Leia também: Quase 900 terceirizados vivem sem salários e são ignorados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion - Banner - 17-08-19
quarta-feira - 01/04/2020 - 22:44h
Saúde

Servidores estão expostos à contaminação, diz sindicato


Marleide: perigo (Foto: reprodução BCS)

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), Marleide Cunha, denuncia que profissionais da Saúde estão sem Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Trabalham expostos à contaminação pelo coronavírus, por exemplo.

Também estão sem fazer exame de testagem contra esse novo vírus, o que deveria ocorrer regularmente.

- Enfermeiros, técnicos de enfermagem e outros profissionais veem que existem colegas já infectados e precisam passar por exames e a Prefeitura Municipal de Mossoró ignora – disse Marleide Cunha, em entrevista hoje à noite à FM 95.

O Sindiserpum vai recorrer à Justiça para tentar garantir esses direitos e denunciar que muitos servidores estão fazendo “vaquinha” para compra de luvas, máscaras e outros produtos.

Leia também: Equipe de saúde compra o próprio equipamento de proteção.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Saúde
segunda-feira - 30/03/2020 - 22:50h
Mossoró

Governadora e prefeita tratam de medidas contra coronavírus


A governadora Fátima Bezerra (PT) esteve reunida por videoconferência na manhã desta segunda-feira (30) com a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), e o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.  O objetivo foi tratar do aumento da capacidade do sistema de saúde no município, com a implementação de 170 novos leitos, e também alinhar ações de isolamento social, medida de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

Fátima explicou o Plano de Contingência para Mossoró e a expansão dos leitos que deve atender a população do município e região.

Fátima (na tela) e Rosalba conversaram por videoconferência (Natal-Mossoró) nesta segunda-feira (Foto: PMM)

“A perspectiva é que possamos criar 170 novos leitos. Mas uma das principais pendências é o efetivo de médicos e equipes de enfermagem que possam dar conta da demanda. Convocamos os aprovados no último concurso e, devido à gravidade da pandemia, estamos trabalhando para viabilizar a contratação temporária de novos profissionais e suprir a necessidade dos hospitais”, disse.

Quanto aos novos leitos para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), ela adiantou que estão sendo firmados os últimos preparativos para que as unidades estejam funcionando, no máximo, até a próxima segunda-feira (6).

A prefeita de Mossoró solicitou apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), para aquisição de material hospitalar que possibilite montar uma ala de 20 leitos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Raimundo Benjamim Franco, também conhecida como UPA do Belo Horizonte.

De acordo com a prefeita, o espaço, de iniciativa municipal, seria destinado aos pacientes que precisam ficar em observação mas que ainda não necessitam estar em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ela também solicitou reforço nas divisas com o Ceará, estado que soma alto número de casos no país, atrás apenas de São Paulo e Rio Janeiro.

Novos leitos

No Hospital da Polícia militar serão criados 25 novos leitos. O Hospital São Luiz está em negociação para a criação de 20 leitos de UTI e mais 20 enfermarias.

Já no Hospital Rafael Fernandes serão 18 leitos, enquanto que na Casa de Saúde Dix Sept Rosado (CSDR)/Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC) serão 10 UTIs e 40 Unidades de cuidados intermediários (UCI/enfermarias).

No Hospital Regional Tarcísio Maia serão 20 novos leitos de UTI e 7 UCI, além de mais 10 leitos de estabilização nas UPAs.

Nota do Blog - Esses números apresentados por Estado e Prefeitura de Mossoró como “novos” sinceramente fogem à realidade. Boa parcela desses leitos já existe e sob ocupação. Como novos?

Parece que elas subdimensionam o problema. Torço para estar muito errado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Lion - Banner - 17-08-19
segunda-feira - 30/03/2020 - 18:50h
Mossoró

Apesar da chegada de vacinas, falta produto em UBS’s


Atendimento em veículos é programado por PMM (Foto: PMM)

Três webleitores enviam queixa ao Blog Carlos Santos sobre a vacinação contra a Influenza H1N1 em Mossoró. A programação que dá vazão à terceira remessa do produto (veja AQUI), com 14 mil doses, faltou em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).

Robson Duarte, por exemplo, desabafou:

- “Boa tarde. Gostaria de relatar um caso que aconteceu comigo hoje (segunda-feira, 30.03.2020), 14h30h, quando me desloquei até à UBS do Abolição para tomar a vacina e quando cheguei lá fui informado que tinha acabado. Fui para a UBS do Doze Anos, como também Alto da Conceição e Pereiros, que funcionam no mesmo prédio. Em todas fui informado que já tinham acabado.”

O outro lado

A municipalidade foi procurada por essa página para se pronunciar. Sua área de Comunicação Social deu a seguinte resposta:

- Pode ter acabado em algumas UBS´s que têm demanda maior – ponderou.

“A remessa chegou no sábado (28).  Foram 14 mil doses destinadas, que correspondem à terceira cota enviada pelo Ministério da Saúde. Amanhã a Prefeitura vai realizar vacinação por “drive thru”, vacinação sem sair do carro, na Estação das Artes Elizeu Ventania, exclusivamente para os idosos que ainda não foram imunizados nas Unidades Básicas de Saúde. A vacinação vai começar das 8h às 12h e das 14h às 17h. Para se vacinar o idoso ou responsável precisa apresentar documento oficial com foto e Cartão de Vacina”, concluiu.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
segunda-feira - 30/03/2020 - 12:12h
Campanha nacional

Prefeitura recebe cota de 14 mil doses contra Influenza


A Prefeitura Municipal de Mossoró recebeu reforço ao seu trabalho imunológico. Está com a terceira remessa que o Ministério da Saúde encaminha para Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1.

As doses foram distribuídas entre as 45 salas de vacinação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e hospitais da cidade.

A Prefeitura de Mossoró já imunizou mais de 20 mil idosos e profissionais de saúde, tendo a meta de vacinar até o dia 15 de abril 35 mil indivíduos desses dois grupos prioritários.

A vacina que o Ministério envia é a trivalente que protege contra os tipos de Influenza A (H1N1 E H3N2) e Influenza B.

Ela não é destinada à prevenção contra a Covid-19, o novo Coronavírus.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Repet
sábado - 28/03/2020 - 09:00h
Alerta

Mossoró soma 13 casos de coronavírus com 8 novos registros

Secretaria Municipal de Saúde também investiga um óbito com suspeita do novo vírus, ocorrido dia 25

A Secretaria de Saúde de Mossoró recebeu, na noite desta sexta-feira (27), a confirmação de mais oito casos do coronavírus no município. Veja abaixo um resumo do quadro clínico dessas pessoas e o perfil delas.

Cinco pacientes estão em isolamento domiciliar, encontram-se bem, alguns já não apresentam mais sintomas. Dois em internamento hospitalar, mas estão estáveis.

Uma paciente internada em UTI ainda inspira cuidados, mas está estável.

Pacientes em isolamento domiciliar: três mulheres de 31, 35 e 40 anos. Dois homens de 37 e 65 anos.

Pacientes em internamento hospitalar: uma mulher de 47 anos e um homem de 61 anos; uma mulher internada em UTI de 50 anos.

Em números atualizados, Mossoró conta agora com 13 casos do novo coronavírus. Em breve os números de suspeitos, descartados e confirmados serão atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP).

A Secretaria de Saúde de Mossoró também está investigando um óbito que ocorreu no dia (25), de uma mulher de 67 anos, com comorbidade. Amostras foram recolhidas e encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte Dr. Almino Fernandes (LACEN/RN) para descartar ou não a suspeita do coronavírus.

Assim que os resultados estiverem prontos a Sesap deve divulgar em seu boletim epidemiológico.

Com informações da Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 27/03/2020 - 11:12h
Oficial

Mossoró tem mais 3 casos de coronavírus e salta para 5


A Secretaria de Saúde de Mossoró confirma mais três casos do novo coronavírus na cidade. Atualmente Mossoró passa a contar com cinco casos confirmados do Covid-19.

Mossoró tem informações adiantadas pela própria municipalidade (Foto: De Fato)

Ontem,26, o boletim epidemiológico havia confirmado um caso em Mossoró.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESAP), deve anunciar até o fim do dia o quantitativo geral do Rio Grande do Norte de casos suspeitos e confirmados.

Com informações da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Saúde
  • Repet
sexta-feira - 27/03/2020 - 09:32h
Utilidade pública

Fique atento a eventuais sintomas do coronavírus


Alerta contra o coronavírus. Veja abaixo algumas dicas para que você esteja atento e possa tomar providências, se for o caso, conforme orientações médicas:O banner é da Prefeitura Municipal de Mossoró. O Blog Carlos Santos divulga sem qualquer ônus ao erário e, por enxergar, exponencial interesse público nas informações, em nome da coletividade.

Venceremos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Comunicação / Saúde
quinta-feira - 26/03/2020 - 19:08h
Situação de rua

Prefeitura anuncia abrigo a pedintes, vereador agradece ação


As pessoas em situação de rua em breve terão um abrigo para proteção durante a pandemia do coronavírus. A iniciativa é da Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social.

Município faz ações importantes (Foto ilustrativa)

O local está sendo definido, observando o quantitativo de pessoas que é assistido em Mossoró, além dos aspectos sanitários e de segurança.

Segundo dados do Consultório na Rua, Mossoró conta com 95 pessoas em situação de rua atendidas regularmente com ações de saúde e políticas públicas por meio de integração sócio-assistencial.

Na última sexta-feira (20), o vereador Petras Vinícius (DEM) alertou o município para a urgência no socorro a essa população excluída. Em suas redes sociais nesta quinta-feira (26), ele agradeceu à municipalidade por lhe ter ouvido, mas reiterou que é preciso pressa nas decisões e ações.

Condições degradantes

“Lembro que já tínhamos mostrado um quadro geral sobre a vida dessas pessoas que perambulam pela cidade, ocupando principalmente praças e portas de prédios públicos e privados, em condições degradantes”, citou.

“Além do abrigo, kit de higiene pessoal, assistência médica e alimentação, precisamos estar mais presentes. A municipalidade terá sempre nosso apoio e colaboração ao enxergar esse contingente humano de forma diferenciada”, disse, citando ainda o trabalho de voluntários do grupo “Dom de Amar, que assistem segmentos mais vulneráveis.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Saúde
  • Repet
quarta-feira - 25/03/2020 - 11:31h
Mais problemas

Unidades de Saúde não possuem mais vacinas contra Influenza


Do Blog Carol Ribeiro e Blog Carlos Santos

No segundo dia da campanha de vacinação contra a Influenza em Mossoró, nessa terça-feira (24), as doses das vacinas na maioria das unidades de saúde de Mossoró não foram mais encontradas.

Influenza tem prioridades (Foto ilustrativa)

As vacinas contra a gripe deve imunizar idosos a partir dos 60 anos, e profissionais de saúde, nessa primeira etapa.

“Após um ‘via crucis’ em quatro UBS’s aqui próximo de casa uma constatação: acabou a vacina para gripe. Só sexta-feira próxima. Foi a previsão passada pelos funcionários”, informa uma fonte ao Blog Carlos Santos.

O outro lado

A Prefeitura de Mossoró enviou nota de esclarecimento sobre o assunto. Segundo o Executivo, a Secretaria de Saúde aguarda novo lote de vacinas contra Influenza enviado pelo Ministério da Saúde.

A secretária Municipal de Saúde, Saudade Azevedo, explica que Mossoró recebeu um lote com aproximadamente 16 mil vacinas, que foram distribuídas entre as 45 salas de vacinação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e hospitais da cidade.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Saúde
quarta-feira - 25/03/2020 - 10:39h
Mossoró

Quase 900 terceirizados vivem sem salários e são ignorados


Centenas de terceirizados que prestam serviços à Prefeitura Municipal de Mossoró, gestão Rosalba Ciarlini (PP), sentem sobrecarga em suas vidas e de suas famílias com a expansão do coronavírus e o medo que ele impõe. Mas há algo de maior urgência entre essas pessoas: fome.Várias terceirizadas mantêm seus empregados em regime de semiescravidão, pois trabalham e não recebem. E não existe perspectiva de pagamento de salários atrasados e outros direitos, como vale alimentação. Também falta Equipamento de Proteção Individual (EPI) para muitos deles que trabalham em situação de risco.

Levantamento feito pelo Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Higienização e Limpeza do Rio Grande do Norte (SINDLIMP/RN) aponta que pelo menos 890 trabalhadores estão passando privações. “Estão na miséria e quase ninguém fala por eles”, se revolta Aldeíza de Sousa, dirigente sindical. “Fica jogo de empurra entre essas empresas e prefeitura”, complementa.

A empresa Troia Assessoria e Serviços Técnicos LTDA perdeu contrato e deixou 140 pais e mães de família sem receber as verbas rescisórias.

A Athos Assessoria e Serviços Terceirizados tem um estrago ainda maior. São 200 empregados que servem à pasta da Saúde, 200 à Educação e mais 150 à pasta de Administração e Recursos Humanos. Todos passam privações extremas com suas famílias.

A Estratégica Serviços e Representações EIRELI aglomera 200 terceirizados sob sua responsabilidade, também penando para receber em dia.

Leia também: Desprezo – Sem salários e com fome, terceirizados pedem socorro.

O agravante, no caso da Athos, por exemplo, é que recentemente ganhou dois novos contratos (veja AQUI), que passam de R$ 1 milhão e 260 mil reais. Um deles, inclusive, sem licitação. Em 2019, ela faturou mais de R$ 10 milhões com a prefeitura (veja AQUI).

Terminou o ano ainda com outra boa notícia e garantia de cofres cheios. Recebeu contrato de quase R$ 17 milhões (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Repet
quarta-feira - 25/03/2020 - 08:10h
Prevenção

Equipe de saúde compra o próprio equipamento de proteção


Na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do São Manoel, em Mossoró, os funcionários fizeram uma “vaquinha” e compraram seus próprios Equipamentos de Proteção Individual.Sabem que lidando diretamente com público numeroso e socialmente diverso, acabam sendo também potenciais hospedeiros e transmissores do coronavírus.

Cansaram de esperar pela municipalidade.

Nas redes sociais, eles divulgam a iniciativa que recebe compartilhamento e apoio de um sem-número de pessoas. Ao mesmo tempo, apelam com uso de cartazes, que a população “fique em casa”.

É, não está fácil.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais / Saúde
terça-feira - 24/03/2020 - 11:18h
Endemia do desprezo

Sem salários e com fome, terceirizados pedem socorro


Temos recebido apelos de empregados terceirizados que servem a empresas prestadores de serviço na Prefeitura Municipal de Mossoró.

Quadro é de abandono e fome em casa.

Desespero.

Ouvi choro pelo fone, pedido de socorro.

Salários em atraso e desprezo.

Dificuldade até para localizar algum vereador-padrinho do emprego.

Transmito e sou um pouco do eco dessa gente.

Antes, muito antes do coronavírus, eles já viviam a endemia do desprezo e do seu uso como força de trabalho quase escrava.

Não posso reproduzir os áudios e as conversas travadas, em respeito às fontes, que também temem – mesmo com essa situação – perda do emprego e outras perseguições.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais / Política
  • Lion - Banner - 17-08-19
segunda-feira - 23/03/2020 - 21:20h
Apelo

Pessoas em situação de rua precisam de socorro urgente


O vereador Petras Vinícius (DEM) volta a cobrar uma posição da Prefeitura Municipal de Mossoró quanto a ofício de sua autoria direcionado ao comitê instalado pela prefeitura sobre trabalho de humanização das pessoas em situação de rua. O avanço da pandemia do coronavírus torna ainda mais urgente uma ação ágil.

Petras: pedidos que têm urgência (Foto: arquivo)

Ele solicitou à Prefeitura de Mossoró, nesta sexta-feira (20), que o Comitê Municipal de Supervisão, Monitoramento e Gestão de Emergência em Saúde Pública também ofereça assistência à população em situação de rua contra o Covid-19.

O parlamentar, em parceria com o grupo Dom de Amar, propôs disponibilização de local, com chuveiros e pias, para que esse contingente humano tenha higienização pessoal e de suas vestes, além de outros cuidados que dificultem a disseminação do vírus.

“Também pleiteamos kits de higienização para esse público, contendo creme dental, escova de dente, sabão, álcool em gel, máscara facial. E que todas as pessoas em situação de rua sejam incluídas no grupo prioritário de vacinação contra gripe e H1N1”, acrescenta.

Exemplo de Natal

Petras reivindica ainda equipamento público para o programa Consultório na Rua, a fim de proporcionar atendimento humanizado e melhor acomodação, principalmente, os que compõem o grupo de risco. Os pleitos estão contidos no Ofício 02/2020/GVP/CMM.

Em Natal, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) garantiu operação emergencial para atendimento a pessoas em situação de rua.

Em Mossoró, o serviço que vem sendo realizado está aquém ainda da demanda e necessidades dessas pessoas.

No âmbito da municipalidade, é resguardada a informação de que a gestão não tem meios agora para atender plenamente esses pleitos. E o quadro de aumento da pressão com o coronavírus torna tudo ainda mais delicado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Política / Saúde
segunda-feira - 23/03/2020 - 14:12h
Calamidade Pública

Município fecha comércio e toma outras medidas


A Prefeitura de Mossoró publica nesta segunda-feira (23), o Decreto nº 5631 que declara situação de calamidade pública no âmbito do município e dispõe sobre medidas temporárias de prevenção, controle e enfrentamento ao contágio pelo coronavírus COVID19.

Dentre as iniciativas estão restrições ao funcionamento do comércio, suspensão das atividades do Mercado Central e mercado do Vuco-Vuco e de eventos públicos e privados.

De acordo com o texto, as medidas são válidas até 30 de março de 2020.

Com o decreto está suspenso o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto agências bancárias, padarias, supermercados, postos de gasolina, clínicas e farmácias veterinárias, pet shops, transporte coletivo, hotéis e serviços fúnebres.

A medida determina que o Mercado Central e Mercado Vuco-Vuco Lindon Johnson Vieira devem permanecer fechados até a data estipulada.

A Central de Abastecimento Prefeito Raimundo Soares (mercado da COBAL), o Mercado João Félix (Mercado da Carne e Ave) e o Mercado Pedro Freire da Costa (Mercado do Alto da Conceição) funcionarão observando o disposto no art. 10 do Decreto estadual n. 29.541, de 20 de março de 2020, destinadas unicamente para a comercialização de gêneros alimentícios, sendo vedadas quaisquer outras atividades, e encerrará suas atividades abertas ao público às 12h.

O decreto também suspende por 90 dias a realização e a concessão de licenças para realização de shows, feiras, congressos e demais eventos similares, públicos ou privados, gratuitos ou onerosos, em recinto aberto ou fechado ao público, em Mossoró.

Com isso, o Mossoró Cidade Junina foi cancelado. As medidas definidas neste decreto serão avaliadas periodicamente pelo Comitê Municipal de Supervisão, Monitoramento   e   Gestão   de   Emergência   em   Saúde   Pública.

O Decreto nº 5631 está disponível na edição desta segunda,23, do Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

*Com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Mossoró.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.