terça-feira - 31/12/2013 - 09:33h
Balanço positivo

Saúde ganha investimentos em Apodi em meio à forte crise


Difícil encontrar uma ilha de excelência na saúde pública do Rio Grande do Norte. Do país, também. Apodi não é essa exceção, mas claramente avança em meio às dificuldades conjunturais, estruturais e históricas, para atenuar deficiência no atendimento público.

Atendimento é ampliado, mesmo com conjuntura desfavorável

Essa é a visão do prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB) sobre o primeiro ano de seu governo, depois de décadas de um modelo arcaico, meramente clientelista e assistencialista, na relação prefeitura-cidadão, na área de saúde.

Embora sofra as mesmas dificuldades financeiras das demais prefeituras do Brasil, ele conseguiu driblar a crise em vários aspectos e ampliou de três para nove, o número de equipes do Programa Saúde da Família (PSF). Além disso, equipou as bases de apoio da estratégica Saúde da Família.

Coloque-se nessa contabilidade favorável, o início de construção de mais três Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos sítios Córrego, Santa Rosa e Arção. “As populações dessas áreas tão importantes esperavam há mais de 30 anos pela chegada desse equipamento”, afirma.

Maternidade Claudina Pinto

No início da gestão, mesmo sem ter a plena dimensão da “herança” recebida e convivendo com pressão de receitas municipais em queda, ele determinou repasse de R$ 30 mil para a Maternidade Claudina Pinto.

Vista como de suma importância para o sistema de saúde municipal, a Claudina Pinto passou a receber 90 mil reais de repasse do Executivo, permitindo a contratação de novos profissionais e melhoramento na estrutura física do prédio.

“O Teste da Orelhinha, por exemplo, é um dos novos serviços ofertados na Maternidade. O exame feito com recém-nascidos é importante para diagnosticar previamente possíveis problemas no sistema auditivo”, assinala o prefeito.

O Samu Alto Oeste surgiu através de parcerias públicas, estando localizado em ponto estratégico. “O Centro de Especialidades Médicas (CEO) ganhou novos equipamentos, boa estrutura física e os profissionais de saúde bucal atendem diariamente realizando canais, próteses, cirurgias e tratamentos complexos com gratuidade”, relata.

Unidade Móvel Odontológica é um equipamento diferenciado

Nesse complexo sistema, também foi implantado o Odontomóvel, “com recuperação de um veículo da Secretaria de Saúde, que leva atendimento odontológico para as comunidades carentes”.

Mudança

A Prefeitura do Apodi também adianta que outro destaque “é a ampliação do número de médicos contratados que foram mais uma vez reforçados com a chegada de duas cubanas através do Programa Mais Médicos do Governo Federal.”

Num rápido balanço, o prefeito recorre a dados que mostram o estágio depreciativo da Saúde em Apodi, quando assumiu governo em janeiro deste ano.

“A Atenção Básica de Saúde estava desestruturada, com poucos médicos atendendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), locais de atendimento precários, alguns programas parados e a Maternidade Claudina Pinto sem condições de funcionamento”, conta.

Em sua ótica, foi a partir da implantação da Central de Regulação de Consultas e da efetivação do Centro de Especialidades Médicas (CEM) com pediatra, cardiologista, ginecologista, obstetra, gastroenterologista e ortopedista, “que tudo começou a mudar”.

Com informações da Prefeitura do Apodi

Categoria(s): Administração Pública / Saúde

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Enquanto Apodi dá uma verdadeiro “banho” em Mossoró em termos de Saúde, temos que conviver com este faz de conta sem fim.
    Sabem quantos toques retais foram feitos durante o NOVEMBRO AZUL?
    NENHUM!
    Apenas o exame de PSA o médico solicitava, coisa que poderia perfeitamente ser feito durante uma consulta rotineira numa destas UBS.
    O mais incrível é que mesmo apresentando um PSA alterado e SOLICITANTO, como eu solicitei, ao médico que fizesse o toque retal, ele não atendeu.
    Apenas me orientar a fazer novo PSA em outro laboratório.
    Será que o laboratório que fez o exame do meu PSA não é confiável?
    Estou aguardando o resultado de uma biópsia há 50 dias.
    CINQUENTA DIAS AGUARDANDO O RESULTADO DE UMA BIÓPSIA.
    Ontem às 11:10 a UBS CHICO PORTO ESTAVA FECHADA e com cadeado na porta.
    Será que ninguém adoece no de 30 de dezembro em Mossoró?
    Hoje nem vou perder tempoi e gastar gasolina passando lá.
    Amanhã é feriado.
    Quinta e sexta estão tão convidativos a um “enforcamento”, até porque as crianças estão de férias e o tempo convidativo a uma praia…
    Remédios de distribuição gratuita, cujas verbas foram repassadas pelo SUS, nem pensar em receber.
    Às vezes eu penso que escrevo em javanês todas estas denúncias.
    Será que ninguém nunca vai tomar uma providência para acabar com esta pouca vergonha que acontece na Saúde em Mossoró?
    O pior é que se houver eleição suplementar os mossoroenses, para “não perder o voto” votarão no rodo ou na vassoura.
    Será que nasceram para a faxina?
    Mossoró levando um “banho” de Apodi.
    A que ponto levaram esta cidade tão rica?
    ////
    A FÉ SEM CARIDADE É COMUNHÃO SEM CONFISSÃO.
    Inácio Augusto de Almeida

  2. Rony Maia diz:

    Mas essa cidade, não é no RN não, né? afff

  3. José Nildo diz:

    Um verdadeiro quilombo popular…como um prefeito sem apoio governamental pode fazer a diferença…apoio popular e novo foco de prioridades…parabéns Apodi! aos poucos a sociedade colherá a liberdade…não é fácil, mas a dignidade libertará a terra querida!

  4. François Silvestre diz:

    Esse depoimento de Inácio Augusto de Almeida é um libelo-crime acusatório contra os que fazem a saúde pública da nossa terra. Está assim em quase todo canto, da Capital ao interior. Esse modelo mossoroense está sendo seguido e copiado. O que valoriza essa notícia boa sobre Apodi. A reclamação do comentarista merece reflexão.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Caro François Silvestre
      “Esse modelo mossoroense está sendo seguido e copiado.”
      Permita-me um reparo.
      Não é o modelo mossoroense que está sendo copiado.
      Este modelo foi criado e implantado por estas empresas de resultados e está se fazendo presente em todos os municípios onde atuam estas, digamos, assessorias.
      A falta de medicamentos tornou-se um padrão em quase todos os municípios.
      Os NORTEADORES orientam os prefeitos na compra de remédios na rebaixa, remédios com data de validade próxima do vencimento. Ensinam os prefeitos a não comprarem todos os remédios de distribuição gratuita, deixando a cada mês determinados medicamentos em falta.
      Com os profissionais da saúde fazem um acordo tácito, não combinado entre as partes, no sentido do profissional dar menos horas de trabalho e em troca receber um salário menor. No popular diríamos que o profissional finge que trabalha e o município finge que paga.
      O povo? O povo não pode fingir nada. O povo fica se lixando de verdade.
      Mas que ninguém pense que a ação nefasta destas empresas está circunscrita à Saúde.
      Na Educação eles provocam danos incomensuráveis.
      Viajando pelo Nordeste observei que em todas as cidades onde estas empresas de resultados atuam o CUSCUZ COM OVO FRITO SEM CAFÉ está presente na MERENDA ESCOLAR.
      O que tem de mau CUSCUZ COM OVO FRITO SEM CAFÉ?
      Tem que as crianças não conseguem engolir e passam a rejeitar este tipo de merenda. Sabedores disto, os fornecedores da MERENDA ESCOLAR passam a fornecer bem menos fubá de milho e ovos, já que apenas os alunos com mais necessidade da merenda, a custo de muitas caretas, conseguem engolir o famigerado CUSCUZ COM OVO FRITO SEM CAFÉ.
      Quando a MERENDA ESCOLAR não se constitui de CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ, empurram bolachas com prazo de validade vencido e uma gororoba qualquer, que pode ser um bat-gut ou um refresco feito com aqueles aromatizantes que lembram o Q-Suco das nossas infâncias.
      Aquela MERENDA ESCOLAR que aparece na televisão, crianças se alimentando com pratos coloridos por verduras e carnes, só mesmo na propaganda.
      Se o Governo Federal sabe de tudo isto?
      Sabe!
      A coisa é tão escandalosa que eu um dia me dirigi ao Secretário de Saúde de Martinópole-CE, FRANCISCO FONTENELLE JUNIOR, filho do então prefeito Francisco Fontenelle Viana, prefeito este que hoje responde a vários processos, mas que continua em liberdade, apesar de ter tido bens penhorados pela justiça, e perguntei a este Secretário de Saúde se ele não tinha medo do Governo tomar conhecimento do que ali acontecia.
      Resposta que recebi e que transcrevo na íntegra.
      O GOVERNO SÓ ESTÁ INTERESSADO NOS VOTOS QUE A GENTE DÁ A ELE.
      Disse isto e me deu as costas.
      Eles acreditam piamente na IMPUNIDADE.
      Levei este diálogo ao conhecimento do Promotor da cidade e ouvi do defensor da sociedade que arranjasse duas testemunhas, como se não fosse mais fácil arranjar duas testemunhas contra Fernadinho Beira-Mar na favela da Maré do que contra o filho do prefeito de uma pequena cidade do interior nordestino.
      Não é possível que as ouvidorias do Governo Federal não encaminhem as milhares de denúncias que diariamente o povo faz a estes setores.
      Não é possível que os serviços de informação do Governo Federal disto não tenham conhecimento.
      Vivemos no país da mentirinha, no país do não sei, nunca me disseram nada, nunca ouvi falar nisso.
      Quando foi passado um pente fino numa prefeitura qualquer para irregularidades não serem encontradas na aplicação das verbas do SUS e do FUNDEB?
      Só que as irregularidades são constatadas e fica tudo por isto mesmo, conforme falou o Secretário de Saúde de Martinópole-Ce, Francisco Fontenelle Junior.
      O pior é que fica mesmo.
      Aqui em Mossoró algum dia foi feita uma inspeção na MERENDA ESCOLAR?
      Alguém algum dia verificou por que o MATERIAL ESCOLAR não foi entregue?
      Quem se interessou em saber o por quê da NÃO entrega do UNIFORME ESCOLAR?
      Se o GOVERNO FEDERAL sabe disto?
      SABE!
      Informei isto através de e-mails às ouvidorias do MEC, FUNDEB e FALE COM A PRESIDENTA.
      Alguma coisa foi feita?
      Alguma criança deixou de frequentar a escola com camisa puída, calça remendada e sandália amarrada com arame?
      Alguém sequer verificou os sinais exteriores de riqueza dos gerenciadores destas verbas?
      Tudo isto se aplica também à Saúde e às verbas que vem com destinações específicas, como a verba que veio para amenizar os efeitos da estiagem e que teria que ser aplicada na construção de poços profundos, cisternas e instalação de dessalinizadores.
      Quem sabe da verba de UM MILHÃO de reais que veio para a construção de abrigos de passageiros de ônibus, aqueles banquinhos com um cobertura simples, tudo em cimento, e que apenas alguns foram construídos.
      O que foi feito deste UM MILHÃO? O que foi feito dos MILHÕES que vieram para amenizar os efeitos da estiagem?
      Isto só terá um fim quando PENALIZAREM estas empresas NORTEADORAS. E de que quebra levarem no rolo os contadores que mascaram estas despesas através de artifícios contábeis.
      Tem que responsabilizar o gestor, o secretário do setor, a empresa NORTEADORA e o contador que prepara a prestação de contas com números maquiados.
      Se mandarem TODOS os que participam da maracutaia, prefeito não consegue furtar sozinho, para a cadeia, a roubalheira diminui rapidamente.
      Não entendo por que os VEREADORES nunca são responsabilizados.
      Afinal a função deles é FISCALIZAR AS CONTAS DO PREFEITO.
      FISCALIZAM?
      Obrigado, Caro François, pela leitura do meu comentário.
      QUE DEUS NOS PROTEJA.
      /////
      É MENTIRA QUE A VERDADE CRIE PROBLEMAS. A VERDADE RESOLVE OS PROBLEMAS.
      Inácio Augusto de Almeida

  5. GILSON GUILHERME BEZERRA DE FREITAS diz:

    ##@## que justiça se faça. tive o prazer e a felicidade de conhecer de perto esta fantástica e moderna administração desse PREFEITO DIFERENCIADO. Essa cidade maravilhosa do APODÍ-RN. Está de parabens. Gente boa e sofrida com os ARREMEDEIOS ANTERIORES, hoje estão a observar um panorama totalmente diferente do antes… – O Prefeito FLAVIANO MONTEIRO, O VICE/PREFEITO JOSÉ MARIA, O SECRETÁRIO DA AGRICULTURA CHARTON RÊGO e demais SECRETÁRIOS, todos jovens, inteligentes, dinâmicos e compromissados totalmente com o pensar e executar advindo do Sr. Prefeito Municipal. Eu e o Ex-Prefeito da vizinha cidade de Gov.Dix-Sept Rosado, na pessoa do Dr. GILBERTO MARTINS, ficamos felizes com o que vimos nesta cidade. Sabemos das dificuldades por que hora passa a política e administrações pública de nosso Estado. De repente, descobrimos que dentro desse mesmo Estado, exatamente na Chapada do APODÍ, existe esse patrimonio politíco administrativo, dando aula de conhecimentos E SABEDORIA PARA COM SUA GENTE. FELIZ ANO NOVO DE 2.014 PARA ESSA GENTE MARAVILHOSA. Abraços sincero de Gilson d’Guilherme. ##@##

  6. Caio Múcio Pascoal diz:

    Parabéns prefeito. Que tantos outros sigam esse seu maravilhoso exemplo. A população de Apodi terá com certeza um ótimo ano de 2014

  7. François Silvestre diz:

    Obrigado pelos esclarecimentos, Inácio. E essa sua insistente denúncia sobre a merenda escolar é uma ação de utilidade publica. Parabéns!

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Caro François Silvestre
      Infelizmente sem nenhum resultado prático.
      A esculhambação continua a mesma.
      Como este ano teremos eleições, provavelmente acontecerá a distribuição do UNIFORME ESCOLAR, MATERIAL ESCOLAR e de uma MERENDA ESCOLAR de qualidade.
      PROVAVELMENTE.
      Talvez até aconteçam mutirões de toque retal, mama, odontológico e oftalmológico.
      Certamente veículos percorrerão as cidade oferecendo a todos os cidadãos Carteira de Identidade sem a necessidade de passar a noite dormindo numa calçada para conseguir uma senha.
      E todos ficarão felizes…
      E nenhum se perguntará por que isto não acontece todos os dias…
      Mossoró terá eleição suplementar.
      A menos que o absurdo dos absurdos aconteça, Mossoró terá eleição suplementar.
      E quem será eleito?
      Um candidato do povo?
      Não, meu caro e bom François.
      Nossa gente se dividirá novamente entre um rodo e uma vassoura, como se todos fossem faxineiros…
      E continuaremos, após a eleição, a termos os nossos direitos desrespeitados.
      Duvido que o eleito pelo rodo ou pela vassoura faça auditoria na Prefeitura ou na Câmara Municipal.
      Jamais saberemos onde meteram MIL LATAS DE AZEITE DE OLIVA que a Prefeitura comprou por um preço absurdo, dobro do praticado pelo mercado.
      Nunca saberemos onde foram aplicados os MILHÕES que vieram para perfuração de poços profundos, construção de cisternas e dessalinizadores.
      Ficaremos sem saber os locais onde foram construídos os abrigos de passageiros (parada de ônibus), em Mossoró e o que foi feito com o MILHÃO de reais que chegou com esta destinação.
      Os CINCO MILHÕES que a prefeita cassada diz ter gasto na festa junina…
      A doação de um terreno no valor de DEZENAS DE MILHÕES de reais a uma empresa de terceirização não é motivo de nenhum comentário, como se o patrimônio público existisse para ser distribuído com empresas da mesma cidade da empresa NORTEADORA do prefeito. Isto sem contar a isenção de impostos concedida.
      De bico doce avançam agora sobre o NOGUEIRÃO por estar encravado numa área valiosíssima da nossa cidade. Certamente já estão a sonhar com a Praça do PAX e como para a loucura não existem limites, imaginam receberem MOSSORÓ inteira sob a forma de doação.
      A Câmara Municipal?
      A Câmara tudo aprova em troca de cargos comissionados e outros agrados.
      Câmara cujo Presidente compra quase 100 mil reais em gêneros alimentícios sem que lá funcione nenhum restaurante e que gasta quase 50 mil reais em material de limpeza.
      Isto todo mundo sabe, mas todo mundo cala. E por todo mundo saber e calar é que o Presidente que autorizou estas comprar absurdas está hoje prefeito de Mossoró, apesar de indiciado pela Polícia Federal em dois artigos do Código Penal.
      Dá para imaginar que vivemos um pesadelo, que isto não pode ser real.
      O pior, François, é que ISTO É REAL!
      O pior é que o tempo se encarregará de mergulhar tudo na vala do esquecimento.
      Às vezes eu me sinto um enxugador de gelo.
      Mas insisto, persisto e não desisto.
      Eu não escolhi ser assim.
      Eu sou assim.
      Que Deus nos proteja.
      ///
      A UM HOMEM MEDÍOCRE PODEMOS DAR TREINAMENTO.
      A UM HOMEM SEM HONRA NADA PODEMOS DAR.
      Inácio Augusto de Almeida

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        O LOCAL ONDE SERÁ CONSTRUÍDO O NOVO CAMPO DE FUTEBOL, A FIM DE PERMITIR QUE O TERRENO ONDE ESTÁ O NOGUEIRÃO SEJA DOADO, JÁ FOI VISITADO PELOS VEREADORES.
        SERÁ QUE ESTÃO PENSANDO QUE É BRINCADEIRA?
        PERGUNTEM AOS VEREADORES SE ESTA VISITA FOI FEITA?
        PERGUNTEM!!!
        QUE TIPO DE IMPRENSA MOSSORÓ TEM QUE NÃO DEFENDE OS INTERESSES DA CIDADE?
        ESTE BLOG PODERIA ENTREVISTAR VEREADORES E SABER SE ACONTECEU OU NÃO ACONTECEU ESTA VISITA AO LOCAL ONDE SERÁ CONSTRUÍDO UM CAMPINHO DE FUTEBOL PARA TROCAREM PELO VALIOSÍSSIMO TERRENO ONDE HOJE ESTÁ O NOGUEIRÃO.
        SERÁ QUE SÓ QUANDO DOAREM A PRAÇA DO PAX É QUE MOSSORÓ COMEÇARÁ A ACORDAR?
        ESTA GENTE NÃO É DAQUI NEM VEIO PARA FICAR.
        QUANDO NADA MAIS HOUVER PARA RAPINAREM, PEGARÃO OS PANOS DE BUNDA E VOLTARÃO PARA AS SUAS CIDADES MANGANDO DA GENTE.
        PARA ESTA GENTE NÃO PASSAMOS DE UM MAGOTE DE ABESTALHADOS.
        ACORDA MOSSORÓ!
        EU NUMA RÁDIO, COM LIBERDADE DE EXPRESSÃO, DUVIDO QUE ESTA TROCA ACONTECESSE, NOGUEIRÃO POR UM CAMPINHO A LÉGUAS DE DISTÂNCIA DO CENTRO DE MOSSORÓ.
        EU NUMA RÁDIO DUVIDO QUE O CASO DA DOAÇÃO DO TERRENO AVALIADO EM DEZENAS DE MILHÕES DE REAIS E MAIS ISENÇÃO DE IMPOSTOS A UMA EMPRESA DE BELO HORIZONTE NÃO FOSSE DEVIDAMENTE APURADO.
        ENTENDEM POR QUE ELES NÃO PERMITEM O MEU INGRESSO NO RÁDIO MOSSOROENSE?
        QUE DEUS NOS PROTEJA.
        //////
        DIGNO DE PENA NÃO É O QUE PEDE, MAS O QUE TEM E NÃO DÁ.
        Inácio Augusto de Almeida

  8. Erivan Morais diz:

    Se essa matéria fosse verdadeira, seria muito para o Apodi. Infelizmente não é bem assim! Os filhos de Apodi estão nascendo ai, na cidade de Mossoró, por falta de médico e por falta de água na Maternidade. Apodi não tem mais comemoração nas datas comemorativas. Há muitos anos, os professores não tinham atraso no pagamento e agora, passaram o Révellon lisos, o 7 de setembro também não teve. Então, eu gostaria de ver o nobre fazer uma matéria sobre a maternidade, aqui em nossa cidade. Só assim a verdade poderia ser dita para todos. Obrigado!

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Erivan
      A PREFEITURA DE APODI ESTÁ NA OBRIGAÇAÃO MORAL DE DAR UMA PRONTA RESPOSTA A ESTE SEU COMENTÁRIO.
      Que não aconteça com Apodi o que acontece com Mossoró, onde o silêncio é a única resposta que podem dar.
      E resposta não dão porque não podem.
      Como explicar a compra de MIL LATAS DE ÓLEO DE AZEITE por um preço absurdo?
      Como explicar a aplicação da verba que veio para minimizar os efeitos da estiagem?
      Como erxplicar a aplicação da verba que veio para a construção de paradas de ônibus?
      Como explicar os gastos de CINCO MILHÕES DE REAIS numa festa junina?
      Não consegue a prefeitura de Mossoró sequer explicar porque o prefeito interino, quando era Presidente da Cãmara, comprou quase 100 mil reais de gêneros alimentícios e quase 50 mil de MATERIAL DE LIMPEZA.
      Aliás, a Prefeitura de Mossoró não consegue explicar nada.
      Nem mesmo porque o prefeito interino está indiciado pela POLÍCIA FEDERAL em diversos artigos do Código Penal.
      Que Apodi proceda de maneira diferente de Mossoró e faça os esclarecimentos necessário.
      Interessante as nossas leis.
      Para se adotar uma criança no Brasil não se pode estar indiciado em artigo de nenhum Código por polícia alguma. Mas para gerir verbas quase bilionários pode se estar indiciado em vários artigos pela Polícia Federal.
      O mais incrível, mesmo estando sujeito a ser apenado com alguns anos de cadeia o individuo indiciado PODE SE CANDIDATAR A CARGO ELETIVO.
      iSTO CONTADO EM PORTUGAL…
      È ou não é um absurdo?
      ////
      EXISTEM COISAS QUE APENAS CONTADAS PENSARÍAMOS SER PIADAS DE PORTUGUÊS.
      Inácio Augusto de Almeida

  9. Erivan Morais diz:

    Inácio Augusto de Almeida diz: É lamentável o que acontece em Mossoró.
    Agora, Apodi não está como foi dito na matéria.
    Como se explicam várias denúncias no MP de um homem que disse que sabia salvar o Apodi? Como se explica a mudança de vários Secretários no seu 1º ano de governo, como se explica, passar um ano de governo e a população não vê uma obra inaugurada?
    Quem está rejeitando o mesmo, é o próprio eleitor dele, que disse que acreditava e hoje está deixando de acreditar, porque não está acontecendo o esperado. Os erros que os gestores cometiam anteriormente, ele está cometendo pior. E era ele que apontava. Prometeu uma mudança, mas está mudando para pior.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Erivan
      E o prefeito de Apodi engoliu suas críticas caladinho.
      Como eu sempre digo, responde quem pode responder.
      Quem não pode faz como o amante da noiva.
      Prefeito de Apodi quis fazer um giro e terminou fazendo um jirau.
      ////
      ESTÃO TRAMANDO A DOAÇÃO DO TERRENO ONDE HOJE ESTÁ O NOGUEIRÃO.

  10. Inácio Augusto de Almeida diz:

    ALGUÉM DÁ NOTÍCIA DO PREFEITO DE APODI?
    POR QUE NÃO RESPONDE AS CRÍOTICAS FEITAS?
    MELHOR QUE TIVESSE PERMANECIDO CALADO.

Deixe uma resposta para José Nildo Cancelar resposta

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.