sexta-feira - 22/01/2016 - 07:53h
Bode expiatório

Governo culpa PM por violência sem controle e afasta comando


Após reunir a cúpula da Segurança Pública na tarde desta quinta-feira, 21, o governador Robinson Faria (PSD) anunciou a mudança do comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Os novos comandante-geral e subcomandante, entretanto, ainda não foram definidos. A previsão é que o anúncio dos nomes seja feito hoje, sexta-feira, 22.

Ângelo: queda esperada (Foto:Web)

As exonerações atingem o coronel Ângelo Dantas (Comandante-geral) e o coronel Dancleiton Pereira Leite. Há informação de que Dancleiton será alçado ao Comando Geral.

No dia 12 de dezembro passado, o subcomandante e Chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Durval de Araújo Lima, já havia sido exonerado. No dia 16, quem assumiu foi o coronel Dancleiton Pereira.

Morte

Mas já se falava à época, que o coronel Ângelo Dantas não resistiria muito tempo.

A morte da universitária Karoline de Melo (veja AQUI) teria sido a gota d’água, para o Governo tentar dar uma resposta à sociedade. Escolheu as cabeças do comando da PM para tal fim.

“Apesar da boa vontade e da honestidade, a Polícia Militar não se adequou na velocidade que a população e o governador esperavam no combate à violência”, justificou Robinson, realçando que mais mudanças podem ser determinadas a partir de resultados.

Prioridade

“Daqui para a frente, serei bem rigoroso no cumprimento de metas. E quem não cumprir as metas será afastado de seu cargo. Se não tiver eficiência, eu terei que mudar e mudarei até acertar”, apontou o líder do Executivo, assinalado que a Segurança Pública é uma prioridade para a sua gestão.

Nota do Blog – O pau quebrou do lado mais fraco. O próximo comando terá as mesmas dificuldades e provavelmente resultados parecidos.

O coronel Ângelo nunca foi, também, da preferência do próprio governador, que acabou fazendo a escolha por certas injunções que fugiram ao seu controle. Cairia de qualquer jeito.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. Jose Raimundo diz:

    Não estamos suportando mais, hj em Mossoró mataram meu primo, é triste ver um parente saindo pra trabalhar e ser morto na calçada de casa, por um bandido e saber que nada acontece, e ninguém faz absolutamente nada, acredito que a mudança do comando não vai mudar nada, precisamos fazer alguma coisa, do jeito que esta não da pra continuar…

  2. João Claudio diz:

    E se o Rob não cumprir as suas metas e não for eficiente no emprego que o povo lhe eu, quem o afastará do cargo?

  3. naide maria rosado de souza diz:

    Quer dizer o governador que o próximo comandante da PMRN chega adequado à modernidade, combaterá com velocidade. Como? Houve adequações substanciais em um dia ou dois? A PMRN recebeu reforços no contingente? Houve entrega de armas tão capazes quanto às dos bandidos? Ora, se foi realizado esse reforço meteórico não precisaria haver mudança no comando.

  4. Chagas Nascimento diz:

    Acho que o coronel Ângelo só cometeu um pecado.
    Assumiu este cargo, sabendo que não iria atingir as metas!
    A sua sorte, é que ele não vai se o único a cometer o mesmo pecado!

Trackbacks

  1. [...] é feito após exonerações promovidas ontem pelo governador Robinson Faria (PSD) – veja AQUI. Coronel Dancleiton: missão difícil (Foto: [...]

  2. [...] do Comando-Geral da Polícia Militar do RN (veja AQUI), o coronel Ângelo Dantas reagiu à decisão do governador Robinson Faria (PSD) através de [...]

Deixe uma resposta para naide maria rosado de souza Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.