• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
quinta-feira - 08/06/2017 - 11:24h
Chapa Dilma-Temer

Diante da TV Justiça


Depois de passar o dia de olhos esbugalhados e tímpanos afiados diante da TV Justiça, que mostra suposto julgamento processual da chapa Dilma-Temer, você ainda acha que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) trata de questões eleitorais?

Francamente!

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Só Pra Contrariar

Comentários

  1. João Claudio diz:

    O brasil é o único país do mundo onde existe ”justiça(???) eleitoral”, e mesmo assim, é avacalhada.

    Se não fosse avacalhada (♫Muuuuuuuuuu!), Caixa 2 não existia. Concordam?

    A proposito, alguém conhece algo que seja levado a sério nesse país?

  2. João Claudio diz:

    Invenções genuinamente verde e amarela que estão dando certo no país das bundas.

    1) Explosão de caixas eletrônicos.

    2) Telefonemas de presidiários dizendo que sequestrou o filho ou filha de alguém.

    Ambas as invenções funcionam a pleno vapor e nas ”barbas” da justiça(???).

    Mesmo sendo GRANDE INVENÇÕES KKKKKKKKKKK, nenhum país sério quer importa-las KKKKKKKKKKKKKKKK

    Em criatividade, NINGUÉM supera o brasileiro. Em ladroagem, também não. É fato.

  3. João Claudio diz:

    Comentário de um expert em assuntos circenses, João Claudio.

    -Éééééé….ééééée, a duvida de todos os presentes sobre a lona do Gran Circo Tse Ridiculus, é:

    - Será que, se surgir um vídeo (fato novo) onde o mordomo e a Iolanda aparecem cortando a cabeça de uma criança em um ritual de magia negra no interior do palácio do planalto, o tse terá elementos suficiente para cassa-los? Ou será solicitado um pedido de ”vistas” pelo Boca de Cururu Teti Tei?

    Essa, Senhores, é a grande duvida sobre o The End dessa peça teatral que já dura 3 dias, até porque, o ”ator principal”, Boca de Cururu Tei Tei, é um ferrenho defensor de bandidos.

  4. naide maria rosado de souza diz:

    Estou apreciando o Min. Herman Benjamin. Gostei dele. É sereno, elegante. Em contrapartida, Gilmar Mendes está meio insuportável. Luiz Fux, a par de brilhante inteligência, traz uma peruca muito generosa. Imagino o calor que provoca.
    Sim, acredito que o TSE trate de questões eleitorais. Todavia, esse julgamento é grave demais. Expõe falcatruas de bilhões de dólares, aquele montante sobre o qual falei ontem. Difícil calcular, transformando-o em notas, o espaço físico em que caberiam. Desse modo, para esclarecimento de um juiz, entendo como válidas provas supervenientes, sem serem consideradas “extra petita”, se interferirem no resultado. A meu ver, a Odebrecht, mesmo se não citada na inicial,está entranhada nas doações ilícitas. Concordo que até os índios do Alto Xingu não a desconhece. Alto Xingu, por minha conta. O sentido, de Herman. Gostei quando Fux mencionou o avestruz escondendo a cabeça, como para ignorar, não ver. Valeu, mesmo que o avestruz apenas encoste a cabeça no chão para ouvir alguma aproximação inimiga, aproveitando para se esconder um pouco.
    Então, se retirarmos as “fogueiras das vaidades”, trata-se de questão eleitoral. Poucos escapam dessas fogueiras.
    A propósito, chamei os ministros pelos nomes. Não considerem desrespeito. Estamos conversando.

  5. Carmem diz:

    Disse tudo com poucas palavras.

  6. Amorim diz:

    Suposto jugamento! Perfeito! Nunca disseste tanto em tão pouco.

  7. François Silvestre diz:

    Esse processo é o famoso tiro no pé. O PSDB provocou o TSE contra o PT. Uma Ministra do TSE votou pelo arquivamento. A presidente era Dilma. Gilmar Mendes, ex-advogado da União do Gov. FHC, abriu divergência e argumentou sobre a necessidade de continuar investigação e julgamento. Ocorre que o tempo limou os fatos, alisando-os noutra realidade. Agora, o presidente é Temer. Gilmar Mendes faz malabarismos para explicar o inexplicável. Para desdizer o que disse. Tudo patifaria da nossa “ordem” legal. Com juristas desse tipo, que tipo de justiça nós esperamos?

  8. naide maria rosado de souza diz:

    Herman Benjamin nada, corajosamente, contra tsunamis provocadas por ministros que não deveriam estar ali, impedidos pelo bom juízo de nomeações recentes feitas pelo presidente Temer e por Gilmar Mendes que “faz malabarismos para explicar o inexplicável” como disse o admirável François Silvestre.
    Incluindo o Relator, absolvo outro personagem, com possibilidade…possibilidade de mais um, no teatro que estamos assistindo. Se o Imponderável de Almeida não surgir, nada poderemos esperar da justiça. Claramente contaminada.
    Sim, Jornalista Carlos Santos, trata-se de “suposto julgamento”. Nós, mero espectadores de uma farsa.

  9. naide maria rosado de souza diz:

    Sim, Jornalista Carlos Santos. Você não mentiu, nem exagerou. Erradamente, pensei que duas andorinhas com uma meio a caminho, pudessem fazer verão. Não podem. São massacradas, mesmo que em voo perfeito, por uma turba de capa preta…urubus.
    Os urubus ignoram o povo, a opinião pública, num desprezo lamentável que fomenta maus pensamentos.

  10. naide maria rosado de souza diz:

    Se o Imponderável de Almeida surgir, se aparecer, por mais que as evidências digam o contrário, por não podermos nos antecipar a resultados, o fará por vergonha. Não deu o menor sinal de vida…até agora. Apatia retumbante.

Deixe uma resposta para Francy Granjeiro Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.