• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
terça-feira - 15/07/2014 - 10:31h
Mossoró

“Nogueirão” caminha para ser municipalizado e “salvo”


A discussão em torno da municipalização do estádio Manoel Leonardo Nogueira, o Nogueirão, avançou na reunião realizada na tarde desta segunda-feira (14), na Secretaria Municipal de Administração.

Na ocasião, foram feitas duas deliberações: Uma equipe de engenheiros da Secretaria de Infraestrutura e Habitação fará uma avaliação técnica do estádio; já a Secretaria Municipal de Esportes fará uma reunião com os filiados da Liga Desportiva Mossoroense (LDM) para avaliar questões relativas ao estádio.

Glaudionora (à esquerda) conduziu reunião que foi considerada produtiva (Foto: PMM)

O último encontro está marcado para a próxima quarta-feira, 16, no Ginásio Pedro Ciarlini Neto, às 19h.

O objetivo da visita dos engenheiros ligados à Secretaria de Infraestrutura é verificar a estrutura física do estádio para, posteriormente, ser colocado no relatório, que será avaliado pelo Conselho Econômico e Administrativo do Município.

Quanto à reunião, o secretário municipal de Esportes, Abraão Dutra, se encontrará com os 14 membros da LDM para discutir a municipalização do estádio e questões relativas ao interesse da LDM em municipalizar o Nogueirão.

“Caso seja viável, pretendemos transformar o Nogueirão em uma grande praça de esportes, mas, deixando claro que ainda precisamos verificar se a municipalização é possível?, diz.

De acordo com o presidente da LDM, Francisco Bráz, a Liga possui uma dívida entorno de R$ 600 mil. “A LDM quer, sim, a municipalização. Essa decisão já foi tomada entre os membros. O próximo passo será a reunião dos 14 membros com o secretário para falar sobre esse nosso interesse na municipalização”, frisa.

Segundo a procuradora geral do município, Vânia Furtado, é necessário que a LDM entregue um documento, por escrito, ao Município, relatando o interesse de municipalizar o estádio para as discussões avançarem. “A partir da resolução dessas questões burocráticas, poderemos analisar a viabilidade em tornar o estádio um órgão do Município”, fala.

INTERESSE – Durante a reunião, a secretária de Administração – Glaudionora da Silveira – ainda mostrou o relatório prévio realizado pelo Conselho Econômico. Segundo ela, mesmo com a última decisão do Poder Judiciário de leiloar o estádio, o poder Executivo Municipal continuará demonstrando interesse na municipalização.

A secretária ainda acrescenta que caso o projeto de municipalização seja aprovado no Conselho Econômico e Administrativo, o documento será enviado para apreciação da Câmara Municipal de Mossoró.

Estiveram presentes na reunião, a secretária municipal de Administração, Glaudionora Silveira, o secretário municipal de Esportes, Abraão Dutra, o presidente da LDM, Francisco Bráz, o assessor jurídico da LDM, José Carlos, o secretário municipal de Infraestrutura e Habitação, José Couto Filho, e a procuradora-geral do município, Vânia Furtado.

Com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Mossoró.

Nota do Blog – A municipalização é uma saída, não a única, para o Nogueirão. Chega de “estelionato” político-eleitoral com esse patrimônio dos mossoroenses.

Precisamos aplaudir a iniciativa do prefeito Francisco José Júnior (PSD). Promessa de campanha foi abrir essa discussão e levá-la a bom termo. Começou bem.

O Governo Municipal precisa ver o futebol como elemento de inclusão social, instrumento suplementar das políticas públicas de saúde e educação.

A própria propaganda pública nos clubes profissionais precisa ser melhor aproveitada, com os ídolos do futebol participando de oficinas de futebol, servindo à divulgação de programas municipais e fomento à prática esportiva nos bairros e zona rural.

Campos e mais campos de futebol podem ser feitos, deixando a juventude entretida, envolvida e longe de atrativos subalternos ou marginais.

O Nogueirão pode ter função multiuso, com aproveitamento de sua parte externa para lojas ou escola profissionalizante etc.

Há muito a ser feito e o futebol é importante.

Categoria(s): Administração Pública / Esporte

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    “O Nogueirão pode ter função multiuso, com aproveitamento de sua parte externa para lojas ou escola profissionalizante etc.”
    Não vai ter função multiuso coisa nenhuma.
    Vai ser é trocado por um campinho de futebol que será construído na estrada ASSU/MOSSORÓ. Quem sabe exatamente o local onde sera o campinho é o Vereador Genivan Vale, que declarou no programa do Haroldo Jácome que o campinho será construído depos do posto da Polícia Rodoviária Federal, saída para Natal.
    Se já sabem até onde o campinho será construído para ser trocado pelo NOGUEIRÃO…
    Por que não assinam um termo de compromisso de que em hipótese alguma o NOGUEIRÃO será trocado por um campinho de futebol na estrada ASSU/MOLSSORÓ?
    Por que uma comissão de vereadores já visitou o local onde será construído o campinho?
    Quanto vale o NOGUEIRÃO e quanto vale o campinho?
    O MINISTÉRIO PÚBLICO deve acompanhar atentamente este caso.
    Os desportistas mossoroenses não podem aceitar isto caladinhos.
    Vão acabar de vez com o futebol em Mossoró e de quebra levar à falência quase todas as lojas do centro de Mossoró, já que o supermercado que será instalado onde hoje é o NOGUEIRÃO pratica Dumping. E o desemprego de comerciários será gigantesco.
    Ferlizmente a OPERAÇÃO VULCANO está em fase de conclusão.
    ////
    A LEI 3068, LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES PRECISA SER REVOGADA.
    EM 2008, POR FORÇA DE UM TAC ESTA IMORALIDADE FOI EXTINTA.
    CADÊ O RELATÓRIO DA AUDITORIA REALIZADA NA PREFEITURA?
    É PRECISO REALIZAR UMA AUDITORIA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ.

  2. AVELINO diz:

    Tus acreditam mesmo nisso??? Talvez em 2026, se tivermos uma recaída de uma outra copa do mundo por estas terras brasilis, agora tendo Mossoró como sede e se qualificando para fazer parte da farra das construções de novos estádios… Realmente, agora já temos até “know how” de como obter sucesso ao fazer uma copa do mundo… Tirando a nossa seleção, no resto parece que foi um grande sucesso!!!

  3. Rita diz:

    Era só o que faltava!!! aff

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    O NOGUEIRÃO caminha a passos céleres para ser trocado pelo campinho de futebol na estrada ASSU/MOSSORÓ. Hoje a LDM, por unanimidade, aprovou a municipalização do NOGUEIRÃO.
    Agora é só enviar o projeto de troca do NOGUEIRÃO pelo campinho de futebol, que segundo GENIVAN VALE fica na estrada MOSSORÓ/ASSU, depois do posto da PRF, saída para Natal.
    MINISTÉRIO PÚBLICO, quanto vale o terreno onde está o NOGUEIRÃO e quanto vale o campinho de futebol que fica a léguas de distãncia de Mossoró? Como aceitar a troca de 20 por 1? O NOGUEIRÃO vale 20 ou mais vezes do que o campinho de futebol. O futebol mossorense irá desaparecer. Quem vai assistir a jogo de futebol a léguas de distãncia para na volta estar sujeito a bafômetro e fiscalização rigorosa da PRF?
    Se os jogos sendo disputados no NOGUEIRÃO, praticamente no coração da cidade, as rendas são irrisórias, imagine num campinho na estrada MOSSORÓ/ASSU.
    Onde hoje é o NOGUEIRÃO será contruído um mega supermercado que atua em diversos segmentos. Vai da venda de gênros alimentícios, passando por pneus, troca de óleo, confecções, calçados, bateria para carro, troca de óleo e tudo o mais que você possa imaginar. No centro de Fortaleza muitas lojas fecharão. Não há como concorrer com um supoermnercado que pratica dumping, além de oferecer estacionamento e segurança aos seus clientes. Quem ainda for ao centro vai ter que enfrentar o achaque dos flanelinhas e os assaltos.
    O desemprego será enorme.
    Mas o que isto importa a vereadores que mais interessados estão em outras coisitas…
    ////
    OS ALUNOS BEBEM ÁGUA NÃO FILTRADA NAS ESCOLAS DE MOSSORÓ. UM PÃO E UM GOLE DE CAFÉ PARA OS ALUNOS QUE CHEGAM FAMINTOS ÀS ESCOLAS MUNICIPAIS.

Trackbacks

  1. [...] de Mossoró mobilizou equipe de secretários para trabalhar ideia de municipalização (veja AQUI). Agora, percebemos que tudo não passa de uma manobra, que pode transformar municipalização em [...]

Deixe uma resposta para Rita Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.